VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

A entrevista de Janio de Freitas ao Roda Viva


07/08/2012 - 12h58

Leia também:

Advogado diz que MP deu tratamento diverso a mensalões

Cachoeira pagou a escritório de Geraldo Brindeiro

Defesa diz que prova testemunhal será decisiva e que depoimentos absolvem José Dirceu

 





14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

SILOÉ-RJ

08 de agosto de 2012 às 04h02

Teve pontos altos mas, muita seda rasgada.

Responder

Regina Braga

07 de agosto de 2012 às 21h49

Nem o pig suporta o pig.Nazismo cansa!!!E levar o psdb-dem nas costas é pior ainda.

Responder

Edimilson

07 de agosto de 2012 às 21h12

Mano Azenha você tem que deixar a entrevista do JÂnio de FREITAS para sempre ai no BLOG, infelizmente ele é uma especie en estinção na velha mídia.parabens JÃNIO DE FREITAS lute conosco companhiro pelo fim do pig.

Responder

João Vargas

07 de agosto de 2012 às 18h20

Discordo do entrevistado quando ele disse que o governo pos-militar mais nefasto ao país foi o do presidente Collor. De longe o FHC foi o mais prejudicial e mais pernicioso ao Brasil tanto pelo estrago que fez com a venda de empresas nacionais, como a Vale, como pela administração em geral que foi um verdadeiro desastre e proporcionou anos de atraso ao país.

Responder

    SILOÉ-RJ

    08 de agosto de 2012 às 03h54

    Concordo, e se näo fosse o FMI de ôlho no controle dos gastos, o roubo seria muito maior.

    Fabio Passos

    08 de agosto de 2012 às 07h26

    Não há sombra de dúvida.

    fhc foi terra arrasada. O pior presidente da história do Brasil.
    fhc passou 8 anos de quatro… lambendo os sapatos dos ianques.

    fhc é detestado pelo povo, amado pela diminuta minoria rica e elogiado apenas por uma parcela pequena da classe média mal instruída… e idiotizada pelo PIG.

    Carlos Alberto Moliterno

    08 de agosto de 2012 às 09h37

    Mas falou que foi o FHC aquele que mais o decepcionou.

Cairbar Garcia Rodrigues

07 de agosto de 2012 às 17h27

Vi a entrevista e gostei da lucidez do Jânio. É uma pena que na Imprensa onde trabalha não seja tão constante em apontar a podridão dos políticos que seus patrões adoram. as ele ainda é um homem ético e excelente profissional.

Responder

Micuim

07 de agosto de 2012 às 17h21

Passei pelo Roda Viva para espiar quem era o entrevistado e surpresa! Não consegui me desligar nem um minuto. Uma entrevista imperdível, verdadeira lição de vida, de jornalismo, de integridade. Com aguda inteligência, dissecando as entranhas da imprensa piguenta que assola o país. Se alguem gravou poderia disponibilizar para os que não viram. Vale muito a pena.

Responder

Verdade

07 de agosto de 2012 às 17h16

Concordo.

Exuberante a fala dele. Me deixou com a certeza que Lula fez o maior e mais belo governo na história deste pais.

Nenhum mensalao, Pac ou outro desfortunio nos levara de volta ao ostracismo da democracia.

Estamso fortes com Chaves, Dilma, Kirschner e Evo.

Rumo ao socilismo bolivariano.

Tremos lideres eternos, agora que conseguimos vencer a democracia.

Janio prestou esta homenagem aos homens de bem, mostrando as falcatruas de FHC.

Viva Dilma, viva chaez viva Lula, eternamente

E ainda veremos José Dirceu sendo reconduzido ao seu merecido posto de Presidente da Republica.

Com todas as honras.

Viva o socialismo bolivariano

Viva Chavez, Viva Evo

Teremos uma socialismo forte, com venezuela fornecendo petroleo, e evo fornecendo os quitutes que elevam nossas mentes.

Responder

    Antonio Abreu

    07 de agosto de 2012 às 20h45

    Certamente o cidadão prefere o govêrno do apagão, da Selic em 43%, isso já com o plano real, o govêrno do desemprêgo, do entreguismo da privatização que enriqueceu os AMIGOS DO REI, incluso DANIEL DANTAS, o govêrno dos escândalos Sivam, do Cacciola, do Lalau, da reeleição comprada e PROVADA! Na política externa certamente o cidadão prefere MENEM, FUJIMORE, PINOCHET e outros que tais. A figura que êle admira, FHC, após 8 anos de Presidente foi banido pela imensa rejeição do povo brasileiro e escondido nos palanques eleitorais pelo próprios candidatos do PSDB, em 2002, 2006 e 2010. COISA BOA NINGUÉM ESCONDE!!!!

    Mário SF Alves

    07 de agosto de 2012 às 22h34

    Vi parte da entrevista. Mas, nestes termos, pode ter certeza, concordo mais com você do que com o Jânio de Freitas.
    E por falar em Jânio de Freitas, fiquei admirado de ver que ainda há vida inteligente nos intestinos do PiG. Parabéns, Jânio. Aceite minha gratidão.

Willian

07 de agosto de 2012 às 16h46

Estes jornalistas do PIG, sempre tendenciosos…

Responder

Paulo

07 de agosto de 2012 às 15h05

Fico absolutamente exultante ao ver o colunista Jânio de Freitas reconhecer de peito aberto a submissão do presidente FHC ao governo dos EUA no episódio SIVAM (Sistema de Vigilância da Amazônia), além de ser o autor do epísódo mais grave pós=regime militar, que foi a compra de votos para garantir a reeleição. esxte último fato exclusivamente em benefício próprio.

Faltou o colunista apontar que o governo FHC foi o mesmo que produziu o maior desastre nacroeconômico que a história recente do país conheceu.

FHC não fez o Real. Quem fez o Real foi Itamar. FHC quase afundou o Real.

Poupo os demais dos detalhes da política econômica deletéria de FHC, que, sempre de olho na reeleição,levou o país a um terrívek desastre cujos efeitos estão presente até hoje meterializados nas gigantescas dívidas de todos os entes federados.

Abs.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding