VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Líder do PT no Senado ataca convite a FHC feito por líder do PT na Câmara


18/12/2012 - 18h11

Bancada do PT é contra convite para FHC depor

18 de dezembro de 2012 | 17h 25

RICARDO BRITO – Agência Estado

O líder do PT no Senado, Walter Pinheiro (BA), afirmou nesta terça-feira (18) que a bancada do partido na Casa é “radicalmente contra” levar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao Congresso para falar sobre uma suposta lista de propina em Furnas durante seu governo. O convite foi aprovado na semana passada na Comissão Mista de Controle de Inteligência, tendo como autor do requerimento o líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto (SP).

“A bancada do Senado é radicalmente contra, não foi nem comunicado que esse negócio seria apresentado. Ele tem a liberdade de apresentar, mas tem que combinar conosco”, afirmou. Walter Pinheiro classificou o pedido do colega de partido da Câmara como “sem eficácia, sem motivo e com erro de condução”.

Logo após a aprovação do convite, Jilmar Tatto chegou a dizer que, “se eles querem guerra, vão ter”. É uma referência à tentativa de a oposição investigar o envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no mensalão, a partir do depoimento do empresário Marcos Valério feito ao Ministério Público e revelado pelo jornal O Estado de S.Paulo.

O líder do PT no Senado afirmou que está se “fazendo uma vingança com algo que não tem nada a ver”. “Vingar do quê, pelo amor de Deus! Eu não faço política com vingança. Faço com coerência. O Congresso não é o fórum adequado para fazer esse tipo de oitiva. Esse é o princípio básico. Presidente e ex-presidente nós não devemos sequer convidar, nem convocar”, disse. Ele ressalvou, contudo, que Fernando Henrique e Lula não estão acima de qualquer cidadão.

Segundo Walter Pinheiro, o requerimento do colega da Câmara, que pode ser recusado por se tratar de um convite, não deve se materializar por método. Para o petista, é “mais estardalhaço” do que algo que terá uma consequência prática.

Leia também:

Tucano de Alagoas entre governadores solidários a Lula

Zé de Abreu: Condenar Genoino lembra Ionesco

Opinião do blog: Desespero de um lado, comodismo do outro

Marco Maia: Respeitar o Legislativo é defender a democracia

Marco Maia: Câmara pode não cumprir decisão do STF

Lúcio Flávio Pinto: Ocupação da Amazônia ainda segue diretriz da ditadura

Lucro privado, prejuízo público: Um exemplo do capitalismo à brasileira

Cláudio Puty: Celpa, um caso clássico de Privataria Tucana

Exportação em Carajás é crime lesa Pátria

Ildo Sauer: O ato mais entreguista da história

Celio Bermann: Belo Monte serve a Sarney e às mineradoras

Wanderlei Pignati: O que tem na água que você bebe

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



125 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sideval Jr.: O golpe de Gurgel para prender Dirceu « Viomundo – O que você não vê na mídia

20 de dezembro de 2012 às 10h21

[…] Líder do PT no Senado ataca convite a FHC feito por líder do PT na Câmara […]

Responder

Ouça a íntegra do discurso do ex-presidente no ABC « Viomundo – O que você não vê na mídia

20 de dezembro de 2012 às 01h36

[…] Líder do PT no Senado ataca convite a FHC feito por líder do PT na Câmara […]

Responder

paulo

19 de dezembro de 2012 às 20h06

BUNDÃO EH OH! BUNDÃO EH OH!

Responder

Marat

19 de dezembro de 2012 às 19h31

O PSDB já é um valhacouto de extremistas de direita, ha muito tempo. O PT está se transformando, aos poucos, num PSDB… É necessário surgir um partido de esquerda no Brasil!

Responder

    Marcos Rocha

    19 de dezembro de 2012 às 19h55

    Cuidado, Marat, vc está cometendo heresia.

    Vai ser chamado de psolista-demotucano, proto-fascista, proto-zoarista etc

    Não aprendeu que criticar o PT é coisa da direita?

Vlad

19 de dezembro de 2012 às 18h33

Oh myyyyyyyy God!!!…e o Kassab é nosso herói agora.
Decidam-se, por favor.

http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,haddad-elogia-kassab-e-fala-em-convergencias-com-prefeito,975682,0.htm

Responder

    Marcos Rocha

    19 de dezembro de 2012 às 19h10

    Quando ganhou as eleições do PT…………..Kassab não prestava.

    Aí teve o lance da cracolândia. Lembra dos intermináveis tópicos sobre Kassab e a especulação imobiliária?……….Kassab prestava menos ainda.

    Esperto como só ele, Kassab criou partido de matiz governista e ainda doou um terreno (da área que, antes, era alvo de especulação imobiliária) ao Instituto Lula…………….. Kassab passou a prestar.

    Kassab e Lula se aproximaram para uma aliança nas eleições municipais…………..Kassab passou a prestar mais ainda.

    Kassab apoiou Serra nas eleições………..Kassab voltou a não prestar.

    Kassab e o PT voltam a namorar……………Kassab presta de novo.

    Quem presta e quem não presta afinal? Eu acho que ninguém…

    abolicionista

    20 de dezembro de 2012 às 11h27

    Continuando o raciocínio: se ninguém presta, logo, todos prestam. Ou seja, ainda que se apele para a maldade inextirpável da “condition humaine”, a questão não é moral. Se os homens não prestam, é preciso garantir que, institucionalmente, seus desvios sejam, pelo menos, amenizados. No Brasil, a diminuição da corrupção passa necessariamente por uma reforma política, que mude as leis de financiamento de campanha e proíba acréscimo no tempo de TV por meio de coligações e apoios políticos. É preciso ser mais radical do que vocês estão sendo, e ser radical é ir à raiz dos problemas. Qual a raiz do problema da corrupção? A maldade humana? Talvez, mas ainda assim, é preciso levar em conta que a ação dos individuos é mediada pelas instituições, não estamos no estado de natureza.

    H. Back™

    26 de dezembro de 2012 às 01h10

    Sr. Marcos Rocha, político bom é político morto. De bem intencionados, o inferno está cheio.

Bernardino

19 de dezembro de 2012 às 18h27

Que nunca comeul mel quando come se lambuza.Esse sr Pinheiro é mais um que se elegeu e ficou embevecido com as dellicias do poder como a maioria petista alias todos sindicalistas e carreiristas,portanto sem BERÇO.Alias pobre nao é revolucionario a historia nao me nega:MAO da elite chinesa.Fidel advogado de familia tradicional cubana donos de propriedades rurais,CHE,Medico da aristocracia Argentina e por aí vai,O Rico quando revolucionario o faz com convicçao ate porque ja provou as delicias da riqueza o que nao acontece a maioria petista nos cargos ficam frouxos e covardes para menter a boquinha e falem em conciliaçao e em conchavos
Alias esse sr Pinheiro é amarelo e reparem como ele tem a CARA-DE FOME altmemte Fotogenico.PT pra mim ja era.FUI!!!!!!!!!

Responder

Lula: “Se ficar um vagabundo numa sala com ar condicionado falando mal de mim, vai perder” « Viomundo – O que você não vê na mídia

19 de dezembro de 2012 às 18h25

[…] Líder do PT no Senado ataca convite a FHC feito por líder do PT na Câmara […]

Responder

Panino Manino

19 de dezembro de 2012 às 16h18

Bando de babacas, idiotas!
Quem inventou hipocrisia ficaria impressionado com esses políticos, puta merda. Claríssimo o único motivo dele ser contra.

Responder

claudio

19 de dezembro de 2012 às 16h13

Nunca vi tanta covardia no PT… Como o ápice do Odair Cunha na CPI do Cachoeira… O que acham? que adulando conservadores e imprensa, vão ter vida fácil?

Responder

Yacov

19 de dezembro de 2012 às 15h29

A partir do momento em que se atucanou o PT acabou… PT SAUDAÇÕES e SAUDADES…

NO PASSARÁN!! VIVA GENOÍNO!! VIVA ZÈ DIRCEU!! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE!! VIVA LULA!! VIVA DILMA!! VIVA O PT!! VIVA O BRASIL!! ABAIXO A DITADURA DO STF E MÍDIA LACAIOS & SEUS ASSECLAS!! CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ!! LEI DE MÍDIAS, JÁ!! “O BRASIL PARA TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gloBO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

Responder

Sada Akiyama

19 de dezembro de 2012 às 13h49

Nada surpreende quando proveniente de Pinheiro. Ele é irmão gemeo de oportunismo do atual governador Wagner. Ambos são do Partido do Interesse Proprio. Utilizam o PT e seus militantes para proveito proprio. E no PT ainda existem muitas pessoas que acreditam nesse embusteiro, quando deviam ter dado cartão vermelho desde a epoca que a Imprensa Golpista alimentava a denuncia do Jeferson para aproveitar e dar o Golpe no Governo Lula, e esse Pinheiro foi um dos primeiros que tambem pos em duvida as atitudes do Lula. É oportunista e golpista. Agora que o judiciario foi transformado em instrumento de golpe, esse senador embusteiro, dá sua cartada de oportunista, aderindo a Moralismo golpista. Collor que foi vitima da imprensa por duas vezes, primeiro quando o utilizaram elegendo -o presidente, e depois cassando o mandato de presidente conhece muito bem esses golpistas sempre em posição de ataque. Collor diariamente utiliza a tribuna do senado para mostrar o andamento do golpe, com ajuda do Senador Requião. Mas os chamados PTistas estão compactuando com o golpe. Mantem todos eles um silencio perturbador. Os brasileiros jamais esquecerão deste fato. Nenhum desses senadores, e deputados federais merecem outra vez o voto do povo brasileiro. Chega de golpismo.

Responder

    Lafaiete de Souza Spínola

    19 de dezembro de 2012 às 17h33

    Uma pergunta: Quem patrocinou a candidatura para o senado? É muito dinheiro e o Pinheiro, pelo que sei, como pessoa física, não tinha esses recursos.
    Se não aceita caixa 2, então não seja candidato! Por isso, até hoje, não me filiei a nenhum partido. Vamos denunciar esse sistema perverso!

    Quem o elegeu? Não foi a Máquina do PT?

Paulo Figueira

19 de dezembro de 2012 às 12h30

Acredito que convidar FHC não é a estratégia mais adequada, seria mais eficiente, que no primeiro dia da volta do recesso do Congresso, fosse instalada a CPI da privataria tucana, aí sim poderia ser puxado o fio da meada que esclareceria à população os procedimentos criminosos ocorridos naquele processo, por tabela viria a baila os nomes da oposição.
Convidar FHC para ficar trolando sem as prerrogativas de investigação da CPI, seria inútil e pareceria aos olhos da opinião pública um gesto de vingança.

Responder

    maria olimpia

    19 de dezembro de 2012 às 17h04

    Paulo,
    Concordo com você!

Geysa Guimarães

19 de dezembro de 2012 às 12h23

Esse sistema bicameral é inutilidade em dobro.
E senador fernandista camuflado de petista, desserviço total!

Responder

Luis Fernando

19 de dezembro de 2012 às 11h43

É impressionante a divisão do PT. É por isso que a oposição, mídia e supremo estão pisando cada vez mais no pescoço do governo e chegando mais perto de seu objetivo maior, de acabar com Lula. Qual o motivo que leva Walter Pinheiro a desrespeitar o deputado Tatto? Está na hora do PT voltar às sua raízes e voltar a ser uma estrela vermelha e não essa estrela amarela que passaram a ser nos últimos meses.

Responder

Roberto Empresário

19 de dezembro de 2012 às 10h47

Ta na hora da gente trocar esse walter pinheiro e colocar um senador do PT que seja mais aguerrido e corajoso.
Chega de bunda moles o PT precisa de gente forte la dentro que defenda as raizes do verdadeiro PT.

Responder

Eudes Hermano Travassos

19 de dezembro de 2012 às 10h37

Será que já não basta a covardia do frouxo Odair Cunha no relatório da CPI do Cachoeira?
O que está acontecendo com esta bancada? Enquanto a direita se desnuda e prende os petistas eles se arrefecem da luta?
Não está faltando alguem explicar ao nobre senador baiano a diferença entre igreja evangélica e senado não?
Furnas, emenda da reeleição, caso Cacciola, Daniel Dantas, Privataria Tucana, mensalão mineiro e o senador Pinheiro quer deixar imune….que os tucanoides acreditem nisso, ainda vá lá, mas um petista, lider da DS, é incompreensívele e indigesto!

Responder

Carlos Lima

19 de dezembro de 2012 às 09h52

Esse é o PT da vergonha, do mêdo e que está destruindo a democracia brasileira, esse é o PT que esta acabando com o prório PT, esse é o PT máquina de aniquilar militantes e base, esse é o PT que esconde a cara quando é atacado, esse é o PT que só quer cargo e nunca o enfrentamento, esse é o PT que escreve carta de amor para o FHC enquanto o povo tem suas moradias destruidas nos pinheirinhos da vida, esse é o PT que não vale nada, esse é o PT que se acha dono do povo, pois se não combinar com eles nada acontece, qual será a combinação? Talvez seja a anti saia da mãe Brasil cansada de golpes e de representantes combinados, Walter é essa sua contribuição para o Brasil, defender vendilhões, defender figuras responsaveis pelo maior assalto já feito a uma nação, defender quem defende previlégios, defender quem massacrou o pais e sumiu com tudo que este país produziu num passe de mágica, defender os que permitiram CACCIOLA, CONTAS CC5, BANESTADO, MARKA FONT SIDAN, PAINEL DO SENADO, SIVAN, ALSTON, LIMITE DA RESPONSABILIDADE EM PRIVATIZAÇÕES QUE MAIS SE CARACTERIZARAM COMO DOAÇÕES A EMPRESÁRIOS AMIGOS COM DINHEIRO DO BNDES? O Senhor SR. WALTER é defensor dessa praga que arruinou o BRASIL, o Sr. gosta de quem compra a reeleição? Pois é parece que Senhor gosta, defenda, continui defendendo essa corja, na próxima eleição que o sr. precisar de votos vamos votar em qualquer um, pois o SR. não passa de qualquer mais um a usurpar da confiança que o povo depositou no enfrentamento. QUE PT É ESSE MEU DEUS, seria este PT o sinônimo da letargia? o PT está totalmente perdido, sua voz parece a voz dos perderam a eleição e não dos que ganharam. Será que o Walter falou isso a mando da presidenda, seria esse mais um prenuncio de mais uma missiva de amor neste platonismo misterioso do poder, que mais parece sadomasoquismo que nem a lei Maria da Penha abrange, pois o que apanha defende o torturador incondicionalmente.

Responder

    Volney Albano

    19 de dezembro de 2012 às 11h01

    Assino em baixo. Hoje pela primeira vez na minha vida senti vergonha de ser militante desse partido. Os líderes do PT parece que resolveram abandonar a luta. Querem apaziguar com a Mídia e toda a quadrilha que rouba o Brasil, desde 1.500. Muita decepção.

Antônio

19 de dezembro de 2012 às 09h37

AINDA SOBRE O RELATÓRIO DA CPI DO CACHOEIRA

Relatório oficial da CPI do Cachoeira é rejeitado; documento “alternativo”, sem indiciamentos, é aprovado

Camila Campanerut*
Do UOL, em Brasília
Comunicar erro Imprimir

O relatório do deputado Odair Cunha (PT-MG), apresentado há três semanas e alvo de muita polêmica, foi rejeitado pelos parlamentares da CPI do Cachoeira nesta terça-feira (18). A oposição, com 18 votos contra, venceu a bancada governista, que conseguiu 16 votos a favor do relatório (veja aqui como cada integrante da comissão votou).

Os parlamentares, no entanto, aprovaram, por 21 votos a 7, o voto em separado, espécie de “relatório alternativo”, do deputado Luiz Pitiman (PMDB-DF). O documento de Pitiman, de apenas uma página e meia, pede que o Ministério Público e a Polícia Federal continuem as investigações a partir do material que a comissão recolheu, mas não sugere nenhum indiciamento nem responsabilização penal.

E eu afirmo: o crime organizado conseguiu enfiar os seus tentáculos no Congresso, no Judiciário e sabe como bater na Dilma e no Lula. Que vergonha, meu Deus, que vergonha!

Link: http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2012/12/18/cpi-do-cachoeira.htm

Responder

amarildo de j valle

19 de dezembro de 2012 às 09h20

povo brasileiro, tirando o senador COLLOR, pode fechar aquelas merdas de senado, congresso e STF, isso é investimento em VAGABUNDO, nem eles que escreve essas merdas ,bosta de LEI , não as cumpre e não entendem, fazem um livro de lei que pesa uns 5 kg ,de uma grossura imensa , depois na hora de usar essas morféticas LEIS, vão tudo por DEDUÇÃO.

Responder

    H. Back™

    26 de dezembro de 2012 às 21h35

    Que coisa engraçada, também penso assim! Na hora de votar uma lei, ficam mais perdidos que “cego em tiroteio”. Não se sabe mais quem é oposição e quem é situação.

Antônio

19 de dezembro de 2012 às 09h12

TOME NOTA DO NOME DOS CRETINOS

A bancada dos 18 do Cachoeira que votou contra o relatório do Odair Cunha (PT/MG) para proteger o bicheiro, e fazer pizza:

E olha que o relatório original do Odair Cunha já tinha sido bastante mutilado.

SENADORES: (que votaram contra o relatório mutilado)

Alvaro Dias (PSDB-PR)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Jayme Campos (DEM-MT)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Sérgio Souza (PMDB-PR)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Ivo Cassol (PP-RO)
Antonio Carlos Rodrigues (PR-SP)
Marco Antonio Costa (PSD-TO)

DEPUTADOS (que votaram contra o relatório mutilado)

Carlos Sampaio (PSDB-SP)
Domingos Sávio (PSDB-MG)
Luiz Pitiman (PMDB-DF)
Gladson Cameli (PP-AC)
Maurício Quintela Lessa (PR-AL)
Sílvio Costa (PTB-PE)
Filipe Pereira (PSC-RJ)
Armando Vergílio (PSD-GO)
César Halum (PSD-TO)

A bancada dos 16 senadores e deputados que votaram contra o bicheiro, contra a corrupção e a favor do povo:

SENADORES

Jorge Viana (PT-AC)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Pedro Taques (PDT-MT) *
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Aníbal Diniz (PT-AC)
João Costa (PPL-TO)
Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) *

DEPUTADOS

Cândido Vacarezza (PT-SP)
Odair Cunha (PT-MG)
Paulo Teixeira (PT-MG)
Íris de Araújo (PMDB-GO)
Ônyx Lorenzoni (DEM-RS) *
Glauber Braga (PSB-RJ)
Miro Teixeira (PDT-RJ) *
Rubens Bueno (PPS-PR) *
Jô Moraes (PCdoB-MG)

* Estes com sérias restrições: exigiram a retirada do indiciamento de Policarpo Júnior e pipocaram na hora de cumprir o dever de encarar o PGR.

