VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

O exército de fakes nas mídias sociais


01/03/2012 - 01h43

“Inteligência tática de captação de informações” nos media sociais

Espionagem e propaganda utilizando o Facebook e o Twitter

por Julie Lévesque, no Global Research, sugerido pelo Marco Aurélio

Um novo estudo feito pelo Conselho Mediterrâneo de Estudos de Inteligência (MCIS) no Almanaque de Estudos de Inteligência de 2012 atenta para o uso dos medias sociais como “a inovação em inteligência tática de captação aberta de informações”. Joseph Fitsanakis da IntelNews.org, co-autor do estudo, declara:

Sustentamos que o Facebook, o Twitter, o YouTube e uma série de outras plataformas de redes sociais são cada vez mais consultadas por agências de inteligência como inestimáveis canais de aquisição de informações. Baseamos nossos resultados em três estudos de caso recentes, os quais, acreditamos, destacam a função da inteligência em relação às redes sociais. (Joseph Fitsanakis, Pesquisa: Cada vez mais espiões usam Facebook e Twitter para coleta de informações, intelNews.org), 13 de fevereiro de 2012. [1]

Porém, o que o estudo não menciona é o uso dos medias sociais feito por agências de inteligência para outros fins. A investigação nos leva a acreditar que os media sociais são somente um instrumento de captação de informações da inteligência, quando na verdade, um número de declarações mostrou que é utilizada para promover propaganda, inclusive para criar perfis falsos para dar suporte a operações secretas.

Estas práticas são discutidas no Exército de Fakes de Mídia Social para Promover Propaganda, Mídia Social: Força Aérea Encomenda Software para Monitorar Exército de Fakes Virtuais e Pentágono Busca Manipular Mídia Social para Fins de Propaganda [2] , publicados no Global Research em 2011. 

O estudo do MCIS se baseia parcialmente no contexto da “Primavera Árabe”, o qual supostamente instigou o governo americano a desenvolver diretrizes para inteligência de coleta de informações a partir de redes sociais” [3] .

Novamente, não se considera que o governo americano oferece “treinamento de liderança” para estrangeiros desestabilizarem seus países de origem. Esta tática está descrita em detalhes no último artigo de Tony Cartalucci, Egito: Ativistas Financiados pelos Estados Unidos sob Julgamento: “Promoção de Democracia” Americana = Sedição Internacional [4] .

A “cyber dissidência” é financiada, dentre outros, pela Freedom House, vinculada à CIA. O primeiro dos eventos da Human Freedom do Instituto Bush, co-financiado pela Freedom House, foi intitulado “Conferência sobre Cyber Dissidentes: Resultados e Desafios Globais”.

A conferência sobre cyber dissidentes destacou o trabalho, métodos, coragem e conquistas dos oito palestrantes dissidentes convidados, de sete países. Cinco desses países são regiões onde a liberdade foi extinta (todos avaliados como “não livres” pela Freedom House: China, Cuba, Irã, Síria e Rússia). Os outros dois países são regiões onde a liberdade está em perigo (ambos avaliados como “parcialmente livres” pela Freedom House) por causa de um governo autoritário que acumula mais poder, como na Venezuela, ou por causa da ameaça de grupos terroristas internos, como na Colômbia. (Conferência sobre Cyber Dissidentes: Resultados e Desafios Globais, Centro Presidencial George W. Bush) [5]

Países onde a “liberdade foi extinta” e que são aliados americanos, tais como Barém ou Arábia Saudita, não são listados acima. O único aliado americano listado é a Colômbia e considera-se que sua liberdade está ameaçada por grupos terroristas, e não por seu governo.

Vale dizer que o governo colombiano foi acusado de espionar seus jornalistas e que a Comissão Inter-Americana de Direitos Humanos (IACHR) declara que a liberdade de expressão ‘quase não existe’ na Colômbia. 

