VIOMUNDO

Diário da Resistência


O dia em que o JN se despediu do parceiro Ricardo Teixeira, o homem da propina de R$ 73.266.606,00
Denúncias Falatório

O dia em que o JN se despediu do parceiro Ricardo Teixeira, o homem da propina de R$ 73.266.606,00


07/06/2015 - 09h38

Captura de Tela 2015-06-07 às 08.51.06 Captura de Tela 2015-06-07 às 08.51.22

por Luiz Carlos Azenha, sugerido por AN

No dia 11 de maio de 2010 o promotor do cantão de Zug, na Suiça, Thomas Hildbrand, anunciou o acordo pelo qual arquivava ação criminal contra João Havelange e Ricardo Teixeira.

No documento incluiu a tabela ao lado. É a lista das propinas identificadas pagas pela International Sports Marketing, ISL, a Havelange e Teixeira. Um total de 21.904.630 francos suiços entre 1992 e 2000, ou R$ 73.266.606,00 no câmbio de hoje, sem considerar a inflação.

Institution 2 é a empresa Sanud. Quando depôs a uma CPI do Congresso brasileiro, Teixeira disse que a Sanud era “apenas” sócia-investidora dele. O promotor provou que o cartola mentiu. A Sanud era o propinoduto de Teixeira, baseado em Liechtenstein.

Há um pagamento de 1,5 milhão de francos suiços nominal a João Havelange no dia 03 de março de 1997. Foi produto de um erro incrível. Foi um depósito que a ISL fez diretamente na conta da FIFA! A entidade fez o estorno da quantia e deu ao cartola o valor, mas não conseguiu apagar os registros da contabilidade do banco.

A informação vazou para o jornalista Andrew Jennings, que tascou num tabloide britânico sem identificar nominalmente Havelange.

A empresa identificada como E4, da qual eram beneficiários Havelange e Teixeira, é a Renford.

O dinheiro foi pago pela ISL para garantir exclusividade nos direitos de transmissão e marketing da Copa do Mundo, num período em que Havelange presidia a FIFA e seu ex-genro Teixeira a CBF.

Em todo este período a Globo teve exclusividade no Brasil, através de contratos fechados com a ISL.

Embora a FIFA tenha terntado impedir a divulgação das descobertas de Hildbrand, perdeu na Justiça.

No Brasil, o Jornal da Record foi o primeiro a mostrar a relação de pagamentos feitos a Teixeira, ainda em 2011, antes mesmo da divulgação oficial.

Teixeira se afastou da CBF no dia 12 de março de 2012.

Agora vejam o texto que o Jornal Nacional, da TV Globo, dedicou a seu parceiro na despedida.

O ápice da desonestidade jornalística é a frase que destacamos em negrito:

Número 70 da Rua da Alfandega, centro do Rio. Vinte e três anos atrás, Ricardo Teixeira entrava neste prédio para ser empossado como Presidente da CBF.

Há nove anos o prédio deixou de ser a sede da Confederação… há algumas horas Teixeira deixou de ser o Presidente da CBF.

Ricardo Teixeira assumiu a presidência da CBF em 1989, seguindo os passos do sogro, o então presidente da FIFA, João Havelange.

Sob o comando de Teixeira, o Brasil conquistou 112 títulos em várias categorias do futebol: o último deles, em agosto do ano passado, quando a Seleção Sub-20 foi penta-campeã mundial.

A primeira conquista veio logo no início de sua administração, o título da Copa América, pela Seleção principal, deu fim a um jejum que já durava quatro décadas. Aquela taça foi a primeira de uma série de cinco Copas Américas na gestão dele.

Ricardo Teixeira esteve a frente da CBF em seis Copas do Mundo, de 90 na Itália até 2010 na África do Sul, foram três finais consecutivas.

Em 94, com Carlos Alberto Parreira no comando, o Brasil voltou a vencer depois de 24 anos sem um título.

Quatro anos depois, em 98, na França, outra final: derrota para os franceses por três a zero.

Em 2002, a geração talentosa de Ronaldo e Rivaldo reconquistou a hegemonia mundial com o penta-campeonato no Japão.

Nas últimas duas Copas ele presenciou as derrotas, na Alemanha e na África do Sul, apesar de a Seleção ter conquistado a Copa das Confederações nos anos anteriores aos dois mundiais.

