VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


PF que escoltou Lula no velório de Arthur fez a segurança de Bolsonaro na campanha
Denúncias

PF que escoltou Lula no velório de Arthur fez a segurança de Bolsonaro na campanha


03/03/2019 - 13h57

O problema não é o mesmo policial que fez a escolta do Lula ter feito a segurança do Bolsonaro nas eleições. O grave é o engajamento político do policial pro Bolsonaro. É caso de corregedoria. Vamos tomar providências. E pedir explicações do porque ostentar o símbolo da polícia americana. Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, no twitter

por Conceição Lemes, com Beto Mafra  e Tânia Mandarino

No enterro de Arthur Araújo Lula da Silva, 7 anos, chamou muito a atenção um dos policiais que fazia a escolta do ex-presidente Lula.

Ele ficava na frente, tinha armamento pesado e na roupa um símbolo da SWAT de Miami.

Desde ontem, buscava-se identificá-lo.

O primeiro a me alertar foi Beto Mafra.

Naquela altura discutia-se se era o mesmo que havia atacado Manuela D’Ávila, do PCdoB, numa visita que fez à Vigília Lula Livre, em Curitiba.

Trata-se do Policial Federal Danilo Campetti, o mesmo que fez a segurança de Jair Bolsonaro desde a campanha eleitoral até a posse.

O primeiro a levantar as fotos de Campetti foi Luiz Alacarini, @LuizAlac, no twitter.

Exibicionista, no Instagram, o próprio Campetti assume e tripudia: O mesmo PF que fez a escolta do Lula, fez a segurança do Bolsonaro nas eleições. VEJAM A DIFERENÇA
Vlww @apfcampetti

Via Tânia Mandarino, recebi fotos e filmes publicados por Campetti no Instagram e no Facebook.

Alguém com este perfil é adequado para proteger a vida de alguém sob custódia do Estado?

Ministro Sergio Moro, o que o senhor tem a dizer, já que é o chefe da PF?

E senhores digníssimos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), vão esperar o que acontecer a Lula para libertá-lo?

Na mesma linha, Paulo Metri, em mensagem via whatsapp, observa:

Este policial tem a isenção necessária para garantir a segurança de um preso do Estado? Talvez queiram “uma execução realizada por um louco em momento de crise”!

A propósito, Campetti estava grudado a Bolsonaro no exato momento em que o então candidato a presidência da República levou a facada em Juiz de Fora (MG).

Já que ele gosta de se mostrar, o que tem a dizer sobre a aquela hora, já que foi testemunha privilegiada?

Campetti fraquejou ou o quê?

 

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Cláudio

04 de março de 2019 às 01h43

É PF, Pústula Fedorenta… dessas a quem a esquerda vive dando trela ao invés de executar na Justiça ou outros meios legais…

Responder

Rustin

04 de março de 2019 às 01h00

Não se assustem, é só mais um miliconalha

Responder

Zé Maria

03 de março de 2019 às 20h56

Esse PF é o Queiroz do Jair?

Responder

Marcio

03 de março de 2019 às 20h53

Não é no mínimo estranho que um segurança que tenha falhado durante um evento onde o seu protegido leve uma facada permaneça fazendo a segurança desse protegido? O cara continua sendo merecedor de confiança mesmo depois do atentado? Ninguém questiona isso? Acho que em uma situação normal, não só ele, mas TODOS os integrantes da segurança seriam trocados, não é? Incompetência premiada?

Responder

nelson

03 de março de 2019 às 16h18

sou policial esse ai é um baba ovo.

Responder

Christian Fernandes

03 de março de 2019 às 14h12

Significa que se o Adélio quisesse matar o Lula teria caminho livre?

Ou essa é a ~diferença~ alegada?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.