VIOMUNDO

Diário da Resistência


Rogério Correia: Janot só não abre inquérito contra o senador Aécio Neves “se não quiser ou se tiver o rabo preso”
Denúncias

Rogério Correia: Janot só não abre inquérito contra o senador Aécio Neves “se não quiser ou se tiver o rabo preso”


27/08/2015 - 23h54

alckmin, serra, fhc e aécio

Provas de esquemas de corrupção envolvem os principais líderes tucanos, afirma o deputado do PT mineiro

‘Se MP não abrir inquérito contra Aécio será a desmoralização das instituições’

Para deputado do PT mineiro, existem provas de diversas ordens que embasam abertura de investigação contra senador, e PGR “só não abre processo se não quiser, ou tiver rabo preso”

por Redação RBA publicado 27/08/2015 17:20, última modificação 27/08/2015 18:34

São Paulo – “É um absurdo a blindagem da mídia. Aqui em Minas a gente ficou acostumado com isso porque Aécio Neves tinha uma relação doentia com a imprensa”, afirmou o deputado estadual Rogério Correia (PT-MG) em entrevista para a Rádio Brasil Atual, ontem (26). Além da cobertura tendenciosa da mídia em relação às delações da operação Lava Jato, o parlamentar relata esquemas de caixa 2 e de propinas promovidos pelos tucanos em Furnas e nas eleições de 2002.

“Existe um laudo da Polícia Federal que eu e outros parlamentares entregamos pessoalmente nas mãos de Janot. Temos todas as provas também de um inquérito feito pelo próprio Ministério Público acerca de caixa dois e propinas em Furnas”. Correia não hesita em afirmar que ‘a principal responsabilidade de tudo isso vinha das campanhas do senador Aécio Neves’.

O deputado avalia os valores levantados pelo esquema de corrupção. “Aécio ‘amigalhou’ R$ 5,5 milhões apenas para ele. Nas provas também tem o que foi para José Serra e para Alckmin. Ali (em Furnas) foi feito o caixa 2 dos tucanos em 2002”.

De acordo com Correia, até mesmo a imprensa que hoje blinda o PSDB noticiou o esquema. “No dia 19 de maio de 2006, às 9h50, a Folha de São Paulo deu a seguinte manchete: ‘Novo laudo da PF indica que lista de Furnas é autêntica”’. Sobre os desdobramentos e a ausência de denúncias e processos contra Aécio, “foram fazendo pizzas e pizzas. Os tucanos enrolando e o MP deixando para lá”, disse.

O parlamentar reafirma a necessidade de uma atitude da Procuradoria-Geral da República. “O bandido do Yousseff comprova que entregava dinheiro para Aécio através da empresa Bauruense. Isso desde a época de Furnas até a Petrobras. O Janot tem todas as provas.”

Leia também:

Youssef confirma acusação de que Aécio recebeu propina no esquema de Furnas

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



30 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

FrancoAtirador

31 de agosto de 2015 às 07h16

.
.
PGR EXCLUI PSDB DA OPERAÇÃO LAVA-JATO NO STF
.
Janot pede Arquivamento de Investigação de Anastasia (PSDB) na Lava-Jato
.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF)
pedido para arquivar a investigação do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG) no âmbito da Lava- Jato.
Este é o primeiro caso de pedido de arquivamento entre os 50 políticos investigados
pela PGR perante o STF por suposto envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras.
.
O arquivamento exclui o PSDB do rol de partidos com parlamentares investigados
na Lava Jato pela PGR entre as apurações conhecidas atualmente.
.
Há pedidos de investigação feitos pela equipe de Janot com base em delações recentes, como a do empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da UTC, que permanecem ocultas no Supremo Tribunal Federal e aguardam decisão do relator do caso, o ministro Teori Zavascki.
.
A PGR tem até o dia 31 deste mês de agosto para apontar caminhos que devem ser seguidos em cada um dos inquéritos.
.
Podem ser propostas novas denúncias, arquivamentos ou pedidos de prorrogação da investigação.
.
(http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2015/08/28/internas_polbraeco,496506/janot-pede-arquivamento-de-investigacao-de-anastasia-na-lava-jato.shtml)
.
.

Responder

fernando oliveira

30 de agosto de 2015 às 12h24

E tudo isso só porque o Brasil tem muito petróleo de reserva no pré-sal.
E os entreguistas, que aqui são chamados de “elite”, em conluio com os interesses internacionais
usam de todos os meios para entregar essa riqueza.
A mesma coisa foi aplicada no Iraque, Líbia, Egito, Ucrânia, etc, etc. …

Responder

italo

29 de agosto de 2015 às 13h54

Os 10 milhões do psdb nas costas de um morto, para sabotar a CPI precisou 3 vivos p anunciar o arrego de outros muitos.

Responder

Lopes

29 de agosto de 2015 às 09h08

O Janot mostrou sua verdadeira face ao arquivar a denuncia contra Anastasia (PSDB claro) dois dias apos ser reconduzido a PGR!

