VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Janot pede 22 anos de prisão para ex-presidente do PSDB por mensalão


07/02/2014 - 18h01

Zezé Perrela, Aécio Neves e Eduardo Azeredo, em evento político

Janot pede 22 anos de prisão para Azeredo por crimes do mensalão mineiro

Por iG São Paulo e iG Brasília | 07/02/2014 17:41 – Atualizada às 07/02/2014 17:54

PGR recomenda condenação de deputado tucano pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro em sua campanha de reeleição ao governo de Minas em 1998

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recomendou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a condenação do deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG) pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro. Os crimes teriam sido cometidos no mensalão mineiro, esquema de desvio de dinheiro público durante a campanha de Azeredo à reeleição como governador de Minas Gerais, em 1998.

Janot recomenda a pena de 22 anos de reclusão e 623 dias-multa, no valor unitário de cinco salários mínimos, por haver provas suficientes de que Azeredo “participou decisivamente da operação que culminou no desvio de R$ 3,5 milhões, aproximadamente, R$ 9,3 milhões em valores atuais.”

As alegações finais do Ministério Público foram entregues uma semana antes do término do prazo determinado pelo relator do caso no STF, o ministro Luís Roberto Barroso, que terá condições de pedir as alegações finais para a defesa de Azeredo na próxima semana.

Em seguida, o caso segue para o ministro revisor Celso de Mello. A tendência é que o julgamento do mensalão mineiro ocorra em abril. Ao iG, a defesa de Azeredo disse que ainda não teve acesso às alegações finais, e que só se posicionará após analisar o documento.

Segundo o Ministério Público, o tucano montou um esquema abastecido com recursos desviados da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), da Companhia Mineradora de Minas Gerais (Comig) e do Grupo Financeiro Banco do Estado de Minas Gerais (BEMGE). A denúncia diz que o dinheiro era desviado para a agência de publicidade SMP&B, do publicitário Marcos Valério, em um esquema parecido com o mensalão petista, que aconteceu em 2004.

“A prática dos crimes descritos na denúncia só foi possível com a utlização do esquema criminoso montado por Marcos Valério Fernandes de Souza, mais tarde reproduzido, com algumas diferenças, no caso conhecido como ‘Mensalão'”, diz Janot.

PS do Viomundo: E a rádio CBN, obviamente, falou em “mensalão mineiro”, assim como o próprio IG, que chama o mensalão petista de “mensalão petista”.

Leia também:

Exclusivo: Uma entrevista com o delator do mensalão tucano, que ao contrário do Roberto Jefferson, está preso e não fala à Folha

Exclusivo: O jornalista que foi preso por denunciar Aécio Neves

Exclusivo: Advogado diz que morte de modelo tem relação com o mensalão tucano

Exclusivo: Saiba tudo sobre a Lista de Furnas, outro escândalo tucano ainda impune

Exclusivo: Valério operou ao mesmo tempo para o Aécio em Minas  e o PT em Brasília; a íntegra da Lista de Furnas e do mensalão tucano

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



33 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Francisco

09 de fevereiro de 2014 às 10h54

O mensalão não é do PSDB, é mineiro. O bom mineiro é um “comi queto”. Esqueçam, a Globo et caterva também comem quietos. Não estou entendendo é algumas lideranças políticas do PT pregarem o isolamento do Pizzolato, será uma estratégia? Porque o mais importante que a AP do Azeredo é o Tribunal de Modena “cacetar juridicamente” a AP 470, aí sim, não tem dinheiro que pague o stf levar um escracho internacional em tempos de internet.

Responder

augusto2

08 de fevereiro de 2014 às 15h10

Por enquanto a impressao é que a midia PIG está dando manchetes somente mineiras e do nome de Azeredo.
Vao joga-lo aos leões, logo mais se conveniente porque outros ja ‘se’ prescreveram e os restantes foram enviados benignamente a 3ª instancia.
Nao vao deixar brechas para os documentos q incriminam DDantas, FHC, e o abominavel home dos Neves.

Responder

Fabio Sp

08 de fevereiro de 2014 às 11h50

Azeredo já mandou preparar a capa de Superman que ele vai usar no dia da sua prisão, e lógicamente, vai levantar o bracinho também… mas o direito!!!

Responder

Fabio Sp

08 de fevereiro de 2014 às 11h46

Gozado!!! Não é o tribunal que dá a pena ao réu?!?

Ou é só balela!

Responder

Marat

07 de fevereiro de 2014 às 23h27

O PIG noticiou?
Algum comentarista do PIG vociferou, pedindo a prisão imediata de Azeredo?

Responder

    lukas

    08 de fevereiro de 2014 às 11h09

    Antes do julgamento? Parece que por aqui os comentários vão se restringrir a uma análise da imprensa. O PGR pediu uma pena bem maior que a dos mensaleiros. Se Azeredo for condenado a uma pena maior que a do Zé Dirceu, o discurso de coitadismo do PT acaba.