No comando da CBF, Ricardo Teixeira organizou o calendário do futebol nacional e instituiu a formula dos pontos corridos para o Campeonato Brasileiro. Foram medidas benéficas para a economia dos clubes, que passaram a ter atividades o ano inteiro.

Captura de Tela 2015-06-07 às 09.26.28

Os amigos de Teixeira, segundo a Globo (entre Marin e Del Nero).

Com uma gestão longa, Ricardo Teixeira colecionou amigos e adversários. Seu jeito centralizador gerou desafetos, de Romário a Pelé, passando por dirigentes esportivos.

O mais recente: o atual presidente da FIFA, Joseph Blatter.

Da lista, houve muitos com quem selou a paz, como Ronaldo “fenômeno”, que, este ano, depois de restabelecidas as relações, foi nomeado pelo próprio Ricardo Teixeira para integrar o Comitê da Copa de 14.

Ao longo da carreira, Ricardo Teixeira foi alvo de denúncias.

Diante de todas elas, Teixeira sempre disse que as acusações eram falsas e tinham caráter político.

A denúncia mais contundente foi a de que ele, e um grupo ligado a FIFA, teriam recebido dinheiro de forma irregular nas negociações de uma empresa de marketing esportivo, em 1999. Viu os processos serem arquivados pela Justiça.

Teixeira assumiu a Confederação Brasileira quando a Seleção tinha apenas dois patrocinadores. Deixa a Seleção com dez patrocinadores e a CBF com um faturamento anual de R$ 271 milhões (números de 2010).

Sua última realização a frente do futebol brasileiro não foi alcançada no gramado.

Em 2007, Ricardo Teixeira comandou a campanha vitoriosa que fez a FIFA conceder ao Brasil o direito de organizar a Copa do Mundo de 14.

Nos últimos cinco anos foi o Presidente do Comitê Organizador Local. Hoje, sai de cena, há dois anos do Mundial.

Leia também:

Juca Kfouri: O mundo das transmissões de futebol na TV pode ser mais sujo que o das empreiteiras

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Leandro_O

08 de junho de 2015 às 16h42

Privatização já!
Privatizemos a CBF!!!
Opa, opa, mas ela já é….

Responder

roberto

08 de junho de 2015 às 10h55

por favor, o viomundo teria um email para mensagem em privado? preciso entrar em contato. obrigado

Responder

    Conceição Lemes

    08 de junho de 2015 às 11h29

    Roberto, pode enviar para o meu pessoal: [email protected]
    Aguardo. abs

Bonobo, Severino de Oliveira

08 de junho de 2015 às 05h45

Interessante notar que no Brasil o judiciário produziu uma sentença de condenação encomendada para colar o rótulo de corrupto no partido politico inimigo do stablishment, atendendo ao clamor midiático (diga-se da Globo) baseada numa denuncia verbal de um boquirroto em acusação de corrupção relacionada a um valor parecido, setenta e três milhões, nunca identificados, nunca provados e que na realidade nunca existiu porque o suposto dono, a Visanet, nunca acusou ou protestou sobre tal suposto desvio. E em 2014, o judiciário prosseguiu, no seu trabalho partidário encomendado, atacando a maior empresa do país, com o mesmo conluio com os empresários corruptos detentores dos meios de comunicação, para abalar as bases econômicas do governo e ganhar as eleições. Não ganharam, mas abalaram severamente a base de sustentação econômica do país e abriram caminho para apresentação das propostas de entrega do Pré-Sal, já apresentada no Senado pelo senador serviçal da Chevron, eleito pelo Tucanistão.

Responder

marcio ramos

07 de junho de 2015 às 19h18

… vamos ver até onde a “justiça” estadunidense chega com sua “empresa” de fachada Rede Globo, totalmente dependente dos ditadores da “maior democracia do mundo”, acho que os mafiosos Marinhos paus mandados da gringaiada paranóica fica, pois quanto mais sujo mais dependentes…

Responder

abolicionista

07 de junho de 2015 às 18h16

Comovente…

Responder

Nikola

07 de junho de 2015 às 17h56

Veja, edição 1700, 16 maio de 2001, página 46:

“Show do milhão: Com empenho nunca visto, o governo abre o balcão e esmaga a CPI da CORRUPÇÃO.”

