VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

A direitona mostra organização para chegar ao poder: “Nossa marca é crise” moral

14 de outubro de 2010 às 14h56

por Luiz Carlos Azenha

O resultado do segundo turno é uma incógnita. Tudo pode acontecer. O eleitorado já demonstrou, às vésperas do primeiro turno, que é volátil.

Dilma Rousseff chegou a atingir 56% da preferência (no tracking do Vox Populi) faltando duas semanas para a eleição.

Desde então, no entanto, vem caindo. Está claro que o governo, a candidata, os assessores dela e o PT subestimaram a campanha subterrânea movida não somente, mas principalmente através da internet. Uma campanha científica, provavelmente adotada por recomendação do tal consultor indiano, que deixou o Brasil antes que suas digitais fossem parar na Polícia Federal.

As técnicas empregadas pela oposição se parecem muito com as utilizadas pela campanha de John McCain, nos Estados Unidos, contra Barack Obama, como descrevi em artigo de 26 de abril de 2010: objetivam deslocar o eixo do debate do racional para o emocional, estimulando medos, preconceitos e oferecendo um “salvador da pátria”.

Esta campanha continua enquanto você lê este texto. O eixo dela se desloca para assuntos novos, que ainda não foram saturados no bombardeio virtual. De Dilma, a abortista, para a guerrilheira que pede indenização milionária; de Dilma, apoiadora das FARC, para a candidata que é mera figurante de uma profecia segundo a qual ela morre e assume o vice satanista (é a nova, entre os evangélicos).

Esta campanha tem o dom de deslocar o debate das questões que realmente importam para o futuro do Brasil. Tem o dom de afastar o debate das questões econômicas e dos projetos de governo. Como é que José Serra, se eleito, governaria com minoria na Câmara ou no Senado? Que benesses ofereceria para atrair apoio? Seria obrigado a lotear a máquina pública?

Todas estas questões, pertinentes, não figuram no debate eleitoral. O objetivo, que está sendo conseguido pela direitona, é criar no eleitorado um intenso nojo da política e das eleições. De tal forma que as pessoas não discutem, não debatem, nem participam. O cenário ideal para uma midiocracia com leves toques teocráticos.

Nos últimos dias, por conta do feriado, acompanhando mais de perto a moderação dos comentários do blog, pude notar como os trolls da direitona agem de forma coordenada e inteligente. Não me refiro a antigos comentaristas conservadores do Viomundo, como a Orsola Ronzoni ou o Rodrigo Leme. Falo dos que aparecem de vez em quando, utilizando IPs nunca registrados por aqui. Assim que um tema novo é colocado no blog, são os primeiros:

1. Pregando o voto nulo;

2. Desqualificando o autor do texto;

3. Mudando de assunto;

4. Dizendo que votam na Dilma, mas que a eleição está perdida;

5. Oferecendo links que desviam leitores (no caso do Ciro Gomes, apontando para um vídeo no You Tube em que ele discute com um jornalista).

É preciso reconhecer, portanto, que além da campanha sórdida há também uma campanha aparentemente sofisticada e bem gerida.

Ou seja, do ponto-de-vista meramente político (eleição, afinal, se ganha com voto), na internet José Serra fez 2 a 0.

Hoje, três ações aparentemente isoladas me chamaram a atenção.

O Ministério Público Eleitoral, da dra. Cureau, entrou com ação contra Paulo Henrique Amorim, do Conversa Afiada, por publicar um e-mail de um partidário de Dilma Rousseff.

Está no site do TSE.

O link para o post aparece aqui.

A mesma dra. Cureau deu parecer favorável a um pedido da campanha de Serra que acusa a TV Record de ter colocado no ar uma reportagem jornalística pró-Dilma (sobre o padrão de votação em São Paulo, cidade na qual Serra teve maioria no centro mas perdeu na periferia).

Nas campanhas da direitona que testemunhei pessoalmente sempre houve essa conjugação: medo + intimidação.

Desfazer redes, desligar pessoas, desconectar.

E impor uma pauta única, onde não haja espaço para questionar de forma legítima — e jornalística — a imagem santa de um candidato (Paulo Preto quem?)

Ah, sim, quanto à terceira ação, encontra-se num post de um blogueiro da Folha, que pela segunda vez tenta ligar Dilma ao homossexualismo, a partir da pergunta de um repórter não identificado, feita no Piauí.

Acompanhem comigo: o boato nasceu em um blog apócrifo, com uma acusação lançada de forma verrosímil.

Primeiro o boato se espalhou nos subterrâneos das redes sociais, por e-mail e via twitter.

Agora, associado a um grande jornal, ele se cristaliza na superfície e pode ser disseminado com ares de credibilidade. Coloca a candidata na defensiva para os próximos debates.

Até 31 de outubro o objetivo contínuo será: acusar + intimidar + deslocar o debate para o campo do moralismo, de valores subjetivos e emocionais.

Vocês viram o documentário Our Brand is Crisis, sobre a atuação de marqueteiros dos Estados Unidos na campanha que elegeu Gonzalo Sanchez de Losada, com uma base de apoio político frágil, na Bolívia, em 2002?

Está tudo lá:

 

171 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

francisco.latorre

15/10/2010 - 13h19

dilma. e lula. vão pro pau. escancarado.

bem contra o mal.

os maus.. temam. tremam.

..

bem contra o mal.

de um lado lula e dilma. e a inteligência. o brasil brasileiro.

do outro lado fhc e serra. e a cia. o usamerika. o brazil deles.

..

Responder

Charles

15/10/2010 - 11h50

Indignação.

Estou na Bahia, no ENCONTRO ACOMAC BAHIA, entidade ligada a ANAMACO, Associação das empresas de Material de Construção. A Senhora Dora Kramer, jornalista, está fazendo uma palestra para os maiores donos de lojas de Materiais de Construção do Brasil e está afirmando, com todas as letras que o Serra é mais preparado, mais competente, que a Dilma ninguém sabe quem é. Está sendo um massacre. Diante de uma plateia a favor, surgiu assuntos como terrorismo, doença da Dilma e esta senhora não negou nada, deixando sempre no ar que o Serra vencendo será melhor para o Brasil. Isso é revoltante e precisa ser tomada providência. São mais de 900 empresarios da Construção e ainda com a presença do presidente da Anamaco que vive elogiando o governo na revista Anamaco. É isso que os empresários estão fazendo para agradecer as reduções de impostos que o governo proporcionou.

