VIOMUNDO

Diário da Resistência


Denúncias

Adilson Filho: Quando gente desinformada reclama da desinformação


29/10/2014 - 11h11

Captura de Tela 2014-10-29 às 11.04.20

Luto generalizado

As meninas do Jô

por Adilson Filho, especial para o Viomundo

Elas não conseguiram esconder o luto.

Jô começa o programa pedindo para dizerem o que acharam do resultado das eleições.

Desânimo geral.

Lilian Witte Fibe pergunta se pode se abster de falar…

Depois é a vez da colega dizer que o governo tem que abrir o olho pois quem votou branco e nulo deu um recado nas urnas.

Tadinha, alguém precisa explicar melhor a ela sobre esse mito, acho que está desinformada (deixa o FHC saber disso).

Por falar em desinformação, é a vez do próprio apresentador demonstrar sua ignorância, tecendo comentários constrangedores sobre tema que não domina, que é a regulamentação da mídia.

Elas fazem coro e dizem, quase em uníssono, que tem muito medo da censura.

Aí, com esse nível de profundidade, uma delas ainda encontra tempo para dizer que fica muito preocupada com as pessoas “desinformadas” que acreditam em boatos e nas besteiras que se fala por aí (pausa para muitos risos).

Antes de encerrar o primeiro bloco, Jô pergunta sobre “esse tal” de plebiscito para Reforma Política.

Uma olha pro lado, a outra mexe o cabelo, até que uma delas, a mesma que pediu pra se abster de falar no começo, grita: Chiiiiii…

Fui dormir torcendo pra não sonhar com aquela gente bem informada.

PS do Viomundo: As mentiras sobre a regulação da mídia eletrônica vicejam, propagadas pela própria mídia. A confusão entre regulação é censura é, pois, deliberada. Os barões do setor não querem qualquer tipo de regulamentação. As leis antiquadas que sobrevivem formam um cenário ideal para o monopólio de meia dúzia de famílias, já que podem atuar livremente para constranger as instituições em todos os níveis, sem falar no assassinato de reputações de quem ousar enfrentá-las. Querem liberdade absoluta para extorquir vantagens políticas e econômicas da sociedade.

Leia também:

Aécio, presidente da República por duas horas

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



23 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Fernando Lopes

30 de outubro de 2014 às 12h36

Tenho como prática de bem estar mental a total abstinência a assistir programas da Globo, sejam na TV ou em seus inúmeros canais de cabo. Só ouço falar e por incrível que pareça ninguém fala bem. Mesmo aqueles que passam o dia inteiro diante da TV ( eu sinceramente deve ter uns 15 anos que eu não faço isso) acham ruim.
Tudo sempre igual, sem graça, sem cultura, sem informação. Um pastiche eterno de temas importados sempre dos EUA onde um monte gordos branquelos fazem e falam coisas medíocres.
Sinceramente para mim ao assistir apenas 10 minutos de TV na Globo eu começo a entender este monte asneira e violência que está rodando a cabeça das pessoas.

Responder

EdsonBH

30 de outubro de 2014 às 12h31 Responder

jose luis

30 de outubro de 2014 às 12h12

Por favor, quem e esse tal jo?

Responder

Lafitte

30 de outubro de 2014 às 09h33

Jorge e demais colaboradores, não foi só a o caso da Escola Base tivemos também o caso o Bar Bodega, do qual poucos lembram.

Responder

tiao

30 de outubro de 2014 às 08h30

Hoje não é o dia das Bruxas? Bela homenagem!

Responder

    Yacov

    31 de outubro de 2014 às 23h08

    ‘No creo en las bruxas peo que las hay, las hay’ !! KKKKKKKKKKKKKKKK ….

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO de SONEGAÇÃO – O que passa na REDE GLOBO de SONEGAÇÃO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

Adilson

30 de outubro de 2014 às 01h26

Não assisto nem desenho animado na Globo, assistir Jô Soares e sjas meninas, nem pensar. Pois é regredir intelectualmente, haja vista que vigiando aquele programa vi seja integrantes afirmar qje concessão pública é o mesmo que privatização.