O objetivo do “treinamento de liderança” feito por ONGs americanas é o de desestabilizar os inimigos políticos da América em nome da liberdade. A “cyber dissidência” é, por sua vez, utilizada por agências de inteligência para operações secretas.

Notas
[1] Joseph Fitsanakis, Research: Spies increasingly using Facebook, Twitter to gather data , intelNews.org, 13/fevereiro/2012.
[2] Army of Fake Social Media Friends to Promote Propaganda , Social Media: Air Force ordered software to manage army of Fake Virtual People e Pentagon Seeks to Manipulate Social Media for Propaganda Purposes.
[3] (Ibid.)
[4] Egypt: US-funded Agitators on Trial: US “Democracy Promotion” = Foreign-funded Sedition.
[5] The Conference on Cyber Dissidents: Global Successes and Challenges, The George W. Bush Presidential Center.

Tradução de Sergio Oliveira

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



27 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Pública: Como funcionam as revoluções de veludo « Viomundo – O que você não vê na mídia

18 de junho de 2012 às 10h46

[…] O exército de fakes nas mídias sociais […]

Responder

Eu protesto! Anonymous personalidade do ano? | Webinsider

29 de abril de 2012 às 11h38

[…] se olharmos bem, compreendemos: de fato, a “primavera árabe”, por mais que tenha dedo da CIA, é algo sem precedente na história recente humana e mais um passo à americanização […]

Responder

Eu protesto! Anonymous, personalidade do ano?

28 de abril de 2012 às 22h01

[…] se olharmos bem, compreendemos: de fato, a "primavera árabe", por mais que tenha dedo da CIA, é algo sem precedente na história recente humana e mais um passo à […]

Responder

francisco.latorre

02 de março de 2012 às 14h41

fake?..

pena paga?..

a soldo do departamento de estado?..

aqui no viomundo?..

nunca vi não.

..

os atrapalhantes. atormentantes. sistemáticos. que infestam o pedaço. são apenas honestos sinceros e desinteressados. psicopatas da direita. tá.

rodox. preto. nos baratas.

..

grandes frases. pra ficar na história.

fhcia.. 'dependência ou morte'.

zé erra.. 'assina aí filha'.

..

Responder

Bley

02 de março de 2012 às 14h25

Minha adesão ao darwinismo social-tecnológico-mediático de nosso tempo faz-se por sinais de fumaça, dança do acasalamento, torpedos onomatopaico-interjetivos da Erótica à Sociabilidade e Politicidade de nós ainda animais humanos, logo lascando pedras, rupestrando palavras de liberdade, rubrando ao sol o corpo senão todo nu, totem-fetichizando a não-mercadoria, minha utopia, que nem precisa existir, como deus, para premissar minha fé ou além-fé… E coisa é o que não entendo investida de libido! Ah tempos maquinóides…

Responder

Operante Livre

01 de março de 2012 às 17h30

A mídia sempre foi arma de guerra. Agora é campo de batalha estendido.

Responder

baader

01 de março de 2012 às 17h17

(acho que terei que mudar meu nick)

Responder

ZePovinho

01 de março de 2012 às 14h18

http://www.rumormillnews.com/cgi-bin/archive.cgi?…

Mossad & CIA Committed 9-11: Italian President Francesco Cossiga

Posted By: ChristopherBollyn [Send E-Mail]
Date: Saturday, 8-Dec-2007 10:23:00

In Response To: TOP SECRET – Ehud Olmert's Pre-9/11 Visit to NYC (ChristopherBollyn)

FORMER ITALIAN PRESIDENT:
9-11 Was Planned and Realized by CIA and Mossad with Help of Zionists

On 30 November 2007, Francesco Cossiga, former president of Italy, told the respected Italian newspaper Corriere della Sera that the terrorist attacks of September 11, 2001 were planned and realized by the CIA and Mossad. He is stating the obvious.