Responder

    Bonifa

    19 de dezembro de 2012 às 13h39

    Miro votaria contra ou a favor de qualquer coisa, desde que deixasse o Policarpo fora de perigo.

Ricardo

19 de dezembro de 2012 às 09h07

Posso nao ser esperto pra entender as filigranas politicas, mas que o convite ao FHC foi um alerta pra tucanagem, isto foi mesmo. Mas acho que ta na hora da populaçao mesmo se antecipar e fazer o MPF agir. Isto ja passou da hora. O povo precisa pressionar o mp pra tornar a vida do Gordo menos mansa…

Responder

henrique de oliveira

19 de dezembro de 2012 às 08h57

o PT tem que entender que tucano e midia tem que ser fulminado e não convidado para qualquer coisas.

Responder

Luís

19 de dezembro de 2012 às 08h09

E o PSOL é a esquerda que a direita gosta. O PT seria o que então?

Responder

Carlos Morelli

19 de dezembro de 2012 às 08h08

O que se pode esperar de um partido que não se entende?

Responder

Luís

19 de dezembro de 2012 às 08h07

Porque os dois partidos não se fundem logo de uma vez e criam o PTSDB?

Seria bem melhor, não acham?

Responder

De Paula

19 de dezembro de 2012 às 08h02

A alopragem chegou no Senado. O PT está cada vez mais parecido com o velho PCB; quando não tem inimigos fabrica-os em suas hostes.

Responder

Gerson Carneiro

19 de dezembro de 2012 às 07h54

Marco Maia falando em apressar a CPI da Privataria parece aquele cara que leva chifre da namorada e sai correndo publicando foto dela na internet.

Responder

abolicionista

19 de dezembro de 2012 às 07h37

Essa trapalhada homérica, além de representar uma tremenda amarelada, demonstra total falta de discussão interna no PT. Expor publicamente esse tipo de divergência, e nesses termos, é jogar lenha no forno da direita. Grupos políticos de um mesmo partido engalfinhando-se publicamente, até nisso o PT começa a se parecer com o PSDB…

Responder

anac

19 de dezembro de 2012 às 06h48

Gente, a corja é capaz de TUDO e um pouco mais.
Cuidado com os BLECAUTES, provocados pelas companhias de energia eletrica de Minas, SP, Paraná, Goiás de governos da direita insatisfeitas com a redução das contas de energia imposta pelo governo, nos jogos da copa da confederações e copa do mundo em plenos jogos apenas para desmoralizar o governo perante o mundo. Tudo visando as eleições de 2014. Vão em cima da Dilma na area de sua especialidade para derrubar o mito de competencia.
D Dilma e alguns proceres do PT estão a brincar con fogo. Depois não reclamem.

Responder

    [email protected]_2

    19 de dezembro de 2012 às 13h13

    Tá ÓBVIO demais, né?
    Parece que só o governo não se apercebe disto.
    Lamentável!!!

    DELENDA PIG, DELENDA demo-tucanalha!

Christiano Almeida

19 de dezembro de 2012 às 01h44

Como diz um amigo: “… Petista? sou mais não! Sou de partido onde a igreja excomunga, os ricos se bezem e a polícia corre atrás (prá dar porrada) …”

Responder

marcosomag

19 de dezembro de 2012 às 01h33

O PSDB é um morto-vivo. A verdadeira inimiga é a mídia. É muito mais fácil derrotar o consórcio Globo/Folha/Veja do que se imagina. A Globo não aguentaria uma CPI da Fundação Roberto Marinho ou uma única declaração da UNICEF explicando o por quê de ter pulado fora do criança-esperança ou uma auditoria da Receita. A Folha não aguentaria uma investigação de suas relações com a linha dura militar durante a Ditadura, incluindo os empréstimos de suas viaturas à repressão. A Veja não aguentaria o desengaveamento do contrato com a Naspers ou seus rolos no Caso TVA ou seus rolos com o submundo do “empresário do ramo de jogos”. Mas, o PT trocou o vermelho da estrela pelo amarelo… Aí, a coisa complica!

Responder

    anac

    19 de dezembro de 2012 às 06h54

    A direita está vivinha para o Golpe.
    E sedenta por vingança pelas surras monumentais sofridas nas eleições dadas pelo filho da senzala.
    Se ela não for de psdb vai com J batista, o justiceiro de mãos proprias ou mesmo com os milicos. Qualquer um servirá ao golpe.

    renato

    19 de dezembro de 2012 às 07h36

    E deixam meu presidente LULA, sempre encima da berlinda.
    A moeda de troca deles parece ser as pessoas queridas
    do Brasil!
    PT…..PT….PT…o que acontece com você.
    Se meu Presidente, disser que há algo errado com você
    deixo- te para lá. E sou vou cantar LULA LÁ.

    Willian

    19 de dezembro de 2012 às 08h58

    Ley do Medios já, né??? rs

    Luís

    19 de dezembro de 2012 às 09h08

    CPI? Sério mesmo? UHAUAHUAHAUHAUAHAUHAUAHUAHAUAHAUHAUAHUAHAUH!!!

Abelardo

19 de dezembro de 2012 às 00h04

O suspeito ano de 2012.
O que devemos esperar de 2013? O ano de 2012 está terminando como o mais suspeito, politicamente, de todos os tempos. HCs suspeitíssimos sendo concedidos, até nas madrugadas, para vários vilões no país; um livro bomba, de alto poder destrutivo para a oposição, é suspeito de ter sido boicotado pela situação; CPIs que lavariam a alma de partidos que apanham o ano todo da oposição, sendo suspeitamente esvaziadas por esses partidos que tanto apanham e que deveriam ter mais interesse na apuração das denúncias; julgamentos suspeitos de terem passado a frente de outros julgamentos para, supostamente, prejudicar determinado partido em eleições com datas suspeitamente coincidentes; vários réus foram suspeitamente incluídos com a prerrogativa de foro privilegiado; juízes, que mais pareciam os próprios advogados de defesa, supostamente, proferiram decisões favoravelmente suspeitas a réus; juízes com suspeitas de terem negócios por fora e negócios por dentro do oficial; juiz suspeito de que blindar filho que, supostamente, ganhava com a imagem do pai; juiz suspeito por não encontrar o áudio da denúncia; tribunais sendo suspeitos de abusarem de seus poderes; tribunais suspeitos de interferirem em assuntos que não lhes dizem respeitos e, também, suspeitos de invadir searas alheias para tentarem, supostamente, ser o supremo único entre os supremos; juízes suspeitos de dormirem vergonhosamente em serviço; juízes suspeitos de levarem a sério o fato de a mídia os chamar de super heróis; juízes que, supostamente, por encantamento com a luz da mídia, quererem com suas togas, supremamente mágicas, alçarem voo bem mais alto que Ícaro; surge uma suspeita briga do PT contra o prório PT por causa de FHC e acontece a fabulosa transformação de uma caudalosa e abundante cachoeira em uma pequenina e infantil piscina de plástico. Por fim suspeito que ainda muitos suspeitos aontecimentos surgirão nesses derradeiros 13 dias do encerramento do suspeitíssimo ano de 2012.

Responder

Marat

19 de dezembro de 2012 às 00h01

Esse PT (que quer se parecer com o PSDB) é uma grandecíssima m…

Responder

ricardo silveira

19 de dezembro de 2012 às 00h01

O PT não deve chamar o FHC para depor por reação aos picaretas dos tucanos ou daquele partido que está acabando, o DEM, ou dos PDTs da vida, ou do quase finado, PPS, mas porque o sujeito deve explicação ao povo brasileiro sobre a dilapidação do patrimônio público e do que resultou na privataria tucana, entre muitos outros “mal feitos” escondidos pela mídia golpista. Agora, não chamar o FHC para depor é ir contra os interesses do povo brasileiro.

Responder

    renato

    19 de dezembro de 2012 às 07h42

    Sou contra a exposição de Presidentes, acho que deveria haver outro mecanismo, antes de expor os mesmos como culpados. Isto no meu ponto de vista protegeria os interesses do Brasil.Os presidentes são os maiores representantes do povo!
    Mas se vocês acham que ele deveria se apresentar, então vou assistir!

    ricardo silveira

    19 de dezembro de 2012 às 15h31

    Renato, também acho que um presidente só deve ser chamado a dar explicações sobre o seu governo se houver comprovação de falcatruas sem explicações e responsáveis. Foi no governo dele que se privatizou a Vale a preço de banana e houve a chamada “privataria tucana”, foi no governo dele que houve compra de voto para mudar a Constituição e possibilitar que fosse reeleito, e isto está provado, de fato, e não por dedução. Nos últimos 50 anos todos os governos foram devastados pela mídia, PF e MP, menos os governos militares e do FHC. Não se trata de exposição para politicagem, como as que têm sido feitas em relação a Lula. Há problemas sérios que ocorreram no governo FHC e ninguém foi punido e ficou por isso mesmo.

    Matheus

    19 de dezembro de 2012 às 09h36

    O motivo para a investigação da privataria demotucana, do mensalão tucano, da lista de Furnas, etc., é o interesse público do povo brasileiro, e não “vingança”.

    Falando nisso, e a CPI da Privataria Tucana? Pelo jeito, o PT se juntou ao PSDB para asfixia-la. E aí eu lhes pergunto: é esse o partido que diz ser o “garante” contra o retorno do neoliberalismo puro e duro? O engavetamento da CPI da Privataria pelo “petistucano” Marco Maia e o programa massivo de privatizações da Dilma dizem o contrário…

JORGE

18 de dezembro de 2012 às 23h55

Azenha

Falo ao ilustre senador Walter Pinheiro, roupa suja se lava em casa.

