VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Altamiro Borges: FHC apóia a faxina que ele nunca fez


19/08/2011 - 21h07

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Estranho: até FHC apóia “faxina” de Dilma

Por Altamiro Borges, em seu blog

Segundo o jornalista Kennedy Alencar, FHC parece que está empolgado com a alardeada operação “faxina” da presidenta Dilma Rousseff. “Nas conversas reservadas com dirigentes do PSDB, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem defendido que o partido dê apoio à presidente Dilma Rousseff no combate à corrupção”, informa o repórter na Folha online de hoje.

Ainda segundo seu relato, “o ex-presidente conversou sobre o assunto com os governadores Geraldo Alckmin (SP) e Antonio Anastasia (MG). A recomendação foi transmitida ao senador mineiro Aécio Neves, hoje o primeiro da fila tucana para disputar o Palácio do Planalto em 2014. A presença de FHC no encontro de Dilma com governadores do Sudeste, na quinta (18/08), em São Paulo, foi calculada para se transformar num gesto de apoio à presidente”.

FHC nunca enfrentou a corrupção

A excitação do grão-tucano deveria gerar alguma desconfiança no Palácio do Planalto – ao menos, entre os seus ocupantes mais tarimbados, que não confundem assessoria com puxa-saquismo. Afinal, FHC nunca foi um opositor civilizado de Lula ou de Dilma. Pelo contrário. Desde que se converteu ao neoliberalismo, ele sempre articulou as forças de direita contra qualquer projeto de esquerda no país. Egocêntrico e elitista, ele nunca tolerou o êxito de um governo presidido por um peão, um operário.

Sua cruzada contra a corrupção e seu apoio entusiástico à “faxina” no governo Dilma só iludem os ingênuos e os pragmáticos que infestam a política nativa – que desprezam a luta de classes e não têm visão sobre as batalhas futuras. Quem é FHC para falar em combate à corrupção? Uma breve lembrança do que foi o seu longo reinado talvez sirva de alertar os ingênuos que não percebem a manobra do tucano para desgastar o atual governo, paralisá-lo, implodir sua base de apoio e criar fissuras entre Dilma e Lula.

Os indícios das roubalheiras tucanas

Para aliciar sua base de apoio no Congresso Nacional e manter a governabilidade, FHC sempre foi complacente com a corrupção. A aliança principal do grão-tucano foi com o ex-PFL, atual DEM – e sabe-se lá qual será o novo nome da organização fisiológica que sucumbe na crise. Um dos líderes de FHC no parlamento foi o demo José Roberto Arruda, o mesmo que foi pego com a mão da botija no esquema do mensalão do governo do Distrito Federal. A lista de indícios de roubalheira no governo FHC foi grande:

Denúncias abafadas: Já no início do seu primeiro mandato, em 19 de janeiro de 1995, FHC fincou o marco que mostraria a sua conivência com a corrupção. Ele extinguiu, por decreto, a Comissão Especial de Investigação, criada por Itamar Franco e formada por representantes da sociedade civil, que visava combater o desvio de recursos públicos. Em 2001, fustigado pela ameaça de uma CPI da Corrupção, ele criou a Controladoria-Geral da União, mas este órgão se notabilizou exatamente por abafar denúncias.

Caso Sivam. Também no início do seu primeiro mandato, surgiram denúncias de tráfico de influência e corrupção no contrato de execução do Sistema de Vigilância e Proteção da Amazônia (Sivam/Sipam). O escândalo derrubou o brigadeiro Mauro Gandra e serviu para FHC “punir” o embaixador Júlio César dos Santos com uma promoção. Ele foi nomeado embaixador junto à FAO, em Roma, “um exílio dourado”. A empresa ESCA, encarregada de incorporar a tecnologia da estadunidense Raytheon, foi extinta por fraude comprovada contra a Previdência. Não houve CPI sobre o assunto. FHC bloqueou.

Pasta Rosa. Em fevereiro de 1996, a Procuradoria-Geral da República resolveu arquivar definitivamente os processos da pasta rosa. Era uma alusão à pasta com documentos citando doações ilegais de banqueiros para campanhas eleitorais de políticos da base de sustentação do governo. Naquele tempo, o procurador-geral, Geraldo Brindeiro, ficou conhecido pela alcunha de “engavetador-geral da República”.

Compra de votos. A reeleição de FHC custou caro ao país. Para mudar a Constituição, houve um pesado esquema para a compra de voto, conforme inúmeras denúncias feitas à época. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Eles foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara. Como sempre, FHC resolveu o problema abafando-o e impedido a constituição de uma CPI.

Vale do Rio Doce. Apesar da mobilização da sociedade em defesa da CVRD, a empresa foi vendida num leilão por apenas R$ 3,3 bilhões, enquanto especialistas estimavam seu preço em ao menos R$ 30 bilhões. Foi um crime de lesa-pátria, pois a empresa era lucrativa e estratégica para os interesses nacionais. Ela detinha, além de enormes jazidas, uma gigantesca infra-estrutura acumulada ao longo de mais de 50 anos, com navios, portos e ferrovias. Um ano depois da privatização, seus novos donos anunciaram um lucro de R$ 1 bilhão. O preço pago pela empresa equivale hoje ao lucro trimestral da CVRD.

Privatização da Telebras. O jogo de cartas marcadas da privatização do sistema de telecomunicações envolveu diretamente o nome de FHC, citado em inúmeras gravações divulgadas pela imprensa. Vários “grampos” comprovaram o envolvimento de lobistas com autoridades tucanas. As fitas mostraram que informações privilegiadas foram repassadas aos “queridinhos” de FHC. O mais grave foi o preço que as empresas privadas pagaram pelo sistema Telebrás, cerca de R$ 22 bilhões. O detalhe é que nos dois anos e meio anteriores à “venda”, o governo investiu na infra-estrutura do setor mais de R$ 21 bilhões. Pior ainda, o BNDES ainda financiou metade dos R$ 8 bilhões dados como entrada neste meganegócio. Uma verdadeira rapinagem contra o Brasil e que o governo FHC impediu que fosse investigada.

Ex-caixa de FHC. A privatização do sistema Telebrás foi marcada pela suspeição. Ricardo Sérgio de Oliveira, ex-caixa das campanhas de FHC e do senador José Serra e ex-diretor do Banco do Brasil, foi acusado de cobrar R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar. Grampos do BNDES também flagraram conversas de Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do banco, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende. Até FHC entrou na história, autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão. Além de “vender” o patrimônio público, o BNDES destinou cerca de 10 bilhões de reais para socorrer empresas que assumiram o controle das estatais privatizadas. Em uma das diversas operações, ele injetou 686,8 milhões de reais na Telemar, assumindo 25% do controle acionário da empresa.

Juiz Lalau. A escandalosa construção do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo levou para o ralo R$ 169 milhões. O caso surgiu em 1998, mas os nomes dos envolvidos só apareceram em 2000. A CPI do Judiciário contribuiu para levar à cadeia o juiz Nicolau dos Santos Neto, ex-presidente do TRT, e para cassar o mandato do senador Luiz Estevão, dois dos principais envolvidos no caso. Num dos maiores escândalos da era FHC, vários nomes ligados ao governo surgiram no emaranhado das denúncias. O pior é que FHC, ao ser questionado por que liberara as verbas para uma obra que o Tribunal de Contas já alertara que tinha irregularidades, respondeu de forma irresponsável: “assinei sem ver”.

Farra do Proer. O Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Sistema Financeiro Nacional (Proer) demonstrou, já em sua gênese, no final de 1995, como seriam as relações do governo FHC com o sistema financeiro. Para ele, o custo do programa ao Tesouro Nacional foi de 1% do PIB. Para os ex-presidentes do BC, Gustavo Loyola e Gustavo Franco, atingiu 3% do PIB. Mas para economistas da Cepal, os gastos chegaram a 12,3% do PIB, ou R$ 111,3 bilhões, incluindo a recapitalização do Banco do Brasil, da CEF e o socorro aos bancos estaduais. Vale lembrar que um dos socorridos foi o Banco Nacional, da família Magalhães Pinto, a qual tinha como agregado um dos filhos de FHC.

Desvalorização do real. De forma eleitoreira, FHC segurou a paridade entre o real e o dólar apenas para assegurar a sua reeleição em 1998, mesmo às custas da queima de bilhões de dólares das reservas do país. Comprovou-se o vazamento de informações do Banco Central. O PT divulgou uma lista com o nome de 24 bancos que lucraram com a mudança e de outros quatro que registraram movimentação especulativa suspeita às vésperas do anúncio das medidas. Há indícios da existência de um esquema dentro do BC para a venda de informações privilegiadas sobre câmbio e juros a determinados bancos ligados à turma de FHC. No bojo da desvalorização cambial, surgiu o escandaloso caso dos bancos Marka e FonteCindam, “graciosamente” socorridos pelo Banco Central com 1,6 bilhão de reais. Houve favorecimento descarado, com empréstimos em dólar a preços mais baixos do que os praticados pelo mercado.

Sudam e Sudene. De 1994 a 1999, houve uma orgia de fraudes na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), ultrapassando R$ 2 bilhões. Ao invés de desbaratar a corrupção e pôr os culpados na cadeia, FHC extinguiu o órgão. Já na Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), a farra também foi grande, com a apuração de desvios de R$ 1,4 bilhão. A prática consistia na emissão de notas fiscais frias para a comprovação de que os recursos do Fundo de Investimentos do Nordeste foram aplicados. Como fez com a Sudam, FHC extinguiu a Sudene, em vez de colocar os culpados na cadeia.

Lula: Discutir 2014 é “imbecilidade”

Maira Santos Cunha: O DEM não nos representa

Celso Amorim, “nacionalista”, desagradou Washington

Ex-mulher do goleiro Bruno faz piada com salário dos professores de Minas

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


188 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Leeonel colombo

21 de setembro de 2011 às 16h11

Se pudessemos torcer, enxugar a mente dos responsáveis por estes comentarios publicados nesta página, o resultado seria uma massa líquida, às vezes sólida, cor amarela escura, mal cheirosa, o que demonstra grande concentração de merda(atenção, como disse o chefe LULLA, então publicável aqui0), não posso imagínar , que alguém em sã consciência dê estas opniões, devem ter algo por trás, ou não existe além de m….. mesmo, é por isto que este Brasil, se encontra nesta situação, sem governo, metido até o pescoço em corrupção, uma pessoa que esta no cargo de presidente, sem capacidade para tal, que só faz alguma coisa quando empurrrada, cutucada a fazer, e tem meia dúzia de fanáticos analfabetos a apoiar esta quadrilha(também não fui eu que disse).

Responder

A,S, Braga

13 de setembro de 2011 às 08h42

Lógico que o RATO não poderia fazer faxina: ele se varreria!!!!Braga

Responder

João B. do Amaral

09 de setembro de 2011 às 10h54

Para refrescar a memória estamos mencionando outras denuncias envolvendo FHC e seus comparsas :Liberação de dinheiro público para empresa fantasma do filho do ex presidente para uma feira na Alemanha, 20 anos de movimentação de bilhões de contas fantasmas no Banco da ex nora de FHC, arranjos societários fraudulentos nas privatizações envolvendo Fundos de Pensão de empresas e bancos estatais , escandalo envolvendo a estatal Furnas, filha de FHC como funcionária fantasma de Heráclito Fortes, escandalo das ambulâncias superfaturadas no Ministério da Sáude , escandalo Banestado, Mensalão Mineiro lembrando que Marcos Valério é cria dos Tucanos e sua empresa tinha contratos de publicidade com estatais e autarquias federai , operações fraudulentas no Banco do Nordeste cujo presidente era homem de confiança de Jereissati , escandalo BNDES/Empresa ERON , Operação Castelo de Areia . Estes exemplos demonstram a hipocrisia e o ciinismo dos tucanos e dos democratas que assumem o papel de paladinos da moralidade.

Responder

O sucesso da Marcha contra a Corrupção em Brasília | Viomundo - O que você não vê na mídia

07 de setembro de 2011 às 14h04

[…] Altamiro Borges: FHC apoia faxina que nunca fez   […]

Responder

Hudson Moraes

25 de agosto de 2011 às 22h01

Falar mal do PROER é uma idiotice. Foi graças ao Proer que o Brasil chegou à crise de 2008 com um sistema bancário sólido. Lula, se soubesse agradecer os feitos de seus antecessores, teria dado muitas graças pela existência do Proer.

Responder

Namoro entre PSDB e Força é embalado por repasse de verba | Viomundo - O que você não vê na mídia

24 de agosto de 2011 às 12h10

[…] Altamiro Borges: FHC apóia a faxina que ele nunca fez É o mesmo do engavetador-geral? […]

Responder

    erasmo

    06 de junho de 2014 às 14h30

    Sindicatos tem que ser revistos
    pra onde vai tanta grana?
    e pq eu tenho que pagar sindicato?

    Texto Anterior | Próximo Texto | Índice | Comunicar Erros
    Governo dobra repasse a centrais sindicais

    Em três anos, verba destinada a entidades salta de R$ 62 mi a R$ 124 mi; uso do dinheiro não sofre fiscalização

    Quantia equivale a 10% do imposto sindical; das seis centrais, só a CUT diz ser contra a cobrança obrigatória
    BERNARDO MELLO FRANCO
    DE SÃO PAULO

    O governo federal dobrou, em três anos, o valor repassado às principais centrais sindicais, que preparam festas milionárias para celebrar o feriado do Dia do Trabalho, nesta terça-feira.

    O bolo destinado às centrais saltou de R$ 62 milhões em 2008 para R$ 124 milhões no ano passado, segundo levantamento feito pela pasta a pedido da Folha. Se o ritmo de crescimento se mantiver, a quantia vai ultrapassar os R$ 150 milhões em 2012.

    O dinheiro representa 10% da receita com o imposto sindical. A contribuição anual equivale à remuneração por um dia de serviço e é obrigatória mesmo que o trabalhador não seja sindicalizado.

    Apesar da origem pública, não há nenhuma fiscalização sobre o uso da verba. Ao sancionar a lei que instituiu os repasses, em 2008, o então presidente Lula vetou dispositivo que obrigava as entidades a submeter os gastos ao TCU (Tribunal de Contas da União).

    Nos primeiros quatro anos da regra, as seis centrais receberam um total de R$ 370 milhões. A exemplo do Ministério do Trabalho, todas defendem a cobrança obrigatória, à exceção da CUT (Central Única dos Trabalhadores).

    “É um imposto justo. Sem esse dinheiro, a maioria das centrais teria muitas dificuldades para sobreviver”, afirma o secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna.

    A entidade do deputado Paulinho da Força (PDT-SP) recebeu R$ 103 milhões em quatro anos e ocupa o segundo lugar na lista de repasses.

