VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Jornal do SBT: Flagrante no “Menos Médicos”


28/08/2013 - 14h03

sugerido por Leandro Calixto

Veja também:

Fábio Diamante: Médicos batem o ponto e vão embora





44 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Diva Rezende

02 de setembro de 2013 às 07h02

Viva…. os médicos estrangeiros são muito bem vindos.E reportagens como essa também. Vamos receber quem quer trabalhar. Parabéns tb para os médicos brasileiros que trabalham e respeitam as pessoaas carentes. È incrível mas, eles existem.

Responder

Dora Miranda

30 de agosto de 2013 às 18h36

Existem também os bons médicos brasileiros nos Hospitais Públicos, os que acabam sofrendo injustiças pela generalização dos colegas que agem como canalhas. Estes, que já nasceram com o dom da medicina, que se dedicam com total responsabilidade as suas profissões e que, muitas vezes, tiram um dia de folga,até abrem mão das férias(como a minha cunhada pediatra), para atenderem de forma totalmente voluntária as áreas mais carentes. Estes, sofrem muito pelas vidas que não conseguem salvar … Estes, também precisam se tornar alvo da imprensa, precisamos agradecê-los e exaltá-los mais e sempre, publicamente, para que os seus maravilhosos exemplos possam ser também vistos e seguidos. Ficam, então aqui, registradas esta minha sugestão jornalística para uma futura matéria, com o mesmo nível, e a minha admiração e respeito a este maravilhoso trabalho deste profissional repórter do SBT.

Responder

Luís Carlos

29 de agosto de 2013 às 23h53

Isso tem nome: corrupção.

Responder

maria do carmo

29 de agosto de 2013 às 14h32

Assinar o ponto e ir embora e corrupcao e crime gravissimo, muitos pacientes morrem por falta de atendimento e acompanhamento, a mafia branca sao os verdadeiros bandidos roubando o SUS. Estejam certos esses corruptos sao os responsaveis pelo caos dos hospitais, comeca de cima dos diretores que sao indicados por politicos que fazem vista grossa. toda vez que descobrem que os mesmos nao trabalham e pedem demissao mas nao devolvem o que receberam sem trabalhar nada fazem. Todos os medicos useiros vezeiros do dedo de silicone trabalham em varios locais diferentes, por isso largam o carro na calcada, passam o dia assinando o ponto. Quanto a medica indignada que disse que tinha funcionario dando nome aos bois e vacas, deveria ser chamada dra.vaca.Ministerio publico responsavel, exercam suas funcoes e o que esperamos dos senhores.

Responder

henrique de oliveira

29 de agosto de 2013 às 13h15

Outro dia na tv estava falando um desses abestados especialista em coisa nenhuma dizendo que se um medico desses do programa mais medicos cometer uma falha , ele iria cobrar da presidenta e do ministro da saúde uma explicação e coloca los na cadeia.
Ora ora seu idiota , os medicos brasileiros são os que mais cometem erros em coisas simples , e quem é que cobra essa laia? voces do crm?
Essa turma é corporativista até a alma.

Responder

lulipe

29 de agosto de 2013 às 12h17

Mas o “PIG” não é contra o governo petista????Ou será que o SBT agora não faz mais parte do “PIG”??

Responder

    Fernando

    29 de agosto de 2013 às 14h03

    O pig não existe cara. É só um bode expiatório que é usado quando convém.

    Mas quando o “pig” exalta ou fala algo na mesma linha ninguem vem aqui postar.

    J Fernando

    29 de agosto de 2013 às 16h50

    Só você não percebeu…
    A mídia mudou de atitude quanto aos médicos estrangeiros, principalmente depois da péssima repercussão da idiotice no Ceará.
    Da mesma forma, a mídia chamou os primeitos atos do MPL de vandalismo e depois, passou a citá-los como jovens protestando por melhorias.
    Atualmente, como está ocorrendo muitas manifestações anti-mídia, já estão voltando a chamá-los de baderneiros…
    A mídia joga pra onde o vento sopra.

    Luís Carlos

    29 de agosto de 2013 às 20h11

    Correto
    Avaliações internas de conglomerados de mídia apontariam nessa direção, de que seria muito ruim para eles continuarem conta o Mais Médicos, e as entidades médicas seriam as culpadas pelos inúmeros erros cometidos especialmente na última semana.

    Luís CPPrudente

    29 de agosto de 2013 às 19h54

    Mas o “PIG” não é contra o governo petista????Ou será que o SBT agora não faz mais parte do “PIG”?? (by lulipe)

    O SBT continua fazendo parte do PIG sim. Em outra reportagem o mesmo SBT colocou a medicina cubana e o Programa Mais Médico na lata do lixo.

    Mas o SBT não é uma famiglia Marinho.

Boa

29 de agosto de 2013 às 11h00

Mas poderia ser melhor. É fácil encontrar dezenas de cidades paraenses em que há centenas de pessoas morrendo por falta de médico, enquanto dezenas desses estão fazendo só porcaria em cargos políticos, grande parte até em Brasilia.

Responder

Maria Fulô

29 de agosto de 2013 às 07h52

Mas uma coisa é certa… de fato, não nos falta médico. O que falta é a vergonha na cara da maioria dos médicos brasileiros que estão distantes da saúde mas próximos da riqueza. Uma vergonha nacional…

Responder

Aroeira

29 de agosto de 2013 às 06h39

A única coisa que lava a minha alma é que os médicos faltosos são chamados de Bois, e as médicas de Vacas. Prefiro me consultar com uma cubana com jeito de empregada doméstica.

Responder

JULIO*Dilma2014/Contagem(MG)

29 de agosto de 2013 às 04h54

Essa máfia do jaleco branco é r-e-p-u-g-n-a-n-t-e !!!!!!!!

Responder

anderson

29 de agosto de 2013 às 02h04

segue denuncia:
TJMG anula ação contra Aécio na área de saúde
Senador Aécio Neves (PSDB-MG) era acusado do “desvio” de R$ 4,3 bilhões de recursos da saúde, na época em que foi governador de Minas
O senador Aécio Neves (PSDB-MG), provável candidato do PSDB à presidência da República em 2014, já não precisará mais se preocupar com questões judiciais daqui até a eleição.

Duas semanas atrás, a procuradoria-geral da República arquivou uma representação apresentada por adversários políticos, que questionava seu patrimônio pessoal. Ontem, Aécio teve mais uma vitória, quando o Tribunal de Justiça de Minas Gerais arquivou, por unanimidade, uma ação judicial que apontava supostos desvios de R$ 4,3 bilhões na área da saúde, no tempo em que ele foi governador de Minas Gerais (2003-2008).

Na decisão, os desembargadores do TJMG chegaram até a questionar as motivações da procuradora que apresentou a ação, uma vez que o caso de Minas foi semelhante ao de vários outros estados. Na prática, o que se questionava era se recursos aplicados em saneamento poderiam ou não ser enquadrados como investimentos em saúde e os juízes entenderam que sim, concluindo, portanto, que não teria havido desvios.

Até antes dessa decisão, a pendência judicial alimentou uma intensa guerrilha de informações na internet. Setores mais próximos ao PT disseminavam a informação de que Aécio teria desviado R$ 4,3 bilhões da saúde, em proveito pessoal. O PSDB, por sua vez, acusava o PT de utilizar a ação para patrocinar uma campanha difamatória contra Aécio na internet. Depois da decisão de ontem, o caso tende a murchar também nos meios digitais. As informações são do Brasil247.

Responder

Luís Carlos

28 de agosto de 2013 às 23h58

As entidades médicas que tem demonstrado tanta preocupação com a saúde da população nas últimas semanas vão se manifestar sobre isso ou continuarão mudas e coniventes com tudo isso? Bater o ponto e ir embora sem trabalhar é corrupção também.

Responder

Isabela

28 de agosto de 2013 às 23h17

Infelizmente, tais condutas são regra no serviço público. Que se comece a casa às bruxas!!! Paranbéns pela reportagem!

Responder

Pafúncio Brasileiro

28 de agosto de 2013 às 23h04

É, os doutores gazeteiros e seus carrões (nas calçadas dos pedestres). E o povo sentado esperando um atendimento. Perda completa de vergonha e valores humanos.
Brilhante, a reportagem do Diamante.

Responder

Carlos Cunha

28 de agosto de 2013 às 22h39

O Azenha falhou nessa reportagem. Ele podia ter entrevistado os investigados ANTES da reportagem realmente começar, para perguntar o que pensam sobre o programa Mais Médicos.

Responder

    Luís CPPrudente

    29 de agosto de 2013 às 09h56

    Você se refere ao Azenha do SBT, né? Pois o Azenha do Viomundo trabalha para a TV Record!

    A reportagem do Azenha do SBT foi boa, no mesmo estilo da reportagem feita com um hospital público de São Paulo, onde médicos do mesmo time (safados, cínicos e vagabundos) batem o ponto e não atendem a população. Esta reportagem também do SBT (não sei se foi o mesmo Azenha do SBT).

cassio

28 de agosto de 2013 às 22h01

Nós temos médicos, temos policiais, temos leis, temos tudo. Mas como disse um amigo de um amigo uma vez falta uma lei para que funcione todas as outras leis. Hoje eu interpreto isto como fiscalização. Falta fiscalização no nosso país.

