VIOMUNDO

Diário da Resistência


Bolsonaro pagará R$ 13 mil mensais em cargo comissionado a blogueiro que ganhava sem trabalhar na Câmara do Rio
Reprodução Facebook
Denúncias

Bolsonaro pagará R$ 13 mil mensais em cargo comissionado a blogueiro que ganhava sem trabalhar na Câmara do Rio


04/01/2019 - 22h12

Bolsonaro nomeia para gabinete pessoal assessor que atuou em página de ódio durante pré-campanha

Tercio Tomaz estava desde 2017 no gabinete de Carlos Bolsonaro no Rio, mas nas eleições era responsável pelo perfil ‘Bolsonaro Opressor 2.0’

Marlen Couto, em O Globo

RIO — O presidente Jair Bolsonaro nomeou nesta sexta-feira para o gabinete pessoal da Presidência o ex-assessor de seu filho, Carlos Bolsonaro (PSL), na Câmara de Vereadores do Rio, Tercio Arnaud Tomaz, conhecido por comandar a página “Bolsonaro Opressor 2.0”.

A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União e informa que o assessor ocupará um cargo comissionado DAS 102.5, que tem remuneração de R$ 13,03 mil.

Tercio ocupava até esta sexta-feira um cargo comissionado no gabinete de Carlos Bolsonaro, onde estava lotado desde dezembro de 2017.

Em agosto, O GLOBO revelou que Tercio recebia salário da Câmara sem trabalhar de fato no legislativo da cidade.

Na época da pré-campanha de Bolsonaro à Presidência, sua verdadeira ocupação era a produção de conteúdo digital, filmando e fotografando Bolsonaro em momentos de descontração e em intervalos de sua agenda como pré-candidato.

Na ocasião, o chefe de gabinete de Carlos Bolsonaro, Jorge Luiz Fernandes, negou ao GLOBO que Tercio trabalhava na campanha.

Logo após a vitória de Bolsonaro, porém, Tercio passou a se apresentar como assessor de comunicação do presidente eleito.

Recebia demandas da imprensa, divulgava agenda e compartilhava áudios e imagens oficiais, mesmo enquanto estava no gabinete de Carlos Bolsonaro.

Bolsonaro nomeou nesta sexta-feira outro ex-assessor do filho, no Rio. José Matheus Sales Gomes vai ocupar o mesmo cargo comissionado que Tercio, mas na assessoria especial do presidente.

Os dois foram exonerados da Câmara de Vereadores do Rio nesta sexta-feira.

Opressor 2.0

Criada em junho de 2015, a página “Bolsonaro Opressor 2.0” tem mais de um milhão de seguidores no Facebook e, durante as eleições presidenciais, promovia Bolsonaro por meio de memes agressivos contra adversários do político .

Recentemente, a página tem compartilhado entrevistas e bastidores da rotina do presidente e de seus familiares.

Em março do ano passado, o perfil promoveu críticas pesadas à vereadora Marielle Franco (PSOL) um dia depois do seu assassinato, no Rio.

Em um post em que publicou uma matéria que anunciava a intenção da irmã de Marielle de se lançar na política, a legenda dizia: “Do jeito que tá indo, vão empalhar o cadáver e levar em comício”.

Formado em biomedicina em uma faculdade de Campina Grande, Tercio trabalhava como recepcionista em um hotel antes de atuar nos gabinetes de Bolsonaro, em Brasília, e de Carlos, no Rio.

* Colaboraram Gisele Barros e Igor Mello

Leia também:

Joice dá pirueta para apoiar o corrupto Botafogo

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

emerson57

06 de janeiro de 2019 às 16h02

Aonde estava Tércio no momento fatídico da facada no capitão em Juiz de Fora?

Responder

Arnon

05 de janeiro de 2019 às 21h07

Pode colocar na lomba do povo desde que seja uma mangueira direita ou da direita.

Responder

Zé Maria

05 de janeiro de 2019 às 16h34

Olavéte é nomeada Diretor de Avaliação da Educação Básica
do INEP, responsável pelo ENEM…
.
Novo diretor do Inep diz que Olavo de Carvalho
foi seu “amadurecimento intelectual”

Murilo Resende ganha a vida dando aula
em universidade privada de Goiás
e vendendo cursos online
sobre ‘marxismo cultural’, filosofia política [SIC],
entre outros temas…

https://jornalggn.com.br/noticia/novo-diretor-do-inep-diz-que-olavo-de-carvalho-foi-seu-amadurecimento-intelectual

Responder

Marys

05 de janeiro de 2019 às 09h11

A podridão do Esquadrão Cybermiliciano orquestrada pelo filho Pitbull já ocupa seu espaço de difusão da propaganda neofascista.

Responder

Jardel

05 de janeiro de 2019 às 00h51

Apenas indicações técnicas, sem o viés ideológico.
heheheheh…
Pelo “viés” dos gabinetes dos Bolsonaro, cheios de laranjas e fantasmas, já era de se esperar esse tipo de contratação que será paga pelos contribuintes.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Últimas matérias
JN citado por Deltan dedicou 98% do tempo a Lula; Moro disse que não era da acusação horas antes de orientar MP a atacar defesa

“O juiz não tem nenhuma relação com o que a imprensa publica ou não publica”, disse Moro neste trecho de um dos depoimentos de Lula; o ex-presidente foi presciente sobre o futuro. Vídeo sugerido por Artur Scavone. Da Redação No dia 10 de maio de 2017, quando Lula testemunhou diante do juiz Moro, em Curitiba, […]

Ler matéria