VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Anonymous desmascara a Veja: Um show de manipulação


25/10/2011 - 16h55

A Veja desta semana tenta linkar o movimento Anonymous com os protestos anti-corrupção no Brasil, utilizando a máscara de Guy Fawkes, símbolo do movimento, em sua capa. Um show de manipulação, já que uma coisa não tem nada a ver com outra.

Em resposta à Veja, o Anonymous postou este vídeo no Youtube


PS do Viomundo: Coincidentemente no último domingo, apareceu em  nossa capa um anúncio da Veja, que bloqueamos e esclarecemos em muitos comentários e e-mails recebidos.  Para quem não acompanhou essa “batalha”,   aproveitamos para colocar os pingos  nos is.

O Viomundo utiliza o Google Adsense,  que é uma rede de anunciantes gerenciada pelo Google. Como estamos classificados como blog de política e provavelmente a Veja comprou espaço publicitário no Google  envolvendo o tema  “política”, o anúncio acabou sendo exibido aqui. É algo sobre o qual não temos controle a priori.

Porém, tão logo fomos alertados por leitores, saímos imediatamente a campo para bloqueá-lo. Em HIPÓTESE ALGUMA, o Viomundo aceitaria um anúncio da Veja. O tipo de Jornalismo praticado por ela é tudo aquilo que condenamos na mídia. Uma incompatibilidade total com os nossos princípios éticos, jornalísticos e profissionais  (Conceição Lemes).

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



180 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

djalma biasoli

19 de dezembro de 2011 às 23h27

verdadeiros mercenarios , vendem para quem pagar mais mentem, manipulam, dissimuladamente sem menhum pudor , como diria um velho conhecido isto é uma vergonha…

Responder

wellvis

07 de novembro de 2011 às 07h57

desmascarou a Veja? Como? Eu ainda continuo achando é que os "annonymous" é que tem usado a máscara equivocadamente (eu até desenvolvi essa ideia aqui)e precisam amadurecer melhor a ideia que eles têm de "revolução".

Abraço

Responder

cronopio

27 de outubro de 2011 às 12h06

Link para texto do Nassif sobre a ligação entre Daniel Dantas e a revista Veja: "O quarteto de Veja: Dantas se aproxima e a revista muda seu rumo editorial" link: https://sites.google.com/site/luisnassif02/dantas

Responder

Lucas Parente

26 de outubro de 2011 às 19h54

Vale a pena repetir Sócrates e Gerson: dê uma lida nisso aqui e entenda um pouco melhor sobre a relação entre Veja e o sistema do tudo para alguns e nada para quase todos:
http://veja.abril.com.br/050406/p_126.html

Responder

Demetrius

26 de outubro de 2011 às 19h32

O que vocês estão falando da Veja?

Há alguns dias estavam ganhando dinheiro dela com anúncos aqui no site.

Realemnte não existe mais jornalismo fiel ao preceito básico da profissão.

Responder

    @Denommus

    27 de outubro de 2011 às 15h39

    Leu o último parágrafo? :P

Hell Back™

26 de outubro de 2011 às 18h25

Isso demonstra até onde o tablóide inVEJA é capaz de avançar e demonstra também o grau de desespero a que chegou.

Responder

marcosomag

26 de outubro de 2011 às 18h09

Já havia comentado aqui sobre uma terrível semelhança entre Dilma Roussef e Mikhail Gorbatchev. O ex-líder soviético cometeu burrice política sem igual ao tentar reformar a economia e a política, ao mesmo tempo. Deu no que deu. A China lembrou as velhas lições do Carlinhos Alemão (também conhecido como Karl Marx) de que a Economia é o motor da história e mãe da política, justiça e do ideário de cada época. Só depois que a Economia estiver totalmente consolidada é que a China vai pensar em uma reforma política, por mínima que seja. Dilma vai entregando cabeças de ministros para a imprensa burguesa e reconstruindo na população uma credibilidade na imprensa que esta não merece. Elevando o panfleto Veja a oráculo do país, com que força Dilma vai combater o lixo semanal dos Civitas que este voltar contra ela seus cães hidrófobos? E olha que os velhacos da velha mídia não cansam de levantar a bola para a Dilma fazer golaços sem goleiro contra a máfia midiática, como os casos da invasão do apartamento do Dirceu e do probabilíssimo "jabá" do "emagrecedor" ao panfleto semanal dos Civitas. Depois, não reclame que Deus não ajuda!

Responder

Adilson

26 de outubro de 2011 às 17h23

Valeu Conceição!!!!

Em tempo: E viva o Uruguai!!!!!! Um dia histórico praquele povo.

Responder

Hell Back™

26 de outubro de 2011 às 17h15

Antes esse pessoal do Partido da Imprensa Golpista extorquia as pessoas de bem. Agora eles querem roubar as idéias.

Responder

Clau

26 de outubro de 2011 às 16h51

Para Tim – O problema meu amigo, é que a VEJA resolveu usa-la no momento em que um grupo está protestando pela democracia também utilizando-a. Então, sua utilização, virou conflito de ideias. Os profissionais da VEJA não são burros. Sabem o que está acontecendo na cidade. E sabem da movimentação desse grupo. É claro que todos podem e devem usar a imagens/idéias que quiser, mas se aproveitar do que está na rua para deturpar a comunicação dessa imagem… Isso é no mínimo má fé.

Responder

Lucas

26 de outubro de 2011 às 15h31

É triste a vontade anti corrupção ser tomada por algum partido para querer se estabelecer com discursos moralistas.

Responder

Ricardo

26 de outubro de 2011 às 15h04

Cuidado viomundo para não cair no mesmo erro. https://www.viomundo.com.br/voce-escreve/zeze-pere

Vocês garantem a legitimidade do vídeo? E do outro, no mesmo canal, elogiando… Tico Santa Cruz?

Responder

edv

26 de outubro de 2011 às 14h42

Tá na cara que derrubar Orlando é porque ele não está "facilitando" a corrupção e festa de grana para os amicci mafiosos da Copa:
Rede Globo, estadios particulares, Ricardo Teixeira, Fifa, ingressos, patrocínios, etc.
Tornou-se "persona non grata".
Para quem?
Exatamente para o pessoal da CORRUPÇÃO (corruptores e corrompidos) PARA VALER.
O que é lamentável é este "jornalismo de PM bandido" da Veja funcionar, fazer a agenda e sabotar a governabilidade, o país e seu povo.
Algo eficaz deverá ser feito, pois isto não vai parar até as eleições de 2014 ou 2018.
Lembrando que o sucesso ou fracasso da Copa, será meses antes delas.

Responder

Rgomes

26 de outubro de 2011 às 14h26

O bom dessa máscara na capa da Veja, é que ninguém mais a terá coragem de pôr na cara depois de vê-la sendo usada pela ultra-direita conservadora. Eles não entendem que brasileiro detesta a corrupção, com o mesmo vigor a que detesta a direita.

Responder

    Tharsis Madeira

    26 de outubro de 2011 às 23h29

    Onde é que tu enxerga ultra-direita conservadora em um país cujos únicos partidos que não são de esquerda são de centro? Num país onde o governo esquerdista gramsciano possui maioria absoluta no Congresso?

    Na cabeça dos comunistas babadores de sangue e defensores de ditadores genocidas, basta demonstrar um pouco menos de esquerdismo pra automaticamente ser colocado numa classificação inexistente num espectro político que a esquerda ocupa hegemonicamente. Em outras palavras, tá tudo dominado!

Leonardo

26 de outubro de 2011 às 14h07

Cansei.
Não defendo mais este governo que fica de joelhos diante dos poderosos (leia-se PIG).

Responder

Salvare000

26 de outubro de 2011 às 13h57

É muita cara de pau pessoas ofenderem os leitores, sendo que eles acabam sendo vítimas da Veja.

Responder

tim

26 de outubro de 2011 às 13h39

Pelo que eu vi na Veja, ela não ligou coisa nenhuma sobre a marcha contra a corrupção ao grupo Anonymous… Quem está fazendo isso são os próprios protestantes que também estão usando a máscara de Guy Fawkes, ou vocês acham que ela é exclusiva de vocês? O que a Veja fez foi denunciar esquemas de corrupção, falar sobre tudo o que dava pra fazer com todo o dinheiro desviado, e falar sobre a marcha contra a corrupção, usando assim imagem da máscara, que os protestantes estão usando…Também não sou a favor da Veja, mas se você pelo meno se interessasse e pegasse a revista para pelo menos ver o que eles estavam dizendo, seria melhor viu…

Responder

    Clau

    26 de outubro de 2011 às 14h53

    O problema meu amigo, é que a VEJA resolveu usa-la no momento em que um grupo está protestando pela democracia também utilizando-a. Então, sua utilização, virou conflito de ideias. Os profissionais da VEJA não são burros. Sabem o que está acontecendo na cidade. E sabem da movimentação desse grupo. É claro que todos podem e devem usar a imagens/idéias que quiser, mas se aproveitar do que está na rua para deturpar a comunicação dessa imagem… Isso é no mínimo má fé.

Jason_Kay

26 de outubro de 2011 às 13h38

Um dos graves problemas psicológicos dos "progressistas" é a mania deles de mentir.

Insinuar que a Veja só denuncia a corrupção do PT é M-E-N-T-I-RA.

Eis algumas capas da revista no governo do PSDB:

<img src="http://img237.imageshack.us/img237/2497/1496no3.jpg"&gt;

<img src="http://img183.imageshack.us/img183/9369/1573zs4.jpg"&gt;

<img src="http://img183.imageshack.us/img183/331/1594di9.jpg"&gt;

<img src="http://img183.imageshack.us/img183/1285/1596lk0.jpg"&gt;

<img src="http://img155.imageshack.us/img155/1982/1658en4.jpg"&gt;

<img src="http://img134.imageshack.us/img134/6343/1420ln1.jpg"&gt;

Cadê a conversa fiada de que a revista só denuncia corrupção do governo lula e dilma (MAR DE LAMA)?

Criem vergonha na cara, meninos.

Responder

    pretextato

    26 de outubro de 2011 às 15h21

    Tudo leva em crer que depois dessas capas aconteceu uma conversa "em inglês" entre tucanos e a direção da Veja. A conversa continua até hoje. As assinaturas de revistas da abril para o governo tucano de SP e não publicar nada que prejudique a sacrossanta sigla, com certeza estão ainda dentro do que teria sido conversado "em inglês". Nada de traquinagens vêm à tona. Ô povo sabido!