Responder

Artur

28 de agosto de 2013 às 21h51

Brilhante a reportagem do SBT sobre esta canalhice médica.
Em São José dos Pinhais, na grande Curitiba, há um médico que não gosta de ser acordado do seu sono no plantão.
Dia primeiro de maio deste ano levei minha mãe de 78 anos ao Hospital e Maternidade São José dos Pinhais, às 3 horas da madrugada, e ele achou muito ruim eu “levar uma mulher que não tinha nada” ao hospital aquela hora.
Pois bem, depois de muitas peregrinações em Postos de Saúde e Hospitais, minha mãe faleceu no dia 25 de julho. Ela não tinha nada, segundo o charlatão.
Quando da consulta ele nem sequer encostou as suas mãos na minha mãe para ver onde ela tinha dores. Garanto que se fosse uma jovem bem torneada ele a apalparia inteira.
Ela sofreu uma queda, onde quebrou a última vértebra, devido a um AVC e um distúrbio hidroeletrolítico (falta de potássio e sódio no sangue), além de ser diabética e hipertensa.
Os médicos brasileiros, na sua grande maioria, são verdadeiros criminosos que só visam o lucro e o sucesso. Lógico que há bons médicos, mas é uma minoria.
O juramento destes cretinos, muitos formados com dinheiro público, vale menos que um papel higiênico sujo de fezes.
Para eles deve haver o exame como o do OAB, que testa conhecimentos, pois caso contrário teremos muitos casos de morte por “falência múltipla de órgãos” ou “infecção hospitalar”, que são as máscaras para esconder a incompetência da imensa maioria que sai das universidades.

Responder

Mineirim

28 de agosto de 2013 às 20h48

E os outros funcionários não médicos do hospital que são coniventes com essa situação? Como ficam? E a administração, não sabia de nadica da nada? Ah, bom…

Responder

souza

28 de agosto de 2013 às 20h40

esta realidade precisa mudar.

Responder

Mariano

28 de agosto de 2013 às 20h29

A INESTIMÁVEL AJUDA DOS MÉDICOS BRASILEIROS

Dilma sobe nas pesquisas e atinge 41% de aprovação
Jornal do Brasil
Publicidade

Pesquisas apontam que a aprovação do governo de Dilma Rousseff continua em recuperação. De acordo com Vera Magalhães da coluna “Painel”, da Folha de S. Paulo, o Partido dos Trabalhadores e o Palácio do Planalto receberam recente levantamento dando conta de que 41% dos entrevistados consideram a atuação de Dilma ótima ou boa.

http://www.jb.com.br/pais/noticias/2013/08/28/dilma-sobe-nas-pesquisas-e-atinge-41-de-aprovacao/

Responder

nelc

28 de agosto de 2013 às 19h57

Parabéns, ao repórter Diamante, mas,na mesma emissora uma afiliada, e um programa também sobre os Cubanos,totalmente revoltado com o mais Médicos,o repórter protagonizou uma cena tão absurda, quanto à dos médicos.

Responder

Liz Almeida

28 de agosto de 2013 às 19h28

Ocorre algo parecido no local onde trabalho.

Aliás, acho que os médicos que não agem assim é que são exceções; a maioria é assim. E pensar que cumprir sua carga horária de trabalho é o básico da ética profissional.

Depois esses médicos querem o apoio da sociedade pra defender seus interesses medíocres. Essa farra está próxima de acabar, pseudo-doutores!

Responder

Alberto Menezes

28 de agosto de 2013 às 19h21

O crm é uma máfia de VAGABUNDOS e CANALHAS, deveriam todos serem presos, além do mais, nunca vi eles ferrarem um médico por erro, sempre passam a mão na cabeças destes PILANTRAS.

Responder

Jorge

28 de agosto de 2013 às 19h12

Me desculpem. Mas isso não entra na minha cabeça. Só pode ter conivência da administração. Não tem outra explicação. Em pleno ano de 2013, com as inúmeras ferramentas de gestão de hospitais que existem no mercado, isso não pode acontecer de jeito nenhum. Basta cruzar a folha de ponto com os atendimentos realizados. Vão encontrar um médico que “trabalha” 100 horas por semana mas não atende ninguém? Em 5 minutos dá pra achar a fraude.

Responder

    Liz Almeida

    28 de agosto de 2013 às 19h32

    Claro que tem conivência da administração.

    A reportagem mostra o ‘coordenador’, que também é médico e age como os outros; inclusive aparece o carro dele estacionado na calçada, e sua mulher indo lá tirar, depois que viram que estavam filmando.

maria meneses

28 de agosto de 2013 às 18h44

Felizmente há médicos dedicados,dignos sérios.E infelizmente um parte que agem dessa maneira vergonhosa., sem classe nenhunha, dignidade nenhuma.