Responder

Eduardo

30 de outubro de 2014 às 00h27

O crime está sofisticadamente organizado nas instituições brasileiras de comunicações! É um mal terrível prestes a ter dominio integral dos poderes da república! A imprensa deve sempre se livre, mas os bandidos que a exploram precisam ser presos! A Sociedade precisa reagir só poder econômico e social praticado pelos grandes veículos instalados há anos no Brasil! Alguns sabidamente apoiadores e beneficiários da ditadura! Nossos poderes legislativo e judiciário são ineptos e corruptos! Ao executivo cabe resolver e fazer tudo! Precisamos apoiar a criacão dos conselhos à partir da iniciativa do executivo com apoio dos cidadãos!
Só assim vamos fazer mudanças!

Responder

Marat

29 de outubro de 2014 às 23h58

Já vi de tudo: Revolução de veludo, Revolução Laranja, Primavera Árabe, mas, Revolução das dondocas e dos mauricinhos, só poderia ser no Brasil do B (ou Brazil)… Quanta mediocridade em nossos meios de comunicação. Mediocridade, burrice, má-fé e golpismo!

Responder

Marat

29 de outubro de 2014 às 22h31

Um dos nossos problemas é que o Congresso está repleto de ratazanas. Veja o caso do coroné Henrique Alves!

Responder

FrancoAtirador

29 de outubro de 2014 às 22h00

.
.
Cara, acabei de ouvir de um dentista,

peça rara na classe, pois votou no PT,

que uma cliente ‘esclarecida’ afirmou

que a eleição presidencial será ‘anulada’

porque ‘a diferença foi muito pequena’.

A Mídia Fascista criou uma Manada de Muares

e pôs Tapa-Olho, Cabresto, Freio e Buçal…

(http://imgur.com/66lKndU)

(http://www.mundoeducacao.com/biologia/burro.htm)

(http://abre.ai/midia_fascista)

https://www.viomundo.com.br/wp-content/uploads/2013/03/midia-livre-ii.gif

Responder

Marat

29 de outubro de 2014 às 21h43

Jô e suas mocréias estão mais para uma grosseira Família Adams, onde a feiúra física é suplantada pela má-fé. Triste esse pessoal em fim de carreira, se fingir imbecil…

Responder

Francisco

29 de outubro de 2014 às 19h09

Se Dilma não vai à TV massivamente explicar o que é Lei de Midia ela fica na mesma situação da reforma politica se feita… pelos politicos.

Responder

Fabio Passos

29 de outubro de 2014 às 18h23

Os oligarcas vagabundos do PiG querem liberdade total para chantagear, mentir e difamar…

Tentaram novamente um golpe!

globo, veja, fsp, esp = Bandidos travestidos de empresários.

Responder

niveo campos e souza

29 de outubro de 2014 às 16h54

Graças a Deus! Deve ter pelo menos uns 30 anos, que não assisto nada com essa gente desinformada e “diferenciada”.

Responder

Edemerson Aquino

29 de outubro de 2014 às 16h01

Caro Adilson, mais perdido do que elas, só você! Depois de anos, vejo alguém falando que assistiu esse programa. Eles conspirando e nada é a mesma coisa

Responder

roberto

29 de outubro de 2014 às 15h16

É isso que dá,serem empregados da globo: ficam burros e alienados.
Vi uma vez o tal gordo dizer para uma famosa banda de rock inglesa,que foi ao seu programa, que a palavra Soccer é horrível, invenção desses americanos.
Falou nada relacionado à música porque não tem o menor conhecimento do trabalho daquela banda, então puxa assuntos “nada a ver” para parecer jovial e irreverente(leia-se pôrra louca e mal educado).
O baterista pediu a palavra e deu uma explicação de 10 minutos ao gordo alienado,sobre Soccer, dizendo entre outras coisas, o que significava a sigla Soccer, e que não era americana e muito menos horrível.
O gordo tentou mudar de assunto mas o músico foi até o fim,dando uma aula de boas maneiras no nosso selvagem apresentador.