O deputado pode ter se excedido mas, da extrema direita, a esquerda não precisa esperar golpes somente acima da linha da cintura.

A guerra de 2014 já começou, segundo meu singelo entendimento, com “a forma do julgamento do chamado mensalão”. Princípios quebrados e surpresas como a inversão do ônus da prova, foram de estarrecer qualquer estudante de direito.

O ilustre senador e o ilustre deputado poderiam refletir sobre o dito acima e buscarem o RESGATE DO PODER POLÍTICO, antes que vivamos uma Honduras ou um Paraguai.

O PODER CONSTITUINTE E MAIOR QUE O STF e, ESTÁ NO CONGRESSO NACIONAL. COM SARNEY OU SEM SARNEY.

ABAIXO A DITADURA UDENOMILITAR, ainda VIVA EM NOSSAS INSTITUIÇÕES.

Responder

    Bonifa

    19 de dezembro de 2012 às 03h38

    O Walter Pinheiro foi tentar fazer um giro e fez um jirau. Mesmo que a iniciativa de Tatto tenha sido açodada, depois da flecha solta não adiantaria tentar desculpar-se pelo tiro. Enfezar-se públicamene contra a flechada de Tatto foi a pior de todas as reações, ficou pior que a iniciativa e muito. Que se veja o quanto de suor preocupado foi derramado pelo PSDB por causa desse convite. O Aluysio saiu de seus cuidados para tentar tratar do assunto com a mídia. Houve recuos visíveis no ataque contra a esquerda, e em boa parte isso se deve ao inimigo da direita tomar conhecimento de que tem gente capaz do imprevisível dentro do PT, quando o que eles mais temem é o imprevisível. Difícil saber o que moveu Pinheiro. Será que vive em uma espécie de pax baiana que não o deixa se por a par da realidade de uma verdadeira guerra? Agora, se ameaças outras foram feitas ao PT que turbaram o tirocínio de Pinheiro, que o lançaram em preocupação tão intensa que o fizeram voltar-se contra um companheiro assim, vomitando imprecações públicamente, isso só o Partido pode avaliar, internamente. Dependendo da investigação, Pinheiro mereceria uma admoestação em regra.

    JORGE

    19 de dezembro de 2012 às 19h39

    Bonifa

    Até compreendo o seu raciocínio, inclusive, comungamos em vários pontos. Gostaria apenas de lembrar aos ilustres parlamentares aquela velha regra de um político americano: “vamos sempre bem intencionados para um bom acordo, contudo, não podemos esquecer o porrete.”

    Ainda, a guerra pelo poder em 2014 já está em franco andamento e a esquerda deve mobilizar o PODER POLÍTICO DO PARLAMENTO BRASILEIRO, juntamente com a mobilização e discussão popular em DEFESA DA DEMOCRACIA.

    Explico: O Gurgel e o STF hoje, juntamente com a Globo e os demais representantes da UDN, irão tentar UM GOLPE PARAGUAIO OU HONDURENHO. O JULGAMENTO DO CHAMADO MENSALÃO FOI O ENSAIO.

    Assim, esse super poder que o STF diz ter é blefe. Na verdade quem manda é o PODER POLÍTICO, ou seja, aquele que escreve a Constituição, seja o constituinte originário (Constituintes de 1988), seja o derivado (Hoje o Congresso Nacional).

    Um abraço.

    Um abraço

tiago carneiro

18 de dezembro de 2012 às 23h44

HAHAA! O PT anda amarelão….

Acho que no PT existe muita gente do PSDB, não concordam?

Dilma Russerra, Suplicy, o eterno senador tucano do PT, Pinheiro, 95% do PT-Ceará.

Tá bom do PT rever seus quadros…

Responder

Valdeci Elias

18 de dezembro de 2012 às 23h24

Enquanto o PT amarela, Collor continua com aquilo roxo.

Responder

    Neotupi

    19 de dezembro de 2012 às 11h30

    Fica esperto, porque Collor não votou a favor do relatório do Odair Cunha (PT-MG) na CPI do Cachoeira. Foi um dos dois votos que faltaram para empatar a votação.

    Mário SF Alves

    19 de dezembro de 2012 às 12h47

    Bem no centro nervoso do não-tenho-absolutamente-nada-a-perder-com-isso. É assim que se faz rolar uma das cabeças da Hidra de Lerna. Nascerão outras, é bem verdade. No entanto, seja como for, é impecável sua observação, caro Neotupi.

    _______________________________________

    Collor já esteve lá; sem partido, sem meta, sem povo e com aquele nhém-nhém absurdo, alucinado, de caça aos marajás. Sabe como ninguém o que é ser produto/cria da velha mídia. Sabe bem o que é ser Presidente da República num país como o Brasil. Sabe bem o que é ser Presidente da República eleito à custa de muito, muito estelionato eleitoral. Sabe bem o que é o culto (midiático) à personalidade. Sabe bem o que é ser Presidente da República num país como o Brasil sem ter um partido nascido do povo e amado pelo povo.

    ____________________________________________________

    Tá. As circuntâncias, a conjuntura eram outras, mas… imaginemos o Brasil sem os dez anos de governo do PT, de governo neoliberal e totalmente integrado ao contexto de crise mundial. Será que num contexto desse, um governo Collor seria diferente agora? Possivelmente sim, seria diferente, mil vezes pior, com certeza! Primeiro porque sequer haveria Estado. Teríamos um arremedo de Estado; teríamos um estado de fato, totalmente privatizado; totalmente corporativizado, onde não haveria um PC Farias, posto que sua função seria obsoleta e completamente desnecessária.

Mário SF Alves

18 de dezembro de 2012 às 22h59

É… quer saber, depois dessa, sou mais a torcida do Corinthians, aquela que, em comemoração pelo título recente, foi capaz de ocupar ruas em São Paulo. É mole? Assistimos uma torcida de futebol se mostrando mais empolgada e mais eficiente que cidadãos na defesa de seu próprio País?
_______________________
Chega! À merda.
_____________________________________
PT?!! Cadê? Onde? Quando? Como? Por quê? Pra quê?
________________________________________________________
Pior de tudo é ter de admitir que a Regina Duarte tinha razão: PT no governo é igual a medo, medo e medo. PT no governo é o cagaço vencendo a esperança.
___________________________________________________________
O medo e a falta de confiança – não em cabos eleitorais pagos à peso de ouro, mas – na militância movida a amor pelo Brasil; a mesma militância que hoje recebe como recompensa a pecha de “petralha”; vide Petralhas I, Petralhas II, e até de desgraça ainda pior.
______________________________________________________________
E o balde de gelo veio de onde mesmo? De um petista histórico.
Ah! Senador, que merda, heim? The dream is over! Brasil Um País de Todos? Consolidação da democracia no Brasil? Quem nos dera.
________________________________________________________________
Mas, afinal abre o jogo aí, senador. Diz onde foi que erramos. Será que teríamos de botar o PT no colo? Tomá-lo de assalto? Ou será que teríamos de ir pras ruas ao primeiro sinal de fogo? Mas, como? Sem liderança? Sem ninguém do partido a sinalizar rumos ou ao menos demonstrar a devida indignação?
___________________________________________________________________
Agora, aqui entre nós, senador, será que não ficou melhor assim, a militância recolhida, encolhida, cabisbaixa e a liderança parlamentar petista livre, leve e solta pra seguir adiante nesse papelzinho rídiculo de pelegos da política?

Responder

    Mário SF Alves

    19 de dezembro de 2012 às 09h33

    Ou, para ser mais preciso: pelegos não da política, mas, sim, pelegos da má-política. Ou, melhor ainda, pelegos da antipolítica dinheirista, rentista, financista e corporativista.

    __________________________________________________________
    Ou será que democracia pra vocês é sonho? Uma quimera, como dise o SER SUPER SUPREMO, Fux?
    ______________________________________________
    Macunaímicos de todo o mundo, uní-vos! É isso?

    Se for, eis aí mais uma revisão de Marx.

    Mário SF Alves

    19 de dezembro de 2012 às 14h00

    Enquanto isso o Lula no encerramento do “Fórum pelo Progresso Social”, em Paris, chama nos brios e diz da importância de se globalizar a política (https://soundcloud.com/institutolula/discurso-de-lula-no-fechamento-do-forum).
    _____________________________________
    Pelo visto alguns do PT não entenderam nada e estão a preconizar não a globalização da democracia, mas, sim, a da anti-política. Pelegos! O querem mesmo é consolidar a antidemocracia do PiG.

Armando do Prado

18 de dezembro de 2012 às 22h55

Enquanto isso, o povo tá se lascando…

Responder

Francisco

18 de dezembro de 2012 às 22h43

É por isso que eu gosto de Suplicy: ninguém sabe o que ele faz, nem por onde anda e quando aparece na tribuna é cantando que a vida esta boa!!!

Meu Deus…

Luis Carlos Prestes iria preferir fuzilar o próprio partido a ver… isso!

Responder

Sérgio

18 de dezembro de 2012 às 22h41

Já não bastava o Zé Cardoso ter amarelado no caso STF X Câmara dos Deputados?

O PT está demorando muito pra chutar o traseiro dessa turma.

Responder

Mario Silva Lima

18 de dezembro de 2012 às 22h38

Vamos separar o joio do trigo, pois a corrente majoritária do PT não é o PT.Se não tomarmos cuidado corre-se o risco de se jogar a criança com a água do banho.Vamos reforçar a corrente mais progressista do PT prá desbancar esses “bananas” da corrente majoritária.

Responder

Cunha

18 de dezembro de 2012 às 22h37

É muita cordialidade, muita honraria… Não pode convidar FHC… Quanta nobreza vossa excelência! ORA BOLAS! O CARA QUASE DESTRÓI O PAÍS, POIS, ALÉM DE COLOCAR A ECONOMIA EM FRANGUALHOS IA VENDER TODO O SUBSOLO DA NAÇÃO E SUAS JAZIDAS PETROLÍFERAS! Qual o motivo para não convocar esse Amigo da Onça?

Responder

    Neotupi

    19 de dezembro de 2012 às 11h27

    A lei só permite convocar quem é detentor de cargo público. FHC não é mais. Por isso o máximo que dá para fazer é convite.

Francisco

18 de dezembro de 2012 às 22h34

A CPMI de Cachoeira terminou com Cachoeira (criminoso contumaz) rindo da munha cara. E da sua também. A CPMI começou com um criminoso preso e terminou com um criminoso solto. Um feito!

Diz o mané que relatou esse estrupicio (mané esse que ainda delira que vá ser eleito para alguma coisa) que ninguém foi condenado porque não houve “consenso”. A questão não é essa. Tem prova ou não tem prova? O que quero saber é: houve dolo?

Se o nome do concunhado do tataravó do vizinho de Lula em Garanhuns estivesse com o nome na Lista de Furnas, Lula seria esculachado por todas as emissoras de TV do país. E seria chamado para uma CPI (ou coisa pior…).

Deve se ter tato com ex-presidentes? Sem dúvida! Mas a questão não é essa, é outra: FHC praticou o crime que a Lista de Furnas implica? Há dolo? Há provas?

Sim ou não?

Quem deveria definir seriam as provas, ou me equivoco?

O STF inaugurou uma fase que na URSS foi chamada de “terror”. Se um Stalin qualquer assumir Brasilia, pode fazer o que quiser, com quem quiser, pelo motivo que quiser.

Ausência de provas não garante liberdade e presença de provas não garante prisão.

Parabéns Barbosa, você nos levou ao admirável Brasil novo…

Responder

    NPFreitas

    19 de dezembro de 2012 às 00h55

    A CPMI do Cachoeira foi estapafúrdia porque instaurada já a partir de uma investigação criminal. Então, o sentido seria ir além, alcançar agentes públicos aos quais a polícia não conseguiu chegar. Com uma base aliada dessas, totalmente comprometida com grandes esquemas, impossível chegar a algum lugar. O propósito era esse mesmo, não investigar Delta nem governador de Goiás, nem do RJ. E viva o PMDB. E a falta de unidade e atitude do PT. Mas é preciso esclarecer que CPI não julga nem condena, apenas apura fatos, dá satisfação à sociedade e encaminha à polícia, à justiça e ao ministério público o que houver apurado. Mais uma vez, o PT sai de covarde e bandido porque é assim que mídia retrata. É como se aposição quisesse investigar, o PT não. Vexame.

Nisio

18 de dezembro de 2012 às 22h34

A militância que dá supoorte ao PT, está cansando com esses parlamentares. O consórcio capital grande/PIG/psdb vem todos dias batendo no PT e temos que tolerar uma declaração idiota desse senador.
De que lado ele acha que está?

Responder

    Rui Rômulo L. Gaspar

    18 de dezembro de 2012 às 22h51

    Esse senador acaba de perder meu voto,votei já duas vezes neste senhor,não votarei mais.Irece-Ba (sertãobaiano).

Jaimão

18 de dezembro de 2012 às 22h17

Até a presidenta quer vazar do PT, segundo se comenta. A bem da verdade acho que ela nunca foi petista. Como o Lula enfiou anti-petistas no supremo, na PGR, também o fez na presidencia. Será que ele vai acabar com o PT!

Responder

Willian

18 de dezembro de 2012 às 22h12

Walter Pinheiro deve saber de algo que Jilmar Tato não sabe.

Responder

Roberto Locatelli

18 de dezembro de 2012 às 21h55

Está faltando o centralismo democrático no PT.

Centralismo democrático é feito com dois procedimentos partidários:
1) total liberdade de discussão e debate internos.
2) total unidade de ação externa.

Quando o item 1 falha, o item 2 falha também.

Responder

    Francisco

    18 de dezembro de 2012 às 22h36

    Na boa, a democracia interna do PT esta uma “PMDmerda”…

    FrancoAtirador

    18 de dezembro de 2012 às 23h14

    .
    .
    UNS PATRULHAM E OUTROS PATROLAM

    Enquanto as correntes ideológicas do PT

    ‘externam’ os seus conflitos ‘internos’,

    a extrema-direita sorri e agradece.
    .
    .

    renato

    19 de dezembro de 2012 às 07h49

    Mesmo que fosse um alerta para a oposição.
    Perdeu, o estampido vez mal aos ouvidos dos
    petistas de todo o Brasil, Não combinaram
    com a gente também. Se for ter uma estratégia
    que seja contundente.

    lulipe

    19 de dezembro de 2012 às 10h31

    Será que o lula já ouviu falar disso, caro Locatelli??Pergunta para o pessoal do diretório do PT de Pernambuco….

Frank

18 de dezembro de 2012 às 21h52

Azenha e Conceição, este post deveria estar na coluna de humor e não na de política.

Outra coisa, Dilminha querida, é este o seu LIDER no Senado? É este o líder do seu partido no SENADO?!! Com que dinheiro ele se elegeu?

Querida guerrilheira, devo lhe avisar que estás numa guerra e este é o último comportamento de companheiros que se espera receber. Já soubeste escolher melhor suas companhias no passado.

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

18 de dezembro de 2012 às 21h39

PRECISAMOS DE UM NOVO PARTIDO! NÃO UM PARTIDO QUALQUER!

Recentemente, houve um programa, no RODA VIVA, sobre o tema segurança. Discutiu-se muito o brusco aumento da criminalidade no Brasil e principalmente em São Paulo. Tudo girou em torno da polícia militar, polícia civil e presídios. Durante uma hora não se encontrou tempo para que se discutisse a origem de toda essa violência: A injustiça social que impera em nosso país. A nossa classe média não consegue desvendar o caminho da maior prioridade que se chama EDUCAÇÃO.

As pessoas que chegaram ao poder, prometendo mudar o Brasil, adotaram uma solução paliativa como o bolsa família, porém faltou coragem e determinação para implementar esse salto de qualidade. Resolveram governar com e para o sistema financeiro e, agora, talvez, estão se dando conta, tardiamente, do grande erro cometido.

Numa entrevista dada a uma televisão, o Dr. Adib Jatene mencionou que, no meio médico, muitos reclamavam, discutiam, das coisas erradas que atrapalhavam o bom desempenho da medicina. Em seguida, frisou que ele passou a discutir a solução daqueles entraves, elaborando e discutindo projetos que alcançaram bons resultados.

Proponho que sigamos a atitude exemplar desse grande médico brasileiro, aproveitando esse excelente e democrático espaço, inserindo a discussão de um projeto para o nosso país.

SE DESEJARMOS SOLUÇÃO PARA AS MAZELAS DESTE PAÍS, AFIRMO QUE NECESSITAMOS UM PARTIDO NOVO, EM TUDO, QUE DÊ ALTA PRIORIDADE À EDUCAÇÃO. DISCUTIR UM PROJETO DESSE PARTIDO É A GRANDE LACUNA DENTRO DO NOSSO PAÍS. NADA DE PODER SÓ PELO PODER QUE É A NASCENTE DE PARTIDO SÓ PELO PARTIDO.

EXISTE, HOJE, UM PARTIDO QUE QUE LUTE PARA A APLICAÇÃO DE 15% DO PIB NA EDUCAÇÃO? CURATIVOS NÃO RESOLVEM! DIZEM LOGO: É MUITO, É UTÓPICO, O PAÍS VAI QUEBRAR ETC.ETC. DEVEMOS DISCUTIR AS FONTES DESSES RECURSOS!

Pertenço ao conjunto daqueles que desejam ver o ideal, a atuação, de todos que almejam um mundo melhor sendo a popa dessa nau, onde se encontram a hélice que possibilita singrar por esse mar de injustiças e o leme que conduz esse PARTIDO (a nau).

Esse périplo, com destino ao porto dessa viagem, não necessariamente deve ter uma data rígida. A tripulação dessa nau deve estar atenta à carta de navegação, para evitar um naufrágio ou encalhe. Essa carta é o estatuto com regras de navegação rígidas e claras, com instrumental participativo.

O comandante não poderá, ao seu belprazer, alterar essa rota sem o aval da tripulação. No destino desse porto estarão esperando, de braços abertos: a EDUCAÇÃO, logo na frente, clamando por 15% do PIB para que as crianças tenham escolas descentes, em tempo integral, com café da manhã, com almoço, com esporte, com janta e com transporte. A SAÚDE vem em seguida dizendo que apoia, integralmente, esse pleito; pois ela está ciente dos benefícios que terá com tantas crianças bem nutridas e com a certeza que os pais, também, menos estressados e melhor alimentados serão beneficiados, dispensando, inclusive o bolsa família que passa a ser um aporte a esse programa de salvação nacional.

O pequeno agricultor, com todo suporte da Embrapa, passando a ser o principal fornecedor dessas escolas, sentirá as grandes melhorias proporcionadas pela chegada dessa nau (PARTIDO). Tanto essa gente do campo como os marginalizados das cidades, acostumados aos efeitos devastadores das naus piratas ou assemelhadas, ficarão, por certo tempo, reticentes, descrentes, crendo ser, apenas, mais uma.