Responder

von Narr

28 de agosto de 2013 às 18h18

A Folha SP disse que um desses médicos assinadores de ponto é vereador do PT.

Responder

    Luís CPPrudente

    28 de agosto de 2013 às 20h19

    Se for vereador do PT não tem problema nenhum, pode ser demitido do serviço público e ter o seu mandato de vereador cassado.

    O PT tem que verificar isto, se o vereador é petista e faz sujeira, tem que ser expulso do partido.

    von Narr

    29 de agosto de 2013 às 10h55

    Concordo que tanto faz se é do PT ou não, se for fdp, rua e punição.
    Não conheço o cara, não sou médico nem sou do PT. Nem moro em Araruama. Por conta própria, achei https://www.facebook.com/drmarceloamaral onde o médico, que é realmente vereador do PT de Araruama-RJ, apresenta um video com sua defesa.
    Ele alega que estava de sobreaviso. Ou seja, fica pronto para ser convocado, quando necessário, mas não precisa ficar dentro do hospital. Se for isso mesmo, não houve nada de errado.
    Questionamos as reportagens do PIG que fazem a denúncia ser dar oportunidade para a defesa. Por que não questionamos agora, quando ficamos alegres em martelar médicos desonestos?
    Não dar entrevista no momento do “flagrante” não constitui confissão de crime. Todo mundo sabe o quanto uma reportagem de TV pode intimidar.
    Veja bem, não estou dizendo que os médicos ali eram inocentes ou que não eram. Acho apenas que deveriam ter espaço maior para apresentarem seu lado.
    Vamos supor, apenas por hipótese provisória, que o tal médico esteja dizendo a verdade. Que ele estava de sobreaviso, que não fez nada de errado. Como é que fica a reputação manchada?
    A mesma honestidade que cobramos do PIG, temos que exigir agora.
    Ou será que existe linchamento do bem?

lidia virni

28 de agosto de 2013 às 17h19

Esse jornalista deveria ser enviado a Cuba para fazer uma reportagem sobre o trabalho dos médicos por lá, com todas as dificuldades geradas pelo vergonhoso bloqueio norte-americano. Aliás, se não me engano,o próprio SBT fez ótima reportagem sobre a medicina cubana há anos atrás. O Secretário da Saúde, figurinha conhecida, faz essa cara de espanto como se a rede estadual de hospitais não fosse, em sua esmagadora maioria, assim mesmo. E os CRMs e CFM vêm criticar e desqualificar o programa Mais Médicos. A máfia de branco, que envergonha a classe médica brasileira, que tem milhares de médicos dignos e dedicados, está nua, mostrando todo o seu preconceito de cor e de classe e sua xenofobia facista.

Responder

renato

28 de agosto de 2013 às 17h08

Não só ressarcimento, CADEIA.
E hospital não é lugar de vaca e boi.

Responder

    Luís CPPrudente

    28 de agosto de 2013 às 19h11

    Isto mostra que tinha uma vaca no lugar errado, a vaca tinha que estar no curral e não no hospital. A vaca em questão disse que tinha um funcionário “dedando” os nomes dos bois e da própria vaca.

    A tal da vaca e os tais bois deveriam estar num curral especial para eles:o xilindró.

Carlos

28 de agosto de 2013 às 16h56

A anos venho fazendo esta denúncia para meus acadêmicos da IES, ou seja, da máfia branca, até que enfim está cainda a máscara desses mafiosos

Responder

Rose PE

28 de agosto de 2013 às 16h54

Êta! Estamos bem servidos com essa gente: médicos e políticos, ganham sem trabalhar, e vai ficar por isso! Pois neste País a impunidade é regra , não é exceção. Isso realmente pode ser chamado de ” menos médicos”, nome propício para o fato.

Responder

Seabra

28 de agosto de 2013 às 16h31

Fábio Diamante não tem esse sobrenome à toa. É jornalista e brilhante! Faltam mais jóias raras assim na imprensa brasileira.

Responder

Joca

28 de agosto de 2013 às 15h55

Onde estão os CRMs para punir este profissionais que escravizam o povo? Que exemplo para os colegas cubanos que estão chegando para nos salvar!

Responder

Joca

28 de agosto de 2013 às 15h42

Esses são os médicos brasileiros! Mas o único problema do país não são nossos políticos????

Responder

killimanjaro

28 de agosto de 2013 às 15h27

os verdadeiros bandidos vagabundos estão se revelando!

Responder

Juan Delgado: Brasileiros deveriam ir aos lugares mais pobres - Viomundo - O que você não vê na mídia

28 de agosto de 2013 às 14h58

[…] Jornal do SBT: Flagrante no Menos Médicos […]

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding