VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Humberto Costa diz que Demóstenes mentiu naquele discurso elogiado por colegas


03/05/2012 - 14h13

 

03/05/2012 – 12h02 Conselho de Ética – Atualizado em 03/05/2012 – 14h05

Humberto Costa: há indícios de que Demóstenes mentiu aos senadores

Da Redação, Agência Senado

O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou, durante a leitura de seu relatório no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, que o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) faltou com a verdade, em pronunciamento no dia 6 de março, ao se manifestar sobre as denúncias que o acusavam de envolvimento com o empresário Carlinhos Cachoeira, preso pela Polícia Federal.

Na ocasião, destacou o parlamentar, o senador goiano alegou que “mantinha relacionamento de amizade com Carlinhos Cachoeira, mas que com ele não entabulara negócios”.

Segundo Humberto Costa, a divulgação de conversas sobre a votação de projetos de interesse de Cachoeira no Congresso já justificaria a abertura de processo administrativo disciplinar contra Demóstenes Torres.

–- Tudo leva a crer que Sua Excelência se contradiz e teria faltado com a verdade perante seus Pares – assinalou Humberto Costa que recomenda a abertura de processo contra Demóstenes Torres em seu relatório preliminar.

— O que está em debate não é a imagem do parlamentar, mas do Parlamento. Se atinge a imagem do Senado Federal, não se pode subtrair os fatos graves narrados — disse.

Ao apresentar sua defesa por escrito no último dia 25, Demóstenes sinalizou para o conselho que vai tentar anular o processo, se identificar falhas jurídicas. Por esse motivo, o relator não mencionou as escutas feitas pela Polícia Federal, assim como matérias publicadas pela imprensa sobre o caso no relatório preliminar.

Humberto Costa ressaltou, no entanto, que o PSOL exerce seu pleno direito de requerer abertura do processo à luz da divulgação das informações e citou a postura favorável de Demóstenes Torres à utilização de reportagens jornalísticas em processos anteriores contra parlamentares.

— Quando se debateu neste conselho a possibilidade ou não do uso exclusivo de matéria jornalística como base para recebimento de representação, a postura do senador Demóstenes, como membro do órgão, foi no sentido de acolhimento – disse.

Íntegra do relatório, aqui.

Leia mais:

Congresso em Foco: Os elogios ao discurso de Demóstenes, com adendo de Gerson Carneiro

Celio Bermann: Belo Monte serve a Sarney e às mineradoras

Ildo Sauer: “O ato mais entreguista da história”

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



33 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

paulo roberto

07 de maio de 2012 às 15h58

Ando sentindo falta dos comentários do “eunãosabia”. Por que será que ele anda sumido, hein?

Responder

Rose

06 de maio de 2012 às 22h51

Fico aqui pensando com meus botões: se isso veio a público, imagino o que está escondido. Vou mais além: até onde é verdade acusações contra políticos como José Dirceu, Genoíno, que foram pessoas extremamente massacradas política e moralmente?
Fala sério viu … Que nojo.

Responder

Regina Braga

05 de maio de 2012 às 20h55

Mesmo?! mas deve ser…pois até, as meninas dos jardins,conseguiram perceber.

Responder

Gil Rocha

04 de maio de 2012 às 14h34

Não é hilário falarem em imagem
do senado?
Sarney deve ser um dos senadores
Mais fichas sujas que já pisaram
no Parlamento.
Mas até o Lulinha já saiu em defesa
do ilibado congressista.
Não estou falando que Demóstenes seja
inocente não.
Mas o negócio na política as vezes é de
se achar graça.

Responder

Pardalzinho

04 de maio de 2012 às 08h59

Condenar Demóstenes por ter mentido é o mesmo que sentenciar um serial-killer comprovado por ter desobedecido as leis de trânsito… Ora, Demóstenes é um criminoso de alto calibre, tão ou mais perigoso do que o próprio Cachoeira. Deve perder o mandato e ser julgado pelos crimes que cometeu (membro de uma quadrilha criminosa) e não por ter mentido que soa como um deslize leve e não com o peso e gravidade do que ele de fato fez.

Responder

    abolicionista

    04 de maio de 2012 às 10h10

    Concordo, mas o Al Capone também só preso por sonegar imposto de renda.

Julio Silveira

04 de maio de 2012 às 07h20

O ruim é sabermos que um cara sabidamente mentiroso, publicamente desmascarado, tem que ser tratado com pompa e circunstância e até cuidado para que o processo tenha efeito. Sujeitos como esse deviam ter rito sumário por que já é publico e notório que não vale o que o gato enterra.

Responder

Cibele

03 de maio de 2012 às 22h52

Psicopata. Simples demais, uai!