Responder

    francisco.latorre

    15/10/2010 - 13h09

    caro charles. é mesmo absurdo.

    ..

    com esses idiotas.. que não raciocinam..

    tem que ir no fígado.

    lembre do collor.

    maluco queima dinheiro.

    explica pra eles que serra é doido igual collor.

    e que vai estourar a economia. e arrebentar o brasil.

    nenhuma mentira.

    ..

Sidiney

15/10/2010 - 08h24

O Brasil não merece isso, a regressão ao PSDB e seu jeito de governar para os ricos, os últimos oito anos foram os melhores anos que já vi e passei a ter orgulho de meu país e espero que o povo brasileiro não seja ingrato a um governo que tanto fez para os pobres. Vejo com tristeza tantas pessoas serem manipuladas de forma tão infantil.

Responder

Luiz Orleans

15/10/2010 - 08h15

Amigos do Viomundo, precisamos politizar o debate das Eleições. É sabido que parte significativa da população é vulnerável à boataria, até em círculos acadêmicos [pasmem]. Política é vida, não se tem sociedade sem ela. A conversa sobre as Eleições deve fluir como parte o nosso cotidiano, das necessidades e expectativas. Dilma é a candidata da continuidade, aprofundamento e revisão do governo atual. O 2o. turno é o espaço para pactuar com a diversidade, evoluir e caminhar mais amplo. Chega de defensiva, chega de medo, o Brasil merece ser feliz, sem medo de ser feliz: DILMA 13 PRESIDENTE DO BRASIL!!!

Responder

Otaciel de Oliveira

15/10/2010 - 05h58

DÁ PARA ACREDITAR???
(No blog da Dilma Presidente)

MARINA SILVA honrou seu passado de luta pelos Movimentos Sociais e o Meio Ambiente. Suas origens no Partido dos Trabalhadores falou forte na decisão de apoiar abertamente Dilma Rousseff no segundo turno. Agora só falta marcar o dia para seu depoimento no Programa Eleitoral de Dilma Rousseff. Mais uma derrota para o neoliberal e entreguista JOSÉ SERRA e uma vitória do povo brasileiro.

Leia mais no Blog da Dilma: BLOG DA DILMA 13

Responder

José Eduardo Camargo

15/10/2010 - 04h52

Se Serra vencer governará com minoria na Câmara Federal e no Senado. E aí reside a maior ameaça. Porque se ele não conseguir implementar a agenda neoliberal dos setores conservadores entreguistas anti-nacionais que representa, ele poderá vir a fechar o Congresso! E aí mergulharemos em mais uma ditadura de caráter civil-midiática e também militar. Sim, porque ele só poderar impor a referida agenda pela força das armas. Assim, se o pior acontecer, o melhor, ao menos para mim, será providenciar o passaporte ou solicitar asilo político em outra nação. Como não tenho mais idade nem energia para enfrentar outra ditadura, não me restaria outra alternativa! Oremos, pois, para que o pior não aconteça!

Responder

valder

15/10/2010 - 02h21

Parabéns Azenha! Vc disse tudo. Eles estão muito organizados. Expalharam-se pelos lugares públicos, meios de transporte(ônibus, por exemplo), shopping centers(por todos os ambientes comerciais). São ousados, por vezes agressivos e intimidatórios. As frases são as mesmas: "bandida, assassina" e outras mais palavras. Em contrapartida não vejo reação 'a altura. Sei não, hein! Eles surgem de todas as representações sociais. Parece filme de terror. Tenho a sensação de estar sendo monitorado.

Responder

Alan Bastos

15/10/2010 - 00h48

Pessoal,
Temos que conquistar os eleitores indecisos, e parte dos que votaram em Marina, os comentários/analises aqui, são muito bons., mas devemos ajuda a Dilma, a eleição não esta ganha. COMO? Vc que trabalha, estuda, em seu circulo social, inicie o assunto sobre eleições embora seja chato, comparado como o Brasil era com o governo FHC, e como estamos agora, já conseguir pelo menos reverte 03 votos a favor de Dilma.

Responder

simas

15/10/2010 - 00h16

Azenha,
Vc tem razão, desde a primeira, até a última linha…. O grde problema, q entendo… e q venho apontando, é q tudo se resumia na imprensa, maldita. Não havia, no meu entendeer, as quetões éticas, apontadas, como óbces; apenas, ptos, pra desviar o assunto e conduzir a atenção, na discussão. Mas, agora, está ficando mto claro… a Justiça, a nossa Justiça está formando fileira, contra. Já consigo enxergar q o resultado do primeiro turno foi modificado, artificialmente. Difícil sair dessa manipulação… Tudo caminha pra uma derrota, inevitável. Sinto o "perfume" de antigamente.
Eu acho q o Presidente da República, na qualidade de Chefe do Poder Executivo, deveria requisitar o horário, nobre, e colocar o assunto, francamente; alertando a opinião pública, internacional, para o q está ocorrendo… Afinal, estamos diante de uma fraude.
Cara, a procuradora da justiça eleitoral não vê, nada… Só vê o Pres Lula fazendo suas inaugurações e lhe aplica multas… Tem o caso do PHA… Tem esse escândalo do Pedro Preto… Tem o telefonema do zé serra, pro gilmar dantas… e, nada? Ora!… Cansei!…

Responder

Fábio

14/10/2010 - 23h09

Está faltando um Michael Moore para fazer um documentário sobre esta eleição no Brasil…

Responder

Fábio

14/10/2010 - 23h05

A campanha de Serra é a dos troll-lo-lós.

Responder

wiliam

14/10/2010 - 22h56

sou pt até o fundo do poço mas sempre passa na minha cabeça aquela teoria conspiratória segundo a qual o lula, ao indicar uma candidata sem faro político , o fez de propósito,para perder a eleiçao mesmo! lembram -se daquele suposto acordo entre o lula e o serra no auge da crise do mensalao em que se ventilava o inpeachement do lula? poiis é, corre nos bastidores a notícia de que o serra teria evitado apoiar tal afastamento com o compromisso do lula de obter "apoio" futuro na sua escalada à presidência. É uma tese…

Responder

    Solange

    15/10/2010 - 08h43

    Nossa, esse comentário do Wiliam está tão parecido com aqueles que o Azenha critica em seu texto… Diz que é PT, mas joga uma dúvida rasteira… Perdão se estou errada, mas coube direitinho…

caco

14/10/2010 - 22h09

Azenha,
Percebe-se que a campanha difamatoria na internet , da midia em geral, e das igrejas já alcançou as ruas, os onibus etc, com efeito no 1° turno e agora no 2°.
Penso que para enfrentar isso tudo somente uma saida:
Lula e Dilma na TV considerarem alguns erros do governo como aprendizagem, falar olho a olho com os brasileiros com sinceridade listando a grande maioria de acertos feitos e se compromentendo com uma gestão cada vez mais transparente e focada no bem comum , principalmente nos mais necessitados/carentes ou outro nome (menos usar a palavra pobres.)