    Fernando SP

    26 de outubro de 2011 às 15h49

    Caro Jason, se você se der ao trabalho de pesquisar mais capas da revista vai encontrar coisas do arco da velha. Essa seleção que você apresentou não significa que a revista seja apartidária, isenta, ética, plural e cuide apenas de informar seus leitores. Qualquer pessoa informada através de várias mídias sabe que a revista tem partido, não é isenta e muti menos ética ou plural. A diferença fundamental com que a revista analisa o atual e analisou os últimos governos de FHC é o conteúdo das matérias. No passado apesar de ilustrar em suas capas figuras pretensamente envolvidas em escândalos seus textos manobravam no sentido de absolver os implicados insinuando que as denúncias partiam da oposição naquela altura exercida pelo PT. De Lula para cá a orientação dos editores mudou radicalmente. Isso é fato mais que comprovado por qualquer observador independente. Não bastando isso lembro que Augusto Nunes é um de seus editores e Reinaldo Azevedo seu blogueiro oficial. Diogo Mainardi foi enviado para longe porque nem mesmo os Civita aguentavam mais seus delírios.

    Paulo

    26 de outubro de 2011 às 18h01

    A Veja deu essas capas porque não tinha como não dar. Só faltava ela falar de dieta enquanto as denúncias estavam pipocando. Mas na semana seguinte ela voltava a bater no PT (que nem governo era) ou no MST, outro de seus desafetos preferidos. No caso da compra de votos pra reeleição do FHC, deve ter sido o único caso no mundo de corrompidos sem corruptor. A Folha levantou a lebre de que havia compra de votos, a Veja "repercutiu" de maneira meio automática. E tudo morreu mais ou menos por aí. Jornalismo do mínimo esforço no que não era apenas "mais um" caso de corrupção. Era praticamente um golpe branco como os que deram Hugo Chavez e Fujimori pra se perpetuar no poder. E a gente já aprendeu que mesmo dentro do PSDB existem grupos aos quais a Veja é mais ou menos chegada. Capas da Veja podem ter servido pra "queimar" peças "incômodas" dentro do governo tucano, não é?

    edv

    26 de outubro de 2011 às 20h34

    Uma coisa é fazer capas eventuais, outra é fazer C.A.M.P.A.N.H.A.S.
    Ou o Jason Kay tambem vai conversar fiado que a Veja fez campanha contínua para derrubar FHC?
    Ou que foi contra sua linha de governo de privatarizações, etc?
    No mesmo time de futebol, até os jogadores as vezes se xingam e discutem entre si …
    Menino tolinho…

    cronopio

    27 de outubro de 2011 às 11h48

    PARTE I:

    Jason, você está sendo vítima de um erro muito comum: falta de perspectiva histórica. Pesquise um pouco e descobrirá que a redação da Veja dessa época ainda possuía alguns jornalistas excelentes. O Nassif tem uma meia dúzia de textos sobre esse fenômeno de radicalização ideológica que se abateu sobre a revista, posto abaixo alguns trechos:

    O maior fenômeno de anti-jornalismo dos últimos anos foi o que ocorreu com a revista Veja.Gradativamente, o maior semanário brasileiro foi se transformando em um pasquim sem compromisso com o jornalismo, recorrendo a ataques desqualificadores contra quem atravessasse seu caminho, envolvendo-se em guerras comerciais e aceitando que suas páginas e sites abrigassem matérias e colunas do mais puro esgoto jornalístico.
    Para entender o que se passou com a revista nesse período, é necessário juntar um conjunto de peças.
    O primeiro conjunto são as mudanças estruturais que a mídia vem atravessando em todo mundo.
    O segundo, a maneira como esses processos se refletiram na crise política brasileira e nas grandes disputas empresariais, a partir do advento dos banqueiros de negócio que sobem à cena política e econômica na última década..
    A terceira, as características específicas da revista Veja, e as mudanças pelas quais passou nos últimos anos."

    cronopio

    27 de outubro de 2011 às 11h49

    Parte II:

    "O estilo neocon:

    De um lado há fenômenos gerais que modificaram profundamente a imprensa mundial nos últimos anos. A linguagem ofensiva, herança dos “neocons” americanos, foi adotada por parte da imprensa brasileira como se fosse a última moda.

    Durante todos os anos 90, Veja havia desenvolvido um estilo jornalístico onde campeavam alusões a defeitos físicos, agressões e manipulação de declarações de fonte. Quando o estilo “neocon” ganhou espaço nos EUA, não foi difícil à revista radicalizar seu próprio estilo.

    Um segundo fenômeno desse período foi a identificação de uma profunda antipatia da chamada classe média mídiatica em relação ao governo Lula, fruto dos escândalos do “mensalão”, do deslumbramento inicial dos petistas que ascenderam ao poder, agravado por um forte preconceito de classe. Esse sentimento combinava com a catarse proporcionada pelo estilo “neocon”. Outros colunistas utilizaram com talento – como Arnaldo Jabor -, nenhum com a fúria grosseira com que Veja enveredou pelos novos caminhos jornalísticos."

    cronopio

    27 de outubro de 2011 às 11h52

    Parte III: "O jornalismo e os negócios:
    Outro fenômeno recorrente – esse ainda nos anos 90 — foi o da terceirização das denúncias e o uso de notas como ferramenta para disputas empresariais e jurídicas. A marketinização da notícia, a falta de estrutura e de talento para a reportagem tornaram muitos jornalistas meros receptadores de dossiês preparados por lobistas. Ao longo de toda a década, esse tipo de jogo criou uma promiscuidade perigosa entre jornalistas e lobistas. Havia um círculo férreo, que afetou em muitos as revistas semanais. E um personagem que passou a cumprir, nas redações, o papel sujo antes desempenhado pelos repórteres policiais: os chamados repórteres de dossiês.
    Consistia no seguinte: O lobista procurava o repórter com um dossiê que interessava para seus negócios. O jornalista levava a matéria à direção, e, com a repercussão da denúncia ganhava status profissional. Com esse status ele ganhava liberdade para novas denúncias. E aí passava a entrar no mundo de interesses do lobista. O caso mais exemplar ocorreu na própria Veja, com o lobista APS (Alexandre Paes Santos). Durante muito tempo abasteceu a revista com escândalos. Tempos depois, a Policia Federal deu uma batida em seu escritório e apreendeu uma agenda com telefones de muitos políticos. Resultou em uma capa escandalosa na própria Veja em 24 de janeiro de 2001 (clique aqui) em que se acusavam desde assessores do Ministro da Saúde José Serra de tentar achacar o presidente da Novartis, até o banqueiro Daniel Dantas e o empresário Nelson Tanure de atuarem através do lobista.
    Na edição seguinte, todos os envolvidos na capa enviaram cartas negando os episódios mencionados. Foram publicadas sem que fossem contestadas. O que a matéria deixou de relatar é que, na agenda do lobista, aparecia o nome de uma editora da revista – a mesma que publicara as maiores denúncias fornecidas por ele. A informação acabou vazando através do Correio Braziliense, em matéria dos repórteres Ugo Brafa e Ricardo Leopoldo. A editora foi demitida no dia 9 de novembro, mas só após o escândalo ter se tornado público. Antes disso, em 27 de junho de 2001, Veja publicou uma capa com a transcrição de grampos envolvendo Nelson Tanure. Um dos “grampeados” era o jornalista Ricardo Boechat. O grampo chegou à revista através de lobistas e custou o emprego de Boechat, apesar de não ter revelado nenhuma irregularidade de sua parte. Graças ao escândalo, o editor responsável pela matéria ganhou prestígio profissional na editora e foi nomeado diretor da revista Exame. Tempos depois foi afastado, após a Abril ter descoberto que a revista passou a ser utilizada para notas que não seguiam critérios estritamente jornalísticos. Um dos boxes da matéria falava sobre as relações entre jornalismo e judiciário. O boxe refletia, com exatidão, as relações que, anos depois, juntariam Dantas e a revista, sob nova direção: notas plantadas servindo como ferramenta para guerras empresariais, policiais e disputas jurídicas." (texto retirado de :https://sites.google.com/site/luisnassif02/)

    cronopio

    27 de outubro de 2011 às 12h04

    Parte IV: Pois é, Jason, uma breve pesquisa o teria poupado de dizer tanta asneira e de fazer acusações infundadas. Antes de pedir aos interlocutores para criar vergonha na cara, você deveria se olhar no espelho. Seu estilo de argumentação, aliás, está perfeitamente alinhado com o extremismo "neocom" que impera na revista Veja desde que Mario Sérgio Conti saiu de lá. Se você tivesse em casa um pouco do remédio que prescreve aos leitores do blog, já saberia que Tales Alvarenga e Eurípedes Alcântara representam a ala mais espúria do jornalismo brasileiro, perseguindo intelectuais, criando documentos falsos, intimidando jornalistas. Bom, ainda bem que nós leitores do blog gostamos de fazer pesquisa, caso contrário, seus comentários poderiam receber credibilidade. Em todo caso, obrigado por expor mais uma vez a ignorância de nossa direita auriverde.

    link para outro texto de Nassif sobre a Veja: https://sites.google.com/site/luisnassif02/amudan

Geysa Guimarães

26 de outubro de 2011 às 13h19

Parabéns, Conceição, falou tudo!
Aqui é Vi o Mundo, bem diferente de "Veja o nosso mundo".

Responder

FrancoAtirador

26 de outubro de 2011 às 12h36

.
.
EXTRA! EXTRA!

GUARDIAN DESCOBRE COMO A VEJA TEM TIRAGEM DE 1 MILHÃO

Diretor ligado a Murdoch cai por escândalo no 'Wall Street Journal'

LONDRES – Andrew Langhoff, um dos principais executivos europeus do grupo News Corp., do empresário de mídia Rupert Murdoch, pediu demissão na quarta-feira. A decisão ocorre após uma série de reportagens do jornal britânico "The Guardian", que revela um esquema fraudulento para elevar o volume de circulação do principal jornal do grupo, o "Wall Street Journal".

O "Guardian" revelou em sua edição on-line de ontem que encontrou provas de que o "Journal" estava canalizando dinheiro por meio de empresas europeias para, secretamente, comprar milhares de exemplares de seu próprio jornal a preços baixos. Dessa forma, inflava a aferição de vendas, enganando leitores e anunciantes sobre o verdadeiro índice de circulação do "Journal".

O esquema, prossegue o "Guardian", incluía um contrato formal de compra, pelo qual o "Journal" convenceu uma companhia a cooperar, prometendo publicar, em troca, artigos favoráveis às suas atividades. Essa iniciativa, afirma o jornal britânico, levou até mesmo membros do "Journal" a acusar sua direção de "violar a ética jornalística e prejudicar sua tradicional reputação de qualidade editorial".

