Valente: “Existem segredos gravíssimos que a República precisa saber”

Tempo de leitura: 2 min

Rubens Valente: A dívida do PSDB com Daniel Dantas from Luiz Carlos Azenha on Vimeo.

por Luiz Carlos Azenha

Um candidato ao Palácio do Planalto destratado pelo lobista de um banqueiro. Avisado de que uma cópia da mensagem mal educada que havia acabado de receber também seria enviada à Pessoa, ou seja, ao presidente da República Fernando Henrique Cardoso.

Incrível, mas aconteceu no Brasil!

É o que sustenta o repórter Rubens Valente, autor do livro Operação Banqueiro, da Geração Editorial, recém-lançado.

As mensagens, mais de mil, foram apreendidas pela Polícia Federal na casa do lobista Roberto Amaral.

São e-mails, a maioria deles entre Amaral e o banqueiro Daniel Dantas, que jogam luz sobre os subterrâneos do poder.

Há um que chama especialmente a atenção: teria sido mandado por Amaral a Luiz Paulo Arcanjo, assessor especial do então governador José Serra, que sairia candidato ao Planalto pelo PSDB.

Amaral leu a resposta mandada por José Serra e não gostou. Escreveu:

“Recebi seu recado lido por amigo comum. Aviso-lhe: não mais mande-me (sic) recados neste tom: acho que você estava fora de si quando mandou esta infeliz mensagem. Não sou lambe-cu acanalhado ou acarneirado. Você sabe disso. Já fiquei seis anos sem falar com você e, se necessário, fico mais vinte. Não sou Roseana ou Sarney. Você precisa de mim e eu não preciso de você. Você vá ser acavalado, acerbo, com quem tem obrigação de aguentá-lo. Quanto à sua bizantina observação sobre D [Dantas], devo dizer-lhe: você não sabe de nada — nada mesmo. Ponha isto na sua cabeça. Ele é credor, grande credor. Eu e duas pessoas sabemos disso. Não seja encegueirado e não se deixe embair pelo pequeno Sérgio Andrade […] Cópia deste vai para a Pessoa”.

À época, o objetivo do banqueiro Daniel Dantas era evitar que o governo Fernando Henrique apoiasse a investigação dos correntistas do fundo Opportunity nas ilhas Caimã, um refúgio fiscal do Caribe. Eventuais ilegalidades do fundo — a presença de residentes no Brasil, por exemplo — poderiam comprometer do ponto-de-vista legal todo o processo de privatização do qual Dantas havia se beneficiado. O banqueiro conseguiu o que queria.

[Este post é complementado por Posar de vítima, a tática dos poderosos no Brasil]

O conjunto de e-mails, parte dos quais reproduzidos no livro, foi enviado ao ex-procurador geral da República, Roberto Gurgel, para providências. As mensagens levantam várias questões perturbadoras. Aparentemente, Gurgel sentou sobre o assunto e nada fez. “Prevaricação”, observou um dos presentes à entrevista coletiva.

Na coletiva de lançamento do livro, na sede do Centro de Estudos de Mídia Barão de Itararé, perguntei ao autor sobre o e-mail reproduzido acima. No vídeo, Rubens Valente comenta a mensagem do lobista Amaral para José Serra.

Leia também:

No Manhattan Connection, uma aula de estupidez. E não foi de empresária

Apoie o jornalismo independente


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Eduardo

O PIG parece que pode tudo : Convence acadêmicos ( a tarefa é facil)) a eleger seus lambe botas para a ABL; até hoje defenestra nomes indicados para o STF( quem não se lembra da veja e outras queimando nomes muito melhores que Gilmar Mendes( coisa que é fácil de achar), fazendo média com os católicos brasileiros insinuando nomes para o Papado, queimando a imagem e ridicularizando o relator da AP 470. Assim não pode, assim não dá! Os socialistas brasileiros e o povo eleitor somente acordarão quando o PIG os fizer elegerem outro Fernando Collor!

Mas que ladrões!

