VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Adilson Filho: Mídia e provocadores marcam protesto nas ruas do Rio
Política

Adilson Filho: Mídia e provocadores marcam protesto nas ruas do Rio


12/07/2013 - 09h40

por Adilson Filho, via e-mail

O ato convocado pelas centrais sindicais aqui no Rio de Janeiro começou a ganhar corpo por volta das 16 hs. Estava tudo correndo bem, com várias categorias unidas, os movimentos sociais e cidadãos empunhando suas bandeiras vermelhas e amarelas enquanto se concentravam na Candelária. De um dos carros que puxava a manifestação ouvia-se:

“Essa aqui é a luta dos trabalhadores do Brasil, homens e mulheres que vieram as ruas por um país melhor, aqui não tem lugar pra fascista; se você prefere ficar de máscara, por favor, respeite quem está aqui mostrando a sua cara com coragem e dando seu recado.”

De repente um sujeito atirou uma pedra na vidraça da Igreja principal, foi identificado e preso pela polícia. Nesse momento, algumas pessoas — muitas cobrindo o rosto com camisas — cercaram os policiais e começaram a atirar coisas.  A reação foi imediata. A diretora do SEPE [Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação], que estava num segundo carro, acertadamente pediu para que as pessoas não corressem, que não caíssem nas provocações desse pequeno grupo. Chegou inclusive a dizer para não hostilizarem a polícia que estava ali para garantir o evento e ressaltou ainda que PM também era da classe trabalhadora, tão explorada quanto muitos ali.

Mas o grupo estava mesmo empenhado, continuaram as provocações e a polícia reagiu da única forma (errada, registre-se) que sabe reagir nessas horas. Bombas, cassetetes pro alto e gás lacrimogênio.

Mais à frente, umas duas horas depois, um grupo de pelo menos 150 pessoas passou em fila indiana, todos de preto, com camisas no rosto e com aquela máscara do personagem britânico na nuca. A fila era interminável, e esse grupo carregava ainda um estandarte (também preto) com várias dessas máscaras estampadas. Como não poderia deixar de ser, chamou a atenção de todos que marchavam, gerando uma certa apreensão. Um amigo virou pra mim e disse aquilo que eu estava pensando: vai dar merda.

Não deu outra. Ao chegar à Cinelândia eles se concentraram mais ou menos na altura da Araújo Porto Alegre, esperaram a passeata chegar, foram puxando bandeiras, atirando coisas e partindo pra cima. Alguns manifestantes reagiram e a coisa esquentou. A polícia reagiu de forma mais incisiva ainda, o corre-corre foi geral e assim, desta maneira lamentável, acabou a manifestação.

PS do Adilson: A manifestação de hoje, não fosse a tentativa explícita de sabotagem, tinha tudo pra ser um grande ato de cidadania e de reivindicações positivas. Desta vez não havia ninguém de nariz de palhaço, enrolado em bandeiras estilizadas do Brasil, com cartazes divertidos dos mais variados, devidamente ‘produzidos’ para ocasião. Acho que agora está provado que as milhares de pessoas que ‘incendiaram’ as ruas no mês passado e que formaram o ‘tal do gigante’ que acordou receberam a lenha da mídia e a gasolina do Facebook. Quando a pauta conservadora deu lugar à pauta progressista, o gigante voltou ao seu sono profundo. Nas ruas, só ficaram os que nunca dormiram.

PS do Viomundo: Enquanto isso, em SP, a cobertura da mídia patronal foi completamente voltada para a desqualificação dos protestos.