Responder

Armando do Prado

14/10/2010 - 22h00

Politizar. Politizar. Politizar. E na dúvida devemos politizar a discussão. A direita fascista está conseguindo nos pautar ao nos levar a discutir moralismos.
Por outro lado, a campanha do PT e seu jurídico precisa partir definitvamente para a boa briga, como muito bem lembrou Mino Carta na última Carta Capital.
Venceremos e espero sinceramente que não haja entrevista exclusiva para nenhuma mídia fascista e golpista.

Responder

Alan

14/10/2010 - 21h57

Caros Colegas:

Sou eleitor da Dilma e estou impressionado com essa campanha sodida contra nossa candidata. Temos que nos mostrar…temos que mostrar que somos eleitores de DILMA…Colar adesivos…agtar bandeiras…tem q ser assim…vamo pro pau…temos que apelar para o sentimentalismo…pegar DILMA como mãe dos pobres, como a candidata da ESPERANÇA, a unica capaz de continuar os programas sociais…pq se nao vamos perder essa guerra..
Meu Deus estou começando a ficar pessimista se nao fizzermos nada esse Meristófilis irá ganhar…

Responder

    Elza

    15/10/2010 - 09h32

    Alan, vc falou tudo o que tenho pensado nos últimos dias…nos vejo impassíveis diante da direita…estou desconfiada que os militantes do PT desanimaram de vez…a briga na rede é uma coisa, mas quem não tem computador e internet, nem imagina o que se passa por aqui…portanto, vamos para as ruas….a hora é agora!!!

francisco.latorre

14/10/2010 - 21h54

espalhar o derrotismo é parte do plano.

digam não! ao derrotismo.

..

Responder

luiz

14/10/2010 - 21h39

AZENHA

E a prisão do Bernau, ex chefe do DENARC de SP, em Portugal com 2 TONELADAS de cocaina…Porque ninguem denuncia isso…
Esse fato so confirma o que o ABADIA disse sobre o DENARC da policia do Serra (“para começar a combater o trafico, tinha de fechar o DENARC”)
REPERCUTA isso… esse é o ministério da Segurança que o Serra quer para o Brasil???? Era tudo nas narinas (“literalmente??”) dele….e ele deixava!!!
Fora a briga inedita das policias (devido aos baixos salarios…)
Aumento de crimes, insegurança geral em sp (assalto agora a shoppings), inconpetencia policial (caso Eloá 2008: deram a refem ao sequestrador…So em SP mesmo), ação como mecanismo repressor (professores, invasao da usp)..entre tantas loucuras…E cade a repressao ao crack e a nova cracolandia (luz)

Responder

Habena

14/10/2010 - 21h34

Serra está ao lado de grileiros e escravagistas

"Novas gravações de conversas telefônicas ligam o governador reeleito do Distrito Federal, Joaquim Roriz, a suspeitos de grilagem de terras públicas. A escuta foi feita pela Polícia Federal com autorização da Justiça. As informações são do Jornal Nacional."
http://tirando-a-limpo.blogspot.com/2010/10/jose-
===

" Família Caiado mantém trabalho escravo
“…trabalhadores da Fazenda Santa Mônica, em Natividade (TO). Alojados em cinco barracos de lona e madeira erguidos sob chão de terra em pontos isolados do imóvel e próximos às frentes de trabalho, não tinham acesso a banheiros, água potável, energia elétrica, leitos e alimentação minimamente decentes."
http://tirando-a-limpo.blogspot.com/2010/10/jose-

Responder

alex

14/10/2010 - 21h31

Na Idade Média

Por Cynara Menezes – CartaCapital – 14 de outubro de 2010

(apenas um trechinho..)

Enquanto a ala conservadora da Igreja dá suporte ao discurso neoinquisitorial atualmente disseminado no mundo cristão real e virtual, um dado da Pesquisa Nacional de Aborto feita pela Universidade de Brasília salta aos olhos. “A maioria dos abortos foi feita por católicas, seguidas de protestantes e evangélicas, e, finalmente, por mulheres de outras religiões ou sem religião”, descreve o estudo, ao expor a hipocrisia reinante.

A antropóloga Débora Diniz, coordenadora da pesquisa, lembra que em um debate sério, tratando-se de um país laico, o aborto deveria ser tratado como uma questão de saúde e direitos humanos – exatamente como o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, tem se posicionado.

“É preciso reconhecer que as mulheres, religiosas ou não, fazem aborto. E, dada nossa lei penal, fazem em condições ilegais e inseguras. Ficam doentes e são internadas para finalizar o aborto. Morrem em situações-limite pelos riscos que experimentam”, alerta a antropóloga, que lamenta que o tema tenha sido colocado no centro das eleições. “O aborto é um dentre os temas que os candidatos à Presidência da República devem discutir e apresentar propostas.

Jamais o que determinará as eleições. Infelizmente, foi lançado na campanha como moeda de troca pelo apoio entre comunidades religiosas. Posicionar-se ‘contra o aborto’ passou a ser um passe de confiança na plataforma política do candidato, o que deve ser considerado um absurdo para a democracia.”

Serra tem razões pessoais para deixar de apelar à condenação do aborto como arma eleitoral. Em 1998, quando ministro da Saúde, foi ele quem assinou a norma que dava orientações sobre como o centro de saúde deveria proceder no atendimento ao aborto para vítimas de violência sexual, previsto na lei.

Tecnicamente, o procedimento foi correto, mas Serra foi alvo de condenação pública pela CNBB, que pediu revogação imediata da norma. Para quem sentiu na pele a pressão da Igreja, é no mínimo manifestação de oportunismo recorrer a tais expedientes. Parece, porém, que a questão ética não incomoda o candidato tucano.

fonte: http://www.cartacapital.com.br/destaques_carta_ca

Responder

@lucilast

14/10/2010 - 21h30

Azenha,
diretor da Sensus diz que baixaria vem de Serra – no site yahoo. http://br.eleicoes.yahoo.net/noticia/difama-es-am

Responder

Regina Pereira

14/10/2010 - 21h27

Azenha e todos,
Só há uma saída irmos para as ruas, mobilizarmos o povo para ganhar essa guerra suja. Temos que encarar de frente a direita e toda a mídia porca que existe nesse país. Azenha vamos tentar fazer uma campanha como as das Diretas Já porque eles estão jogando muito sujo, muito pesado e só mobilizando o povo a gente poderá vencer. Pense nisso.