Ainda nesta edição, página 31: Geraldo Brindero era o sétimo na lista dos procuradores. Foi reconduzido por FHC. (Hoje os procuradores são contra Dilma, que os atendeu…)
Página 30: CPI da “Nique”, Opportunity, Ricardo Teixeira, fraudes na CPMF…
Capa da edição: Apagão e suas possíveis consequências.

Responder

FrancoAtirador

07 de junho de 2015 às 17h52

.
.
Rede Globo mentiu [de novo!]
sobre envolvimento da Mídia
no Escândalo da FIFA
.
Contrato da Nike com a CBF rendeu a Ricardo Teixeira US$15 Milhões em Propina.
.
Outros 15 Milhões de Dólares teriam ido para Hawilla, o afiliado da Rede Globo.
.
Por Antonio Lassance, na Carta Maior
.
A Mentira de Pernas Tortas
.
A Rede Globo não apenas escondeu.
Fez pior: mentiu deslavadamente ao dizer que a investigação do FBI
sobre o Esquema de Propinas na FIFA não envolvia as Empresas de Mídia
Responsáveis pelas Transmissões das Copas do Mundo de Futebol.
.
O drible é facilmente revelado, primeiro, pelo próprio quadro (http://imgur.com/K5GIyz0)
produzido pelo FBI para explicar o fluxo de dinheiro embolsado pelos dirigentes
da FIFA e das federações e confederações de futebol dos países.
.
O esquema, desenhado, mostra a relação íntima e escabrosa entre dirigentes das entidades do futebol, empresas de marketing esportivo, os grupos de transmissão televisiva e os patrocinadores.
.
Todos são não apenas suspeitos e, portanto, objeto da investigação que está em curso.
Mais que isso, já existem grupos de mídia indiciados.
O TyC Sports, canal de televisão argentino especializado em esportes, principalmente futebol, teve seu diretor executivo, Alejandro Burzaco, indiciado pela Justiça dos Estados Unidos, assim como Hugo Jinkis, presidente do grupo também argentino Full Play, que além de ser uma empresa que vende direitos de transmissão de eventos é uma empresa de mídia esportiva.
.
Outro exemplo é o paulista José Hawilla, dono da empresa Traffic, que tornou-se delator grampeando conversas para o FBI, desde 2013.
Hawilla é dono de uma afiliada da TV Globo no interior de São Paulo.
.
Por que a Globo Esconde o Jogo?
.
Certamente, porque é muito difícil explicar como a empresa pode estar isenta
de qualquer relação com os escândalos sendo, desde décadas, a detentora da exclusividade
nas transmissões das Copas do Mundo da FIFA, um dos veios privilegiados da corrupção revelada.
.
Por essas e por outras é que o jornalista Juca Kfouri diz, com razão, que o mundo das transmissões de futebol na TV pode ser mais sujo e pesado que o das empreiteiras.
(https://www.viomundo.com.br/denuncias/juca-kfouri-o-mundo-das-transmissoes-de-futebol-na-tv-pode-ser-mais-sujo-e-pesado-que-o-das-empreiteiras.html)
.
Mas Há Ainda Mais Caroço Nesse Angu.
.
A Globo também está interessada em ter a exclusividade de contar a muitos brasileiros,
pela enésima vez, uma história que é um conto da carochinha sobre escândalos.
.
Uma Ficção em que só há Corruptos, mas não Corruptores.
.
Os Vilões são os que receberam a Propina, enquanto os que pagaram se fazem de Vítimas.
.
A Moral de uma história Imoral
.
O mais importante de qualquer conto da carochinha é a moral e o final da história.
.
O “happy end” preferido pelas grandes corporações é aquele que já vimos em outros escândalos,
qual seja, o de que elas seriam empresas grandes demais para quebrarem
e caberem em uma prisão. No máximo, trocam-se os dirigentes, mas mantêm-se as práticas.
.
A Única Vítima disso tudo é o Futebol, os Torcedores e os Países que recepcionam as Copas.
.
A parte do Escândalo que envolve a FIFA não é exatamente Futebol.
.
É Patrocínio Esportivo, Exclusividade das Transmissões e Lavagem de Dinheiro.
.
Embora tenha seus próprios vilões, o Escândalo da FIFA
segue o Mesmo Script que envolve todo Empreendimento Capitalista
em que a Suposta Concorrência do ‘Livre Mercado’ não passa de uma Fábula.
.