    A CUT, que ficou com

    R$ 119 milhões, promete usar o Primeiro de Maio para divulgar sua campanha contra o imposto. Ligada ao PT, a central defende que o valor da contribuição seja decidido pelos filiados a cada sindicato, em assembleia.

    “Hoje, o sistema estimula a criação de sindicatos fantasmas, que não representam ninguém e só existem para arrecadar”, diz o presidente da CUT, Artur Henrique.

    Os rivais dizem que a bandeira cutista tem como objetivo barrar o crescimento das outras centrais e recuperar a hegemonia sobre o movimento sindical. Argumentam que a entidade já cobrava o “dízimo” dos seus sindicatos antes de o repasse virar lei.

    “Quem for sério e prestar serviço vai motivar o trabalhador a contribuir livremente”, rebate Henrique.

    Disputas à parte, as centrais são unânimes ao apontar os motivos do crescimento acelerado nos repasses: o aumento do número de trabalhadores com carteira assinada e a competição acirrada para atrair novos sindicatos.

    Quando uma categoria não está vinculada a uma central, os 10% do imposto vão para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), onde o governo e os empresários também têm poder de decisão.

    Com o vínculo, os sindicalistas garantem mais influência sobre o destino do dinheiro do trabalhador.

Alexandre

21 de agosto de 2011 às 19h51

O Autor do texto escreve sem propriedade e sem conhecimento histórico sobre os fatos. Fica clara a sua inteção de desviar o assunto para os casos de corrução ocorridos no governo FHC e o modo de ação dos três presidentes. Todos foram ou são coniventes com a corrupção, isso fica explicito no atual governo com o modo diferenciado da "faxina", hora usa apenas água, hora usa esfregão, sabão e tudo mais que tem direito.

Além disso, os personagens dos casos de corrupção citados acima, estão presentes até na política e são aliados do atual governo.

Responder

O sem nick!

21 de agosto de 2011 às 11h57

A imprensa livre "destepaís," entregou,nesse final de semana, mais duas vassouras pra presidenta.Uma do casal 20,com suas ligações com uma construtora do Paraná,com uso de avião emprestado,doações pra campanha …etc.Taí pra quem quiser ler…coisa da PIG,kkkkkkk !http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI259014-15223,00-POR+QUE+PAULO+BERNARDO+NAO+RESPONDE.html
A outra vassoura é sobre a Ideli Salvati…o povo!Tudo gravado,não tem como negar,coisa da PIG,kkkkk!E, a mulher é ministra.Presidenta,será que a Sra. não sabia disso?tTaí…é só ler! http://www.istoe.com.br/reportagens/152956_AS+ART
A quem diga em golpe(aliás petista,vive com golpe na cabeça).Mas ,precisa de golpe,com esse governo,que se auto golpeia…kkk!

Responder

Guanabara

21 de agosto de 2011 às 11h28

Lendo esse artigo do Altamiro Borges deu pra entender porquê o nick do indivíduo que aparece aqui é "Eu não sabia", rsrsrs.

Responder

Nilson Moura messias

21 de agosto de 2011 às 10h37

Azenha, ainda bem, que a Presidenta Dilma Rousseff, ler, ouve e escuta os blog sujinhos, porém limpinhos e honestinhos, pra não cair neste papo furado tucano e do Pig.

Responder

Pedro Luiz Paredes

21 de agosto de 2011 às 10h37

O PMDB foi independente na eleição para governador de SP, quer ter candidato próprio em 2014 e ainda ajudou a derrubar Palocci ameaçando apoio à CPI. Além é claro, de ter ajudado a derrubar as intenções de Dilma no congresso no início do ano.
Preciso falar mais alguma coisa sobre a faxina da Dilma???
O apoio mutuo entre o PSDB e o PT é passageiro e em função de SP, só isso.

Responder

Marcelo de Matos

21 de agosto de 2011 às 08h53

(parte 2) Dirceu ainda se diz socialista, mas, Genoíno até já propôs a reforma dos estatutos do partido para retirar às referências ao socialismo. Se o PT prestigiasse a luta de classes não teriam surgido o PSTU e o PSOL, agrupamentos que se propuseram, exatamente, a manter as raízes socialistas do partido. Por último, quanto à terceira premissa, FHC foi complacente com a corrupção não por sua vontade, mas, por falta de opção. Não tinha poder político para punir políticos com grande apoio no Congresso. A situação mudou com o crescimento do PT nos últimos anos. Hoje, PT e PSDB têm grande contingente de partidários no Congresso e podem mudar a forma tradicional de fazer política no país – o “é dando que se recebe”. Mas, estou propondo parceria entre tucanos e petistas? Por que não? O PSDB não surgiu de uma “costela” retirada do PMDB? O racha liderado por Covas, Montoro e FHC não objetivava, exatamente, combater o toma lá, dá cá no partido? Pessoalmente, adoro o fla-flu entre petistas e tucanos. O país, porém, tem problemas mais sérios para tratar.

Responder

Marcelo de Matos

21 de agosto de 2011 às 08h39

(parte 1) Para entender o post do Altamiro é preciso analisar suas premissas: 1. “Egocêntrico e elitista, ele nunca tolerou o êxito de um governo presidido por um peão, um operário”; 2. “Sua cruzada contra a corrupção e seu apoio entusiástico à “faxina” no governo Dilma só iludem os ingênuos e os pragmáticos que infestam a política nativa – que desprezam a luta de classes”. 3. “Para aliciar sua base de apoio no Congresso Nacional e manter a governabilidade, FHC sempre foi complacente com a corrupção”. A primeira premissa nem vou comentar: quem tem memória lembra que FHC fez campanha com Lula. Com relação à segunda é preciso deixar claro que a faxina é exigência do PIG, não programa do governo Dilma. Se o PIG aponta irregularidades em ministérios elas têm de ser apuradas pelos órgãos competentes. Se só os ingênuos e pragmáticos desprezam a luta de classes, eu me incluo entre eles. Se o PT ainda não excluiu a luta pelo socialismo de seus estatutos, é um partido socialista só de direito, não de fato.

Responder

    Marcelo de Matos

    21 de agosto de 2011 às 12h08

    Esse comentário eu escrevi ontem, mas, passei o sábado sem internet. O “A jato” anda meio parecido com um bimotor da Panair do Brasil. Cada fim de semana dá pau em uma região da cidade. Ontem foi aqui nas Perdizes. Vejamos se com a aquisição da empresa pela Telefonica as coisas melhoram. Do contrário, terei de migrar para o Virtua, da Net, agora sob o comando do magnata Carlos Slim, da Claro. Será que farei bom negócio trocando?

FrancoAtirador

21 de agosto de 2011 às 00h54

.
.
Ranking da corrupção no Brasil medido pela quantidade de políticos cassados por corrupção desde 2000:

1º) DEM (69);

2º) PMDB (66);

3º) PSDB (58);

4º) PP (26)

5º) PTB (24);

6º) PDT (23);

7º) PR (17);

8º) PPS (14);

9º) PT (10);

10º) PV, PHS, PRONA, PRP (1)

Dados do Tribunal Superior Eleitoral – TSE

http://cmarinsdasilva.com.br/wp/prontofalei/ranki

Responder

    Marcelo de Matos

    21 de agosto de 2011 às 12h03

    Esse ranking não diz muita coisa. Político, seja de que sigla for, quando tem oportunidade leva o seu. A corrupção faz parte do sistema e não irá acabar com essas campanhas de faxina que o PIG está promovendo. Wagner Rossi tem 68 anos e está na vida pública há muito tempo. Por que o PIG não descobriu nenhuma irregularidade quando, entre 1991 e 1994, ele foi titular da Secretaria de Transportes, em Sampa? Quando o país é governado por partidos com os quais a mídia simpatiza os escândalos são abafados. O fato de alguns partidos figurarem entre os menos corruptos pode ter uma explicação: eles nunca estiveram no poder. Dizia um amigo meu que o cara mais honesto da repartição pública é o que serve o cafezinho, porque não trabalha com dinheiro. A meu ver não devemos nos preocupar apenas com qual partido tem mais ou menos corruptos. O importante é saber qual tem melhores quadros, melhores condições de servir aos interesses do país. Para combater a corrupção temos os órgãos competentes. O ideal seria aperfeiçoar esses órgãos, como os TC.

    Alexei_Alves

    21 de agosto de 2011 às 16h44

    É claro que esse ranking diz muita coisa sim. Se um partido tem 6 a 7 vezes mais corruptos caçados que outro, isso diz MUITA coisa. É claro que, como você diz, partidos menores terão números menores de corrupção, mas é só levar esse dado em conta na sua análise. Pronto. Observe que partidos bem menores e com menos acesso ao poder tem bem menos caçados que o PT. Isso, com certeza, nos diz alguma coisa.

    FrancoAtirador

    21 de agosto de 2011 às 21h45

    .
    .
    Você afirma que todos os políticos de todos os partidos são potencialmente corruptos.

    Então nós devemos escolher o partido que tem os melhores quadros de corruptos ?
    .
    .

    Leeonel colombo

    21 de setembro de 2011 às 15h56

    é risivel rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr

    o PT em 10º rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrPTrsrsrsrsrsrsrsrPTtrrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrPT

Rafael

21 de agosto de 2011 às 00h32 Responder

Rafael

20 de agosto de 2011 às 19h37

Não importa o EUNAOSABIA ou semelhantes digam, o povo fez o julgamento do governo fhc/psdb e mesmo a Dilma sem experiência, na sua primeira disputa desbancou o cacique do psdb quase no primeiro turno. Pior psdb não tem nem sequer perspectiva para 2014, antes de 2018 nem sequer chance terá. Não adianta EUNAOSABIA falar, inventar o povo mostrou o que foi fhc, um desastre.

Responder

Leonardo Câmara

20 de agosto de 2011 às 19h04

Realmente esse FHC é um tremendo cara de pau. E olha que ele tem um monte de seguidores ainda hoje. Vá entender? Só não concordo com aquela máxima do "não rouba, mas deixa roubar".

A Caros Amigos de um tempo atrás tinha uma reportagem em que o Protógenes falava de um tal chequinho comprometedor, um velho amigo do FHC e uma certa relação com o banco francês Paris-Bas, que ainda precisam ser esclarecidos. Sem falar no estranho enriquecimento de um filho dele.

Nenhum mau caráter põe o pescoço na forca pelos outros. Afinal, qual era a ideologia dele, deixar os ricos enriquecerem cada vez mais e os pobres cada vez mais pobres, só por vaidade?

Algum ele levou nisso, estou convencido.

Responder

Morvan

20 de agosto de 2011 às 18h17

Boa noite.
Recado aos que acreditam na armadilha institucional da "faxina":
Vem chumbo grosso por aí, ou parafraseando o Santayana, "Não subjuguem a direita".
A bola da vez é a Ministra Ideli Salvatti.

<H1>As articulações de Ideli</H1>
Gravações da polícia mostram que, quando estava no Ministério da Pesca, Ideli Salvatti negociou cargos no DNIT e lutou para manter um dirigente acusado de irregularidades. As conversas foram com o presidente local do PR, hoje preso por pedofilia
<H6>Por Claudio Dantas Sequeira, na "Isto É"</H6>

Elo de ligação: http://www.istoe.com.br/reportagens/152956_AS+ART

Se esta nova investida não for bastante para demonstrar a quem interessa a agenda da "faxina", paciência.
Fotos da Presidente Dilma "colocando água no leite" ainda serão publicadas, é esperar para ver… Alguém falou: golpe?

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

    Morvan

    20 de agosto de 2011 às 21h08

    Boa noite.
    Onde se lê: "subjuguem", por favor, leia-se "subestimem", para manter o original do autor e evitar o "typo", pois estava a querer colocar "subjulgar".

    :-)

    Morvan, Usuário Linux #433640.

    FrancoAtirador

    20 de agosto de 2011 às 23h29

    .
    .
    Isso é obra do Ra-imundo Co-lombo.
    .
    .

francisco.latorre

20 de agosto de 2011 às 18h13

fhc. é da cia.

por isso os trolinhos a soldo. do usamerika. batem ponto.

..

Responder

Celso

20 de agosto de 2011 às 17h48

Qual a novidade , Altamiro? Ele já se locupletou como o pai do Real, quando todos sabem que ele não foi o presidente que lançou o plano. e não entende bulhufas de economia.
Assumiu o filho que não era dele porque a repórter era da Globo e em suas próprias palavras "uma cavala". Agora apóia a faxina da Dilma. FHC pega sempre o primeiro bonde que aparece, desde que não pague a passagem e vá sentado.

Responder

Pablo F R

20 de agosto de 2011 às 17h05

Os comentários deixam claro que o pessoal não quer enxergar de fora a situação política do país. Estão envolvidos aos governos por simpatia de um ou outro partido. Estão nivelando os governos por baixo. Daqui a pouco vamos fazer uma lista e elencar os escândalos de cada um (LULA x FHC) e decidir pelo que menos fraucatua tiver. Isso entristece. Ao invés "julgarem" os governos pelo que tentaram fazer e promover, não, preferem se degladear sobre a sujeira de cada um. Daqui a pouco aparecerá um "rouba mas faz"! haha….

Não sejamos hipócritas, porque a corrupção é um problema institucional em nosso país, e não adianta dar autoria a um ou outro governo ou partido. Acho que no máximo, eu daria uma participação especial ao PMDB que comanda o país há 16 anos com uma sutileza incrível!! Os bastidores são deles e a fachada fica para PSDB e PT.

Bom seria se estivessemos discutindo o que cada governo construiu de bom!! Aí sim, o PT de Lula ganharia de lavado do FHC. Isso é indiscutível. No quesito corrupção, houve muitos escândalos, mas também é elogiável a maior autonomia que Tribunal de Contas, CGU e Polícia Federal tiveram ao longo dos 8 anos de governo, é só ver o número de casos investigados (e não venham dizer que a corrupção aumentou. Isso é hipocresia pura, porque roubalheira sempre existiu).

Agora estamos noutra fase, e pode-se dizer que a Dilma atuou de maneira distinta do Lula, o que não quer dizer que ele não agiu contra a corrupção (isso é argumento falho da oposição e só serve para quem não acompanha o dia dia ou é cego por simpatia partidária).

Dilma entrou numa encruzilhada: a economia é uma incognita e pode atrapalhar seu governo; a "faxina" é perigosa se ela seguir os trilhos e denúncias da mídia, porque, daqui a pouco, não terá estrutura para governar e o império já terminou faz tempo.. hahaha…Até os próximos capítulos!!

Responder

EUNAOSABIA

20 de agosto de 2011 às 16h40

Tem gente que costuma conversar com os seus botões, eu também gosto de conversar com os meus botões… e sempre pergunto a eles… mas eles nunca me responderam… quem sabe os botões de outras pessoas são mais inteligentes do que os meus e tenham a resposta para essa pergunta…

"Qual era o Plano Econômico de Lula ou dos economistas do PT para acabar com a híperinflação no Brasil?"