Responder

João Divino

14/10/2010 - 21h27

O seu comentário está aguardando moderação.
14 de outubro de 2010 às 21:13

A grande mídia, como nunca antes, entrou de cabeça e arriscou o pescoço pelo Serra.

Se o Serra ganhar as eleições, vai ser por única e exclusiva responsabilidade desta última. Inclusive pela modelação da onda verde que levou a eleição para o segundo turno.

A Veja, a Globo, a Folha e o Estadão vão cobrar uma conta que nem o Serra, nem o povo brasileiro vai conserguir pagar.

A vitória de Serra seria um desastre sem precedentes para o povo.

Não podemos deixar que isso ocorra. Temos que conversar com cada amigo, cada vizinho, ir às nossas comunidades, igrejas, ou seja fazer o possível para que a vitória de Serra seja apenas um pesadelo em uma noite de sono mal dormida.

Responder

ANDRÉ HAL

14/10/2010 - 21h26

OLÁ AZENHA:

Sejamos claros, os setores cristãos xiitas, como o Pastor Silas Malafaia, Paschoal Piragine, Bispos e Padres, que deram guarida a boatos publicados na internet, sobre aborto, etc. ao pedirem ofertas em cultos/missas ou em programa de TV em Redes Nacional como o Pr Silas faz, devem fazê-lo de forma clara, tipo, "…não precisamos de doção das pessoas que votaram na coligação DILMA Presidente…." (mais de 46 milhões de votos). No caso do Pr Silas Malafaia acrescente-se os votos da candidata MARINA (em torno de 20 milhões de votos) , ou seja, os citados setores, por coerência ética que peçam doações às pessoas que votaram em SERRA. As demais igrejas, pastores, padres e bispos agradecem.

Responder

ANNA

14/10/2010 - 21h25

o “sapo cururu esverdeado” acabou de dizer em uma entrevista que é favor de casamento gay, lógico está indo pra Minas, terra do seu aliado Anastasia, ou seria “anástácia” ?

Responder

Gerson Carneiro

14/10/2010 - 21h19

"A ignorância é vizinha da maldade"

Provérbio árabe, encontrado nos discos da Legião Urbana.

Responder

    francisco.latorre

    14/10/2010 - 23h21

    a ignorância é mãe da maldade.

    precisa ser muito ignorante pra não perceber que é bom ser bom.

    ..

Jacques

14/10/2010 - 21h10

A passividade da coordenação de campanha da Dilma é que assusta qualquer um que ame este país. Pois nem quero pensar no que um elemento de comportamento fascista e entreguista poderá tentar fazer. No entanto, no contato com as pessoas nas ruas, escuto com muito frequência a seguinte frase: – Mas Dilma não é Lula.
O que me dói, é escutar isso da boca de pessoas que foram, visivelmente, beneficiadas pelos programas sociais do governo. E é difícil convencer com argumentos lógicos, são todos pautadas pela grande mídia.

Responder

    El Cid

    14/10/2010 - 21h26

    … essa falta de reação vai custar muito caro !!

trombeta

14/10/2010 - 21h05

Não falei que a dra.cureau estava a serviços dos tucanos, hoje, ela pediu multa contra a Record por "fazer propaganda pró Dilma".

Carta capital, PHA, agora, a rede Record… todos que criticam Serra estão sendo ameaçados pela mão judicial de Serra, a dra. Cureau.

Atenção, amanhã tem que pedir o afastamento da dra. Cureau por falta de isenção, parcialidade a favor de Serra.

O golpe está no ar…

Responder

Estrela

14/10/2010 - 20h59

Ahhhhhhhhhhhhhh

Então você deve achar que eu, uma simples mortal que estou fazendo campanha pra DILMA no meu
site de poesias sou um troll.

De fato eu sou nova aqui mesmo. Tem pouco tempo que entro aqui, mas como você nunca publica meus
comentários, estou evitando de fazê-los

DEVE SER POR ISSO QUE NUNCA PUBLICA MEUS COMENTÁRIOS, pensa que sou um trool.

Meu Deus, logo eu que sou fanática por LULA?

Responder

KNeto

14/10/2010 - 20h56

Cadê o Conselho Nacional do Ministério Público que permite esta absoluta falta de insenção de uma procuradora eleitoral?
Não vai haver nenhuma representação contra esta Srª?

Responder

francisco.latorre

14/10/2010 - 20h34

alô pessoas.

tem que encarar de frente.

é brasil contra estados unidos.

e denunciar berrar esclarecer.

a cia está na parada.

nunca foi tão claro.

é novidade a consciência da ação de espiões. nome aos bois. espiões.

deve ser espalhada esparramada.

é o momento. pra grande novidade na discussão.

tem que jogar a cia nas conversas.

a amerika. o tio sam. a bandeira dos entreguistas.

..

o jogo é esse.

quem é mais brasil.

e essa bandeira é nossa.

é da dilma.

..

Responder

pap

14/10/2010 - 20h33

OLA AZENHA

Jamais imaginei que determinados setores do país tivessem uma mentalidade de alta idade media como o que tenho acompanhado
no seu blog e nos de tematica progressista.Parece uma gente saída da caixa de pandora da inquisão.
Do jeito que anda,e tudo para se ganhar a eleição, via a "direitona", até a refundaçao do Imperio Bizantino aqui no Brasil vai ser pro-
posto!

Responder

Tunico

14/10/2010 - 20h31

A campanha de Dilma não pode ficar inerte aos ataques sujos, há muitas coisas que podem minar a campanha serrista: como em uma entrevista de D. Paulo na qual ele diz que Serra é neoliberal porque queria cobrar imposto da igreja;

tem o filho fora do casamento de FHC;

tem caso Paulo Preto;

Serra não cumpriu seu mandato na prefeitura se São Paulo ( não tem palavra );

Serra defende liberdade de imprensa mas despede jornalista da tc cultura, maltrata jornalistas.

Quem são eles para falar em moralismo…."Que moralismo é esse". Só colocar na tv.