I have always said that the intelligence agencies of the leading nations of the world are certainly very well aware that the official version is a fraud. The largest media networks are also aware of the 9-11 hoax, primarily because of their fundamental role in perpetrating this fraud on the public. The people are always the last to know the truth.

<img height="500" src="http://www.rumormillnews.com/pix4/Cossiga.jpg"&gt; President Francesco Cossiga

The following is a translation of what President Cossiga said:

From circles around Palazzo Chigi, nerve centre of direction of Italian intelligence, it is noted that the non-authenticity of the video is testified from the fact that Osama bin Laden in it 'confessed' that Al Qaeda would have been the author of the attack of the 11 September on the Twin Towers in New York, while all of the democratic circles of America and of Europe, in the front lines being those of the Italian centre-left, now know well that the disastrous attack was planned and realized by the American CIA and Mossad with the help of the Zionist world to put under accusation the Arabic Countries and to persuade the Western powers to intervene in Iraq and Afghanistan.

For this, no word of solidarity arrived to Silvio Berlusconi, who has been the author of the brilliant falsification, neither from the Quirinale, nor from Palazzo Chigi, nor from representatives of the centre-left!

Cossiga had expressed his doubts about 9/11, and is quoted in Webster Tarpley’s book:

The mastermind of the attack must have been a “sophisticated mind, provided with ample means not only to recruit fanatic kamikazes, but also highly specialized personnel. I add one thing: it could not be accomplished without infiltrations in the radar and flight security personnel.

The following is Cossiga's comments in the original Italian:

«TRAPPOLA» – «La 'trappola' sarebbe stata montata, secondo la sopra citata catena di stampa, per sollevare una ondata di solidarietà verso Berlusconi, nel momento nel quale si trova in difficoltà anche a causa di un altro scoop della stessa catena giornalistica sugli intrecci tra la Rai e Mediaset», continua il senatore a vita. «Da ambienti vicini a Palazzo Chigi, centro nevralgico di direzione dell'intelligence italiana, si fa notare che la non autenticità del video è testimoniata dal fatto che Osama Bin Laden in esso 'confessa' che Al Qaeda sarebbe stato l'autore dell'attentato dell'11 settembre alle due torri in New York, mentre tutti gli ambienti democratici d'America e d'Europa, con in prima linea quelli del centrosinistra italiano, sanno ormai bene che il disastroso attentato è stato pianificato e realizzato dalla Cia americana e dal Mossad con l'aiuto del mondo sionista per mettere sotto accusa i Paesi arabi e per indurre le potenze occidentali ad intervenire sia in Iraq sia in Afghanistan. Per questo – conclude Cossiga – nessuna parola di solidarietà è giunta a Silvio Berlusconi, che sarebbe l'ideatore della geniale falsificazione, né dal Quirinale, né da Palazzo Chigi né da esponenti del centrosinistra!».

Sources:

Osama-Berlusconi? «Trappola giornalistica», Corrierre Della Sera, November 30, 2007 http://www.corriere.it/politica/07_novembre_30/os

"Were US & Israel Behind the 9/11?" Gideon Polya, Media With Conscience, Dec. 6, 2007 http://mwcnews.net/content/view/18569/26

"Ex-Italian President: Intel Agencies Know 9/11 An Inside Job" Paul Joseph Watson, December 4, 2007 http://www.prisonplanet.com/articles/december2007

Responder

    Vlad

    01 de março de 2012 às 14h32

    O quê????

    ZePovinho

    01 de março de 2012 às 14h39

    Tu não estudou "ingrês" no segundo grau não,burguês franciscano?????????

Comunista

01 de março de 2012 às 13h59

Eu tenho uns 20 fakes pra falar bem do PT no orkut e twitter. to nem vendo

Responder

    Miguel

    01 de março de 2012 às 17h41

    quanta babaquice, nem gastou um minuto pra ler o texto e entender do se trata. ja saiu logo escrevendo essas besteiras de troll

    Rodrigo/Ⓐnti

    01 de março de 2012 às 18h14

    Tá vendo Miguel, porque você "deixou" a anarquia de lado?

