VIOMUNDO

Diário da Resistência


O dia em que Bolsonaro usou a Globo para manter seu eleitorado
Reprodução Jornal Nacional
Opinião do blog

O dia em que Bolsonaro usou a Globo para manter seu eleitorado


29/08/2018 - 15h23

Reprodução Jornal Nacional

Da Redação

Toda seita precisa de inimigos externos para sobreviver.

Os inimigos externos justificam a inexistência do debate interno.

O mito, assim, é preservado, acima de qualquer discordância ou eventual erro.

Na esquerda, as críticas são severas, não apenas entre os candidatos.

Mesmo dentro da coalizão petista, por exemplo, há quem critique a substituição de Lula por Haddad (Lula ou nada) ou a demora do PT para oficializar Haddad e trabalhar a transferência de votos.

Na extrema direita, há uníssono em torno do mito.

Desde que ele se disponha a combater o inimigo externo no altar do sacrifício.

Ao chegar à bancada do Jornal Nacional, Bolsonaro provocou: isso aqui [o estúdio] parece um estande de artilharia.

Logo de cara deixou claro a seus eleitores que estava em território alheio.

E, para este eleitor, Bolsonaro foi corajoso ao confrontar a Globo no intestino do leão.

O candidato fez referência ao fato de que os apresentadores do Jornal Nacional recebem como pessoa jurídica — um esquema que permite à emissora e ao funcionário pagar menos impostos, embora estes sejam forçados a abrir mão da Consolidação das Leis do Trabalho.

Bolsonaro cutucou Bonner e Renata Vasconcellos ao lembrar que existe — e é fato — uma grande diferença salarial entre os dois, que aparentemente desempenham a mesma função no JN — o que não é fato.

Bolsonaro disse que a Globo recebe bilhões de reais da União, dinheiro público que é gasto em propaganda oficial — o que também é fato.

Finalmente, o candidato lembrou que Roberto Marinho, o dono da Globo, apoiou o golpe de 1964, que resultou numa ditadura que torturou, matou, desapareceu, censurou, mentiu e roubou — em dinheiro ou em direitos.

A Globo respondeu de forma padrão a este último ponto e a incapacidade intelectual do candidato o impediu de se antecipar como alguém razoavelmente informado: a Globo só repudiou o golpe de 64 depois de ter se beneficiado de favores e muito dinheiro oferecidos pela ditadura que ajudou a implantar.

Ou seja, a Globo só deu o cavalo de pau em relação ao golpe de 64 depois de se locupletar.

De qualquer forma, Bolsonaro tirou proveito da oportunidade.

Expôs uma coragem que não tem diante de um “inimigo externo” com telhados de vidro.

E conseguiu fazer a lição de casa: neste exato momento, tudo de que ele precisa é manter os 20% nas pesquisas, que seriam suficientes para levá-lo ao segundo turno.

Leia também:

Marcelo Zero: Lula já ganhou

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Silvio Aparecido neves

31 de agosto de 2018 às 14h19

Vcs da mídia manipulam tudo o que querem sobre o livro do lbgt só sai por que foi barrado mais o senhor Haddade tinha colocado eles iriam por sim por os professores já estavam sabem sabendo e sendo treinados todo já sabia .só que a senhora Globo não deixou o candidato se explicar né como sempresidente eles são a afavor do aborto , pedofilia etc, como vcs viram no museu de artes dos homoxessuais se esquesseramo disto eles são contra a família .que me lembro estava passando a no corpo de um adulto número, a maioria dos autores da globo gosta disso eles não foram ditares como agora é contra.Há grande verdede que eles gostam grupo globo é satânico formaiores de opiniões e tem seus díssipulos que os seguem como um bando de alinhenados✍✡

Responder

Julio Silveira

29 de agosto de 2018 às 20h12

O Bolso ignaro, bem adestrado, ja deve ter recebido o toque para hostilizar a Globo, que se fez geni. Por que a cada dia se firma na persepção popular de que os servidores da Globo são adversarios de seus interesses e que estão lá para servir aos exclusivos interesses de seus patrões, e aos seus de sobrevivencia. Os do povo e do Brasil que se explodam, em golpes.

Responder

L'Amie

29 de agosto de 2018 às 18h49

Usou ? Quem foi usado ? Me engana que é do momento, mesmo sem aceitar somos todos enganados. Onde tem gLobo, só o Povo é enganado; aliás Ele procura ser enganado dando ibope à ela e a outro. Não liguem as tvs e elas desaparecem, isto sim é a Força do Povo que como boi não se conhece e menos sua própria força. Bolsonaro é parte da farsa, é carta na manga caso o chuchu não deslanche.

Responder

lulipe

29 de agosto de 2018 às 17h03

Mostrou que é o único a enfrentar a Globo e seus jornalistas. Saiu maior da entrevista e a próxima pesquisa mostrará isso!! #mito2018

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!