Quem sabe algum botão de camisa tem essa resposta…um botão inteligente claro…

Só para lembrar… enquanto FHC pegou o Plano Real nas mãos e o levou ao Presidente Itamar Franco e o que convenceu de que aquelas medidas dariam certo… Lula foi na TV e disse ""esse prano, só vai durar uma semana"""… além claro de ter queimado nota de Real na TV… …foi isso que Lula fez pelo fim da hiperinflação no Brasil… tentou sabotar o Plano Real, e nos oito anos em que fez oposição, votou contra todas, todas as medidas do governo Feranando Henrique a fim de estabilizar a economia, entre elas a LRF, um verdadeiro marco na administração pública nacional.

Hoje você vê petistas na TV e outros perdidos na rede, estufando o peito e dizendo…"" É, mas a inflação ainda está dentro da meta e bla bla bla… estamos cumprindo o superávit primário bla bla bla"""… pensam que a gente esqueceu que eles foram contra as metas de inflação e o superávit primário….foram contra tudo o que hoje tomaram como se fosse obra sua….

Ou eu tô errado???

Responder

    Fabio_Passos

    20 de agosto de 2011 às 17h46

    Você acha que toda esta roubalheira descarada do governo fhc é difamação dos comunistas?

    Leonardo Câmara

    20 de agosto de 2011 às 19h07

    E ninguém aqui tá interessado na tua conversa com os teus botões, mas você não se toca, não é? Vá procurar tua turma de reacionários.

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 19h28

    Completamente errado. Como sempre se dá voto psdb diz que é pai, veja o que Itamar disses sobre plano real e a participação do fhc. Agora pergunta para teus botões quem se dava bem com a hiperinflação? Pel oque eu sei se dava muito bem quem podi fazer "overnight" se lembra disso?
    Só para lembrar se não fosse Lula real quebraria sem sombra de dúvida, fhc quebrou o país três vezes para manter o real, tenta se lembrar o que aconteceu com o real diante de qualquer crise que ocorria, mesmo em países pequenos gerava crise aqui, o FMI vinha pra cá e humilhava o país ditando todas as regras. Poderia dizer que fhc criou o real se estivesse realmente envolvido não só assinar sem ter qualquer participação. Se hoje o real é uma sucesso é graças ao Lula. Não esqueça também que em 2001 e 2002 a inflação já era grande ameça, era grande o perigo da hiperinflação.
    Se serra tivesse sido eleito em 2002 pode ter certeza que hoje o Brasil estaria completamente falido, não resistiria a crise de 2008, bem provável criariam outro plano para esconder a fiasco que seria o real.
    Você não deve ser tão obtuso a ponto de achar que o real fez um milagre, não foi o plano a questão decisiva para queda da inflação, e mais o fhc teve sorte porque mundialmente a inflação estava muito baixa, aliás o Brasil era o país com uma das mais alta inflação da época, a situação mundial foi muito importante do que o plano real. Não adianta esconder isso, é fato não é opinião.

    O sem nick!

    20 de agosto de 2011 às 22h10

    P 1-Você deve sofrer do mal do Dutra,ausência de realidade,vive no mundo imaginário do palanqueiro ,oportunista , propagador de mentiras e regionalismos.E,hoje, quem se dá bem,com os juros mais altos do mundo, não é o capital especulativo?Se não fosse o peão de touro manso,o real quebraria?O sucesso do real é graças ao Lulavilha?Como se votou contra?E,só fez usufruir dos seus resultados,da herança…kkkkk!Você só pode ser um piadista,o FHC não quebrou o país,herdou quebrado,com inflação de 4%/dia ,sem reservas e,no período Itamar/FHC houve várias crises mundiais graves,e não qualquer crise ,como diz ,que causaram problemas mundiais.,,continua,

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 23h52

    Herdou país quebrado? Quem sofre do mal do dutra como você diz é você. Se eu estou mentindo porve o contrário. Que você está misturando assunto dos juros com o questionamento da participação do fhc no plano real é só para tentar confundir ou está confuso que é o que acontece. Memória fraca, o fhc entregou os juros selic a 25%, repito 25%. O fhc não quebrou o pais? Pode não ter quebrado o teu país, mas o Brasil, país situado na américa do sul esse ele quebrou, TRÊS VEZES. No período fhc houve crises mundiais me diga quai memória fraca?

    O sem nick!

    20 de agosto de 2011 às 22h12

    P 2-O FHC participou sim da elaboração do Real e,esse é o inconformismo petista,por usar o plano,por herdar um país estabilizado,com moeda forte e pronto para o crescimento,de resto foi só continuismo.Em 2002 ,o dólar e a inflação subiram devido ao efeito Lulavilha que, sempre foi contra tudo e todos e, causou insegurança no país,criou-se a expectativa das besteiras que poderia fazer,tanto que,soltou a carta à nação,esqueceu,né?…continua

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 23h57

    Não adianta justificar pela posição do PT na época que o mérito é do fhc, não esqueça o que disse Itamar Franco, sabe aquele que era presidente na época memória fraca. Besteiras, você deve falar que Lula não iria praticar a privatizações que fhc fez,é isso que você quer dizer? Você deve ter se inspirado na regina Duarte.Até agora não falou nada com nada e você diz que eu invento que eu minto. Mas dve ser daqueles que considera o Brasil um pais inferior, um país incapaz, como fhc dizia na época, dizia que o Brasil não tinha condições de construir um navio, simplesmente destruiu a indústria naval.

    O sem nick!

    20 de agosto de 2011 às 22h12

    P 3-Dizendo que não mudaria nada,até porque,não tinha programa econômico nenhum e, como disse o Palocci na época,no que está dando certo não se mexeA verdade,é que o Lulavilha,é um surrupiador oportunista e,queiram ou não,foi no governo Itamar/FHC e depois FHC que o Brasil se viu livre da inflação,que corroia salários,evitava planejamento das empresas,das pessoas e não permtia o desenvolvimento do país e, disso, petista não se conforma e,quando não se tem argumentos se diz que é sorte.O PT é um continuismo,que se sustenta as custas da direita alugada, tipo a oligarquia Sarney,Color,Maluf,Renan,Jucá..e cia,inimigos no passado e,hoje,muito amigos..kkk!O PT que era contra tudo e todos ,hoje,convertido,a favor de tudo e todos.

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 19h28

    Completamente errado.

    Ronaldo Luiz

    21 de agosto de 2011 às 12h34

    Mais uma vez voce está sendo parcial.
    O plano real venho a dar certo após 2003. Em dezembro de 2002, nossa inflação já superava dois digitos, estava em mais de 11%. O dolar aumentava diariamente e já estava no patamar de R$ 4,00 para $ 1,00. O plano real estava indo para o brejo, como todos os planos anteriores. Se voce não sabia, passa a saber doravante.

    Pedro Luiz Paredes

    21 de agosto de 2011 às 15h06

    Quem é THC???

O sem nick!

20 de agosto de 2011 às 15h34

P2-.E,admitindo que o tal Miro tenha razão,o PT foi eleito pra que?Pra surrupiar todos os feitos do governo anterior,tudo de bom e, de ruim também?Ou,o bom copia,usufrui e, se apropria,o ruim também copia e faz pior.Esse negócio,de sempre voltar ao passado e procurar culpados,pra justificar o presente,não cola mais,afinal,já são nove anos,tempo suficiente pra mostrar sua lógica.Quanto as privatizações,se bem feitas ou não,precisavam ser feitas,modernizaram o país.Mas o governo teve duas oportunidades de mudar os contratos com as Teles,uma em 2003 e outra ,agora,já no governo Dilma,não mudaram nada.Por que?Muito pelo contrário,facilitaram a entrada das Teles no segmento de TVS por assinatura,com apoio direto do Min. Paulo Bernardo.E, são as Teles,juntamente com as construtoras,que mais doam dinheiro pra campanha do PT,ou não?Então,meu caro Azenha,o PT que era contra tudo e todos,hoje,convertido a favor de tudo e todos.

Responder

O sem nick!

20 de agosto de 2011 às 15h32

P1-Acho emgraçado..kkk!A Dilma está faxinando a corrupção?É, mesmo?Ou, está sendo obrigada a faxinar,pelas denúncias da imprensa livre "destepaís",que,entrega todo final de semana uma vassoura na mãozinha dela.Ela, deve estar gritando pelos cantos do palácio "Franklin Martins,cadê ocê,home!.E,pior,faxinando a herança do Lula.Se,dependesse da iniciativa dela,nada aconteceria…continua.

Responder

yacov

20 de agosto de 2011 às 15h31

O THC só apóia a FAXINA porque pega mal não apoiar o combate à corrupção, mas se a DILMA fosse leniente, como ele mesmo sempre foi, e recentemente recomendou à presidenta, o dissimulado seria o primeiro da escrever um artigo indignado na "FALHA DE SÂO PAULO", condenando a leniência do governo. Quem não te conhce que te compre fhc. Eu não te quero nem pintado de ouro!!!

“O BRASIL PARA TODOS não passa na glOOB – O que passa na gloBo é um braZil para TOLOS”

Responder

Policarpo Quaresma

20 de agosto de 2011 às 15h14

mas respondam o seguinte: porque os dois temas que mais incomodam a população em geral – segurança publica e corrupção – são tabus para a "esquerda"? qualquer um que levante essa pauta será sumariamente linchado como ingenuo, direitista, fascista, e coisa pior….

Responder

Marcelo

20 de agosto de 2011 às 14h46

Após ler os comentarios cheguei a uma conclusão : partidos politicos tambem tem torcida organizada .

Responder

    edjhab

    20 de agosto de 2011 às 17h43

    ate que enfim um comentario luscido.

betinho2

20 de agosto de 2011 às 14h28

Caros Azenha, Conceição e demais comentaristas.
A alguns dias foi feita a enquete sobre a parmanencia ou não do EUNUCOMENTAL no blog.
Eu, como a grande maioria optamos em mante-lo, como nosso bobo da corte e como saco de pancada,
Acontece que de tanto bater no coitado, a bílis dele vazou fel. Precisa de tratamento.
E nos precisamos elevar nossa vibração mental, subir o nível .
Portanto sugiro que o EUNUCOMENTAL seja isolado e neutralizado 5 dias em camisa de força, para tratar seu problema e voltar a racionar como uma pessoa normal, se é que alguma vez raciocinou.
Azenha e Conceição também precisam de uma folga na mediação.
Fica minha sugestão para os demais opinarem, se houver aceitação, daqui a 5 dias concedemos uma condicional ou um habeas corpus ao dito cujo.

Responder

    Ronaldo Luiz

    21 de agosto de 2011 às 12h45

    Não concordo com o banimento. Tudo que ele diz faz-me reforçar minhas convicções de que o Brasil de hoje é completamente diferente, para melhor, é claro. Alem do que com esta avalanche de denúncias, a grande maioria sem fundamento, irá em médio prazo anular o único assunto que sustenta o PIG,

    SILOÉ-RJ

    21 de agosto de 2011 às 15h52

    Betinho, você não acha que o EUNAOSABIA é cria de "alguém"???
    Ele é uma pegadinha, e já deu várias pistas para sua identificação,é só correr atrás!!!

    betinho2

    21 de agosto de 2011 às 21h38

    Siloé
    O EUNUCOMENTAL é mais uma das crias do Richard Smith, que por sua vez é cria do lacerdismo golpista do Padim Cerra. Mas não passa de salário mínimo, pelo pouco retorno que dá. Nem pra Asmaca (assessor de maçaneta) serve. Por isso deram essa função para ele, tipo "bucha de canhão".

Bernardino

20 de agosto de 2011 às 14h07

O FHC é um CADAVER insepulto,um pavao destruido pela Vaidade,esta pegando carona nos arroubos da D DILMA de combate a corrupçao natentativa de se diferenciar do LULA para ter um novo Mandato,Ledo engano dela.A corrupçao neste pais está no DNA cultural do povo via Portugal,nao sera extinta facilmente!!
A crise chegará em breve e a Dilma,apenas tocará o Barco até as eleiçoes.Aí sim o LULA voltara pq esta na memoria do povao como o Presidente da distribuiçao de renda,politica externa independente e carisma IMbativel tal Getulio vargas.. O resto é exercicio masturbativo de tucanos ,FHC e imprensa corrupta e vendida aos Ianque . ESSe EU NAO Sabia deveria ir pra BROGODO ser assesssor de TIMOTEO CABRAL
n o Cordel Encantado

Responder

    beattrice

    20 de agosto de 2011 às 19h37

    Mas não é ele aquele que trabalha como porta-voz do próprio??? Com tapa-olho?

EUNAOSABIA

20 de agosto de 2011 às 13h45

Ai!!!!!!!!Eu saí do armário e só falam no meu direitismo doentio!!Que chato!!!Ui!!!!!Ai!!!Leider Lincoln,Meu Amor!!!

Responder

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 15h13

    Contenha-se, Eunaosabia…

Zé Brasil

20 de agosto de 2011 às 13h44

Quando a imprensa trabalha seriamente sem partidarismo produz entrevistas com a qualidade desta entrevista feita com o fernandinhobocadesuvaco pela BBC. Nela o repórter inglês arregaça com o traíra que como todo bom capacho da direita vai chorar suas mágoas com o patrão. Desta vez ele se ferrou, pois as mazelas que ele cobrava do Governo Lula foram -lhe jogadas na cara e dele cobradas por nunca terem sido apuradas. Simplesmente patético para um ex-chefe de estado Brasileiro. Tomou uma piaba feia do gringo, bem merecida! Também de tanto ficar de joelhos acaba-se esquecendo-se de andar de pé e de cabeça erguida. Vejam nos links a seguir:
Parte 1 :http://www.youtube.com/watch?v=zv7vLVz_tvI e
Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=cmAKMby2B0M .

Responder

Carlos M.

20 de agosto de 2011 às 13h10

FHC apoia THC.

Responder

Otto Nelson

20 de agosto de 2011 às 13h03

Caro Azenha

Acompanho as noticias sobre a politica Brasileira desde o início dos anos 80 e os fatos acima mencionados foram amplamente divulgados nos meios de comunicação.O PT,maior partido de oposição,foi também a maior fonte de informação para jornalistas sobre as denúncias de corrupção que estampavam as primeiras páginas dos jornais ,revistas e telejornais.
Os erros do passados devem ser trazidos à nossa memória ,isso é bom para fortalecer a democracia ,o que não podemos fazer é usa-los como instrumento de desvio de foco ou como forma de silêncio a respeito de denúncias tão graves como estas que estão ocorrendo agora.Lamento que este blog e outros não estejam na vanguarda da defesa do patrimônio do povo Brasileiro,denunciando os envolvidos e cobrando punição para os mesmo.

Responder

FrancoAtirador

20 de agosto de 2011 às 12h47

.
.

