VIOMUNDO

Diário da Resistência


Juliana Cardoso: O exemplar Ponto de Economia Solidária do Butantã corre o risco de ser fechado
A informação de que a área é do município de São Paulo e não Estado foi confirmada pela Subprefeitura Butantã durante a audiência pública realizada na Câmara Municipal, em 29 de junho. Fotos: Mandato Juliana Cardoso
Resistir e lutar 07/07/2022 - 21h28

Juliana Cardoso: O exemplar Ponto de Economia Solidária do Butantã corre o risco de ser fechado


Por Juliana Cardoso

Ponto de Economia Solidária sofre ameaça de fechamento

Por Juliana Cardoso*

O Ponto de Economia Solidária do Butantã fica em uma área da Avenida Corifeu de Azevedo Marques, Zona Oeste da capital paulista, e pertence ao município.  

Só que ignorando esse fato o Instituto Butantan publicou edital para licitar obras no local. Mais precisamente a construção de nova portaria de acesso e uma garagem.

Essa atitude causou estranheza, pois frustrou o diálogo inicial que funcionários e usuários procuram manter com o Instituto para evitar o fechamento do equipamento. O Ponto faz parte da rede de atendimento da saúde mental do SUS (Sistema Único de Saúde) e está no caminho das obras.

A informação de que a área da Avenida Corifeu de Azevedo Marques é do município foi confirmada pela Subprefeitura Butantã durante a audiência pública realizada na Câmara Municipal em 29 de junho.

Na audiência, que teve a participação de representante do Instituto somente como ouvinte, foram apresentados documentos comprovando que a área foi desapropriada pela Prefeitura em 1977.

Alguns anos depois, em 2015, o terreno foi transferido à Secretaria Municipal de Saúde para nele implantar projeto de geração de renda vinculado ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

Diante dessas informações, nosso mandato acaba de protocolar representação junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que órgão suspenda o edital nº 03/2022. Cópias da representação também foram encaminhadas ao Ministério Público (MP) e ao Tribunal de Contas do Município (TCM).

O destino do Ponto de Economia Solidária começou a ser questionado no ano passado, quando notícias não oficiais começaram a circular sobre o plano de obras e a ameaça do equipamento municipal encerrar seus atendimentos.

Nesse processo, a Escola Estadual Alberto Torres também pode ser desalojada.

Desde então, membros do conselho gestor da unidade e integrantes de inúmeras entidades estão mobilizados contra a possibilidade de fechamento da unidade.

Mais de 50 entidades da sociedade civil lançaram manifesto em prol da sua manutenção.

Uma petição também está disponível, aqui, na internet, para quem quiser assinar.

O Ponto é serviço importante para a reabilitação psicossocial, pois promove inclusão social pela economia solidária.

E vai além. O serviço garante os direitos das pessoas em situação de vulnerabilidade ou com problemas de saúde mental e necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas.

“São 30 anos de luta pela reforma psiquiátrica antimanicomial no Brasil, na perspectiva da desinstitucionalização, onde a liberdade é terapêutica. Com a proposta de ser um equipamento público inovador para avançarmos no cuidado em liberdade, comunitário e territorial no SUS, o Ponto de Economia Solidária e Cultura do Butantã foi implantado em 2016”, destaca o manifesto da sociedade civil.

Há seis instalado nesse endereço, o equipamento abriga a diversidade para a promoção de vida e saúde.

Disponibiliza cinco empreendimentos sociais gerenciados por 28 trabalhadores e trabalhadoras e mais quatro facilitadores. Atende, em média, 200 pessoas por semana com a Comedoria Quiririm, a livraria Louca Sabedoria, a loja Pé-a-Birú, os Orgânicos no Ponto e o Quintal do Teiú.

Tudo isso, porém, corre o risco de se perder. Apesar da Secretaria Municipal de Saúde ter informado na audiência que não recebeu nenhuma requisição oficial para a cessão de espaço, não há garantia da manutenção desse exemplar equipamento do SUS.

*Juliana Cardoso, é vereadora (PT), vice-presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Paulo e integra a Comissão de Defesa dos Direitos da Criança

Leia Também:

Juliana Cardoso: Casa Angela celebra 3 mil partos respeitosos às mulheres e aos seus bebês





4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

09 de julho de 2022 às 15h18

Pesquisa Quaest
Julho/2022
Eleição Presidencial
BRASIL
1º Turno

LULA GANHA NO PRIMEIRO TURNO,
na pior hipótese, com 45% dos Votos.

Mesmo Percentual de [email protected]
que preferem que LULA seja Eleito.

Íntegra da Pesquisa Nacional Quaest:

https://media-blog.genialinvestimentos.com.br/wp-content/uploads/2022/07/05190133/genial-nas-eleicoes_pesquisa-para-presidente-2022_resultado-julho.pdf

Responder

    Zé Maria

    09 de julho de 2022 às 15h38

    https://twitter.com/i/status/1545769039355576325

    “Nós estamos falando em redemocratizar o País,
    em reconstruir o País que está arrasado:
    no meio ambiente, na cultura, na educação,
    um país que está isolado”,

    disse o Professor Haddad em Diadema/SP
    https://twitter.com/PTbrasil/status/1545796916994269184

    https://twitter.com/data_Povo1/status/1545769039355576325

    Praça da Moça Lotada em Diadema!
    #VamosJuntosPeloBrasil

    https://twitter.com/LulaOficial/status/1545765474570493954

Zé Maria

09 de julho de 2022 às 14h56

.
.
Fernando & Ana Estela Haddad

Ele
Professor de Ciência Política da Universidade de São Paulo (USP),
instituição pela qual se graduou em Direito, Mestre em Economia
e Doutor em Filosofia.
Atualmente, Fernando Haddad é Candidato ao Governo Estadual
de São Paulo.

Ela
Doutora em Odontologia e Professora da Universidade de São Paulo (USP),
Ana Estela Haddad é a Primeira Mulher a ocupar a Cadeira de Professora Titular
do Departamento de Ortodontia e Odontopediatria da Instituição Universitária.
Ana Estela é Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências
Odontológicas da Faculdade de Odontologia da USP.
.
.
Em 2018, a maioria votou
nas Bestas do Apocalipse,
a Lama do Estado Paulista.

Desta vez será Diferente:
vai ser Haddad Governador
e LULA Presidente!
.
.

Responder

    Zé Maria

    09 de julho de 2022 às 15h04

    Pesquisa Eleitoral Quaest
    Julho/2022
    Estado de São Paulo

    PROFESSOR HADDAD
    GANHA NO 1º TURNO !

    França se elege Senador!

    Íntegra da Enquete:

    https://media-upload-esmael.storage.googleapis.com/2022/07/35546e02-7179-4db6-a4f5-20b2a35a32a4_compressed.pdf


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Blogs & Colunas
Mais conteúdo especial para leitura