Responder

Silveira

14/10/2010 - 20h28

bom é o seguinte:
falando com minha esposa chegamos a alguns pontos em comum, eleição se ganha na rua não na internet, ela mesmo em uma semana convenceu 4 pessoas sobre quem é o Serra. Em relação a internet serve de munição para ambos os lados, no caso de minha esposa ela usou isso para esse convencimento.
Claro q um pastor ou padre tem um alcance bem maior q minha esposa, mas de toda forma em cada conversa minha com outras pessoas tento convence-las, primeiro escutando muito e depois argumentando cada critica trazendo as melhorias para perto de cada um, seja pelo melhor emprego, uma casa pelo minha casa minha vida, a compra de um carro zero ou a realização de uma viagem sonhada a muito tempo.
Quando se traz as melhorias para coisas digamos palpáveis, visíveis as pessoas tendem a pelo menos abstrair essa guerra da mídia e ver q a sua própria vida melhorou.
Outra coisa q eu minha esposa concordamos foi que é a eleição está mostrando muitos setores hipócritas q falam mal do bolsa-família e desviam a finalidade de vale-refeição e vale-transporte q "ganham" da empresa de forma subsidiada.
Vamos convencer quem pudermos! Nós temos argumentos!

Responder

francisco.latorre

14/10/2010 - 20h24

..

a militância tá loucona. euforia deprê euforia.

enquanto isso. os homens da cia dominam as versões. profissionais.

salve-nos lula. é a prece.

..

vamos de imaginação.

tem que batizar os silvérios entregões.

grande concurso.

dê nome aos maus brasileiros.

..

Responder

francisco.latorre

14/10/2010 - 20h23

tô vendo agora na tevê. o show neoliberal.

deus mercado e seu apóstolo pineira.. salvam os mineiros no chile.

o capital te enterra no buraco. mas manda resgatar.

filme amerikano. tudo é verdade. menos o final feliz.

roteiro. previsível.

..

Responder

bentoxvi-o santo

14/10/2010 - 20h10

AZENHA.

Cantei a pedra varios dias antes…logo após o debate…o GLOBOPE…"vai soltar uma pesquisa dando empate ou quase"…não deu outra…agora entram os "institutos de pesquisas" para fazer a sua parte…e os eleitores de DILMA/LULA ficam apreensivos…MODUS OPERANDI…tradicional…alguma novidade?????
DILMA VOCE AGORA ESTA A REBOQUE DA CAMPANHA DO SERRA , DO PIG ,DOS INSTITUTOS DE PESQUISAS E DAS RELIGIÕES…UM TIME SÓ GANHA QUANDO IMPÕE O SEU RITMO DE JOGO…VAMOS A LUTA…SEMPRE…

Responder

Telmo Siquer

14/10/2010 - 19h54

A exemplo do que aconteceu no debate da Band, onde os Blogs Progressistas deram uma contribuição para a atitude da Dilma, o mesmo tem que acontecer a respeito da participação do Lula. Ele tem que ir para linha de frente e defender o seu legado, lado a lado com Dilma sem muitas montagens e fru-fru. Simples e direto como só ele sabe ser, mostrar quem esta do lado dele e o que nos aguarda do outro lado. Vamos todos insistir nisto e URGENTEMENTE nos fazer ouvir.

Responder

Patytominaga

14/10/2010 - 19h47

Estou mto preocupada, pois pois decisões eleitorais ganha a base de ódio e preconceitos me lembra, 68 no Brasil e 33 na Alemanha. As vezes tenho a sensação que o "ovo da serpente" já está sendo chocado, só nos basta saber nascerá ou não.

Responder

@CUNHASVIX

14/10/2010 - 19h43

CADÊ O PT ESTÃO DEIXANDO A DIREITA FAZER GATO E SAPATO DA CAMPANHA DA DILMA ..ACORDA BRASIL…

Responder

Cesar

14/10/2010 - 19h42

Vejo muitos comentários por aqui, o que é bom, mas gostaria de levantar a seguinte pergunta : estamos escrevendo em outros espaços, tipo no do PV , cobrando coerência da Marina na questão em quem ela vai apoiar ou divulgando informações que combatam a boataria… .Minha preocupaçâo é ficarmos só aqui tricotando entre nós( pró Dilma ) , e na minha percepção tá um baixo astral nessa tricotagem!! Temos que reagir, ir à luta , eu já enviei vários e-mails pro PV , pro PT dando força, pra amigos , faço disso um exercício diário e queria conclamar a companheirada pra luta!!
DILMA PRESIDENTA!

Responder

Roberto Pereira

14/10/2010 - 19h39

Isso tudo já está no ótimo documentário sobre o Chile de Allende.
As táticas foram terrivelmente facilitadas pela internet.
Se antes era preciso causar o caos real na vida das pessoas com locautes de transportes de carga e público como se fez no Chile nos idos anos 70, agora o clima de terror se espalha e se difunde apenas pelas correntes incessantes de baixarias na internet contando com o apoio muito importante da "grande" mídia engajada até o pescoço nessa guerra suja e tendo como poderosa linha auxiliar o apoio de fanáticos religiosos evangélicos e católicos.

Coisa impressionante o que vai acontecendo nesse país, um governo de oito anos absolutamente bem sucedido em todas as suas facetas se vê nas cordas e sem poder de reação com seríssimas possibilidades de perder a eleição que até a própria oposição já dava por perdida.

Não sei sinceramente o que pensar.

Tomara que esse pesadelo não se concretize e assim como estávamos muito otimistas estejamos sendo muito pessimistas agora.

Responder

JOSÉ CUNHA DE SOUZA

14/10/2010 - 19h28

QUE VERGONHA… O PT TÁ DEIXANDO OS TUCANOS FAZEREM O Q QUEREM NESSE SEGUNDO TURNO…VAMOS TRABALHAR..CADE OS MILITANTES !!!! CADE O LULA ,QUE SUMIU…VAMOS LEMBRAR QUE O LULA É O PRESIDENTE MAIS PREMIADO QUE O BRASIL JÁ TEVE…NÃO VAMOS DEIXAR BARATO NÃO… ACORDA BRASIL…SERRA NEM PENSAR.

Responder

Fabio_Passos

14/10/2010 - 19h28

A direita é craque na engambelação.
Por que acham que uma minoria inescrupulosa dominou a imensa maioria da população até a eleição do Lula?

A hora é de encarar os mentirosos da direita e não vacilar.
Vamos entrar em todas as divididas. Forte!

Não vamos deixar os crápulas abortarem um futuro promissor para o Brasil.

