Vila Autódromo: Os dois pesos, duas medidas da Globo

Tempo de leitura: 2 min

Em vez de Paes, a polícia (foto Courtney Crumpler)

Há alguns dias o Viomundo noticiou a denúncia de moradores da Vila Autódromo, no Rio de Janeiro, de que as Organizações Globo tinham dado grande cobertura ao protesto de um grupo que pedia para ser incluído nos planos do prefeito Eduardo Paes de remover a comunidade, localizada numa região muito cobiçada pelo setor imobiliário.

Leia aqui.

Agora, vem o relato de Carla Hirt sobre o outro protesto, dos que querem ficar:

A Associação de Moradores e Pescadores da Vila Autódromo organizou uma manifestação de verdade que aconteceu hoje, sob forte chuva, na frente da Prefeitura do Rio.

Eduardo Paes não recebeu ninguém (diferente do que fez com os supostos “manifestantes” da semana passada) e, pra piorar, chamou a polícia.

O Globo fez uma “cobertura” bem diferente da que foi feita na quinta-feira passada: “Manifestação contra as remoções da Vila Autódromo interdita a pista lateral da Avenida Presidente Vargas, na altura do prédio da prefeitura, sentido Candelária”.

Leia mais no link. Quer dizer, não leia, porque não tem mais nada pra ler. A “matéria” acaba ai.

O Comitê divulgou a seguinte cobertura:

MORADORES DA VILA AUTÓDROMO FAZEM ATO CONTRA A REMOÇÃO EM FRENTE À PREFEITURA

7 de novembro de 2013

256 famílias não querem sair da comunidade, ameaçada de remoção pela Prefeitura do Rio

Apesar da forte chuva, cerca de 100 moradores e apoiadores da Vila Autódromo se reuniram na tarde desta quinta, em frente à Prefeitura, para defender a permanência da comunidade, localizada na Barra da Tijuca. Eles representavam 256 famílias que não aceitam sair de suas casas e que se reúnem semanalmente em assembleias no local.

“Na semana passada, o prefeito até mandou chamar uma comitiva de moradores pra serem ouvidos. Hoje eles trancaram os portões e chamaram a polícia”, disse Jane Nascimento, uma das lideranças da Vila Autódromo.

A manifestação foi uma resposta a ida de um pequeno grupo de moradores à Prefeitura na semana passada, em “manifestação” amplamente divulgada pela imprensa.

Eles teriam solicitado a remoção ao prefeito Eduardo Paes. Há indícios de que a prefeitura tenha forjado esse ato, já que quem quer sair está sendo atendido na própria comunidade.

Os moradores que resistem levaram um abaixo assinado com nomes de 256 famílias que não aceitam ser removidas. Não houve recepção pelo prefeito. Ao contrário da última semana, quando os moradores se aproximaram do prédio da prefeitura, os portões foram trancados.

“Na semana passada, o prefeito até mandou chamar uma comitiva de moradores pra serem ouvidos. Hoje eles trancaram os portões e chamaram a polícia”, disse Jane Nascimento, uma das lideranças da Vila Autódromo.

A polícia agiu com truculência quando os manifestantes fecharam uma pista da avenida Presidente Vargas. Os policiais chegaram a tomar a faixa de um morador e prenderam um manifestante por desobediência e resistência. Ele foi levado para a 6ª DP mas já foi liberado, já que imagens gravadas em vídeo provam sua inocência.

Leia também:

“A precarização é uma forma selvagem de terceirização”

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Comunidade da Vila Autódromo

Na realidade o prefeito montou um CLAQUE tendo em vista que não tem mais o que fazer para tentar tirar a comunidade, na realidade é o desespero batendo tendo em vista que ele prometeu todo o terreno (MAIS DE 3 BILHÕES DE METROS QUADRADOS)para as empreiteiras por trocas de favores (campanha milionária e etc…) Após as olimpíadas 2016 no local do parque olímpico que fica ao lado da comunidade será ERGUIDO 3 condomínios de luxo com 20 prédios cada um COM MANSSÕES NA BEIRA DA LAGOA com partes das estruturas das olimpíadas ficando para os condomínios como piscina, ginásios e etc… E nós desvalorizamos esses futuros investimentos da Carvalho hosken, Andrade GUTIERRES E ODEBHECH.
Lembrando que somos uma comunidade legalizada e titulada e o poder público (o prefeito) quer ignorar esses direitos adquiridos com muita luta e sacrifício na década de 80 e nos tirar na base da truculência para cumprir a promessa que fez para as empreiteiras. O nosso plano popular acabou de ganhar um concurso de uma empresa alemã concorrendo com 170 projetos sobre urbanismo e qualidade de vida ( ver no google). Estamos a par de nossos direitos e iremos lutar até o final para que a cidadania, a socialização e a justiça social sejam reconhecidos nesse estado. Contamos com o apoio de todos que apreciam uma democracia sem hipocrisia e verdadeira.

Carla

Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas: “Detenção arbitrária de manifestante em ato contra a remoção da Vila Autódromo, aquele mesmo que para os principais jornais da cidade sequer aconteceu. Veja que ele nada fez para ser agredido e preso pela polícia.”

http://www.youtube.com/watch?v=zyKQfwalvaQ

Capilé

Para pensar:
Só na Globo há dois pesos e duas medidas?

Igor Carvalho: Por que a Folha/UOL esconde Serra, Kassab e Mauro Ricardo? – Viomundo – O que você não vê na mídia

[…] Os dois pesos, duas medidas da Globo no caso da Vila Autódromo […]

Luís Carlos

Globo. Tem gente que defende.

Gerson Carneiro

Cadê a opinião dos defensores habituais da Rede Globo frequentadores da caixa de comentários deste blog?

#xatiado :(

Edno Lima

Será que o Eduardo Paes está adotanto a mesma técnica dos sindicatos e está contratando figurantes para manifetações ? A propósito, o correto é “um peso e duas medidas”. Dois pesos podem ter medidas diferentes (duas medidas); um peso é que não pode ter mais de uma medida!

    Ricardo Pierri

    O correto é “dois pesos e duas medidas”. Não se está dizendo que o peso é “medido” de duas formas diferentes, mas sim se referindo à prática fraudulenta da época em que as balanças utilizavam pesos padronizados de um lado e a mercadoria a ser pesada, do outro e alguns comerciantes usavam dois pesos de um quilo, por exemplo, um mais leve que o outro, pra enganar o comprador.

    Edno Lima

    Errei em classificar “dois pesos e duas medidas” como incorreta. Ambas expressões estão corretas!

    abolicionista

    Puxa Edno, você forçou a nota, hein fiote?

junior

deputado garotinho rasga em pedacinhos o jornal o globo no plenário da camara dos deputados
bem q o viomundo poderia disponibilizar isso pra gente
ahhh..ele não é deputado do PT e o senador Requião tambem não

Mardones

Ainda é aquela situação da remoção por causa das obras da Copa? O MP não foi acionado?

    renato

    Verdade, inclusive houve uma matéria aqui de um amigo nosso( do blog).
    Que tinha um pequeno comercio que ia ser retirado.
    Como ficou a situação dele.

Deixe seu comentário

Leia também