FHC E A RETIRADA DO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL DE PORTO ALEGRE

21/10/2004

Vitória de grupo ligado a FHC pode tirar FSM de Porto Alegre

Por Marco Aurélio Weissheimer, na Carta Maior

Mudança das políticas desenvolvidas em Porto Alegre, com o retorno de grupos políticos ligados ao ex-presidente Fernando Henrique, comprometeria condição da cidade como capital do FSM, diz nota assinada por entidades do Comitê Organizador…

Essa desconfiança só aumentou com as declarações do vice de Fogaça, o deputado estadual Eliseu Santos (PTB), que acusou várias vezes o Fórum de abrigar "terroristas, traficantes e seqüestradores".

Na verdade, a trajetória do grupo político que apóia a candidatura Fogaça não tem nenhuma afinidade programática com o ideário do Fórum. Um dos coordenadores de sua campanha no segundo turno é Eliseu Padilha, ex-ministro dos Transportes e homem forte do governo FHC…

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMos

Responder

EUNAOSABIA

20 de agosto de 2011 às 12h34

Dois Noc Daw em primeiro turno… qua qua qua… não deu nem pra saída… o mais popular,o mais amado… o mais maior do mundo….. bla bla…e dai?? tá chamando urubu de meu loro até agora…

E o pior.. passou oito anos sem fazer nada… ficou oito anos numa mediocridade de copia e cola do anterior.. esse sim o grande responsável pelo boom que o Brasil vive hoje… segundo palavras do Financial Times…o resto amigo… bem..o resto é muita propagadan enganosa e doses cavalaress de auto engano…

Quero na moral…. Lula mudou o que na macro economia de FHC?? quero na moral mesmo… quero saber o que ele mudou…sem bla bla de… tiramos 500 milhoes da miséria… nossa crarce merdia é maior que a da Noruega… bla bla bla… quero saber o que foi que ele mudou…..

Foram oito anos do tucano Meireles ..mesma macro economua… quero que me digam o que mudou…

Desafio qualquer a mostrar o que foi mudado…

OBS: Dar dinheiro pra pobre em troca de votos foi o que a direita fez a vida toda… isso nao conta… e mais.. já vinha sendo feito antes……

Responder

    Fabio_Passos

    20 de agosto de 2011 às 17h51

    Você acha que se o fhc deixar a barba crescer o povo pode confundir ele com o Lula? Isto não poderia ser uma estratégia de mkt imbatível para a direita em 2014?

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 19h31

    Pô, Eunaosabia… Deste jeito você não está sendo útil nem para avaliar-se a quantos anda o pensamento oposionista. Você está apelando demais para elocubrações idiossincráticas. Assim não dá, assim não pode!

    kalangotango bakunin

    20 de agosto de 2011 às 21h52

    vou dar uma comidinha pro troll que não sabia e que finge que não sabe de nada

    Lula participa da primeira formatura de escola que inaugurou em MG

    19/08/2011

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, nesta sexta-feira (18), da primeira formatura dos cursos técnicos de agroecologia, administração, enfermagem e informática do Instituto Federal Norte de Minas Gerais (IFNMG), em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha.

    Paraninfo das turmas, que somam 210 alunos, o ex-presidente também esteve na inauguração do campus em 2010. Durante a formatura, Lula lembrou que, até 2003, as escolas técnicas estavam concentradas nas regiões mais ricas do país, fazendo com que muitos jovens dos locais mais afastados acabassem abandonando os estudos.
    “Essa é a geração que pode mudar a história do Vale do Jequitinhonha”, afirmou o ex-presidente, lembrando que a região, apesar de pobre, abriga grandes riquezas culturais, com poetas, músicos e artesãos fundamentais para o patrimônio cultural brasileiro.
    Lula, que também estudou em escola técnica – é formado torneiro mecânico pelo Senai – disse que, de 1909, quando surgiram no Brasil as primeiras escolas técnicas, até 2002, todos os governos somados construíram apenas 140 unidades. Já nos seus dois mandatos, de 2003 a 2010, o governo federal entregou 214 novas escolas desse tipo.
    Apenas em Minas Gerais, de acordo com o ex-presidente, foram criados 19 campi de Institutos Federais de Educação entre 2003 e 2010 – incluindo o de Araçuaí. Até 2002, existiam 22 no estado.
    A rede dos institutos federais, além do ensino técnico integrado ao ensino médio, oferece curso superior de tecnologia, licenciatura e pós-graduação, estabelecendo um longo itinerário de estudos gratuito e de qualidade.

    PROUNI
    O ex-presidente também destacou a importância da criação de novas universidades federais. Durante seu governo, foram construídas 14, além de 126 campi no interior, dobrando o número de vagas. Ao mesmo tempo, o programa Universidade para Todos, o PROUNI, já concedeu 912 mil bolsas de estudo a estudantes de baixa renda

    SILOÉ-RJ

    21 de agosto de 2011 às 03h51

    E o quê, sem opção, o PSDB e CIA terão que fazer agora para aparecer na mídia e ficar bem na foto.???
    Os poucos que se elegeram da oposição foram os que tinham mais bala na agulha para comprar os votos, daí: agora sem grana e sem pespectivas, porque a fonte secou. Nada mais nobre do que posar de PALADINOS DA MORAL E DOS BONS COSTUMES, de preferência bem ao lado da DILMA para ver se conseguem roubar nem que seja por osmose um pouquinho de DIGNIDADE.
    Respondo para exercitar o meu raciocínio, PROPAGANDA ENGANOSA!!! Sei quem é você.

    Guanabara

    21 de agosto de 2011 às 11h42

    Ao invés de "privatizar", investiu. Ao invés de segurar a economia, estimulou. Ao invés de tomar empréstimos ao FMI, pagou a dívida e virou credor. Ao invés de importar navios e plataformas de Cingapura, as construiu no Brasil, revitalizando a indústria naval que fora sucateada pelo seu ídolo, FHC, gerando empregos com bons salários e distribuindo renda. E como o próprio Lula disse, foi o presidente sem curso superior que mais instituições públicas de ensino criou.

    Fica lendo Miriam Leitão dá nisso. Fica "sem saber" o que aconteceu no Brasil real nos últimos 8 anos.

    Ronaldo Luiz

    21 de agosto de 2011 às 12h13

    Só vou começar uma lista das mudanças, peço que outros mais conhecedores a complementem:
    1 – Sálario mínimo. Antes: Chegava o mês de maio e ninguem sabia qual seria o valor do salário mínimo. Quando era divulgado, chegava sempre arranhando os $100,00. Após 2003: O mês de vigencia começou a ser antecipado, e hoje seu aumento é em Janeiro. Sabe-se de quanto será seu novo valor com meses de antecedência, e é claro já ultrapassou $200,00 faz tempo. Isso não é dar dinheiro à pobre, é dignificar seu trabalho.
    2 – Desemprego: Antes: Todo final de mes, saia uma nova estatística. Ficava-se sabendo quantos brasileiros foram dispensados, sem chance de serem realocados. Após 2003: Todo fina de mês continua saindo uma nova estatística. Mas a de agora ficamos sabendo que os que os milhões de dispensados na era FHC, já estão empregados, e os jovens que entram no mercado, estão com chances reais de emprego.
    Ao contrário, eu não percebi até hoje uma só politica que os governos do PT tenham imitado os Tucanos.

luiz pinheiro

20 de agosto de 2011 às 12h26

O Miro resume bem: esse apoio à “faxina” é mera manobra tucana para tentar minar a base de apoio parlamentar à Dilma. Mas nossa presidenta não é idiota, sabe muito bem disso. E ela soube definir com precisão seu papel histórico: sua "faxina" de verdade é contra a miséria. Parabéns, presidenta!
O que a gente precisa entender é que a presidenta deve dialogar com a oposição, inclusive com os governadores de oposição, sempre que for possível. Isso é republicano e é importante para o andamento dos programas de governo. Não tem nada a ver com ser cooptada, nem com estar iludida.
Pessoalmente, tenho certeza de que Dilma e Lula estarão sempre do mesmo lado, agora, em 2014 e depois de 2014. Para o bom futuro do Brasil, isso é o que importa.
No mais, parabéns ao Miro pelo trabalho de listar algumas (são muitas mais) das principais falcatruas do (des) governo FHC.

Responder

PAULO P,

20 de agosto de 2011 às 12h23

So para refrescar a memória dos inumeros casos de corrupção do governo do PSDB de serra e fhc

http://www.youtube.com/watch?v=Uo5Lj1QtD1o&fe

Responder

Rafael

20 de agosto de 2011 às 12h20

Pensei se eu fosse da oposição não acharia bom essa "faxina" que Dilma está fazendo. O único fato que poderia atacar o governo seria o "moralismo", a "honestidade" e agora Dilma faz toda essa limpeza. O tiro pode sair pela culatra, a imprensa quer pautar o governo negativamente, mas tá dando oportunidade do governo mostrar que não tolera corrupção que é o que o povo quer ver.

Responder

mello

20 de agosto de 2011 às 12h05

O ex-presidente fernado henrique cardoso, iguala-se ao lacerda no exagero do cinismo e da hipocrisia( aquele quando procura Jango, no pós golpe , para fazer um " pacto" e o fhc, que no seu governo nada apuroum a PF não atuava e o procurador só engavetava, e no processo eleitoral e nos primeiros meses do Governo Dilma desancava a Presidenta ) .
Vai ser cara de pau, cínico e hipócrita assim lá entre os demos, tucanos e pps!

Responder

Angela Liuti

20 de agosto de 2011 às 11h56

Um fato não dá para negar, o homem não sai da midia desde que Dilma assumiu o posto. holofote puro e estrategia de bom marqueteiro; tem que cuidar,2012 e 2014 revelarão suas reais intenções. Seria bom que o staff da presidenta privilegiasse o Lula em aparições públicas ao invés deste pústula.Ou alguém já se esqueceu do "Fora fhc. Cada vez entendo menos este pessoal que assessora a presidenta.Proponho tb fazer um programa virtual tipo o impostômetro ou o pedagiômetro, para marcar o numero de aparição semanal do personagem,um pouco de senso de ridículo lhe cairia bem.Poderia ser chamado de "setocômetro" do fhc. Se toca meu! Cabe tb aos assessores da Dilma .

Responder

    beattrice

    20 de agosto de 2011 às 19h31

    E cabe à DILMA, que precisa honrar os votos que recebeu e encerrar essa fase ambidestra.

Severino

20 de agosto de 2011 às 10h42

Realmente um mar de detritos e lama. Mas até onde eu sei o banco Nacional não recebeu ajuda e quebrou justamente pelo envolvimento do filho do FHC com a familia dona do banco. Inclusive o filho do M.Pinto foi preso e o banco foi comprado a preço de banana pelos Moreira Salles do Unibanco.

Responder

Victor

20 de agosto de 2011 às 10h40

PSDB: não cobramos cargos, cobramos competência!

E viva a moralidade pública!

Responder

    SILOÉ-RJ

    21 de agosto de 2011 às 16h05

    Isso é uma piada, né???

Pardalzinho

20 de agosto de 2011 às 10h07

"Fernando Henrique Cardoso tem defendido que o partido dê apoio à presidente Dilma Rousseff no combate à corrupção"

Por trás de toda essa boa vontade, pode estar escondida a real intenção, destruir o legado de Lula e a imagem positiva que deixou. Que Dilma não se iluda; a única intenção do PSDB ao tentar seduzi-la é deixar claro que o responsável pela corrupção (a Federal apenas, da Estadual não se fala…) foi Lula. Destruido Lula, Dilma e o PT vão no vácuo. Só se ilude com essa gente, e seus apoiadores midiáticos, quem quer…

Responder

Conceição

20 de agosto de 2011 às 10h06

Se Dilma quisesse acabar com a corrupção ela ACABARIA COM A IMUNIDADE PARLAMENTAR E O FORUM PRIVILEGIADO.
Ela está colocando todo nosso esforço em risco.
Tenho certeza, se ela iniciasse uma campanha junto ao povão, para acolhermos assinaturas e mais as medidas políticas por parte dela, isto seria conseguido.
– A India foi para as ruas contra a corrupção…
Fora disso não há saída. Eles sabem que não serão punidos. Vide os "desvios" do governo do Rio de Janeiro. Quem vai punír o autor?
– E quem está interessado na opinião do fhc, pelo amor de Deus!!!

Responder

    MARIA

    20 de agosto de 2011 às 13h25

    E tem uma montanha de idiotas que acredita na campanha da midia, da oposicao e de uns traíras que a faxina está limpando o país! A verdadeira faxina só com acao popular para acabar com a imunidade dos larapios como vc diz e mobilizacao popular gigantesca que nao dê margem de manobra para os bandidos do congresso, do judiciario e dos que se aninham no governo em busca do enriquecimento às nossas custas, e mais importante queremos a DEVOLUCAO DE TODO O DINHEIRO ROUBADO DO POVO ! A DEVOLUCAO é o mais IMPORTANTE, tem que doer no BOLSO dos bandidos para dar exemplo e desestimular os aprendizes de bandidos!

Julio Silveira

20 de agosto de 2011 às 09h59

O FHC estava indo direto para o ostracismo, recebendo umas poucas luzes do PIG que ele ajudou a afirmar e que sustenta até hoje seu mais perfeito seguidor o Serra. Agora a Dilma vem e lhe dá holofotes, francamente não consigo entender. Será que o interesse da presidenta é receber reconhecimento midiático ou do povo como recebe o Lula?

Responder

Luiz Carlos, o velho

20 de agosto de 2011 às 09h18

Sim. E daí?
Admitindo-se como verdadeiras as acusações a FHC, o que isso tem a ver, efetivamente com as atuais falcatruas? Não há legislação nenhuma amparando a tese de que, um crime praticado antes, deixa de ser crime por este motivo; anterioridade.
O autor, pelo que se depreende, quer dizer isso. ''Ora, tudo isso já acontecia no governo anterior, portanto, prá que discuti-los e se indignar?''
É isso mesmo?
Ou não?

Responder

    Aline C Pavia

    20 de agosto de 2011 às 18h43

    Admitindo-se como verdadeiras as acusações da Operação Sanguessuga, Satiagraha, Castelo de Areia? Não sobraria um político demo-tucanalha vivo em SP e MG. Mas sempre vai ter os trouxas para alimentá-los a cada 2 anos com seus votinhos.

Cavernoso

20 de agosto de 2011 às 09h12

Quanto a ESCA,
O esquema é muito mais escabroso que me parecia na epoca e ele ainda espalha seus tentáculos milionários nos cofres públicos e "repassa" para empresas estrangeiras: a ESCA foi extinta, ok, em seu lugar foram criadas 2 empresas a Atech no Brasil (com o mesmos funcionários da ESCA, ainda comandada por militares de pijama verde ou azul, e a Amazon Technologies do mesmo grupo mas nos EUA. o contrato q inicialmente iria para a ESCA apenas… agora vai para a Raytheon que subcontrata a Atech e a AmazonTech etc etc…

Responder

Marcos Lima

20 de agosto de 2011 às 09h06

Como este senhor iria fazer faxina se os jornais da época noticiaram que comprou votos.

Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor do projeto. Eles foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Por menos disto o senador do Paraná juntamente com Pedro Simon, que fcou sempre ao lado da governadora qe perdu eleição no Rio Grande do Sul coberta de denúncias, teriam trabalhado pelo Impeachmen do do ex-presidente Lula.

Responder

EUNAOSABIA

20 de agosto de 2011 às 08h56

Presidente Dilma Roussef, por favor, acabe com esses oito anos de bandalheira, roubos e corrupção endêmica da era Lula.

Faça o que tem de ser feito, nós apoiamos essa idéia.

Chega de tanta roubalheira, foram oito anos de pilhagem dos recursos da nação.

PT e sesu aliados, com Lula no comando… CHEGA.. CHEGA CHEGA.. parem de nos assaltar.

Presidente Dilma… faxina neles.

Responder

    Marcos C.Campos

    20 de agosto de 2011 às 13h06

    Alckmin, faxina neles, Anastasia faxina neles, Richa faxina neles …

    Ai fica dificil né ?

    Pelo jeito somente o pessoal do PT e a esquerda tem coragem de começar algo sério neste país …

    O resto fica "apoiando" bem de longe …

    EUNAOSABIA

    20 de agosto de 2011 às 13h19

    ""Pelo jeito somente o pessoal do PT e a esquerda tem coragem de começar algo sério neste país … ""

    Deixa de sandices tocador de tuba… vocês passaram foi oito anos roubando e passando a mão na cabeça de ladrão….. o mensalão foi um dos maiores esquemas de desvio público e ladroagem ja visto no país… e não foi só pra comprar o congresso não… foi pra ficar rico também… ou tu acha que sindicalista tem grana pra mandar abrir garrafa de vinho de U$ 7 mil no Fasano??

    Vocês apoiam tanto a faxina que tá todo mundo louco pela volta de Lula…

    Dilma tá é queimando o Lula… e vocês sabem disso…

    Fabio_Passos

    20 de agosto de 2011 às 17h15

    Você acha que tudo isso é um plano do fhc para resgatar sua imagem de homem público?

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 15h21

    Roubar é privilégio de tucano. Quando tucano rouba, não é roubo. Quando rouba o subsolo de todo o país sem gastar um centavo nem na papelada, não é roubo. Mas se não é tucano, se roubar um selo dos correios merece prisão perpétua e escárnio público por toda a eternidade.

    H Aljubarrota

    20 de agosto de 2011 às 15h30

    AZENHA, VOCÊ ACABA DE PERDER UM LEITOR E COMENTARISTA. DE DAR ESPAÇO PARA PROVOCADORES IDIOTAS JÁ CHEGA O PIG. PASSE BEM.

beattrice

20 de agosto de 2011 às 08h35

Já que o falso suposto pai do Tomás Dutra está tão preocupado com a corrupção deveria aconselhar o Alckmin OPUS DEI a levar o Gaeco para investigar a SABESP e as secretarias do esquema CEPERA, tanto mais agora que ele já cosneguiu cassar o prefeito de Campinas, e abrir o caminho para o PSDB voltar à Prefeitura.

Responder

    MARIA

    20 de agosto de 2011 às 13h29

    E a DERSA, a impoluta?

beattrice

20 de agosto de 2011 às 08h27

Essa aproximação entre FHC e DILMA ainda custará muito caro, à sociedade brasileira e seus anseios progressistas.

Responder

SILOÉ-RJ

20 de agosto de 2011 às 02h16

E vem mais por aí: A Brasken que pertence a Odebrecht, está envolvida até o pescoço na sonegação fiscal e como ela, várias empresas coligadas, governadores e prefeitos todos com suas obras super faturadas.

Responder

    MARIA

    20 de agosto de 2011 às 13h31

    NAO EXISTEM CORRUPTORES no Brasil, só corruptos!

    Policarpo Quaresma

    20 de agosto de 2011 às 15h12

    tocou no ponto…do mesmo modo que, para os brasileiros, gay é só o elemento passivo….como dizem nas camisetas em São Francisco (California) "eu não sou gay mas meu namorado é"…eta brasilzão sem noção sô…

Rafael

20 de agosto de 2011 às 01h23

Fhc é esperto, perceebu que do jeito que vai, Dilma vai tirar da oposção a última bandeira, vai tirar da oposição o moralismo, mesmo que falso. O que o fhc tá fazendo nada mais é que se adiantar e não deixar a oposição sem argumento.

Responder

Orellano Paz

20 de agosto de 2011 às 00h29

FHC – o panaca vaidoso – guru da leniência se repete: "esqueçam o que escrevi!".
Dilma fez ele passar recibo de tolo.
Novamente.

Responder

SILOÉ-RJ

20 de agosto de 2011 às 00h24

Ele apoia enquanto a faxina não chega ainda no quintal dele, para evitar isso ele faz qualquer negócio, até posar de bonzinho!!!

Responder

FrancoAtirador

20 de agosto de 2011 às 00h02

.
.
Denúncias de corrupção no Ministério dos Transportes
vêm desde o governo FHC

Conduta de Dilma é diferente da adotada pelos antecessores

Paulo de Tarso Lyra – Correio Braziliense

A velocidade com que a presidente Dilma Rousseff imprime mudanças no Ministério dos Transportes chama a atenção da base, da oposição e do setor produtivo.

Mas ninguém acredita que as denúncias de corrupção na pasta sejam recentes.

O ministério enfrentou situações semelhantes de suspeitas de superfaturamento, desvios e má utilização de verbas públicas sem explicações plausíveis ao longo dos últimos 12 anos.

Durante o governo Fernando Henrique, estouraram os primeiros escândalos no setor, nos tempos em que o atual Dnit ainda se chamava DNER (Departamento Nacional de Estradas de Rodagem).

Ao longo do segundo mandato de FHC, o Ministério dos Transportes, ocupado pelo ex-deputado Eliseu Padilha (PMDB-RS), foi envolvido no chamado “escândalo dos precatórios do DNER”.

Publicação: 21/07/2011 08:00

Responder

Polengo

19 de agosto de 2011 às 23h51

Taí a apropriação indébita dos pensamentos alheios que são a única atitude do psdb.
E feito pelo maior lesa-pátria que tivemos.

Responder

FrancoAtirador

19 de agosto de 2011 às 23h41

.
.
ESCÂNDALO DA ERA FHC (Parte 1)

Quem se lembra do caso da máfia dos precatórios do DNER [atual DNIT] ?

Por Nelson Breve, na Carta Maior

BRASÍLIA – A imprensa denuncia um esquema de corrupção. Funcionários de um ministério fraudam as normas dando um prejuízo enorme ao Erário. Um deles aponta o ministro como chefe. Uma sindicância do governo encontra indícios desse envolvimento, mas seu relatório nunca chega aos órgãos competentes. Um deputado de oposição pede a instalação de uma CPI. O presidente da República não toma nenhuma providência e reitera sua confiança no ministro. Parece um enredo familiar.

O que aconteceria se o fato narrado ocorresse no governo Lula [ou Dilma] ?

Os episódios que dominaram o noticiário político-policial nos últimos anos não deixam dúvidas: seria um escândalo estampado nas manchetes por vários meses, até que se derrubasse, ao menos, o ministro do cargo. Mas o caso descrito aconteceu no governo Fernando Henrique Cardoso. Ninguém foi punido, nem constrangido sistematicamente pelos holofotes de um noticiário persistente. Alguns veículos da imprensa deram destaque por uns dias. Um deles até ganhou prêmio por insistir um pouco mais. Passados sete anos, ninguém se lembra do caso, nem está interessado em seus resultados. O ministro foi eleito e reeleito deputado pelo Rio Grande do Sul e os processos contra ele e os assessores envolvidos seguem inconclusos nos labirintos do Poder Judiciário, que só atua com rapidez contra os cidadãos comuns pobres.

O ministro é Eliseu Padilha, que, como prêmio pela atuação durante a votação da emenda da reeleição de FHC chefiou o Ministério dos Transportes de maio de 1997 a novembro de 2001. O caso ficou conhecido como Escândalo da Máfia dos Precatórios. Foi denunciado pela Folha de S. Paulo, mas foi o Correio Braziliense quem insistiu no assunto por mais tempo. Em outubro de 1999, o deputado Agnelo Queiroz (PCdoB-DF) descobriu que o pagamento de indenizações judiciais do antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) era uma das poucas rubricas do orçamento cumpridas integralmente.

Uma apuração mais profunda revelou a existência de uma série de irregularidades: os pagamentos, em valores milionários, se davam fora da ordem, sem explicação jurídica consistente. Em um dos processos, os procuradores do DNER chegaram a cogitar o pagamento de uma indenização de R$ 1 bilhão relativa à construção de uma rodovia na Amazônia. Algumas indenizações beneficiavam os próprios procuradores. O esquema envolvia escritórios de lobby e permitia o pagamento antecipado de precatórios em troca de propinas, que chegavam a 25% do valor devido pelo órgão. Lobistas citaram Padilha como um dos envolvidos nas irregularidades.

A denúncia provocou uma crise no governo. Padilha exonerou o diretor financeiro do DNER [DNIT], Gilson Zerwes de Moura, e afastou o procurador-geral substituto do órgão, Pedro Eloi Soares. O primeiro era o responsável pelos pagamentos do órgão. O segundo, pelos acordos irregulares de pagamento de precatórios. A estratégia do ministro deu resultado. Na mesma noite do anúncio, o porta-voz da Presidência da República, George Lamaziére, disse que Padilha "de modo algum está sob suspeita" e que o presidente Fernando Henrique Cardoso considerou satisfatórias as medidas adotadas pelo ministro. "O presidente tem confiança plena no ministro, a mesma confiança", acrescentou.

Segundo o porta-voz, o presidente estava contente com as medidas tomadas por Padilha e a investigação das irregularidades ficaria no âmbito do Ministério dos Transportes. "Em face das medidas tomadas pelo ministro, o presidente considera que todos os procedimentos recomendáveis foram adotados e cabe agora aguardar o resultado das apurações solicitadas pelo ministro", comunicou o porta-voz, dizendo ainda que o presidente não fixara prazo para o fim dessas investigações.

Questionado sobre quem apura a participação do ministro, já que as investigações seriam feitas pelo próprio Ministério dos Transportes, Lamaziére respondeu que "isso não está em pauta, porque o que está em discussão são atividades em autarquia do ministério". Padilha disse que processaria os lobistas que o citaram como envolvido no esquema por calúnia, infâmia e difamação, mas não consta que tenha levado adiante o processo, ao menos na Justiça do Distrito Federal. Todo mundo ficou satisfeito e esqueceu o caso.

Responder

    SILOÉ-RJ

    20 de agosto de 2011 às 01h39

    Pior é que esse pulha do Elizeu entra na vaga parlamentar do atual ministro, no Rio grande do Sul, fortes dores de cabeça para o Tarso Genro.e para os gauchos.

    FrancoAtirador

    20 de agosto de 2011 às 11h45

    .
    .
    Não só aos gaúchos, SILOÉ-RJ.

    Os malefícios causados por esse indivíduo,
    notadamente como Ministro dos Transportes
    no governo Fernando Henrique Cardoso,
    atingiu diretamente a todos os brasileiros.

    Não havia uma rodovia federal sendo asfaltada
    e não havia um pedágio em instalação, no Brasil,
    que não tivesse o toque "mágico" dessa mão-leve
    de confiança de Fernando Henrique Cardoso,
    que fazia desaparecer toda verba destinada
    à construção, asfaltamento e melhorias das estradas.

    Esse aí não era só "consultor", era o "executor"
    alçado por FHC para comandar a quadrilha
    nas licitações de obras nas rodovias brasileiras.
    Não por acaso, o ACM o chamou de Eliseu Quadrilha.
    E olha que o ACM entendia perfeitamente do assunto.

    E, agora, depois que o povo gaúcho o afastou
    da vida pública, pelo não-voto, ele está de volta,
    por uma manobra orquestrada pelo PMDB,
    para recuperar o foro privilegiado, como deputado,
    para não ser condenado por crimes de corrupção.

    Um sujeito que, além disso, sempre apoiou
    todos os candidatos do PSDB à Presidência;
    que, como deputado, sempre esteve envolvido
    em tramas contra o PT e o governo Lula,
    o que por certo o fará contra o governo Dilma.

    Assim, o Rima-Rica está de volta, pela leniência
    de todos os políticos que apoiam o governo,
    para prosseguir na sua tarefa de fazer mal
    a todo o povo brasileiro e, portanto, ao Brasil.
    .
    .

    FrancoAtirador

    20 de agosto de 2011 às 10h00

    .
    .
    ESCÂNDALO DA ERA FHC (Parte 2)

    Quem se lembra do caso da máfia dos precatórios do DNER [atual DNIT] ?

    No entanto, as denúncias levaram a um processo de investigação interna na Corregedoria da Advocacia Geral da União (AGU). Descobriu-se que em 41 processos de indenização movidos contra o DNER os procuradores aceitaram realizar acordos desvantajosos, que não representavam economia para os cofres públicos. Ao contrário, davam prejuízo. A Corregedoria confirmou as denúncias e apontou a ‘‘má fé’’ dos procuradores do DNER, que teriam autorizado o pagamento irregular de R$ 122,9 milhões em indenizações. Outros R$ 752,5 milhões só não foram pagos por intervenção da AGU, do Ministério Público e do Poder Judiciário.

    Conforme determinação da Corregedoria, o relatório deveria ser encaminhado ao Ministério Público Federal, à Receita Federal, à Ordem dos Advogados do Brasil, ao Tribunal de Contas da União e ao Ministério dos Transportes para as providências cabíveis. O Ministério dos Transportes recebeu a documentação, mas a AGU não enviou o relatório aos demais órgãos. As determinações da Corregedoria foram publicadas no Diário Oficial. Agnelo requereu cópias da documentação ao advogado-geral da União na época, Gilmar Mendes, que posteriormente seria premiado com a nomeação para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

    Mendes negou-se a entregar os documentos, sob o argumento de que o relatório estava coberto por sigilo. O Ministério dos Transportes também negou o documento a Agnelo. A Polícia Federal pediu informações, não as obteve e recorreu à Justiça para conseguir o relatório. Quando a PF recebeu o documento, sob ordem judicial, o Ministério dos Transportes remeteu-o a Agnelo, que iniciou a coleta de assinaturas de parlamentares para instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito do DNER.

    Assinado pelos corregedores da Advocacia Geral da União Alexandre Penido Duque Estrada, Zadiel Lobato de Oliveira e pela advogada da União Ana Valéria de Andrade Rabêlo, o relatório de correição 067/2001, enumera várias evidências e documentos para demonstrar que a decisão de fazer os acordos extra-judiciais que deram prejuízo aos cofres públicos teriam não só o conhecimento, mas também o aval do ministro dos Transportes, a quem caberia a decisão final sobre o assunto. Um dos corregedores que assinam o relatório, Zadiel Lobato, foi afastado da AGU depois de concluído o relatório.