Responder

italo

28 de agosto de 2015 às 20h45

A lava jato do Alkmin chama cartel de empresas, FHC é amigo assumido do PIG, o tarja preta não tem nome nem idéia, o único sujo nos tribunais do PIG é Aécio Cunha.

Responder

Leleco

28 de agosto de 2015 às 16h54

Há algum tempo atrás , quando estava analisando as primeiras denúncias que encaminharia ao STF , referentes à Operação Lava-Jato , o mineiro Janot foi alertado pela ” inteligência ” do Ministério da Justiça ( seria um recado ” burro ” por parte dos delegados aecistas da PF ? ) de que deveria reforçar sua segurança pessoal e de familiares . Coincidentemente o nome do playboy não foi incluído em seu relatório , mesmo com as delações claríssimas , documentadas em vídeo , para que ao menos fossem investigadas com relação ao propinoduto de Furnas . Agora , dentro do Congresso , o doleiro Yossef em uma CPI reafirma a propina do menino do Rio. A ameaça ao Procurador ou aos seus , poderia ser um terceiro motivo ( além do não querer ou do rabo preso ) para a não abertura de inquérito contra o cambaleante arregão pateta , blindando-o mais uma vez ???

Responder

José Alves Soares

28 de agosto de 2015 às 16h12

Estou somando-me aos que pedem e clamam por cadeia pra este quarteto Bota Pra Moer Janot::

Responder

Vixe

28 de agosto de 2015 às 15h19

O pau que bate em “Chico”, jamais vai bater no “Dr. Francisco”, entendei???
“Janó” jamais vai ferrar tucanos mesmo que queira.
A MAÇONARIA não vai deixar…

Responder

Al Coast

28 de agosto de 2015 às 14h58

Fôssemos um País sério, esse indivíduo teria sido preso quando se recusou a fazer o teste do bafômetro no RJ!(2)

Responder

abelardo

28 de agosto de 2015 às 13h23

O que pode ser Rodrigo Janot? Um estúpido, um advogado dos golpistas, um defensor de malfeitores do PSDB, um omisso, um chantageado, um direitista, um partidarista, um medroso, um carrasco da esquerda, um vazador, um holofotemaníaco, um pau que dá em Chico, dá em Chico, dá em Chico, dá em Chico, ……..?

Responder

FrancoAtirador

28 de agosto de 2015 às 12h36

.
.
Curiosidade
.
Agora que o Doleiro Paranaense revelou que o Cumpádi Janene (PP)
.
deu R$ 10 Milhões de Propina aos Tucanos, por Exigência do PSDB,
.
para que eles Boicotassem uma das CPIs da Petrobras no Congresso,
.
quanto será que o Presidente do PSDB vai pedir, para que o Youssef
.
altere o Depoimento ou para que o Edu Cão encerre esta outra CPI?
.
.

Responder

Urbano

28 de agosto de 2015 às 12h00

Será????????????? Há muito que já mostrou por A+B…

Responder

    Urbano

    28 de agosto de 2015 às 13h29

    A propósito… não sei se história ou ficção, mas eu só tinha conhecimento da situação ‘matou a família e viajou’…

FrancoAtirador

28 de agosto de 2015 às 11h39

.
.
MPF: Pau Duro no Chico do PT
.
Pau Mole no Francisco do PSDB.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    28 de agosto de 2015 às 11h56

    .
    .
    Os Phoderes no Paraná:
    .
    Juiz Estupra Mandioca
    .
    Porém Broxa em Coxinha.
    .
    .

Marco Ferreira

28 de agosto de 2015 às 11h32

A lista de Furnas existe desde de 2005, o PT sempre fez chantagem com o PSDB com a tal lista, na sabatina do Janot, até onde assisti, não vi nenhum Senador do PT cobrando essa questão da denúncia do Aécio (Furnas). E o que Dimas Toledo estava fazendo na diretoria de Furnas em 2005?

Responder

abolicionista

28 de agosto de 2015 às 11h21

Até quando vamos aturar vagabundos fascistas como os barões da mídia brasileira? Essa gente é podre e ardilosa, corrompe nossa democracia, mantém o povo ignorante, mente, distorce. Chega dessa merda. Vamos dar o troco na mesma moeda. Se um jornalista canalha suja o nome de quem nada deve, é justo que ele pague pela calúnia e pelos danos morais. Se os juízes estão comprados, chegou a hora de fazer justiça com as próprias mãos.

Responder

    Danilo

    28 de agosto de 2015 às 16h33

    Os doadores de campanha eleitoral envolvidos na lava-jato também doaram para a campanha de Aécio Neves. Se no final das contas não for aberto inquérito contra Aécio, os verdadeiros democratas tem de ir às ruas protestar. Não pode haver justiça pela metade.

Elias

28 de agosto de 2015 às 11h19

Pau que dá em Chico, dá em Francisco? Aonde? O que estamos vendo na mídia é que pau que dá em petistas, nunca dá em peessedebistas.

Responder

Lopes

28 de agosto de 2015 às 10h59

Fôssemos um País sério, esse indivíduo teria sido preso quando se recusou a fazer o teste do bafômetro no RJ!