Uma Fábula que alguns contam, muitos acreditam, mas nunca vemos acontecer
diante de nossos olhos do jeito que se fantasia.
.
Ao invés de ‘Mercado Livre’, as Corporações criam Esquemas Monopolísticos ou Cartelizados,
premiando generosamente Agentes Púbicos e Privados que patrocinam
seu Direito de Exploração Comercial Absoluta e Predatória.
.
Qual a razão de haver propina, seja nesse caso ou de qualquer outro escândalo?
.
A Razão está em que o Lucro a ser obtido é sempre muito maior do que o que se paga
de Propina, principalmente se o Mercado for dominado por poucos.
.
Não fosse assim, não haveria Interesse no Negócio Azeitado pelas Malas Pretas.
.
Outro Aspecto Importante:
.
o Negócio que viabiliza a Propina da FIFA não é o Futebol, é a Lavagem de Dinheiro.
.
A Propina jamais vai Direto para o Bolso dos Corruptos. Ela precisa ser Lavada.
.
O Fato da Sede da FIFA ser na Suíça não é mera coincidência
e nada tem a ver com a qualidade de seus gramados.
.
Boicote a quem?
.
As investigações apontam que o contrato da Nike com a CBF rendeu a Ricardo Teixeira US$ 15 milhões em propina.
.
Outros 15 [Milhões de Dólares] teriam ido para Hawilla, o afiliado da Rede Globo.
.
São parceiros da Fifa a Adidas, a Coca-Cola, a Budweiser (hoje de propriedade da Ambev,
a mesma que patrocina a CBF com o Guaraná Antarctica),
o McDonald’s, a russa Gazprom, a Visa e a Kia-Hyundai.
Todas estão sob Suspeita.
.
A Rede McDonald’s, em 2014, renovou seu contrato anual
de U$ 100 milhões com a FIFA.
.
Sua exclusividade vale até a copa de 2022.
.
A Adidas tem contrato com a FIFA desde 1970
e, em 2014, renovou-o até 2030.
.
Não se sabe o Valor da Parceria com a Entidade,
mas a Empresa Fatura cerca de US$2,7 bilhões
por ano, só no ramo do Futebol.
.
O que fazer diante do Escândalo que expõe as Entranhas da Cartolagem?
.
A Resposta Mais Óbvia é: Banir Corruptos e Corruptores!
.
Joseph Blatter, Jérôme Valcke, Ricardo Teixeira e Jack Warner
já estão com o Nome Sujo na Praça.
.
Mas e os Corruptores? O que iremos fazer com eles?
.
O FBI e a Suíça irão também prendê-los assim que seus CEOs
forem passar por Miami, Boca Ratón ou Genebra?
.
Nos Estados Unidos e no Reino Unido, se esboça uma ameaça de boicote à Copa na Rússia,
por Razões Geopolíticas, e não Éticas, muito menos Esportivas.
.
Mas é bom perguntar: o boicote à Rússia se estenderá também à Nike,
à Coca-Cola, à Adidas, ao McDonald’s, à Budweiser?
.
Se o Brasil for na Mesma Onda, que Boicote Oficial se fará à Ambev e à Rede Globo?
.
Pensando alto, se boicotarmos a Rússia, vamos trocá-la por quem?
.
Pelos Estados Unidos, terra de Chuck Blazer, o MegaDirigente do futebol
que era conhecido, no “país sério”, como “Mister 10%”?
.
E quem vai entrar no lugar do Qatar? Que tal a França, de Jérome Valcke?
Ou talvez a seríssima Suíça, Terra Natal de Joseph Blatter
e dos Bancos que são a Maior Lavanderia de Dinheiro Sujo do Planeta?
.
Os Corruptos da FIFA que foram para o Banco dos Réus
têm um Banco de Reservas pronto para substituí-los.
.
A FIFA, a CBF, a CONCACAF e outras Organizações são Meros Times.
.
Claro que seria bom aproveitar o Estrago provocado pelo Escândalo
para derrubar e substituir toda a Cartolagem que controla o Futebol.
.
Mais Importante que mudar o Time das Federações e Confederações de Futebol
seria mudar o Jogo da Sonegação de impostos e da Lavagem de Dinheiro
que se abriga em Paraísos Fiscais e que se vale da Livre Circulação de Capitais, Sem a Mínima Regulação.
.
O que o FBI tem feito é pouco mais do que Matar Piolho com a Unha.
.
Faz Barulho, arranca Sangue e Aplausos, mas não vai além disso,
a não ser que acreditemos que, na Terra da Disneylândia,
os Contos de Fada realmente acontecem.
.
(http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Midia/Rede-Globo-mentiu-sobre-envolvimento-da-midia-no-escandalo-da-FIFA/12/33670)
.
.

