VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Denúncias

A repressão aos estudantes de Teresina


11/01/2012 - 14h33

dica do @juaumfilho

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


58 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Marcus Vinicius

31 de janeiro de 2012 às 00h21

O mais incrível de tudo é que a direita cheira mofada e fedendo naftalina sempre lembra da URSS… E o mais perverso desse raciocínio é que não levam em conta as denúncias dos crimes de Stálin que os esquerdistas estão cansados e carecas de saber. Agora, diga a um direitista sobre as atrocidades do Pinochet, Geisel, Franco, Mussolini, Hitler, Bush e outros… Ai ai a direita já foi mais inteligente e não ficava pesquisando no Wikipedia antes de comentar as matérias…
Aliás eles leem, mas o blog do Azevedo e do Mainardi… o que não diz muita coisa estão apenas adubando o cérebro!

Responder

Juan

16 de janeiro de 2012 às 02h19

shaushahsha Teu Blog ta fazendo barulho eim Azenha, ta cheio de comentário dos neolibelê aki.

Responder

Antonio Nunes

13 de janeiro de 2012 às 16h44

Acho q manchete mais correta para o caso seria:

"VANDALISMO NAS RUAS DE TERESINA!"

até pq DUVIDO q os manifestantes fossem todos estudantes… e se eram, ao queimar onibus, quebrar lojas e fazer baderna nas ruas, mereceram ser "reprimidos" pela policia e deveriam ser criticados pela violencia da "manifestação"…

neste caso, a polícia agiu corretamente ao assegurar a ordem pública contra um bando de delinquentes!

lamento o atalho do discurso "politicamente correto" q apelida bagunça de "manifestação" e arruaceiros de "estudantes"…

será q elogiar a policia (em qualquer situação, mesmo onde mereça elogios) é ser de "direita"?

tem gente aqui q elogia o PCC só pra dizer q é da "esuqerda pogressista"…

uma pena!

Responder

Alessandra

12 de janeiro de 2012 às 12h18

A polícia é despreparada e violenta, mas eles estão aí porque receberam ordens para estar aí. Um abuso! Os estudantes estão certos em protestar. Mas os ex-gestores da cidade que estão loucos pra tirar proveito do movimento pra voltar ao poder não poderiam nem pensar nisso, pois a culpa também é deles que não buscaram melhorar o transporte público e só abaixavam a cabeça e recebiam o auxílio dos donos das empresas de ônibus em suas campanhas. ACORDA TERESINENSE!!! Não coloquemos de volta essas pessoas!! Nem Chico, nem Firmino, nem Silvio , nem Elmano, Teresina merece coisa melhor. O Piauí merece coisa melhor que o Wilson Martins, que usou a simpatia que muitos do Piauí tinham por Welligton Dias para se eleger e faz muitos daqueles que não gostavam do Wellington sentir saudades dele! O governo do Estado é uma desorganização total ! Anunciam novos concursos todo mês, mas na hora de nomear os aprovados … nada! é a nova receita do Estado, taxa de inscrição de concurso.

Responder

Fábio

12 de janeiro de 2012 às 12h12

Ontem fiz uma pergunta: "qual o Partido do Governador do Piauí e qual a coligação que o apoia?".
A pergunta não foi publicada.
Qual o motivo da seletividade? Será porque envolve os "esquerdistas" PT e PSB?

Responder

Valterlei

12 de janeiro de 2012 às 00h43

Existem dois tipos de estudantes: aqueles que querem aprender o máximo e no menor prazo possível e outros que, numa pauta esquerdolóide, buscam uma luta política, como a retirada do Afeganistão das tropas americanas e o fim do bloqueio à Cuba. Na verdade, na verdade, por mais que agrade alguns, esses supostos alunos apenas querem um palanque e não aprender e se formar. Deixar a faculdade? Deus me livre!

Responder

o indignado

11 de janeiro de 2012 às 22h12

Policia militar que so agride pobre é herança da Ditadura. Tem de ser extinto. Governo que agride o povo tem de ser expulso pelo povo, de imediato. Alguem já presenciou comandate da PM mandar agredir rico ? Quem tem fuzil na mão e agride quem paga o salario dele é covarde. PM so agride pobres e fracos, a mando de poder economico. O problema do preço de passagem é entre prefeito, população e empresarios de onibus, que no Brasil todo é mafia poderosa. O comando da PM se fosse justa, recusaria a agressão a somente um dos lados da disputa. Se agride o povo teria que agredir o prefeito, e os empresarios de onibus. Não venham com conversa de que so o povo protestava. E direito deles.Agressão fisica é covardia, de quem tem fuzil na mão. O povo brasileiro tem de sair as ruas para pedir extinção dessa corporação que so age em favor dos endinheirados. A marginalidade , principalmente dos empresarios que roubam dinheiro dos impostos e esta rindo da cara do povo está livre da agressção dessa gente covarde .

Responder

FrancoAtirador

11 de janeiro de 2012 às 20h46

.
.
Como diria Chomsky:

MAIS UM GRUPO DE NÃO-PESSOAS VÍTIMAS DA DITADURA POLICIAL
.
.

Responder

    André

    12 de janeiro de 2012 às 10h36

    Se fosse nos estados governados pelo PSDB, você associaria a suposta violência policial ao partido, seria a "ditadura do PSDB".

    Como é no PI, governado por socialistas apoiados pelo PT, você chama de "ditadura policial", isentando seus assemelhados ideológicos de culpa.

    Desonestidade intelectual é pouco para definir a sua fala, mas não quero agregar palavras de baixo calão a meus comentários aqui no Viomundo.

    Antonio Nunes

    12 de janeiro de 2012 às 11h44

    quando as "não-pessoas" queimam onibus, quebram lojas e fazem baderna, é dever do Estado coibi-las!

    André

    12 de janeiro de 2012 às 12h31

    Se fosse nos estados governados pelo PSDB, você associaria a suposta violência policial ao partido, seria a "ditadura do PSDB".

    Como é no Piauí, comandado pela esquerda socialista e petista, você chama de "ditadura policial", querendo isentar seus assemelhados ideológicos.

    Desonestidade intelectual é pouco para definir seu comportamento, mas como não quero agregar palavras de baixo calão aos meus comentários no blog, fico por aqui.

Regina Braga

11 de janeiro de 2012 às 19h17

Viu,Pt…buscar apoio de tudo e de todos…acaba desta forma. Um grande saco da farinha podre.Ainda bem,que o PT disse,não ao NuncaSabe.Chega de calar a sociedade e seus jovens,na base da força e violência.Todos nós, precisamos exercitar a cidadania e as manifestações populares…Senão entram em desuso.

Responder

O Chacal

11 de janeiro de 2012 às 18h07

eu não duvido que a tarifa vai aumentar em Porto Alegre. Aqui o sindicato dos trabalhadores não faz nada.

Responder

Robson

11 de janeiro de 2012 às 18h00

Em quase vinte de gestão tucana nunca houve uma licitação no transporte público de Teresina.

Responder

André

11 de janeiro de 2012 às 17h57

Ocorreram vários atos de vandalismo, até tentativas de saque em lojas.

Além de enormes engarrafamentos, patrimônio alheio depredado (público e privado) etc. A pauta das pessoas que protestam é justa, afinal o serviço prestado é ruim, mas nada justifica o que estão fazendo todos os dias na capital desde a semana passada.

Inclusive a população já começa a ficar contra os protestos, pois o vandalismo está tomando conta, eis algumas fotos:

<img src="http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAAs1mlwCQxYsmcmLBPHM8H9e4N32r9Uj3gblYtliPvL5Lmi4Ape5sI4MhVZG8FSXhlg9l7prUnSWqz_pxuuUBRgAm1T1UOovUWWdLLDA12XeaGahbS7otI5g.jpg"&gt;

<img src="http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAEwLdjj-zcbGwgnfPvyRgCAj5EFhnFnKhB0D0TVtjj-W4v7bv1jE0KHaIcCb-u77KyyraPTRckhDIFEOg0DRaWIAm1T1UIuhXwhYgrvbDXaZQJpcjShPCvzd.jpg"&gt;

<img src="http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAF6MF1dEAxGIoAgHFOkUxx_6Rf_vyYQyD4_qT8VNbQp1cAc2x1sDNd9G5Fpa-1iNBrhFy2QvVZohbzKqpWklF2AAm1T1UD7DEG9-whJ1zgcnrna5qT3oI6Er.jpg"&gt;

<img src="http://images.orkut.com/orkut/photos/PQAAAEsVd6kKONG97jurLEWC2LznQi_qAQs_r5tOUz5e1nki1naciA1Jy-LV4NeeVEZTau2-2OoaFTDO0etbTE-WhmMAm1T1UG0DURojnBS_Ah95FKy20_Cd0V9H.jpg"&gt;
http://180graus.com/geral/contraoaumento-ii-prote
http://180graus.com/politica/manifestantes-pedem-

Vídeo:

[youtube M28-dH4uUNU http://www.youtube.com/watch?v=M28-dH4uUNU youtube]

Responder

    marcus mota

    11 de janeiro de 2012 às 18h53

    Durante anos fui às ruas daqui de Aracaju contra o aumento da passagem e por melhorias no transporte coletivo. Nunca queimamos um ônibus e mesmo assim muita gente ficou contra. Creio que a discussão sobre o método de luta não deve se sobrepor ao motivo da luta. Afinal, a violência diária a qual a população é submetida durante o ano todo dentro dessas carroças não é lembrada. A violência não pode ser monopólio de quem oprime.