ZePovinho

01 de março de 2012 às 13h34

Yoani Sanchez,Gerson Carneiro,é financiada pelas seguintes redes de ingerência dos EUA nos assuntos de outros países: http://www.voltairenet.org/Las-redes-de-la-injere

NED: la Fundación estadounidense para la democracia
Las redes de la injerencia «democrática»

por Thierry Meyssan

En su discurso sobre el estado de la Unión, el presidente Bush anunció su intención de duplicar el presupuesto de la Fundación Nacional para la Democracia (NED). Este organismo fue creado por Ronald Reagan para continuar las acciones secretas de la CIA aportando apoyo financiero y dirigiendo sindicatos, asociaciones y partidos políticos. La NED se vanagloria de haber dirigido y manipulado el sindicato polaco Solidarnosc, la Carta de los 77 y muchos otros grupos. Bajo la dirección del Departamento de Estado y en asociación con los partidos republicano y demócrata, el patronato y los sindicatos, la NED ha encontrado numerosos «repetidores» institucionales e individuales en todas partes del mundo, incluyendo Francia.

<img height="500" src="http://www.voltairenet.org/local/cache-vignettes/L390xH560/es-NED390-bd38b.gif"&gt;

<img height="500" src="http://www.voltairenet.org/local/cache-vignettes/L390xH580/es-N390-3d874.gif"&gt;
http://www.voltairenet.org/Las-redes-estadouniden

Stay behind : como controlar las democracias
Las redes estadounidenses de desestabilización y de injerencia

por Thierry Meyssan

Encargados de instruir el caso del accidente del avión militar secreto que se estrelló en 1973 en Maghera (Irlanda del Norte) así como el atentado del coche bomba en la ciudad de Peteano (Italia), los jueces venecianos Felice Casson y Carlo Mastelloni recopilan testimonios y documentos que les permitirá de demostrar convincentemente que un gobierno secreto controló Italia desde la sombra y al margen de las instituciones oficiales.

Os exércitos terroristas Stay Behind(cuja nossa querida Yoani Sanchez é uma inocente propagandista) foram organizados na Europa, depois da Segunda Guerra Mundial, pelo ex-assistente de inteligência de Hitler que ajudou a criar a CIA: Reinhard Gehlen: http://en.wikipedia.org/wiki/Reinhard_Gehlen

<img src="http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1c/Bundesarchiv_Bild_183-27237-0001%2C_Reinhard_Gehlen.jpg/200px-Bundesarchiv_Bild_183-27237-0001%2C_Reinhard_Gehlen.jpg"&gt;

CIA Admits Long Relationship With WWII German Gen. Reinhard Gehlen: http://www.rense.com/general4/gends.htm

Todos os capítulos dos assassinatos promovidos pela rede Stay Behind na Europa estão aqui: <a href="http://www.voltairenet.org/La-guerra-secreta-en-Belgica” target=”_blank”>http://www.voltairenet.org/La-guerra-secreta-en-Belgica

Responder

    Rodrigo

    01 de março de 2012 às 15h53

    Oi Zé, muito legal!
    Se você se interessar e quiser ir mais a fundo, procure sobre as Ratlines também. Tem bastante a ver conosco aqui nos trópicos.
    Se por ventura se interessar mais ainda e quiser puxar o fio pra ver aonde vai dar, tem esse livro aqui – http://www.mediafire.com/?0mjq65s7v8z55iw – que apesar de estar mal escrito e mal traduzido, dá pra imaginar um panorama bem mais abrangente sobre a história política do século XX.