Messias Franca de Macedo

[Henrique] Pizzolato ‘Petista’ (sic) foi condenado pela ‘Inquisição pré-medieval do século XXI tupiniquim’! Ah este “supremo”!… ENTENDA

#######################

[O inquérito 2474 derruba as teses do mensalão
Enviado por Miguel do Rosário
on 24/01/2014 – 4:35 am]

(…)
Os adiantamentos em dinheiro feitos pelo Banco do Brasil às agências de publicidade eram uma “regra geral” desde muito antes da gestão Lula, e eram feitos para todas as agências que trabalhavam com o banco, não apenas para a DNA.
(…)

FONTE: http://www.ocafezinho.com/2014/01/24/o-inquerito-2474-derruba-as-teses-do-mensalao/#sthash.blwzVw12.dpuf

Que país é esse, sô?!…

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Messias Franca de Macedo

[AINDA SOBRE ‘O DIABO VESTE PRADA’! E TAMBÉM SOBRE ‘outros segredos gravíssimos que a República precisa saber’!]

###############

O inquérito 2474 derruba as teses do mensalão

Enviado por Miguel do Rosário on 24/01/2014 – 4:35 am

Destrinchando a parte 1 do Inquérito 2474

Matutando sobre a razão pela qual Joaquim Barbosa manteve o Inquériot 2474 sob segredo de justiça, não o revelando nem a seus pares nem à imprensa, cheguei a algumas suspeitas.
(…)

Em
http://www.ocafezinho.com/2014/01/24/o-inquerito-2474-derruba-as-teses-do-mensalao/#sthash.blwzVw12.dpuf

Marat

O Gurgel é um Gurgel com alguns, e Ferrari com outros… Se aqui houvesse justiça, ele deveria virar uma Lamborghini, para tentar fugir!

Claudius

Senhores, o certo eh o simples. Passou-se 10 anos, essa gente (os
de sempre) continuam aih nandando de braçada. Nada mudou,pior
se petista vai pra cadeia agora, imaginem quando sairem do poder.
Portanto, invertamos a equação : ao invés de açularem com direita
pra cima do meu voto, usem o seu medo (que venceu a esperança)
para mudarem algo neste pais.
Pois tenho claro que essa gente não vacilarah em expropria-los
e coloca-los na cadeia na primeira oportunydade.

m.a.p

caro jornalista
Acompanhei bem o contento da época e tenho uma convicção de que no governo fhc tivemos a versão tupiniquim do pacto de Moncloa; muito mais modesto em seus objetivos ou seja salvar os fundos de pensão das Estatais que estavam quebrados (todos eles) pela inadimplencia de suas mantenedoras.
A própria Vale foi de certa forma “canibalizada” para introjetar recursos nos fundos falidos.
È por esses motivos que parte da esquerda iclusive o Zé Dirceu protege Dantas que foi parte importante dessa engenharia economica.

    Bonifa

    Comentário extremamente interessante. Não custaria muito ao Blog tentar verificar alguns sinais destas afirmações; se algo de importância fosse encontrado, seria de enorme valia como ajuda para desvendar toda esta embrulhada.

    Luiz Carlos Azenha

    De fato, interessante. Vou em busca de mais pistas para investigar.

Messias Franca de Macedo

[Ainda sobre *’segredos gravíssimos que a República precisa saber’!
*Denúncias
Valente: “Existem segredos gravíssimos que a República precisa saber”
publicado em 23 de janeiro de 2014 às 4:59.
Em http://www.viomundo.com.br/denuncias/valente-existem-segredos-gravissimos-que-a-republica-precisa-conhecer.html%5D

Lewandowski decide liberar “Gavetão”!
[Enviado por jornalista Miguel do Rosário
on 23/01/2014 – 12:34 pm]

Agora sim a chapa vai esquentar! Pena que a decisão do STF venha tão tarde, depois das condenações. Ao manter o Inquérito 2474 em segredo de justiça, Joaquim Barbosa criou um obstáculo não apenas a defesa dos réus do mensalão, mas, sobretudo, um obstáculo para o debate público sobre o tema.

O STF vai abrir o mais bem guardado segredo de Joaquim Barbosa

[qui, 23/01/2014 – 12:26
Por Luis Nassif, em seu blog.]