Responder

    Julio Silveira

    28 de agosto de 2015 às 12h23

    Concordo integralmente contigo, Lopes, e faço um complemento. Como um representante do congresso, que fazia na antevespera propaganda contra o alcool no transito, deveria ter penalidade dobrada para se tornar exemplar e não proliferar a cultura da hipocrisia e da mentira facil.

Wladimir

28 de agosto de 2015 às 10h33

Vamos ver se o PGR sustentará e levará adiante a tese popular, mencionada por ele próprio, e o pau do MP que só tem batido em Chico, começara a bater também em Francisco!

Responder

Leopoldo Cocsta

28 de agosto de 2015 às 10h25

De tudo que se foi dito nestes últimos meses, a respeito do Governo e seus aliados. A busca incansável de derrubar um governo eleito democraticamente , não apenas pela oposição vencida, más em especial pelas instituições que deveriam buscar fazer valer a soberania popular e o respeito absoluto da Constituição, tenho a convicção que esse procurador jamais irá denunciar o Aécio e seus comparsas.
A elite e a classe média não querem a verdade, pois a verdade significa justiça, justiça significa igualdade, igualdade significa que todos tem os mesmos direitos e resposabilidade. Como bem disse Milton Santos, a elite e a classe média não buscam direitos, buscam privilégios.

Responder

Marcos brizolista

28 de agosto de 2015 às 10h04

Quem disse que a luta de classes não existe ?

Responder

RONALD

28 de agosto de 2015 às 09h59

A FOTO DO ARTIGO NÃO PODERIA SER MAIS MEDONHA – FICARIA ÓTIMA ESCULPIDA EM UM “MONTE DA INFÂMIA”. AGORA, ENTENDO A FRASE DO GENERAL( MARLON BRANDO) DO FILME APOCALIPSE NOW DO COPPOLA – O HORROR !!!!!!!!

Responder

Julio Silveira

28 de agosto de 2015 às 07h33

“Se não quiser ou se tiver rabo preso”. E alguém com poder que deveria saber com profundidade o historico do cidadão antes de oferecê-lo ao Brasil, saber se poderia estar comprometido com objetos de suas investigações, investigou? Ou apenas fizeram o burocratico papel de lançarem seu nome por conta de algum desses favores que ligam a todos em uma corrente politica de irresponsabilidades.

Responder

FrancoAtirador

28 de agosto de 2015 às 06h05

.
.
AÇÃO PENAL PÚBLICA INCONDICIONADA E PREVARICAÇÃO
.
Titularidade da Ação Penal
.
A Ação Penal (AP) é imprescindível para a Aplicação do Direito Penal,
pois é através dela que o Ministério Público (MP), como Ente Estatal,
ou o próprio Ofendido poderá exigir do Estado-Juiz (Poder Judiciário)
a Movimentação da Prestação Jurisdicional para o Alcance a Justiça.
.
No Processo Penal Brasileiro, as APs podem ser
de Iniciativa Pública ou Privada, conforme o caso:
.
1. Ação Penal Pública Incondicionada (APPI).
2. Ação Penal Pública Condicionada à Representação (APPC).
3. Ação Penal de Iniciativa Privada.
4. Ação Penal Privada Subsidiária da Pública.
.
Via de regra, as APs são Públicas Incondicionadas,
e só serão de outra forma quando vier expressa na Lei.
.
Assim, a Maioria [email protected] [email protected] de haverem praticado os Crimes Previstos na Legislação
Penal Brasileira (Corrupção, Peculato, Estelionato, Estupro, Homicídio, Roubo, Tráfico…), sobre os quais não há Especificação Expressa de que é Cabível Outro Tipo de Ação,
responderá obrigatoriamente a Ações Penais Públicas Incondicionadas (APPIs).
.
O Titular das APPIs será exclusivamente o Representante do Ministério Público.
.
As APPIs são Indisponíveis, não podendo, portanto, o Representante do MP,
após o Ajuizamento, dispor ou desistir dessas Ações (Art. 42, CPP).
.
Nas APPIs o Ministério Público não está Subordinado
a nenhuma Condição Objetiva de Procedibilidade.
.
Por conseguinte, havendo Elementos Suficientes da Materialidade
.
e Autoria do Crime, estará o Representante do Ministério Público
.
Obrigado a Oferecer a Denúncia, sob pena de, em Não o Fazendo,
.
ficar Caracterizado o Crime de Prevaricação, que consiste em retardar
.
ou deixar de praticar Ato de Ofício, contra Disposição Expressa de Lei.
.
.
PRESCRIÇÃO
(http://imgur.com/36BZ83G)
.
(http://direitoemquadrinhos.blogspot.com.br/2011/03/processo-penal-diferenca-entre.html)
.
.

Responder

Cláudio

28 de agosto de 2015 às 04h13

: 04:13
.:.
Ouvindo As Vozes do Bra♥S♥il e postando:

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !

♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Responder

luiz mattos

28 de agosto de 2015 às 00h52

Tá difícil acreditar nessa justiça viciada em tucano.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.