VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Estudante desmente denúncia feita contra ele por militantes de esquerda
Denúncias

Estudante desmente denúncia feita contra ele por militantes de esquerda


21/06/2013 - 00h20

‘Falaram que sou neonazista, é mentira’, diz manifestante agredido na Paulista

Guilherme Nascimento afirma ter levado golpe na cabeça de militante petista

21 de junho de 2013 | 12h 08

Victor Vieira, no Estadão

SÃO PAULO – Apesar do protesto predominantemente pacífico em São Paulo na quinta-feira (20), o manifestante Guilherme Nascimento terminou o dia no hospital por causa de um desentendimento com militantes do PT. Segundo ele, que levou um forte golpe na cabeça com uma bandeira, não houve provocação que justificasse a violência. “Foi um militante petista quem me acertou a paulada. Apenas gritamos para que eles abaixassem as bandeiras do partido”, contou, em entrevista ao Estado nesta sexta-feira, 21.

Nas redes sociais, circularam textos dizendo que Nascimento é skinhead e teria provocado o suposto agressor. “Falaram que sou neonazista, talvez porque seja forte e careca. Isso é mentira. Meu pai é negro. Tenho amigos que são negros, homossexuais”, afirma o manifestante, que é bacharel em Direito e tem 27 anos.

“Antes de me bater, ele disse que se eu tinha emprego deveria agradecer ao seu partido”, afirmou o manifestante agredido. Ao ser escoltado para fora da multidão, com a cabeça ensaguentada, Nascimento retrucou: “muito obrigado, PT”.

Um grupo de quase 150 defensores da legenda foi hostilizado na passeata que tomou a Avenida Paulista à noite. Sob gritos de que o movimento é apartidário, os demais ativistas expulsaram os militantes. Além do empurra-empurra, uma bandeira da sigla foi queimada.

O Movimento Passe Livre esclareceu que não é contrário à participação de pessoas ligadas a legendas. Em nota na sua página no Facebook, o MPL afirma que é “um movimento social apartidário, mas não antipartidário” e repudiou os “atos de violência direcionados a essas organizações durante a manifestação de hoje (quinta), da mesma maneira que repudiamos a violência policial”.

Guilherme Nascimento levou 14 pontos na parte de cima da cabeça e está sob observação médica até este sábado, 22. As próximas tomografias ainda revelarão se houve ferimentos mais graves. Depois de participar de quase todas as manifestações na capital, ele ainda pretende voltar às ruas. “Devemos continuar os protestos, mesmo com a redução da tarifa. Não fui às passeatas para brigar, mas lutar pelos nossos direitos.”

*****

por Luiz Carlos Azenha

Dois ativistas de esquerda que participaram da manifestação da noite de quinta-feira na avenida Paulista, em São Paulo, alegam que o ferimento exibido por um ativista diante de fotógrafos foi forjado.

Ricardo Gebrim e Anderson Fernandes Guahy estavam no cordão de isolamento que protegia uma passeata que tinha de 800 a 1000 militantes de esquerda. A tarefa deles era evitar a aproximação de um grupo que gritava palavras de ordem contra partidos políticos, Cuba, o Bolsa Família e o PT.

Esse grupo, segundo Ricardo, era formado por cerca de 150 homens. Muitos usavam capacetes de ciclistas e máscaras do Anonymous, outros eram “bombados”. Trabalhavam em conjunto e se falavam. Puxavam as palavras de ordem. O homem que aparece na foto acima, segundo Ricardo, parecia ser o líder.

A certa altura, dizem, ele foi atingido pelo mastro de plástico de uma bandeira que havia sido arrancado das mãos de um militante de esquerda.

O mastro bateu no ombro, o homem — identificado pelo portal G1 como Guilherme Nascimento — colocou a mão na cabeça e começou a “sangrar”. Fotógrafos e cinegrafistas estavam próximos para registrar a cena.

Ouça primeiro a entrevista de Ricardo Gebrim, do Consulta Popular:

Mac Audio_recording 3

Abaixo, a fala de Anderson Fernandes Guahy, diretor do Sintaema, o Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo:

Mac Audio_recording 5

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



60 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

marco

22 de junho de 2013 às 20h55

O nazista na foto,deve ter se auto flagelado,pra parecer vítima.Tem jeito,cara,e dinheiro de burgues.Inda agora,21.06.13,estou assistindo na Bandfacista,um reporter entrevistando e dando ênfase,ao acampamento em frente a residência oficial do Governador do R.Janeiro,cujo entrevistado disse estar ali,pra não sei o que.O jornalista somente se interessou por convocar outros nasistinhas de plantão,já que amanhã no local,segundo o jornalista,as ruas ficam interditadas para automóveis.Só faltou convocar sua turma,pra que amanhã,estejam la.Não se sabe pra o que já que na entrevista,quando o filhinho de papai entrevistado,nazista naturalmente,não foi indagado pelo imparcial jornalista.,quais eram suas reivindicações.A Globo não esta sozinha!