    O Correio Braziliense teve acesso ao relatório. De acordo com reportagem publicada pelo jornal, o esquema começara em 12 de dezembro de 1998, quando o chefe de gabinete de Padilha, Raimundo Dantas dos Santos, solicitou ao consultor jurídico, Arnoldo Braga Filho, estudos iniciais para a implantação de um cadastro informatizado de demandas judiciais. A solicitação fazia referência a um despacho do próprio ministro feito na mesma data e concluía com a seguinte observação: ‘‘Os acordos administrativos firmados com as empresas vinculadas/MT e a autarquia DNER só serão consumados depois do aprovo do titular desta pasta’’.

    Em conseqüência desta solicitação de Raimundo, o então procurador-geral do DNER, Rômulo Fontenelle Morbach, baixou a instrução normativa PG nº 001, de 13 de janeiro de 1999. Nessa instrução, ele determinava que fossem feitos os cálculos dos precatórios mais altos, acima de R$ 1 milhão, ‘‘de modo a dar celeridade aos pagamentos’’. E também a suspensão temporária de acordos judiciais até ‘‘segunda ordem e aprovação do Orçamento/99’’. Concluindo: ‘‘Sobre este assunto, o senhor ministro dos Transportes deverá ser pessoalmente notificado das respectivas propostas’’. Assim, Morbach deixava claro que Padilha tinha de ser informado sobre qualquer proposta de acordo extra-judicial, pelo menos desde 13 de janeiro de 1999.

    O relatório apontava outras evidências de envolvimento do ministro no esquema. Um fax do dia 14 de maio de 1999, em que o assessor especial do Ministério dos Transportes, Marcos Antônio Assi Tozzatti, solicita ao diretor-executivo do DNER, Haroldo Mata, que providencie dois empenhos (reserva dos recursos orçamentários para pagamento posterior) no valor de R$ 1,6 milhão para pagar precatório em nome de Jean Pierry Roy Júnior. Tozzatti deixa claro que o pedido não é seu. É, conforme ele escreve no início do bilhete, ‘‘de ordem do excelentíssimo senhor ministro dos Transportes, Eliseu Padilha’’.

Fabio_Passos

19 de agosto de 2011 às 23h28

Não tenho dúvida que fhc fez o governo mais corrupto da história do Brasil.
Investigada as negociatas sujas da privataria… fhc vai em cana!

Responder

    MARIA

    20 de agosto de 2011 às 13h34

    Inocencia heim…Quando um bandido protegido com unhas e dentes pela mídia e pela elite do país vai em cana? A gente tem que esperar o CAPETA buscar esse traste mesmo porque justica a ele aqui no Brasil não vai rolar infelizmente.

    Fabio_Passos

    20 de agosto de 2011 às 17h48

    Eu penso que o fhc corre riscos se colocar os pés em bairros populares.
    E não sinto pena. Ele merece.

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 19h34

    E o plano real? Cópia mal feita do plano de estabilização da Estônia, que deixou muitos amigos podres (!) de ricos. Daí nasceu o Opportunity do Dantas e do criador de cavalos.

Porra_Serra_

19 de agosto de 2011 às 23h10

Para quem quiser ver, o requerimento para a CPI da Corrupção de 2001, que graças a liberação de verbas aos parlamentares, o FHC conseguiu abafar: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u1

Na época, o senador Cassildo Maldaner (PMDB/SC) classificou as denuncias: "o Brasil precisa de uma operação 'Mãos limpas' como a que ocorreu na Itália"

Devido ao escândalo de compra de parlamentares, cinco juristas (Celso Bandeira de Melo, Dalmo Dallari, Fábio Konder Comparato, Gofredo da Silva Telles e Paulo Bonavides) protocolaram o pedido de impeachment do presidente Fernando Henrique Cardoso por crime de responsabilidade. Veja abaixo a íntegra da matéria que saiu na Folha de São Paulo sobre o processo de impeachment. Aécio Neves salvou o FHC de ser derrubado:

Responder

@sergiobio

19 de agosto de 2011 às 23h03

Isso choca, mas dá um certo alívio de ver, em que pese que a corrupção não tenha acabado (talvez nem diminuído), que pelo menos agora, cada vez mais, medidas efetivas são tomadas.

Quem dera o Governo de Minas seguisse o exemplo do Governo do Brasil.

Responder

Eu sei!

19 de agosto de 2011 às 22h59

Eu entro neste site com um propósito: repudiar qualquer comentário, pensamento, idéia(impossível) de Eu não sabia. Meu sentimento por voce é ódio no mais puro estado. Voce instiga meus sentimentos primitivos

Responder

    Marcos C.Campos

    20 de agosto de 2011 às 13h09

    Vai tranquilo que é facil derrubar, o cara é que é ódio puro, sem falar na inveja.

    ANNA

    21 de agosto de 2011 às 01h24

    o defeito do " eunãosabia" é que ele NÃO SABE ..QUE NÃO SABE., e pensava que sabia e tem dúvidas se não sabia..kkkkkkkkkk.
    ó coitado!

    El Cid

    21 de agosto de 2011 às 10h37

    conta com a gente, camarada !!

    Ronaldo Luiz

    21 de agosto de 2011 às 12h24

    Realmente o cara não sabe de nada. Como alguem pode afirmar que o Lula segui exatamente o que o FHC fazia? Com crise ou sem crise o Brasil sempre se lascava. E nós brasileiros aprendemos a achar que era nosso destino. Hoje com crise ou sem crise o Brasil avança, cria empregos, importa, exporta, cria escolas técnicas, desenvolve a construção naval, civil, automobilistica. Tudo ao contrário do que ocorria com FHC. Como alguem pode não saber disso?

    EUNAOSABIA

    21 de agosto de 2011 às 12h27

    Ai!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Adoro esses insitintos primitivos!!!!Qual eu e-mail ou telefone,hein???????

Gustavo Pamplona

19 de agosto de 2011 às 22h48

Alguém me mandou isto aqui… do blog do Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas Roque Clube

[Eu não matei NORMA.]
http://bloglog.globo.com/blog/blog.do?act=loadSit

Norma, para quem não sabe foi a personagem da atriz Glória Pires na novela Insensato Coração.

A crítica dele é boa, é algo que sempre pensei também…. a Globo faz o país inteiro parar para assistir uma novela, ainda mais o final delas para discutir uma "banalidade" como estas…

Isto me lembra o "Quem Matou Odete Roitman" da novela Vale Tudo e também a novela "A Próxima Vítima" que nem lembro mais quem foi que matou e quem assassinou e estou com preguiça de procurar no Google isto.

O mais interessante é que o blog dele está no Globo.com, eu acho que ele tem que tomar cuidado com o que diz ou logo, logo, vai acabar sofrendo uma limpeza ideológica.

Detalhe: Não sou "noveleiro", ok?

—-
Gustavo Eduardo Paim Pamplona – Belo Horizonte – MG
Desde Jun/2007 não discutindo banalidades novelísticas no "Vi o Mundo"! ;-)

Responder

EUNAOSABIA

19 de agosto de 2011 às 22h27

Eu fico é muito satisfeito quando leio esse tipo de artículo… vejo que quem está perdido são as colunas petistas… totalmente perdidos e sem saber como reagir…

Sabe o motivo do desespero de muitos apoiadores do PT??? é que eles já se deram conta, e sacaram isso desde o começo, que essa faxina da Dilma está é detonando com o Lula…. a faxina da Dilma está limpando a sujeira que foi gestada no governo Lula… esse é o grande desespero dessa turma… Dilma está queimando Lula legal… fosse Serra… seria mais fácil de se defender… mas não… é a própria Dilma quem está detonando com o governo corrupto de Lula e sua base de apoio…

Tem mais uma coisa… se isso foi um movimento involuntário ou se isso foi uma peça de marketing do governo, agora não tem mais volta… a faxina ganhou vida própria, saiu de contole de Dilma ou de seu marketeiro.. ou a faxina continua ou Dilma perde credibilidade… é uma ação sem volta… isso já ganhou as mídias eletrônicas…

Esse é o desespero desses tipos… e tem mais… ver Dilma abraçando e ao lado de FHC deve dar uma urticária do cacete em certas pessoas.

Responder

    Fabio_Passos

    20 de agosto de 2011 às 01h28

    Então você acha que a Dilma vai trair o Lula e apoiar o fhc em 2014?

    Alexei_Alves

    21 de agosto de 2011 às 16h51

    Fabio. Tomara que outros direitistas sejam tão ingênuos quanto o EUNAOSABIA. Enquanto eles sonharem com essa "troca de lado" evitarão atacar diretamente a Dilma. Quando ela subir no palanque de mãos dadas com Lula em 2014 vão ficar tudo com cara de pastel….

    Fabio_Passos

    21 de agosto de 2011 às 18h17

    Tão mais perdido que azeitona em boca de banguela.
    Merecem a chacota.

    SILOÉ-RJ

    20 de agosto de 2011 às 02h18

    Já sei que você é um factóide, portanto…

    Alexei_Alves

    20 de agosto de 2011 às 04h40

    Pois eu tô rindo aos montes vendo os tucanos abanando o rabo e elogiando quem os derrotou. Coitados acham realmente que vão conquistar a Dilma porque ela foi em algum evento oficial administrativo em SP. Santa ingenuidade. Acham mesmo que ela vai esquecer quem foi o pessoal que a agrediu e a caluniou. Que a chamou de aborteira, terrorista e assassina. Acham que ela vai se voltar contra as pessoas que sempre estiveram do seu lado e que a colocaram onde ela está agora? Pura ingenuidade. Isso se chama jogo de poder, e o PT continua dando um baile no PSDB nisso.

    Pois eu acho ótimo que a direita viva esse auto-engano. Enquanto sonham em isolar o Lula só aumentam a popularidade da presidenta petista do Brasil. Que ótimo. Continuem assim. Deem corda para ela os enforcar. Na próxima eleição a gente conversa.

    A oposição continua mais perdida que nunca. Bastou uma visitinha cerimoniosa pra esquecerem que, quando ela precisou de conselho, como escolher o ministro da defesa por exemplo, foi falar com Lula.

    yacov

    20 de agosto de 2011 às 15h53

    AHuhauhauhuahuahuahuhauhauhuahuahua….. È muita merda para um cérebro só. É de dar pena, realmente. Esse mané é um cabeça de pinico… Ahuahuahuhauhauhuahuahuahu…. Eles fazem tudo para separar a criatura e seu criador, e agora querem que a gente impeça a faxina da DILMA, pois isso vai atingir o LULA,como se estivessem muito preocupados com o LULA e com a nossa falta de visão sobre isso… Que psicólogo de boteco de araque. Huahuahuhahauhahuauhu… Mas não deixa de ser engraçado vê-los se borrando de medo do LULA. TREMAM pazzos da direita maldita e obsoleta!!! O povo sabe muito bem que o LULA teve que aturar as suas fraudes por 8 anos para manter a governabilidade. Mas agora chegou a hora de cobrar a fatura, e olha que a conta é bem alta… E quem vai cobrar esta conta, com juros e correção, é a PRESIDENTA DILMA. VAZA, çERRA, VAZA!!! Levanta a bola pra DILMA cortar,meu garoto!!! ahuahuahuhauhuahuhauhuhauhuahuhuahuhauhuahuhauhuahuahua…. VARRE, DILMA, VARRE!!!!

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na glOOB – O que passa na gloBo é um braZil para TOLOS”

    SILOÉ-RJ

    21 de agosto de 2011 às 16h31

    E dá mesmo!!!
    Só de vê-la próxima desse sarnento fico toda empolada, sorte da DILMA que ela é vacinada.
    Pra seu governo, de agora em diante vai ser: 8 anos com revesamento para cada um "ad infinitun".
    Continuo exercitando o meu raciocínio…

    Miss Syssi

    08 de setembro de 2011 às 07h36

    Eu nao sabia e conintuo nao sabendo deveria ser seu codnome.
    Seu discurso é vago, discontinuo e sem fundamento. Tenho certeza que vc nao fez doutorado na Harvard, nem em Oxford, nem mesmo na Sorbonne. Alias me pergunto onde vc aprendeu a pensar….

Paulo Chacon

19 de agosto de 2011 às 22h21

O fhc(minúsculo mesmo) não está apoiando a Dilma. Ele é falso e dissimulado. Ele está SE apoiando na Dilma. Ele faz qualquer coisa para estar na mídia. Quando puder dará o bote e atacará a nossa Presidenta.
Não se esqueçam, ele é tucano e tucano não presta.

Responder

    EUNAOSABIA

    20 de agosto de 2011 às 09h35

    Quem presta mesmo são os 40 bandidos da SOC.. com o chefão deles ocupando uma sala ao lado do….todo mundo sabe de quem eu falo….

EUNAOSABIA

19 de agosto de 2011 às 22h17

Patolino… o cara tá cheio de ódio, velho… é fácil notar quando o cara escreve com o fígado, a bilis está exposta… 90% do que esse cara escreve já foi mais do que desmascarado, um show de sandices mesmo.. deixa que ele sucumda a seu ódio… empresas de telefonia mesmo.. a justiça além de inocentar de todas as acusações que o PT fez contra o pessoal de FHC, ainda deu um baita de um esporro no PT, dizendo que o partido estava no poder e dispunha de todos os meios a fim de provar que houve corrupção e nunca provaram…a Vale do Rio Doce, foi vendida pelo valor em bolsa, essa foi a base… você conhece outra forma de avaliar o valor de uma empresa que não seja o valor cotado em Bolsa??? outra coisa sobre a Vale… o governo vendeu a parte que era dele, o que era dos acionistas privados e que era a maior parte não foi vendida, afinal já era privada mesmo.. a Vale foi vendida pelo que valia em bolsa e aquilo que era do governo..

Pasta rosa?? cadê essa pasta rapaz??? isso aí não foi treta do Maluf a mando do PT???

O cara tá babando de ódio Patol…

PROER?? de onde saiu o dinheiro??? tu sabe o que é ""moeda escritural"" Patol???? e claro que não … velho, o dinheiro do PROER, foi em sua maior parte dos próprios bancos, moeda escritural, compulsório… o PROER foi tão ruim que Lula e Dilma o elogiaram em matéria paga no exterior…. lembra??? ou seja… fosse o Lula a fazer o PROER… ele seria o gênio máximo da galáxia.. como foi FHC… não presta… vocês não enganam ninguém Patol… outra coisa.. Lula fez um "mini PROER"" em 2008 na crise financeira.. foi saudado como PhD em economia do sistema solar… fez um PROER meia boca, igual ao de FHC.. só que menor.. um gênio claro…

Emenda da Reeleição?? FHC deve ter comprado tantos votos que comprou até o voto dos petistas… já que o placar da votação avançou muito além da base que FHC tinha, chegando mesmo a ser bem menor do que era a oposição incluindo o PT… esse FHC é bom mesmo… comprou ate o PT…

Esse cara destila um monte de baboseiras sem provas… fruto de um ódio doentio mesmo…são as famosas denúncias lançadas ao léu…

Patolino.. tu não dá nem pra saída mano…

Me responde uma coisa??? onde está o áudio ou o vídeo onde FHC diz que ""esqueçam o que escrevi"""?? rapaz.. isso foi mais uma invenção dos achincalhadores de reputação do PT… invetaram essa… é a velha máxima de guebels… uma mentira contada muitas vezes… esse é o PT velho de guerra..

