VIOMUNDO

Luana Tolentino diz NÃO a Luciano Huck: “Usou o Caldeirão para oferecer brasileiras aos gringos, como mercadoria”

19 de fevereiro de 2016 às 15h12

Batom-002

Luana Tolentino, em sua página no Facebook

Hoje [ 18 de fevereiro] à tarde fui surpreendida com um telefonema da produção do Caldeirão do Huck. Em março, o programa fará uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Segundo a produtora do programa “sou uma mulher inspiradora”. Por isso eles acharam que o Luciano Huck deveria me entrevistar.

Não aceitei. Minha decisão não se deu pelo fato do Caldeirão do Huck fazer parte da programação da Rede Globo, emissora pela qual tenho uma infinidade de críticas e há muito tempo não assisto. Longe disso. Não aceitei porque não me agrada a espetacularização que é feita com a vida das pessoas que tem uma “história de superação”.

Não aceitei porque não vou me prestar ao papel de reforçar o discurso da meritocracia, que discordo e combato com veemência.

— Luana, você é a prova de que quando as pessoas realmente querem, elas conseguem! — Foi o que a produtora me disse.

Mas não é bem assim. De fato, desejei estudar, desejei escrever, desejei ser professora. Me sinto grata, rica, realizada em poder fazer tudo o que eu sempre quis. Porém, provavelmente tudo teria sido muito diferente não fosse a estrutura desigual, racista e machista do nosso país.

Para chegar até aqui tive que romper barreiras visíveis e invisíveis. Nesse percurso fui me arrebentando de tal maneira que às vezes tenho a sensação de que sou toda quebrada por dentro. São questões que precisam ser ditas, mas a produção e o Luciano Huck não têm o menor interesse em debatê-las ou enxergá-las.

Concordo que nós negras e negros devemos ocupar espaços, que as nossas vozes devem ir para além da internet, da Academia, e no meu caso, da sala de aula, mas não acho que seja necessário perder de vista os compromissos assumidos: comigo mesma e com aqueles que represento através da minha fala e da minha escrita.

Respeito o trabalho da profissional que entrou em contato comigo. Por isso agradeci imensamente o convite. Por outro lado, não vejo o menor sentido em ser homenageada no dia 8 de Março pelo Luciano Huck, que durante a Copa usou o programa para oferecer brasileiras aos gringos, como se fôssemos mercadoria.

Luana Tolentino é professora e historiadora. É ativista dos Movimentos Negro e Feminista.

Leia também:

Dr. Rosinha: “Paneleiros” são contra o Bolsa Família mas concordam com a Bolsa Miami 

 

30 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Candido

20/02/2016 - 20h36

Gostaria também de deixar minha homenagem a essa guerreira da vida real e pela sua atitude não se humilhar para REDE BOBO.

Responder

Lukas

20/02/2016 - 20h19

Corrigindo: working class hero…

Responder

Lukas

20/02/2016 - 20h15

Todo mundo é vaidoso.

A vaidade da Luana é recusar aparecer no Luciano Huck, expor a recusa e virar ” a work class hero”.

Parabéns aos envolvidos.

Responder

Tutu

20/02/2016 - 18h27

Achei meio exagerado o discurso da moça..Não vejo problema nenhum em alguém contar sua história de superação..Nós precisamos de bons exemplos e ver reportagens sobre esses bons exemplos é excelente..Acho muito relevante a parte do programa que mostram a entrevistas com pessoas exemplares desse país..E existem sim histórias maravilhosas ..Ela disse que não quer se promover mas de qualquer forma ta se promovendo né?Ja ta dando entrevista para outros sites..

Responder

Romualdo BL

20/02/2016 - 18h03

O Hulk tem se comportado como cafetão e é bom que alguém o lembre de que o seu vale tudo para ganhar dinheiro tem consequências. Falta alguma criança famosa se negar a participar do seu programa e alegar o episódio das camisetas VEM NI MIM QUE SOU FACIM.

Responder

FrancoAtirador

20/02/2016 - 13h34

.
.
E o Prêmio ‘You Make the Difference’ Goes To…
.
Nazi-Tucana, Rica, Lôra, Búrra, de Olhos Azuis…
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    20/02/2016 - 13h48

    .
    .
    Júri ExpeSSial
    GLOBO/FIRJAN
    .
    JORNAL O GLOBO:
    Aluizio Maranhão
    Ancelmo Gois,
    Ascânio Seleme
    Merval Pereira e
    Míriam Leitão
    .
    Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira
    Presidente da FIRJAN,
    .
    .

Gerson

20/02/2016 - 12h40

Parabéns. Pelo menos uma pessoa nesse país se recusa a aparecer na Rede Bobo. Essa matéria deveria ser lido pelos ministros e até pela própria Presidenta Dilma.

Responder

Bacellar

20/02/2016 - 12h16

Perfeito. Muito bom ver alguém que tinha tudo pra abraçar a hipócrita falácia da iniciativa pessoal e meritocracia, até para tirar benefícios pessoais, ter a consciência de se negar a prestar esse papel. Bravo Luana.

Responder

Adrian

20/02/2016 - 12h08

Graças a Deus não vejo nenhum desses pro-gra-mas, programa mesmo, de TV. Acho esses caras uns imitadores do Silvio Santos que não gosto tb, mas pelo menos é original e não uma xerox.
Quero me libertar das novelas, do futebol já consegui.
Em relação ao Huck e deprimente saber que ele estudou um curso de humanas na usp. Se vendeu ao dinheiro.
Se fosse outras mulheres corriam pra dar entrevista ao Huck pra depois posar nua.
A meritocracia e o pega trouxa. Lembram da novela rainha da sucata, se não me engano, que a Regina Duarte vendia lanches na feira e de repente ela vira dona de uma fábrica de lanches, doces ou sei lá o que. Vendem ilusões pra manter o povo trabalhando igual cavalo. ” se vc ‘ imitar ‘ a personagem da Regina Duarte um dia vc será rico e bem sucedido.” Essa é a meritocracia das elites.
Parabéns, moça ! Pela sua atitude.