    Pra manter a pose vai sobrar esmiuçar a cobertura do PIG. A da blogosfera progressista dou de barato que será totalmente izenta.

    francisco niterói

    09 de fevereiro de 2014 às 09h30

    A blogosfera nao sera totalmente “iZenta”, afinal de contas em informacao nao ha iSencao total.

    Mas nao camuflara isso, nem tentara impedir os outros de se manifestarem, como ocorre na midiazona.

    Se a blogosfera nao fosse democratica, vc, com toda a sua “iZencao” , nao conseguiria se manifestar aqui, ao contrario do que ocorria comigo quando assinava o globo:em mais de 10 anos, NUNCA tive uma carta minha publicada. E agora, na fase da intrnet, o mesmo ocorre, nao comigo que passo longe desta turma sem iSençao.

ricardo silveira

07 de fevereiro de 2014 às 22h30

Que existam provas, pois é inadmissível condenações sem provas, para quem quer que seja, mesmo para tucano.

Responder

    Adma

    08 de fevereiro de 2014 às 00h41

    Condenações sem provas só pode para petista, não é, hipócrita?

    ricardo silveira

    08 de fevereiro de 2014 às 12h29

    Você precisa aprender a ler, assim você não constrói nada.

    Wilson

    08 de fevereiro de 2014 às 09h59

    Correto, e q não falte o direito do contraditório e as indispensáveis Provas , tudo negado aos petistas.

    Adma

    08 de fevereiro de 2014 às 10h02

    As provas do esquema de Azeredo são robustas, ao contrário do que ocorre na AP 470

lukas

07 de fevereiro de 2014 às 22h04

Este PGR é petista?

Responder

Marat

07 de fevereiro de 2014 às 22h01

Agora é só aguardar pacientemente o STF esperar o honrado Azeredo completar 70 anos de idade!

Responder

Francisco

07 de fevereiro de 2014 às 21h59

A tucanada ficaria numa situação dficil se o judiciário brasileiro fosse dotado de alguma credibilidade.

Afinal, o contorcionismo midiático pode tornar o mensalão tucano em “mensalão mineiro”…

Mas sendo “mineiro” (e pelo dominio do fato), então ele é o mensalão “do Aécio”.

Como disse, o cobertor seria curto, se o judiciário fosse sério.

Responder

Tião Macalé

07 de fevereiro de 2014 às 21h29

As perguntas que não querem calar são:

– Quem é o “José Dirceu” do Azeredo ?
– Quem é o “José Genoíno” do Azeredo ?
– Quem é o “Delúbio Soares” do Azeredo ?
– Quem é o “João Paulo Cunha” do Azeredo ?

Será que o Azeredo fazia tudo sozinho ?

Se ele fazia tudo sozinho ele é um fenômeno !!!

Ele batia o escanteio e corria na área para marcar o gol ?

Eu quero é o nome dos bois !!!

Das estatais que repassavam dinheiro para o esquema Tucano, uma era Furnas.

A lista de nomes dos recebedores do dinheiro de Furnas está aqui:

http://caixadoistucanodefurnas.blogspot.com.br

Responder

RicardãoCarioca

07 de fevereiro de 2014 às 20h29

O Globo, logo ele, está destoando do resto do PiG:

http://oglobo.globo.com/pais/procurador-recomenda-22-anos-de-prisao-para-eduardo-azeredo-11538569

“Rodrigo Janot recomenda que o ex-governador de Minas e hoje deputado federal pague multa de R$ 404 mil por envolvimento no mensalão tucano; informação foi veiculada em primeira mão pelo colunista Ilimar Franco”

Responder

    FrancoAtirador

    07 de fevereiro de 2014 às 22h53

    .
    .
    Não nas manchetes, RC.

    PGR sugere 22 anos de prisão para Azeredo no mensalão mineiro
    Globo.com ‎- 5 horas atrás
    Processo deve ser julgado no STF ainda no primeiro semestre deste ano. Documento tem 84 páginas; para Janot, houve ‘subversão’ das eleições.

    Resumo do Jornal Nacional – Rede Globo
    — Procurador-geral da República pediu, nesta sexta-feira, a condenação do deputado federal Eduardo Azeredo por participação no mensalão do PSDB mineiro.

    Petistas evitam incitar condenação de Azeredo no mensalão mineiro
    oglobo.globo.com/…/petistas-evitam-incitar-condenacao-de-azeredo-no-…‎
    4 horas atrás – Petistas evitam incitar condenação de Azeredo no mensalão mineiro. Procurador da República recomendou que tucano cumpra 22 anos de cadeia.