    Edfg.

    11 de janeiro de 2012 às 21h53

    A coisa mais difícil do mundo é encontrar um protesto desses que não acabe em quebra-quebra. Sempre tem os radicaizinhos de extrema isso ou aquilo no meio. No final, os manifestantes acabam perdendo a razão por coisas como essas.

André

11 de janeiro de 2012 às 17h55

O governo estadual é comandando pelo ex-vice do governo passado e atualmente apoiado pelo PT.

Se bem que a repressão está sendo necessária: os protestos são marcados por atos de vandalismo, até saques em lojas foram registrados.

Responder

    assalariado.

    11 de janeiro de 2012 às 21h33

    André, por que será que os lucros estratosféricos da burguesia patronal, inclusive dos transportes, nunca é questionada como vandalismo, contra os bolsos dos assalariados? Voce já viu algum capitalista sendo reprimido por dar calote nos direitos, ou por pagar salários miseraveis para seus colaboradores?

    Quanto ao Estado, seja a nivel municipal, estadual ou federal ele atua conforme o tamanho e o poder de fogo dos protestos. Seja num caso ou no outro, ele (o Estado), cumpre sua função de dirigir o conjunto da sociedade, de acordo com os interesses da classe burguesa e seus lucros. Esta atuação repressiva se dá por dois meios: convencimento e coreção. Enfim, seja a que nivel for, esta claro que o Estado capitalista, burgues, esta nas mãos da burguesia ou pessoas fiéis a ela e que também desfrutam das vantagens do domino burgues.

    Saudações Socialistas.

    leandro

    12 de janeiro de 2012 às 07h49

    Se paga salário miseravel é porque o estado assim determina, vide o salário mínimo. Se comete abusos, existe a legislação trabalhista que por sinal é uma das mais rigorosas do mundo. Botar a culpa de tudo numa conspiração burguesa é de uma infantilidade… Quer ver o que é exploração capitalista? Procure ver como são as condições dos trabalhadores chineses.

    assalariado.

    12 de janeiro de 2012 às 18h38

    leandro, sou assalariado de empresa privada. Se o patrão é empresa estatal ou empresa privada, a exploração é a mesma. Seja aqui ou na China. A burguesia capitalista não se diferencia em nada, em lugar algum, do planeta. O chicote é o mesmo a exploração idem. A burguesia não é nem um pouco infantil, voce é, ela conspira noite e dia/ dia e noite e, pelo jeito, voce nunca foi assalariado. Muito pelo contrário, voce deve ser mais um dos exploradores do suor alheio. Pelo jeito voce nunca ouviu falar em sociedade/ Estado socialista.

    Saudações Socialistas.

    Antonio Nunes

    12 de janeiro de 2012 às 20h49

    no capitalismo, o homem explora o homem…

    no socialismo, é justamento o contrário!

    Silas

    15 de janeiro de 2012 às 16h12

    certissiomo!

    kkkkkkk

    Antonio Nunes

    13 de janeiro de 2012 às 14h28

    seu comentário é um exemplo da como se pode falar sem dizer nada!

    se tanto faz se o patrão é o Estado ou empresa privada, seja aqui (capitalista) ou na China (comunista), pq o papo de "ouviu falar em sociedade/Estado socialista"?

    eu já ouvi falar em Estado socialista… URSS, Cuba, China (cada vez mais capitalista pra poder progredir), Coreia do Norte…

    qual desses "exemplos" é a solução pros "males" do capitalismo?

    ou vc prtende criar uma "nova sociedade alternativa" em Marte?

    e ó… só pq vc se assina "assalariado" não quer dizer q vc seja o único e nem mais assalariado q os outros!

    caia na real, cidadão…

    assalariado.

    13 de janeiro de 2012 às 19h11

    Antonio, 1ª coisa. Quem disse que a China, URSS, Coreia do Norte, foram/ são comunistas? Lá, no maximo que conseguiram, foi construir o capitalismo de Estado, também conhecido como social democracia tipo, vamos explorar o povo mas, nem tanto. Voce confunde capitalismo de Estado com seu primo carnal, o Estado capitalista burgues, também conhecido como Estado neoliberal. O que quero mostrar é que capitalismo, seja onde for, não presta, porque esta ideologia parte do pressuposto de que, voce terá que sobreviver/ viver da exploração do próximo. Logo, …

    Com este seu discurso, logo observei, voce nesta sociedade luta de classes, dividida entre exploradores e explorados (CAPITAL X TRABALHO), voce se encontra na 1ª condição.