Responder

Olga

22 de junho de 2013 às 14h58

E os bancos vão lucrar aos montes dando empréstimos genero$o$ para que comércios depredados reconstruam seus negócios.

E dizem que foi “apartidário”.

Quem for otário que acredite.

Responder

Cristiano

22 de junho de 2013 às 11h38

É um fascista mentiroso,certeza que é mentira,um corte de 19 pontos daria pra ver uma brecha de um lado ao outro quase da cabeça.Fascista mentiroso.

Responder

Luiz Fortaleza

21 de junho de 2013 às 22h15

A rua é pública e o movimento não tem dono. Ele errou pq cada um carrega o que quiser. Ele foi autoritário e não respeitou a pluralidade de confissões políticas. A Rua não é dele, para ele mandar o outro não usar a bandeira. Ele não tá na casa dele para impor sua vontade imbecil.

Responder

Luiz Fortaleza

21 de junho de 2013 às 22h13

Quem começou primeiro a agressão? A partir daí, é a lei da ação e reação.

Responder

Ruy Acquavivar

21 de junho de 2013 às 18h33

Foi uma bolinha de papel que acertou mais um careca. Chamem o Molina…

Responder

Joaquim Vaz

21 de junho de 2013 às 14h56

Azenha, esse cara que está com a Bandeira do Brasil no ombro, aparece em outra foto rasgando a bandeira do PT.

Responder

angelo

21 de junho de 2013 às 14h24

OAB?

Responder

Pedro

21 de junho de 2013 às 14h02

Azenha,

Após ler este post fiquei curioso e acreditei na farsa. Mas como trabalho na televisão tenho essa imagem – portanto, fui assisti-la. Vi “frame a frame”: não pegou no ombro, foi mesmo na cabeça.

Abraço!

Responder

    Gabriel Gog

    21 de junho de 2013 às 17h10

    Obrigado pedro!
    Enfim, uma pessoa que julga por provas e não pela aparência.
    Vc poderia me mandar o vídeo?

José X.

21 de junho de 2013 às 13h01 Responder

    angelo

    21 de junho de 2013 às 14h19

    Processa o líder.

    Não esquece de processar Folha, ciente do despreparo da polícia, por seu editorial às vesperas da tragédia em Sampa.

Reinaldo José Mercador Dantas

21 de junho de 2013 às 12h24

Essas pessoas que vão pra rua não sabem o que é a cadeira do dragão e outras torturas, não vivenciaram os 25 anos de ditadura civil-militar tudo capitaneada pelos EUA, vide o filme o dia que durou 21 anos. Ontem estive em Botafogo RJ e vi a geração facebook em ação, infelizmente, massa de manobra para os veículos dos PIGS.

Responder

cassio

21 de junho de 2013 às 11h12

Só tá faltando o Molina.

Responder

Rosemary LULA

21 de junho de 2013 às 10h47

O partido dos trabalhador nunca foi é contra a violença nas manifeistação. A direita da Grobo quer manchar a estória de luta do nosso querido presidente Lula. Fora Grobo.

Responder

Valcir Barsanulfo

21 de junho de 2013 às 10h28

Existe um esforço descomunal da grande mídia em condenar os partidos políticos, para assim se chegar ao anarquismo,que é um passo a mais do neo liberalismo.
Essa é a intenção da grande mídia.

Responder

    Ricardo

    21 de junho de 2013 às 23h01

    Sr. Valcir, anarquismo não é isso que o Sr. conceituou.

    Leia o Livro “Análise Dialética do Marxismo” de Mário Ferreira dos Santos.

Valcir Barsanulfo

21 de junho de 2013 às 10h23

A Globo mobilizou os fascistas e neo liberais, pensando em embasar o golpe de direita.