Responder

    Werner [email protected]_2

    04 de maio de 2012 às 08h32

    psicopata nada. SAFADO mesmo, e criminoso…

    Cibele

    09 de maio de 2012 às 21h29

    Safado e criminoso, sem dúvida, oras. Quem é que está negando isso? Tente entender apenas como funciona a mente de pessoas como ele. É o único jeito de combatê-los, de não colocar mais no Congresso pessoas como Demóstenes e similares.

Gustavo Pamplona

03 de maio de 2012 às 21h44

Que saudade da época da CPI dos Correios, da CPI dos Bingos, né galera? =D

Vocês se lembram quando o PORCO emporcava as telas e páginas com aquelas cenas de deputados e senadores acusando um aos outros, eu mesmo tenho saudade do Roberto Jefferson (adorava ele!) e aquelas cenas de acareação onde testemunhávamos aquelas cenas divertidas! hahahhahaa

Agora o porquinho fica escondendo a CPI do Brasil, afinal de contas o porquinho está lá de rabinho baixo escondido já que ele foi pego no chiqueirinho fazendo porcaria além do mais o porquinho não consegue controlar a informação mais.

—-
Desde Jun/2007 sentindo saudades de CPI’s PORCAS no “Vi o Mundo”! ;-)
Fundador do PORCO – Partido de Oligarcas Representantes de Capitalistas Opressores (PIG)

Responder

Unabomber

03 de maio de 2012 às 20h39

Que novidade em sr. Humberto !

Responder

Lu Witovisk

03 de maio de 2012 às 20h16

só fedentina… e ainda federá mais e mais.

Responder

Sérgio Ruiz

03 de maio de 2012 às 19h50

Todo elemento envolvido com a máfia do bicho é mentiroso.
É evidente que o DEMósteles mentiu e continuará mentindo no decorrer da situação em que ele se encontra.

Responder

jõao

03 de maio de 2012 às 19h42

Montadora tem fábrica em Anápolis (cidade de Cachoeira) e 5 páginas na revista Veja
Mera Coincidência?

Fábrica da montadora em Anápolis (GO)

A montadora Hyundai foi a maior anunciante da revista Veja na edição 2266, com 5 páginas de anúncios:

Só para lembrar:

Num dos eventos de lançamentos do livro “A Privataria Tucana”, o autor e jornalista investigativo Amaury Ribeiro Jr, disse que havia identificado formas de governadores pagarem “mensalão” para a velha imprensa através de anúncios de montadoras de automóveis.

O assunto não foi aprofundado, mas pelo que deu a entender o esquema seria feito com os governadores concedendo isenção fiscal nos impostos, e no “pacote” dos acordos informais entraria anúncios nas revistas e jornais aliados do governador.

É uma linha da qual a CPI do Cachoeira não pode deixar de investigar.
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

Responder

    Marcelo de Matos

    03 de maio de 2012 às 20h24

    Bem lembrado. A Hyundai tem também uma fábrica quase pronta em Piracicaba. Essa é a cidade do prefeito Barjas Negri, nome de grande projeção no PSDB. Já foi ministro da Saúde e foi investigado na operação Sanguessugas, ou escândalo das ambulâncias. A Delta tinha contrato de limpeza em Piracicaba. A cidade tem uma construtora com esse nome: só pode ser a própria.

H. Back™

03 de maio de 2012 às 18h57

Mentiu? Não é possível! O campeão da moralidade, (risos) não seria capaz de tamanha imoralidade! Continuo não acreditando.

Responder

Paulo Cavalcanti

03 de maio de 2012 às 18h26

Paulo Cavalcanti‏@pacavalcantti

http://migre.me/8WiA2 – Em que governo da Bahia, fazendeiros ganharam título de posse das terras indígenas? ACM…leiam

Responder

Fabio Passos

03 de maio de 2012 às 18h23

Eu quero saber quando o pilantra do roberto civita vai prestar contas na CPI sobre a sociedade com carlinhos cachoeira.

Estes bandidos da quadrilha veja estavam junto com o demóstenes na quadrilha.
Agora ainda vão tentar bancar os santos?
Tem de explicar porque fizeram seus leitores de imbecis.

Responder

    Marcio H Silva

    03 de maio de 2012 às 20h05

    Roberto Civita, os filhos do Marimnho, perillo, Cabral, Serra, Paulo afreo descendente, Cavendish, PGR, etc….tem muito documento e muita gente para depor nesta CPI. Temos que passar o con gresso a limpo…..

Vianey

03 de maio de 2012 às 18h16

Todos precisam saber a verdade. Acesse o conteúdo da operação Monte Carlo:

http://www.leidoshomens.com.br/index.php/noticias/operacao_monte_carlo/

Responder

Marcelo de Matos

03 de maio de 2012 às 18h02

O PIG quer botar a Delta no centro das investigações da CPMI para tentar atingir o PAC e os governos petistas, mas, prefeitos e governadores tucanos adoram a construtora. Os prefeitos de Sorocaba e Piracicaba contrataram a Delta. Agora, o informativo jurídico Última Instância informa que: “As investigações apontam que, com os documentos forjados, já foram vencidas as licitações nos municípios de Anápolis e Catalão, em Goiás, e no município de Itanhaém, em São Paulo”. O prefeito da cidade é o tucano João Carlos Forssell.