E da-lhe Dilma Presidenta do Brasil!

Responder

Leider_Lincoln

14/10/2010 - 19h23

Fazem isso no Nassif também. Não é raro ver um desconhecido (lá, como aqui, os conservadores são conhecidos e a tolerância a trols é infinitamente menor) iniciando os debates com unm "está tudo perdido, o PIG ganhou" ou coisa que o equivalha…

Responder

erledio

14/10/2010 - 19h19

Ex-alunas de Monica Serra confirmam relato sobre aborto

14/10/2010 15:06, Por Redação, do Rio de Janeiro e São Paulo
Monica Serra optou por não se pronunciar sobre relato de ex-alunas

Monica Serra optou por não se pronunciar sobre relato de ex-alunas

Alunas da então professora de Psicologia do Desenvolvimento aplicada à Dança, no Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Monica Serra, confirmaram nesta quinta-feira estarem presentes à aula em que a mulher do presidenciável tucano, José Serra, relatou ter sido levada a interromper a gravidez, após quarto mês da concepção. A coreógrafa Sheila Canevacci Ribeiro revelou o fato após o debate realizado domingo, na Rede Bandeirantes de TV, em sua página na rede social Facebook.

Colega de Sheila Ribeiro, a professora de Dança de um instituto federal de Brasília, que preferiu não ter o seu nome citado “por medo do que essa gente pode fazer”, afirmou, lembra que no primeiro semestre de 1992, no segundo período que cursava na Unicamp, o depoimento de Monica Serra a impressionou. Ela estava sentada no chão em uma sala de dança, onde não há móveis e apenas um grande espelho e a barra de exercícios, ao lado das colegas Kátia Figueiredo, que mora atualmente na Suécia, Ana Carla Bianchi, Ana Carolina Melchert e Érika Sitrângulo Brandeburgo, entre outras estudantes, residentes aqui no país.

– Eu confirmo aqui o depoimento da Sheila Ribeiro. Foi aquilo mesmo. A professora Monica Serra nos relatou que havia feito um aborto em um período difícil da vida do casal, durante a ditadura militar. Foi um fato tocante, que marcou a todas nós. Lembro-me que o assunto surgiu quando ela falava sobre a dissociação do corpo e a imagem corporal, que até hoje dirige meu comportamento – disse.e

Responder

    Armando do Prado

    14/10/2010 - 22h26

    Azenha, por que não pesquisar isso junto a essa gente citada?

Itamar

14/10/2010 - 19h19

PT age com muita passividade aos ataques da direitona retrograda.

Se o Vampiro da direitona promete mundos e fundos, porque não cobrir as promessas do salário mínimo do demagogo tucano?

O aumento do salário mínimo para R$600,00 e os 10% para os aposentados, com certeza estão tirando bastantes votos de Dilma. Não são poucos os eleitores que pensam com o bolso.

Dane-se com responsabilidades fiscais em época de eleições, é assim que tem se comportado os tucanos/demos/PPS e o PIG e assim deveria ser na campanha petista.

Outro detalhe que venho percebendo, é que os tucanos/demos/PPS, vêem se apresentando melhor nas FM's Brasil afora. Enquanto os tucanos/demos/PPS vêem com jingles mais audíveis, preparados para rádios, os da campanha petista mantém trechos de áudios da campanha televisiva. "Atacar" as FM's atingiria em cheio os mais jovens

Responder

William

14/10/2010 - 19h15

Azenha.
Quem manifesta pessimismo em relação ao resultado do segundo turno não pode ser taxado de "troll". Falo por mim mesmo, já postei neste blog, manifestando minha preocupação com o que tenho observado aqui em Belo Horizonte na campanha para o segundo turno.
Não se pode entrar no clima de que a Dilma já ganhou a eleição, pois esta tática não funcionou para ganhar a eleição no primeiro turno, em que ela chegou a ter uma vantagem expressiva na intenção de votos em comparação com as intenções de voto em todos os outros candidatos a presidente.

Responder

portilho

14/10/2010 - 19h14

Azenha.Sempre que a igreja entra nas discussõs policas leva para atraso. Veja 1964 quando eles bispos e padres foram para as ruas apoiar o golpe militar .Na quela época foi para combater o comunismo, agora para impedir que a discussão sobre o aborto e crime ou não . Aí eles investem com a ajuda do PIG contra a candidata DILMA.

Responder

flavio marcio

14/10/2010 - 19h06

Houve uma abordagem economicista na propaganda eleitoral da Dilma, reflexo da recusa do governo Lula e do PT de politizar o povo desde 2002.
Neste processo, a infraestrutura ocupou quase 100% da propaganda; a superestrutura (que inclui a mente coletiva) foi ignorada.
Vamos cair pra dentro já, indo ao povo ter um papo reto: ou vamos de Dilma, ou vamos de Dilma, senão vem aí a turba (com b mesmo) da direitona!

Responder

Brito

14/10/2010 - 19h03

Serra diz ser o mais preparado. Dilma poderia levar para a propaganda e para o debate, a questão do diploma e seu devido registro no CORECON que já foi abordado por Mercadante, sob pena de ser acusado de falsidade ideológica e ter sua candidatura impugnada. Deveria mostrar ao povo que Serra pode não ser quem ele diz que é, não fez o que diz que fez e, não cumpriu com sua promessa de exercer um mandato até o fim. O povo precisa ser lembrado que Serra fez parte do governo que chamou aposentado de vagabundo. O povo precisa ver Serra sem a máscara.

Responder

Ronaldo

14/10/2010 - 19h03

A coordenação da campanha da Dilma tem que:

1-Mostrar na TV o apoio gravado de líderes evangélicos e católicos que inclusive já estão na web.

2-Parar de falar FHC. O povão conhece-o como FERNANDO HENRIQUE, o que chamou os aposentados de vagabundos.

3-Lembrar que foi o Kassab do DEM do Serra, fechou a Igreja Mundial do Poder de Deus no Brás em SP, com mais de 150 mil membros.

4-Colocar o Lula pra meter o pau no PSDB e colocar o FERNANDO HENRIQUE no pescoço do Serra, no programa eleitoral.

Responder

Teresa

14/10/2010 - 19h02

.

Mas vai ficando cada vez mais difícil sustentar esse discurso moralista:
http://www.cartamaior.com.br/templates/postMostra

.

