VIOMUNDO

Diário da Resistência


Opinião do blog

Entrevista de Lula a blogueiros: Zero Hora mente e omite informações


11/04/2014 - 01h10

por Luiz Carlos Azenha

O Tijolaço nos informa que o diário direitista gaúcho Zero Hora teve o seguinte a dizer sobre a entrevista do ex-presidente Lula a blogueiros: “o ex-presidente sentou-se à mesa com pessoas que não têm como oferecer a neutralidade reclamada. Seus ouvintes eram responsáveis por blogs assumidamente governistas, muitos dos quais sustentados por verbas oficiais.”

O Zero Hora, como se sabe, pertence à família Sirotsky, do Grupo RBS, parceiro comercial e ideológico das Organizações Globo (olhem na lista acima) no Sul do país.

Se tivesse feito o trabalho jornalístico que se requer de uma poderosa empresa jornalística, teria descoberto o óbvio: a grande maioria dos blogueiros que entrevistaram o ex-presidente Lula não recebe um tostão sequer de “verbas oficiais”. Basta consultar as informações divulgadas pela Secom, a Secretaria de Comunicação Social ligada à Presidência da República.

Da entrevista participaram Renato Rovai (Revista Fórum e Blog do Rovai), Altamiro Borges (Blog do Miro), Conceição Lemes (Viomundo), Fernando Brito (Tijolaço), Marco Weissheimer (Sul 21 e Carta Maior), Eduardo Guimarães (Blog da Cidadania), Rodrigo Vianna (Escrevinhador), Kiko Nogueira (Diário do Centro do Mundo) e Miguel do Rosário (O Cafezinho).

Posso estar errado, mas dos veículos acima citados só a Carta Maior constava da listagem mais recente a que tive acesso, numa proporção absolutamente compatível com a importância que o site tem para a esquerda brasileira e para o público de esquerda existente no país.

Portanto, além de mentir neste ponto — “muitos dos quais sustentados por verbas oficiais” –, o Zero Hora sonegou de seus leitores outra informação fundamental, se realmente pretendia debater financiamento oficial da mídia e independência editorial.

Sonegou o fato de que o Grupo RBS certamente está na lista dos maiores receptores de dinheiro público dentre, digamos, os 50 maiores grupos de mídia do Brasil, pois recebe dinheiro do governo federal, de governos estaduais e de prefeituras. Se pretendia debater honestamente o assunto, o Zero Hora deveria contar aos leitores quanto exatamente a RBS recolhe em “verbas oficiais”.

O que levaria os leitores a concluir: se o Zero Hora, com todo o dinheiro oficial recebido pelo Grupo RBS, pode se declarar “independente”, por que blogueiros que não recebem um tostão em dinheiro oficial não podem ser independentes? Teriam sido abduzidos pelo lulismo? Hipnotizados pelo petismo?

Por que sonegar dos leitores que os entrevistadores de Lula representam blogues de esquerda, que se contrapõem ao jornalismo de direita do Zero Hora? Ah, sim, porque na cabeça dos editores do diário gaúcho o Zero Hora paira sobre a sociedade, “neutro”. Não é conservador, nem de direita.

Se eventualmente elogiamos medidas do governo, o que nos custa a pecha de “governistas”, sem receber nada em troca, isso deveria ser elogiável: é demonstração de que colocamos convicções políticas adiante de interesses comerciais, algo muito raro no jornalismo de hoje. As convicções políticas da família Sirotsky, aliás, ficam absolutamente explícitas na linha editorial dos órgãos midiáticos do grupo RBS. Por que, então, deveríamos esconder as nossas? Isso não nos dá, nem a eles, o direito de distorcer, manipular ou mentir. Na entrevista de Lula foram tratados todos os temas importantes da conjuntura política atual, da Petrobras ao caso do deputado André Vargas, de Lula candidato à Copa do Mundo. Sem antipetismo doentio, sem pré-julgamentos e dando ao ex-presidente o direito de se expressar.

O Viomundo, como vocês sabem, tem como política não receber “verbas oficiais”, de governos de todas as esferas ou de empresas públicas.

Por que o Zero Hora não adota a mesma diretriz, que contribuiria para cortar os gastos públicos? Quantas creches e hospitais poderiam ter sido construídos com o dinheiro que o Grupo RBS embolsou até hoje em “verbas oficiais”?

Taí um exercício que os editores do diário gaúcho ficam devendo a seus leitores, assim como aos ouvintes e telespectadores do Grupo RBS: um debate honesto sobre o financiamento da mídia.

