VIOMUNDO

Diário da Resistência


Lula,  será que o filho da Míriam Leitão terá coragem de escrever outro livro sobre a Lava Jato, desmentindo o anterior?
Cartas para o Lula

Lula, será que o filho da Míriam Leitão terá coragem de escrever outro livro sobre a Lava Jato, desmentindo o anterior?


23/07/2019 - 18h50

Curitiba, 16 de julho de 2019.

Deus do céu!

Lula, os homê no poder querem acabar com os pobres.

Você também quis acabar com os pobres, mas gerando emprego e distribuindo renda. Eles não. Eles querem acabar matando de fome e de doença.

Já são mais de 30 milhões de desesperançados e 13 milhões de desempregados.

Como essas pessoas vão comer três refeições por dia?!

Diga?! Diga?!

Você e a Dilma se esforçaram tanto para que todos tivessem médicos e para isso criaram o Mais Médicos.

O que os homê fizeram?

Destruíram o programa e hoje milhões de pessoas não têm médico para atendê-las.

Já sabe do mais recente absurdo???

Se não sabe, te conto. Decidiram que se tiver médico, o doente não vai ter remédio.

Não é que o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta (lembra-se dos discursos dele como deputado? E de como babava contra o Mais Médicos?), mandou suspender contratos de parcerias entre laboratórios públicos e privados, que fabricam 18 remédios e uma vacina para o SUS.

São remédios contra diabetes, câncer, insuficiência renal crônica e doença de Parkinson.

Com a suspensão desses contratos, tenho a certeza que vão faltar no SUS ou os pacientes não terão mais.

Não sei o que você pensa, mas eu não tenho mais dúvidas: eles querem mesmo é acabar com os pobres.

Aliás, querem que o pobre nem se crie. Digo isso porque é de um desses laboratórios que teve contrato suspenso produz a vacina tetra-viral. É aquela que previne contra sarampo, rubéola, caxumba e catapora.

Sem ela, há risco de epidemias e mortes de crianças.

Hoje não falei da lava jato e olha que tem muita novidade. Tampouco perguntei como você vai.

Vai bem?

Lá fora tem uma lua cheia, cheiinha, no meio de um céu azul sem nuvens. Bonita.

Durma com Deus

Jorge Sanches

***

Curitiba, 17 de julho de 2019.

Hoje deixei para escrever só agora a noite. São quase 11 horas da noite e tá frio. Sou muito friorento.

Você é friorento?

Lula, me ponho a pensar: como é ficar a maior parte do tempo sozinho.

Não é pergunta, é pensar mesmo. Como é comer sozinho, sem estar com alguém à mesa para bater um papo. Como é deitar e não ter ninguém, nestas noites frias, para enroscar e aquecer os pés.

Fico imaginando: depois de a vigília Lula Livre dar o “boa noite, presidente Lula” o que você faz.

Assiste (porcaria dos canais abertos) televisão?

Desliga tudo e vai ler?

Deita e fica pensando na família e na vida?

Fica pensando como conduziram o processo para te colocarem aí?

Lula tem gente pagando caro aquilo que plantou. Exemplo, a Miriam Leitão. Essa mulher, através das suas ‘análises técnicas’ da economia e da conjuntura sempre pregava contra o PT e a favor do golpe.

Ontem ou anteontem, não lembro bem, ela e o marido Sérgio Abranches foram impedidos de participar de uma feira de livros em Jaraguá do Sul.

Por mais de um par de anos ela alimentou as feras de verde e amarelo que nas ruas pediam e continuam pedindo a cabeça de comunistas, socialistas, democratas, enfim de todos e todas que não pensam como eles. Foram alimentados de ódio e agora com ódio pedem a cabeça da Miriam Leitão.

Hoje, ela estava na mídia da Rede Globo recebendo solidariedade de muita gente, inclusive de gente que não concorda com ela.

É correta esta solidariedade. E eu, como você, abominamos a censura e nos solidarizamos a ela.

Será que a Miriam Leitão e seu filho Vladimir Netto vão tirar alguma lição disso tudo?

Será que o Vladimir vai ter coragem de escrever outro livro sobre a Lava Jato, botando em pratos limpos as mentiras do anterior?

Abraço e até amanhã.

Jorge Sanches

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Fabricio

24 de julho de 2019 às 03h36

Tomara que esse moro fosse embora para os EUA e deixasse nosso país, nosso povão respirar paz e justiça correta sem a parcialidade, seletividade e perseguição que o Moro implantou em nosso país que a nossa suprema corte de justiça volte a ser a nossa trincheira da cidadania e guardiã da constituição Federal.

Responder

Cecília souza

24 de julho de 2019 às 03h30

O Moro e o dallagnol jamais poderão desmentir todas as mensagens trocadas entre eles explicitando a parcialidade, seletividade, perseguição e má fé no âmbito do que batizaram de lava jato que na verdade é farsa a jato ou quadrilha a jato de Curitiba.
O Moro falou explicitamente em questão “melindrar” se referindo à blindagem ao Fernando Henrique Cardoso enquanto isso coagia delatores para ferrar com o Lula nas trocas de mensagens o dallagnol falou sobre a questão de não ter certeza das provas contra o Lula.
Todo o conteúdo divulgado pelo site Intercept Brasil, veja e folha é VERDADE, é VERDADE.
É um absurdo esse regime ditatorial judicial a que o Moro está submetendo nosso país.
Senhor Jesus Cristo conserta isso e nos faz respirar paz e justiça correta.

Responder

Zé do rolo

24 de julho de 2019 às 03h21

Se o filho da Miriam Leitão fosse coerente consigo mesmo reescreveria sim o livro mostrando que não existe e nunca existiu lava jato e sim quadrilha a jato de Curitiba, farsa a jato. A Miriam Leitão foi censurada em evento é imensamente criticada pelo Bozo e a turma do desgoverno do Bozo.
Cadê que o Moro ou o Dallagnol já se manifestaram contra a censura e o boicote direcionado à Miriam Leitão e o Bozo desmentir a Miriam Leitão com relação à época da ditadura militar de 64?????

Responder

Karlo mello

24 de julho de 2019 às 02h29

Eu penso que nós os pobres estão muito triste e ao mesmo tempo nós não estamos ainda entendendo, o que está acontecendo, e muitos só vão entender a realidade quando nós fomos atrás e procurar e não mais encontrar, só assim damos conta da grande emergência situação desastrosa. Que rico propõe no seu próprio caminho rumo ao abismo, usando de seu coração cheio de falcidade. Um passo sem volta para ambas as partes.

Responder

Marola

23 de julho de 2019 às 22h18

Espera sentado.

Responder

Zé Maria

23 de julho de 2019 às 21h36

Tá cheirando à Armação do Moro essa Operação da PF.
Aliciaram uns ‘Delatores’ pra ferrar com os Jornalistas.
É uma técnica comum da Polícia e do MP nos EUA.

Responder

Marys

23 de julho de 2019 às 21h34

O incrível é que, enquanto um ex-presidente prisioneiro recebe autoridades, jornalistas e personalidades políticas importantes de vários países toda semana, e o ex- capitão expulso das Forças Armadas, usurpador, empurrado para o lugar que seria do prisioneiro pela elite hipócrita, pelos interesses geopolíticos norteamericanos e do sistema financeiro não recebe ninguém de país algum, a não ser Guidó, e ainda se curva aos Yankees, apoia regimes ditatoriais e pensa que é imperador do Brasil.

Só uma reviravolta pode acabar com isso, já que o Brasil está de cabeça pra baixo.

Responder

    Nando

    24 de julho de 2019 às 09h10

    Não, ele não foi expulso… Por causa do mandato dele que foi longo, bateu o tempo de serviço e recebeu aposentadoria compulsória. O tempo de serviço semanal não bate, então o cargo eletivo federal sobressai. Já com essa mentira já podemos deixar de analisar o resto do seu texto comunista de araque!

Vilmar

23 de julho de 2019 às 20h03

O The Intercep Brasil deveria soltar uma conversa picante da LJ para que ninguém tenha mais duvidas da veracidade do material.
Conversa de homem pegando homem ou de casada dando os seus pulinhos.
Duvido que neste vasto material não tenha traquinagens de juiz e procuradores e procuradoras. Deve ter muita conversa particular imprópria para menores de 18 anos, muita pulada de cerca.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.