PS2 do Viomundo: Aqui, fotos sugeridas pelo Bruno Machado, no Facebook, publicadas pelo blog do Garotinho — que a Globo não mostrou

Leia também:

O escracho contra a RBS em Porto Alegre

Em BH, o grito de “a verdade é dura”

Efeitos especiais em SP: “Globo sonega” e Herzog no lugar de Frias

As fotos da Paulista que não sairam na capa dos jornalões

Dois mil se juntaram para queimar os DARF



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


32 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

lukdion mirutnev

17 de julho de 2013 às 01h51

Propriedade é ROUBO quando o ganha-pão da maioria é usurpada violentamnete para o prazer e satisfação de uma minoria q ñao produziu, ou através da cínica e invisivel-camuflada “mais-valia.” Capital é salário não pago ou roubo na força bruta mesmo. Mas se todos tiverem o suficiente pra se alimentar, morar,se proteger das necessidades básicas, sorrir e sonha… é uma posse bendita… para todos igualmente… E viu q tudo era bom

Responder

Black blocs: De vândalos (na grande mídia) a linha de frente - Viomundo - O que você não vê na mídia

15 de julho de 2013 às 10h58

[…] Adilson Filho fala sobre os “provocadores” em passeata no Rio […]

Responder

Paulo Moreira Leite: "Novo", "velho"? Não vale fazer papel de bobo - Viomundo - O que você não vê na mídia

14 de julho de 2013 às 11h25

[…] Adilson Filho: Mídia e provocadores marcam protesto nas ruas do Rio […]

Responder

marco

14 de julho de 2013 às 10h08

O mais notável em todas as manifestações dos apartidários é que,durante as privatizações ocorridas no Brasil,durante o governo entreguista da atual UDN,não se viam jovens,caminhoneiros,MÉDICOS quando da privatização da saúde – bem estes em grande parte se justifica,já que fazem parte dos PLANOS DE SAÚDE,concorrentes do Sus,e nenhum outro segmento social,se oporem à doações do patrimônio público feito por aquela turma à época do desgoverno FHC.Somente os sindicatos protestavam e sem nenhuma cobertura midiática.Hoje esta gente cujos cérebros são facilmente tangíveis pelo PIG,vem pras ruas,dar uma de patriotas!Na época,todos quietos o que configura serem da direita,nada mais do que isso.

Responder

Hélio Pereira

13 de julho de 2013 às 18h58

Não podemos esquecer que: “nossa” Direita também organizou um Protesto na Av Paulista,no dia 10/07,convocado pela Internet,com apoio de vários grupos fascistas,Padres,Pecuaristas,carecas do ABC e anti-petistas Roxos.
Neste protesto,houve uma “multidão” de menos de 100 pessoas,demonstrando a “força” deste grupo.

Responder

Marcos Coimbra: Quem topa a aventura? - Viomundo - O que você não vê na mídia

13 de julho de 2013 às 15h00

[…] Bob Fernandes: FHC diz não saber de espionagem da CIA; fatos desmentem Adilson Filho: Provocadores e mídia marcam protesto nas ruas do Rio […]

Responder

Julio Silveira

12 de julho de 2013 às 18h46

O Brasil converteu a ditadura em democracia e deitou nos louros.
Esqueceu que os elementos que construíram a cultura ditatorial, ainda estavam vivos e quando não estavam mais tinham deixado herdeiros.
A construção da verdadeira democracia, aquela em que a cidadania tem peso e responsabilidade nas decisões que incidem sobre suas vidas e seu país, sendo agente de seu próprio destino (e não mero carimbador para decisões de seus prepostos) esta longe, e se faz necessária um grande esforço de conscientização para uma nova cultura que valorize a cidadania e o civismo, coisas que apoiadores da cultura das ditaduras, seus apoiadores e herdeiros subvertem no sentido.

Responder

killimanjaro

12 de julho de 2013 às 18h07

voce não sabe quem é seu inimigo.
voce está completamente perdido.
perde tempo arrochando meu amigo.
perde tempo esmurrando meu amigo.

de que adianta arranjar treta comigo
se sou inimigo do seu inimigo,
se estamos todos por baixo das mesmas garras
das mesmas garras.

inimigo seu é quem sabe não voce.
perdido completamente está voce.
amigo meu arrochando tempo perde.
amigo meu esmurrando tempo perde.

adianta que do comigo treta arranjar
inimigo seu do inimigo sou se
baixo por todos estamos de
garras mesmas das…

de que adianta arranjar treta comigo
se sou inimigo do seu inimigo
se estamos todos por baixo das mesmas garras
das mesmas garras.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=jM8fGVV2ze4#at=34

a falsa idéia de progresso cega alguns socialistas no brasil.