Responder

tiao

20/02/2016 - 09h59

Parabéns pela atitude moça,parabéns!!!

Responder

MARCIO WILK

20/02/2016 - 09h42

É esse sujeito e sua esposa loiríssima que construiram uma casa em área de preservação ambiental na mata atlântica, assim como os Marinho, passando por cima das corruptas autoridades cariocas e federais que por lá se locupletam de propinas, e depois fica horrorizado com a corrupção.

Responder

Williom

20/02/2016 - 09h05

Sem mais respostas

Responder

Williom

20/02/2016 - 09h04

Eles acham que todos o negros e pobres deveriam ficar as suas negociatas estúpidas ! Parabéns mulher guerreira , por tornar pública estas falcatruas e que coragem ?

Responder

Cláudio

20/02/2016 - 01h13

.:.
: Muito bem, Luana. Você, que é uma pessoa admirável, com essa sua atitude mostra muito mais firmeza ainda para os que já te admiram tanto. Felicidades ! ! !
.:.
:
.:.
: * * * * 01:13 * * * * Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando:
.:.
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
* * * * * * * * * * * * *
* * * *
Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já ! ! ! ! Lula 2018 neles ! ! ! !
* * * *
* * * * * * * * * * * * *
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Responder

a.ali

20/02/2016 - 00h12

Bárbaro, Luana… matou a pau o “naritucanez”
se mais pessoa tivessem esse discernimento e clareza de idéias não estariamos assistindo o que hj. vemos se agigantar, sair das fendas: machismo, xenofobia, racismo… e se o convite fosse aceito voce não poderia expor suas idéias, que são muito “avançadas” para um coxinha que nem o huck e o máximo que iria acontecer é voce sair do programa com um ramalhete de flores …

Responder

Maria

19/02/2016 - 21h33

Ela tem sorte de ter vencido as dificuldades. Alguns não tem. E são obrigados a aceitar esmolas justamente desses apresentadores que usam pessoas reais como coadjuvantes de seus espetáculos deprimentes.

Responder

Julio Silveira

19/02/2016 - 20h14

Essa tem fundamentos.

Responder

Marco André

19/02/2016 - 18h58

Duas trajetórias semelhante.
Superação, ambas com brilhantismo pessoal, de obstáculos sociais e das repugnantes barreiras impostas por abjetos preconceitos.
Mas uma diferença abissal separa a altivez dessa moça e a conduta de Joaquim Barbosa: a Majestosa Elegância.

Responder

    Ana Viana

    20/02/2016 - 11h51

    Realmente, o Joaquim Barbosa é conhecido por ser extremamente grosseiro com seus pares e com os que ele não considera seus pares, os servidores de nível hierárquico inferior ao dele. Infelizmente ele é assim. Meu irmão é servidor do STF e tudo o que ele queria era distância do gabinete do Dr. Joaquim Barbosa, tratava os funcionários como lixo. Não entendo, porém, pq a falta de educação dele deva ser citada aqui. Existem inúmeras pessoas mal educadas no mundo, e nos ambientes de poder do Brasil mais ainda, pois eles se julgam reis, deuses, e isso parece contagioso. Ele não era o único mal visto no STF e não é o único chefe que trata mal aos que com ele trabalham…

    Marco André

    20/02/2016 - 13h40

    Meu livre arbítrio, pessoal e indelegável, considerou relevante destacar que duas trajetórias de vida semelhanteS, que superaram dificuldades semelhanteS e atingiram o êxito em suas respectivas atividades, revelam atitudes e comportamentos sociais tão antagônicos.
    A moça Luana se impõe, com arrasadora elegância, sem demonstrar qualquer vestígio de rancor.

Luís

19/02/2016 - 17h31

Parabéns minha cara, seria depreciativo aparecer em um programa dessa natureza, infelizmente muitos brasileiros ainda o assistem, não trazem nada, não produzem nada. É só ter vontade e acharão diversas nuances nada recomendáveis desse fantoche global. Parabéns e continue abraçada fortemente aos seus princípios, dou aqui todo o meu apoio. Adorei.

Responder

Urbano

19/02/2016 - 16h41

Tenho plena certeza que o bandido não sou eu, afinal de contas não faço parte nem da claque dos quatro poderes bandidos da oposição ao Brasil…

Responder

    Urbano

    19/02/2016 - 16h53

    Refletindo direitinho, até reconheço que diante dos bandidos da oposição ao Brasil, eu chego a ser contumaz em um crime: o de defender o Brasil contra a sanha mais feroz deles.

Wendel

19/02/2016 - 16h40

Felizmente uma alma se salvou, e se recusou a ir para este moedor de carne !!!!!
Luana, nossos cumprimentos, e continue fazendo a diferença, pois este Pais agradece !!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Urbano

19/02/2016 - 16h34

Coincidentemente cheguei a citar agorinha mesmo a casa da luz vermelha, em que a zelite de boston transforma o Brasil, a fim de tirar os mais diversos proveitos… Ou será só para deleite do ego mais doentio?

Responder

    Urbano

    19/02/2016 - 16h36

    Também sinetado…

Edivaldo

19/02/2016 - 16h32

É da globo, lá pode tudo.

Responder

Deixe uma resposta