Esquema foi denunciado dentro do próprio 'Journal'

Documentos internos sugerem que o esquema foi articulado por Langhoff, diretor-gerente Europeu da holding que controla o "Journal", Dow Jones and Co., que foi adquirida pela News Corp. de Rupert Murdoch, em julho de 2007. A demissão de Langhoff ocorreu na terça-feira.

As ações controversas foram organizadas em Londres e miraram a edição europeia do "Journal", que circula na União Europeia (UE), na Rússia e na África. Altos executivos em Nova York, inclusive o braço direito de Murdoch, Les Hinton, foram alertados sobre o problema no ano passado por uma pessoa do próprio jornal.

Para o jornal britânico, a queda do executivo parece ser uma tentativa de conter os danos provocados pela investigação. Ao anunciar sua renúncia, diz a reportagem do "Guardian", Langhoff apenas cita reclamações de interferência antiética na cobertura editorial do "Journal".

Nem o executivo nem um artigo publicado na terça-feira à noite no jornal de finanças fazem qualquer referência ao esquema de fraude de circulação. Tampouco mencionam o fato de a diretoria da Dow Jones em Nova York ter falhado ao não reagir, quando foi alertada sobre o problema, no ano passado.

O episódio vai certamente colocar mais pressão sobre os ombros dos acionistas da News Corp., que temem que o "Journal" esteja perdendo sua tradição de seriedade. Alguns desses acionistas entraram com ação contra a família de Murdoch devido ao escândalo das escutas telefônicas.
.
.

Responder

Leonardo

26 de outubro de 2011 às 12h32

A Presidenta Dilma enviará à revista veja uma lista de possíveis substitutos de Orlando Silva, a fim de que a revista decida qual deles deverá assumir o Ministério dos Esportes.

Responder

    thalita

    26 de outubro de 2011 às 17h34

    e isso gera muita preocupação. quando eles vão parar de derrubar ministro?

Jason_Kay

26 de outubro de 2011 às 12h29

POLÍTICA
Estatuto submete Estado ao PCdoB
Blog de João Bosco Rebello

Nada mais explícito do que o artigo nono do Estatuto do PC do B para se entender o comportamento de seu ministro, Orlando Silva, à frente do ministério dos Esportes.

Diz o artigo que os cargos públicos ocupados por seus filiados pertencem ao partido, assim como a hierarquia é estritamente interna. Ou seja, autoridades de qualquer setor devem prestar contas ao partido – e somente ao partido.

É impressionante como o estatuto explicita que orientações, deliberações, decisões, prestações de contas – todos esses deveres básicos do Estado com o contribuinte, seguem regra interna porque assim decidiu “norma própria do Comitê Central.”.

Às favas, pois, a Constituição.

A prestação de contas deve ser feita “ao organismo”, segundo o texto que, pelo visto, é seguido à risca pelo ministro dos Esportes e seus subordinados.

Curiosamente, o único item do artigo descumprido pelo ministro é justamente o que recomenda zelo pelo partido (sempre em primeiro lugar) e depois pela causa pública e pelos direitos do povo.

Com previsão estatutária ou não, os demais partidos no Brasil seguem a mesma norma: fazem das Pastas que ocupam feudos próprios a serviço de seus orçamentos já aquinhoados com o Fundo Partidário, as doações legais de campanhas e o caixa-dois. E ainda há quem defenda, como o PT, o financiamento público.

Para interpretação do próprio leitor, segue a íntegra do artigo do estatuto citado.

Responder

    cronopio

    28 de outubro de 2011 às 09h04

    Por falar em maluquice… o financiamento público de campanha pode justamente acabar com as "doações legais de campanha e com o caixa dois". Ah, mais daí não seria preciso fazer acordos com empreiteiras para ganhar eleições… ah é, então esquece, falei por falar…

Marcos Peçanha

26 de outubro de 2011 às 12h00

Todo sábado tem alguém nos chans, incitando os anões a protestarem na rua contra a corrupção. Ninguém da uma f*da. Agora, com descolados do Facebook e Twitter funciona.

Responder

Cyro

26 de outubro de 2011 às 11h54

É interessante como essa revista se contradiz em tudo, como nesse exemplo de pura falta de noção da Isabela Boscov sobre "V de Vingança". http://veja.abril.com.br/050406/p_126.html

Responder

PauloRick

26 de outubro de 2011 às 11h34

Está mais do que na hora de começarmos a boicotar as empresas que anunciam na Revista Veja, é a única linguagem que aquela bando conhece!!!

Responder

    nadja rocha

    26 de outubro de 2011 às 14h03

    Boa idéia, vamos divulgar e colocar na web as empresas que fazem propaganda na veja

    Ricardo

    26 de outubro de 2011 às 14h56

    Entao Fedeu, pq eu nem olho a Veja na banca pra saber quem anuncia dentro dela…

Marat

26 de outubro de 2011 às 11h00

A veja é uma pseudo-revista estúpida, que subestima quem a lê… Algumas pessoas são facilmente manipuláveis, como alguns taxistas de SP, até porque taxi é coisa de rico, e a maioria dos que utilizam esse tipo de serviço, adora falar mal do governo federal. Para esse tipo de gente a veja até consegue emplacar alguma coisa, mas a imensa maioria não crê, e até a considera um lixo, o que verdadeiramente é!

Responder

Regina Braga

26 de outubro de 2011 às 10h53

Ufa,que susto…Os anônimos e o Azenha com a Veja…é um pesadelo!

Responder

Sr.Indignado

26 de outubro de 2011 às 09h46

É incrível como algumas categorias e instituições no Brasil são intocáveis e imputáveis.
PIG, Juizes do STF e STJ, CBF, Torturadores, banqueiros etc.

Responder

Mauro Tavares

26 de outubro de 2011 às 09h43

"O tipo de Jornalismo praticado por ela é tudo aquilo que condenamos na mídia. Uma incompatibilidade total com os nossos princípios éticos, jornalísticos e profissionais"

denunciar a corrupção é contra os princípios deste site? Então vcs apoiam o roubo do dinheiro público no ministério dos esportes?

REVELADOR ISSO!

Responder

    Alexandre Felix

    26 de outubro de 2011 às 10h28

    Prezado Mauro.

    Que confusão é essa? O fato do Viomundo não concordar e compactuar com o jornalismo de Veja, não o torna cúmplice de corruptos…muito pelo contrário. Este blog aponta irregularidades independentemente da orientação do foco da denúncia, já testemunhei esta postura por aqui várias vezes.

    Fique mais atento…

    Abraço

    Mário SF Alves

    26 de outubro de 2011 às 10h56

    De tratos à bola , meu caro. Caso contrário, será a bola que precisará de tratos.
    Em tempo: revelador mesmo seria o amigo acordar para a realidade que move tais veículos ditos de comunicação. Revelador mesmo seria o amigo descobrir que campanha anti-corrupção ora movida por corruptores é ensaio golpista e visa tão somente o Governo e nada mais. A citada revista semanal fala em R$ 80 bilhões anuais como sendo o volume total da corrupção praticada nos dias de hoje (isso depois de o Brasil ter saído do atoleiro econômico em havia se metido nos governos anteriores). Pois bem, há quem informe que muito maior que isso, seria o volume corrupção promovida por corruptores e sonegadores de impostos federais, coisa da ordem de 290 bilhões de reais.

    miguel grazziotin

    26 de outubro de 2011 às 11h02

    Tem cada car-de-pau..Denuncia inventada, sem provas e corroborada por ladroes é o tipo de "denuncia" da Veja. Alias a revista que possui mais anuncios institucionais do Estado de SAo Paulo que o proprio diario oficial paulista. Ou voce é muito ingenuo, ou muito burro!

    ana

    26 de outubro de 2011 às 11h11

    inteligente,
    presta atenção. o site é contra acusações sem provas, mentiras, inverdades. entendeu? não, claro.
    gente como você não quer entender. você gosta da sujeita da veja.

    Vinicius Garcia

    26 de outubro de 2011 às 12h11

    Por favor, aqui não há nenhum tolo, não é contra as supostas "denúncias" da Veja, mas sim contra o caráter delas, com a investigação vista dos olhos oposicionista e parcial até o fundo dos olhos. O vídeo traz mensagem clara, se você lê, está sendo manipulado para pensar como o partido político que ela (Veja) apóia. A ética da Veja é do esgoto.

    Christina Algassay

    26 de outubro de 2011 às 12h17

    Não é isso, Mauro.
    Vou tentar te explicar.

    A Veja denuncia sem provas. A Veja faz de contas que o mar de corrupção que banha São Paulo, não existe.

    A Veja tem por único objetivo, devolver o poder àqueles que pilharam o Brasil até quebrá-lo, 3 vezes.

    Você já viu alguma reportagem da Veja sobre a Alsthom ou sibre o Metrô de São Paulo?

    Ou voce faz um jornalismo um jornalismo isento, decente, ou então, naminha opinião, ele não serve.

    Conceição Lemes

    26 de outubro de 2011 às 14h34

    Mauro, revelador é o teu sofisma, típico do jornalismo indigente da Veja. Não coloque na minha boca o que eu não falei. Do contrário, é desonestidade, falta de caráter. abs

    Jaime Ramos

    02 de novembro de 2011 às 00h42

    Denunciar a corrupção e correto sim, e também não gosto de Orlando Silva, pois mantinha uma ligação muita próxima com Ricardo Teixeira, Presidente da CBF, que ném mesmo era recebido por Dilma! Mas tem um porém: "Onde estão as provas contra Orlando Silva que o PM diz ter? Se a revista VEJA viu as provas por que não divulgou? Dizem que até a Rede Globo cobrou da Veja as provas, e a resposta foi surpreendente! Você sabe de alguma prova de corrupção autêntica contra o referido ex-ministro? Se souber Mauro Tavares, poste aqui, por favor, para que ele seja processado e preso. Do contrário fica a impressão de que a dita revista mentiu, não tem provas, e só quer desestabilizar o governo.

Rogério Floripa

26 de outubro de 2011 às 09h31

Vamos ver se os caras do Anonymous são bons mesmo, e fazem um ataque ao site da Veja.

Documentário – Orwell Se Revira No Seu Túmulo
Investiga o que a mídia não gosta de falar: Sobre si. http://fwd4.me/07dK

Responder

dourao

26 de outubro de 2011 às 09h29

até que enfim, vc resolveu bloquear isso no seu blog!

antes tarde do que nunca

Responder

leandro

26 de outubro de 2011 às 08h53

Falando de ética do site, porque nunca vi nada aqui sobre as denuncias sobre o bispo macedo? Cade a imparcialidade?

