VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Dallagnol cita Dallagnol para provar que Dallagnol está certo

09 de junho de 2017 às 23h38

Foto Vladimir Platonow, Agência Brasil

Deltan Dallagnol cita sete vezes a si próprio em alegações finais do processo do tríplex

do Lula.com.br

O procurador Deltan Dallagnol, que acusou Lula na imprensa com um power point mas não apareceu em nenhuma das mais de 70 oitivas de testemunhas do processo do tríplex no Guarujá, inovou mais uma vez na mesma ação judicial, desta feita ao citar ele mesmo como fonte bibliográfica de suas argumentações.

Em suas alegações finais, apresentadas ao juiz Sérgio Moro na última sexta-feira, o procurador-chefe da Lava Jato citou sete vezes textos próprios, com o intuito de dar sustentação a seus argumentos e convicções, chegando ao requinte de autocitar-se duas vezes na mesma página..

Citar juristas e autores em peças processuais é prática comum no mundo jurídico.

Serve para mostrar que não é apenas aquele que escreve quem concorda com as teses apresentadas. No caso em questão, Dallagnol citou Dallagnol para provar que Dallagnol estava certo.

Leia também:

Como Temer financia os próprios amigos da mídia regional

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

5 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Raul Capablanca

11/06/2017 - 07h19

minha blogueira teen preferida!!!
minha teen blogueira preferida!!!

Responder

Araujo

10/06/2017 - 17h10

O Fundamentalismo não esclarecido é um risco à segurança nacional.

Responder

Mark Twain

10/06/2017 - 15h36

Gente, não subestimem o Deltanzinho!

O filminho da globosta vai ajudar a apresentar o filhote de urubu com aquela aura de “Elliot Ness” do brejo.

Vem aí um dípitico apocalípitico fílmico: Lava Merda & Gênios da lâmpada mágica do Plano irreal. Subtítulo: trocando inflação por indústria nacionai.

Responder

Eugenio Arima

10/06/2017 - 00h57

Dalagnol, o portador da Verdade, previu que ele mesmo viria, para salvar a si mesmo, das ameaças geradas pela falta da verdade que ele mesmo, verdadeiramente, deixou de prever. Infelizmente, não previu que suas palavras, seriam usadas por ele mesmo, como prova de estultice.

Responder

    Araujo

    10/06/2017 - 17h08

    Verdade.

Deixe uma resposta