Entre hoje e amanhã, o presidente interino do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski tornará publico o Inquérito 2474, o chamado “gavetão”, o mais bem guardado segredo do Ministro Joaquim Barbosa.
O “gavetão” é a peça originária do Inquérito 2245, que resultou no “mensalão”. Na ocasião, o relator Joaquim Barbosa cindiu o inquérito 2245 e as partes não aproveitadas se transformaram no inquérito 2474, aberto em março de 2007, que ele manteve sob segredo de Justiça.
Apesar de garantir que não haveria mais “gavetas” no STF, Joaquim Barbosa recusou-se a divulgar o conteúdo do inquérito.
Em 2011 deferiu pedido formulado pela defesa de Daniel Dantas, abrindo apenas a ele o inquérito (http://tinyurl.com/kgnobew). Mas negou a dois condenados do “mensalão” alegando que não teria nenhuma relação com a AP 470. No entanto, soube-se que laudos da Polícia Federal, que atestariam a participação de Daniel Dantas no financiamento de Marcos Valério, foram encaminhados para o Inquérito 2474, e não para o 2245. Assim como laudos que atestavam a aplicação dos recursos da Visanet em campanhas promocionais.
Ao dar publicidade ao Inquérito, Lewandowski permitirá que não apenas Dantas, mas todos os interessados possam conhecer seu conteúdo.

AS DÚVIDAS SOBRE A 2474

Há suspeita de que, ao excluir as contribuições de Dantas, atestadas por laudos da Polícia Federal, a PGR teria encontrado dificuldades em justificar o montante movimentado por Valério. Daí a razão de ter tratado como desvio os R$ 73 milhões da Visanet, ignorando laudos técnicos que atestavam a aplicação dos recursos em campanhas.
O PGR Antônio Fernando de Souzase fixou em um parágrafo do relatório de auditoria inicial do Banco do Brasil:
“A inexistência, no âmbito do Banco do Brasil, de formalização de instrumento, ajuste ou equivalente para disciplinar as destinações dadas aos recursos adiantados às agências de publicidade dificulta a obtenção de convicção de que tais recursos tenham sido utilizados exclusivamente na execução de ações de incentivo ao abrigo do Fundo”.
O relatório não nega a aplicação dos recursos. Apenas – dada a fragilidade dos relatórios – informava não ser possível assegurar que “foram utilizados exclusivamente nas ações de incentivo ao abrigo do fundo”.
O PGR Souza ignorou o “exclusivamente” e entendeu que o relatório atestava que a totalidade das verbas publicitárias da Visanet haviam sido desviadas. Posteriormente, aposentou-se e passou a trabalhar em um escritório de advocacia agraciado com um contrato gigante com a Brasil Telecom.
A divulgação do 2474 poderá ser de boa valia para Barbosa esvaziar boatos de que seu filho teria sido contratado por uma das empresas beneficiadas com recursos da Visanet, e cujo caso foi transferido para o “gavetão”. Ou de que o Banco Rural teria feito com a TV Globo operações semelhantes às que fechou com o PT.

FONTE:
http://www.ocafezinho.com/2014/01/23/lewandowski-decide-liberar-gavetao/#sthash.7pErK4Aa.dpuf

LÁ VEM O MATUTO QUE SENTE CHEIRO DE GOLPE DESDE O DIA EM QUE NASCEU EM PINDORAMA! Agora, ‘o mais escandaloso golpe jurídico-mediático da história do Brasil – quiçá, do mundo -, inclusive televisionado plin plin’!

Tremeis fascistas! Energúmenos! Corruptos até a enésima geração!… ‘E calma! A hora de vocês irá chegar! Em breve! Calma!’…

República de ‘Nois’ Bananas
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Valcir Barsanulfo de Aguiar

E o Gurgel colocou as nádegas em cima dos E-MEIOS e demais provas.