Responder

    Tobias Reis O. LLory

    26 de outubro de 2011 às 21h11

    xiiiiiiiiiiiiiii

    abafa o caso se não vc dança!

    rsrsrsrs

Aos leitores da inVeja « Ficha Corrida

26 de outubro de 2011 às 08h48

[…] Anonymous desmascara a Veja: Um show de manipulação | Viomundo – O que você não vê na mí… Sirva-se:Like this:LikeBe the first to like this post. Deixe um comentário […]

Responder

Henrique

26 de outubro de 2011 às 08h01

É a velha mídia que ainda sonha com o “Proer da imprensa”.
É a velha mídia que ainda sonha com uma política de generosa de distribuição de verbas do BNDES para estancar a sangria financeira de diversos grupos de comunicação, assim como FHC fez com os bancos privados.
Por exemplo, em SP já funciona assim há quase duas décadas – segundo o DO/SP/julho e agosto/2011, foram "doados" para veja, isto é, folha, época, estadão, mais de 9 milhões de rais.

É difícil cair a máscara em SP. A lavagem cerebral é grande!

Responder

Marat

26 de outubro de 2011 às 07h21

O vídeo é sensacional e a explicação da Conceição é necessária aos que não convivem diariamene no mundo da internet/informática. Sei que o anúncio entrou, independentemente da vontade do Viomundo, mas que sirva de lição para que essas porcarias não ponham mais suas patas sujas por aqui. O único lugar plauível para veja é uma lata de lixo não-reciclável. Eu quero continuar a ver o mundo sob outra ótica. Veja é uma visão totalmente corrompida e mentirosa, é uma revistinha de décima categoria, paga com o dinheiro cheio de sangue dos terroristas estadunidenses e dos manipuladores financeiros!

Responder

    Alexandre Felix

    26 de outubro de 2011 às 10h34

    Grande Marat!

    Gosto dos seus comentários e do seu senso de humor.

    Mas discordo de você em uma quastão: se pode existir uma utilidade para a Veja é a reciclagem…podemos fazer papel higiênico com ela.

    Abraço

    Alan Patrick

    26 de outubro de 2011 às 13h17

    Discordo Alexandre, a qualidade do papel da Veja e tão ruim que nem para papel higiênico ela e recomendavel…

Gerson Carneiro

26 de outubro de 2011 às 05h59

Não estou acreditando nesse vídeo. Desconfio que seja uma tentativa de desvincular as tais "marchas contra a corrupção" da velha mídia, quando na verdade é a velha mídia quem está interessada, incentiva e apoia, as tais marchas.

Para mim este vídeo é mais uma armação.

Responder

    Hélia

    26 de outubro de 2011 às 18h36

    Nem eu.
    O que sei, por infomação de amigos que moram nos EUA é que o Anonymous é um braço da CIA. A intenção deles é fornecer uma ideologia anarquista e sem nenhum sentido de transformação profunda do sistema econômico. Para evitar que as pessoas revoltadas com a crise e as ações imperialistas dos países ricos, se tornem de esquerda.
    Se examinar o "material"que eles colocam na internet , verá que faz sentido.

    Rafael, BHte

    26 de outubro de 2011 às 20h18

    Anonymous é a CIA?! Pode ser mas achar q ela quer fazer de todos nós anarquistas LOL basta ver como é q ficaria com o exemplos q temos lá dos países arabes.. não prosperaria a não ser q a intenção fosse a destruição do tal de mundo civilizado. E não tem jeito as pessoas acabam se unindo por afinidade e ter tendencia pela esquerda, pensar no próximo e no todo em vez de só da parte, ou só da minha parte acaba sendo o caminho obvio da maioria até mesmo no caos absoluto, até mesmo por uma questão de sobrevivencia. Anonymous é um dos players do momento mas felizmente está longe de ser a unica fonte possível

    rafael

    26 de outubro de 2011 às 20h11

    Não concordo, acho q o Anonymous quis deixar claro q nada tem a ver com essas manifestações e menos ainda com a revista Veja, o q já demonstra bom gosto. Ao mesmo tempo conclama as pessoas a se informarem, o q é mais saudavel ainda e é a a minha ideologia diaria de vida. Não vi tentativa alguma de querer desvincular a velha mídia dos protesto, é coisa obvia q é ela quem produz os eventos e lhes dá amplo espaço e destaque mesmo q lá só tenha 300 ou 700 pessoas! v é CIA

    Lu_Witovisk

    26 de outubro de 2011 às 21h20

    Mas vc não acha estranho que esse mesmo grupo seja sempre o "povo que a midia cita" qdo fala em indignados? Não gosto desse grupo, pq usar mascara não acho bom… quem tem ideologia da a cara a tapa e tb nessa estoria do somos todos iguais… papagaiada… crescimento se tem com diversidade. Grupos q pregam totalitarismo, homogenização, to fora.

    Lu_Witovisk

    26 de outubro de 2011 às 21h14

    Menino, como vc enxerga longe!!! eu cai como uma pata, mas não é que pode mesmo ser armação?? Mas so não entendo: COMO desvincular agora a midia das marchas contra a corrupção, se foram eles que patrocinaram tudo? E a tal capa da veja ainda dá mais motivos pra se indignar contra a corrupção.. enfim, que vc pode ter razão sim, tem muitos meandros nessas coisas da direita.

Antonio Mendes

26 de outubro de 2011 às 02h25

O movimento pagou os direitos dos quadrinhos e do filme (http://youtu.be/y36B71wnEq0), por certo.

Responder

Sérgio

26 de outubro de 2011 às 02h11

Parece piada mais não é:
ACM Neto como simbolo de ética? E o governador Arruda do DEM, e a Jaqueline Roriz?

Responder

SILOÉ-RJ

26 de outubro de 2011 às 02h06

Anonimus desmascara a veja. E EU por PROPAGANDA ENGANOSA??? Sem chances não é mesmo!!!
"A GLOBO SE LIGA EM VOCÊ"!!! Como assim??? Tá me fazendo de idiota, né!!!
SONEGAR as imagens dos lances emocionantes,das premiações. Perderam a concorrência, e daí??
Nós é que pagamos o pato??? QUE BAIXARIA É ESSA???
Retransmitir alguns lances nos noticiários seria botar azeitona na empada alheia!!! Não é???
Onde ficou aquele ridículo manifesto da emissora, do direito a informação blá, blá, blá!!! No lixo?
Se eu sonego os meus impostos, ou não pago as minhas contas eu sou punida por isso.
Então porque vocês não podem ser punidos também por sonegação de informação???
Boicotando a emoção de poder vibrar, com os nossos atletas, por picuínhas mercantis!!!
Vocês não só foram insensíveis: Vocês foram cruéis. Vocês foram tão hipócritas, que nem cabe reparação!!!.
CUIDADO!!! A GLOBO DESLIGA VOCÊ!!!

.

Responder

    Mário SF Alves

    26 de outubro de 2011 às 11h24

    "A GLOBO SE LIGA EM VOCÊ".
    Aí, Siloé, em mim, não. Vade retro, VAMPIRUS SATANICUS FINANCEIRUS! O slogan real DEVE ser "Se Você Ficar de Bobeira, a Globo Vampiriza Você!"

FrancoAtirador

26 de outubro de 2011 às 01h56

.
.
Lei dos Médios ou barbárie!

Ontem, dia 24 – ao noticiar a vitória esmagadora de Cristina Kirschner – o JN repercutiu a direita argentina e seu PiG afirmando que, com a conquista da maioria no Senado e na Câmara, a presidente terá poderes de rainha. “Cresce o temor de que ela reduza mais ainda a liberdade de imprensa ou até cale a imprensa de vez”.

Quer dizer que, quando um governo dá certo, quando a economia vai bem, quando o “feel good” da maioria se manifesta nas urnas – significa que NÃO há liberdade de imprensa? Liberdade de imprensa é golpe de estado e governo militar? Liberdade de imprensa é inflação? Desemprego? Recessão? Liberdade de imprensa é o modelo neoliberal que levou EUA e Europa à bancarrota?

Os argentinos não esquecem fácil. Na mesma época em que o Brasil sofria nas mãos de FHC, os argentinos passavam fome. Aqui e lá, trabalhadores qualificados, de nível superior, faziam filas enormes para vagas de qualquer coisa. Lembro bem de um episódio ocorrido no Rio. A prefeitura havia aberto algo como 200 vagas para gari. Formou-se uma fila gigantesca, que dava voltas em quarteirões. As pessoas acamparam como se fossem a um show de rock… A situação era tão bizarra, que a Globo foi lá e entrevistou as pessoas da fila. Tinha de tudo. Comerciante, advogado, médico, engenheiro, professor… e – como dizia o professor Raimundo – o salário era “ó”…

Dá vontade de rir, vendo Bonner com aquele olhar de bom menino dando o recado subliminar da Globo: respeitar a constituição, que proíbe cartel, monopólio, propriedade cruzada etc, é CENSURA!

Íntegra em:

http://oqueseraquemeda.wordpress.com

Responder

    Mário SF Aives

    26 de outubro de 2011 às 19h51

    Cara, sensacional! Simples, claro, verdadeiro e eficiente.
    Franco, seu comentário valeu por um mês inteiro de pensar o destino do mundo aqui no Vi O Mundo.
    A propósito, para fins de reflexão política, e mesmo diante da necessidade de comparação entre presente e passado recente, a citada matéria merece toda a atenção; devemos, pois, circunstancia-la no tempo e no espaço; ou, se, pouco, conforme as Condições Anormais de Temperatura e Pressão da época.
    Em tempo: é igualmente importante recordar o fato de o governo FHC (da época) ter botado tanques na rua para reprimir ato público/greve dos petroleiros.

pap

26 de outubro de 2011 às 01h50

Ninguém vai pegar no pé dos consultores e especialistas de rh e suas "southparkices"?

Responder

Leonardo

26 de outubro de 2011 às 01h12

Muito bem, VIOMUNDO não precisa do dinheiro que vem da inveja.

Responder

Cleverton_Silva

26 de outubro de 2011 às 00h59

A (in)veja está mesmo sem rumo ao tentar dar identidade de direita a uma das representações mais incríveis do anarquismo. A inspiração do Anonymous pelo que dá a entender o vídeo é o filme V de Vingança (V for Vendetta), que por sua vez se baseia numa hq homônima de Allan Moore lançada em fins dos anos 1980 (muito superior ao filme). O personagem "V" deixa de lado a sua figura humana para personificar uma ideologia libertária numa Inglaterra tomada pelo regime totalitário que a domina, enquanto os outros continentes foram devastados pela guerra nuclear. A hq pode ser baixada em pdf no 4shared e vale a pena ler: http://www.4shared.com/get/yMP7nK6c/V_de_Vingana_

A respeito da publicidade da veja no Viomundo, era de se imaginar, embora irônica, a liberação automática do detrito aqui no Viomundo. Parabéns ao Viomundo por recusar o pior lixo do mercado editorial brasileiro!