Responder

pedro - bahia

14/10/2010 - 18h52

Concodo com a excelente artigo. Vejo que a atuação do Serra não se limita somente a esses expedientes. Aqui em Salvador onde o PT sempre teve maioria e a Bahia acaba de eleger o governador do PT para um segundo mandato, não vejo neste segundo turno a mesma disposição da militância petista como aconteceu em eleições passadas. Hoje mesmo a turma do Serra estava nas ruas distribuindo panfletos, bandeiras, adesivos, muitos deixados nos carros estacionados. Manifestações pró-Dilma, insignificante.
Ainda dá para acreditar, mesmo porque ela continua na frente em todas as pesquisas. Porém nos próprios comentarias sempre otimistas como Azenha, PHA, Luis Nassif, se nota um pouco de recuo.

Responder

Bury

14/10/2010 - 18h50

Até mesmo vermes históricos como Paulo Maluf, entre seus usuais rompantes de imundice, fariam algo muito mais propositivo como campanha política do que esse assalto de patifaria que José Serra faz uso agora. É somente desqualificação do adversário e utilização de religião como recusrso: mais nada! Acredito que isso não tenha precedentes como a mais débil, torpe e repugante entre todas as campanhas já feitas por aqui.

E quem vota nesse senhor, põe a nu sua visão de mundo tão nojenta quando a que ele expõe em seus raquíticos programetes. Sinto muito, mas quem vota em Serra não dá pra respeitar.

Responder

Marco

14/10/2010 - 18h48

Ontem mesmo postei um comentário sobre o artigo "Para os que acreditam que não há mais direita". O autor dizia que a direita era burra o que eu contestei e vejo que não estou só. Em 64, eu muito jovem (16 anos) mas bastante politizado, na época um fato mais ou menos normal principalmente em cidades como a Guanabara, assisti, ouvi e vi a esquerda chamando a direita de burra. Só que cada linha da esquerda odiava a outra linha mais do odiava a direita. Resultado? Bem, não precisa ter nascido antes de 64 para saber. Agora eu vejo "replay" de tudo. O Paulo Bufalo, por exemplo, era tão ou mais agressivo com o Mercadante do que com o Alkimim. Acho que ele jamais pensou em vencer as eleições, sua candidatura era para divulgar o programa do PSOL e para isso não havia necessidade de colocar PT e PSDB no mesmo saco. O mesmo se deu com Marina que via o candidato Serra e a candidata Dilma muito parecidos. Poderíamos pensar: Exageros do primeiro turno! Mas onde estão esses esquerdistas agora? Sumiram todos. Não estão apoiando a Dilma. Com isso, a direitona está aí perto de nós, ganhando votos da classe média, que é conservadora por natureza mas gosta do Lula. É preciso entender isso: A direita não é burra, não tem ética alguma e tem um grande poder econômico. Não brinquemos, mas Briguemos com ela.

Responder

Guilherme Milani, SP

14/10/2010 - 18h45

Turma, confesso que tô bem abatido. O brasileiro mostra mais uma vez que não sabe votar, que se deixa levar por calúnias absurdas e medos inexistentes. Assim sendo desejo de coração que toda essa massa burra que vai votar no Serra SE ARREPENDA amargamente caso a catástrofe de sua eleição se confirme. Que os mais necessitados que votarem nele se lasquem! Que a Petrobrás vire uma PETROBRAX e seja vendida a preço de banana. Que os pedágios se espalhem pelo Brasil afora. Que FHC se torne a eminência parda mais cristalina de que se tem notícia. Que o fantasma de Carlos Lacerda se manifeste nas cercanias de Brasília, vociferando contra os de bem. Que a demo-tucanada podre desse Brasil se regozige e ria muito da cara dos idiotas que os colocaram de volta no poder. Quatro anos até que passam rápido, o tormento é que teremos uma vida toda de arrependimento pela frente. Tô fora! Não dá pra ser esclarecido num país de bobos da corte, é revoltante. Literalmente, cansei. Volto em primeiro de novembro. Até lá.

Responder

Guilherme

14/10/2010 - 18h40

Ah, então é por isso que eu estou sendo censurado em todos os blogs? Porque dei minha opinião de que NÓS da esquerda vamos perder? Interessante saber que desânimo dá censura e também dá acusação de ser Troll da direita. O mundo está ficando realmente louco. Até os blogs estão enlouquecendo. Ou seria algo do tipo "Tudo bem vamosperder mas voce nao deve ficar falando isso." Coisa de maluco. Provavlemente nunca mais vou conseguir comentar nos blogs, já que vocês guardam os Ips. Muito bem. Parabéns. os blogs estão perdendo não só um leitor como um propagandista de vocês. Que está, depois dessa, realmente desanimado. Eu devia ter aprendido quando fui falar aqui que o Alonso era mais piloto que o Massa e fui chamado de vira-latas para baixo. Vocês estão caindo no negativo da loucura da direita.

Responder

Leonardo Oliveira

14/10/2010 - 18h35

O caminho é a justiça. Os responsáveis pela campanha do Serra fazem uma campanha delinquente. E lugar de bandido é na cadeia. Mas a justiça só age se for provocada. Tendo como achar os responsáveis por boatos e mentiras, e se isso foi feito de maneira profissional e tendo ligações de alguma maneira com os responsáveis pela campanha tucana, já obriga a direita a dar explicações.

O Ministério Público, Policia Federal precisam ser acionados. Mas rápido. Pois descobrir quem é esse pessoal é fácil. Descobrindo, isso sai na mídia e enfraquece as mentiras e os boatos. Mas rapidez não tem sido o forte do PT nessa campanha…

Responder

Luiz Clete

14/10/2010 - 18h29

Se eu entendido direito, o PT de NOVO e como sempre, ficou para tras no usa da internet. E mais uma vez jogou pela janela a possibilidde de uma vitoria mais tranquila pq voltou a ouvir os moderados. Que maravilha! Quando é que a esquerda vai se unir e ser mais profissional? E essas urnas eletronicas? Se ta tudo viciado,pq nao as urnas? VAMOS PRA CIMA DELES, DILMAAAAAAAAAAAAAA!

Responder

Alex Gonçalves

14/10/2010 - 18h23

Não estou assistindo os programas eleitorais, mas Dilma e o PT já colocaram o vídeo do Serra brincando com o Arruda, "Vote em um careca e leve dois?" Lembraram que o Indio é do mesmo DEM do Arruda?

Já estampou as fotos e matérias em que Serra martelava com gosto inúmeras privatizações? O logo da PETROBRAX? O LIMíTE da IRRESPONSABILIDADE? O Engavetador Geral da República? O arrocho, desemprego e sucateamento da era FHC?

