VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Sobre os casos de câncer, Chávez toca fogo na fervura


29/12/2011 - 18h26

Hoje às 09h35 – Atualizada hoje às 09h36

Chávez diz estranhar o fato de cinco líderes latinos sofrerem de câncer

Agência Brasil, no Jornal do Brasil

Brasília – Depois de prestar solidariedade à presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, que iniciará um tratamento de combate a um câncer de tireoide, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse estranhar o fato de cinco chefes de Estado da América Latina estarem sofrendo do mesmo mal: tumor maligno. Para Chávez, há uma estratégia liderada por norte-americanos para minar os líderes latino-americanos.

Durante seu programa de rádio, Chávez lembrou que há provas de que médicos dos Estados Unidos fizeram, nos anos de 1940, na Guatemala, experiências com cidadãos guatemaltecos sobre doenças sexualmente transmissíveis que levaram 83 pessoas à morte. O caso teve repercussão internacional e o governo dos Estados Unidos se desculpou pelo fato.

“É muito difícil explicar, com base na lei das probabilidades, por exemplo, o que tem ocorrido com alguns de nós [líderes] na América Latina”, disse Chávez, que também está em tratamento médico para combater um câncer. Em meados deste ano, ele retirou um abscesso na região pélvica durante cirurgia em Cuba.

Além de Chávez e Cristina Kirchner, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz quimioterapia para curar um câncer na laringe. A presidenta Dilma Rousseff e o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, foram submetidos a um tratamento para a cura de linfoma.

“Fidel [Castro, ex-presidente de Cuba] sempre me disse: ‘Chávez tenha cuidado, essa gente desenvolveu tecnologia, atenção ao que te dão para comer e cuidado com uma pequena agulha que te injetem e não se sabe o porquê'”, disse o venezuelano.

Leia também:

Mílton de Arruda Martins: “O SUS não existe sem os seus milhares de trabalhadores no Brasil inteiro”

Artur Katz: “Melhora de Lula excede o que esperávamos; está no caminho da cura”

Stédile: Venenos do agronegócio vão matar o agronegócio

“Cidade dos agrotóxicos” tem o dobro da taxa mundial de câncer

Seria o médico árabe pró-câncer?

Mário Scheffer: Câncer e doenças do coração, os tratamentos que planos de saúde mais negam

Urariano Mota: Encarnação dos muitos severinos, joões, marias e lindus

Chávez brinca com o “coco pelado” de Lula

Marisa faz com Lula o que os tucanos não fizeram: barba e cabelo (o bigode ficou)

Frei Beto: Lula, a voz do Brasil





105 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

O Chacal

03 de janeiro de 2012 às 00h17

O Alex Jones se manifestou sobre isso![youtube MsdEjtZXY-I&feature=g-all-a&list=PL3487C7ED3D0671D7&context=G20f1b62FAAAAAAAABAA http://www.youtube.com/watch?v=MsdEjtZXY-I&feature=g-all-a&list=PL3487C7ED3D0671D7&context=G20f1b62FAAAAAAAABAA youtube]

Responder

José Antero Silvério

31 de dezembro de 2011 às 16h00

Todos poderão achar que Fidel e Chaves estão falando a maior besteira, mas acreditem, isso é muito possível. Muito mais do que se imagina: O TREM DO CONHECIMENTO ESTÁ PASSANDO NA PLATAFORMA E ESTAMOS FICANDO PARA TRAZ, como já foi dito por eminente sociólogo brasileiro. Se a pessoa alvo do câncer, tiver instalado em seu corpo um chip de alta eficiência, a tal picada de agulha, insinuada por Fidel, nem é preciso. A doença virá via satélite numa radiação especial. Podem rir a vontade… O futuro dirá que tenho razão…

Responder

    Ana Paula

    08 de janeiro de 2012 às 14h42

    José, o futuro disse que você estava errado. A Cristina Kirchner nem câncer tem, segundo anúncio da assessoria de imprensa dela:
    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/01/

    Agora vão dizer que na verdade o assessor de imprensa da Cristina é contratado da CIA, que piada!
    Os comentários dos posts a respeito do "câncer" da Cristina parecem aquele filme dos irmãos Coen, Burn after reading.

Colcha de Ideias: Ainda sobre a Globo e Cuba | Viomundo - O que você não vê na mídia

31 de dezembro de 2011 às 13h54

[…] Sobre os casos de câncer, Chávez toca fogo na fervura […]

Responder

monge scéptico

31 de dezembro de 2011 às 07h30

É. Já que controlam tudo, desde água aos alimentos, vestuário etc, a humanidade pode ser
vitimada por qualquer coisa, que eles queiram fazer, para enfraquecer, a resistência a se
dobrar sob seu domínio. Acho……………..

BOM ANO NOVO PARA TODOS!

Responder

Nelson

30 de dezembro de 2011 às 19h29

É um tanto difícil acreditar nas especulações feitas por Hugo Chavez; ele, certamente será alvo de muita chacota do PIG por isso.
Contudo, eu não posso duvidar de que o que ele afirma possa estar ocorrendo.
É bom lembrarmos do caso do envenenamento do líder do Hamas, Khaled Meshal, na Jordania, em 1997, por agentes do Mossad. Daquela feita, Meshal conseguiu se safar e se manter vivo porque a polícia jordaniana prendeu os agentes e exigiu de Israel um antídoto ao veneno que salvou a vida do líder do Hamas.
O Azenha já trouxe matéria a respeito do livro lançado na Inglaterra que conta como ocorreu este caso.

Responder

Gustavo Pamplona

30 de dezembro de 2011 às 15h30

Leiam isto aqui e vejam a que ponto chegou a "paranóia" do Hugo Chávez.
http://radioitaperunafm.com/site/2011/12/28/hugo-

Responder

ZePovinho

30 de dezembro de 2011 às 14h22

FHC foi CORNO DE QUENGA,com aquela história do filho que não era dele e foi assumido como se fosse.Ele teve a grqandeza de preservar o rapaz,mas foi ludibriado pela GLOBO e teve o Palácio do Planalto grampeado pela CIA durante a licitação do SIVAM.
Nem FHC,o baba ovo dos EUA,foi preservado.Imaginem presidentes trabalhistas.

Responder

Taques

30 de dezembro de 2011 às 14h17

Começa de fato a circular fortes rumores (ainda não foi nada provado!) que o governo americano realmente está por trás destes repetidos episódios de casos de câncer.

Um agente de nome Larabee está sendo investigado por agências independentes.