é preciso destruir toda e qualquer propriedade imperialista

PROPRIEDADE É ROUBO!

Responder

killimanjaro

12 de julho de 2013 às 18h04

a polícia não é classe trabalhadora não, andam com uma .40 na cintura, com fuzis e metralhadoras nas viaturas como se estivessemos em uma guerra, como se todo civil fosse suspeito, não pensam antes de atirar no meio da rua. Nós os cidadãos não temos nenhum dialogo com esses militares, não podemos saber seus nomes, não podemos saber qual policial está trabalhando em determinado horario ou em determinado lugar. Vai perguntar em algum batalhão para ver o que te respondem.

Isso para mim não trabalho, é guerra, é genocídio.

O anarquismo também quer regime comunista. O inimigo é um só.

E Destruição de propriedade não é violência.

“de que adianta arranjar treta comigo
se sou inimigo do seu inimigo,
se estamos todos por baixo das mesmas garras
das mesmas garras.”

Responder

NRA Borges

12 de julho de 2013 às 16h47

É importante saber quem – se possível for – está por trás das ações de vandalismo? Ou é manifestação espontânea? Não parece pelo que foi descrito aqui.

Responder

SILOÉ-RJ

12 de julho de 2013 às 16h02

Apesar da vaidade, a globo näo é o ANDERSON SILVA, lutador de MMA nocauteado no 2° round. Seräo necessários vários golpes para derruba-la.

Responder

trombeta

12 de julho de 2013 às 13h39

A greve de ontem parou todo o sistema produtivo do país, o comércio perdeu milhões, serviços e indústria idem.

As multidões de mauricinhos e patricinhas o máximo que conseguiram foi causar algum prejuízo no macdonalds do shopping iguatemi. hehehe…

Perguntem para um capitalista o que ele teme mais?

Responder

    LEANDRO

    12 de julho de 2013 às 17h12

    Pior para o governo que já ta cambaleando…..é a economia estúpido.

    Atualizado: 12/07/2013 10:56 | Por Reuters, Reuters
    Economia brasileira tem contração de 1,4% em maio, aponta BC

Bacellar

12 de julho de 2013 às 13h10

Essas manifestações são fundamentais para demonstrar que existe pluralidade de demandas e frear o oba-oba de viés golpista, mas muita atenção aos infiltrados.
E falando em pluralidade vamos evitar que esse espaço de comentarios vire uma várzea estilo Folha, Veja e, infelizmente, Carta Capital, com ofensas pessoais e agressões. Opiniões tolas não se sustentam em si, desnecessário confronta-las.

Responder

Edno Lima

12 de julho de 2013 às 12h52

Nem pagando o bolsa passeata, PT , sindicatos e centrais conseguiram colocar pobres e negros nas ruas!!!!

Responder

    Seu Zé

    12 de julho de 2013 às 13h19

    Volta pro Facebook. Melhor assim…

    abolicionista

    12 de julho de 2013 às 16h13

    Pois eu estava na Paulista e ninguém me ofereceu dinheiro nenhum.Vocês podem provar isso? Eu estava lá, inclusive, para pedir de volta os 615 milhões que a rede Globo roubou do povo. 615 milhões é pouco para você?

    Aliás, você deveria nos agradecer por estarmos prezando pelo bem público, em vez de ficar de braços cruzados. É a típica atitude do babaca de classe média que nunca faz nada para melhorar a cidade, mas vive reclamando de tudo e de todos.

    Ah, vocês pagam seus impostos? Pois é, mas a globo não paga. Triste né? Então continua apoiando a Globo, mané, vai fundo.