Responder

Urbano

29 de outubro de 2014 às 14h35

O jô virou orquestrador de tolos; ainda bem que há as exceções que passam por lá e que, normalmente, não se despendem sem que lhe deem, pelo menos, um sutil chega pra lá. Ô sina desgraçada de boa parte dos humoristas…

Responder

FrancoAtirador

29 de outubro de 2014 às 13h14

.
.

outubro 28, 2014 15:11
Revista Fórum

Jornalistas internacionais criticam reportagem da revista Veja

Matéria que tentou associar Dilma e Lula a esquema
foi rechaçada por jornalistas dentro e fora do país
por falta de credibilidade e inconsistência
das denúncias com fins eleitorais

A reportagem de capa da revista Veja na última sexta-feira (24) teve repercussão internacional e gerou indignação entre jornalistas pela falta de apuração e compromisso ético com a verdade.

Alex Cuadros, que já trabalhou para a Bloomberg,
publicou no Twitter uma mensagem criticando a publicação.

“Acabei de ler a história da Veja alegando que Lula e Dilma
sabiam do esquema da Petrobras. Não cita nenhuma evidência,
e a testemunha em delação premiada não diz como sabe disso”, escreveu.

(https://twitter.com/AlexCuadros/status/526007575108911104)

O também jornalista Jon Lee Anderson, da revista New Yorker, respondeu:

“Isso é clássico da Veja, que publica calúnias e opiniões como se fossem fatos.
Uma revista tóxica com uma linha editorial que passa bem longe do jornalismo”.

Jon Lee é autor do livro “Che Guevara, uma biografia” e foi duramente criticado pela revista em 2007.

À época, ele disse que o texto publicado pela Veja fingia ser imparcial,
mas esquecia de critérios fundamentais de um “jornalismo honesto”,
como mostrar pelo menos “um esforço de objetividade”, conforme escreveu na ocasião.

A reportagem a que eles se referem gerou polêmica por ter sido realizada
com o objetivo claro de desestabilizar as eleições presidenciais
a favor do candidato tucano Aécio Neves.

A edição que sairia apenas no domingo foi adiantada para sexta-feira
e sem qualquer comprovação das denúncias apresentadas.

O presidente do PT, Rui Falcão, lembrou que o partido
entrou com representações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE),
no Ministério Público Eleitoral (MPE) e no Supremo Tribunal Federal (STF)
contra a revista.

“Nós não podemos tolerar que continue a ter tanta tentativa
de interferência no processo eleitoral através de matérias caluniosas,
mentirosas, totalmente sem fundamentos e sem fontes”,
disse em entrevista na última semana.

Com informações do site Muda Mais (http://mudamais.com).

(http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/10/jornalistas-internacionais-criticam-reportagem-da-revista-veja)
.
.

Responder

[email protected]!r [email protected]+e5

29 de outubro de 2014 às 12h21

Digo sem medo de errar: A Lei de Mídia é a verdadeira revolução nesse país!

A propósito: Cadê o processo da Dilma contra a Veja?

Responder

    Gabriel Braga

    29 de outubro de 2014 às 14h49

    Fiz a mim mesmo a promessa de que se o PT não levar adiante a promessa de regular a mídia,em 2018 voto nulo.

    Chega a ser um desrespeito com milhares de militantes que,nas ruas e nas redes,se dedicaram a desmontar as mentiras da mídia e assim deram uma contribuição significativa à vitória eleitoral.Será um tapa na cara de todos nós se Dilma se esquecer de sua promessa e,de novo,tentar se reconciliar com os barões da imprensa.

    Tadeua

    29 de outubro de 2014 às 19h15

    Boa, Gabriel! Tô com vc!

Jorge

29 de outubro de 2014 às 12h00

Toda vez que falo sobre o assunto de regulação da mídia me lembro de direito de resposta.
Lembro da Escola Base. A impren$$a massacrou a família.

As investigações constataram que não ocorreu nada.

NENHUMA rede de tv, jornal, rádio concedeu direito de repostas para os donos da escola.

O medo das famiglias é o direito de resposta a la Brizola.

Vai DILMA!!! Regulação neles já!!!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.