    Sugiro voces lerem o livro (O CAPITAL), de Karl Marx. Desta forma, logo voces perceberão a diferença entre: Estado capitalista, Estado socialista e a Sociedade Comunista.

    Abraços.

    Antonio Nunes

    13 de janeiro de 2012 às 20h16

    Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh claro…

    China, URSS, Coreia do Norte, Cuba (esqueceu de falar de Cuba?)… não são comunistas!

    são capitalistas de Estado… entendi!

    então a resposta está mesmo na criação de uma "nova sociedade alternativa em Marte"…

    lá os homens serão felizes e não vai haver exploradores x explorados e nem patrões x empregados assalariados!

    q bonito q vai ser!

    mas a passagem pra Marte tá "meio" cara, né?

    ps: fui promovido a "explorador" e "capital"? por favor, tem como passar um email pro meu chefe?

    kkkkkkkkkkkkk

    Edfg.

    12 de janeiro de 2012 às 12h15

    Simplesmente porque vandalismo está definido no dicionário, e não tem nada a ver com sua comparação. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, como dizia o filósofo Juarez Soares.

Edison

11 de janeiro de 2012 às 17h39

Dia destes estava vendo uma matéria dos bota marrom (FAB), o nome do mascote era Adam e o exercício era contenção de multidão.
Todo o efetivo militar Brasileiro é voltado a repressão do povo e nada mais.
Escola das Américas até a medula.
Só uma revolução tipo bolivariana nos trará uma democracia real.

Responder

    MARCELO

    12 de janeiro de 2012 às 11h10

    Teve uma vez uma manifestação de estudantes em Caracas e o Chavez mandou a policia
    bolivariana espancá-los.Todas as TVs mostraram.Policia é igual em todo o mundo.Se o
    Chavez fosse de direita,já pediriam seu impeachment.

Sandro Pasarelli

11 de janeiro de 2012 às 17h00

Esqueçam essas bobeiras de repressão, está começando BBB 12 e no final do ano vai ter especial Roberto carlos em Trípoli…..

Responder

Jorge

11 de janeiro de 2012 às 16h54

Ah!
Pensei que somente em SP aconteciam coisas ruins! Jura que em Teresina tbm tem problemas?

Responder

O_Brasileiro

11 de janeiro de 2012 às 16h46

Ainda resta a alguém alguma dúvida sobre quem se beneficia do sistema?

Responder

Penha Rocha

11 de janeiro de 2012 às 16h38

Estou perpelexa com a repressão aos estudantes na USP, em Vitória e em Teresina.Lamentável o papel da impressa que não faz o seu papel de ouvir as várias versões.Cavalaria,preconceito,desrespeito,pancadaria.Vou escrever um texto sobre esse assunto. está demais! Tristes lemabranças!
Penha Rocha
Jornalista e Prof. da UFMA

Responder

marcelo arruda

11 de janeiro de 2012 às 16h27

É inevitável colocar, diante da realidade atual, a seguinte questão: já não seria hora de acabar com a polícia militar?

A polícia militar traz em seu escopo a dieia de enfrentamento, que não se coaduna com a atuação de uma polícia que se espera respeitadora dos direitos fundamentais básicos de qualquer cidadão.

Responder

leandro

11 de janeiro de 2012 às 16h06

Hoje em Vitória-ES a polícia também baixou o sarrafo nos estudantes pelo mesmo motivo e nos dois estados o governo é do PSB. Deve ser orientação da cúpula do partido, qualquer protesto contra nós, baixem o cacete.

Responder

professor3f

11 de janeiro de 2012 às 15h53

É isso… em Teresina, a prefeitura tem feito estes ensaios… não é de hoje, não é a primeira vez. Esta moda tá pegando. http://wp.me/p1aD2i-3b http://partidodaimprensagolpista.wordpress.com/20

Responder

    Fabio SP

    11 de janeiro de 2012 às 15h59

    Como assim prefeitura? A PM lá não é do governador?

    professor3f

    11 de janeiro de 2012 às 18h55

    Quem mora lá, sabe… bem sabe… eu não sei se consigo explicar.

    Ze Duarte

    11 de janeiro de 2012 às 21h05

    Amigo, PM é estado não município… deixa de história. Responde ao chefe do executivo estadual

    Edfg.