Deixa esse cara pra lá… se está cheio de ódio problema dele…

Responder

    Leider_Lincoln

    20 de agosto de 2011 às 09h34

    Ah… E eu… Achando… que você… havia começado… cara!

    A escrever…velho… de uma maneira…

    menos…

    Caricata???

    É um mocó mesmo. Me fala "sientista". Você tem algum artigo publicado? Por que se sua matemática e sua teorização forem como sua escrita…

    Marcos C.Campos

    20 de agosto de 2011 às 13h03

    Em trollice o cara é dez, veio, mano, brodi.

    EUNAOSABIA

    20 de agosto de 2011 às 13h43

    Ai,Leider Gostosão!!!Que ódio de mim!!!Pára com isso,amor!!!Ai!Ui!

    Bonifa

    20 de agosto de 2011 às 15h12

    Eunaosabia! Mantenha pelo menos a compostura. Agora, será que não dava para ser mais breve em seus comentários? A menos que você ganhe por linha escrita…

    El Cid

    21 de agosto de 2011 às 10h41

    você está dando todos os motivos para algum ser homofóbico aqui… tsc, tsc, tsc

    Jorge Leite Pinto

    20 de agosto de 2011 às 10h45

    Poucas vezes li um comentário tão cínico como este. É tanta ignorância e mentira que só pode ser cinismo…
    Ainda por cima com essa gíria "mano"…
    É outro que se esqueceu de tomar o remedinho pros delírios…

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 13h41

    Não se pode inventar história alternativa, isso que tu faz é ridículo, reeleição tem gravações da compra dos votos sim, não é o que você acha que aconteceu, na adianta inventar subterfúgios, isso é fato com provas inclusive. Vale é um absurdo o que você diz, as reservas de minério na época eram estimadas em 1 trilhão de dólares, a empresa valia no mínimo 30 bilhões e foi vendida com preço bem inferior, isso também é fato sem falar que no mesmo ano da venda lucro de 1 bilhão, é a realidade. A venda das teles tem gravação do presidente do BB que fala que do jeito que as vendas seriam era totalmente ilegais, e fhc criou daniel dantas sem falar que investiram 20 bilhões tempos antes para deixar a empresa em dia para compra. A quebra do monopólio foi outra alteração da constituição feita com muito dinheiro, o psdb ganhou muito dinheiro, as vendas de ações da Petrobras em Nova Yorque/ Eua com preço bem inferior ao que valia, preparou a Petrobras para privatização e graças ao Lula hoje a Perobras ainda é estatal e fortaleceu a empresa, ia ser outra sangria do patrimônio público, estava tudo pronto senhores a Petrobras ia ser vendida em partes, o psbd começou com a Refap, depois seria a Reduc e em seguida a refinaria de Manaus, essas refinarias seriam uma SA, após alguns anos uma empresa viria e compraria todas elas e então Petrobras lentamente seria privatizada, graças ao Lula foi revertido isso e comprou de volta a Refap.Agora imaginem qual seria a empresa que compraria todas no final?
    Sem falar da venda da ditribuidoras de energia elétrica que foi um roubo sem precedentes na história da humanidade, o BNDES financiou a própria compras da estatais brasileiras, ou seja chegamos ao ponto de nós mesmos dar dinheiro para a AES, americana, vir aqui e comprar as nossas empresas e quando venceu o empréstimo a AES não pagou um centavo e enquanto isso mandava dinheiro para os eua, depois de toda essa sacanagem o BNDES foi obrigado a assumir parte da empresas para não deixá-las falir.
    Tem muito mais coisas a falar , exemplo a construção do gasoduto Brasil-Bolívia que foi um desastre para a Petrobras que bancou toda a obra, o Exército inclusive recomendou que não fosse construido o gasoduto, os engenheiros da Petrobras lançaram vários manifestos contra a construção do gasoduto e mesmo assim fhc construiu, pior que depois de construído o gasoduto a Petrobras entregou mais de 50% do gasoduto para uma empresa privada, esse tipo de negócio somente os amigos do rei tem direito. EUNAOSABIA tem muito mais coisas para falar e com provas muito fáceis de serem obtidas, agora me prova qual era o valor da Vale no momento da compra. Tudo isso que eu falei é só começo, nunca houve na história do Brasil um sangria tão grande do patrimônio público e com cumplicidade da mída, não é a toa que hoje a Vale anuncia valores gigantescos em jornais e revistas tudo isso para comprar o silência da mídia.

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 14h21

    Para que uma emenda constitucional seja aprovada são necessários três quintos dos votos de todos os deputados e senadores. A votação de uma emenda se dá sempre em dois turnos na Câmara e no Senado. Você não deve ter lido, mas era grande a chance de não se aprovada a reeleição,era insegurança total para o psdb, não se tinha consenso sobr a provação da reeleição o que você está confundindo é votação segundo turno na câmara depois que foi aprovada na câmara e senado, não mistura os assuntos, vale lembrar que foram os próprios deputados do PFL que denunciaram a compra da reeleição.
    Outo fato que mostra o desastre que foi o fhc foi o apagão que ocorreu por total falta de palnejamento( era quem mesmo ministro do planejamento?) ou seja não existia produção suficiente para bancar um crescimento pífeo, praticamente ZERO da economia.
    Outro negócio da china no (des)governo fhc, durante apagão foi incentivado a construção de termoelétricas bancadas pela Petrobras, poderia construir termoelétricas que mesmo não produzindo seria remunerado como se estivesse produzindo e a Petrobras bancava tudo. No governo Lula a Petrobras teve que comprar essas termoelétricas para não ficar sempre no prejuízo.
    Outro fato do fhc, hoje pagamos as taxas de telefone mais caras do mundo, internet uma das mais lentas do mundo, só não perdemos para alguns países da áfrica e extremamente cara. Hoje graças as privatizações temos Light bueiros voadores S.A a Light é exemplo claro que a privatização era uma mentira, prometeu que após privatizadas as empresas poderiam investir, modernizar e tudo mais, mas a Light mostrou a mentira que foi essa conversa, a rede elétrica da Light está podre, ou seja só teve investimento quando era estatal agora privada nem a rede elétrica mantém em dia.

    O sem nick!

    20 de agosto de 2011 às 15h54

    Meu caro,sobre as Teles,o governo teve duas oportunidades de revisão dos contratos pós privatização,uma em 2003 e, outra,agora ,já no governo Dilma.,a próxima será em 2023.Não mudaram absolutamente nada.Por quê?As teles são campeãs de reclamações nos Procons. A assinatura,é sim,uma das mais caras do mundo,por que o governo(ANATEL) não faz nada?E,muito pelo contrário,o que fizeram,foi facilitar a entrada das Teles,no segmento de TVS por assinatura,com interferência e apoio direto do min. Paulo Bernardo.Acontece,que não interessa mudar,até porque,as Teles e construtoras são as que mais doam dinheiro pra campanha do PT.E,só como exemplo a OI,a maior delas,pertence a Andrade Gutierrz.O PT que era contra tudo e todos,hoje,convertido a favor de tudo e todos.

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 19h31

    Revisão do funcioanmente não da propriedade, não confundi os assuntos revisão do funcioanmente não da privatização.

    O sem nick!

    20 de agosto de 2011 às 22h32

    Cara,não enrola e, não foge do assunto.Revisão e renegociação dos contratos,ou seja,investimentos obrigatórios,qualidade e custos dos serviços,penalidades..etc,e atuação, gestão efetiva da ANATEL do segmento,coisa que não faz,muito pelo contrário,só vê o lado das empresas,o consumidor sempre pra depois.E,se aprivatização foi tão ruim assim,tão noçiva ao país(não foi),por que o governo jogou no colo das Teles a TV por assinatura?kkkkk! Não respondeu!Mas eu sei a respostas e,te digo,não tem almoço grátis,se eu te financio,quero que defenda meus interesses.Ou não?E quanto a propriedade,seria um retroçesso,só estatizando de novo,aí vem os cabidões,abrigos pros cumpanherus,aparelhamento…etc.Nem pro PT interessa mais isso,afinal,está se dando muito bem com capitalismo…kkkk!

FrancoAtirador

19 de agosto de 2011 às 22h17

.
.
As privatizações da Vale do Rio Doce e da EMBRATEL dizem tudo.
.
.

Responder

FrancoAtirador

19 de agosto de 2011 às 22h08

.
.
FHC demorou até 200 dias para demitir ministro denunciado.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou em artigo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por ter demorado onze dias para demitir o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci. Entretanto, esqueceu que ele próprio demorou sete meses para demitir o seu ministro dos Transportes, Eliseu Padilha, envolvido em várias denúncias, entre elas remessas ilegais de divisas para o exterior.

A constatação foi feita em levantamento publicado nesta terça-feira pelo Jornal do Brasil. “O calendário não mente na comparação do tempo que permeou a derrocada de Palocci com o desgaste de alguns dos principais assessores de FH: o ex-ministro peemedebista Eliseu Padilha (Transportes), por exemplo, passou longos sete meses sendo fritado desde a primeira denúncia que o envolveu com remessas ilegais de recursos para o exterior”, diz o jornal.

A acusação contra Padilha surgiu em março de 2001, mas Padilha só foi afastado por FHC em outubro. Segundo recordou o JB, o ex-ministro teria informações sobre o pagamento de dívidas judiciais do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) pelo menos desde 1997. “As fraudes no extinto DNER levaram o Ministério Público Federal a denunciar Padilha, o ex-secretário-geral da Presidência da República Eduardo Jorge Caldas Pereira e outros 14 suspeitos, entre funcionários públicos, empresas e lobistas.”

Ao fazer a crítica a Lula, o ex-presidente ignorou o telhado de vidro tucano. Em seu artigo, o ex-presidente tucano disse que teria demitido, “por muito menos”, muitos ministros que não tinham culpa no cartório e se disse indignado com a demora na demissão de Palocci.

Abaixo, a lista de alguns ministros que caíram durante o governo FHC, depois de permanecerem longo tempo no cargo, mesmo com várias denúncias contra ele. A lista foi publicada pelo JB:

“Eliseu Padilha –

Denúncia: 8 de março de 2001. O ex-ministro de Fernando Henrique só caiu em 24 de outubro, mais de sete meses depois. Padilha foi acusado de envolvimento com esquema de remessas de recursos ilegais ao exterior. À época, as investigações assinalavam que o ex-ministro dos Transportes tinha informações sobre o pagamento de dívidas judiciais do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) pelo menos desde 1997.

Élcio Álvares

Denúncia: em 12 outubro de 1999 apareceram indícios de envolvimento com o crime organizado. Élcio deixou o governo em 19 de janeiro de 2000. O ex-ministro da Defesa foi acusado de encobrir traficantes no Espírito Santo.

Mauro Gandra

Denúncia: As transcrições dos grampos teriam sido descobertas por FH em 9 de novembro de 1995 e o ministro da Aeronáutica se demitiu no dia 19 de novembro. O ex-presidente do Incra Francisco Graziano teria ordenado grampo telefônico, que acabou flagrando o então embaixador Júlio César dos Santos ao arquitetar a escolha da empresa que forneceria os equipamentos do projeto Sivam. Na gravação ele cita o nome de Gandra. O embaixador também foi afastado.

Mendonça de Barros

Denúncia: Os grampos teriam sido feitos no dia 28 de julho de 1998, mas a crise só foi deflagrada em 8 de novembro. Mendonça pediu demissão no dia 21, 13 dias depois do início da crise. Durante a privatização da Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas de Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e o ex-presidente do BNDES André Lara Resende. Na gravação eles articulavam o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende. Até FH entrou na história. À época, especulou-se que o ex-presidente teria autorizado o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão.”

http://www.ptmg.org.br/conteudo.php?MENU=13&L

Responder

Silvio I

19 de agosto de 2011 às 22h00

Altamiro:
Você não colocou mais por ser muito comprido o esqueceu da metade como mínimo. Como são as coisas em nosso querido país. Uma moça pegou umas bolachas em um supermercado para dar a sua filha para comer.E pegou quase um ano de cadeia,inclusive perdeu um olho por maus trato, na cadeia. Saiu pela intervenção de uma advogada e a mobilização de uma juíza. E esta gente goza de boa saúde, sem ter que dar conta a ninguém de seus extraordinários atos em beneficio do povo do Brasil ,e de este em particular.

Responder

José Maia

19 de agosto de 2011 às 21h58

Dilma começa a cair na armadilha e entregar a re-eleição.

Responder

    beattrice

    20 de agosto de 2011 às 08h29

    Começou a cair na armadilha na noite em que foi ao festim diabólico do Tavinho.

El Cid

19 de agosto de 2011 às 21h51

… será que FHC já percebeu os erros que cometeu, e os acertos de Lula e do PT?

sem bem que ele não tem coragem de assumir isso em público…

Responder

    EUNAOSABIA

    19 de agosto de 2011 às 22h34

    Lula é um usurpador de obra alheia.. ele mesmo não fez foi nada… absolutamente nada, até os tais dos programas sociais não foram obra dele e sim de Dona Ruth Cardoso, já que o Bolsa Família é o Bolsa Escola com nome trocado.. toda a macro economia é a mesma de FHC… eu sei que isso doi em vocês…sabe o que o Financial Times não se cansa de dizer sobre o grande mérito de Lula?? TER FEITO O NADA…

    O FT deve ser do pigue…

    Fabio_Passos

    20 de agosto de 2011 às 01h32

    Você crê que quando a população souber destas verdades o Lula será finalmente desmascarado e fhc reerguido nos braços do povo?