    Mensalão mineiro: Janot quer 22 anos de prisão para Eduardo …
    extra.globo.com/…/mensalao-mineiro-janot-quer-22-anos-de-prisao-para…‎
    7 horas atrás – O caso de Azeredo ficou conhecido como “mensalão mineiro” ou “mensalão tucano”. Segundo a procuradoria, o esquema foi montado para desviar recursos …

    Procurador pede 22 anos de cadeia para Eduardo Azeredo – O Globo
    oglobo.globo.com/…/procurador-pede-22-anos-de-cadeia-para-eduardo-…‎
    5 horas atrás – A condenação de Azeredo, réu no chamado mensalão tucano, é pedida pelos … José Tomaz de Brito Ribeiro em PGR adia entrega do mensalão mineiro …

    PGR sugere 22 anos de prisão para Azeredo no mensalão mineiro …
    gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=361025&e=17‎
    9 horas atrás – PGR sugere 22 anos de prisão para Azeredo no mensalão mineiro Processo deve ser julgado no STF ainda no primeiro semestre deste ano. Documento tem …

    CBN – Política – MPF sugere ao STF a condenação de Eduardo …
    cbn.globoradio.globo.com/…/MPF-SUGERE-AO-STF-A-CONDENACA…‎
    5 horas atrás – O MPF entregou as alegações finais do processo do mensalão mineiro ao STF e sugere que o deputado federal seja condenado a 22 anos de prisão pelos …

    Procurador recomenda 22 anos de prisão para Eduardo … – O Globo
    oglobo.globo.com/…/procurador-recomenda-22-anos-de-prisao-para-ed…‎
    2 horas atrás – Em nota, Azeredo reafirma que o mensalão mineiro não existiu. “Azeredo reitera sua inocência com relação às acusações e espera que as questões sejam …

    PGR entrega ao STF alegações finais no mensalão do PSDB mineiro
    g1.globo.com/…/pgr-entrega-ao-stf-alegacoes-finais-no-mensalao-do-ps…‎
    51 min atrás – Rodrigo Janot pede condenação do deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Procurador afirma que Azeredo fez parte do mensalão do PSDB mineiro.

    G1 – Azeredo alega ‘inocência’ e diz que não houve mensalão em …
    g1.globo.com/…/azeredo-alega-inocencia-e-diz-que-nao-houve-mensala…‎
    3 horas atrás – Nesta sexta, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF as alegações finais do processo do mensalão mineiro. O documento sugere a …

    PGR adia entrega do mensalão mineiro – Ilimar Franco: O Globo
    oglobo.globo.com/…/pgr-adia-entrega-do-mensalao-mineiro-522520.asp‎
    30/01/2014 – O procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, reviu o prazo de devolução ao STF de suas alegações sobre o mensalão mineiro e não …

    PGR tem até 17 de fevereiro para mandar alegações … – O Globo
    oglobo.globo.com/…/pgr-tem-ate-17-de-fevereiro-para-mandar-alegacoe…‎
    30/01/2014 – Existem hoje no STF duas ações penais e dois inquéritos tratando do mensalão mineiro. O caso que está quase pronto para julgamento …

    G1 – PGR deve enviar alegações finais sobre mensalão mineiro em …
    g1.globo.com/…/pgr-deve-enviar-alegacoes-finais-sobre-mensalao-minei…‎
    29/01/2014 – A denúncia do mensalão mineiro inicialmente envolvia 15 pessoas, mas somente as acusações contra Azeredo e o senador Clésio Andrade …

    Mensalão tucano: procurador enviará alegações finais ao … – O Globo
    oglobo.globo.com/…/mensalao-tucano-procurador-enviara-alegacoes-fin…‎
    29/01/2014 – Enquanto o mensalão federal contava inicialmente com 40 réus, o mensalão mineiro tem dois réus: além de Azeredo, o senador Clésio …

    Mensalão tucano: 2º réu é beneficiado pela prescrição … – O Globo
    oglobo.globo.com/…/mensalao-tucano-2-reu-beneficiado-pela-prescrica…‎
    29/01/2014 – Confirmada a segunda prescrição, vão restar oito réus no mensalão mineiro, entre eles Azeredo e os mesmos integrantes do núcleo financeiro …

    Barbosa manda ouvir em 40 dias testemunhas do mensalão mineiro
    g1.globo.com/…/barbosa-manda-ouvir-testemunhas-do-mensalao-mineir…‎
    21/11/2012 – … das testemunhas de defesa na ação penal sobre o mensalão mineiro.

    Julio Pompeu – As ações judiciais contra o Mensalão Mineiro
    gazetaonline.globo.com/_…/1472099-as-acoes-judiciais-contra-o-mensal…‎
    O jurista Júlio Pompeu destaca no comentário desta segunda-feira o ‘Mensalão Mineiro’. Três ações tramitam no Supremo Tribunal Federal. Em um dos casos, …

    (http://migre.me/hLpWo)

renato

07 de fevereiro de 2014 às 20h14

Seguiram o rastro do dinheiro.
Se seguiram esta certo, se não acharam o dinheiro, causa perdida.
Eles não são do PT.