Responder

Jorba_CDC

25 de outubro de 2011 às 23h56

Azenha, tomei a liberdade de organizar os vídeos do excelente programa Brasil Nação que debateu a mídia, com sua impagável participação. Na minha opinião, foi o melhor "raio-X" sobre o funcionamento da oligarquia midiática que já vi até hoje na TV. O programa foi ao ar em 2009, mas continua atual como nunca. Quem assistir vai poder atestar isto.
http://www.youtube.com/watch?v=vLWcI55JKFE

Responder

    jose

    26 de outubro de 2011 às 08h20

    É simplesmente sensacional a entrevista com leandro Fortes , Azenha e Alipio da rede brasil atual, entrevista esclarecedora, recomendo a todos.

dukrai

25 de outubro de 2011 às 23h23

agora a inVeja tá famosa kkkkkkkkkkkkk

Responder

Eduardo Raio X

25 de outubro de 2011 às 23h18

Vamos replicar essa mensagem para amigos e desconhecidos na net! Vamos colocar a vejinha no seu devido lugar onde ela merece, na lata de lixo é o seu lugar! Não compre, não leia, não aceite e não pegue emprestado ela não vale nada!

Responder

    Maria Ferreira

    26 de outubro de 2011 às 08h07

    A "Oia" já está nos extertores da sua agonia. Eu mesmo recebo esta "revistinha de graça", Já cancelei minha assinatura faz mais de dois anos. já reclamei para não mandarem mais pra mim, (tem vizinhos já me censurando com frases:
    Como?
    Você assina a "Oia"? Eu explico que me mandam sem eu pagar e eles ficam desconfiados.
    A situação tá tão ruim pra eles (!Oia") que agora pra ver se faturam mais uns "caraminguás", eles vão fazer publicidade de Banca de Pastel na feira.
    Tá Russo pro lado deles!
    Tá feia a coisa pra "Oia"

flavio wittlin

25 de outubro de 2011 às 23h10

Valeeeeu, Conceição!
Veja é mídia rastejante, que une os mais baixos instintos do (neo)fascismo aos do (neo)liberalismo.

Responder

dukrai

25 de outubro de 2011 às 23h10

Conceição, ai lóvi iú rs

Responder

_spin

25 de outubro de 2011 às 23h02

Fernando Rodrigues, colunista da Folha, afirma que as demissões de ministros por Dilma foram por pressão da mídia, reconhecendo assim que a imprensa está na oposição, até mesmo porque nenhum dos ministros demitidos até agora tiveram contra si qualquer prova de práticas ilicitas, tendo sido os próprios ministros que não aguentaram o rojão da midia que, convenhamos, é coisa de louco
Lula tinha casco duro, deixava o pig latir até cansar-se, foi assim por exemplo com o caso Lina Vieira, aquela que, na última encenação, encontrou uma agenda numa mala, lembram-se http://www.blogcidadania.com.br/2011/10/colunista

Responder

Fabio_Passos

25 de outubro de 2011 às 22h59

Muito bom e merecido.

E ainda mais porque detonou a quadrilha veja – uma das organizações mais corruptas do Brasil – que tenta fazer pose de "indignada" mas está mais para cansada.

Responder

Zé Brasil

25 de outubro de 2011 às 22h53

Prezada Jornalista Conceição Lemes,

Para reparar umas meias verdades veiculadas em resposta a este post:

Do excelente blogo Amigos do Presidente Lula (http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com/)

Carmem Lúcia puxa a orelha de Gurgel, por só ler a Veja e ver o Fantástico

O Supremo Tribunal Federal (STF) abriu nesta terça-feira inquérito para investigar a participação ou não do ministro do Esporte, Orlando Silva, nas denúncias veiculadas na imprensa.
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>><<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<
!!!!!!! O advogado do ministro lembrou que foi o próprio Orlando Silva quem pediu a investigação pela certeza de que as denúncias são mentirosas e os fatos narrados na revista nunca existiram, e disse: "Pedi a ela (ministra do STF, Carmem Lúcia) que fosse publicizado o inquérito. Para nós, é importante que venha a público, que se dê publicidade ao caso", disse.!!!!!!!!!
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>><<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<
A oposição solta foguetes porque o Procurador Geral da República (PGR), Roberto Gurgel, com medo de críticas, resolveu levar o pedido direto ao STF, sem avaliar a documentação previamente (o que poderia levar ao arquivamento no que diz respeito ao nome do ministro).

Simples inquérito no STF não quer dizer nada. Sem provas e sem fundamentos, será arquivado, como já ocorreu com a própria Presidenta Dilma Rousseff e Tarso Genro, quando eram ministros e foram alvos do denuncismo da oposição (*).

A ministra do STF, Carmem Lúcia, acatou em parte, mas não autorizou Gurgel sequer a colher depoimento do ministro.

Por que? Porque Gurgel só leu a revista Veja e assistiu ao Fantástico, em vez de fazer o dever de casa de reunir e ler previamente a documentação que a ministra Carmem Lúcia está pedindo:

– o inquérito da Operação Shaolin, que está no STJ;
– os relatórios do TCU (Tribunal de Contas da União) e da CGU (Controladoria-Geral da União), relativos ao programa Segundo Tempo;
– os documentos dos convênios do Ministério com as ONG's denunciadas na Veja e no Fantástico (vários deles o próprio Ministério do Esporte já divulgou ao público e à imprensa por conta própria).

De posse desses documentos, adivinhem o que Carmem Lúcia vai fazer?
Encaminhar à Gurgel, para que ele leia e apresente seu parecer!

Carmem Lúcia não deferiu (não autorizou) os pedidos de Gurgel para tomar depoimento de ninguém, inclusive Orlando Silva e Agnelo Queiroz (confira aqui na fonte do próprio STF)

Resumo:

Todos estes documentos que Carmem Lúcia requisitou, o PGR poderia pedir diretamente sem precisar solicitar ao STF.

Só depois de ler e analisar, ele deveria resolver o que fazer: ou arquivar, se não encontrasse fundamento, ou só então solicitar ao STF tomar depoimentos de autoridades com fôro privilegiado, como o ministro.

Carmem Lúcia, com sua decisão, sem dizer explicitamente, praticamente puxou a orelha de Gurgel, como se dissesse que ele não fez o dever de casa.

Depois do parecer, Carmem Lúcia pode decidir por autorizar prosseguir o inquérito, ou decidir por arquivar as denúncias contra o ministro, se não encontrar fundamentos suficientes.

(*) Na CPI do "Caos Aéreo" a oposição também apresentou denúncia contra Dilma Rousseff e Tarso Genro, quando eram ministros, acusando-os de terem feito o que Álvaro Dias fez: um dossiê publicado na revista Veja. O STF apreciou o caso, e após analisar os fatos e a documentação, retiraram o nome dos ministros das investigações por falta de fundamentos.

Se eu fosse Presidente, insistiria em manter Orlando Silva no cargo até as últimas consequências (a não ser que de fato ele não seja inocente). Alguém será vencido pelo cansaço. Ou será a Presidenta ou os detratores (a oposição e a imprensa oposicionista). A escolha é vencer ou ser vencida.

Responder

Antonio Silva

25 de outubro de 2011 às 22h40

Azenha, como ponho fé em seu ativismo contra golpismos midiáticos, lhe darei uma dica :

Amanhã, quarta feira, dia 26 às 20:00h, a direção nacional do PT, através de Renato Simões ( Secretário Nac.de Movimentos Populares) fará um bate papo virtual com a militância Petista que atua especialmente através da web .
Será importante a participação dos simpatizantes do projeto de poder implantado a partir de 2003, para que cobremos da direção do PT uma maior agilidade nas respostas a todas armações e golpismos da mídia/imprensa .
Diante deste cerco midiático, é fundamental este aprofundamento da inter-relação virtual .

Abração !

Responder

    Felipe

    26 de outubro de 2011 às 03h28

    Os acampados do Viaduto do Chá (15osp.org), farão ao lado de outros movimentos sociais e estudantes um ato em frente do prédio da Abril nesta quinta-feira! Vocês conseguem reunir mais interessados em participar?

    Antonio Silva

    26 de outubro de 2011 às 10h40

    Eu moro aqaui no RJ, Felipe, infelizmente não poderei participar deste importante ato .

    Em setembro de 2010 cheguei a me deslocar daqui do RJ para participar de um ato lá no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, ato este, contra os golpismos midiáticos .

    Abração !

Gerson Carneiro

25 de outubro de 2011 às 21h59

Capanga do Kassab –> "@estadao Multa para calçada esburacada vai triplicar. Conhece alguma? Mande a foto para [email protected] com o endereço!"

Responder

vera oliveira

25 de outubro de 2011 às 21h54

mas afinal de contas quem é o anonymus e porque são anonymus e quem pode garantir algo sobre esse grupo??eu não acredito na veja nem no anonymus

Responder

Fabio SP

25 de outubro de 2011 às 21h34

Como assim Guy Fawkes é simbolo do Anonymous? Pagaram os royalties?

Guido Fawkes é um personagem histórico. Qualquer um pode usar sua imagem, não só o Anonymous.

Responder

    H. C. Paes

    25 de outubro de 2011 às 22h01

    É, mas há uma hipocrisia descabida na atitude da Inominável, já que, quando o filme saiu (e esse modelo da máscara, mais do que ao personagem histórico, se refere ao filme que a popularizou), a revista foi visceralmente contrária a ele e ridicularizou a tese do combatente solitário pela liberdade que agora ela quer envergar.

    Mário SF Alves

    26 de outubro de 2011 às 10h45

    É verdade. O modelo da máscara, mais do que ao personagem histórico, se refere ao V de Vingança, título em português do filme que a popularizou. Remember, remember the fifth of september. Ou seria, the fifth of octuber? ou, ainda, remember, remember the fifth of november?
    Ah! Bem lembrado: a Veja, atualmente conhecida como IG-PUn [Imprensa-Golpista-Pensamento-Único-Local], foi visceralmente contrária ao filme e ridicularizou a tese do combatente solitário pela liberdade que agora ela, mais do que envergar, quer hastear como bandeira.