Mário SF Alves

Interpretação de texto:

1) No primeiro quadrinho, Magali rega uma plantinha. Qual é o pensamento dela em relação a esta planta?
2) No segundo quadrinho, Magali faz uma cara de surpresa. Por quê?
3) Que atitude a menina toma em relação ao girassol que cresceu ali?
4) No último quadrinho, Magali come as pétalas da flor. Que palavra poderia representar o barulho da menina ao comer o girassol?
Fonte: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=25298

Mário SF Alves

Ê, ê… como adjetivar isso?

1) Não sou lambe-cu acabralhado ou acarneirado? Não sou Roseana ou Sarney?
2) Você vá ser acavalado, acerbo, com quem tem obrigação de aguentá-lo? [Obrigação? Obrigação por quê, caras pálidas? Obrigação meramente formal/partidária?]
3) “Bizantina” observação sobre D [Dantas], devo dizer-lhe: você não sabe de nada — nada mesmo? [Êpa! Aí, tem! E o que que o Bizâncio tem a ver com isso?]
___________________________________________
Máscaras contra gases a postos, vamos aos fatos:

“Recebi seu recado lido por amigo comum. Aviso-lhe: não mais mande-me (sic) recados neste tom: acho que você estava fora de si quando mandou esta infeliz mensagem. Não sou lambe-cu acabalhado ou acarneirado. Você sabe disso. Já fiquei seis anos sem falar com você e, se necessário, fico mais vinte. Não sou Roseana ou Sarney. Você precisa de mim e eu não preciso de você. Você vá ser acavalado, acerbo, com quem tem obrigação de aguentá-lo. Quanto à sua bizantina observação sobre D [Dantas], devo dizer-lhe: você não sabe de nada — nada mesmo. Ponha isto na sua cabeça. Ele é credor, grande credor. Eu e duas pessoas sabemos disso. Não seja encegueirado e não se deixe embair pelo pequeno Sérgio Andrade […] Cópia deste vai para a Pessoa”.

sebastiao leme

Se tivéssemos uma IMPRENSA RESPONSÁVEL , QUE REALMENTE INFORMASE ,não seria necessário tantos livros de denuncia .

Bacellar

Denúncias contra DD e os tucanos não faltam queremos é condenações.

    Mário SF Alves

    Tá. Fala com o JBarbosão.

    E, detalhe: tem de ser rápido, pois ele já cumpriu o papel dele. O prazo de validade tá esgotado. Não demora muito, vai dar na vista que a coisa era só contra o PT. Aí já viu, né? Começa a fazer água o barquinho do golpe neoliberal.

renato

Bandalheira, bandidada, bandidos.
Mas ainda dpa tempo, vamos dar tempo ao tempo.
Dilma 13 14 ….a verdade ocorrerá…são dividendos
o PT não nasceu ontem….

Socorro Guimaraes

Eu comprei os livros, Morcegos Negros,Collor de Mello e PC, o Operador,Marcos Valerio -Mensalão Tucano e PT, Honoravel Bandido, Sarney, Memoria das Trevas ACM, Os Sansungas do Brasil, sobre como os politicos em geral constroi obras que nunca acabam e deviam o dinheiro publico, o nosso dinheiro, agora Privataria Tucana, sobre o esquema dos tucano no governo totalmente TUCANO, nos estados e no Planalto é triste, o Principe da Privataria, como um presidente de uma nação não esta nem ai para o povo que lhe deu o poder, por esse motivo nunca mais voltará a tem poder,a ponto de 1998 chamar os aposentados de vagabundos e Operação Banqueiro de como Daniel Dantas dominou os politicos em geral no Brasil, e tudo isso só por dinheiro que era bilhões e não milhões, bilhões muitos bilhões e vocês estão discutindo prisões de politicos pequenos, não o Joaquim Barbosa esta fazendo chacota com o povo brasileiro. É um imoral, antietico e tão corrupto quanto todos os outros.

Mardones

O silêncio dos senadores da República sobre o assunto mostra o quanto estamos mal representados.

Esta semana, foi comemorado 30 anos do comício das Diretas Já.

Aqui em Curitiba, ‘políticos’ do PMDB e do PSDB se reuniram para relembrar a data.

Ato cômico, diante da quase total falta de democracia na atuação dos políticos das duas agremiações.