Responder

FrancoAtirador

07 de fevereiro de 2014 às 19h57

.
.
O fato é público e notório, mas não custa lembrar:

Em 03/12/2009, na Sessão de Julgamento no STF,

GILMAR MENDES VOTOU A FAVOR DE EDUARDO AZEREDO (PSDB)

ISTO É, CONTRA O RECEBIMENTO DA DENÚNCIA DO MPF.

“Necessidade de rigor e de prudência
para não “submeter o indivíduo
às agruras do processo penal.”
“Quando se fazem imputações incabíveis,
dando ensejo à persecução criminal injusta,
viola-se também o princípio
da dignidade da pessoa humana”

GILMAR

Notícias STF
Quinta-feira, 03 de dezembro de 2009

STF aceita denúncia contra o senador Eduardo Azeredo
pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro

(..)

Gilmar Mendes
Ao votar contra a abertura da ação penal, o ministro Gilmar Mendes alertou que, mais que uma peça processual que deve cumprir os requisitos do artigo 41 do Código de Processo Penal, a denúncia é um instrumento por meio do qual o órgão julgador pode avaliar a efetiva necessidade de submeter o indivíduo às agruras do processo penal, daí a necessidade de rigor e de prudência por parte não só daqueles que têm o poder de iniciativa nas ações penais, mas também daqueles que podem decidir sobre o seu curso.

“A análise de uma denúncia deve ser revestida dos maiores cuidados por parte de todos nós, julgadores, sempre tendo em vista a imposição constitucional de resguardo dos direitos e garantias individuais.
Quando se fazem imputações incabíveis, dando ensejo à persecução criminal injusta, viola-se também o princípio da dignidade da pessoa humana”, concluiu o presidente do STF.

(http://www.conjur.com.br/2009-dez-03/supremo-aceita-denuncia-eduardo-azeredo-mensalao-mineiro)
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    07 de fevereiro de 2014 às 22h32

    .
    .
    O link correto para o texto acima transcrito é:

    (http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=117340)

    Em dezembro 2009, Gilmar Mendes era o Presidente do STF.

    Observe-se que a matéria reportada no próprio sítio do STF,

    também se refere aos crimes perpetrados pelo PSDB

    como o ‘Mensalão Mineiro’, e não ‘Tucano’ ou ‘do PSDB’.

    A midiatização e partidarização do STF vem daquela época.
    .
    .

Lopes

07 de fevereiro de 2014 às 19h25

Vamos ver se o Fucks vai matar no peito!

Responder

    Marat

    07 de fevereiro de 2014 às 23h28

    Lopes, o nome do cara ai, do STF, ficou sensacional!

José BSB

07 de fevereiro de 2014 às 19h18

A soma das penas dos 3 petistas totaliza aproximadamente 27 anos. O azeredo sozinho poderá puxar 22 anos de cadeia. Se condenado, irá direto para o regime fechado.
Quero ver alguém destacar esse “detalhe”.

Responder

lock

07 de fevereiro de 2014 às 19h08

Acabei de ver na globonews chamando de mensalão tucano, que coisa não??

Responder

    ricardo

    07 de fevereiro de 2014 às 21h06

    Isso mostra a argúcia da turminha do punho erguido e seus porta-vozes para análise política. O prazo de validade das manchetes que produzem não passa de 30 minutos.

    Maria Lucia Cardoso

    07 de fevereiro de 2014 às 21h15

    Agora resolveram abrir a boca. É que eles nunca acreditaram que isso pudesse acontecer, se resguardando né? Dançaram, vão ter de falar no assunto muito ainda. Deus é Pai!

Ary Xavier

07 de fevereiro de 2014 às 18h47

Por favor!
Não há mensalão mineiro, assim como não há “mensalão paulista”‘,”mensalão carioca”. Se há desvio de conduta de políticos, por favor, refiram-se aos partidos a que pertencem. Aqui trata-se de “MENSALÃO TUCANO”. Por favor, não criem preconceitos com relação a mineiros que não são políticos e, portanto, cidadãos honestos.

Responder

    Fabio Sp

    07 de fevereiro de 2014 às 21h48

    Ué, o mensalão Petista não tinha virado AP470?

    AlvaroTadeu

    08 de fevereiro de 2014 às 00h02

    Pois é, sua anta de galochas, se aceita a denúncia da PGR, o mensalão tucano pode tornar-se a AP-1964, dependendo do número de processos que estiver rolando.

    Adma

    08 de fevereiro de 2014 às 00h45

    Então também chamemos o mensalão tucano pelo nr do processo. Direitos iguais. Mas informando que se trata de corrupção do PSDB.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.