VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Repúdio à CPI para criminalizar luta pela legalização do aborto


05/05/2013 - 20h29

[Conceição Lemes quer investigar a invasão do Brasil pelos planos de saúde vagabundos. Para nos ajudar a financiar esta matéria, clique AQUIParticipe do Viomundo]

Leia também:

Quem assinou a favor da CPI do aborto

Projeto “Bolsa Estupro” ameaça direitos das mulheres no Brasil

Paulo Pimenta: Retrocesso nos direitos civis e na luta pela igualdade

Igreja Católica vai excomungar padre que criticou conservadorismo

Fátima Oliveira: Estado laico contra a intolerância religiosa



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Deputados que assinaram a favor da CPI do aborto – Jornal Tempo News

30 de agosto de 2017 às 13h20

[…] pedido da Aline Pavia (aqui, em comentários), eu, Conceição Lemes, fui atrás da lista completa dos  deputados federais que assinaram o […]

Responder

Maternidade: uma escolha?

29 de maio de 2013 às 01h00

[…] primeiro desses fatos foi a Nota de Repúdio à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para criminalizar a luta pela legaliza… da Articulação de Mulheres Brasileiras – AMB. O documento é um manifesto da entidade […]

Responder

Fátima Oliveira: A atitude corajosa e pedagógica da atriz Angelina Jolie - Viomundo - O que você não vê na mídia

25 de maio de 2013 às 19h55

[…] Repúdio à CPI para criminalizar luta pela legalização do aborto […]

Responder

Marcha pede que mulheres denunciem agressões - Viomundo - O que você não vê na mídia

25 de maio de 2013 às 19h51

[…] Repúdio à CPI para criminalizar luta pela legalização do aborto […]

Responder

Quem assinou a favor da CPI do aborto - Viomundo - O que você não vê na mídia

06 de maio de 2013 às 22h10

[…] pedido da Aline Pavia (aqui, em comentários), eu, Conceição Lemes, fui atrás da lista completa dos  deputados federais que assinaram o […]

Responder

antonio carlos ciccone

06 de maio de 2013 às 21h32

Sou contra o aborto, a não ser nos casos previstos na lei brasileira.
Portanto fico à vontade para achar um absurdo a tentativa de criminalizar os proponentes da legalização.
É caso de debate pela sociedade e não caso de polícia.

Responder

Edgar Rocha

06 de maio de 2013 às 17h01

Medo! Iniciativas como esta indicam o fim do caminho de nosso atual “Estado de Direito”. De grão em grão a ditadura enche o papo. A proposta desta CPI é tão esdrúxula que chega a dar desânimo em contra-argumentar. Periga ser aprovada, se não soubermos quais os deputados que, na surdina, vão apoiar em troca de um “Projeto Maior”, uma “causa”. Já entregaram a Comissão de Direitos Humanos pro Feliciano. Agora, tá difícil segurar o avanço dos fundamentalistas. Mostrem-nos os nomes, e veremos o que os representantes da esquerda vão dizer quando forem cobrados. Acho que, nada, né? Aleluia!
A Articulação das Mulheres Brasileiras devem ter todo nosso apoio.

Responder

Aline C Pavia

06 de maio de 2013 às 09h58

Há alguma forma de obtermos todos os nomes dos deputados que assinaram o requerimento? Seria bom saber quem são, e de que partidos.
Aliás, Salvador Zimbaldi é de Campinas, conhecido por seus esforços para preservar a “família cristã”, especialmente seu combate ferrenho ao aborto, inclusive os previstos em lei.

Responder

Mardones

06 de maio de 2013 às 09h04

Total repúdio a essa tentativa de criminalizar uma luta pelo direito das mulheres sobre a reprodução. A corpo das mulheres não pertence às ordens religiosas.

Responder

Fabio Passos

05 de maio de 2013 às 23h04

Impressionante. Se deixar os fundamentalistas religiosos promovem uma nova inquisicao…
Os intolerantes nao conseguem mesmo respeitar a liberdade alheia.
Na falta de argumentos e capacidade para o dbate, os medievais preferem criminalizar ativismo social. Perseguir mulheres pobres e muita crueldade. O nome dos covardoes: salvador zimbaldi e joao campos.

Responder

ma.rosa

05 de maio de 2013 às 22h06

Repudio também. Nossos direitos são nossos direitos e estes deputados, não me representam!!! Viva Nossa Constituição, os direitos civis precisam ser respeitados.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!