Responder

    ZePovinho

    30 de dezembro de 2011 às 14h27

    Isso me dá um Tique-Taques nervoso……………

    [youtube 2S8pEYxnGvs http://www.youtube.com/watch?v=2S8pEYxnGvs youtube]

    Marat

    30 de dezembro de 2011 às 19h56

    Rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Marat

    30 de dezembro de 2011 às 19h57

    Tic Taques é o neo-Mussum – rsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrs

    Taques

    30 de dezembro de 2011 às 15h02

    Xiiii … a casa está caindo, mais nomes de agentes supostamente envolvidos estão circulando na rede.

    Eis mais alguns nomes:

    – David Ketchum
    – Stacy Keach
    – King Moody
    – Richard Gautier
    – Jane Dulo

    Taques

    30 de dezembro de 2011 às 18h28

    Seguem mais nomes:

    – Edward Platt
    – Barbara Feldon
    – Don Adams
    – Victor French

    Todos esses nomes foram divulgados por Bernie Kopell, codinome Conrad Siegfried, opositor do regime ianque.

IJD

30 de dezembro de 2011 às 14h12

Acho que discutir sordidez, falta de ética, cinismo e tudo mais nessa linha, dos EUA é chover no molhado. Isso é tão certo quanto nasce o sol todos os dias e envenenamento "homeopático" não é novidade na história da civilização. O que deveriamos estar debatendo é o que o mundo pode fazer para impor limite a isso.

Responder

Mazza

30 de dezembro de 2011 às 13h30

Não é preciso tecnologia de ponta para isso, basta verificar o nível de radiotividade das salas de despacho. Pequenos níveis de radiotividade recebidos em boa parte do ano podem causar cancer. Podem estar em objetos que os chefes de estado portam. É a melhor forma de manter exposição constante. Todas as outras exigiriam imensa mão de obra. A teconologia é a pesquisa sobre as reaçoes (inclusive com cobaias humanas) durante os ultimos 60 anos.

Mas o que esperar de uma nação que já matou 2 presidentes (Lincln e JFK) e um possível presidente (BK) a tiro, um no segundo lar (Y Rabin), que fez uma verdadeira limpa na America do Sul nos anos 60 e 70, inventou 2 guerras ilegais matando milhões na primeira (vietnã) e milhares da sengunda (iraque) pretende ir a terceira (irã) e além de tudo isso ainda fez aquele filminho mequetrefe de viagem a lua.

Eles são o maior teste a paciencia e ao perdão que este mundo já conheceu.

Responder

FrancoAtirador

30 de dezembro de 2011 às 12h21

.
.
Um mundo de torturadores: a crueldade dos Estados

Dos 194 Estados integrantes das Nações Unidas, 100 deles praticam regularmente a tortura, seja como meio para obter informações ou confissões, seja como metodologia para fazer reinar o terror. Síria, Egito, Argélia, Chile, Argentina, Brasil, Cuba, Estados Unidos, França, Espanha, China, Vietnã, índia ou Rússia: não há continente que esteja livre dessa barbárie.
Esta é a vergonhosa conclusão do informe “Um mundo de torturadores”, publicado na França pela ONG ACAT.

O artigo é de Eduardo Febbro, Página/12, na Carta Maior com tradução de Katarina Peixoto

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMos

Responder

RicardãoCarioca

30 de dezembro de 2011 às 12h21

Não consigo descartar tais hipóteses. Se o fizesse, estaria também me sentindo fazendo o jogo dos supostos envenenadores.

Responder

Michael Lima

30 de dezembro de 2011 às 12h15

A confirmação da existenciia da operação condor desvendou a participação americana nas várias ditaduras militares da america latina. Todos já sabiam, no entanto. É notória a presença de espiões americanos em solo brasileiro por advento do golpe de 64. Aliás, todos conhecem o plano marshall e lembram da corrida tecnomilitar da chamada Guerra Fria. Pois, bem. Poucos sabem por exemplo de que tanto EUA, como URSS (e até japão e nazistas da segunda guerra), realizaram experimentos com seres humanos. Essas experiências eram de cunho biológico, químico, psíquico e outros tantos( até mesmo místico) ; todos em vista da criação de tecnologias militares e de técnicas de espionagem. Pq achar que eles não seriam capazes de utilizar de meios para gerar doenças aparentemente naturais com o objetivo de minar lideranças globais? Para mim, além de toda a disputa bélica e tecnológica, EUA tb visa manter a máxima do neocolonialismo histórico: Manter os mercados não desenvolvidos em eterna condição de consumidores, sem dar a chance de ascenção, pois de outro modo, o país colonizado passaria a condição de concorrente internacional. Veja que a mídia Brasileira (aquela que tem relações com americanos e com o golpe de 64),aos poucos vai sendo minada e que as relações que indicavam submissão internacional, no que tange a comércio e política, vai ficando gradativamente prejudicada. Com o advento de Lula, o brasil começa a assumir postura dissidente…não seria possível a tentativa de miná-lo do cenário internacional? Não sei se lembram dos rumores de sabotagem industrial, quando a praga tomou conta do algodão nacional. O brasil, que era um dos maiores produtores do mundo, nunca se recuperou. Pq duvidar? A CIA até já admitiu ter realizado experimentos de lavagem cerebral, com uso de técnicas psiquiátricas com uso de substãncias auxiliares e imersão de vida planejada. Pq duvidar? Não confirmo a afirmação de Chavez, mas considero altamente plausível e fico com o pé atrás.

Responder

FrancoAtirador

30 de dezembro de 2011 às 11h48

.
.
TEMPOS DE GUERRA INVISÍVEL

Novas cepas de atentados:
Especialistas russos decifram cinco armas cibernéticas
desenvolvidas possivelmente em conjunto pelos EUA e Israel
que contaminaram o programa nuclear iraniano.

(Carta Maior)
.
.

Responder

Carlos J. R. Araújo

30 de dezembro de 2011 às 11h46

No início do séc. XX, um ditado popular mexicano dizia: "pobre do México, tão longe de Deus e tão perto dos Estados Unidos".
Hoje, depois de nos legar a bomba atômica e a de hidrogênio, a falsa democracia partidária, o capitalismo financeiro, o McDonald e outras porcarias, o consumismo, os agrotóxicos, os horrores do Vietnã, do Iraque e do Afeganistão, mais de 120 bases militares nos países alheios, Hollywood, Ku-Xlux-Klan e outras merdas, os Estados Unidos são, isto sim, um câncer para a humanidade.