Responder

    JC

    07 de junho de 2015 às 20h12

    Excelente o artigo do Antonio Lassance, em muito boa hora também divulgado pelo Viomundo. Muitas verdades nele e cortantes indagações que devem ser respondidas. Corruptores não são menos criminosos que os corruptos.
    Que a nossa celebrada Globo merece o título de campeã da imoralidade jornalística, do seu desprezo pelas leis, tem sido uma das verdades mais divulgadas pela imprensa livre dos nossos blogs, mas por onde trafegam o policiamento e a justiça do Brasil? Como explicar que a beneficiária da exclusividade de transmissões está livre da corrupção? Nosso governo estará como sempre, do lado da Globo ou do silêncio que a acoberta?
    E se a onda criada pela intervenção descabida/necessária do FBI, foi apenas para excluir a Rússia da Copa Mundial, significa que ficaremos no Brasil como sempre temos estado? Assistindo aos descaminhos dos malandros da FiFa, da CBF?
    Ou aceitarmos tudo que nos dizem os governos, pra que a fome que grassa em Tocantins seja noticiada apenas pela Folha? Ou para que a “extinção” da Fome Brasileira seja patrocinada pela FAO, como o foi a fajuta, mentirosa, Revolução Verde?
    JC

Frederico Evandro

07 de junho de 2015 às 15h47

Olha! Só sei de uma coisa. Se eu furtar um pacote de biscoito em um mercado,supermercado ou qualquer outro estabelecimento, uma coisa é certa. Cadeia na hora! E o belezinha, cara de pau, ladrão de quatro esquinas furta uma medalha e muito mais e não pega cana braba. Digo, cana braba aqui nesse Brasil. Cana aqui é só para p..p…p…e professor que faz greve e agora os petistas que tão entrando em cana. É mole?

Responder

Julio Silveira

07 de junho de 2015 às 11h41

O Brasil só poderá começar a se olhar como um país sério no dia em que compreender que instituições não vão nunca parar na cadeia, mas que por trás delas existem pessoas fisicas que se camuflam em suas sombras, e que essas podem e devem ser criminalizadas.
Acostumamo-nos a nos revoltar contra instituições, muitas vezes jogando toda nossa furia e irracionalidade nos objetos inanimados que dão uma caracteristica concreta a essas figuras abstratas juridicas chamadas empresas, instituições, etc… Geralmente a prejuizo de nos mesmos, e damos sopa para as pessoas que as criam, considerando-as. tratando-as quase como seres fantasmas. E Isso tem servido para retirar o foco de quem realmente importa, tem servido para atenuarem crimes graves que são cometidos por pessoas especializadas. Pessoas que fazem disso uma especie de isca para desvio de atenção, enquanto posam de cidadãos cumpridores das boas normas de cidadania, enquanto se tornam indutores culturais. Indutores que induzem as suas vitimas a pensarem que merecem credibilidade, que lançam duvidas nelas, que são coisas boas. Basta isso e fazem defensores entre esses tolos. Também se tornam indutores culturais com possibilidade de criar, nas sombras, seus aprendizes da manipulação. Urge nos antenarmos, colocarmos as coisas em seus devidos lugares.

Responder

FrancoAtirador

07 de junho de 2015 às 11h37 Responder

Belmiro Machado Filho

07 de junho de 2015 às 10h18

Que comovente!!!! A Globo protegendo e homenageando o seu bandido de estimação.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.