VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Lula, que o STF finalmente cumpra o que está na nossa Constituição!
Foto: Carlos Moura/SCO/STF
Cartas para o Lula

Lula, que o STF finalmente cumpra o que está na nossa Constituição!


06/11/2019 - 23h56

Curitiba, 6 de novembro de 2019

Caro Lula

Hoje, dia 6, véspera de o STF decidir se a Constituição é para valer ou não.

Em 1988, vocês, constituintes, escreveram  que as pessoas só podem ser presas depois de o processo transitar em julgado.

Incluo-o, pois sei que você ajudou a escrever a Constituição Cidadã, certo?

Sabe,  Lula, diante do quanto os ministros do Supremo já te torturaram, me pergunto: eles não sabem ler ou faltaram à aula de Direito Constitucional?

E o Fachin, hein?

Nem precisa responder. É tanta injustiça que até essas dúvidas bestas já passaram pela minha cabeça.

Sabemos, é claro, que os seus julgamentos são políticos e não jurídicos…

Milhões de brasileiros, entre os quais todos nós aqui de casa, estamos apreensivos mas esperançosos.

Mudando de assunto. O Sérgio Moro está se revelando um dos piores homens do poder.

Colocou a Polícia Federal para perseguir todas as pessoas que ele e o chefe dele entendem como adversários políticos.

Hoje, por exemplo, soubemos pela imprensa que a Polícia Federal queria a prisão provisória da Dilma, para ela não atrapalhar as investigações. 

Adivinha se não teve o dedo do Moro aí?

A PF é subordinada a ele!!!

Absurdo completo. Até porque a Dilma não é sequer investigada no caso em questão, homem de Deus!

Enquanto ele persegue a Dilma e você — já li nas redes sociais que ontem invadiram a tua cela às 6 da manhã –, ele passa o pano para o clã Bolsonaro. 

No final de semana, o Bolsonaro disse à imprensa que pegou a secretária eletrônica — com memória de 10 anos! –da portaria do condomínio, onde ele mora no Rio  de Janeiro.

Aí, poderiam estar provas que ajudariam  a desvendar o assassinato da Marielle e do Anderson.

Sabe o que Moro fez? Passou o pano pro Bolsonaro-pai e Bolsonaro-filhos.

Disse que ao pegar a secretária eletrônica, eles não tinham obstruído a Justiça. 

Você se lembra do filme “Investigação sobre um cidadão acima de qualquer suspeita”?

Já faz tempo que assisti. O personagem que dá título ao filme é o inspetor da polícia que cometeu um assassinato.

No filme, há também um preso político, acusado de subversivo pelo inspetor.

Num dado momento, o preso comenta: “Um criminoso para dirigir a repressão é uma escolha perfeita”.

Será que essa frase cabe para algumas autoridades atuais do Brasil. 

Ah, afoito, estava esquecendo, como vai a saúde? Está bem?

Lembra-se de que há algum tempo perguntei se você havia feito um check up? E, aí, fez?

Aguardo essas duas respostas. 

Vou ficando por aqui, relembrando o que te disse na carta passada: o STF vai te soltar porque a instituição necessita de você livre. Livre para defender as instituições e a democracia.

Espero que o STF cumpra o papel dele que está na Constituição.

Cuide saúde. Abraço. 

Jorge Sanches

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Messias Franca de Macedo

07 de novembro de 2019 às 13h59

A entrevista exclusiva do presidente Lula ao Blog da Cidadania – íntegra
https://www.youtube.com/watch?v=jYPXwYJXin8

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.