Responder

    Carlos Roberto

    30 de dezembro de 2011 às 14h14

    Êta Guerra Fria…

Fabio

30 de dezembro de 2011 às 11h08

Então se morrer acabou , não tem continuidade ? Vai ficar todo mundo chorando feito Coreano ,ou vão ficar esperando chegar o proximo Messias , e recebendo porrada na cara. Triste fim da America do Sul , alias se o Chaves for desta para melhor quem vai ficar no lugar dele ? Um clone , pelo amor de Deus , tem que ter renovação politica e não precisa ir para Direita.A vida passa e a luta continua.

Responder

ZePovinho

30 de dezembro de 2011 às 11h07

Desde que os EUA trouxeram milhares de cientistas nazistas para lá,durante a "Operação Paperclip", que eles desenvolvem armas biológicas.Um dos lugares onde isso ocorre é o Fort Detrick,de onde suspeita-se que venha a AIDS do século 21:a Morgellons Disease(doença das fibras):

OPERAÇÃO PAPERCLIP: http://www.voltairenet.org/Operacion-Paperclip-de
http://www.voltairenet.org/Morgellons-Victims-Acr

National Security Secrecy
Morgellons Victims Across the US and Europe (Part 1)
by Hank P. Albarelli Jr., Zoe Martell
Morgellons Victims Across the US and Europe (Part 1) Miami (United States) | 12 June 2010

Over the past ten years, more than 100 000 people in the United States and in Europe have complained about a strange and devastating skin disease known as Morgellons. The medical community is divided between those who dismiss it as a psychological disorder and those who regard Morgellons as an emerging disease deserving further study. This issue would normally be confined to scientific medical journals if the Pentagon and federal "law-enforcement" agencies were not so actively engaged in hiding it from the public. In the first part of his investigation, Hank Albarelli reports on a controversy which leads straight to new weapons experiments of the most secret order……………………….

Responder

    Carlos Roberto

    30 de dezembro de 2011 às 14h17

    Será que o "Estimado Líder" também foi vítima dos EUA? Além de câncer eles promovem ataques do coração?

    ZePovinho

    30 de dezembro de 2011 às 14h25

    Com a colaboração do leitor Marco,proseguimos na luta contra a ditadura do Partido Único das Corporações Privadas,O Líder do regime corporativo nos EUA:
    http://www.whale.to/b/assassination_disease.html

    [2011 Aug] Assassinations By Induced Heart Attack And Cancer After nearly 80 years of research and development there is now a way to simulate a real heart attack and to give a healthy person cancer. Both have been used as a means of assassination. Only a very skilled pathologist, who knew exactly what to look for at an autopsy, could distinguish an assassination induced heart attack or cancer from the real thing.
    Is death by heart attack, burst aneurysm, of cerebral hemorrhage a “natural cause”? Not if government agencies have found a way to influence your heart rate, blood pressure, or vascular dilatation. Neurological research has found that the brain has specific frequencies for each voluntary movement called preparatory sets. By firing at your chest with a microwave beam containing the ELF signals given off by the heart, this organ can be put into a chaotic state, the so-called heart attack. In this way, high profile leaders of political parties who are prone to heart attacks can be killed off before they cause any trouble.
    ….Among the witnesses, important people and conspirators who might have been eliminated by induced heart attack and cancer are: Jack Rudy (died of a stroke due to an undiagnosed form of aggressive cancer, just weeks after he agreed to testify before Congress about the JFK assassination), Clay Shaw, J. Edgar Hoover, Earlene Roberts (Oswald’s land-lady), Marlyn Monroe, Slobodan Milosevic, Kenneth Lay (former CEO of ENRON – the largest political campaign contributor of Gorge W Bush and Dick Cheney), Matt Simmons, Mark Pittman (a reporter who predicted the financial crisis and exposed Federal Reserve misdoings. Pittman fought to open the Federal Reserve to more scrutiny), Elizabeth Edwards (suddenly diagnosed with cancer while her husband was campaigning against Barack Obama and Hillary Clinton for the presidency of the United States. During a campaign speech to the Council on Foreign Relations in May 2007, Edwards called the War on Terrorism a slogan that was created for political reasons and that it wasn’t a plan to make the United States safe. He went further to compare it to a bumper sticker and that it had damaged the US’s alliances and standing in the world.), … enter here the names of every politically outspoken person, whistle blower or witness who died unexpectedly of a heart attack or who quickly died of an incurable cancer.

    HEART ATTACK GUN – CIA WHISTEBLOWERS http://www.youtube.com/watch?v=TYYVwJh5x_8

    [1975] Project Blue Beam. Serge Monast and another journalist, both of whom were researching Project Blue Beam, died of "heart attacks" within weeks of each other although neither had a history of heart disease. Serge was in Canada. The other Canadian journalist was visiting Ireland. Prior to his death, the Canadian government abducted Serge's daughter in an attempt to dissuade him from pursuing his research into Project Blue Beam. His daughter was never returned. Pseudo-heart attacks are one of the alleged methods of death induced by Project Blue Beam.

João Alexandre

30 de dezembro de 2011 às 10h52

A hipótese é plausível. Merece no mínimo ser investigada.

Responder

Stanley Burburinho

30 de dezembro de 2011 às 09h49

Lembro que os diagnósticos, dos afetados pela doença, foram feitos em ano eleitoral dias após a eleição/reeleição.

Responder

alfredo

30 de dezembro de 2011 às 08h30

chaves diz muita coisa, ja falou de tudo, mas dessa que poderia passar como um disparate a mais me chamou a atençao que a resposta do imperio foi imediata. isso me fez duvidar. tudo é possivel

Responder

jean paul goutared

30 de dezembro de 2011 às 08h27

chaves fala muita coisa, as vezes exagera, mas a resposta do imperio foi imediata. isso me fez duvidar.

Responder

polenta

30 de dezembro de 2011 às 08h12

Link interessante da Wikipedia sobre experiências clandestinas da CIA com seres humanos. Destaque especial para os tópicos para as experiências usando radioatividade: http://en.wikipedia.org/wiki/Unethical_human_expe

Com certeza, vai fazer cair as "escamas" dos olhos de muitos crédulos no "país da liberdade".

Responder

Ze Duarte

30 de dezembro de 2011 às 08h07

Depois vocês desse site se dizem jornalistas dando azo a uma irresponsabilidade dessas sem qualquer prova…
e querem criticar o PIG pelas denúncias que faz que são muito mais fundamentadas…

Responder

marcosomag

30 de dezembro de 2011 às 07h40

Para quem não conhece ou duvida do interesse dos EUA nos efeitos da radiotividade em humanos através da alimentação, leia neste link: http://www.diarioliberdade.org/index.php?option=c

Se uma palavra NÃO existe no calendário da elite dos EUA, esta palavra é "escrúpulo".