É óbvio que sabemos exatamente o motivo da chiadeira da família Sirotsky (vista acima com os Marinho).

Ela se revolta com a perda do monopólio da informação, que até recentemente permitia ao grupo selecionar as notícias “existentes” ou não, os ângulos e as frases pinçadas de uma longa entrevista que permitiam empacotar a sua “versão” dos fatos.

Desculpem, mas a internet acabou com isso: entrevistas longas, em tempo real, ficam imediatamente disponíveis, na íntegra, em rede, permitindo a leitores/ouvintes/telespectadores que fiscalizem eles próprios as distorções, omissões e manipulações tão comuns na mídia corporativa (na mesma tarde da entrevista a assessoria do ex-presidente denunciou que Folha e O Globo haviam adulterado a fala de Lula).

Desde muito antes de Assis Chateaubriand, empresas jornalísticas brasileiras cresceram explorando a capacidade de extorquir dinheiro sob a ameaça de investigar/denunciar/desconhecer autoridades ou empresários; para os que abriram o cofre, em compensação, ficou o benefício do “espaço controlado” para falar à opinião pública.

Quando um líder como o ex-presidente Lula decide falar sem tal intermediação corporativa, paira no ar forte ameaça ao monopólio da palavra que sustenta o jornalismo chantagista.

A ação de Lula ameaça o bolso dos Sirotsky. É disso que se trata.

(Se o Zero Hora se desse ao trabalho de investigar antes de escrever besteira, encontraria críticas ao governo federal/Lula/PT no Viomundo, bastando clicar dentre dezenas de outros lugares aquiaquiaqui, aqui ou aqui).

[O Viomundo é sustentado por contribuições voluntárias de seus leitores. Estamos trabalhando nas contribuições involuntárias, mas a grana ainda não deu para comprar o AK47. Torne-se um assinante antes disso!]

Leia também:

Fernando Siqueira: Batalha da mídia é para entregar o pré-sal

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



54 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Murilo Costa

13 de abril de 2014 às 17h10

Caros Azenha e Conceição Lemes,

Neste domingo, 13/abr/2014, o programa Fatos e Versões, da Globo News, foi conduzido por Carlos Monforte, tendo como convidados Natuza Nery, da Folha de São Paulo, e Mauro Zanatta, de O Estado de São Paulo.

Nele, o âncora citou a entrevista do ex-presidente Lula a um grupo de blogueiros e afirmou: “O Lula sempre busca um palanque para ele dá os recados. Desta vez, ele pegou uns amigos blogueiros para dar esses recados, onde ele não foi questionado. Pôde falar o que quis…”.

O link do programa, com direito a publicidade da Caixa no início, é http://globotv.globo.com/globo-news/fatos-e-versoes/v/fatos-e-versoes-reflete-sobre-os-destaques-politicos-e-economicos-do-brasil-nesta-semana/3278455/

O trecho que trata da entrevista do ex-presidente começa aos 6min14seg.

Responder

Papudão

13 de abril de 2014 às 13h52

Mais uma calúnia da direita golpista derrotada que sabe, mas não revela, que os blogueiros referidos trabalham de graça para o projeto do PT porque são adeptos das ideias do presidente Lula.

Responder

abolicionista

13 de abril de 2014 às 12h13

Nestas eleições a atuação da mídia será escabrosa, não tenhamos dúvida. Sem nenhum candidato forte, a mídia fará de tudo para enfraquecer a Dilma. Literalmente de tudo. A Dilma não conseguiu avançar um centímetro com a democratização da mídia e agora vai comer o pão que o diabo amassou fazendo acordos para não ter sua reputação destruída no Jornal Nacional. Com isso, ela não apenas corre o risco de perder a reeleição, mas também compromete seu possível segundo mandato, que vai ser gasto pagando os favores prestados pelos “amigos”. É com esse ciclo vicioso que as reformas estruturais precisam acabar. E isso só quem pode fazer é o povo nas ruas, e as ruas estão gritando.

Responder

Castor Filho

13 de abril de 2014 às 02h20

Será que o Instituto Lula e os blogueiros pensam que algum “vídeo” ou algum “áudio” bastaria, para divulgar a fala do presidente Lula?
Bom. Se eles pensam que sim, é bom saberem que ninguém que sabe das coisas, no mundo, pensa como eles.

Por exemplo: a página do Putin publica PRATICAMENTE NO MESMO INSTANTE, o vídeo E A TRANSCRIÇÃO DE TUDO (e em várias línguas). Se duvidarem, vejam lá http://eng.kremlin.ru/transcripts/7001

Até Obama, que só diz besteira, faz EXATAMENTE a mesma coisa. Eles sabem que “áudio” e merda é a mesma coisa.
A China faz a mesma coisa. Cuba faz a mesma coisa. A Venezuela de Chávez SEMPRE FEZ a mesma coisa: só o texto escrito interessa para divulgar, para traduzir, para ler e reler.

Esse negócio de “áudio” — como se algum “áudio” substituísse o texto escrito DA ÍNTEGRA daquela fala do presidente Lula, é TOTALMENTE um absurdo.

Estou totalmente indignado com esse negócio de “áudio”. É inaceitável, é inconcebível, é o FIM DO MUNDO.

E os blogueiros, cada um a mandar as pessoas para suas respectivas páginas, para escutarem “um áudio”, isso, nem se comenta — é abaixo da crítica.

Responder

    Mário SF Alves

    13 de abril de 2014 às 21h56

    Seguia sua sugestão. Obrigado. Aproveitei para estudar o Mapa Mundi [http://eng.kremlin.ru/transcripts/7001] Imperdível.

Luís Carlos

12 de abril de 2014 às 13h36

O repulsivo grupo RBS mente descaradamente, desde muito. No Governo de Olívio Dutra, RBS mentiu, torceu e distorceu fatos, de forma absolutamente asquerosa. Foi a cabeça de lança do anti-petismo,de forma desbragada. Ataca, por todos os lados, políticas públicas importantes para cidadãos. Sempre foi e continuará sendo um dos braços de grupos econômicos que praticam atos nada republicanos, ou mafiosos mesmo. Aceita verbas de entidades médicas em suas programações e repete ladainha corporativa de entidades médicas, dentre tantos outro grupos conservadores e de práticas atentatórias à civilidade. Como dizemos aqui no RS, RBS mente.

Responder

    Mário SF Alves

    13 de abril de 2014 às 22h12

    Ei, Luís Carlos.

    Pois é, companheiro, esse é mais um dos condenados a jamais poder falar ou expressar a verdade.

    Imagino que o único alívio que têm para este tipo de consciência pesada deve ser a sensação de poder que deriva da certeza de blindagem ante a impunidade de nos fazer de idiotas nesse eterno circo de escárnio coletivo.

    E é paradoxal. Ao nos massacrarem com suas botas sujas, indiretamente sabem que pisam também em seu próprio futuro.

Gersier

12 de abril de 2014 às 12h57

Pois é,vcs todos conhecem essa palavrinha:canalhas.
Enquanto isso o senhor aécio neves continua mentindo descaradamente nas tais inserções políticas e o PIG não move uma palha sequer.Fosse um político do PT com certeza o PIG iria mostrar que ele deixou um rombo milionário e que Minas até hoje não tem grana sequer para honrar certos compromissos.Que o digam os estudantes que tem direito a bolsa pró jovem.

Responder

Bernardino

12 de abril de 2014 às 12h24

A CULpa de tudo isso é o GOVERNO e o PT,POÇOS DE COVARDIA,Agora mesmo estamos assistindo aos ataques à PETROBRAS e o governo nao convoca cadeia nacional pra se defender e defender a empresa.Como podemos estar satisfeito com tamanha fraqueza????

NA ARGENTINA,NESTOR e Cristina SANGRARAM esses BANDIDOS sem piedade com sua lei dos MEIOs o que mostra que os Hermanos sao politizados e guerreiros ao contrario da nossa CORJA PORTUGUESA,Corrupta e COvarde e por cima antipatriota fazendo o JOgo dos IANQUES.

ELES lembram bem a CANÇAO do ATAULFO ALVES que diz : A MALDADE DESSA GENTE É UMA ARTE!!!!!!!!!

Responder

Carlos lima

12 de abril de 2014 às 00h42

Azenha, não sou intelectual, sou brasileiro e de esquerda legitima, não entendo os blogs pro. não estão publicando exceto Luiz Nassif. Precisávamos de choque de luta, meus filhos não foram coxinhas e nem serão, mas isolar a esquerda solidária, ativa e defensora foi erro. Quem luta agora somos nós. A estratégia pode ter sido planejada e até pode ter êxito, sem nós jamais. Ver, ouvir e ler ataques sem defesa é hilário, nós não somos sinônimos da síndrome de Estocolmo, somos viventes do nefasto tempo em que pensar diferente morria, sumia sem pelo menos a família saber, nas mãos de torturadores e bandidos. Quando escrevo isso nem óculos tenho, tenho apenas a consciência que fomos abandonados numa luta que vencemos e que o adversário é quem manda e oprime. em nome da governabilidade, é certo e´, mas nós queremos respeito para continuar lutando. NÃO SOMOS LIXO IDEOLÓGICO, SOMOS LUTADORES DO POVO. Acodem…

Responder

paulo Bueno

11 de abril de 2014 às 23h02

acorda dilma
acorda lula
a eleição começou.

Responder

renato

11 de abril de 2014 às 22h58

Omite informação para seus leitores…
Tomara que omita que o tsuname vem aí…
Para mim, a direita desinformada é normal..

Responder

paulo Bueno

11 de abril de 2014 às 22h45

PT precisa de uma MILITANCIA DIGITAL ,URGENTE
igual ao PSDB
se eu fosse presidente do PT formaria uma militância digital
igual aos TUCANOS,
No PSDB todas as pessoas que tem cargo de confiança nos governos municipais e estaduais,devem (é lei) usar as redes sócias, e internet,para falar mal dos adversários do partido.
A DILMA é a vitima preferida do partido hoje.
se eu fosse presidente do PT,copiava esta ideia,imagine no governo federal temos mais de 30 mil cargos de confiança,,30 mil pró DILMA na INTERNET, e nas redes sócias…um exercito………dá pra fazer manifestações na porta da GLOBO,na porta da FOLHA,,,,,da VEJA….enviar cartas,,
E-MAILS,cobrando trnsparencia da mídia,,,,incomodar os adversários com comentários nos jornais e revistas,,, e nas redes sócias,,,material humano,, tem mais o PT,é desorganizado parece que quer perder estas eleições ..,,, e Eu como não sou integrante do PT,,,só simpatizante,,,,sozinho não posso fazer nada ……acorda PT
acorda Dilma. ………AECIO VEM FORTE…….esse ano vai ser pior que 2010……

Responder

Tomudjin

11 de abril de 2014 às 22h13

Das duas, uma: ou os “datenas” mentem, ou os “datenas” serão demitidos.

Responder

    Tomudjin

    12 de abril de 2014 às 10h21

    Neste cenário político, a impressão que se passa é que a Sra Dilma Rousseff dispõe de assessores tão confiáveis – sobretudo os da imprensa governista – quanto os próprios personagens que fazem oposição a ela.

    O que ainda salva este Governo é o fato de que sua administração é infinitamente melhor do que a última administração oposicionista que este país teve; e que, diga-se de passagem, por sorte, já faz um bom tempo.

jõao

11 de abril de 2014 às 20h08

.
bomba
desespero tucano
senadora Gleisi Hoffmann, depenando o senador tucano Cássio cunha lima
https://www.youtube.com/watch?v=jLeygHSCyhI#t=1335

Responder

    Mário SF Alves

    13 de abril de 2014 às 22h51

    Aí, João, fui lá. Obrigado.

    A propósito, que mata ou condena a morte um povo é genocida. E quem, sendo genocida em potencial ou não, mata o próprio passado recente, é o quê?

    Essa oposição que aí está, quando em debates públicos no Congresso Nacional, desenvolveu uma técnica sádica e terrível de apagar da memória o bisonho passado. Aplicam diuturnamente a autoamnésia. Com eles é preciso recapitular a História a todo instante.

    Aqui, https://www.youtube.com/watch?v=MeAOen8vyiQ, aqui https://www.youtube.com/watch?v=LUbSRmOrTVI e aqui https://www.youtube.com/watch?v=SeOQsZkhIfU

Fabio Passos

11 de abril de 2014 às 19h28

Estes oligarcas vagabundos do PiG medem os outros pela própria régua.

Quem sobrevive mamando nas tetas do Estado é esta quadrilha marinho-sirotsky.
Se acabar o desvio de verba pública para o PiG… estes pilantras desaparecem!

Responder

    Sérgio

    12 de abril de 2014 às 13h07

    Globo,RBS câncer do Brasil!!!

Rogério Ferraz

11 de abril de 2014 às 16h50

Acho que isso de “acusarem” os blogs sujos de receberem dinheiro público é para manter os blogueiros nas cordas e fazer com que eles recusem propaganda oficial. Se os blogueiros começarem a receber dinheiro, o PIG perde um pouco do que recebe.

Responder

Bacellar

11 de abril de 2014 às 16h01

Ak47…Kkkk, cuidado com a ironia que de repente aparece um promotor preocupado com o bolivarianismo e processa…Hehehehe

Responder

Fabio Silva

11 de abril de 2014 às 15h54

Eu não sei se a fala do Presidente Lula vai repercutir como deveria nas entranhas da esquerda, tanto no PT como entre blogueiros como o senhor Eduardo Guimarães – este último insiste em dizer, a berros e cuspes, o quanto sente ódio por manifestantes, ainda que o Presidente Lula tenha já várias vezes explicado a esse senhor o que significa democracia.

O que sei é que os editoriais da Globo (no Bom Dia Brasil), da Folha e do Estadão neste 10 de abril mostram que a indústria do jornalismo de entretenimento sentiu a pancada, e estão partindo para cima.

Daí, meu receio em relação ao que pode acontecer daqui para frente.
O Presidente Lula foi incisivo quando disse o quanto a esquerda foi condescendente com a direita e as elites. Desde sempre. E em troca a direita retribuiu com golpes de estado e violência. Disse que isso não pode mais continuar mais assim. Com esse ataque da velha mídia tão raivoso, a reação de parte da burocracia petista pode ser aprofundar ainda mais a retração e a timidez (para usar termos leves).

Pode acontecer como naquela história do menino que tenta ajudar outro que sofre bullying e vive apanhando. Ele tenta lhe dar coragem e mostrar que pode reagir, mas aí os agressores aumentam a violência, e ao invés de se revoltar, o agredido se retrai ainda mais. Espero que não. Precisamos que não seja esse o desfecho da história.

Reaja, menino! Reaja!

Responder

    Luís Carlos

    12 de abril de 2014 às 16h50

    Não há coincidência.

paulo Bueno

11 de abril de 2014 às 15h38

falta ao PT montar uma MILITANCIA DIGITAL para incomodar o jornais e revistas com milhares de Emails.

e esta militância fazer campanha pró DILMA

Responder

Jane

11 de abril de 2014 às 13h26

O que se precisa, na verdade, é ACABAR com a verba publicitária do governo em todos os níveis. Esse tipo de publicidade deveria ser proibida. Só poderia ocorrer publicidade com caráter de UTILIDADE PÚBLICA (campanhas de vacinação, por exemplo) e de forma GRATUITA, afinal as TVs, jornais e rádios detém concessões públicas

Responder

    Julio Silveira

    11 de abril de 2014 às 16h35

    Jane, que expressão perfeita. Concordo totalmente contigo.

FrancoAtirador

11 de abril de 2014 às 12h43

.
.
EM 2012, GRUPO RBS RECEBEU MAIS DE R$ 16 MILHÕES DO GOVERNO ESTADUAL PETISTA

OU: 25% (1/4) DE TODA A VERBA DESTINADA À PUBLICIDADE OFICIAL NO RS

Recorrentemente o governador Tarso Genro (PT) concede entrevistas

nas quais faz críticas ao Grupo RBS e defende a democracia na mídia.

Mesmo assim, a empresa continua sendo a maior beneficiária

das verbas de publicidade do Executivo Estadual.

O total gasto com publicidade em 2012 foi de R$ 64.736.853,55,

dos quais, R$ 16.694.324,03 foram para veículos do Grupo RBS,

média mensal de R$ 1.391.193,67.

É verdade que o financiamento à mídia alternativa aumentou,
mas a grande maioria da verba disponível segue alimentando os de sempre.

A política de distribuição através do “critério técnico” da audiência

só faz garantir a continuidade do controle da informação
pelos conglomerados empresariais.

(http://jornalismob.com/2013/12/03/o-jornalismo-no-norte-e-no-sul-o-extremo-sul-monopolizado)

(http://donosdamidia.com.br/inicial)
.
.

Responder

Abelardo

11 de abril de 2014 às 12h34

ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA
Quanto mais eu acredito e retransmito, com satisfação, a minha crença de que o poder da Casa Grande está ruindo, mais ainda me surpreendo com a seqüência de acontecimentos e ações, que contradizem toda essa minha crença, sem dó nem piedade. As absurdas ações de impunidade, para os apadrinhados da elite, que temos assistido ultimamente são tão revoltantes quanto criminosas. E essas impunidades vai além do Zero Hora, como vai além de outros órgãos de imprensa, está se tornando uma epidemia silenciosa, que atinge em cheio o judiciário brasileiro. Será que novos tempos estarão realmente próximos? Até quando seremos as eternas viúvas da esperança? Até quando os poderes políticos e financeiros de muitos poucos, continuarão a manipular e comandar o destino de quase todos? Até quando o poder e a influência da elite conservadora continuarão sustentando essa política de ação entre amigos, que mantém imunes das garras da lei qualquer um desse núcleo hereditário que for denunciado, mesmo com provas, por práticas criminosas? Até quando ficaremos disparando as nossas indignações e insatisfações contra o alvo errado? O certo, por enquanto, é que estamos sendo alvo de nós mesmos e se não fizermos com que o nosso grito de revolta e que o nosso desejo de um basta definitivo chegue aos ouvidos de todos, continuaremos assistindo esse verdadeiro festival de cinismo e deboche com a lei, que por outro lado aumentará o nosso martírio, como também atrairá muito mais pessoas para as práticas criminosas, tal é o absurdo e flagrante exemplo de omissão e de impunidade da depreciada e totalmente desacreditada justiça brasileira. Porém, se conseguirmos levar nossa voz a todos, talvez, ao fazermos assim, muitos possam entender melhor sobre toda essa orgia de desmandos, de abusos de poder, de desprezo e de manipulação das leis, exclusivamente para atender interesses próprios. Quem sabe entendendo melhor essas práticas mafiosas, executadas constantemente para alimentar a fome e a ganância de poder e dinheiro, todos peguem suas armas de voto e depositem nas urnas do verdadeiro poder democrático, que emana unicamente do povo, para mostrar nosso recado de advertência e reprovação a todos aqueles que tenham ligação de participação e/ou conivência com essas diversas ações totalitárias, chantagistas, mentirosas, desleais preconceituosas e criminosas sob todos os sentidos.
Manter o povo desinformado e/ou enganado só favorece essa ambiciosa direita conservadora e inimiga do povão. Por essa razão, que é nosso dever tomar a iniciativa de informar cada vez mais e por todos os meios. Imagino, que se o governo, principal interessado, não está disseminando essas informações com a eficiência e projeção necessária é porque pode haver setores, que por já estarem contaminados pelo poder e a influência dessa perigosa elite conservadora, estejam produzindo alguns tipos de boicotes que contribui para manter essa desinformação e enganação em evidência. Eu creio que a enganação e desinformação da população ainda é muito grande e é exatamente por esse importante fator, que temos que fazer essa população estar muito bem informada dos motivos e das razões de nossas revoltas e de nossas indignações. É nosso dever fazê-la entender sobre o que significará essa tamanha gravidade que está sendo praticada, sem que aconteça nenhuma coibição por parte das autoridades constituídas. Todos precisam entender, que o objetivo de toda essa estratégia de farsas e de mentiras, adotada pela direita, é a manutenção e o controle total do poder e das leis em suas mãos para as próximas gerações, ou seja, manter como se fossem escravos e dependentes, as próximas gerações de nossos futuros filhos (as), netos (as), bisnetos (as), etc… É isso o que desejamos para eles? É essa terrível visão de futuro para o Brasil que gostaríamos de presentear as nossas gerações futuras? Uma mobilização contra tudo isso é necessária e urgente e ainda há espaço para incluirmos,também, a mobilização para a reforma política.

Responder

    Mário SF Alves

    11 de abril de 2014 às 23h21

    Entendo.

    A cada dia que passa mais e mais razão tenho para acreditar que a democracia que o País necessita é motivo não apenas de desprezo, mas de ódio por parte dos poderosos interesses que desde antes de 64 se escondem atrás da mídia fora da lei.

    Temo que a continuarmos nesse ritmo, logo, logo, as urnas, por si sós, já não nos serão suficientes.

    Brasil, o único País do mundo onde a reforma agrária é estigmatizada e combatida como atividade subversiva.


    Mário SF Alves

    11 de abril de 2014 às 23h45

    Aliás, pensando melhor, nem essa, a democracia parcialmente outorgada, que temos, os interessa. Boicotam-na por um simples Bolsa Família e ou um Pré-sal.

Wladimir

11 de abril de 2014 às 12h00

Parabéns Azenha e ao Viomundo; pau na canalhada! Sou testemunha da imparcialidade deste blog. Com clara opção progressista e simpatizante da esquerda, não fica “cheio de dedos” em apontar erros do atual governo! Abçs.

Responder

Julio Silveira

11 de abril de 2014 às 11h45

Engraçado, esse negocio de verbas oficiais que gritam a todo instante os grupos midiáticos corporativos, eles se embriagam com as tais verbas oficiais a décadas, e me impressiona ver que fazem desde sempre um trabalho que para significar imparcial teríamos que reescrever o vernáculo.
A Zero Hora sempre foi tradicional meio oposicionista ao trabalhismo petista, ainda que lá possam trabalhar pessoas que comunguem com ideais trabalhistas, mas a enfase, o nítido teor ideológico do grupo, quem dá são seus proprietários.
Sou testemunha disso, acompanho o processo de ascensão do PT no estado que resido, sem ser natural, o RS. Aqui desde o período do melhor quadro do PT neste estado, o Olívio Dutra, este grupo faz furiosa oposição. Quem não se lembra dos repórteres de grande espaço lá o JOSÉ BARRIONUEVO, ou ainda o ROGÉRIO MENDELSKI, faziam o papel de capitães do mato da empresa e que logo após a vitoria do PT, nacional, se transformaram em caravelas queimadas entregues como um mimo aos vencedores. Eles pensam que somos todos néscios, mas não, muitos estão atentos. Hoje, até estão mais cordiais já que contam com um politico petista mais a feição deles, da ala mais burguesa do partido, quase aceito, eu disse quase, como igual, o Tarso Genro. Mas vi, em eleições anteriores, o verdadeiro locaute midiático que este grupo fez com um único grupo politico no estado, o único que desde que resido aqui foi o que mais avanços trouxe ao município de porto Alegre e também ao estado (no passado). Mas logico, avanços direcionados aos que antes eram relegados, desassistidos, aos mais frágeis economicamente neste estado. Fui testemunha disso, e daí veio minha simpatia, já que tenho um sentido de justiça muito forte. Este estado o RS tem uma cidadania maravilhosa, mas uma elite muito hipócrita e preconceituosa, mas não é privilegio daqui são como no resto no Brasil.

Responder

    Julio Silveira

    11 de abril de 2014 às 11h56

    Complementando o raciocínio: São vasos que se comunicam para benefícios exclusivamente deles.

    Luís Carlos

    12 de abril de 2014 às 16h59

    Os nomes que citaste são exemplos da mais pura canalhice e falta de escrúpulos. RBS apenas mantém Luís Fernando Veríssimo na ZH por ser absolutamente genial. Somente por isso RBS suporta críticas de Veríssimo.

Lamarca73

11 de abril de 2014 às 11h41

pois é: “Ninguém joga pedra em árvore que não dá frutos…”

os “blogs sujos” incomodam !!

https://www.youtube.com/watch?v=ajuhgBgqgo4&feature=youtu.be

Responder

Urbano

11 de abril de 2014 às 11h37

Coisa de zero honra mesmo… O pig não recebe um mísero vintém do Governo e eles não são nem nunca foram da oposição ao Brasil.

Responder

Elisabete Otero

11 de abril de 2014 às 10h49

O que eles dizem nos jornais é para poucos, mas nas rádios … e na tv… no RS e SC, porque são donos de quase todos.
Não conheço a situação nos outros estados, aqui é domínio do pensamento de seus donos. Nas campanhas eleitorais então se especializam em maltratar tudo o que o PT fizer. Nos sobra acompanhar os blogs como este e quando telefonam oferecendo assinatura do jornal dizer que sustento quem é contra minhas ideias.

Responder

Leandro_O

11 de abril de 2014 às 10h49

Por enquanto é só via Pay Pal?
Contem comigo, em breve participarei.

Responder

Luis Medina

11 de abril de 2014 às 10h42

Irretocável!

Responder

Solange

11 de abril de 2014 às 09h07

Azenha,sempre acompanho o teu trabalho e acredito nele. Tu me passa verdade, e essa constatação vem de como tu explana os fatos pelos fatos e nunca a partir dos fatos, o que dessa maneira teríamos o que vemos por aí na grande mídia: fatos distorcidos, maquiados. Ah o que seria de nós se não fossem os blogs compromissados com a verdade? Se me permite a liberdade, Azenha, gostaria de sugerir a correção desse parágrafo: “Se tivesse feito o trabalho jornalístico que se requer de uma poderosa empresa jornalística” (…)O trabalho jornalístico bem feito que se requer se faz, pelo menos se espera, independentemente de ser ou não essa ou àquela empresa. Outro ponto é o termo “poderosa”. Que poder é esse? O poder é sempre dado. Então, eu não dou esse poder a ela. Vamos tratá-la, a empresa jornalística da grande mídia, como ela realmente é: uma empresa jornalística que tem concessão para funcionar e ainda recebe por isso. Infelizmente. Entende o poder da palavra? Abraços

Responder

Denise

11 de abril de 2014 às 08h54

Bom dia

Mais sobre a “imparcialidade” da Zero Hora e do Grupo RBS: o grupo tem uma empreiteira construtora de prédios de luxo (Maiojama), uma transportadora (ViaLog), uma empresa de educação corporativa (HSM), uma empresa de agribusiness (Planejar), uma gravadora (Orbeat) e uma produtora de eventos (Engage), entre outros negócios. Ou seja, o grupo é BEM IMPARCIAL E SEM INTERESSES na hora de fazer cobertura de construção civil, transportes, business, mercado fonográfico e eventos, né?

No caso da Engage, houve, no final de semana passado, um case emblemático: a Engage organizou a festa de reinauguração do estádio Beira-Rio e os veículos do Grupo RBS fizeram uma MEGACOBERTURA – e totalmente elogiosa. Inclusive problemas graves na sonorização (sem contar outros elementps que pudessem ser passíveis de crítica) foram ignorados. Isso que é isenção e imparcialidade, não é?

Pode apurar essas informações, é tudo verdade. Quem sao eles pra criticar a isenção ou a falta de isenção de quem quer que seja?

Abraços

Responder

    Dinio

    11 de abril de 2014 às 11h21

    Pronto! Até meu glorioso Inter, agora cooptado pelos bandidos! Que que eu faço…Para um gaúcho de esquerda, será vergonhoso ver o antes glorioso Rio Grande do Sul de tantas batalhas, agora comandado e representado pelo grupo da Elite mais suja e reacionária do país! Tudo para eles … nada para o povo!
    O Gaúcho está se tornando o POVO MAIS ALIENADO DO BRASIL…INFELIZMENTE NA CONTRA-MÃO DA HISTÓRIA PROGRESSISTA MUNDIAL!!!

Marcos K

11 de abril de 2014 às 05h36

Durante 50 anos o Grupo RBS não fez outra coisa a não ser imbecilizar os gaúchos. E conseguiu apostando forte em futilidades como o futebol e essa ficção chamada Tradicionalismo gaúcho. É só ver o espaço excessivo que esses temas tem na grade de programação. Seu jornalismo é medíocre, canhestro e tendencioso, nunca discutiu a sério as reais causas da vergonhas queda de qualidade de vida dos gaúchos (latifúndio e concentração de renda abjetos, sem falar na queda da qualidade de ensino) A prova do que digo é que os gaúchos já elegeram dois ex-funcionários seus para o governo (Brito e Yeda), para o Senado e vários deputados e para cúmulo da burrice estão a caminho de eleger mais uma para o governo (Ana Amélia, a Miss Farsul, antro de latifundiários) e outro para o Senado (Lazier Martins). E depois os gaúchos se dizem “polítizado”, pois, sim foram é amestrados e idiotizados pela RBS.

Responder

    Nelson

    11 de abril de 2014 às 15h31

    Como nascido e morador na província mais meridional do nosso grande país, só posso endossar as palavras do Marcos K.

    João Vargas

    11 de abril de 2014 às 17h57

    É verdade Marcos. Faz meio século que a RBS manipula a mente dos gaúchos e o que ela conseguiu até agora não foi pouco. Somos um povo arrogante que acredita que é melhor que os outros brasileiros. Esta empresa infesta todos os setores da economia com a sua política de proteção aos grandes empresários em detrimento dos pequenos e do trabalhador. Só para termos uma dimensão do seu poder sobre os eleitores gauchos basta lembrar que um jornalista que apenas dava a previsão do tempo na tv foi eleito o deputado estadul mais votado no RS. Por isto é que não duvido que eles elejam a Ana Amélia e o Lazier infelizmente.

Marcelo Idiarte

11 de abril de 2014 às 02h21

Como conhecedor da aldeia, posso afirmar que ZH é um jornalzinho medíocre, escrito por profissionais medíocres e aclamado apenas por leitores mais medíocres ainda.

Responder

Fabiano

11 de abril de 2014 às 02h17

Lula sempre com ‘meias-verdades’ .. claro que nenhum blogueiro vai falar isso .. #todeacordocibele

Responder

    Denise Mendonça

    11 de abril de 2014 às 05h10

    Gostaria de entender melhor. Poderia, por favor, exemplificar uma “verdade inteira” que Lula teria omitido…? Obrigada.

    Lamarca73

    11 de abril de 2014 às 08h59

    Urbano

    11 de abril de 2014 às 11h45

    Surtou Fobiano?

Carlos Dias

11 de abril de 2014 às 01h57

Essa RBS chega a ser pior que a sua patroa Globo

Responder

Cibele

11 de abril de 2014 às 01h45

Bando de fdp! Os blogueiros têm AUDIÊNCIA, não lemos jornais, manés! Seu negócio já era! O povo não quer ver as mentiras de vocês, nem posso me lembrar da época do Malan dando entrevistas aos seus “jornalistas”.

Responder

    Urbano

    11 de abril de 2014 às 11h42

    Isso Cibele… Os caras são uns fela, mesmo.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.