Como nesse longo périplo estão previstas tempestades; causadas por corruptos, por grandes traficantes, pelos lavadores de fortunas recebidas desses piratas e todos aqueles que vivem desse estado de coisas ou são coniventes ou, simplesmente, indiferentes; então, essa grande embarcação (O PARTIDO) deve ter projeto e estrutura para atravessar esse mar revolto.

A passividade facilita a atuação desses psicopatas. Já dizia Luther King: “O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.” Ele, aqui, possivelmente, engloba os omissos!

Nessa nau todos estarão imbuídos pelo ideal do bem comum. A rigidez do projeto e montagem da sua estrutura não devem sofrer avarias de grande porte ao singrar mar com nuvens negras. O estatuto não permitirá desvios da rota traçada. Tudo deve ser elaborado de tal modo que não haja disputa de poder, só pelo poder; por mais ardilosa que seja. Outras naus existirão e possivelmente os tripulantes com ideais parecidos desejarão mudar de nau democraticamente, pacificamente, ou procurarão meios para adotar estrutura, montagem e estatuto dessas tripulações de modo semelhante. Os honestos, com certeza, notarão que não poderão continuar numa nau que, mesmo com disfarce, esteja sendo usada para a pilhagem. Muitos políticos, do baixo clero, descobrirão que se tornaram reféns do sistema.

Os tripulantes devem ter o conhecimento necessário; para não serem pegos de surpresa pelo discurso de eventuais corruptos, mafiosos e os lavadores de dinheiro proveniente dessa classe de psicopatas; pois há estudos que comprovam a existência dessa praga no meio da sociedade, numa percentagem de 3 a 5%, aproximadamente. Eles passam a ter menos influência, quando as leis são devidamente aplicadas e começam a ser identificados. Essa percentagem faz parte de pesquisas internacionais, bem fundamentadas.
Num país de 190 milhões, esses 3% são 5.7 milhões atuando em todas as esferas da sociedade. Pense no efeito multiplicador, devido à enorme influência que esses bandidos exercem sobre aqueles menos informados. Eles, em geral, têm um nível de inteligência acima da média, são dissimulados e bastante ativos no meio em que convivem. Não medem esforços para alcançar o que desejam. Só um partido, como descrito, chegando ao poder, poderá colocar limites a essa escória, onde se encontram os corruptos, os traficantes e aqueles que lavam todo esse dinheiro. Essa gente convive melhor num ambiente de injustiça social. São contrários a um investimento maciço na educação. Eles e aqueles que são influenciados sempre irão dizer, procurar convencer, que investir 15% do PIB na EDUCAÇÃO é uma meta ambiciosa, porém inviável, que o país não tem recursos etc. Na verdade, em médio prazo, isso será prejudicial a todos esses mafiosos. Não interessa a eles um povo esclarecido.

Quem pode achar que pessoas com mentes sadias cometeriam: crimes tão horrendos como a corrupção deslavada, atividades mafiosas e a execrável lavagem de dinheiro? É tudo isso que denigre, embrutece, empobrece uma nação. Quando um país se torna rico através da espoliação de outros povos, pode-se identificar o perfil de seus dirigentes que não titubeiam em fomentar guerras, enganando e manipulando seus compatriotas mal informados.

O mesmo comportamento, ou similar, verifica-se, também, dentro do próprio país, quando tudo é feito para manter o status quo que privilegia grupos em detrimento de todo o povo, sonegando-lhe a educação, a saúde e tudo que represente bem estar social. O psicopata, como já disse, é inteligente, é dissimulado, não sente culpa, é um mentiroso, é manipulador, está sempre à procura de estímulos, adora ser líder. Como exímio chantagista, consegue manter os políticos corruptos no bolso.

Esse partido deve prever, em seu estatuto: mandato único em todos os níveis; fim do alto clero, que tudo pode, tudo decide; país unitário; lei única; câmara única; deputados estaduais e vereadores só para fiscalização, recebendo, apenas, ajuda de custo; financiamento público exclusivo, evitando que os eleitos se tornem reféns do poder econômico; revezamento constante em todos os níveis desse partido, desde os menores núcleos à toda direção; não haverá coligações; fim da profissão “político”, o deputado estadual, o vereador continuarão sendo o torneiro, o professor, o médico, o taxista, o comerciante etc. etc.

Deputados estaduais e vereadores, como fiscais, devem ter todos os meios para denunciar os malfeitos; o número poderá triplicar para que haja revezamento.

Esse partido, até que essas mudanças não sejam alcançadas, levará ao povo essas mensagens de mudanças. Pouco a pouco irá conseguir a adesão da maioria de nossa população. Esse é o caminho para, pacificamente, transformar esse nosso Brasil.

SUGESTÃO para leitura sobre o crime organizado:

1. Gomorra: livro do Roberto Saviano.
2. Combate à lavagem de dinheiro: livro do Juiz Fausto De Sanctis.
3. As entrevistas de ambos, na internet.
4. Outras fontes.

Responder

    Mário SF Alves

    19 de dezembro de 2012 às 00h17

    Partido?!! Essa alegoria? Isso fazia parte de um mundo que já acabou, amigo. Sinto muito, de verdade.

Marcelo

18 de dezembro de 2012 às 21h36

Mais um babaca lambedor de botas do PIG. Vai pro psdb de uma vez otário.

Responder

trombeta

18 de dezembro de 2012 às 21h17

O velho Sarney defendeu Lula, Cid Gomes, os governadores do Rio, de Alagoas (PSDB) e outros que não me recordo defenderam Lula. Esse palhaço escroto não defendeu Lula mas correu para defender FHC o bibêlo do PIG.

Como tem traíra no PT!

Responder

Carlos R. Rocha

18 de dezembro de 2012 às 21h17

É um palhaço;faz parte de um PT covarde que não se manifestou quando o STF condenou num julgamento de exceção Dirceu,Genoino,Deluvio e João Paulo Cunha.Enquanto PSDB,Globo,Folha,Veja,Estadão segue plantando falsas noticias contra Lula com o objetivo claro de enquadrar Lula e posteriormente Dilma dando um golpe branco no país com o conluio do PGR e do Supremo estes palhaços se omitem.
É uma covardia.
O PSDB tem um vasto repertório de corrupção ao seu redor e qualquer movimentação para investigar este partido é válido.
Por falar em palhaço não posso deixar de citar a atitude do Ministro da Justiça José Eduardo Cardoso apoiando os ministros do STF numa ação vergonhosa ao passar por cima da Constituição do país ao cassar os mandatos dos parlamentares.Num linguajar mais chulo “E o Fim da Picada”

Responder

Julio Silveira

18 de dezembro de 2012 às 21h13

a militância PTista está passando pelo dilema do viajante no encontro com essa esfinge que está virando o PT.

Responder

FrancoAtirador

18 de dezembro de 2012 às 21h09

.
.
As insolúveis controvérsias entre as diversas tendências internas do PT

são traduzidas nessas contradições na atuação dos parlamentares petistas.

O PT, na verdade, é uma frente ampla que atua no campo da esquerda,

porém a maioria de seus dirigentes e parlamentares tende ao centro.

Desta forma, será difícil avançar para as imprescindíveis mudanças.

Assim, o Brasil não chega sequer ao estágio de uma social-democracia.

Será sempre o país dos monopólios, dos cartéis e dos latifundiários.

Os EUA melaram o minério da Amazônia e vão melar o petróleo do Pré-Sal.

Se bobear, até a água do Aquífero Guarani vai irrigar o deserto do Texas.

E a população brasileira alienada como nos tempos da ditadura militar.

E não há um patriota a se levantar contra essa corja de espoliadores.
.
.
COMIDA
(Titãs)

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de que?
Você tem fome de que?…

A gente não quer só comida
A gente quer comida
Diversão e arte
A gente não quer só comida
A gente quer saída
Para qualquer parte…

A gente não quer só comida
A gente quer bebida
Diversão, balé
A gente não quer só comida
A gente quer a vida
Como a vida quer…

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de que?
Você tem fome de que?…

A gente não quer só comer
A gente quer comer
E quer fazer amor
A gente não quer só comer
A gente quer prazer
Prá aliviar a dor…

A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer dinheiro
E felicidade
A gente não quer
Só dinheiro
A gente quer inteiro
E não pela metade…

Bebida é água!
Comida é pasto!
Você tem sede de que?
Você tem fome de que?…

A gente não quer só comida
A gente quer comida
Diversão e arte
A gente não quer só comida
A gente quer saída
Para qualquer parte…

(http://letras.mus.br/titas/91453/)
.
.
HOMEM PRIMATA
(Titãs)

Desde os primórdios
Até hoje em dia
O homem ainda faz
O que o macaco fazia
Eu não trabalhava
Eu não sabia
Que o homem criava
E também destruía…

Homem Primata
Capitalismo Selvagem
Oh! Oh! Oh!…(2x)

Eu aprendi
A vida é um jogo
Cada um por si
E Deus contra todos
Você vai morrer
E não vai pro céu
É bom aprender
A vida é cruel…

Homem Primata
Capitalismo Selvagem
Oh! Oh! Oh!…(2x)

Eu me perdi
Na selva de pedra
Eu me perdi
Eu me perdi…

“I’m a cave man
A young man
I fight with my hands
(With my hands)
I am a jungle man
A monkey man
Concrete jungle!
Concrete jungle!”

