Vídeo: Exército vacilou contra terroristas no Planalto. ‘Comanda a tua tropa, porra!’, gritou PM do choque a chefe do Batalhão da Guarda Presidencial

Tempo de leitura: 2 min
Fotos: Reprodução de vídeo

Vídeo: Exército hesitou contra terroristas no Planalto e recebeu ordens da PM

“Comanda a tua tropa, porra!”, berrou comandante da tropa da PM para chefe da tropa do Exército enquanto terroristas invadiam Planalto

Por Eduardo Barretto, coluna Guilherme Amado/Metrópoles

Militares do Exército hesitaram em conter bolsonaristas extremistas no Palácio do Planalto e precisaram receber ordens e munição da Polícia Militar do DF durante os atos terroristas no domingo (8/1).

Um vídeo obtido pela coluna mostra que um comandante da PMDF deu 10 ordens em 40 segundos ao Batalhão da Guarda Presidencial, do Exército. “Comanda a tua tropa, porra!”, berrou para o chefe da tropa militar, que se mostrou apático.

“Bora, Exército, faz a linha, porra, fecha a linha aí!”, gritou o comandante da tropa de choque da Polícia Militar.

Naquele momento, PMs e homens do Exército estavam na entrada do Planalto, no térreo, tentando evitar a entrada dos golpistas.

Com escudo do Exército e fardados, os militares do Batalhão da Guarda Presidencial não conseguiam formar uma linha e atirar. Um militar não foi capaz de atirar e reclamou da arma que portava.

Em 40 segundos, o comandante da tropa da PM deu 10 ordens para os militares do Exército.

Entre as quais: “Comanda a tua tropa, porra!”, “Comando, fecha a linha, porra, dá ordem aí, caramba!”, “Para de frouxura, caralho!” e “Atira, porra!”.

Assista ao vídeo:

Em outro momento, na rua em frente ao Planalto, os militares aparecem pegando munição cedida pela PM do Distrito Federal. “Passa a munição para o Exército aí”, disse o chefe da tropa da PM.

“Controla a munição, hein? Mas é pra atirar, pô. Pode largar o dedo, não tem medo não, pode botar pra foder”, acrescentou, voltando a ordenar que o Exército reagisse adequadamente à invasão do Palácio do Planalto.

Além do Exército, militares do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) foram enquadrados pela PM no Palácio do Planalto.

Como a coluna mostrou nesta terça-feira (10/1), militares do GSI queriam deixar os golpistas que saquearam o Planalto saírem pelo térreo. Segundo um servidor, os extremistas só não conseguiram fugir porque a PM não permitiu.

Um coronel do Exército tentou impedir a prisão de criminosos no Planalto. Em um vídeo, o militar aparece sendo confrontado pela PM: “Você está doido? Está todo mundo preso”.

Leia também:

Jeferson Miola: Exército tinha GLO preparada para atuar depois do caos terrorista que ajudou a criar

Antonio Lassance: Tá na hora de os fascistas do serviço público darem adeus aos seus empregos

Jeferson Miola: O Exército está no centro do terrorismo no Brasil

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Lucas Lins

Coronel trabalha no domingo ? Ainda mais do exército.
A PM sempre cagou e andou para os milicos do exército.
Deveria ser preso e sair de lá algemado.

Zé Maria

Até agora não deu pra identificar quem das 3 Forças Armadas, de qualquer patente, mas peicipalmente Oficial do Comando, atuou de acordo com o Dever Funcional Militar contra a Tentativa de Golpe de Estado perpetrada no dia 8 de Janeiro, Domingo Passado.

Sandra

O Bolsofascismo e as Ações Terroristas, por Valter Pomar
O papel das FFAA para desestabilizar o governo Lula 3
https://youtu.be/GKFglZqTZ54

Deixe seu comentário

Leia também