    ZePovinho

    01 de março de 2012 às 16h20

    Valeu,Rodrigo!!!Eu coloco esses endereços para receber outras informações de quem estuda essas coisas.Vou ler com carinho.
    Acho que a Operação condor foi uma sub-operação da rede Stay Behind,assim como a Operação GLADIO foi uma sub-operação da Stay Behind na Itália.Foram esses caras que mataram o primeiro ministro italiano Aldo Moro.As Brigadas Vermelhas levaram a culpa.
    Já pensou a Comissão da Verdade topando com uma conexão Operação Condor-Stay Behind????

    Rodrigo

    01 de março de 2012 às 16h44

    Iam ver que o buraco é muuuito, mas MUITO mais profundo.
    Walter Rauff, Rudolf Mengele e Klaus Barbie que o dissessem…

    Um abração!

    ZePovinho

    01 de março de 2012 às 16h49

    Dei uma olhada no livro,Rodrigo.Eu já tinha lido aquele livro(do David Yallop) sobre o envolvimento da máfia,CIA,etc com o Banco do Vaticano e o envolvimento desses grupos(como a loja maçônica Propaganda Due- P2) no assassinato de João Paulo I.Também sabia que o Papa Pio XII se envolveu com as nazistas,depois que o Vaticano assinou com Mussolini o Tratado de Latrão que permitiu a Igreja a propriedade da área onde fica a sede da igreja católica.Em troca,os políticos da democracia cristã alemã votaram em Hitler para Chanceler da Alemanha.
    Agora veja que estranho.A Ordem de Malta é ligadíssima à Igreja Católica e a seitas como a Opus Dei.Veja quem foi da Ordem de Malta:

    <img src="http://www.voltairenet.org/local/cache-vignettes/L390xH228/es-gehlen390-9b5f7.jpg"&gt; A la izquierda: El nazi Reinhard Gehlen 1902-1979 jefe de los servicios de espionaje de Hitler en el frente soviético. Su ferocidad era legendaria, torturaba a los prisioneros para obtener la información. A la derecha: El nazi Reinhard Gehlen en su vejez. Siempre contó con el apoyo de los EE.UU.

    Veja quem "morreu",depois que entregou o fucnionamento do Stay Behind no Congresso americano:

    <img width="550" src="http://www.voltairenet.org/local/cache-vignettes/L390xH150/es-colby390-624f6.jpg"&gt; William Colby (1920-1996). Director de la CIA murió de manera misteriosa cuando pescaba en su bote después que se jubiló de la CIA. © Derechos DR

    "…La red stay-behind fue mencionada en 1976 en el informe de la comisión de investigación parlamentaria de EE.UU. sobre la CIA presidido por el senador Frank Church [5]. Informaciones más precisas fueron dadas para conocimiento público en 1978 por el antiguo jefe del stay-behind y ex director de la CIA, Wiliam Colby, en su autobiografía [6]. Numerosos detalles han sido publicados en 1982 por el coronel Alfred H. Paddok [7], antiguo comandante del 4to. Grupo de Acción Psicológica. En el mismo año 1982, el responsable de la Oficina de Investigaciones Especiales [8], John Loftus, reveló las condiciones de reclutamiento de los stay-behind entre los agentes nazis. El periodista e historiador Gianni Flamini describió sus acciones en Italia en su monumental obra [9] (1981 a 1984). Finalmente, la redefinición de las acciones del stay-behind fue oficialmente analizado durante un coloquio organizado en 1988 por el United States National Strategy Información Center (Centro Nacional de Información Estratégica de los EE.UU.) [10]. A pesar de la abundante bibliografía y documentación de este movimiento, el conjunto de dicha información está cortada y da una imagen tergiversada del sistema. Documentos del Departamento de Estado de EE.UU. desclasificados posteriormente y publicados han completado la información respectiva, dando a conocer que un dispositivo global de injerencia en la vida democrática de los países aliados. Esta red de espionaje fue mucho más amplia de lo que se pensaba, incluso los stay-behind no fueron los únicos en participar"….. http://www.voltairenet.org/Las-redes-estadouniden

    Rodrigo

    01 de março de 2012 às 17h28

    Maldade sua, ele escorregou do barco que nem o "saudoso" Fleury…
    A verdade factual é imutável, por mais mentiras que se construam em cima dela. O problema é a quantidade dessas mentiras que a gente toma por certezas íntimas no decorrer da vida.
    É nóis!