    @Denommus

    27 de outubro de 2011 às 15h40

    Lembre-se, lembre-se do B de Bobagem.

    dukrai

    25 de outubro de 2011 às 23h09

    uma questão de legitimidade, coisa que vc confunde com legalidade e não tem nada a ver

    Midionauta

    26 de outubro de 2011 às 00h29

    Se o Anonymous usasse a máscara do Bozo como símbolo, a Veja também teria colocado a máscara do Bozo na capa. É esse o ponto.

    Fabio SP

    26 de outubro de 2011 às 08h48

    Achei um que trabalha na Veja aqui…

    Luiz

    26 de outubro de 2011 às 09h53

    Horrível usar esse símbolo para combater a corrupção. Pelo site http://pt.wikipedia.org/wiki/Guy_Fawkes o sujeito iria explodir o parlamento com todos dentro para favorecer católicos! O sujeito era um traidor pois atendia interesses espanhois. Como isso é símbolo para se moralizar um Brasil? Há um paradoxo aí.

    Cleverton_Silva

    26 de outubro de 2011 às 10h13

    O símbolo não é o Guy Fawkes em si, mas a homenagem a um personagem de ficção que prega a Anarquia em contraposição a um Estado totalitário. A (in)veja, amante dos regimes totalitários fica horrorizado só de pensar nisso.

    Roberto Locatelli

    26 de outubro de 2011 às 10h35

    Hmmm, Wikipedia, né?? E você acreditou?

    Fernando

    26 de outubro de 2011 às 11h34

    Tem a ver com a historia em quadrinhos do Alan Moore, "V de vinganca", em que o personagem principal, um anarquista lutando contra o governo fascista de uma inglaterra futuristica, usa uma mascara de Guy Fawkes (e explode o parlamento).

    marcos dascanio

    26 de outubro de 2011 às 12h44

    Essa imagem foi lançada pelo quadrinho " V for Vendetta" – V de Vingança, que recentemente virou filme. Todo o resto vem depois. Triste é ver um personagem – o V e não o Guy – sendo utilizado pelo que o autor combatia. Alan Moore sempre combateu a direita e concebeu V, sob a perspectiva de que a Inglaterra se tornaria um grande campo de concentração. Na contra-capa ele escreve : " Estamos no terceiro mandato de Margareth Tatcher" " o povo especula sobre qual minoria o governo vai legislar" "Londres se tornou um lugar triste e eu não gosto mais daqui", etc, etc, etc.
    Então, não é a imagem do Guy Fawkes que conta e sim a imagem que David Lloyd fez dele para essa obra prima dos quadrinhos adultos…

monge scéptico

25 de outubro de 2011 às 21h34

Há mais uma coisa para se indignar: a circulação desse lixo chamado veja.
A calmaria desses dias passados não nos enganou. Sabiamos que a qual-
quer momento uma sucessão de denúncias cairia sobre o governo, para
criar um clima de "crise", que sabemos ser endossada pelas elites.
Onde isso vai dar? Em nada. Já estamos vacinados contra os ataques dessa
gentalha "cheirosa", que como urubus denunciam hoje, a corrupção que
corria sob os panos , provavelmente, no passado. Querem por querem a rou-
-balheira de volta. Não ficarão só nisso. Mas estaremos preparados para
derrota-los de novo em 2014, a menos que as URNAS……………

Responder

    jose

    26 de outubro de 2011 às 08h24

    Os cidadaos tem o dever de exigir a impressao do voto porque do contrario estaremos colaborando com o golpe que planeja,. Quem vai nos dar a garantia que as urnas são invioláveis? Jesus? Porque até no sistema do pentagono e Cia os hackers entram na maior moleza o que dirá nas urninhas do Brasil!

Gerson Carneiro

25 de outubro de 2011 às 21h19

Observem o achado do leitor Sócrates, ele observou bem. A Veja que hoje tenta tirar proveito da máscara utilizada pelo Anonymus, no passado fez dura crítica ao filme "V de vingança' cujo protagonista foi o "herói" da máscara, intitulando a reportagem de "B de bobagem".
http://veja.abril.com.br/050406/p_126.html

Quanto ao anúncio da Veja que apareceu no blog eu até considerei normal visto que ao que me parece a grande maioria dos leitores do viomundo jamais assinariam a tal revista, então achei que fosse apenas uma jogada comercial :)

Recebia diariamente vários e-mails ofercendo assinatura da Veja, simplemente eu os ignorava, graças a Deus pararam de mandar. Acho que andaram lendo meus comentários :) Então para mim é indiferente.

Mas valeu pelo esclarecimento e principalmente pelo comprometimento profissional. Ponto para o Viomundo.

Responder

Roberto Locatelli

25 de outubro de 2011 às 20h57

Como o Sócrates e o João já disseram, a Veja está sendo hipócrita (além de canalha, como sempre), pois usaram, em sua capa, um ícone que antes haviam criticado raivosamente.

Excelente o Anonymous ter colocado as coisas no seu devido lugar. Esse almanequizinho da editora 1º de Abril é mesmo um esgoto.

Responder

@lucasvazcosta

25 de outubro de 2011 às 20h54

Enquanto a Veja tiver o papai governo para dar mesada será assim. Acabada a farra, quero ver eles se sustentarem como empresa privada. Quase ninguém que eu conheço tem a assinatura desta revista. Eles vivem de mamar nas tetas generosas do governo.

Responder

    gilmar

    26 de outubro de 2011 às 08h43

    Dos (des)governos do PSDB que injetam milhões de reais por anos através de suas empresas mixtas.

    Mário SF Alves

    26 de outubro de 2011 às 11h04

    É o capitalismo brasileiro. Capitalismo de muletas, isso sim.

Dilson

25 de outubro de 2011 às 20h47

Veja vende vilipêndios vis.Verdades vagas.
Vangloriando virtudes vazias,viraram Vilões.

Responder

    Cleverton_Silva

    26 de outubro de 2011 às 01h04

    Este é o espírito, Dilson! Parabéns!

sandro

25 de outubro de 2011 às 20h43

Longa vida ao Anonymous!!!

Mas é bom terem cuidado pois a veja assim que for contemplada com um chamado à reflexão pelo Anonymous certamente irá soltar seus cães atrás deles….vão atiçar meio mundo e o PIG certamente vai se unir e pressionar a PF contra o grupo…

Responder

Morvan

25 de outubro de 2011 às 20h34

Boa noite.
Quanto a bloquear os anúncios destes escroques, não há nada no mundo mais justo, Azenha / Conceição.
Se o pessoal do PT não fosse tao pusilânime, a Veja não estaria tentando golpes, e sim tentando se defender, nos Tribunais (quem sabe, Nuremberg II?).

Veja, Imprensa Coprófila; é marrom, inclusive.

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

    marcelo

    26 de outubro de 2011 às 16h09

    Tá na hora do remedinho, mulher.

Rodrigo Leme

25 de outubro de 2011 às 20h32

Quem postou esse vídeo é do Anonymous? Essa é nova…pq daqui me parece terem pego um vídeo que bate com o que vocês pensam do assunto e postaram como se fosse do Anonymous…

No mais, obrigado pela melhor risada do dia:

"O tipo de Jornalismo praticado por ela é tudo aquilo que condenamos na mídia. Uma incompatibilidade total com os nossos princípios éticos, jornalísticos e profissionais (Conceição Lemes)."

Responder

    cronopio

    27 de outubro de 2011 às 11h42

    Caro Rodrigo, procure um psiquiatra. Você realmente acha que, se alguém fizesse um vídeo em nome do movimentos, seus integrantes não se manifestaria? Caso já esteja se medicando, dobre a dose. Não, triplique. Estimo melhoras.

spin

25 de outubro de 2011 às 20h31

A Band deu um viés totalmente negativo ao processo no ST contra Orlando, dando a entender que o STF abriu inquérito porque Orlando tem culpa, foi isso que passou para o povão.
Na verdade foi o próprio Orlando Silva que pediu a ministra Carmem Lúcia abertura do inquérito para apurar o caso mas na Band isso não é citado
Mais um round contra Orlando, colocaram o ACM para esbravejar ética.
O pig está jogando em várias frentes, torce também pelo retorno da inflação, há várias matérias sobre esse assunto, para o povão dá impressão que a inflação está nas altura, aliás, esse temor da inflação é que provoca a inflação, é o pig torcendo pelo Brasil, torcendo pelo pior né

Responder

    Gustavo

    25 de outubro de 2011 às 23h14

    Pior ACM Neto esbravejando ética, é hilário….

    Maria Luiza

    26 de outubro de 2011 às 01h22

    O lenhador de bonsai querendo dar uma de gigante da moralidade…

    SILOÉ-RJ

    26 de outubro de 2011 às 00h07

    ACM,!!! Round contra quém???
    Esse quanto mais fala mais encolhe!!!
    O governo não precisa fazer nada além do que está fazendo: Dar corda ao PIG e a direita para eles mesmo se enforcarem!!!
    Bom mesmo vai ser na CPI.
    Todos eles desmascarados sendo motivo de chacotas, tal qual o Idiota do Agripino Maia, totalmente desmoralizado pela DILMA.

    Werner_Piana

    26 de outubro de 2011 às 13h15

    pois é, Spin. Na capa dos jornais de BHZ, nas radios, todos distorceram a noticia com o vies que vc observou.
    É a midia "barulhenta" que temos e D Dilma tanto curte…

    Viva a liberdade de empresa (deles!).

    E agora, na hora do almoço, já estão dizendo que Orlando Silva está no Planalto com a carta de demissão…

    É D Dilma. Assim não dá. Fazer tudo que o PIG quer, não pode terminar bem. Escute seus eleitores. Lei de Meios, já!

Bonifa

25 de outubro de 2011 às 20h29

Os golpistas estão na temperatura máxima. Todos os motores ligados na máxima pressão. Na Câmara dos Deputados, cada deputado do PPS, PSDB e DEM parece um leão urrando na savana. Deputados oposiocionistas desfilam pelo plenário armados de revistas Veja sob as axilas. Temos que reconhecer que estão extremamente bem instruídos e são disciplinados e atentos. Não há uma única possibilidade de falar por um segundo que seja, que não seja muito bem aproveitada. E não há palavras desperdiçadas: Repetem a palavra corrupção, ligando-a ao governo, quantas vezes possam, por vezes dezenas em um minuto. Destacamos os deputados tucanos Duarte Nogueira e Paulo Abi Ackel, respectivamente de São Paulo e Minas, que parecem dois inabaláveis baluartes da honradez e da decência pública, e que não cansam de ligar o governo Fernando Henrique ao combate à corrupção e ligar os governos Lula e Dilma à prática da corrupção desenfreada. Nossa percepção é a de que os governistas mostram-se inconscientes e lerdos diante da situação. Não percebem como ela é grave. Estão descansados e desarmados, bocejando.