    E depois reclamam dos evangélicos que doam o dinheiro para os pastores. Vocês fazem a mesma coisa com a globo, dão seu dinheiro para ela em troca de ilusões. Pois eu nunca fui trouxa a esse ponto, mermão.

    Edno Lima

    12 de julho de 2013 às 19h16

    Tadinho, não te ofereceram o bolsa passeata. Pega as fotos que vc postou no facebook durante a grande e espontânea manifestação e manda para as centrais sindicaias, ainda dá tempo de vc faturar um troquinho.
    Agradeço a vc por estar prezando pelo bem público. Aproveita e vai pra porta da PETROBRAS cobrar os cerca de 7 bilhões que a estatal deve ao fisco. Aproveita e vai para porta do PT para cobrar a origem dos 10 milhões de dólares pagos no exterior ao Duda Mendonça, para cobrar a origem dos 1,7 mmilhoes que os petistas levavam em malas para comprar o dossiê fajuto contra o Serra, para cobrar a origem dos 100mil dólares mais 200 mil reais encontrado na cueca do assessor do irmão Genoíno, pra cobrar a devolução dos milhões desviados para o abastecimento do mensalão. Conta com seu espírito público para recuperar toda essa dinheirama desviada pelo mais ético partido do Brasil.Vê lá hein, Não vai me deixar ficar com cara de trouxa, mermão.

    Vinicius Garcia

    12 de julho de 2013 às 22h27

    Não é quantidade é qualidade, no caso dos ‘protestos’ abarcados pelo PIG, a grande maioria, sequer sabia de que estava protestando, esse grupo no qual você descreve como ‘pequeno’ sabe muito bem a que reclama. O que mais vale?

Gomes

12 de julho de 2013 às 12h42

150 pessoas em fila indiana seguindo um comando não é algo espontâneo. Tem treinamento militar aí. Seriam policiais?, militares da forças armadas? ou soldados do tráfico?. Espero que esses grupos não sejam um embrião de um futuro exército de libertação brasileiro aos moldes de Líbia e Síria. Teoria da conspiração?. A espionagem estadunidense em terras tupiniquins deve servir de alerta.

Responder

    Rogério

    12 de julho de 2013 às 17h19

    Isto merece ser investigado pelo Beltrame, realmente é muito perigoso. Em São Paulo haviam muitos seguranças dentro da Rede Globo, só faltava usarem a mesma máscara. As vezes acho que estes mascarados são mais um grupo controlado pela CIA, grande maioria manipulados com senso de grupo. Não é difícil descobrir quem comanda e a mando de quem, basta autoridades se interessarem.

José X.

12 de julho de 2013 às 12h31

Faixa que eu gostei: “não ao auxílio-moradia de 500 mil para os juízes”.

Coitadinhos do juízes né, ganham tão mal, precisam de Bolsa Moradia…

Responder

Brasil

12 de julho de 2013 às 12h05

“um grupo de pelo menos 150 pessoas passou em fila indiana, todos de preto, com camisas no rosto e com aquela máscara do personagem britânico na nuca. A fila era interminável, e esse grupo carregava ainda um estandarte (também preto) com várias dessas máscaras estampadas.” Táticas da extrema direita, que lembra a ascensão do nazismo.

Responder

Edgar Rocha

12 de julho de 2013 às 11h55

Continuem os intelectuais a afirmar que as passeatas do “gigante” são um ato de cidadania e contrário a “tudo que aí”. Continuem apoiando este bando de inocentes úteis que atiram pra todos os lados e que implementam a fúria sem direção e meta. Continuem munindo os manipuladores que muito bem sabem direcionar estas forças a favor do continuísmo do caos e do retrocessos nas poucas conquistas. Mesmo sendo eles os agentes que tudo fizeram pra que tais conquistas continuassem sendo poucas.

Responder

Luís Carlos

12 de julho de 2013 às 10h37

Globo sonega e mente.

Responder

LEANDRO

12 de julho de 2013 às 10h24

nem pagando conseguem encher a rua..