    11 de janeiro de 2012 às 21h54

    Tenta, estamos aguardando ansiosos por tal façanha.

    professor3f

    12 de janeiro de 2012 às 01h49

    Faz o seguinte, cumpade, acesse os "sáitis" que eu tenho mais o que fazer! Não tenho a obrigação de tirar suas dúvidas. E se preferir culpar também o governo estadual, pode ter certeza que não ligo. Não tenho nenhum compromisso com o governador do Estado do Piauí, ou com qualquer outro político.

Lucas Amaral

11 de janeiro de 2012 às 15h42

As PMs dos estados estão disputando quem reprime melhor!

Responder

Edfg.

11 de janeiro de 2012 às 15h41

É o que eu sempre digo, nessa briguinha direita x esquerda podem mudar os cavaleiros, mas a mula é sempre a mesma… o povo.

Responder

Eunice

11 de janeiro de 2012 às 15h40

Credo gente! Precisamos carregar nossas câmeras e nos preparar. A escalada da extrema-direita que está aperder postos de trabalho será terrivel. É tudo pelo emprego deles.

Responder

    Benjamin

    11 de janeiro de 2012 às 17h41

    Que extrema direita? O governador do Piauí, que comanda a PM de lá, é o socialista (apoiado pelo PT) Wilson Martins.

    André

    11 de janeiro de 2012 às 18h45

    O governador Wilson Martins foi vice de Welington Dias (PT), que agora o apoia no "desgoverno" do estado.

    Cadê a direita?

    Cláudio CF

    12 de janeiro de 2012 às 06h53

    Tá na wikipédia : (sobre Wilson Martins) Filiado ao PSDB POR MAIS DE UMA DÉCADA, foi eleito deputado estadual em 1994, 1998 e 2002

    Klaus

    12 de janeiro de 2012 às 11h51

    O uso do cachimbo deixa a boca torta, né Eunice?

Eduardo Lima

11 de janeiro de 2012 às 15h39

Eu vi na globo a repressão policial. E como era de se esperar ela não ouviu a versão dos estudantes e ainda plantou uma dúvida no ar para desinformar os telespectadores: "A polícia ainda não identificou se são mesmo estudantes".

Responder

    CLAUDIO LUIZ PESSUTI

    11 de janeiro de 2012 às 18h29

    Poxa, quer dizer que la, mesmo sendo apoiado pelo PT , e o governador do PSB, apoiador de Dilma o "PIG" não esta apoiando os estudantes?E acho interessante, ninguém aqui para falar da "ditadura piauiense" , " o que esta acontecendo no Piaui", "porque a policia do Piaui e muito violenta, deve ser porque o povo apoia a ditadura , bla, bla, bla".Aqui fica todo mundo na moita.Ja quando e para falar mal de Sao Paulo, sai de baixo…

    Sami

    12 de janeiro de 2012 às 07h49

    Isso é ser pogreçista.

    Cláudio CF

    12 de janeiro de 2012 às 07h07

    Mas até que tem sentido essa da Globo: não são mesmo os estudantes que estão depredando e queimando ônibus: é 'gente' da direita, infiltrada nas manifestações. Talvez agentes da repressão especialmente contratados pelo poder econômico que está sendo duramente criticado com essas manifestações dos estudantes, para tentarem, como sempre fazem, mover a opinião pública de senso comum a seu favor

    Antonio Nunes

    12 de janeiro de 2012 às 16h35

    q meigo!

    deixa eu ver se entendi a sua "lógica"…

    se tem baderneiro, é da "direita infiltrada" !!!!!!

    nos "movimentos sociais" só tem santo e eles estavam até rezando quando a policia chegou…

    uma pergunta: é pra levar a sério?

    rsrsrsrsrs

Fabio SP

11 de janeiro de 2012 às 15h38

Parece que estudante no Brasil só aprende apanhando…
Não importa o governo, faça chuva, faça sol… pau na molecada…
Dá pena!

Responder

    Antonio Nunes

    12 de janeiro de 2012 às 09h28

    quando a "molecada" vai pra rua queimar onibus, não dá pena não…

Eduardo Lima

11 de janeiro de 2012 às 15h36

Eu vi na globo a repressão policial. E como era de se esperar ela não ouviu a versão dos estudantes e ainda plantou uma dúvida no ar para desinformar os telespectadores: "A polícia ainda não identificou se são mesmo estudantes".

Responder

nadja rocha

11 de janeiro de 2012 às 15h07

Deus do céu, tem governantes que estão querendo assumir a ditadura

Responder

    leandro

    11 de janeiro de 2012 às 17h08

    E outros que estão só curtindo férias enquanto o estado agoniza….
    "RS: com Estado em emergência, governador passa férias em Cuba"


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.