Zhungarian Alatau

01 de março de 2012 às 13h32

Passo longe de facebook e twitter. Tenho perfis fakes por lá, onde raramente posto e não tenho fotos. Me espanta a credulidade das pessoas que postam sua intimidade e abrem-na ao mundo, como se fora um popstar no auge do sucesso.

Quantos aos seguidores fakes, basta ver os do Çerra e descobrir que a maioria não passa de bolha ´d'água.

Responder

Cristiana Castro

01 de março de 2012 às 13h25

A turma da espionagem não vai lá das pernas mesmo; espionar pelo FB!???? Nossa, isso deve ser um trabalho de inteligência exaustivo mesmo. Mel Dels, a gente morre e não vê tudo.

Responder

Polengo

01 de março de 2012 às 13h04

Eu mesmo, tenho um fake, a Dna Cotinha, que ativisticamente recolhe milhares de informações importantíssimas acêrca do estado neural de espírito da comunidade de Batatinha da Serra.

Responder

Hans Bintje

01 de março de 2012 às 11h45

Os espiões estão convidados para visitar a minha casa em Holambra (SP).

No mínimo, vão tomar boas cervejas caseiras, ver como estão saudáveis as galinhas alimentadas com restos de malte e as minhocas criadas com o esterco dessas aves. E o húmus que elas produzem deixam as flores lindas!

E eu vou escrever o relatório para eles, transcrevendo o poeta latino Virgílio, trecho das Geórgicas, Livro IV:

Namque sub Oebaliae memini me turribus arcis, 125
qua niger umectat flaventia culta Galaesus,
Corycium vidisse senem, cui pauca relicti
iugera ruris erant, nec fertilis illa iuvencis
nec pecori opportuna seges nec commoda Baccho.
Hic rarum tamen in dumis olus albaque circum 130
lilia verbenasque premens vescumque papaver
regum aequabat opes animis seraque revertens
nocte domum dapibus mensas onerabat inemptis.
Primus vere rosam atque autumno carpere poma,
et cum tristis hiems etiamnum frigore saxa 135
rumperet et glacie cursus frenaret aquarum,
ille comam mollis iam tondebat hyacinthi
aestatem increpitans seram Zephyrosque morantes.
Ergo apibus fetis idem atque examine multo
primus abundare et spumantia cogere pressis 140
mella favis; illi tiliae atque uberrima pinus,
quotque in flore novo pomis se fertilis arbos
induerat, totidem autumno matura tenebat.
Ille etiam seras in versum distulit ulmos
eduramque pirum et spinos iam pruna ferentes 145
iamque ministrantem platanum potantibus umbras.
Verum haec ipse equidem spatiis exclusus iniquis
praetereo atque aliis post me memoranda relinquo.

Responder

leodef

01 de março de 2012 às 08h59

quero novidade.
rede social é coisa de tolo.

Responder

Gerson Carneiro

01 de março de 2012 às 07h51

As contas e os perfis falsos criados pela blogueira cubana Yoani Sanchez.

Blogueira afirma que não tem acesso permanente à internet, tuita através de SMS, mas mantém atividade intensa e diária na internet, inclusive criando seguidores falsos no twitter para forjar popularidade.
http://brasilmobilizado.blogspot.com/2012/02/quem

Quem está por trás de Yoani Sanchez?

<img src=http://3.bp.blogspot.com/-I2Wzie9eFmc/T0qFHCmhapI/AAAAAAAABVY/-iuwtWINk40/s320/024a1mun-1traidoracubana.jpg>

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.