Responder

    jose

    26 de outubro de 2011 às 08h30

    Pra variar os parlamentares do PT e dos partidos aliados estão ronronando no congresso com suas gordas panças, satisfeitos, se lambendo e deixando o pau comer solto na tribuna, não tem meio deputado ou senador que fale um A em defesa do governo, bando de frouxos, covardes, ao assistir a tv camara e senado tenho a certeza que só existe dem/psdb/pps/pp/ no congresso eles falam e bradam contra o governo durante todo o tempo de transmissao, é enervante ver que o PT e seus aliados são um bando de lesmas mudas.

    Maldoror

    26 de outubro de 2011 às 09h35

    o sorrizinho do ACM neto é desconcertante…. é a imagem do eterno coronelismo brasileiro….

    ana

    26 de outubro de 2011 às 11h11

    o Civita disse, em um almoço na folha, que o objetivo dele é derrubar o governo

sergio

25 de outubro de 2011 às 19h39

Veja=lixo, não compre, não leia, não assine,ignore.

Responder

    Hell Back™

    26 de outubro de 2011 às 18h04

    Se recebê-la de "presente", jogue-a no lixo. Antes poluir o meio ambiente do que o seu cérebro.

Charles Lamounier

25 de outubro de 2011 às 19h19

Mais mentiras golpistas estão a caminho. Aguardem rsrsrsrssr

Responder

Marcos Gomes

25 de outubro de 2011 às 19h19

A linha de condução do VI O MUNDO é realmente incompatível com a desveja. Mas nunca é demais deixar isso bem claro.

Responder

erivaldosilva

25 de outubro de 2011 às 19h15

ABRAÇA!!! Eles da VEJA somente convencem os desavisados e os incultos de que não sabem nada sobre o que esta ocorrendo no mundo e na Europa

Responder

Joao

25 de outubro de 2011 às 19h06

Engraçado veja querer se apropriar da imagem de Guy de Fawkes. Veja o que ela escreve sobre ele, a propósito de malhar o filme "V de Vingança" ("B de Bobagem", Veja, edição 1950, de 5/4/2006):

"Ainda mais curiosa que a lógica de V, por exemplo, é o homem que ele imita na vestimenta e na máscara: Guy Fawkes, um católico que, em 1605, planejou dizimar a aristocracia protestante explodindo a Câmara dos Lordes. Fawkes foi flagrado nos porões do Parlamento com 36 barris de pólvora e enforcado, proporcionando aos ingleses uma brincadeira parecida com a malhação de Judas. Todo 5 de novembro, data da chamada Conspiração da Pólvora, bonecos de Fawkes são enforcados e queimados e fogos de artifício pipocam por toda a Inglaterra. Que, em 2006 ou 2020, alguém ache Fawkes uma figura inspiradora é intrigante. "

Responder

Marrish

25 de outubro de 2011 às 18h45

Azenha, uma sugestão: ao fazer alguma referência à Veja, utilizar o termo o tablóide 'Veja', e não mais 'revista' Veja, pois é muito mais adequado ao tipo de 'produto' que a Veja tem produzido.

Responder

Jose R Rodrigues

25 de outubro de 2011 às 18h28

Azenha,

Tá acabando o mês de outubro e cadê o livro do Amauri Ribeiro Jr.?

Responder

    SILOÉ-RJ

    26 de outubro de 2011 às 03h32

    Será que sofreu abôrto???

Vander Sales

25 de outubro de 2011 às 18h26

Se o Anonymous se vincularem à sujíssima Veja, vai perder completamente o grande apoio que tem hoje.

Responder

trombeta

25 de outubro de 2011 às 17h59

O tribunal instaurado pela revista veja, o poder judiciário paralelo do seu civita não vingou. Tirando as saudosas viuvinhas da ditadura e os entreguistas de sempre, leitores preferenciais desse lixo, ninguém acreditou na reporcagem capenga que mira na verdade a cadeira da presidenta Dilma.

Direita sem voto é um saco, não seria mais fácil arrumar um candidato competitivo para as próximas eleições presidenciais ao invés da tentaviva de esculhambar a democracia brasileira para ver o que acontece?

Tenho defendido a tese de que é mais eficiente para um governo de esquerda fazer o duelo aberto com o PIG do que a luta velada, a votação recorde de Cristina Kichner na Argentina é a prova disso. Dilma foi inteligente e se fortaleceu ao manter o ministro Orlando Silva; a militância, simpatizantes e os democratas em geral imploram para que o governo endureça com a mídia partidarizada, todos unidos eu quero ver o que vai sobrar do PIG.

Responder

    dukrai

    25 de outubro de 2011 às 23h18

    o Spin esclarece as suas dúvidas kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    João Da Silva

    25 de outubro de 2011 às 23h51

    Tobias,
    a pedido do próprio Orlando Silva, pedido exaustivamente anunciado na semana passada. O Ministro quase que implorou ao STF para que o investigasse, para por fim em toda esta mentira plantada pela VEJA e seus bandidos informantes.

Rildo França

25 de outubro de 2011 às 17h54

Enviei essa msg do Anonymous para o blog de um jornalista esportivo ( como ele é tucano, não sei se é jornalista ou "jornalista", mas ele atesta que já colocou várias coisas contra tucanos em seu blog, como não leio o blog dele, a não ser para enviar comentários sobre o ministro Orlando Silva estar sendo acusado sem provas e ele ter usado a revista veja como base) mas ele não colocou o vídeo. De qualquer forma, ótima atitude do Anonymous e os pingos colocados nos "is".

Responder

    Armando P. S.

    25 de outubro de 2011 às 18h22

    Esse " jornalista" jamais colocaria esse vídeo. É daqueles "jornalistas" esportivos metidos a intelectual. A campanha que ele faz contra o Orlando Silva, só Freud explica. Outra coisa, trabalha na rádio CBN, uma empresa da Globo, isso explica tudo.

    evandro lima

    25 de outubro de 2011 às 21h00

    Se ele for quem estou pensando, que tem um blog .uol.com.br e é colonista da falha, creio que não vai publicar, eu comentei no blog dele pedindo 5 motivos para dar crédito a óia e ele nem meu comentário publicou.

Sócrates

25 de outubro de 2011 às 17h53

É curioso como a revista veja, em sua última edição, se utiliza de um símbolo que já criticou abertamente. Não é só análise cinematográfica, mas, claramente uma crítica ideológica:

"B de Bobagem": http://veja.abril.com.br/050406/p_126.html

Responder

will

25 de outubro de 2011 às 17h46

tornou o caldo !

Responder

Gustavo Pamplona

25 de outubro de 2011 às 17h43

Mas peraí? Não são vocês que outro dia postaram um texto demonizando o Google? Falando que ele dominava todo mundo.

Demonizar o Google é fácil, agora receber o dinheirinho da publicidade com o Google AdSense é bem diferente, não é mesmo? Depois ainda defendem o comunismo…

É agora eu vejo… sim… o Google domina mesmo! Inclusive um blog "progressista" que se finge ser independente!

Ainda bem que uso FireFox 7.01 com a extensão AdBlock Plus 1.3.10, odeio banners de publicidade!

Responder

    Jason_Kay

    25 de outubro de 2011 às 18h06

    Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    diogojfaraujo

    25 de outubro de 2011 às 18h13

    Que imbecil… O cara é o maior lambe botas de blogs mantidos pelo que há de mais escroto no Brasil, e vem falar sobre algo que nem sabe o que é… Gente dessa extirpe devia se mudar pro Alabama, comprar um trailer e deixar crescer o Mullet, pra aí sim virar um autêntico White Trash cristão… Deveria trocar o Firefox por mais uns anos na escola…

    Marcio Costa

    25 de outubro de 2011 às 19h41

    Primeiro o post não tem nada a ver com o tema, mas vamos lá.

    Você alega que o blog não é independente, pois recebe dinheiro do google. E no mesmo post escreve :

    "Não são vocês que outro dia postaram um texto demonizando o Google? Falando que ele dominava todo mundo."

    Então eles falam mal do "patrão google". Revise a lógica.

    Luís

    25 de outubro de 2011 às 21h07

    Agora despirocou de vez.

    Mário SF Alves

    26 de outubro de 2011 às 11h26

    Discordo. A informação final [FireFox 7.01 com a extensão AdBlock Plus 1.3.10, odeio banners de publicidade!] me diz que nem tudo está perdido… ainda.

    Polengo

    25 de outubro de 2011 às 23h11

    O blog recebe o dinheiro e conta pra todo mundo – e isso fera alguma lei, ou algum bom senso?

    Você, já não sabemos de quem recebe, porque você vai dizer que não recebe nada de ninguém pra escrever as sandices que escreve.

ANA

25 de outubro de 2011 às 17h41

Lições de Coerência Textual: Os meta termos de Charles Charolles:

Meta termo da não contradição interna: uma ideia não pode desdizer outra.
Meta termo da relação: o texto coerente não pode desdizer o mundo real.

No entanto… a Manipulação age quando há deconhecimento do leitor diante do mundo real.

Material de análise: revista Veja disponível para a Escola Pública de São Paulo.

Responder

@eredlich

25 de outubro de 2011 às 17h39

Para o site Orlando Silva é um herói!!

Responder

    El Gordo

    25 de outubro de 2011 às 18h26

    Para o site toda pessoa tem presunção de inocência até que se prove o contrário.

    Aline C Pavia

    25 de outubro de 2011 às 19h23

    No estado democrático de direito, toda pessoa tem presunção de inocência. O ônus da prova cabe ao acusador.
    Certo, Veja? Certo, sr. João Dias?
    >cri-cri-cri<

    Vlad

    26 de outubro de 2011 às 00h18

    No Brasil nunca se prova nada. A não ser contra PPP, esses já estão condenados antes mesmo de fazerem alguma coisa.
    Nem o Arruda, com vídeo e maços de dinheiro, foi condenado ainda.
    É inocente, até que se prove…hahaha. Justiça no Brasil = piada pronta.
    E quer ser candidato em 2014. http://www.carloshonorato.com.br/index/comentario
    Não sei como vcs tem estômago para defender essa máfia que os comunistas instalaram. É denúncia uma atrás da outra. E o ministro se não se lambuzou, deixo correr rios de melado à sua frente. Alguém acha mesmo que ele não sabia?
    Hipocrisia tem limites, caríssimos.

    Daniel

    26 de outubro de 2011 às 10h26

    Não é hipocrisia. Eles acreditam de verdade que uma quadrilha é melhor que a outra.

    ana

    26 de outubro de 2011 às 11h09

    comunistas? é piada?

    Conservador316

    25 de outubro de 2011 às 20h43

    A menos que seja uma pessoa da direita.

    Jorge Nunes

    26 de outubro de 2011 às 07h24

    No Brasil não tem direita. Sim grupos medievais.
    Pois, não entendo como a "direita" brasileira pode agir contra a industria nacional. Para ter carros importados baratos.

    Parece senhores feudais matando os camponeses de fome para comprar tecidos da China.

    Roberto Locatelli

    26 de outubro de 2011 às 10h34

    Verdade, Jorge. Eu sou do tempo em que a direita brasileira erguia a bandeira verde-amarela, e não a bandeira azul, vermelha e branca com estrelas.

    Pedro

    26 de outubro de 2011 às 12h51

    MEu amigo, ja foi provado que os preços dos carros nacionais no Brasil são um roubo. O governo Dilma além de forçar as fabricas nacionais a diminuirem os preços, aumentou o preço dos impostos dos importados.

    Leider_Lincoln

    25 de outubro de 2011 às 18h28

    Herói eu não sei, mas vítima ele é. Imputar-lhe alguma culpa por conta da denúncia mal ajambrada feita por um bandido que admitiu não ter prova em uma revista como a Veja é a mesma coisa de acusar você de inteligente tomando por base apenas seu comentário…

    FJP

    25 de outubro de 2011 às 19h22

    Ã-hã! É a isso que eu chamo de resposta….

    Vlad

    25 de outubro de 2011 às 20h52

    Vítima!!!!!?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    dukrai

    25 de outubro de 2011 às 23h21

    vc cutuca os trollxas e escuta respostas inteligentes rsrsrs

    SILOÉ-RJ

    25 de outubro de 2011 às 23h49

    Muito boa essa, Leider.

    Jairo_Beraldo

    25 de outubro de 2011 às 19h56

    @eredlich, mr. Andrew Jennings, aquele que alegou que Ricardo Teixeira e João Havelange receberam suborno da ISL, uma conceituada empresa de marketing, para que esta tivesse exclusividade nos contratos com a FIFA, e afirma ter provas, está em Brasília….Ricardo Teixeira abriu um processo civil no Brasil contra o jornalista investigativo da BBC, mas um processo no Brasil não valerá nada na Inglaterra, a não ser que passe pelas mãos de um Juiz Inglês.Jennings é o escritor de “Jogo sujo”, livro que quase foi proibido pela FIFA, nele aparecem vários relatos dos bastidores da federação internacional de futebol.A entrevista completa pode ser lida no site: http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/romario-

    PS – abriu processo por aqui, por ter 'facilidades" como outro personagem que conhecemos, ex-cliente de Zé Caridozo, ministro da justiça.

    Maria

    25 de outubro de 2011 às 19h57

    Os bandidos deles são diferentes dos bandidos dos outros.

    Esses caras que arrotam moralidade vivem num mar de lama.

    Vinicius Garcia

    26 de outubro de 2011 às 12h13

    O sistema jurídico foi criado para que não haja julgamento sem recurso de defesa, pense nisso.

    João-PR

    26 de outubro de 2011 às 00h58

    Não meu caro, Orlando Silva não é um herói para o site. Não tenho procuração do Azenha ou da Conceição, mas posso lhe afirmar que o jornalismo sério praticado aqui não condena ninguém a priori. Jornalismo sério, e não aquilo que a Veja faz, procura, investiga, escuta os lados, e não sai por aí condenando ninguém antecipadamente.
    Lembro-me do caso da Escola de Base, em São Paulo: culparam os donos da escola por uma suposta agressão sexual de um aluno. A Escola foi depredada, a vida dos donos da escola destruída, nada que um "ERRAMOS" ou então uma reparação material possa corrigir.
    A imprensa séria, e não a Veja (já leu o "caso Veja" publicado pelo Luis Nassif?), não condena antes de se apurarem os fatos.
    Você, aparentemente, se informa pela Veja e pelos jornalões que tentam, a todo custo, desacreditar tudo de bom que acontece nesse país desde 2002.
    Vai um conselho sobre a Veja: não compre; se comprar, não leia; se ler,não acredite; se acreditar, relinche!

    Paciência tem limites! Não venha aqui, em um blog de pessoas que pensam, brincar com coisas sérias. Por causa de gente com um Q.I político de ostra é que o PSDB ainda ganha em muitos lugares – inclusive aqui no meu Paraná.

    Ricardo

    26 de outubro de 2011 às 15h09

    João, vc não passa dmais um cocota que acredita que o partido é o culpado… Seja qual for o partido sempre terá uma maçã podre enquanto não excluirem todas as maçãs podres do saco. Só a fato de termos dezenas de partidos no Brasil, puramente atrás dos 100mi de verbas anuais, já mostra que são picaretas… Ou você é direita ou esquerda… Aliás, se tem uma mania no Brasil em ser do contra… Se o PT tano poder eu sol PSOL, se o PSDB ta no poder eu sou PT, se o PSOL for pro poder eu viro PV, e se o PV for pro poder eu viro PMDB..

    Todos se esquecem do passado… Outro dia, achei um santinho de 1992 (cargos municipais) e neste satinho tinha de um lado cantidato do PT e do outro PSDB, embaixo escrito COLIGAÇÃO…. 20 ano depois vocês acreditam que algo mudou?? Ficam aí defendendo partidos ao invés de defender idéias…

    Q.I. político de ostra é o seu João-PR

    Mário SF Aives

    26 de outubro de 2011 às 18h51

    1) História do Brasil = melhor arma para neutralizar troll.
    2) História do Brasil compartilhada com o povo = funciona de mesmo modo, porém com a virtude de ser a melhor blindagem anti-golpe contra o Estado de Direito.

Samyra

25 de outubro de 2011 às 17h25

Confesso que nem em meus delirios mais loucos imaginei a Veja tentando colar a imagem do Cansei a um simbolo maximo de um manifesto anarquista. E tao ridiculo que chega ser perigoso.

Responder

    Hell Back™

    26 de outubro de 2011 às 18h13

    Exato! Isso denota o grau de desespero a que chegou o tablóide inVeja e qualquer desesperado não age racionalmente.

Jonh

25 de outubro de 2011 às 17h18

No Rio Grande do Norte, único Estado onde o governo é do DEM, quem manda é o Primeiro-damo.

Do DN Online:
Ex-chefe da Casa Civil: "decisões são do marido de Rosalba"

Publicação: 25/10/2011 07:21 Atualização:
Do Diário de Natal
Após deixar o governo, Paulo de Tarso, visto como homem de confiança do casal Rosado, revelou bastidores da administração estadual. Procurado ontem pelo Diário de Natal, Paulo confirmou o teor da entrevista que concedeu no último domingo à jornalista Thaisa Galvão, mas negou-se a abordar novamente o assunto.

Na entrevista à jornalista, o ex-secretário afirmou que, desde o início do governo, as decisões do governo são tomadas pelo ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado, marido da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). "Foram 10 meses de governo onde todas as decisões do Estado foram do marido da governadora", revelou.

De acordo com Paulo, a governadora despacha em casa para que Carlos Augusto possa participar de todas as articulações da gestão. "Ela governa de casa. Mas o lugar do governador é no gabinete. Até porque um deputado, um prefeito ou um secretário que quiser falar com a governadora não vai para a casa dela sem ser chamado, mas na Governadoria ele chega. Eu mesmo, como chefe da Casa Civil, só iaquando era chamado", contou.

Paulo de Tarso destacou que um dos motivos da insatisfação de Carlos Augusto com Robinson Faria, que culminou com a decisão do casal Rosado de não nomeá-lo mais para a Semarh depois de sua interinidade como governador, foi o fato de o vice ter sancionado a lei da autorização do empréstimo de US$ 540 milhões junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird).

O ex-secretário contou que levou a nomeação de Robinson três vezes para ser assinada por Rosalba, que mandou ele tratar do assunto com Carlos Augusto, que respondeu que "isso não é prioridade". Ao avaliar os 10 meses de governo Rosalba, Paulo foi contundente. "A oposição ao governo não está mais na Assembleia. Está nas ruas. A oposição é o povo, é o funcionalismo, é o sindicalismo".

Paulo frisou ainda que o governo não está conseguindo acertar. "Eu disse a ela que é por essas e outras que o governo está aos frangalhos. Que a gente critica os governos de Wilma e Iberê, mas a gente não tem condições sequer de sanar as contas do governo. A gente não tem condições sequer de acertar. Não é justo que a gente tire dos servidores, aperte daqui e dali e não consiga acertar ", lamentou. Ontem, Alexandre Mulatinho, confirmou que os cargos indicados por Paulo serão mantidos: o procurador geral Miguel Josino e o secretário Sejuc, Thiago Cortez.

Agripino

Visto como um dos responsáveis pelo rompimento entre o vice-governador Robinson Faria (PSD) e a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), o senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM, minimizou a saída do ex-aliado do grupo. "Não estou acompanhando esses fatos. Estou na Alemanha em outra missão. Meu posicionamento é que quem deve falar sobre isso é Rosalba Ciarlini", declarou.

Agripino cortou relações com Robinson desde o momento em que o vice decidiu fundar o PSD, legenda que surgiu para enfraquecer o Democratas, no Estado. O senador já havia deixado claro que não pretendia ter nenhuma relação política com a legenda, que Carlos Augusto, por meio de articulações, conseguiu enfraquecer. A saída de Faria do sistema governista tira dos ombros do presidente nacional do DEM a missão de ter que explicar uma aliança do partido com seu principal algoz no Estado.
http://www.dnonline.com.br/app/noticia/politica/2

Responder

NER

25 de outubro de 2011 às 17h16

Azenha.
Gracias!
Que susto!

Responder

pedro

25 de outubro de 2011 às 17h11

O Cívita e sua quadrilha já atingiram o nível do INSUPORTÁVEL com tanta canalhice. Até quando a revistinha desse sujeito vai fazer o que bem entende e continuar acima da lei ?? Qual será o prôximo ministro que o Civita vai querer derrubar, já que seu grande objetivo é derrubar a Dilma???

Responder

Francisco

25 de outubro de 2011 às 17h07

Fique tranquilo Azenha. Eles "pongarem" em você é algo que um dia vai acontecer, mais cedo ou mais tarde (desejamos que seja logo). O que não poderia (e ai estranharíamos) seria você pongar, pegar carona, na fama deles…

Tu já pensou? Anuncio do Blog do Azenha na Veja?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.