Desde os primórdios
Até hoje em dia
O homem ainda faz
O que o macaco fazia
Eu não trabalhava
Eu não sabia
Que o homem criava
E também destruía…

Homem Primata
Capitalismo Selvagem
Oh! Oh! Oh!…(2x)

Eu aprendi
A vida é um jogo
Cada um por si
E Deus contra todos
Você vai morrer
E não vai pr’o céu
É bom aprender
A vida é cruel…

Homem Primata
Capitalismo Selvagem
Oh! Oh! Oh!…(2x)

Eu me perdi
Na selva de pedra
Eu me perdi
Eu me perdi
Eu me perdi
Eu me perdi…

http://www.youtube.com/watch?v=bswa1uyQe8s

Responder

    Darcy Brasil Rodrigues da Silva

    18 de dezembro de 2012 às 21h41

    É isto, Franco Atirador. Se existisse um autêntico “Partido da Democracia Cristã” no Brasil, tal como aquela que se fundou na Itália, inspirada nas encíclicas de João XXIII e Paulo VI, boa parte da bancada atualmente petista poderia para esse partido mudar , sem medo de que isso lhe pesasse na consciência. Aliás, essa parece ser a missão dos mesmos, porém, às avessas: invés de mudar-se para um partido daquela natureza, agem por dentro do PT para transformá-lo em uma partido com aquele perfil. Não lutam sequer por uma social-democracia. O modelo que defendem consiste e resume-se ao social-liberalismo.
    Não sei o que deve ser feito para mudar esse quadro. Tenho gasto muito tempo na Internet tentando dizer algo que ainda não parei para elaborar mais profundamente. Porém,a única saída que vejo para a esquerda que luta pelo socialismo é o regresso urgente para o seio dos movimentos sociais, buscando neles acumular forças.Esquecer os setores conservadores do PT. Convidá-los a valorizar os movimentos sociais é inútil. Apoiar o governo Dilma , porém, sem deixar de ser jamais representantes desses movimentos, dos trabalhadores e do povo. Firmar alianças com a esquerda socialista que milita fora do PT , para fortalecer esses movimentos sociais, cumprindo a tarefa que deveria ser cumprida por todos aqueles que lutam pelo advento do socialismo, ou seja, a tarefa fundamental de educação política de nosso povo, de esforço para convencê-lo que deve se organizar e se instruir cada vez mais sobre o mundo que o cerca, elevando a sua consciência política, para que se reconheça como força política viva, capaz de alterar profundamente a realidade em que ele mesmo vive, em busca de uma sociedade superior.

Gerson Carneiro

18 de dezembro de 2012 às 21h03

Você já deu seu chute na bunda mole do PT hoje?

Responder

Gerson Carneiro

18 de dezembro de 2012 às 20h55

VIOMUNDO tem que criar uma sessão aí chamada “Não há fuleco que aguente”.

Responder

Carlos Cwb

18 de dezembro de 2012 às 20h33

Todo partido tem um palhaço, parece que o PT achou o seu…

Responder

    ricardo

    18 de dezembro de 2012 às 20h47

    Chama-se Jilmar, com J e sem tato.

Roberto Ribeiro

18 de dezembro de 2012 às 20h18

Sou filiado ao PT desde 1991, já fui presidente municipal, não entendi essa convocação de FHC, não tem o meu apoio, a não ser na CPI da Privataria Tucana, cujas assinaturas há um ano estão mofando na gaveta do Marco Maia.
Considero essa convocação de FHC uma trapalhada da grossa, mesmo papel ridículo, idiota e vingativo da Oposição ao tentar convocar Lula.
Convocar Roberto Civita e Policarpo Jr. para depor na CPI do Cachoeira e incluí-los no relatório final, pra quem entende o mínimo de luta política, seria muito mais eficaz.
E a CPI da Privataria Tucana, estúpidos?

Responder

    francisco pereira neto

    18 de dezembro de 2012 às 20h45

    Jilmar Tato é muito fraco.
    Quem foi o “gênio” que conduziu esse cara como líder do PT na Câmara?

    Bonifa

    19 de dezembro de 2012 às 03h45

    Talvez uma boa dose de impulsividade não seja falta de virtude, dadas as circunstâncias.

    Aristharco

    19 de dezembro de 2012 às 11h19

    O amarelão é líder do PT???? Ué, e não se indignou quando da condenação de seus companheiros partidários? Não se indignou quando o decano deu um pito no Legislativo? Não se indignou quando o Lula foi atacado? Não, é claro. Mas vocifera destemperadamente em defesa do vendilhão do Brasil e da oposição.
    Pinheiro, pinheirinho, cara de pau…

sergio m pinto

18 de dezembro de 2012 às 20h10

Mais um. Desse jeito, o PT acaba logo. Cadê a direção nacional para dar um “rumo” a esse senador?

Responder

    Jairo Falcucci Beraldo

    18 de dezembro de 2012 às 20h17

    Deve estar em reunião com o sinistro da justiça Zé Caridozo, para acabar com a historia de lutas dos afiliados e eleitores do PT de outrora. Como a Dilma cogita sair do partido e voltar ao PDT, que SIFÚ a história petista.

    Bonifa

    19 de dezembro de 2012 às 03h12

    Não se pode suportar esta história idiota da Dilma voltar ao PDT. Que PDT? O do Miro Teixeira?

Tucano de Alagoas entre governadores solidários a Lula « Viomundo – O que você não vê na mídia

18 de dezembro de 2012 às 19h57

[…] Senador petista repudia convite a FHC […]

Responder

Maria

18 de dezembro de 2012 às 19h51

Não vi esse cara defender o Lula em nenhum momento, agora vai a tribuna para defender o FHC. É o fim! O PT tem que tirar esses traidores de dentro do partido. Esses senadores do PT que apoiam o que esse Walter Pinheiro esta dizendo é que envergonham o partido. Sou petista desde a sua fundação e estou envergonhada, não do partido, porque continuo acreditando nele, mas desses traidores. Vão para o PSDB, PPS, DEM ou qualquer partido do gênero. Mas, por favor, saiam.

Responder

    leprechaun souza

    18 de dezembro de 2012 às 20h35

    perigoso não sobrar muita gente

Dartanhan

18 de dezembro de 2012 às 19h50

Não passa de um palhaço vestido de Senador. Um cidadão como esse não merece ser eleito pelos votos dos Petistas da Bahia. Ele que se transfira logo para o PSDB-TUCANALHA, lá é o melhor lugar para ele.

Responder

Darcy Brasil Rodrigues da Silva

18 de dezembro de 2012 às 19h40

O senado brasileiro é , sem dúvida alguma , mil vezes mais reacionário do que a Câmara de Deputados. Senadores dignos de nota, talvez, existam , no máximo, 5.
A representação do PT no parlamento , de um modo geral, tem sido profundamente destorcida pela necessidade de financiamento privado. Uma campanha para o Senado, extremamente concorrida, em disputa de duas vagas ou uma, a depender do ano, não pode ser bancada por qualquer um, mesmo que esse “qualquer um” seja do PT. O que vemos , em quase todos os estados da federação, é a escolha de nomes oriundos dos quadros mais conservadores e de direita do PT, com raríssimas exceções que apenas comprovam a regra.
Aliás, o financiamento privado das campanhas, também tem distorcido a composição petista na Câmara de Deputados , elegendo cada vez mais deputados com perfil conservador que disputam as eleições usando a legenda petista. Nesse sentido, tenho quase certeza que a bancada petista no Congresso é mais conservadora do que a corrente mais direitista do PT, o que poderia denotar interferência do capital buscando domesticar a bancada do PT.
Seria interessante,a meu ver, se se pudesse fazer um levantamento da filiação ideológica de cada deputado e senador petista , para que pudéssemos ter uma ideia dessa distorção ( distorção de que o número de representantes no Parlamento filiados ao PT não é proporcional às diversas correntes petistas, com suas respectivas militâncias).
Não se trata de deixar de votar no PT por causa de um senador vaselina,e mais um cretino parlamentar a nos envergonhar. Trata-se de trabalhar para que os escolhidos para concorrer ao senado tenham um perfil combativo, e não sejam repugnantes cretinos parlamentares como o senador baiano.

Responder

    Álvares de Souza

    18 de dezembro de 2012 às 20h11

    Lamentavelmente você está inteiramente equivocado. O Senador Pinheiro é um dos mais dignos representantes do povo no Senado. Está absolutamente certo ao condenar uma ato leviano, revanchista, inócuo e inconsequente.
    Não tenho qualquer simpatia pelo ex Presidente FHC, mas não julgo que convidá-lo a explicar a Lista de Furnas possa trazer qualquer contribuição ao processo, gravíssimo, que o Governo, Lula e os petistas, vem enfrentando por conta de uma ação orquestrada, urdida, tramada, pelo que há de mais retrógrado na política brasileira. Chega de amadorismo e de bravatas irresponsáveis que não levarão a coisa alguma, quando o que se torna necessário e urgente é o PT olhar fundo nas suas entranhas e não tapar o sol com a peneira, tornando-se capaz de reconhecer as merdas que amiúde tem cometido e, unido, em torno de Lula e de Dilma, orquestrar uma reação inteligente, competente, contra essa minoria sem voto, derrotada e sem nehuma chance de voltar ao poder e, extremamente burra, truculenta, que se mantém graças a uma mídia hegemônica, delinquente, bandida, em plena decadência e que, proximamente, terá de se enquadrar em uma LEI DE MÉDIOS que a porá no seu devido lugar.

    Darcy Brasil Rodrigues da Silva

    18 de dezembro de 2012 às 21h13

    Lamentavelmente eu estou completamente equivocado? Conheço as posições políticas do senador. Também conheço o predomínio dos setores conservadores do PT, gente como Paulo Bernardes e Vacaria, e os senadores Gisele Hofmann ( hoje chefe do Gabinete Civil) e Tião Viana. Cretinos Parlamentares. Defensores principalmente de seus cargos.tropa de choque da turma do “deixa disso. Gente totalmente não identificada com a militância aguerrida e combativa do PT,por eles entendida e vista apenas como seus “cabos eleitorais”.
    Não me venha com a referência à integridade de uns e desonestidade de outros, seguida de apelos a que se reconheça as “merdas” do PT. Discurso mais conveniente à direita, feito sob medida para favorecer as teses da mídia e do STF.
    “Sim, devemos apoiar ao governo Dilma mas reconhecer”…Reconhecer o que, cara pálida? Que José Dirceu foi condenado justamente? Que o Congresso Nacional não pode convidar para depor um ex-presidente suspeito de envolvimento com diversos crimes, sejam eles de corrupção ativa, sejam eles de estelionato eleitoral ( infelizmente , não previsto em lei) sejam eles de lesa-pátria ( estes últimos tão explícitos que, em se levando a sério a “teoria” do domínio do fato , não necessitaria nem mesmo de “devido processo legal”, cabendo apenas proceder à “dosemetria”).
    O Congresso Nacional, e ,principalmente a bancada do PT só não obrigou FHC a depor, desde 2002 até os dias de hoje,apesar da farta denúncia de seu envolvimento com inúmeros fatos suspeitos vinculados à farra da privataria, por pura capitulação, covardia e oportunismo.
    O conceito de “honestidade” é muito vago. O senador Pedro Simon, do PMDB (RS), por exemplo, surfa em sua fama de “político honesto” desde que foi eleito pela primeira vez. E assim, diante do espelho,segue ensaiando o que deve dizer em cada situação,jogando sempre para a galera,procurando sempre ficar bem na foto, fazendo caretas de indignação aqui, dando entrevistas ao agrado da grande mídia ali. Certamente , não se poderá apanhar o senador com dinheiro ilícito. Mas por que? Porque o seu preço é a vidinha boa em que viveu por conta da carreira política. Não tem maiores ambições na vida, ou talvez não tenha tido coragem para aceitar as inúmeras ofertas imorais que recebeu, ou ainda, o seu conceito de “honestidade” tem a medida certa de sua desonestidade intelectual. Porém, na hora de dar seu voto no senado, sempre soube agradar aos poderosos,em troca de sua reeleição. Assim, o senador Pedro Simon apoiou conscientemente a política de traição nacional de FHC, e, em minha opinião, qualquer político que, como ele, deixou de se levantar para defender os interesses nacionais como era de seu dever, não merece ser qualificado de político honesto. Assistiu passivamente o país sendo vendido em seu gabinete confortável no Congresso, em seu apartamento funcional em Brasília, observando o conforto de sua família, a felicidade dos seus, enquanto os Daniéis Dantas metiam a mão no patrimônio do povo. Certamente, nenhum centavo desses vendilhões da pátria aceitou o senador. Afinal, ele é um “político honesto”, que vive apenas com o suor de seu trabalho.
    A mídia trataria de lhe dar o único capital que aceitaria: a fama de político “honesto”. “Honesto”,enfim, tanto quanto o senador Walter Pinheiro, do PT. De gente honesta como essas, o inferno também deve estar cheio.

    jose marcos

    19 de dezembro de 2012 às 09h54

    Perfeito Darcy, disse tudo. Só para completar gostaria de lembrar ao Sr Alvares que mesmo que este senador covarde, que não teve coragem de defender o Lula, estive certo, JAMAIS poderia fazer este debate em publico alem de covarde é um imbecil politico. Para defender o FHC ele faz esta lambança, agora para defender o lula fica quetinho… Infelizmente nos militantes apanhamos no nosso dia a dia e estes canalhas do PT ficam bajulando o PIG. Bando de safados que só querem saber de conquistar governos, a conquista do poder como meio legitimo de mudanças eles esqueceram. Traidores, quero que vão para aquele lugar…

Fernando

18 de dezembro de 2012 às 19h35

Voto PT desde a fundação, mas se formos enumerar os Valters pinheiros do PT, são incontáveis.
Quando o Lula é atacado, esse lider bosta não defende o Lula, agora vem a público criticar a solicitação do FHC se explicar sobre a Lista de Furnas.
Reforma do ministério já, lideres do senado e camara trocados.
Ó cambada!
Teve que o senador Requião ir á tribuna defender Lula por que esse lider bosta não teve a coragem de o fazê-lo.
Estão levando porrada e ficam calados.

Responder

E. S. Fernandes

18 de dezembro de 2012 às 19h29

O pt não merece a militância que tem.
Nem os votos.

Responder

Bonifa

18 de dezembro de 2012 às 19h20

Não precisava de tanta ênfase, tanta indignação. O senador Walter Pinheiro é tudo, menos um bom político. Talvez tentando fazer freios e contrapesos, prendeu o pé nos freios e enroscou-se com os contrapesos. A coisa com o PT da Bahia vai bem pior que pensávamos.

Responder

Rodrigo Leme

18 de dezembro de 2012 às 19h18

Ninguém é tonto: mexer com FHC seria abrir a porta para mexerem com Lula. É acordo velado do xadrez político, os peões que se matem.

Por mim, que coloquem os dois para dar satisfações e se for o caso, que dividam a mesma cela.

Responder

    Taques

    18 de dezembro de 2012 às 20h54

    Perfeito, Rodrigo.

    Só não concordo em “dividir a mesma cela” pois o FHC tem curso superior.

    Anônimo do Prado

    19 de dezembro de 2012 às 01h52

    Tem curso superior e mais cheiroso.

Ricardo Lima

18 de dezembro de 2012 às 19h15

Covardes e traidores. Foram-se os líderes natos, altivos. Ficou a corja da política, seja de direita ou de esquerda. Lula, para mim, é tão somente mais um pusilânime neste cenário. Dilma, idem.
O pior é que não temos alternativas…

Responder

    luiz reis

    18 de dezembro de 2012 às 20h14

    Então vocÊ é mais um inacreditável ignorante útil… comparar o incomparável, colocar todos no mesmo saco só por má fé ou ignorância, como não creio mais em pessoas ignorantes…

José Geraldo Paiva

18 de dezembro de 2012 às 19h13

Mais um amarelão do PT! Desse jeito, é melhor apoiar o Collor de Mello, que está procurando a sua vingança contra os que o derrubaram sem nenhuma prova, mas pelo menos é um senador que honra as calças que veste. Até o momento, parece que é o único. Onde estão os Suplicy, os Simon, os Jarbas e outros históricos, para nos defender a todos do golpe anunciado? Que falta faz o Dr. Ulysses Guimarães, que não baixou a cabeça nem para a ditadura!

Responder

Mineirim

18 de dezembro de 2012 às 19h03

Voto no PT desde 1989. Agora, sinceramente, mudei de partido. É tudo A MESMA COISA!

Responder

    Ricardo Homrich

    18 de dezembro de 2012 às 19h35

    Ando pensando assim, mas acabo naquele voto de “não quero TAL”.
    “Escolho” o pior e sigo o caminho que possa derrubá-lo.
    Odeio o Serra, voto Dilma e Lula.
    Tb não gosto do Aécio.
    Mas me irrito mesmo qdo tento imaginar esse país sem o PMDB.
    O partido proti$%#@.
    Só nos livraríamos dele com uma eleição sem o apoio deles e no primeiro turno, para não dar chance de negociações de “apoio”.

Marcos W.

18 de dezembro de 2012 às 19h03

Ou é mais um amarelão ou é mais um acordão!

Responder

Narr

18 de dezembro de 2012 às 19h02

O bancada do PT no senado reconhece oficialmente que não se pode acusar FHC de nada. Comprovada a honestidade do governo tucano! Agora, suponho que a bancada do PT apoie o pedido de convocação do ex-presidente Lula e vote a favor do impeachment da presidente Dilma. Enfim, parece que certos petistas só não se filiam ao PSDB porque os tucanos rejeitam corruptos.

Responder

Lúcio Pereira

18 de dezembro de 2012 às 18h42

Ô Partido de covardes este PT. Dá raiva ver este senador Walter Pinheiro tirando a autoridade de seu colega de bancada Deputado Jilmar Tatto. O PT adora fazer o jogo da mídia, e acaba atirando no próprio pé.

Responder

Marcio Leandro

18 de dezembro de 2012 às 18h36

Ao que parece um “acordão” está sendo costurado nos bastidores…vocês não convocam o meu e nós deixamos o seu em paz, foi eficaz o convite.

Responder

ZePovinho

18 de dezembro de 2012 às 18h33

BABACA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

nona fernandes

18 de dezembro de 2012 às 18h29

Esse Walter Pinheiro (meu conterrâneo) a quem eu admirava muito até ontem, é que é o verdadeiro banana do PT. Como, não tem nada ver? Esse sim, amarelou de vez. Decepção total. “Que tristeza que nóis sintia” como diria Adoniran Barbosa, e que nóis sente. Dá vontade de me enfiar num imenso buraco para não ver esses bananas.Fui…..

Responder

Dias

18 de dezembro de 2012 às 18h21

Taí!
Para quem reclamava que a bancada do PT no senado era um bando de moscas imóveis, apreciando o governo, o partido e seu maior lider serem massacrados pelo condomínio da oposição (partidos, mídia, STF, PGR, etc.)olha aí o corajoso Walter Pinheiro pulando das tamancas, feito um serelepe na defesa feroz do ínclito e nada cínico FHC.
Patético!
E mais não precisa ser dito.

Responder

    Mário SF Alves

    19 de dezembro de 2012 às 13h13

    FHC(b), o avestruz de “o tudo é razão de estado”. Se bem que, pensando melhor, é sim, tudo no governo (?) dele foi razão de estado; estado de fato, por assim dizer.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.