Responder

Amílcar Rodrigues

30 de dezembro de 2011 às 07h34

Alguém se lembra como morreu Yasser Arafat?

Responder

Hiro

30 de dezembro de 2011 às 07h06

Se eu não estiver enganado, Lula, Dilma, Chávez, Fidel e Cristina K e outros, eram tabagistas, não?
Porém isto não afastaria p/completo a possibilidade da conspiração.
O mundo todo sabe q o cigarro contém elementos nocivos à saúde e q propiciam a dependência.
Sabe se lá se esses cigarros consumidos eram "especialmente batizados…"
Embora seja um romance, podemos p.ex. nos lembrar do caso do "O Nome da Rosa", do renomado Umberto Eco.
Não havia um assassino personificado. Tratava-se de veneno calculadamente inserido nas folhas de livros, que intoxicava fatalmente os frades.

Responder

Ângela Almeida.

30 de dezembro de 2011 às 01h10

Lembrem-se que o vírus da Aids foi construído nos laboratórios do exercito americano para o seu arsenal de guerra bacteriológica. Como foi testado primeiro nos seus prisioneiros, a epidemia começou no Taití aonde acorriam grande número de turistas homossexuais e onde ficavam parte das suas bases. Depois de testar em populações da África, foi que resolveram botar a culpa nos macacos africanos, dado ao grande número de casos que surgiram. Só nunca explicaram como os macacos africanos foram para o Taití e para a própria América do Norte. E as experiências com antraz feitas pelos ingleses na Segunda G.Guerra? Tem muita história mais.

Responder

Jonas Resende

30 de dezembro de 2011 às 00h12

Acho que algumas pessoas realmente acreditam ( por mais incrível que possa parecer, acho que de fato acreditam) que os agentes norte-americanos infiltrados e o dinheiro americano dado ao PiG venezuelano são para que os Estados Unidos possam "promover a paz na Venezuela, governada por um ditador, representante das forças do mal que precisam ser combatidas para haver a libertação do povo daquele país e que o petróleo de lá possa ser usado sempre em benefício do povo venezuelano". Enfim, são uns samaritanos, esses norte-americanos. Agora, falando sério, é inegável que o que disse o Chaves tem fundamento. Quem assisiu aos documentários Zeigeist sabe que não há como não considerar a hipótese. Aliás, o Chaves é um heroi, escapou de dois golpes dos americanos para substituí-lo por um testa-de-ferro.

Responder

ZePovinho

29 de dezembro de 2011 às 23h54

Digite o texto aqui![youtube ydeiRhUdCI0 http://www.youtube.com/watch?v=ydeiRhUdCI0 youtube]

Responder

    renato

    30 de dezembro de 2011 às 14h05

    Preparativos para parada Gay, nada mais não se preocupe, quando ela fizer meio anel, esta tudo bem, é o que chamam de arco iris, preocupe-se quando ela fizer uma anel colorido então dai pode ser o fim do mundo….hetero…Desculpem, não podia perder esta.

    ZePovinho

    30 de dezembro de 2011 às 14h30

    Essa necessidade de reforçar a heterossexualidade é suspeita…….Leia os outros comentários.Arco-íris forma arcos e não os anéis que você parece ceder com galhardia……

ZePovinho

29 de dezembro de 2011 às 23h52

Além de verificar,com contadores Geiger,os aposentos da Presidenta Dilma,seria aconselhável verificar os campos eletromagnéticos nas cercanias do Palácio do Planalto e do Jaburu;além de análise estatística de casos de câncer nas pessoas que moram/trabalham perto da Presidenta..Afinal de contas,até o Parlamento Europeu já reconheceu que o HAARP é uma arma poderosa:
http://www.europarl.europa.eu/sides/getDoc.do?pub

HAARP – um sistema de armamento que perturba o clima

Em 5 de Fevereiro de 1998, a Subcomissão da Segurança e do Desarmamento, do PE, organizou uma audição pública sobre, entre outras coisas, o projecto HAARP. Estavam também convidados representantes da NATO e dos EUA, mas decidiram não participar. A comissão lamenta que os EUA não tenham enviado ninguém à audição ou usado da possibilidade de comentar o material apresentado(22).

O HAARP – Programa de Investigação de Alta Frequência Auroral Activa (High Frequency Active Auroral Research Project) é da responsabilidade conjunta da Força Aérea e da Marinha dos EUA, em colaboração com o Instituto de Geofísica da Universidade do Alasca, de Fairbanks. Experiências semelhantes decorrem também na Noruega, provavelmente na Antárctida, mas também na antiga URSS(23). O HAARP é um programa de investigação em que é utilizado um dispositivo terrestre, uma rede de antenas, cada uma alimentada pelo seu próprio transmissor, cujo objectivo é aquecer sectores da ionosfera(24) graças a potentes raios de frequências de rádio de impulsos. Deste aquecimento de sectores da ionosfera resultam buracos ionosféricos e lentes artificiais.

Isto pode ser utilizado para muitos fins. Através da manipulação das particularidades eléctricas da atmosfera é possível controlar energias gigantescas. Utilizadas como arma militar contra um inimigo podem produzir efeitos devastadores. Com as técnicas do HAARP pode-se dirigir para um ponto determinado uma energia milhões de vezes superior à que é possível controlar com um emissor clássico. A energia pode também ser dirigida contra alvos móveis, o que poderia ser utilizado contra mísseis inimigos.

O projecto permite criar melhores comunicações com os submarinos e manipular as condições metereológicas mundiais. Mas também o contrário, perturbar as comunicações, é possível. Através da manipulação da ionosfera é possível bloquear as comunicações mundiais, ao mesmo tempo que as suas próprias chegam ao destino. Outra aplicação deste sistema é a tomografia por penetração da crosta terrestre, que podemos imaginar como um exame da Terra ao raio X a diversos quilómetros de profundidade para detectar jazidas de petróleo ou gás, mas também instalações militares subterrâneas. Outra das aplicações do sistema HAARP é o "radar além-do-horizonte" que segue a curvatura terrestre para observar objectos que se aproximam a grande distância.

Desde os anos 50, os EUA realizaram explosões de material radioactivo na cintura de Van Allen(25) para investigar qual o efeito das explosões nucleares a alta altitude e das emissões electromagnéticas resultantes da explosão sobre as transmissões de rádio e as operações de radar. Isto criou novas cinturas de radiações magnéticas que abrangem quase todo o globo. Os electrões moveram-se ao longo destas linhas de campos magnéticos e criaram uma aurora boreal artificial sobre o Polo Norte. Através destes testes militares criaram-se sérios riscos de perturbação da cintura de Van Allen por muito longo tempo. Os campos magnéticos terrestres podem ser perturbados em largas zonas e impedir as comunicações por rádio. Segundo cientistas americanos, pode levar várias centenas de anos até que a cintura de Van Allen estabilize numa situação normal. O Projecto HAARP pode ter como resultado alterações das condições climáticas. Pode também influenciar todo o sistema ecológico, especialmente nas zonas sensíveis da Antárctida…………………

Essas luzes são conhecidas como "luzes de terremoto" e apareceram em vários países onde eles ocorreram.Aqui o caso da China,cerca de 30 minutos antes do terremoto em 2008:

[youtube WdwpH_MySXM http://www.youtube.com/watch?v=WdwpH_MySXM youtube]

Responder

    Zartan

    30 de dezembro de 2011 às 08h45

    Nooosssaaaaa!!! Onde os marcianos entram nisto tudo?

Edison

29 de dezembro de 2011 às 23h46

O nome disto é Nano Magnicídio…

Responder

Paulo Silva

29 de dezembro de 2011 às 23h34

Mas o império está se dando mal. Os presidentes latinoamericanos muito possivelmente contaminados propositalmente estão mostrando que são bons de briga. Não duvido de nada, em se tratando dos setores de inteligência do imperialismo.

Responder

Antonio

29 de dezembro de 2011 às 23h24

Os ianques são capazes de qualquer m… pelo poder, hegemonia e grana. Quantos japoneses mataram para testar a bomba? Quantas mulheres, idosos e crianças mataram para derrubar governos indesejáveis e roubar petróleo no Oriente Médio? Quantos foram mortos para acabarem com os comunistas comedores de criancinhas? Quantos morreram de fome, de violência e doença devido a sua política neoliberal e sua imposição de democracia salvadora do mundo (kkkk, que ironia). Quantos foram mortos nas torres gêmeas, provavelmente por ataque terrorista interno?
Precisamos nos armar para nos defendermos desses insanos, pois podemos ser os próximos.

Responder

César Quadros

29 de dezembro de 2011 às 23h01

Olha, para quem conhece um pouquinho de história, já aprendeu a sentir o cheiro de sujeira estadunidense de longe… não sei se é o caso, mas que está estranho, ah está!

Responder

ZEZA

29 de dezembro de 2011 às 22h41

Creio que o Chaves está certo,quando eu era criança papai comentava
sobre um, tal crime do guarda-chuva,acredite; papai falava que o mesmo
tinha procedência das terras do Tio Sã.

Responder

Vlad

29 de dezembro de 2011 às 22h33

E o Tancredo Neves? o que vcs acham?
E o sumiço do Ulisses? estranhíssimo, não?
Mujica, por sua vez, posicionou-se contra a Ley de Medios; foi poupado.

E isso é apenas a continuação do plano maquiavélico para destruir o mundo livre, como bem observou o Chávez, ao acusar EUA de causarem terremoto no Haiti :
http://www.brasilwiki.com.br/noticia.php?id_notic

Responder

    Antonio Nunes

    30 de dezembro de 2011 às 01h26

    pior q vai ter gente aqui achando q vc tá falando sério!

    rsrsrs

    Valdeci Elias

    30 de dezembro de 2011 às 01h58

    Não . não acho. Estrannhissimo seria varios presidentes de partidos morrerem de acidente aereo. Ou varios governadores do pmdb morrerem antes tomar posse .
    Quantos presidentes da America Central e do Norte estão se tratando de cancer, ou tiveram cancer ? Aqui na America do Sul, são 5. e todos de esquerda.

Eduardo Guimarães

29 de dezembro de 2011 às 22h24

Yo no creo en brujas, pero…

Responder

    Luciana

    30 de dezembro de 2011 às 00h59

    É, também acho Edu. Alguém se lembra da misteriosa doença do irmão de Collor? Não custa nada desconfiar.É mais saudável. Os outros que se cuidem!

    Geysa Guimarães

    30 de dezembro de 2011 às 18h31

    Luciana:

    Outro dia ouvi na tevê que Lula foi aconselhado a concluir o tratamento do câncer nos Estados Unidos. Me deu até arrepio.
    O deposto xá do Irã, ao ser rejeitado pelo mundo todo, que temia retaliações dos aiatolás, morreu num hospital americano. E era bastante amigo do tio Sam.
    Sua enfermidade foi providencial.

    FrancoAtirador

    30 de dezembro de 2011 às 02h26

    .
    .
    Pero…

    "ÉS MUY, MUY, MUY EXTRAÑO"

    Chávez: Es extraño que se haya detectado cáncer a varios presidentes
    Miércoles, 28 de Diciembre 2011

    El presidente de Venezuela, Hugo Chávez, calificó como "muy extraño" la sucesión de diagnósticos de cáncer de varios mandatarios y exmandatarios de Latinoamérica y se preguntó si alguien no habrá desarrollado "una tecnología para inducir" esta enfermedad.

    En un acto de ascenso de militares transmitido en cadena obligatoria de radio y televisión, Chávez incluso recomendó cuidarse a Evo Morales, presidente de Bolivia, y Rafael Correa, de Ecuador.

    Después de que este martes se conociera que su colega argentina, Cristina Fernández, tiene un tumor canceroso en la glándula tiroides, Chávez, que está recuperándose de un cáncer, consideró que "es muy difícil explicar a estas alturas" lo que está sucediendo.

    "Al menos es extraño, muy, muy, muy extraño", dijo Chávez.

    Indicó que no quiere "lanzar ninguna acusación temeraria", pero, sin embargo, se preguntó: "¿Sería extraño que hubieran desarrollado una tecnología para inducir el cáncer y nadie lo sepa hasta ahora y se descubra esto dentro de 50 años o no sé cuántos?".

    El gobernante venezolano recordó, en ese contexto, el caso de centenares de guatemaltecos sujetos a experimentos con sífilis por parte de EE.UU. en la década de los años 40.

    "No lo sé, solo dejo la reflexión, pero esto es muy, muy, muy extraño que nos haya dado cáncer", sostuvo el presidente, que fue operado de un tumor en la zona pélvica el pasado 20 de junio.

    Chávez recordó que, con el diagnóstico de Fernández, ya son varios los mandatarios de la región que han pasado por esta afección como Dilma Rousseff y Luiz Inácio Lula da Silva, actual y anterior presidente de Brasil, respectivamente, y el presidente paraguayo, Fernando Lugo.

    "Bueno, habrá que cuidar mucho a Evo. Evo cuídate. Correa, cuídate. Claro, uno no sabe", manifestó Chávez, quien también mencionó al líder cubano Fidel Castro, el cual se apartó del poder en 2006 por una enfermedad de la que no se ha informado oficialmente pero que se cree que pudo ser cáncer.

    "Fidel siempre me lo dijo: Chávez, ten cuidado, porque tú te le tiras a la gente encima. Mira, cuidado, esta gente ha desarrollado tecnologías, tu eres muy descuidado, cuidado con lo que comes, cuidado con una pequeña aguja y te inyectan no sé qué", relató al recordar una conversación con Castro.

    "En todo caso, repito, yo no estoy acusando a nadie, solo estoy haciendo uso de mi libertad para reflexionar y emitir comentarios ante hechos muy extraños y difíciles de explicar", sentenció Chávez.

    <img src="http://www.rpp.com.pe/cache/q_85_g_8_c_n_p__picnewsa_685475.jpg"&gt;
    "¿Sería extraño que hubieran desarrollado una tecnología para inducir el cáncer
    y nadie lo sepa hasta ahora y se descubra esto dentro de 50 años o no sé cuántos?"

    http://www.rpp.com.pe/2011-12-28-chavez-es-extran

    Renato

    30 de dezembro de 2011 às 13h55

    Meu! acharam quase todos senão todos os tripilantes deste avião que caiu no atlantico, acharam até caixa preta, acharam agua neste ultimo planeta descoberto, acharam até qual o gen que falta, e não acharam o ULISSES, dá licença…..Isto não é sonhar, AH acharam o Bin Ladem e o perderam no mar…..e o acharam no, não vou dizer, para não atrapalhar as investigaçôes..Um abraço, não se percam neste final de ano, pois temos que ler o livro….

    Geysa Guimarães

    30 de dezembro de 2011 às 18h25

    pero que las hay, las hay, assim concluiu Calderon de la Barca.
    Aprendi que tal frase é de Calderon, mas uma novela da Globo divulgou como seu autor o Cervantes.
    Boto mais fé no irmão marista que me ensinou, lá em Poços de Caldas.

sonia

29 de dezembro de 2011 às 22h16

Acho que Chavez esta certo! 'ELES' acham que podem TUDO!Tem o mundo e o destino dos povos nas mãos …o assassinato de Jango é uma das provas e que quem duvidar ou zombar de Chavez é só mais inocente util

Responder

    Luciana

    30 de dezembro de 2011 às 12h07

    Da mesma forma de Jango, respeitadas as condições físicas de cada um, foi morto o líder comunista brasileiro Djalma Maranhão, ex prefeito de Natal, que vivia exilado no Uruguai . Ele era um quadro importante para Natal e região, mas também internacionalmente no Partido era conhecido por ser irmão do maior filósofo da esquerda Luiz Maranhão, morto pela Ditadura, cujo corpo nunca apareceu. Ele era o lado prático de Luiz. Ele foi o criador do programa de "Pé no Chão também se aprende a ler" e outros mais, inclusive de "Uma sala de aula por dia"

Lenin

29 de dezembro de 2011 às 21h54

Tá,mais uma "teoria da conspiração".Agora,q é incômodo,ném o fofinho nunes há de discordar,né fofinho?!

Responder

Maria Dirce

29 de dezembro de 2011 às 21h49

Eu ja acho que o poder deteriora o emocional de qualquer Estadista.Obama por ex esta com a cabeça branca, observem como entram fisicamente e como saem envelhecidos, o unico que continua charmoso é o FHC, talvez por que beba só agua francesa!!!!

Responder

    Scan

    30 de dezembro de 2011 às 00h16

    Charmoso eu não sei, porque tem gosto pra tudo, mas salafra ele continua: roubou até o nome do novo livro (?) "A soma e o resto"…

    João Alberto

    30 de dezembro de 2011 às 11h29

    Todos saem envelhecidos (exceto o FHC) pois todos tem responsabilidade com os problemas de suas nações, isto desgasta a físico e emocional destes líderes. O único que está conservado é o FHC, pois este em oito anos nunca esteve nem aí para os brasileiros, sempre de bom humor e contando piada nas revistas e jornais, enquanto o desemprego, a inflação, a miséria e a fome atigiam picos alarmantes. Me desculpem o comentário, mas este FHC é um grande cara-de-pau, só fico triste porque a nação brasileira desinformada deu 8 anos de poder a este cara.

    Paulo Roberto

    30 de dezembro de 2011 às 13h04

    "Continua charmoso porque bebe água francesa"… PQP, isso é que é complexo de vira-latas.

    Jairo_Beraldo

    30 de dezembro de 2011 às 13h42

    Paulo, eu concordo com a Maria Dirce …. vc teria coragem de beber a água da SABESP do Çerra?

Eudes H. Travassos

29 de dezembro de 2011 às 21h29

Quem em sã consciência pode duvidar de americanos, ou melhor, da capacidade dos poder do Estados Unidos.

Responder

Jair de Souza

29 de dezembro de 2011 às 21h19

Pois é, devemos concordar com o "novo" representante do neoliberalismo que acaba de aparecer por aqui quanto a que ninguém leva mais a sério o que Hugo Chávez diz. Ele deveria explicar a seus ídolos (ou patrões?) de Washington que já podem parar de jogar milhões de dólares nas mãos dos opositores venezuelanos, assim como já não precisam bancar os altíssimos custos que implica manter toda a grande mídia privada da Venezuela (e do mundo) em campanha de 24 horas por dia para tratar de demonizar Hugo Chávez. Bobagem, não é mesmo, novo representante do neoliberalismo e do imperialismo por estas pradeiras? Ninguém mais dá bola para ele! Pra que gastar o sagrado dinheirinho dos States à toa? Mas, pensando bem, talvez não seja uma boa esclarecer isso a eles. Muita gente em vários países (até por aqui) também recebe uma ajudinha de custos para levar avante o trabalhinho sujo. Claro, sempre há os abnegados que fazem isso por amor ao neoliberalismo e ao imperialismo, e não por dinheiro. Mas, parece que estes não são muitos. Não convém prejudicar a colegas correligionários.

Responder

    Antonio Nunes

    29 de dezembro de 2011 às 22h35

    respire fundo… concentre-se e leia novamente o meu comentário.

    não disse q ninguem leva o Chapolin a sério…

    disse q aqui talvez tivessem alguns.

    e estava certo!

    augusto

    30 de dezembro de 2011 às 12h48

    Muito antes de chavez falar, logo que ocorreu com Lula eu tambem havia dito a amigos a mesma coisa. E ja sabia do caso guatemalteco, pelo qual eles pediram desculpas publicas.
    só os inocentes manterão a placidez de sua fé na America.
    Mas o detalhe de anos eleitorais precisa ser examinado.
    E faltam morales e correa. mAS lembro que aqueles a quem a volupia do poder total MAIS DOMINA, são os que irão tombar de forma mais rapida e fragorosa.

    Paulo Roberto

    30 de dezembro de 2011 às 13h23

    Só não leva o Chaves a sério quem tem preguiça de pesquisar, não gosta de assistir ou ler documentários sobre a história e se informa(?) apenas pelo PIG, tendo a Veja como um dos maiores veículos de informação do país.

    Antonio Nunes

    31 de dezembro de 2011 às 11h24

    pra quem tem preguiça de pesquisar, e ainda leva o Chapolin a sério, aí vai um link da declaração dele culpando os EUA pelo terremoto no Haiti:
    http://www.samucajor.net/2010/01/terremoto-no-hai

    essa declaração tb deve ser "levada a sério" ou só podemos levar o Chapolin a sério de vez em quando?

    rsrsrsrsrsrs

    Paulinho

    31 de dezembro de 2011 às 16h07

    Então o Obama/Hillary também não podem serem levados a sério, pois vivem acusando o Chavez de tudo o que acontece na AL.

    Antonio Nunes

    01 de janeiro de 2012 às 10h47

    não…

    eles "podem serem" sim!

    rsrsrsrs

    luiz pinheiro

    30 de dezembro de 2011 às 14h37

    Antonio Nunes, o que houve, o que passou? Voce abandonou mesmo de vez o vibrante codinome EUNÃOSABIA?

Morvan

29 de dezembro de 2011 às 21h14

Boa noite.

Chavez, sempre ele, colocou o dedo em cima do hematoma.
Só discordo do conceito de tecnologia, mas isso é assunto para outros Posts (em um Post recente, sobre o câncer que acometeu Cristina Kirchner, coloco tencologia aspeada, por este motivo). Os Estados Unidos reagiram – protocolarmente, como sempre – às insinuações de Chavez. A Porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, disse que achava "horrível" e "deplorável" sobre as insinuações de Chavez. Ponto. Nada mais disse nem nada lhe foi perguntado.
Explicar as "coincidências" de só serem líderes não-alinhados a Washington, ninguém quer porque é ruim, heim?
As experiências nazistas com o povo guatemalteco só vieram a público por causa de uma pesquisa no campo bioético, por parte de uma estadunidense. Isso em 2005. Em 2010, o Governo dos EUA pediu desculpas formais ao povo guatemalteco.

Coincidências? Durmo com um olho aberto e outro semi-cerrado. Se houver estadunidenses perto, passo a noite em claro…

Elo para a notícia sobre a contestação da Porta-voz estadunidense: Terra –> http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5537218-EI8140,00-EUA+criticam+especulacoes+de+Chavez+sobre+cancer+induzido.html .

:-)

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

naira

29 de dezembro de 2011 às 21h10

Pois eu tenho a mesma desconfiança do Chaves. Desafia a probabilidade isso e justamente com líderes que estão do lado antagônico aos interesses norte-americanos e contam com a simpatia popular, apesar da mídia.

Responder

    Fabio_Passos

    29 de dezembro de 2011 às 23h23

    E com um agravante. Ninguém bem informado tem dúvidas sobre a covardia e a violência que os ianques costumam utilizar para derrotar aqueles que ousam contrariar seus interesses.
    Não é absurdo algum desconfiar que os ianques são assassinos sem escrúpulos capazes de atos tão desprezíveis… é razoável e precisa mesmo ser invesatigado.

Marat

29 de dezembro de 2011 às 21h02

Somente os parvos, os tolos, os inocentes úteis e os malandrões de sempre não querem crer nas horripilantes desgraças que os EEUU quase sempre impingem na humanidade… É só ver o que fizeram no Vietnã, no Iraque, no Afeganistão, e suas experiências genéticas e médicas mundo afora. Eles são a raça mais sórdida que existe, e eu não duvido de nada de ruim que possa ser fruto daquela espelunca da América do Norte!

Responder

kaccira

29 de dezembro de 2011 às 21h01

Estou decepcionada com a CIA e o Mossad, estão 'mandando" apenas cânceres de baixa letalidade.Não se faz mais agências de espionagem como antigamente!!!Que tristeza….O chapolim ficou até mais gordinho..

Ps:Será que estão "mandando" uma catapora ou um sarampinho para o ahmadinejad???

Responder

bentoxvi-o santo

29 de dezembro de 2011 às 20h41

Azenha.

Coisas do império terrorista do norte.

Responder

Regina Braga

29 de dezembro de 2011 às 20h26

Bom o wikileads,colocou fogo primeiro… a divulgação, que as embaixadas americanas queriam o DNA, dos candidatos e dos presidentes…Tecnologia, eles têm de sobra…Se existe louco, é o pp americano,querendo copinho dos presidentes.Turminha safada,querem eliminar as lideranças na cara dura.

Responder

Jair de Souza

29 de dezembro de 2011 às 20h23

Pois é, devemos concordar com o novo representante do neoliberalismo que acaba de aparecer por aqui quanto a que ninguém leva mais a sério o que Hugo Chávez diz. Ele deveria explicar a seus ídolos (ou patrões) de Washington que já podem parar de jogar milhões de dólares nas mãos dos opositores venezuelanos, assim como já não precisam bancar os altíssimos custos que implica manter toda a grande mídia privada da Venezuela (e do mundo) em campanha de 24 horas por dia para tratar de demonizar Hugo Chávez. Bobagem, não é mesmo, novo representante do neoliberalismo e do imperialismo por estas pradeiras? Ninguém mais dá bola para ele! Pra que gastar o sagrado dinheirinho dos States à toa? Mas, pensando bem, talvez não seja uma boa esclarecer isso a eles. Muita gente em vários países (até por aqui) também recebe uma ajudinha de custos para levar avante o trabalhinho sujo. Claro, sempre há os abnegados que fazem isso por amor ao neoliberalismo e ao imperialismo, e não por dinheiro. Mas, parece que estes não são muitos. Não convém prejudicar a colegas correligionários.