    Alexei_Alves

    20 de agosto de 2011 às 04h45

    O disco desse troll aqui tá arranhado

    El Cid

    20 de agosto de 2011 às 05h15

    o FHC deveria ser como você, Piu-Piu: assumir a idiotice em público…

    Gersier

    20 de agosto de 2011 às 10h48

    "sabe o que o Financial Times não se cansa de dizer sobre o grande mérito de Lula?? TER FEITO O NADA… "
    Ainda bem. Imaginem se o Lula tivesse seguido os conselhos de norte americanos, como o fgagac fez, estaríamos no bico do urubu.
    E os mais de 16 milhões de empregos,as 12 Universidades,entre elas as latinas,uma no Sul e outra no Nordeste,as 200 escolas técnicas espalhadas Brasil afora,os polos petroquímicos e a indústria naval recuperados,as ferrovias que se alastram e as rodovias recuperadas e duplicadas,a valorização da PETROBRAS que descobriu o Pré Sal e tudo o mais seriam apenas sonhos.
    Mas esperar o que de uma imprensa cujo pais pensa ser o dono do mundo e que acha que a capital do Brasil é Buenos Aires e que a Amazônia é tratada como se deles fosse?
    Pois é,o não sabia também é um cara bem informado.

    EUNAOSABIA

    20 de agosto de 2011 às 12h19

    Para de mentir tocador de tuba a soldo… que 12 universidades são essas??? só na tua cabeça que placa em terreno baldio é universidade… a petrobrás é o que é hoje graças lei do petróleo que vocês foram contra mas não mudram nada… esse pré sal ja se sabe dele desde Deodoro da Fonseca rapaz…

    Petrobras descobriu o pre sal… qua qua qua… para de mentir tubeiro…

    12 universidades… qua qua… pingo de solda ou placa caida???

    macro economia é toda a mesma… Lula jamais teria competência para mudar algo.. sem estudo e mal assessorado.. levaria o farelo…

    Gersier

    20 de agosto de 2011 às 13h47

    Õ sabichão bem informado pelo PIG,só no meu Estado foram tres e já em pleno funcionamento.Já que o seu PIG não lhe informa nada, pesquise e descubra pelomenos onde estão as faculdades latinas onde os estudantes de paises sul americanos aprendem o portugues e os brasileiros a lingua espanhola,também conhecida como castelhano.A outra em que metade são alunos oriundos da África que querem voltar e servir aos seus paises.Só uma dica,uma dessas alunas foi entrevista pelo seu PIG dias atras.Uma coisa tenho que concordar com vc,quem descobriu o Pré Sal não foi a PETROBRAS, foi minha santa maezinha. Outra falácia que tenho que concordar com vc é que Lula jamais teria condição de mudar alguma coisa porque não tem "estudos". O mesmo posso dizer do fundador do BRADESCO o maior banco privado do Brasil,o Sr.Amadeu Aguiar,do dono das Casas Bahia,Sr. Samuel Klein, do Sr. Antônio Nascimento fundador de uma das maiores construtoras do Brasil, ou do Sr. Tramontina,cujo nome já identifica sua "pequena" empresa.São só alguns exemplos de imcompetencia por não terem"estudos".Exemplos a serem a seguidos são os do cerra,do fgagac,do álvaro ético dias e sobretudo do ébrio "aecin" em cujo estado atualmemnte falta até papel para lavrar ocorrências policiais.

    EUNAOSABIA

    20 de agosto de 2011 às 14h48

    Lula deu sorte rapaz… pegou tudo pronto de FHC… ficou oito anos mentindo de cima de seus palanques em puro embuste e demagogia e a China e o déficit público dos EUA fizeram oresto por ele…. até o tiririca faria a mesma coisa que Lula… bastava ficar oito anos sem fazer NADA…

    Num medíocre Ctrl C e Ctrl V de FHC… o resto é panfletagem… sem essa rapaz…

    Fabio_Passos

    20 de agosto de 2011 às 17h18

    Você acredita que se os problemas vividos no governo fhc aconteceram porque ele é azarado?

    @anabellbar

    20 de agosto de 2011 às 14h18

    E vai continuar não sabendo nada!

    Rafael

    20 de agosto de 2011 às 14h29

    Você está completamente enganado sobre o bolsa escola, esse programa foi uma imitação de um programa do governador do DF, Cristovão Buarque, na época do PT. Uma atitude que é muito comum no psdb é assumir paternidade do que é não seu, os genéricos serra malandramente se diz pai e esqueceu que quem criou o programa foi Adib Jatene, serra só teve sorte em assinar, mas não fez nada para implantar os genéricos, vale lembrar que os genéricos já existiam a mais tempo na europa, fhc assumiu um filho, 18 anos depois e a pouco tempo descobriu que foi enganado.

    betinho2

    20 de agosto de 2011 às 14h41

    Rafael
    Essa assunção de paternidade alheia ficou comprovada pelo "manso" com a global recentemente, para comprovar tua acertiva. E fez escola, está aí o EUNUCOMENTAL que não nos deixa mentir, querendo assumir "filho" dos outros

Luiz Fortaleza

19 de agosto de 2011 às 21h43

Nem eu mais me lembrava disso… somos um povo sem MEMÓRIA mesmo..

Responder

    Marcos C.Campos

    20 de agosto de 2011 às 13h12

    A gente não lembra detalhes, mas hoje em dia temos a internet para pesquisa rápido. O questão é o "sentimento" principalmente do povão . Este está com Lula e Dilma. Viram a Marcha das Margaridas ? Vocês acham que algum demotucano leva uma turma daquela para dentro de um recinto fechado ? Nem morto.

A propaganda da Nívea que deu o que falar | Viomundo - O que você não vê na mídia

19 de agosto de 2011 às 21h41

[…] A dupla FHC-Dilma Rousseff   […]

Responder

jaime

19 de agosto de 2011 às 21h36

Nem precisava um texto tão longo (nem assim conseguiu enumerar metade das falcatruas). Eu mesmo, que não sou nenhum expert posso perceber que o FHC não tem nada a perder e tudo a ganhar: se a faxina continuar, ele se põe de sócio e aufere dividendos, em cima de uma situação que ele mesmo criou; se não, está aberta a brecha para assumir de vez uma posição sólida na oposição. Em ambos os casos sai ganhando, com essa bóia que o governo atirou para quem já estava se afogando. Olha, com abraço de afogado é preciso muito cuidado…

Responder

    O sem nick!

    21 de agosto de 2011 às 12h03

    Quem está se suicidando é esse governo,com tanta corrupção,onde mexe,aparece!Estão morrendo,com seu próprio veneno..Será que vai sobrar governo?

marcio_cr

19 de agosto de 2011 às 21h33

A verdade é o seguinte.
Todos querem fazer a faxina, mas ninguém antes de Dilma teve os culhões para fazer.
Claro que nenhum presidente gosta de ficar refém de políticos fisiológicos e corruptos. Mas poucos tiveram a coragem de dizer não para eles. Ou será que já nos esquecemos que o FHC comprou os votos para aprovar a reeleição?

Responder

    Leeonel colombo

    21 de setembro de 2011 às 16h18

    Santa ignorância, e o que o PT faz, no congresso, seu marcio, não usa o toma lá da cá, outra coisinha, seu marcio, deixe de ser bobinho, a Criatura Dilma (a cria do lullinha), só toma alguma atitude contra os corruptos de seu governo, e olhe que são muitos, se for acionada, dado pilha , cutucada pela mídia, desde o Palloci,foi assim, chega a defender os corruptos, então não há mérito nenhum em fazer o que faz, será que ela como presidente não sabia dá ficha suja de seu pessoal, vai chegar o momento de outros, e ela sabe quem são, e não de adianta, isto é concluio, conivência, o Brasil precisa, desbancar esta quadrilha.

Gerson Carneiro

19 de agosto de 2011 às 21h32

Pior que a Dilma está caindo na lábia do FHC.

Ao tomar champagne com Otavinho Frias, no primeiro mês de governo, Dilma e todo o pessoal do alto escalão do seu time, cai no conto "Boa Noite Cinderela".

Responder

    EUNAOSABIA

    19 de agosto de 2011 às 23h40

    AI,GERSON!!!Esse seu chapéu de cangaceiro é tão sexy!!Ui!!Ai!Ui!Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii !!!!!!!!!!!!!!

    Leider_Lincoln

    20 de agosto de 2011 às 09h24

    Mas é mesmo um ignorante! Esse chapéu não é de cangaceiro, é de vaqueiro… Suponho que nosso colega faz isso por orgulho de suas raízes, coisa que amiúde faz quem não tem vergonha de si mesmo. De toda forma, o comentário demonstra bem a sua "jenialidade".

    Gerson Carneiro

    20 de agosto de 2011 às 12h36

    Leidão, Leidão… muita carma nessa hora, cumpadi. Não desperdice sua boa energia.O EUNAOSABIA é um fanfarrão. Abs.

    Leider_Lincoln

    20 de agosto de 2011 às 09h26

    Ah, vá se informar antes de sair falando bobagens, amigo! E parabéns por ter abandonado aquela sua forma ridícula de escrever. Já que não temos do "tipo inteligente", pelo menos que disfarcem sua estultice com um pouco de elegância formal, não é mesmo?

    SILOÉ-RJ

    20 de agosto de 2011 às 01h57

    Até parece que você não conhece a Dilma, quem teve que engulir o seu próprio sangue em sessões de torturas, jamais cairá em golpes xinfrins como esses.
    Política no sentido exato da palavra é o que ela está fazendo até agora e muitíssimo bem, não podemos esquecer que a grande mídia ainda é o terceiro poder e que alianças ainda são necessárias para a governabilidade sem as quais, pode tudo ir por água abaixo.

    Alexei_Alves

    20 de agosto de 2011 às 04h44

    Ou então é o FHC e o PIG que estão caindo na lábia da Dilma.

    beattrice

    20 de agosto de 2011 às 08h34

    Excelente definição.

Zé Fake

19 de agosto de 2011 às 21h29

Ai meu deus do céu, dai-nos paciência. Pelo menos é melhor do que ser surdo.

Se não me engano, Kennedy Alencar tá sempre fazendo servicinho sujo para a tucanagem, de maneira disfarçada, me lembro disso na campanha de 2010.

E Dilma pelo jeito continua a ser pautada pelo PIG. Se ela continuar nesse rumo corre sério risco de ver seus eleitores clamando pela volta de Lula em 2014.

Isso aí é uma lição pra aquele pessoal que fez coro com o PIG no episódio do Palocci. O PIG não vai dar mais folga, achou o caminho das pedras, vai continuar nessa campanha denuncista diuturnamente, agora que percebeu que Dilma cede fácil.

Responder

    César Sandri

    19 de agosto de 2011 às 22h44

    Não é isso que eu estou vendo, o povo apoia a faxina, e está vendo a diferença entre Lula e Dilma: a presidenta tem os culhôes que faltaram no Lula pra acabar com essa lambança do país.E se ela não tiver apoio no Congresso, vai ter apoio nas ruas, sinto que o povo começa a perder o medo de ir protestar.
    Entre Lula , que foi bom, mil vezes a Dilma!!!Que além da sensibilidade social do primeiro , tem coragem!
    Chega de malandragem, e Lula tbém é um bom malandro, esse país não aguenta mais corrupção, basta !!
    E Viva Dilma!!!

    beattrice

    20 de agosto de 2011 às 08h31

    E viva o lobby!

    César Sandri

    20 de agosto de 2011 às 11h15

    LObby de quem? De uma turma aqui para voltar com o Lula em 2014? Vcs estão com medo do Povo preferir a Dilma. É conhecida a rede que faz campanha pro Lula na net.
    Votei sempre no Lula, admiro-o , mas Dilma mostra que ele foi muito útil para o Brasil, mas já não serve mais, porque não enfrentou e não enfrenta o nosso maior problema que é a Corrupção.
    Chega de Malandros, quero seriedade , Viva DILMA!!!

    beattrice

    20 de agosto de 2011 às 19h35

    Lobby de quem quer defender que um gabinete com Cardozo Dantas pode ser sério e impoluto.

    zinguinha2010

    20 de agosto de 2011 às 12h21

    Caro César, Dilma só está Presidente em razão de Lula ter levado em banho-maria toda essa situação.
    Isso não significa que ele estivesse de acordo com esses esquemas, caso contrário, teria apoiado outro candidato na última eleição.
    Ele sabia que ela faria essa faxina.

    EUNAOSABIA

    19 de agosto de 2011 às 22h50

    Kennedy Alencar foi funcionário do PT na prefeitura de Marta Suplicy, de carteira assinada e tudo, deixa de sandices rapaz… eis o que ele mesmo escreveu..

    """"Mais: está registrada na Carteira de Trabalho a minha passagem pelo PT como assessor de imprensa entre abril de 1994 e julho de 1995. Atividade profissional, mas de natureza diferente da exercida na Folha de S.Paulo nos últimos doze anos –período no qual me esforço diariamente para oferecer com honestidade aos leitores o melhor que posso a respeito dos bastidores da política."""

    Vá se informar amigo…

    Marcos C.Campos

    20 de agosto de 2011 às 12h58

    Que que tem uma coisa com a outra. Já se passaram quantos ? 17 anos. Tu achas que ele é o mesmo cabra ?

    beattrice

    20 de agosto de 2011 às 08h32

    O PiG não vai dar trégua porque ele pauta o governo desde o festim do Tavinho, prestigiado pela Dilma, e os eleitores já estão chamando pelo Lula.

    Ronaldo Luiz

    21 de agosto de 2011 às 12h38

    Concordo. Enquanto a Dilma não enfrentar o PIG de frente, ele, o PIG ficará cada vez mais abusado.

FrancoAtirador

19 de agosto de 2011 às 21h25

.
.
O Brasil não esquecerá

45 escândalos que marcaram o governo FHC

O documento "O Brasil não esquecerá – 45 escândalos que marcaram o governo FHC",
de julho de 2002, é um trabalho da Liderança do PT na Câmara Federal de Deputados.

O objetivo do levantamento de ações e omissões dos últimos sete anos e meio do governo FHC, segundo o então líder do PT, deputado João Paulo (SP), não é fazer denúncia, chantagem ou ataque.

"Estamos fazendo um balanço ético para que a avaliação da sociedade não se restrinja às questões econômicas", argumentou.

Entres os 45 pontos estão os casos Sudam, Sivam, Proer, caixa-dois de campanhas, TRT paulista, calote no Fundef, mudanças na CLT, intervenção na Previ e erros do Banco Central.

A intenção da Revista Consciência.Net em divulgar tal documento não é apagar ou minimizar os erros do governo que se seguiu, mas urge deixar este passado obscuro bem registrado.

Leia o documento:

http://www.consciencia.net/o-brasil-nao-esquecera

Responder

    Aline C Pavia

    20 de agosto de 2011 às 18h45

    Resposta dos trolhas? cri – cri – cri

EUNAOSABIA

19 de agosto de 2011 às 21h23

Ódio puro.

Responder

    El Cid

    19 de agosto de 2011 às 21h49

    a verdade dos fatos e sinceridade deve corroer sua alma, né Piu-Piu ?

    Leider_Lincoln

    19 de agosto de 2011 às 22h46

    Verdade absoluta. Conheça a verdade e a verdade te libertará! Mas como não dá para dizer que é mentira, você, do alto da sua "çabedoria sientífica de omem teórico", diz: é ódio! Honesto, você, não?


Deixe uma resposta para El Cid

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!