Numa rua atrás do Masp, um grupo de 80 pessoas com camisetas da UGT (União Geral dos Trabalhadores) espera em fila a vez de preencher um papel. Trata-se do recibo de que ganharão R$ 70 por terem participado, vestidos como militantes, do ato de ontem na avenida Paulista.

Responder

lulipe

12 de julho de 2013 às 10h12

Mesmo com o bolsa-passeata as manifestações foram um fracasso de público, faltou povo!!!

Responder

    abolicionista

    12 de julho de 2013 às 11h55

    Fala, otário, continua feliz em dar seu dinheiro para a Globo? Por falar em quantidade, 615 bilhões é realmente muito mais do que vinte centavos.

    ulisses

    12 de julho de 2013 às 12h34

    O otário aí deve ser pago pela sonegadora. Por isto está preocupado que sua boquinha global vai acabar.

    von Narr

    12 de julho de 2013 às 14h22

    Tem razão, o povo faltou nos bancos, por exemplo, são os trabalhadores que aderiram ao protesto.

Paulo Villas

12 de julho de 2013 às 10h05

Esses milicianos de passeata , tem organização , comando , metas. Ora , Estado que se preza , Estado sério , tem serviço de inteligência , tem monitoramento de desvios sociais. Há uma lacuna indesculpável desse serviço no governo. Fica a impressão de que teme enfrentar revelações incômodas…

Responder

FrancoAtirador

12 de julho de 2013 às 09h59

.
.
MÍDIA LIVRE

‘Protestos contra a Globo deveriam ser diários’,
diz cientista político

Francisco Fonseca, da Fundação Getúlio Vargas, afirmou à Rádio Brasil Atual que a concentração dos meios de comunicação atenta contra a democracia

“Aqui são 11 famílias que dominam os meios de comunicação no Brasil.
Elas são oligopólio e oligarquia.
Conseguem ter essa dupla caracterização.
Não há democracia com meios de comunicação assim extremamente concentrados.”

por Redação da RBA

Protestos contra Rede Globo e monopólio da mídia: debate urgente, que governo ainda se nega a abrir
São Paulo – O poder acumulado pela propriedade cruzada sobre meios de comunicação, como canais de TV, rádios, jornais e portais, além do “histórico de golpismos” já são motivos suficientes para provocar protestos contra a Rede Globo “diariamente”, avalia o cientista político da Fundação Getúlio Vargas Francisco Fonseca.

Em entrevista à Rádio Brasil Atual na manhã de hoje (11), Dia Nacional de Lutas organizado pelas centrais sindicais, Fonseca afirmou que a concentração dos meios de comunicação atenta contra a democracia.

“Aqui são 11 famílias que dominam os meios de comunicação no Brasil.
Elas são oligopólio e oligarquia.
Conseguem ter essa dupla caracterização.
Não há democracia com meios de comunicação assim extremamente concentrados.”

Sobre o protesto previsto para a tarde de hoje, a partir das 17h, na sede paulistana da Globo, o analista disse que o Brasil “está atrasado”.
“A revisão da renovação das concessões de rádio e TV foi totalmente deixada de lado pelo governo federal, mas é inaceitável que o Estado brasileiro continue financiando esses oligopólios.
E a Globo adentra a democracia, bajulando quem está no poder quando interessa ou tentando dar golpes quando é contrariada.
Ela nasceu da promiscuidade com o poder e mantém um histórico de golpismo, aliada inclusive a serviço militar.”

Fonseca disse que o que chama de timidez do governo Dilma Rousseff para enfrentar o tema da democratização da mídia tem de acabar.
“A voz das ruas, dos movimentos sociais, precisa se fazer ouvir e, por isso, as manifestações em frente à Globo e a outros monopólios de comunicação são absolutamente necessários. É possível enfrentar esse monopólio.
A Argentina mostrou isso em nome da democracia.”

(http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2013/07/protestos-contra-a-globo-deveriam-ser-diarios-diz-cientista-politico-5551.html)

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!