Responder

manifest

21 de junho de 2013 às 10h11

Um sério e importante amigo meu, de grande confiança, acabou de me mandar o seguinte: – São quase uma e meia da manhã e acabei de chegar em casa aqui no Rio, e olha que moro perto do centro.
Participei das três últimas manifestações aqui no Rio e logo na primeira percebi o tom perigoso do ato, de modo que acompanhei as duas seguintes apenas como atento observador.
O número de provocadores de extrema direita é o maior que já vi em atos de rua….jovens musculosos escondendo o rosto com a popular máscara da vingança, articulados entre si, violentos, portadores de ódio. Reparei bem que eles sabiam o que queriam, em relação aos militantes de esquerda, estavam focados, partiam para cima do pessoal do PSTU e do PCB de forma orquestrada buscando intimidá-los pela violência, assim como também instigavam as pessoas, semeando a discórdia….reparei que no facebook essa discussão sobre o repúdio aos partidos era forte também, embora não me parecesse espontânea. Esses provocadores estimularam o ódio de forma organizada, tanto pela internet quanto no ato…que foi disseminando como rixa de torcida…sentimentos pequenos envolvidos, o futuro de um grande país e de um grande continente envolvidos.
Dava para perceber que o movimento sofria forte assédio de manipuladores. Os lobos cercavam o rebanho dos inocentes apartidários.
Agressão aos partidos, agressão a qualquer ideologia que não seja limitada a abraçar o pavilhão nacional como gosta o MPL, uma vã e insana tentativa de impedir o que eles mesmos reclamam: direito de se expressar. É sui generis um movimento que prefere caracterizar-se por aforismos e não pela batalha de ideias.
Nessa transição do virtual para o real, faltou maturidade a geração facebook para lutar pelos seus direitos sem correr o risco de ser massa de manobra.
Bom, o show de democracia acabou ali, quando os jovens usaram a força para afastar das ruas seus compatriotas que sempre estiveram nas ruas lutando, mesmo quando eram minoria no enfrentamento com a força policial… numa época que a turma do MPL não sabia onde ficava a Rio Branco.
Na manifestação de hoje ficou claro que o MPL perdeu o protagonismo do movimento…ter insistido nessa baboseira de sem partido, de movto horizontal sem liderança, num contexto de politização precário, foi a crônica de um golpe anunciado.
Teoria da conspiração ou não, o padrão dos protestos pelos Estados semeiam suspeitas.
Se a Dilma não cair da Presidência, e há real possibilidade de que aconteça, terá que ao menos cair na real e cuidar da democratização da mídia para proteger as conquistas do povo brasileiro.

Responder

    Ana

    21 de junho de 2013 às 14h22

    “Agressão aos partidos, agressão a qualquer ideologia que não seja limitada a abraçar o pavilhão nacional como gosta o MPL, uma vã e insana tentativa de impedir o que eles mesmos reclamam: direito de se expressar. É sui generis um movimento que prefere caracterizar-se por aforismos e não pela batalha de ideias.”

    “Na manifestação de hoje ficou claro que o MPL perdeu o protagonismo do movimento…ter insistido nessa baboseira de sem partido, de movto horizontal sem liderança, num contexto de politização precário, foi a crônica de um golpe anunciado.”

    Desculpe, mas eu não entendi nada do que você disse aqui. É do Movimento Passe Livre que você está falando?
    Se for, preciso lembrar a você que MPL não é definido por um partido específico, mas estão sempre em diálogo com partidos de esquerda e demais movimentos sociais. Os movimentos sociais, tal como o MPL são abertos a qualquer partido. Inclusive alguns dos integrantes são de partidos de esquerda, outros não são de partido algum. Existe uma grande diferença entre se partidário, não ser partidário e serem politizados. Já que TODO movimento social é político. Por exemplo: o MST não é de partido nenhum.

    Ser anti-partidário e essa essa “pauta” medonha de sem partido que vem tomando conta das manifestações é uma coisa completamente diferente. E MPL nunca, nunca defendeu isso.

Militantes dizem que ferimento exibido em fotos foi forjado | Bahia Livre

21 de junho de 2013 às 09h57

[…] Fonte: https://www.viomundo.com.br/denuncias/militantes-dizem-que-ferimento-em-ativista-foi-forjado.html /* Veja tambémSuspeito é filho de empresário de transporteGlobo enfia a corrupção no Castelão. Não a da FIFAA revolta não se trata mais só de 20 centavosA revolta não se trata mais só de 20 centavos – Revolta Dos 20No centro de São Paulo, manifestante dizia: “Foda-se o Brasil, nacionalismo é coisa de imbecil” […]

Responder

abolicionista

21 de junho de 2013 às 09h52

Atenção!! Militante do PSTU está em coma!!! Foi atacado por carecas ontem, no Rio.

Alerta anti-fascista!!