Responder

    Marcelo de Matos

    03 de maio de 2012 às 18h05

    ET: a Delta iniciou suas atividades em Recife, mas, em Piracicaba tem uma construtora com esse nome. É difícil, quase impossível, existirem duas empresas com o mesmo nome porque a Junta Comercial faz buscas para saber se já há registro do nome. Pode ser uma filial da dita cuja.

hccoelho

03 de maio de 2012 às 16h47

Demóstenes é veja, é mentira. Demóstenes era a veja no senado. Podre. Qual a díuvida?

Responder

Rodrigo Leme

03 de maio de 2012 às 15h30

Estão esperando mais o que para cassar o Demóstenes? Quanto blablabla, mimimi, qdo a coisa está mais que evidente.

Responder

Marcelo de Matos

03 de maio de 2012 às 15h12

He, he, he. O PIG que tanto protegeu o Demóstenes vai corroborar para cassá-lo.

Responder

Paulo Cavalcanti

03 de maio de 2012 às 15h05

Azenha, veja matéria que publicamos juntos, cuja fonte, foi o Congresso em Foco – http://migre.me/8W8wU – peguei aqui no seu blog.

“Demóstenes: O Ali Babá e seus 44 defensores” – dando conta de que inclusive “cumpanhêros” – defenderam Demóstes, numa patética atitude que dispensa comentários…

Responder

jb

03 de maio de 2012 às 14h49

ME DESCULPE AZENHA O MEIO QUE FORA DE PALTA, MAS É NECESSARIO DENUNCIAR MAIS UMA ESTRIPULIA DA DONA ANDRÉIA NEVES AQUI PELAS ALTEROSAS…

José Saad Dualibi me censurou
Ontem passei por um dos momentos de maior desrespeito da minha vida profissional. José Saad Dualibi, que assumiu faz pouco tempo a direção da Band News Belo Horizonte, pediu para suspender minha coluna diária em função das eleições. Tenho uma coluna há muito tempo, de análise política. De graça. Minha entidade já organizou seminário com a Band News, sobre política mineira. E paguei para a Band, mesmo sendo seu colunista (que nunca recebeu absolutamente nada por isto). Já comentei eleições na própria Band e em muitas outras rádios mineiras, como a rádio Itatiaia. Perguntei o motivo. Resposta: meu passado como dirigente petista.
Uma ofensa, não? Onde estariam as provas? Isto é jornalismo? É isto que define o tal direito pela liberdade de imprensa? Não lutei contra a ditadura para um rapaz se arrogar o direito de me censurar. Não há uma única coluna de minha parte em que tenha cometido qualquer erro desta natureza, apoiando partido ou candidato. Trata-se de um desrespeito, falta de profissionalismo e estrelismo de um diretor que está destruindo um dos melhores trabalhos do jornalismo mineiro. Já perdeu a grande Ivana Moreira e vai perder a equipe toda. Anotem.
Postado por Rudá Ricci às 07:39 http://rudaricci.blogspot.com.br/2012/05/jose-saad-dualibi-me-censurou.html

Responder

    Nádia

    03 de maio de 2012 às 16h14

    JB, não há liberdade de imprensa no Brasil, apenas, a liberdade de interesses de pequenos grupos, os demais não tem direito algum, por isso, a necessidade da regulação dos meios, corremos um grande risco com a mídia que temos atualmente, essa mídia golpista e bandida, se Jesus Cristo nascer novamente e filiar ao PT vão denegrir Jesus Cristo, só não vão mandar para cruz, porque não é o costume nos dias atuais, mais vão assassiná-lo do mesmo jeito, assassinar a sua reputação.

Luis Fernando

03 de maio de 2012 às 14h15

Azenha. Gostaria de dizer que parece que o site Brasil 247 foi retirado do ar. Gostaria de saber se alguém aí tem alguma informação. Abraços.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    03 de maio de 2012 às 14h20

    Nada sei a respeito…

    Marcelo Barros

    03 de maio de 2012 às 14h42

    Já está no ar novamente. Estava sendo direcionado para o Facebook, mas já está normal.

    Marcelo de Matos

    03 de maio de 2012 às 15h10

    O blog está funcionando, mas, não como deveria: eles censuram comentários contrários às suas teses. É um penduricalho do PIG (Globo/Isto é). Não dá para levar a sério esse pessoal. Eles fazem o cadastro dos comentaristas para oferecerem revistas e otras cositas mas.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.