Responder

Fabio SP

29 de dezembro de 2011 às 20h18

Com exceção do câncer dele, os demais são e serão rapidamente curáveis…

Esses americanos são uns bocós, nem prá injetar um câncer fatal eles prestam…

Responder

    Scan

    30 de dezembro de 2011 às 00h19

    Para desespero de gente(?) da tua laia, né Fabio?

Operante Livre

29 de dezembro de 2011 às 20h13

A maldade de certos governos imperialistas é tamanha que nem mesmo a especulação é capaz de imaginar o que fizeram e fazem. Um governo capaz de contratar milhares de mercenários para torturar e matar nas guerras e depois querer posar de paladino, é capaz de usar a tecnologia para qualquer coisa.

Responder

luiz pinheiro

29 de dezembro de 2011 às 20h12

Chaves "amigo e financiador das FARC"?
Tem internauta aí aproveitando para espalhar pelo blog celulas malignas, cancerígenas.
Vai ver ele acredita que as tropas e os aviões dos EUA estão na Colômbia para defender a democracia e combater o narcotráfico…

Responder

    Paulo Roberto

    30 de dezembro de 2011 às 13h26

    Luiz, não se pode mesmo esperar muito discernimento de quem se informa(?) apenas pelo PIG.

Operante Livre

29 de dezembro de 2011 às 20h04

A maldade de certos governos imperialistas é tamanha que nem mesmo a especulação é capaz de imaginar o que fizeram e fazem. Um governo capaz de contratar milhares de mercenários para torturar e matar nas guerras e depois querer posar de paladino, é capaz de usar a tecnologia para qualquer coisa.

A hipótese de Fidel e Chavez é plausível. Vejamos quem serão os próximos. Certo é que matam líderes por toda parte.

Responder

Antonio Nunes

29 de dezembro de 2011 às 19h46

pronto!

agora o circo tá formado…

mas será q alguem ainda leva Hugo "Chapolin" Chaves, o amigo e financiador das FARC a sério?

talvez alguns aqui…

Responder

    Leider_Lincoln

    29 de dezembro de 2011 às 20h32

    Ainda mais a CIA, né? Com seu vasto histórico de bondades, jamais seria capaz de fazer isso… E Richard, além de ser o primeiro a comentar, para tentar pautar o debate, não se esqueça: quem usava muitas reticências era o "Ubaldo". Evite repetir modus operandi, senão acaba ficando chato, entende?

    Antonio Nunes

    29 de dezembro de 2011 às 22h04

    Rapaz, vc tem um problema sério!

    meu nome não é Richard… depois, não fui o "primeiro a comentar, para pautar o debate"…

    fui o segundo e simplesmente pq quando eu postei meu comentário só tinha um!

    sobre o meu "estilo" de escrita, rapaz, q tal cuidar da sua vida?

    acho q vc lucraria mais…

    ps: não tenho a menor dúvida q a CIA (ou a antiga KGB ou o MOSSAD ou qualquer outra "agencia") teria "bondade" suficiente pra matar quem quer q fosse… apesar disso, acho tola a teoria da conspiração! posso? mas ó, se vc não quiser, me avisa q eu paro de escrever aqui, tá!?

    Leider_Lincoln

    30 de dezembro de 2011 às 06h24

    Uiiii, um trollzinho nervoso! Olha a audácia da filombeta… Você não engana é ninguém, rapaz! O que fez como EUNAOSABIA? Aposentou?!? Eu jurava que iria utilizar "Lucas Villa", mas já que vaid e Antonio Nunes, ok, né? Somos um país livre!

    Antonio Nunes

    30 de dezembro de 2011 às 16h41

    somos?

    então vc deixa eu continuar postando as minhas opiniões aqui?

    ahhhhhhhhh q bom!

    fiquei muito mais tranquilo agora…

    walter rodrigues

    01 de janeiro de 2012 às 10h23

    Tal qual a fôia e a óia, que não empregam o princípio da liberdade de imprensa e, sim o da ética da conveniência?
    Quem os lê não tem livre conhecimento, tampouco poder de discernimento, salvo aqueles que comem no mesmo cocho da elite casa grande.

    Antonio Nunes

    02 de janeiro de 2012 às 19h27

    desculpe, me perdi…

    o Sr está insinuando q tem "livre conhecimento" e "poder de discernimento" só pq come em cocho diferente?

    kkkkkkkkkk

    Elton Maravalhas

    30 de dezembro de 2011 às 10h27

    Então pare!

    sonia

    29 de dezembro de 2011 às 22h20

    xo p/ FSP …seu lugar é lá!

    Scan

    30 de dezembro de 2011 às 00h11

    O que reponder a um lumpenzinho que nunca na vida abriu um livro de História?
    Que pauta suas "opiniões" por uma tia velha solteirona?
    Praque perdermos tempo com o Chaves, não é mesmo? O Reinaldinho Cabeção, o Eunuco já falou que ele financia as FARC.

    Antonio Nunes

    30 de dezembro de 2011 às 01h01

    Minha Sra…

    pq perder o seu precioso tempo comigo?

    faça um favor pra nós 2 e passa reto pelos meus comentários!!

    mas a Sra para, lê e responde só pra tentar me ofender?

    qual a graça?

    a Sra consegue defender a sua opinião sem ser grosseira?

    tente…

    vai ser um bom exercicio pra 2012!

    maísa

    30 de dezembro de 2011 às 01h01

    Os EUA…

    cláudio

    30 de dezembro de 2011 às 10h35

    meu! comentários nécios e na foia. vai lá. tu se sentirá em casa.

    Edmilson

    30 de dezembro de 2011 às 14h44

    Será que o AUGUSTO NUNES adotou um pseudônimo?

Jaime Rodrigues

29 de dezembro de 2011 às 19h24

Se pararmos para pensar, até que faz mesmo sentido.

Responder

    Ricardo

    29 de dezembro de 2011 às 21h34

    Faz ainda mais sentido se pararmos de pensar.

    Jair de Souza

    29 de dezembro de 2011 às 21h40

    Então, acho que para você já deve fazer sentido há muito tempo.

    lucio

    29 de dezembro de 2011 às 22h26

    É só ver o Histórico dos EUA e mais especificamente da CIA…


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding