VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Anvisa:”Butantan nunca requereu avaliação da fábrica de vacina contra gripe”


05/06/2010 - 15h43

por Conceição Lemes

Desde 1999, o Instituto Butantan, órgão da Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo, alardeia que vai iniciar a produção da vacina contra influenza, ou gripe, num futuro próximo.

Na Folha de S. Paulo, em 19 de outubro de 1999,  o professor Isaías Raw, à época presidente da Fundação Butantan, promete para 2000:

O Butantan …no próximo ano [2000] inicia a produção da vacina contra influenza, um tipo de gripe (que, apesar de não eliminar a doença, evita internações custosas e a morte de idosos). Só essa iniciativa reduzirá o custo da vacina dos idosos à metade.

Em 14 de maio de 2003, o Diário Oficial do Estado de São Paulo informa que a fábrica “começará a operar em 2005.”

Em março de 2005, a Butantan em Revista, publicação do próprio instituto,  diz que “até 2008 deverá atender totalmente as necessidades brasileiras de vacinas contra a gripe”.

Em 6 de janeiro de 2006 , na Folha Online, acena com vacina contra a gripe aviária para o semestre de 2006.

Em 26 de abril de 2007, com claque e convidados especiais, entre eles o então governador de São Paulo, José Serra (PSDB), e o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o Instituto Butantan inaugura a fábrica de vacinas contra gripe. O evento é notícia em toda a mídia.

Serra discursa na inauguração da fábrica de vacinas contra gripe, do Butantan, em 2007

Cortadeira de ovos embrionados; é neles que o vírus da gripe é inoculado para produzir posteriormente a vacina

Na ocasião, o portal do Governo do Estado São Paulo e o site da Secretaria Estadual de Saúde trombeteiam: SP ganha primeira fábrica de vacina contra gripe do hemisfério sul.

Embora o Ministério da Saúde tenha pago metade dos R$ 70 milhões investidos na fábrica, curiosamente o ministro Temporão “sumiu” da nota oficial (parte dela está abaixo). Os bônus foram para Serra e o seu secretário da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Textualmente a nota oficial do governo de São Paulo diz:

1. O investimento do governo do Estado na nova fábrica foi de R$ 34 milhões para as obras. O Ministério da Saúde investiu outros R$ 34 milhões para a aquisição de equipamentos de última geração.

Parêntese do Viomundo: O custo divulgado inicialmente foi de R$ 68 milhões. Porém, Serra, em discurso feito na inauguração, dá outro valor: O investimento foi perto de R$ 70 milhões, metade o governo de São Paulo, metade o governo federal.  É o que passou a ser divulgado.

2. A fábrica contra gripe (comum) terá capacidade de produzir até 40 milhões de doses de vacina por ano. A partir de 2008, o Instituto Butantan suprirá completamente a demanda nacional, o que vai gerar economia de R$ 100 milhões aos cofres públicos.

3. Atualmente [abril de 2007], as 20 milhões de doses utilizadas na imunização gratuita de maiores de 60 anos e outros grupos de risco são produzidas (monovalentes) na França pela empresa [farmacêutica Sanofi Pasteur, que produz na Europa o imunizante contra a gripe], importadas pelo Ministério da Saúde e envasadas pelo governo paulista.

BUTANTAN CULPA ANVISA PELO ATRASO

Apesar desses e outros anúncios, até hoje o Instituto Butantan não produziu  uma única dose de vacina contra gripe.

Essa realidade tornou-se pública há dez dias, mais precisamente em 26 de maio.  Os deputados estaduais do PT Antonio Mentor (líder do partido na Assembleia Legislativa paulista) e Fausto Figueira (presidente da Comissão de Saúde e Higiene) foram, em diligência, ao Butantan apurar a denúncia de que a fábrica de vacinas contra gripe não estaria funcionando.

Otávio Mercadante, diretor-técnico do Butantan, confirmou-lhes. Mercadante foi chefe de gabinete de José Serra no Ministério da Saúde, de 1998 a 2002.

Reportagem publicada pela Folha de S. Paulo em 28 de maio aponta estes culpados pelo atraso de três anos nas operações:

…A fábrica está parada porque o Butantan ainda não obteve as certificações da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e da Sanofi Pasteur, multinacional que detém a tecnologia de produção da droga.

A Folha acrescenta:

Para o diretor do Butantan, Otávio Mercadante, a demora está dentro do prazo previsto. A vacina usada no Brasil é importada. Em 1999, o governo brasileiro firmou um acordo com a Sanofi. O laboratório forneceria a vacina ao país com exclusividade por alguns anos e, em troca, transferiria a tecnologia de produção ao Butantan.

Na quarta-feira, 1º de junho, esta repórter contatou a assessoria de imprensa do Butantan para saber se o diretor Otávio Mercadante confirmava a informação publicada pela Folha de que os atrasos se deviam à falta de certificações da Anvisa e da Sanofi Pasteur. Telefonou várias vezes em horários diferentes. A telefonista deixava tocar até a ligação cair. Ninguém atendeu. Mandou, então, e-mail.  Não obteve resposta.

“ Otávio Mercadante também nos afirmou que havia pendências de certificação com a Anvisa; não falou sobre a Sanofi Pasteur”, diz ao Viomundo Antonio Mentor, que questionou a Anvisa. Fausto Figueira adiciona: “O Mercadante prometeu discutir o caso com o secretário estadual de Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata, e dar uma resposta rápida sobre os motivos da fábrica parada”.

R$300 MILHÕES PERDIDOS EM TRÊS ANOS

Estranho. Como é possível o diretor-técnico do Butantan dizer que vai consultar o secretário da Saúde para saber os motivos de a fábrica de vacinas estar parada se é ele quem dirige o instituto desde 2003?

Além disso, a Anvisa desmente a informação de que a nova fábrica do Butantan ainda não produz contra gripe por falta de certificação da agência.  O seu diretor, Dirceu Barbano, em e-mail a Mentor diz:

A informação do Butantan de que sua nova unidade de fabricação de vacinas ainda não produz vacinas por falta de autorização da Anvisa não é verdadeira.

O Butantã nunca requereu processo de avaliação para a nova fábrica [a de vacinas contra gripe] para a Certificação das Boas Práticas de Fabricação – CBPF.

Essa certificação se dá por meio de inspeções que serão realizadas apenas mediante solicitação do laboratório Butantan, o que até o momento não ocorreu.

O Viomundo conversou com o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Mello.

“A informação de que a fábrica não está em operação por falta de certificação da Anvisa é incorreta”, frisa Raposo. “Essas certificações em plantas são feitas pela Vigilância Sanitária do Estado em conjunto com a Anvisa. É a Vigilância Estadual que nos provoca. Hoje à tarde [quarta-feira, 1 de junho] conversei com a inspetora da Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Ela me informou que até agora não recebeu qualquer pedido do Butantan para certificação da nova fábrica.”

Tentamos ouvir a Sanofi Pasteur Brasil nessa sexta-feira, não obtivemos retorno. A informação divulgada pela Folha é de que a farmacêutica concederá a certificação ao Butantan no segundo semestre deste ano. Quanto à transferência de tecnologia, iniciada em 1999, se concluiu em abril de 2007, quando a nova fábrica foi inaugurada, segundo a Agência Fapesp.

Agora, a promessa é de que a fábrica entrará em operação ainda em 2010.  Foi o que informou Otávio Mercadante a Mentor e Figueira em 26 de maio.

Considerando que a fábrica de vacinas contra gripe deveria estar funcionando desde 2008 e possibilitaria uma economia de R$ 100 nos três últimos anos.  Afinal, é o Ministério da Saúde que compra e distribui o imunizante, que é aplicado gratuitamente na rede pública de todos os estados. Dinheiro que poderia ser aplicado em outras áreas da saúde em vez de ser destinado à Sanofi Pasteur para a compra de vacina pronta.

Diante de tudo isso, estas perguntas são inevitáveis:

1) Por que o Butantan inaugurou  a fábrica em 2007 sem que ela estivesse realmente pronta para operar?

2) Alguém lucrou com o atraso em mais de três anos do início da produção de vacinas?

3) Alguém perdeu?

4) Por que o Butantan não revelou à sociedade o que estava acontecendo?

5) Por que apesar dessa situação, O Butantan propagandeou em 2009 que iria produzir a vacina da gripe suína, embora não estivesse dando conta nem da vacina contra gripe comum?  O próprio ex-governador José Serra apareceu, em 2009, no programa do PSDB, prometendo a vacina contra a gripe suína  para 2010. Não conseguiu produzir nem uma nem outra.

6) A não revelação da situação real seria devido a receio de que o caso pudesse respingar no então governador José Serra, já que o Butantan é órgão do governo do Estado de São Paulo?

A sociedade tem o direito de saber a verdade, as respostas disso tudo. Afinal, estamos falando de saúde e recursos públicos.

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



68 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

jeca tatu segundo

14 de setembro de 2010 às 22h10

Azenha,
é uma máfia esse negocio de vacina. Existe um conluio entre laboratorios, governo estadual SP.

Responder

fogo cruzado: ciência básica x ciência aplicada « ciência na mídia

20 de junho de 2010 às 13h15

[…] As estapafúrdias declarações de Raw provocaram indignação na comunidade científica – leia mais em: Butantan e as palavras fora de hora. Um tanto porque a alegada priorização da pesquisa aplicada (vacinas) é uma falácia, já que o Butantan até hoje não produziu uma única dose de vacina e sequer requereu à Anvisa avaliação da fábrica de vacina contra a gripe. […]

Responder

Carlos

07 de junho de 2010 às 14h50

Marcio Gaspar (16 horas atrás): "Esta praxe nao eh novidade para quem costuma inaugurar maquetes."

Inaugurar maquete é motivo pra riso, piada, escárnio, deboche, ironias,… mas mentir num assunto que envolve saúde pública é revoltante.

Responder

Milton Hayek

07 de junho de 2010 às 13h03

Não adianta sabotar o Brasil.Nós sentimos o gostinho da liberdade e já navegamos no mar da independência:
http://pbrasil.files.wordpress.com/2010/06/marinh

Responder

IV Avatar

07 de junho de 2010 às 10h02

Kd vc que não deu as caras no twitter,,,se estás com a sua família, diga isso,,que o povo saiba dos seus afazeres ligados à maternidade até hoje
http://www.advivo.com.br/node/71383

Este link é sobre a importância de se cadastrar no Luis Nassif Online,,ele não está mais no PIG (Portal de Internet ou Imprensa Golpista)

Grato,
IV Avatar
http://www.josecarloslima.blogspot.com

Responder

Carla

07 de junho de 2010 às 09h19

Falando em vacina contra a gripe, alguem já leu o artigo do British Medical Journal? Aqui está:
http://www.bmj.com/cgi/content/full/340/jun03_4/c
(Conflict of interest and pandemic flu).

Responder

Milton Hayek

07 de junho de 2010 às 07h27

Mas não fiquem tristes,meus amigos.Eles podem queimar o Butantan mas não podem destruir os sonnhos dos cientistas brasileiros.
Aqui uma homenagem aos cientistas do Butantan:
http://www.youtube.com/watch?v=Gf-pgyaMU68

[youtube Gf-pgyaMU68 http://www.youtube.com/watch?v=Gf-pgyaMU68 youtube]

Responder

Marcio Gaspar

06 de junho de 2010 às 21h47

Esta praxe nao eh novidade para quem costuma inaugurar maquetes.

Responder

Milton Hayek

06 de junho de 2010 às 20h58

Por que ninguém aventou a hipótese desse incêndio,no Butantã,ter sido criminoso???????????Em um lugar como São Paulo,onde obviamente se manda queimar favelas por causa da especulação imobiliária,isso é mais do que plausível.

Responder

    Leider_Lincoln

    06 de junho de 2010 às 21h01

    E se lembrarmos bem do modus operandi tucano o próximo passo é privatizar o Butantã, para lhe dar "mais eficiência"! Alguma dúvida de que o vencedor seja a Teuto?

    Milton Hayek

    06 de junho de 2010 às 23h57

    É por aí,Leider.Quando a P-36 afundou em 2001,antes os tucanos terceirizaram os serviços de manutenção,criando uma segunda classe de funcionários dentro da empresa e entregando esses serviços para empresários amigos.A manutenção foi caindo,os vazamentos de petróleo acontecendo(quem não se lembra dos desastres ambientais da PETROBRÀS nos anos FHC?) e o objetivo,como sempre,era a privatização da empresa.
    No setor elétrico,parece, foi a mesma coisa.Como eles,os tucanos,só conseguiram privatizar a distribuição de energia e não a geração(pois parece que alguns generais fungaram no cangote deles);resolveram deixar a ANEEL ser capturada pelas concessionárias de energia elétrica.Daí elas passaram a não investir em manutenção e veio o apagão.A ANEEL NADA,SÓ NO MUNDO DA LUA.
    Durante o apagão de 2001 se falou muito em privatizar a geração de energia elétrica(a ELETROBRÁS).
    São uns safados.Vejam aqui o modelo deles,os bandidos da ENRON,especulando com os fluxos de energia na Califórnia naquela época dos anos 98-2001.Isso matou muitas pessoas em hospitais(Filme "The Smartest Guys in the room",Os mais espertos da sala.Eles se acham sempre os mais inteligentes.Eles se acham o caminhão do lixo em pessoa!!!).
    Vejam o vídeo.Apagões na Califórnia causados,intencionalmente,para dar lucros a ENRON.Banditismo empresarial do mesmo tipo daquele que é capaz de mandar queimar favelas e laboratórios públicos como o BUTANTÃ.Tudo por lucro.Vejam!!Aparece aos 3 minutos e 24 segundos:

    [youtube NAZLUsbzliQ http://www.youtube.com/watch?v=NAZLUsbzliQ youtube]

    VOCÊS VIRAM ALGUMA PLATAFORMA AFUNDAR OU APAGÕES DE 8 MESES NO GOVERNO LULA,COM A DILMA NO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA E,DEPOIS,NA CASA CIVIL?????????????????????????????

    Milton Hayek

    07 de junho de 2010 às 11h44

    Se os tucanos tivesse privatizado a ELETROBRÁS,será que isso aqui estaria acontecendo:

    Nielmar Oliveira, Agência Brasil

    RIO DE JANEIRO – A decisão do governo de retomar o programa nuclear brasileiro é fruto de um planejamento energético de médio prazo, segundo o presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, em entrevista à Agência Brasil.

    Na avaliação do presidente da subsidiária da Eletrobras, o Brasil passou anos, em administrações anteriores, sem ter um planejamento energético – mesmo que de longo prazo – para atender às necessidades de crescimento de sua economia.

    Segundo ele, a decisão de construir de quatro a oito novas usinas nucleares no país, já anunciada pelo ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, poderá acrescentar ao Sistema Elétrico Nacional até 10 mil megawatts de potência (MW). http://pbrasil.wordpress.com/2010/06/07/brasil-ot

    ???????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

    O almirante Otho,n é um guerreiro da escola do Almirante Álvaro Alberto da Mota e Silvfundador do CNPq: http://www.energiatomica.hpg.ig.com.br/aaa.html

Milton Hayek

06 de junho de 2010 às 15h17

Ninguém pode represar a força das coisas que desejam ser.Não adianta.O tempo vai pra frente.

[youtube J0cCbdUUKSk http://www.youtube.com/watch?v=J0cCbdUUKSk youtube]

Responder

Julio Silveira

06 de junho de 2010 às 14h18

O que me surpreende mesmo é o Min. Temporão, tão sacaneado pelo PIG, ter participado dessa pantomima ao lado do Serra, avalisando.

Responder

Edv

06 de junho de 2010 às 17h11

Pra quê fabricar vacinas?! Já houve a propaganda toda, o Chirico já apareceu na Globo, a grana já foi gasta …

Responder

Haroldo Cantanhede

06 de junho de 2010 às 16h44

É quase certo que Zé Pedágio dirá que isso é dossiê, que ele é perseguido, que isso é baixaria, que ele é um "jênio" incompreendido e daí por diante. Até quando haverá pessoas que acreditem nesse impostor?

Responder

ricardo silveira

06 de junho de 2010 às 16h42

Que o PSDB e o DEM se constitui em governos sem nenhuma credibilidade já foi demonstrado pelos oito anos de desgoverno FHC e por mais de 15 anos desse mesmo grupo “político” no governo do Estado de São Paulo. O que essa gente fez e faz com o dinheiro público só é possível, imagino, porque quem tem poder e competência de fiscalizar, processar, condenar, recuperar os recursos públicos desviados e pôr na cadeia os responsáveis deve ser conivente com a bandalheira. Por exemplo: neste caso do Butantã, da fábrica de vacina contra a gripe influenza, a Folha de São Paulo publicou a mesma notícia, sobre a fabricação da vacina, em 1999, 2005, 2006, 2007 e, agora, em 2010, como se fosse uma novidade. Em nenhum momento esse jornal questiona o que foi feito da fábrica que ela divulgou no final dos anos 90. Sei muito bem que os maus governos não são resultado direto de mídias coniventes, mas, certamente, se houvesse um jornalismo honesto seria mais difícil existir a corrupção que a maioria dos cidadãos já está enojada de ver.

Responder

Werner_Piana

06 de junho de 2010 às 15h06

Esse SERRA é uma mentira ambulante. Mentiroso patológico.
Caso para estudo psicanalítico…

Responder

    Rogerio

    06 de junho de 2010 às 19h43

    Nada… O caso dessa pessoa e seus comparsas é cadeia mesmo! Veja: formação de quadrilha, peculato, ingenrencia, desvio de recursos, propaganda enganosa e por ai vai… Quando no Brasil, os nossos deputados tomarem vergonha na cara e promoverem uma severa REFORMA NESSE JUDICIÁRIO e por conta disso esses criminosos começarem a ir pra cadeia (que é o lugar deles), ai sim, o Brasil vai ser uma grande nação.

Tibério Bastos

06 de junho de 2010 às 15h01

Azenha,
parabéns pela reportagem da Conceição e a publicação no viomundo. O Zé Peçonhento está cada vez mais ridículo. Minha filha me disse: – eu que tinha tanto medo das cobras peçonhentas do Butantan. Urutu cruzeiro, cascavel, jararacuçu, naja se transformaram em cobras de milharal perto dessa corja do PSDB. Acho que estão guardando peçonhas para atingir a candidatura da Dilma.

Responder

@marisps

06 de junho de 2010 às 14h38

O que esperar de um governo que apresenta como projetos relevantes e implementados a alteração da unidade de medida da venda de bananas e a "lei" anti-fumo? Sem esquecer, é claro, do talento para assassinar reputações com a ajuda imprescindível da imprensa venal. Infelizmente ainda com apoio de uma grande parcela de uma sociedade egoísta, hipócrita, preconceituosa e alienada que os mantém no poder do estado. Não é à toa que nós paulistas somos estigmatizados pelos outros brasileiros. Dói, mas as críticas não são totalmente injustas.

Responder

Gerson Carneiro

06 de junho de 2010 às 14h34

Em Salvador, o metrô também foi inaugurado, como vocês podem conferir nesse vídeo, Oxalá!

[youtube M0VNSx1nvao http://www.youtube.com/watch?v=M0VNSx1nvao youtube]

Responder

    Milton Hayek

    06 de junho de 2010 às 15h08

    Eita terra boa,Gerson!!!!Que saudade do acarajé!!!Um abraço amigo!!!

    Gerson Carneiro

    06 de junho de 2010 às 17h14

    rsrsrs… a gente se diverte não só com a desgraça alheia, mas principalmente com a nossa. Como diz Zé Ramalho: "povo marcado, ê, povo feliz".

Leider_Lincoln

06 de junho de 2010 às 13h34

Cadê o Ubaldo, gente? Aonde está o "hehehehe" do Dvorak? Algum troll??? Graefffffff!!! Fale alguma coisa, homem!

Responder

    Milton Hayek

    06 de junho de 2010 às 16h44

    O Tião manda para eles o seguinte bordão,Leider:

    [youtube LpNEqkINCVA http://www.youtube.com/watch?v=LpNEqkINCVA youtube]

    Gerson Carneiro

    06 de junho de 2010 às 21h11

    Milton seu nojento, só tu pra "alembrar" essa figuraça. Tham!

    Lembro me de uma tirada dele, quando alguém o perguntou:

    – Africano?
    – Não, sueco. Tham!

    Milton Hayek

    08 de junho de 2010 às 19h14

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ei,Gerson,NOJENTO!!TCHAM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

PAULO ANGELO

06 de junho de 2010 às 12h17

Se o Brasil precisar de um governo tucano para se produzir qualquer produto estamos perdidos. A "política" tucana quanto ao Estado Produtor qualquer que seja a área, é não pruduzir nada, ou "detonar" aquile órgão que produz. Faz parte do DNA tucano deixar o mercado fazer o que bem entende. N>ao se trata de nenhuma ideologia, mas deixar tudo com seus financiadores de campanha, e dane-se se o pre'co e a qualidade s>ao necess'arios!

Responder

duar te

06 de junho de 2010 às 11h59

Por não ter nada a mostrar ao eleitorado brasileiro e ter feito administração apenas regular, serra parte para o ataque. Perdeu 6 anos e não fez a diferença.

Responder

Anvisa:”Butantan nunca requereu avaliação da fábrica de vacina contra gripe” | OCOMPRIMIDO.COM

06 de junho de 2010 às 01h01

[…] reportagem é de Conceição Lemes, do Viomundo: continue lendo Compartilhe esse […]

Responder

voxetopinio

05 de junho de 2010 às 21h50

A sociedade perdeu, não tenho dúvidas.

Responder

hipnotik

06 de junho de 2010 às 00h44

J[a vi que vcs tem uma [area do site destinada á quem tem dúvidas sobre tomar ou não a vacina (ainda tem dúvidas?)..
bem, eu não concordo com essa vacinação e minha posição sempre foi contra INDEPENDENTE DA PROPAGANDA DE LULA QUE PRECISAMOS TOMÁ-LA. Em 1976 tentaram a mesma coisa nos EUA e nao deu certo.

Reparei que este blog apesar de ser uma alternativa á mídia tradicional e engessada que temos por aí, não manteve uma posição clara, principalmente no que tange ao escândalo internacional que foi /é isso, e esclarecer a população.
Li que a especialista em saúde consulta especialistas da área médica para tirar as tais dúvidas dos leitores , que na minha opinião também foi mais uma repetição de propaganda pró vacina, sem argumentos plausíveis dos convidados do blog (considerando-se a quantidade de também especialistas em medicina que são radicalmente contra e apresentam fartas provas para não tomá-la).
Bem,agora que o escândalo apareceu (claro que ia!) vocês agora tomaram uma posição em publicá-lo. Isso já está rolando em comunidaes no Orkut há pelo menos 3 ou 4 dias. Mas como são consideradas cmm de "conspiração" não deram o valor devido. Mas foram os "conspiradores" que cavaram a info e estamparam p todos verem.

Agora pergunto aos Srs.:
Esta é fresquíssima. Vão publicar logo ou não?? Leiam abaixo por favor.
A pergunta que fica é, ainda vão tomar esse veneno??

“A pandemia de gripe A nunca existiu”. Esta é a conclusão do relatório aprovado ontem pela assembleia parlamentar do Conselho da Europa, que acusa a Organização Mundial de Saúde (OMS) de ter “sobrestimado o vírus H1N1”.
.
A investigação, chefiada pelo deputado britânico Paul Flynn, denuncia o “desperdício de fundos públicos na compra de vacinas” e as “ligações entre os peritos da OMS e os laboratórios farmacêuticos”.
.
Um relatório publicado também ontem pelo British Medical Journal revela que as recomendações da OMS teriam sido redigidas por peritos, contratados como consultores por vários laboratórios farmacêuticos.
.
A OMS enfrenta assim uma nova vaga de críticas, um dia depois de ter decidido prolongar até Julho o nível máximo de alerta de pandemia, em vigor desde Julho de 2009.
.
Em um ano, a gripe A provocou mais de 18 mil mortos, um número distante das previsões iniciais, quando a gripe sasonal provoca anualmente mais de 500 mil mortes.
.
Copyright © 2010 euronews
. http://pt.euronews.net/2010/06/05/gripe-a-novas-ahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Conselho_da_Europa

Responder

    mariazinha

    05 de junho de 2010 às 22h21

    Se foi propaganda enganosa, hipnotizado, quem garante que não seja, agora, também?
    Pena que não ando pelo Orkut, saberia de muito mais coisas, né?Mas, quem garantirá que são coisas verdadeiras?
    Recomendo, na atual situação mundial, duvidar de tudo.
    Depois das mentiras, embromações de EUA/israel e da fajuta oposição brasileira, passei a duvidar; "só sei que, nada sei."[So]
    Mas que existe um livro, existe; não um dossiê. Ou existe mais de um dossiê; mas que existe um livro, existe.
    Estou totalmente hipnotizada pelos últimos acontecimentos.

    Pilo

    06 de junho de 2010 às 08h50

    Não precisa da vacina não, é só ficar longe do focinho dos porquinhos… (Ex-Ministro José Serra)

Anvisa:”Butantan nunca requereu avaliação da fábrica de vacina contra gripe” « "QUEM TEM MEDO DO LULA?"

05 de junho de 2010 às 21h40

[…] Por Conceição Lemes, no “Vi o Mundo“ […]

Responder

Luís C. P. Prudente

06 de junho de 2010 às 00h38

Como se vê, é mais uma propaganda enganosa do Nosferatu!

Tão mentirosa quanto o empate de Nosferatu pelo Globope e DataFalha.

Uma das especialidades de Nosferatu é promover propaganda enganosa.

Alguns chamam este Nosferatu de Zé Ladeira, por que será?

Responder

SérgioFerraz

05 de junho de 2010 às 23h57

Dizem que tudo que o rei Midas tocava virava ouro, já este candidato……………………………….

Responder

Edv

05 de junho de 2010 às 23h39

Já entendi: O Serra vai PRIVATIZAR o Butantan!
Está na fase de sucatear, incendiar, tranformar em total zona, onde "ninguém se entende", descapitalizar (isto é, usar as verbas da instituição para outros fins mais nobres (e principescos), etc….
A próxima fase do processo é vendê-lo para algum laboratório amigo…
Ela começará quando, após os investimentos públicos, puder vender soros e vacinas a precinhos "pedagiais".
Hmmm, onde é mesmo que já vi esse filme?!….

Responder

    Milton Hayek

    06 de junho de 2010 às 00h16

    O Serra,alguém já disse aqui(acho que foi um médico do Rio de Janeiro) é ligadérrimo ao laboratório TEUTO.Vocês acham que ele ia querer uma instituição pública concorrendo com um laboratório privado?????????????É óbvio que não!!
    É nisso que dá o interesse privado se apoderar do Estado- coisa que os tucanos fazem com maestria ao aparelhar o Estado pela iniciativa privada.
    Lembram da miséria das universidades federais na época de FHC???Quando eu estive na UFRJ ,em 2003,ele tinha escolhido o TERCEIRO COLOCADO na eleição para reitor da UFRJ(um tal de Vilhena) para dirigir a Universidade.
    Em 2003 a UFRJ estava sem dinheiro para pagar água e eletricidade!!!!!!!!! Sabem qual era o objetivo????Enfraquecer a COPPE-UFRJ(um dos maiores centros de formação de engenheiros do mundo) porque ela forma excelentes engenheiros para a PETROBRÁS.Simples assim.Danoso.Predatório.São capazes de destruir(sem piedade) dezenas de anos de dedicação de brasileiros nacionalistas.
    Aqui faço uma pequena homenagem a Fernando Bastian(um dos homens que mais entende de mecânica da fratura no mundo),com quem pude observar o que é ser nacionalista. http://www.metalmat.ufrj.br/lamef/equipe_lmf.html

    Esses caras do PSDB são assaltantes do Mercado e do Estado,como o Bresser já disse.Odeiam concorrência,risco e capitalismo.
    Capitalismo é coisa para nós(pobres).Eles são a nomenklatura que,qual infestação de carrapatos em bovinos,vive sugando o sangue dos nossos impostos.

    V

    06 de junho de 2010 às 11h31

    E xa ta men te.
    Tanta reclamação que é melhor entregar para a iniciativa privada. Depois de 2010, bien sur.

Fernando

05 de junho de 2010 às 23h30

Não me espanta. Afinal, o que fez esse senhor de positivo alguma vez em que esteve no poder?

Responder

Edv

05 de junho de 2010 às 23h29

Qual a pena para o crime de falsidade ideológica?

Responder

    Renato Lira

    05 de junho de 2010 às 23h59

    CÓDIGO PENAL BRASILEIRO

    Falsidade Ideológica

    Art. 299 – Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante:

    Pena – reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, e multa, se o documento é público, e reclusão de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa, se o documento é particular.

    ELEIÇÃO SE GANHA NO VOTO!

    EVOÉ!!!

    Edv

    06 de junho de 2010 às 14h23

    Obrigado Renato. Infelizmente essa lei ainda é do tempo de Gutemberg.
    Será um ENORME progresso para o país quando considerarem "documento" outras formas de registro, tais como filmes, vídeos, artigos de jornal, gravações, sobre fatos juridicamente importantes, como os de interesse público…
    Concordo que eleição se ganha no voto, a manifestação de uma vontade, interesse, opinião…
    Felizmente estas poucas famiglias que controlam a mídia no país estão perdendo esta guerra da formação destas manifestações.
    Evoé!

Leandro

05 de junho de 2010 às 22h12

Minha gente alguem sabe oque aconteceu com o Nassif?! O blog dele ta fora do ar!

Responder

mariazinha

05 de junho de 2010 às 21h58

Gente!
Mas esta oposição é muito suja!
Estou abismada!
Já imaginaram essas tralhas, novamente, no governo do Brasil?

Conseguiram acabar com a reputação do Butantan!

Responder

    Janes Rodriguez

    05 de junho de 2010 às 22h55

    Qual reputação? A que tinha antes de sabermos que deixou Serra inaugurar em 2007 algo que não funciona até hoje? Quem acabou com a reputação do Butantan foi sua direção ao aliar-se cegamente ao projeto demotucano de poder e calar-se diante de manipulações e falta de seriedade com o dinheiro público. Afinal, R$ 300 milhões não são exatamente um trocado. o governo Serra é um midas ao contrário, transforma em merda tudo que toca.

ECRG

05 de junho de 2010 às 21h39

Vamosconcordar, gente, relembrando a frase que o grande De Gaulle nunca disse (sobre o Brasil):
O PSDB não é uma agremiação séria. E menos ainda os seus governos. O jeito deles é o subterfugio e a enganação.
Essa da fábrica de vacinas é, na verdade, N O T A V E L.

Responder

Marat

05 de junho de 2010 às 21h21

A quantas anda a credibilidade do Butantan e do Sr. Raw?

Responder

Marat

05 de junho de 2010 às 21h12

O PIG noticiou algo a respeito?

Responder

Urbano

05 de junho de 2010 às 21h03

Quem esperar alguma coisa boa do zé contra-rampa, o perempto, vai cair do cavalo, levar uns coices e ficar todo esbosniado.

Responder

Beto Crispim - BH

05 de junho de 2010 às 20h55

Cadê o Noblat, a Folha, O Estragão, A Veja, O Globo, e o Ublado?

Responder

Tweets that mention Anvisa:”Butantan nunca requereu avaliação da fábrica de vacina contra gripe” | Viomundo - O que você não vê na mídia -- Topsy.com

05 de junho de 2010 às 17h47

[…] This post was mentioned on Twitter by Balança Nenem, Adir Tavares. Adir Tavares said: Anvisa:”Butantan nunca requereu avaliação da fábrica de vacina contra gripe” | Mais uma cascata do tucano SERRA http://is.gd/cDRMk […]

Responder

Luiz

05 de junho de 2010 às 20h43

Será que a PF atual entra no caso? Tem dinheiro federal nessa história.

Responder

Milton Hayek

05 de junho de 2010 às 20h02

O Estado perdeu todo esse dinheiro que foi parar nas mãos de empresários amigos do PSDB de São Paulo.

Responder

Jairo_Beraldo

05 de junho de 2010 às 19h36

É….tudo nos governos do Zé e de tucanos, são propaganda enganosas. E o PROCON não age…

Responder

Gerson Carneiro

05 de junho de 2010 às 19h31

Pega na mentira
Pega na mentira
Corta o rabo dela
Pisa em cima
Bate nela
Pega na mentira…

Pega Na Mentira – Erasmo Carlos – Composição: Roberto Carlos – Erasmo Carlos

Responder

kalango Bakunin

05 de junho de 2010 às 19h22

vai aqui um singelo haikai sobre o butantã

vacinas?
nunca fizeram, não
só incêndio
xoqui-di-jestão

Responder

Fernando Vaz

05 de junho de 2010 às 19h15

Olha aí o novo golpe sendo armado, agora só falta um delegado da polícia Federal aparecer com o dinheiro.

Isso tudo é o medo da pesquisa GLOBOPE que saí hoje…

Tudo é destaque…

IG
PT monta operação para conter danos de dossiê

Clarissa Oliveira, iG São Paulo, e Andréia Sadi, iG Brasília | 05/06/2010 14:07
http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/pt+monta+
____________________________________________
FOLHA
Jornalista sai da campanha de Dilma após polêmica sobre dossiê
FERNANDO RODRIGUES DE BRASÍLIA, 05/06/2010-15h05
http://www1.folha.uol.com.br/poder/746071-jornali
__________________________________________
ESTADÃO
Campanha de Dilma trouxe araponga da Satiagraha para montar dossiês
Rodrigo Rangel, de O Estado de S. Paulo, 05 de junho de 2010 | 15h 11 http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,campa
________________________________________
O GLOBO
Dossiê: PSDB quer que PF e MP entrem nas investigações
Ricardo Noblat Evandro Éboli – O Globo, 05/06/2010 AS 15H 10 http://oglobo.globo.com/pais/mat/2010/06/05/dossi

É o fim do PIG…

Responder

    Edv

    05 de junho de 2010 às 20h50

    Os demotucanos e o PIG querem criminalizar a palavra "dossiê". Como se "montar dossiês" fosse crime…
    Crime é, pontual ou sistematizadamente, divulgar dados e noticias falsas, acusar sem provas por factóides, dar manchetes que não condizem com o texto, usar concessões públicas contra o interesse público, proteger candidaturas fora de editoriais. publicar grampos sem áudio, fichas falsas, etc.
    Se quiserem, eu topo montar, publicamente, dossiês sobre dados e fatos comprovados que me trouxrem. Assino e os publico!

    Cabelinho

    05 de junho de 2010 às 23h22

    Eu acho ótimo que a policia federal investigue e tome ciência do conteúdo do material.

pereira

05 de junho de 2010 às 19h06

O serra já esta parecendo uma piada de mal gosto, tudo do serra é mentira, agora se não fosse a blogsfera, a mentira andava solta. E esta do dossiê, o serra biruta acusa a Dilma e quem tem que provar é a Dilma, o PT tem que processar esta biruta.

Responder

    Jairo_Beraldo

    05 de junho de 2010 às 19h35

    Mas como pode ser dossiê, um fato que está circulando há muito tempo na internet. Se é verdade ou não que a filha de Serra é ou foi sócia da irmã de Daniel Dantas é outro assunto. A Justiça precisará determinar se o tal dossiê tem algum fundo de verdade, pois então deixaria de ser dossiê. Essa turma do Zé é engraçada…o Zé, no início do mes passado afirmou não temer a existência de dossiês contra os tucanos e afirmou que só tem medo da inveja dos outros e ressentimentos. "Você conhece algum dossiê tucano?", questionou. "No que depender de mim, não vai haver baixaria de espécie alguma nessa campanha. É um sem noção!

Augusto

05 de junho de 2010 às 18h54

Não me surpreende. Aqui em São Paulo é só propaganda e nada mais. É uma realidade paralela montada por Globo, Estadão, Folha e Veja. Um mundo virtual, onde tudo funciona muito bem. Chuíça, como diz o PH. E assim o deboche segue sem nenhum questionamento, nem do Ministério Público de São Paulo, o mais tucano de todos os Ministérios Públicos do Brasil.

Responder

Jeca Tatu

05 de junho de 2010 às 18h53

O pior Azenha é que avcabaram com o campo de futebol, que ficava atrás da Escola Alberto Torres, para construir essa tal fábrica. Agora nem fábrica, nem diversão da patuléia.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!