VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Página no Facebook marca protesto contra Eduardo Cunha para 12 de abril
Política

Página no Facebook marca protesto contra Eduardo Cunha para 12 de abril


22/03/2015 - 03h07

Captura de Tela 2015-03-22 às 02.39.34

Da Redação

“Se o Cid saiu por falar a verdade, então como pode alguém envolvido no escândalo da Lava Jato presidir a Câmara de Deputados do Brasil?”

Este é o mote de uma página no Facebook criada logo depois que o ex-ministro da Educação, Cid Gomes, pediu demissão do cargo.

Antes de sair, Cid fez um discurso no Congresso durante o qual afirmou que preferia ser visto como “mal educado” do que como “achacador”.

Foi uma referência a Eduardo Cunha, o presidente da Câmara que está na lista dos investigados pela Operação Lava Jato.

Segundo o doleiro Alberto Yousseff, o deputado articulou com colegas a pressão contra a empresa Mitsui quando esta deixou de pagar a propina combinada nos negócios que fazia com a Petrobras.

A pressão partiu da deputada Solange Almeida, aliada de Cunha,  que nem integrava a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara quando apresentou requerimentos dirigidos ao Tribunal de Contas da União e ao então ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, nos quais levantou suspeitas sobre os negócios feitos pela Mitsui com a Petrobras.

Teria sido, segundo o doleiro, mera tentativa de achaque para que o pagamento de propina fosse restabelecido.

Cunha nega as acusações.

A página do Facebook tinha 8.243 curtidas na noite de sábado. Nas postagens, marca a data de 12 de abril para o protesto no qual serão reivindicadas as demissões de Eduardo Cunha e Renan Calheiros, presidente do Senado também investigado na Lava Jato.

A mesma data vem sendo anunciada para um novo protesto daqueles que buscam o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Leia também:

Greve dos professores busca reabrir 3.300 salas fechadas

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Eduardo

23 de março de 2015 às 09h53

Lugar de bandido não é na presidência da câmara! Se é bandido, deve ser retirado por quem o colocou! Se foi colocado por achacadores como disse Cid Gomes, devem todos ser retirados pelo povo!

Responder

FrancoAtirador

22 de março de 2015 às 20h24

.
.
EDUARDO CUNHA MANDOU ARQUIVAR CPI DOS PLANOS DE SAÚDE
.
Para atender financiadores de campanha, Cunha ameaça a existência do SUS
.
Cunha recebeu R$ 250 mil de Planos de Saúde,
engavetou a CPI que investigaria o Setor
e quer obrigar as Empresas a pagarem
Planos Privados aos Funcionários
.
http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Para-atender-financiadores-de-campanha-Cunha-ameaca-a-existencia-do-SUS/4/33111

Responder

Astrogildo Leal

22 de março de 2015 às 19h18

A REDE GLOBO NÃO FEZ MINHA CABEÇA ! Os males do Brasil são: Sonegação, Corrupção e a Globo. A corrupção começa com os corruptores que através da mídia ( Globo ) nos apresentam os políticos já corrompidos durante processo eleitoral. Contra o financiamento privado das campanhas eleitorais. No dia 01.04.205, vamos todos para cima da Rede Globo !

Responder

italo

22 de março de 2015 às 19h00

Os delegados Aecistas não vazaram nada do Cunha, nem os promotores fanfarrões. Se vazaram, a mídia não contou. Resultado: Antes do Janot indicar os nomes, o pessoal da lava jato já estava em 3º lugar na linha de sucessão da Presidência e o vice fazendo beicinho. Não é só empreiteira de obras, existe financiamento empresarial (da mídia) para eleger suspeito em operação da PF à Presidência da Câmara e do Senado. A luta continua ponto a ponto, cargo à cargo. Juiz chega à receber prêmio do pessoal da lista do HSBC enquanto deixa de enxergar os movimentos políticos partidários que ‘a operação’ produz.

Responder

maria socorro santos da silva

22 de março de 2015 às 11h51

com certeza os coxinhas vao ficar fora. rs,rs,rs…

Responder

Laura

22 de março de 2015 às 11h09

Olha o que o dono da página falou do Lula.

Eu exijo a renúncia do Eduardo Cunha
O Lula é o maior safado de todos, tirou a refinaria e estaleiro e levou para o seu estado, Pernambuco!!!
3 · 19 de março às 15:40

https://www.facebook.com/euexijoarenunciadoeduardocunha/photos/a.947583951960858.1073741828.947507145301872/947874588598461/?type=1

Responder

Carlos Correa

22 de março de 2015 às 10h44

Quando a presidenta Dilma sugeriu um plebiscito para alguns pontos da reforma politica é porque sabe que esse congresso é conservador e não fará mudanças profundas na vida politica do país. A mudança mais importante, que é o fim das ‘doações’ das empresas para campanhas politicas, que é onde começa a corrupção estatal, a maioria dos congressistas não querem aprovar, por motivos óbvios. A própria mídia também não quer uma politica mais livre da força do dinheiro, por isso a campanha sórdida contra o governo da presidenta Dilma.

Responder

FrancoAtirador

22 de março de 2015 às 10h38

.
.
Ih! Virou Disneylândia!
.
.

Responder

WALTER BEZERRA DE MENEZES NORDESTINO

22 de março de 2015 às 09h29

MAIS QUE JUSTO…QUERO VER O POVO NA RUA MESMO…O PT NÃO É O CULPADO DE TUDO…ESSA CORRUPÇÃO VEM DESDE O DESCOBRIMENTO DO BRASIL…FOMOS DESCOBERTO POR PORTUGUESES AVENTUREIROS CAÇADORES DE RIQUEZAS… E DEPOIS COLONIZADOS POR LADRÕES E PROTISTUTAS QUE PORTUGAL QUERIA DEPORTAR PARA OUTRO LOCAL… OS INDIOS JÁ ESTAVAM AQUI, MAS MUITO PREGUIÇOSOS…O ÚNICO DIGNO FOI O NEGRO QUE VEIO TRAFICADO, APANHAVA TODO SANTO DIA E AINDA TRABALHAVA O DIA TODO… QUEREM O QUE MAIS…

Responder

    Conceição Lemes

    22 de março de 2015 às 10h07

    Wálter, por favor,letras minúsculas nos comentários. sds

clodoaldo

22 de março de 2015 às 08h25

Esse fato é realmente antagônico, e reflete o próprio Congresso, político que fala a verdade é demitido e quem é suspeito fica intocado. No mínimo esses legisladores deveriam fazer como a presidenta nos casos do Ministério dos Esportes e dos Transportes, os seus chefes saíram para serem investigados para não mancharem a instituição à qual pertenciam, lembrando que nos dois casos citados chegou-se a conclusão de que não havia irregularidades. O combate à corrupção está aí, um governo que quer as investigações dos fatos denunciados, mesmo que depois se comprovem que erram tentativas de golpe por parte de certo veículos do PIG.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.