Este silêncio é orquestrado pelas lideranças partidárias, isso é fato.

E também serve para medir o grau de conhecimento de nossa população.

Só assim é possível ‘aceitar’ que Marina e Dudu sejam vistos (comprados) como diferente do que aí está. E que ela tenha tido tantos votos em 2010.

A República de joelhos para um homem (Daniel Dantas), seus advogados, juízes, ministros, políticos e lobistas.

Azenha não tocou em outro ponto central dessa história:

Dantas teria chantageado Fernando Henrique por conta da lista de correntistas do Banco Matrix. Esta lista é tão importante quanto o DARF da Globo.

    Palmeira

    Banco Matrix?

    É o jeito da máfia. Ela se trai, é Banco ficcional, é Nome Orange para empresas laranjas. Inacreditável a desfaçatez mas máfias infiltradas em governos – ou desgovernos.

    Mário SF Alves

    Peraí, Mardones, você acha mesmo que a coisa se resume a isso?

    “A República de joelhos para um homem (Daniel Dantas), seus advogados, juízes, ministros, políticos e lobistas.”
    _______________________________
    Ora, companheiro, isso é apenas consequência. Claro, em relação à rotina histórica, exponencialmente trágica e escandalosa. Mas, a causa, o motor, dessa coisa toda é a crise do capitalismo. E não tenhamos dúvidas: crise turbinada por bits e bytes.
    Não creio que propagassem o fukuyamico fim da História por nada. Não foi só pela derrocada da URSS. Não acredito nisso. Basta lembrar o 11/09 e seus desdobramentos.
    Penso que já anteviam a eclosão de uma das crises mais violentas do sistema.
    Assim, com o neoliberalismo já amplamente testado em países da América Latina, especialmente no Chile, foi só tornar realidade o “assado”. E quanto a isso, o forno das ditaduras deve ter sido prestimoso. Depois foi testar na Inglaterra sob a malfada Thatcher e nos EUA, com o falso moralista e ex-ator RReagan.
    ___________________________________

    Imagine o modelo de desenvolvimento adotado no Brasil saindo imune de uma crise dessas, uma crise sistêmica do capitalismo. Imagine o Brasil sendo uma das bússolas pro mundo.
    _______________________________________________
    O que vem a seguir está no blog Carta Maior. Vale a pena conferir:

    “A expressão ‘siga o dinheiro’, comum em filmes policiais, ilustra a percepção correta, adiantada por Adam Smith, de que a moeda desenha estradas invisíveis na sociedade.

    Rastreando-as é possível desvendar aquilo que não se oferece imediatamente à vista.

    Pelos caminhos do dinheiro circulam desde carregamentos lícitos, como safras, a armamentos, sonegações fiscais, drogas, favores políticos e outras miunças.

    Os bancos são o entreposto de serviços desse trânsito.

    Ademais de concederem abrigo seguro e rentável ao fluxo –eventualmente lavá-lo das marcas do caminho– tem o poder de gerar e direcionar novos volumes de tráfego, em emissões de crédito desdobradas da carga ociosa em seus depósitos.

    Esse notável replicador conecta-se a outros entroncamentos por onde o dinheiro graúdo viaja em primeiro classe, engordando sua existência (às vezes acometida de emagrecimentos súbitos causados pela gula tóxica).

    O conjunto forma o que se chama de sistema financeiro.

    Pelo calibre dos interesses que reúne, a abrangência da ramificação e o poder de influencia que exerce , constitui uma espécie de governo invisível da sociedade.

    O governo invisível não quer a reeleição de Dilma.

    Pesquisa feita com duas dezenas de expressivos dirigentes dessa constelação, ao abrigo do anonimato, como manda o ofício, constata que o ‘Setor financeiro quer mudança no Planalto’, informa o jornal Valor Econômico desta 3ª feira.

    As relações entre o governo invisível e o visível (qualquer que seja ele) desenvolvem-se em um amplo gradiente.”