Responder

debra

21 de junho de 2013 às 09h34

Cala a boca. Que matéria ridícula e falsa. Conheço o Guilherme e este sangue todo é realidade. O cara levou 19 pontos!

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=537022819678535&set=a.459326390781512.101846.100001124649171&type=1&theater

Afe…muito otário quem acreditou nessa matéria escrota!

Responder

    Jose Mario HRP

    21 de junho de 2013 às 09h50

    É, é tão verdade que retiraram do ar!
    Mentira tem perna curta!
    E esse mané fingido vai ser desmascarado!

    Bruno

    21 de junho de 2013 às 10h21

    Onde estao as fotos que comprovam que o rapaz teve pontos na cabeça?

    Valcir Barsanulfo

    21 de junho de 2013 às 10h25

    Esse cara da foto é Skhinread, é profissional da balburdia e do preconceito, é neo liberal extremado,fascista.

    Rosemary LULA

    21 de junho de 2013 às 10h42

    Não ouve pancadaria. Esse sangue é estrato de tomate. O PT é povo e o povo é PT. Vouta LULA!

    Ulisses

    21 de junho de 2013 às 11h39

    Debra, cadê as imagens? Ué, saiu do ar? Por que minha filha? Era apenas mais uma bolinha de papel promovida por um advogado reacionário?

    Ana

    21 de junho de 2013 às 14h01

    19 pontos? Onde? Não tem corte na careca dessa pessoa.

    angelo

    21 de junho de 2013 às 14h23

    Cassa, OAB.

Gerson Carneiro

21 de junho de 2013 às 09h30

Eu prefiro aguardar o laudo do Dr. Rodrigo Molina Leme, vulgo Dotô Zóin, antes de me manifestar.

Responder

    Wladimir

    21 de junho de 2013 às 11h07

    Boa Gerson, eu também! Só não sei se com o “zóio” torto dele em vai conseguir analisar direito para elaborar o laudo! Kkkkkk

Bonifa

21 de junho de 2013 às 09h12

A manifestação sem partido é a barriga de aluguel do fascismo.

Responder

Teatro de rua, com patrocínio do PSTU | Ficha Corrida

21 de junho de 2013 às 09h04

[…] Militantes dizem que ferimento exibido em fotos foi forjado – Viomundo – O que você nã… Avalie:Sirva-se:Curtir isso:Curtir Carregando… Deixe um comentário […]

Responder

Mardones

21 de junho de 2013 às 08h52

Infelizmente, os partidos de esquerda estão pagando o pato pela ‘governabilidade’ do PT.

Responder

Carlos Ribeiro

21 de junho de 2013 às 08h42

Com a palavra o MPL.

Responder

J Souza

21 de junho de 2013 às 08h18

Aluno da “bolinha de papel”… O professor fez escola!

Responder

Luiz Carlos

21 de junho de 2013 às 08h16

É claro que a direita está doida para encontrar uma vítima inocente para a imprensa nacional e internacional cair de pau. É por isto que a polícia está tão cautelosa. Mas tem que agir e prender este provocadores. Mas, pelo que sabemos, a PF e o MP só agem se for contra as causas do governo.

Responder

Jose Mario HRP

21 de junho de 2013 às 07h14

Se eu fosse a Dilma decretava estado de sítio por 30 dias.
A globo vem incitando algo que logo logo estará incontrolavel.

Responder

Jose Mario HRP

21 de junho de 2013 às 05h44

Golpe na forja!
E a globo pondo carvão no fogo!
Ontem duas mortes parabens aos sem partido, conseguiram criar o caos…….

Responder

Midionauta

21 de junho de 2013 às 05h04

“O PT me agrediu! O PT me agrediu!”

É a bolinha de papel versão efeitos de Hollywood.

Aqui vai o vídeo pra quem não viu:

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/brigas-no-protesto-em-sao-paulo

Responder

    Rosemary LULA

    21 de junho de 2013 às 12h30

    O pt não agrediu.Não ouve agressão. È tudo mintira.

Jair Almansur

21 de junho de 2013 às 04h34

A direita, não tenhamos dúvida, está faturando com as bandeiras da esquerda.

Responder

M. S. Romares

21 de junho de 2013 às 02h43

Tempos atrás vimos uma bolinha de papel causar o maior reboliço e ferir gravemente um candidato em passeata. Agora um pouco de catchup parece tornar as coisas mais reais…O “perito” molina não foi chamado pra assinar um laudo?

Responder

Ana

21 de junho de 2013 às 02h03

quantos pontos ele levou? Ao se ver a quantidade de sangue deve ter sido um rombo enorme.

Responder

    Wladimir

    21 de junho de 2013 às 11h11

    Ana, só não apareceu o cérebro dele, porque não havia nenhum!

Ana

21 de junho de 2013 às 02h01

E o corte, alguém viu? Ele deveria ter colocado uma peruca antes.
E teve candidato em 2010 que sofreu traumatismo craniano com bolinha de papel.
A gente sabe. Frágil, muito frágil o discurso da direita.

Responder

renato

21 de junho de 2013 às 01h31

Gente isto é groselia.
Nem o PORRAS sangrou assim no Maracanã.
E o jogão de bola hoje Uruguai e Nigéria.
Esta tendo jogos muito bonitos nesta inauguração
dos estádios e na nossa capacidade de receber um
grande evento. Dentro da festa vai tudo bem.
Mas não sei se brasileiros vão poder participar de eventos
lá fora.

Responder

Abdula Aziz

21 de junho de 2013 às 01h03

A Tv Sergipe filiada a Rede Globo foi muita vaiada e até hostilizada. Se cuida Globo seus tempos de reinado tá no fim.

Responder

    marcos

    21 de junho de 2013 às 09h07

    Não te engane meu chapa, a globo sabe muito muito bem o script desta história toda e onde quer chegar ! Está mais forte do que nunca…..é só questão de tempo !

Abdula Aziz

21 de junho de 2013 às 01h01

Aqui em Aracaju não foi diferente! Muita gente na rua e conseguimos identificar vários policiais a paisana insuflando o povo a violência e ao quebra-quebra. A galera tá esperta e não tá caindo nessa onda, não. Valeu Brasil!

Responder

José X.

21 de junho de 2013 às 00h57

Hummm, não é por nada não, mas ele se mostra bastante sorridente pra quem tá sangrando tanto…

Responder

Luís Carlos

21 de junho de 2013 às 00h46

A ultra direita fascista está nas ruas. Hordas saem das tumbas para acusar o PT para avançar nos ataques ao partido símbolo do enfrentamento ao niilismo midiático. Globo e outros veículos não são meros narradores do processo mas sim idealizadores de teatro da ideologia da violência que se descortina, atacando com isso o que eles odeiam, a liberdade política pelo terror, mentiras, e iniciar perseguições. O niilismo está à solta na boca dos que gritam ” sem partido” e dizem “sem ideologia”. O niilismo pode matar deus e o idealismo, e pode matar humanos e sua capacidade de intervenção política e construção histórica.

Responder

FrancoAtirador

21 de junho de 2013 às 00h33

.
.
Manifestantes invadem Palácio do Itamaraty

Luciano Nascimento – Agência Brasil

Edição: Juliana Andrade

Brasília – Um grupo de manifestantes que participam do protesto na Esplanada dos Ministérios voltou a invadir o Palácio Itamaraty.

É a segunda vez que o grupo entrou no prédio.

Os manifestantes quebraram vidraças e colocaram fogo no interior do prédio, que é sede do Ministério das Relações Exteriores.

Na primeira invasão, eles permaneceram poucos minutos do local e acabaram sendo retirados do prédio.

As equipes de segurança ainda não conseguiram tirar o grupo do local.
.
.
E por falar em ‘Relações Exteriores’…

O governo de Barack Obama escolheu Liliana Ayalde, americana de origem colombiana, para o posto de embaixadora dos Estados Unidos no Brasil.

A diplomata de carreira ocupava o posto de Subsecretaria de Caribe e Cuba na Subsecretaria do Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado,

e anteriormente já havia atuado como embaixadora em Assunção, no PARAGUAI.

Responder

    Rosemary LULA

    21 de junho de 2013 às 10h44

    Ezato. Foram umas bolinha de papéu que atingiu. É tudo mentira.
    Vouta LULA!

luiz otávio pereira

21 de junho de 2013 às 00h31

tem um vídeo nessa matéria que mostra o manifestante entrando numa viatura da polícia para ser socorrido. talvez pelo número da viatura ele possa ser localizado.
http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2013/06/20/manifestantes-gritam-por-uma-vida-sem-catraca-em-ato-que-interdita-a-av-paulista-em-sp.htm

Responder

    Ricardo Ferreira

    21 de junho de 2013 às 08h39

    Perceba, Luiz Otavio, que ele não queria entrar na viatura, como ovídeo acaba ali, não dá para saber se ele foi mesmo ou não…

    Mario

    21 de junho de 2013 às 09h38

    Eu sei quem é essa pessoa. Quer localiza-lo pra que?


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.