VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Imoralidade: Sem reduzir salário, deputados paulistas suspendem sessões no período eleitoral; apenas dois contra

03 de setembro de 2018 às 10h12

Apenas João Paulo Rillo e o deputado Carlos Giannazi. foram contra. Foto: José Antônio Teixeira/Alesp

Um terço de imoralidade

por João Paulo Rillo*

Depois de lançar a Assembleia Legislativa em um período de obstruções sem sentido e adiar um recesso há 12 anos respeitado inútil e rigorosamente, os deputados tucanos conseguiram atrair para sua atitude irresponsável quase todos os demais parlamentares.

Mais de 30 líderes de partido concordaram em realizar sessões legislativas somente às terças-feiras, suspendendo durante o período de campanha eleitoral as sessões das quartas e quintas-feiras.

O requerimento foi aprovado no Colégio de Líderes e, depois, aprovado em plenário com apenas dois votos contrários, o meu e o do líder do meu partido, o deputado Carlos Giannazi.

Embora a disputa pela reeleição esteja prevista na legislação sem a obrigatoriedade do afastamento do cargo, é necessário observar os limites da moralidade.

Nenhum dos favoráveis à realização de só 1/3 das sessões sugeriu, por exemplo, a redução dos vencimentos dos deputados em 1/3.

E ainda que os deputados aleguem tratar-se de um costume, a verdade é que há trabalho a ser feito e que vem sendo adiado pela ausência dos parlamentares na Casa.

Em obstrução para prejudicar Márcio França, os tucanos já haviam adiado a votação dos projetos da Lei de Diretrizes Orçamentária, da extinção do Ipesp e o PL 31/18 que proíbe a comercialização de animal vivo.

Em relação à LDO, a intransigência dos parlamentares aliados de Dória e Alckmin desperdiçou todo o trabalho de elaboração e aprovação de emendas.

Autor de 40% das emendas aprovadas pelo relator do projeto de LDO, tive minhas propostas retiradas do texto.

Eram indicações que atendiam reivindicações importantes para melhorar a vida das pessoas, prevendo bolsas permanência para os alunos da Fatec e dos cursinhos populares, melhorias em rodovias, instalação de unidades de saúde etc. Com a obstrução, o texto original da LDO entrou na pauta de votação e foi aprovado sem emendas.

Não bastasse o prejuízo àqueles que contavam com as soluções das diversas emendas, os deputados, inabaláveis em suas disposições de arrastar a Assembleia Legislativa para a disputa eleitoral, ainda se negam a votar o PL 31, contra a exportação de animais vivos, apesar das galerias lotadas de ativistas e protetores exigindo a regulamentação da matéria.

Mais do que tempo para fazer campanha, a maioria dos parlamentares quer evitar desgastes, protelando votações cujos posicionamentos lhes renderiam críticas e exposições negativas, incomodas no período eleitoral.

*João Paulo Rillo é deputado estadual (PT-SP)

Leia também:

Campanha do PT apresenta notícia crime contra Bolsonaro por incitar à violência

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

2 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

José Carlos Lehnen

03/09/2018 - 19h25

Por favor parem de mandar estes links para meu celular
SOU BOLSONARO

Responder

    Conceição Lemes

    04/09/2018 - 13h04

    José Carlos, consultei o Leandro Guedes, que é quem da web do Viomundo, nós não temos sistemas para enviar links pra leitores. Obrigada

Deixe uma resposta