    Fonte:http://www.cartamaior.com.br/?/Editorial/O-governo-invisivel-nao-quer-Dilma/30062

Mauro Bento

A Privatização da Vale do Rio Doce também foi comprovadamente irregular.
A República precisa de Reformas e Príncipios.
Precisa do fim das Medidas Provisórias do Executivo,orçamento impositivo,fim da vice-presidência da República.
Precisa de Readequação no Poder Judiciário para evitar que a frase infeliz mas reveladora “a Constituição é o que o STF disser que seja” assuma caracter absoluto,é
necessário o Controle com regras previstas por parte do Legislativo soberano,para corrigir dentro da normalidade democrática qualquer excesso do Judiciário Público.
Precisa que o Legislativo seja Unicameral um Congresso Nacional com 257 deputados,
financiamento público de campanha,voto no partido,voto livre,…
Reformas e Prícipios mínimos para ter alguma change de funcionar como disputa política partidária e não bancadas de “Lobistas” supra-partídários.

    Maria Fulô

    Como mencionado no livro, de resto coisa que todos os que acompanharam a privatização já sabiam, o filho de FHC – o notável vagabundo – trabalhava diretamente para Benjamin Steinbruch na Light do Rio. Imagine nossa Imprensa com o Lulinha trabalhando diretamente para o líder do Consórcio que levou a Vale… Entraria na ONU com um pedido de impeachment. Mas em relação ao Príncipe da Privataria, nada… um silêncio sepulcral.

    Mário SF Alves

    “Mas em relação ao Príncipe da Privataria, nada… um silêncio sepulcral.”
    ___________________________________________________________

    Sim, claro. Ele cumpriu o papel dele. Seguiu à risca. Ficou nervosinho “assim não pode, assim não dá”. Deu vexame internacional ao revelar-se traído/frustrado em suas expectativas, por isso e na mesma cadência, tomou aquele safanão retórico do Clinton, mas… cumpriu o papel. E não à toa foi agraciado com o John W. Kluge, aquele prêmio “concedido” pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos¹.

    E afinal, quanto vale (êpa! Vale?), quanto vale o servicinho sujo de submeter um país inteiro, um país riquíssimo, verdadeiro continente, à sanha do “quem tem mais leva e ao salve-se quem puder, embutidos no ideário neoliberal”?

    ____________________________________________________________________
    ¹”ex-presidente Fernando Henrique Cardoso recebeu o prêmio John W. Kluge, concedido pelo Congresso americano.”

Romanelli

opa, então Serra, o grande defensor da privataria (2o THC) e inimigo da opoligarquia sarneysista, é o nosso verdadeiro herói ? ..quem diria

    Romanelli

    olha, hoje sabemos que a maioria do STF é do PT, então ? cadê o HD do DD ? ..aquele que alguns informados disseram que derrubaria a tal Republica tucano-petralha ? ..será que ainda esta trancado no cofre, ou será que esta sendo usado pra outro fim menos nobre ?

    nota – pelo que lembro (se não me engano) dizem que com a operação da BROI, feita em tempos lulistas, caiu no colo do DD cerca de 1 bi, não era isso ?

    augusto2

    engraçado.
    nós q lemos de tudo e todo o dia, nao estamos sabendo q a maioria do stf seja do Pt. Da pra indicar uma fonte?

    Romanelli

    vejamos ..Levandovsky, Rosinha, Carminha, Barbozinha, Fux, o menino Toffoli, Barroso e Zavasky ..ou seja, 8 dos 11 morcegões foram nomeados na gestão de quem ? do PT (nota – sobraram Celso, Agiumal e o Marrrrco Aurééélio, um de THC, outro de Sir Ney, e o outro do Saco Roxo)

    claro, claro, acho que entendo a sua confusão mental ..pra vc ser do PT significaria que eles precisariam seguir as conveniência e ignorar a lei do país ..mas aqui então falaríamos de quadrilha, o que não é o caso (será que era isso que vc esperava ?)

    Por outro lado, penso que eles poderiam ao menos ser mais coerentes e passarem a exigir que o conteúdo dos tais HDs (trancados pela conselheira do Eike, a Grace de Mônaco, lembra ?), enfim, que viessem a público, doesse a quem doesse, né mesmo ?

    Mário SF Alves

    Tá, Romanelli, li sua resposta. Acho-a de um simplismo admensional. Francamente.
    _________________________________
    Já, diante do seu argumento, algumas hipóteses e dúvidas – apenas e só, no que tange ao seu entendimento da realidade política – me passam pela cabeça. Cito duas:

    1- O que você entende como sendo a solução mais adequada para o desenvolvimento sócio-econômico do Brasil?
    2- O que você colocaria no lugar PT¹?

    ¹Por PT, entenda-se: governo de coalizão do PT.

    Luís Carlos

    Sobre o HD do DD você deve perguntar para Ellen Grace, ex presidente do STF, hoje filiada no PSDB. Ela escondeu o HD do DD.

    Mário SF Alves

    Andas mesmo à cata de um herói, hein, prezado Romanelli?
    _________________________
    Calma companheiro, calma. Heróis não surgem do nada, cara.

    Romanelli

    Alves, pra mim não precisaria ser herói não ..mas alguém minimamente ético, capacitado e honesto ..coisa rara de termos (muito menos com o Serra que sempre adorou trazer pra política a mentira, a manipulação barata, o medo e o pânico, nem que através duma simples bolinha de papel)

    Mário SF Alves

    Não sei se isso não. Não foi ele que travou a subida do caminhãozinho da Roseana?
    Lembra a campanha presidencial que representava a ascensão eleitoral dela como um caminhão subindo a ladeira? Não? Nem eu.

    Agora, sério, você lembra que o enCerra mandou gente dele lá no Maranhão para acabar com a festa/candidatura dela?

    Não, meu caro, não foi nada contra oligarquia nenhuma, foi apenas contra um adversário eleitoral. Só isso.
    ______________________________________
    Recordar é viver. E viver é também pensar/refletir. Refletir por sua vez pode significar rever antigas certezas:

    Caso Lunus: Como dossiê tucano destruiu candidatura Roseana.

    Fonte: http://www.midiaindependente.org/pt/green/2006/09/360766.shtml

H Menon Jr

Alguém tem alguma dúvida de que Daniel Dantas é intocável pela simples razão que a totalidade dos ricos brasileiros – claro, incluindo aí TODOS os magnatas da mídia brasileira – investiam com ele e, caso seja aberta, a lista dos brasileiros que investiam ilegalmente no exterior causará um terremoto de proporções bíblicas? Será que a nossa grande Imprensa não percebe que ao tomar o lado do banqueiro, confessou seu crime?

    GuaranaTai

    Os poderosos nos mijam e a mídia nos diz que está chovendo.

    Mário SF Alves

    Rs, rs, rs… e não é que é? Exatamente isso, cara.
    ___________________________________

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma.”

    _______________________________________________

    E, atenção para a fonte: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/posts/view/como-diz-nassif-como-ja-dizia-pulitzer

    “O diagnóstico do jornalista Luís Nassif de que “nos últimos tempos, Veja passou a praticar o jornalismo mais escabroso” que ele conheceu “em muitas décadas de profissão” justifica citar o editor húngaro-americano Joseph Pulitzer (1847-1911), aquele mesmo que criou os que viriam a ser os mais cobiçados prêmios jornalísticos e literários dos Estados Unidos.

    Num contexto todo outro, naturalmente, o semanário londrino The Economist, na edição que começa a circular amanhã, transcreve uma frase de Pulitzer que se aplica aos prováveis efeitos do tipo de jornalismo que Nassif tem em mente:

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma.”

    Gilson Raslan

    GuaranaTaí, você é um gênio. Parabéns.

    Mário SF Alves

    É por aí que a bandinha toca. Feliz observação, caro H Menon Jr.

    E, sim, terremoto de proporções bíblicas.
    _______________________________________________
    Agora, vamos ser práticos: linka isso aí com a AP 470, vulgo mentirão do tudo [só] contra o PT. Conecta isso aí com a volúpia de desconstrução do Lula.
    ________________________________________________________
    Entendeu até onde vai a toquinha do coelhinho neoliberalissimamente branco?

Deixe seu comentário

Leia também