Já estampou a capa da CARTA CAPITAL, com Verônica Serra DECIDIR.COM e MILHÕES de sigilos bancários quebrados, e comparou com o vídeo do Serra chorando pelo sigílo bancário da pobre filhinha inocente?

Já mostrou que Serra é duas caras na questão do aborto? Já sugeriu que se façam as mesmas perguntas espinhosas pro Serra?

O PT está fazendo uma força danada pra perder a eleição.

Responder

Brito

14/10/2010 - 18h22

Será que ninguém tem a coragem de colar Bush no Zé, colar a (melan)CIA no Zé?
Será que ninguém tem coragem de fazer um paralelo entre o ouro negro do Iraque e o Pré-Sal?
Será que não existe uma guerra fria do petróleo travada contra nossas riquezas? Se existe, de onde vêm?

Nem é preciso acusar (levianamente) o Brasil de estar fabricando armas de destruição em massa, para uma invasão… nós já fomos invadidos desde a década de 60.

Responder

Sherlok

14/10/2010 - 18h16

Concordo com o todo da análise. Só não consigo entender uma coisa: quando a reação começará ? Se a campanha da Dilma acha que algumas conversas com líderes religiosos irá para a sangria de votos está muito enganada. Vejo no rosto de muitos da classe média um começo de " sorriso no canto da boca" com as resultados das pesquisas. Estão bem animados e partindo para o tudo ou nada. Enquanto isso, a militância progressista parece que está desiludida , aguardando não sei o que. Estamos há quinze dias do final da campanha e parece que os coordenadores de Dilma não reagem à altura. A campanha tem que mostrar claramente para o povo o que representa José Serra: escolas de péssima qualidade; falta de segurança; fim dos programas sociais; corte de gastos e investimentos; venda da riqueza do nosso pré-sal e outras afrontas a um País independente.

Responder

augustodafonseca13

14/10/2010 - 18h16

Enquanto isso…

Hoje se instala a 13a. UPP no Rio (Morro dos Macacos): mais um gol da política bem sucedida do Dilma/Lula/Cabral
http://migre.me/1zn4D

Responder

    Cícero

    14/10/2010 - 19h21

    Bem lembrado.

Cícero

14/10/2010 - 18h08

Temos de combater os tucanos, militando por Dilma a começar pela família, depois vizinhos, conhecidos nas ruas, nos bairros, colegas de trabalho, amigos e amigas que granjeamos na WEB, nas comunidades afins das redes sociais, Orkut, Face, durante a semana, nos fins de semana, ou no momento que der. Se cada um de nós conseguir convencer, pelo menos, um amigo, um parente, um colega, um conhecido, aumentaremos em muito as chances de vitória da Dilma Rousseff.

UNIÃO E ATITUDE: essa é a única forma de combater os canalhas golpistas.

Responder

Humberto Alencar

14/10/2010 - 18h07

Essa campanha e muito parecida com a do Maluf contra o Suplicy em São Paulo ,alguns anos atras ,não temos nada contra o Suplicy ,nos não queremos e o PT mandando aqui mais .Ta difícil ,hoje mesmo recebi um email sobre os sindicalistas no governo ,coisa de profissional mesmo,uma amiga também recebeu e ja veio logo me perguntando sobre isso,sem forcas para responder ,mandei aquele artigo do Nassif sobre esse momento ,sinceramente gente ,estou entrando e numa depre..Que Deus me ajude.

Responder

francisco.latorre

14/10/2010 - 18h03

os de coração duro e cabeça mole..

que não votam contra a fome e a miséria. nem a favor da prosperidade e do próprio bolso.

devem ser atingidos no fígado. não tem cabeça nem coração.

..

ameaça move.

é o figado que vai decidir.

medo. vergonha.

..

os trouxas..

tem que ter medo de perder o que ganharam.

e vergonha de entregar o brasil.

..

Responder

Urbano

14/10/2010 - 17h59

A única crise que vejo é a de neurônios; o resto vem a ser apenas considerações.

Responder

Rafael

14/10/2010 - 17h55

De certo modo, pode se dizer que estão para a estratégia do F.U.D.

Responder

Henrique Finco

14/10/2010 - 17h53

Prezado Azenha, o que não consigo entender direito ainda hoje é como houve uma queda tão brusca entre o que apontavam as pesquisas de opinião e o resultado final das urnas no primeiro turno. Não estou advogando nenhuma tese conspiratória, mas dada a fragilidade, em termos de segurança das urnas eletrônicas utilizadas no Brasil, não posso deixar de considerar uma possível fraude, tão sutil que permitisse um segundo turno. Aliás, o Paulo Henrique Amorim já havia levantado esta possibildiade de fraude. Considerando o que está em jogo, não é uma hipótese irrelevante. Porém, acredito que seja possível evitar isto, ou amenizar bastante, selecionado algumas zonas eleitorias para uma pequisa de boca de urna. Caso o resultado da pequisa fosse muito discrepante do resultado oficial, seria o indicativo de uma possível fraude. Como você coloca, a direitona tem muito poucos escrúpulos – e ter um pé atrás sempre é uma atitude saudável.

Responder

lcsouza

14/10/2010 - 17h49

Grande Azenha

Textos excelentes, esclarecedores

Esse parte dos comentários "maquiados" aqui do blog
eu até me influenciava pelo desânimo mas, pensando bem, olhando pro conjunto, Dilma vai ganhar!!
TA DECRETADO!!

Pelo bem do Brasil, das pessoas, da paz, da CONTINUIDADE
DILMA NELES!!!

Responder

Alder L. e Silva

14/10/2010 - 17h48

O grande problema da campanha da Dilma, foi achar que a eleição seria liquidada no primeiro turno. Não deram ouvidos aos comentários de vários internautas nesse e em outros blogs pregressitas, sobre a necessidade de rechaçar as constantes denúncia e boatos contra a Dilma, o governo e o PT. Se eles tivessem usado no primeiro turno a mesma estratégia que estão usando agora, com certeza a história séria outra.
A campanha da Dilma precisa explorar melhor as inúmeros contradições do Serra. O vice dele, Índio da Costa, declarou na semana passada que Serra era contra a PL 122, contra a união civil entre pessoas do mesmo sexo, ect,. Hoje , Serra declara que é favorável ao chamado "casamento gay". Serra disse que não conhecia o tal Paulo Preto, depois faz defesa vêemente do cara que ele diz não conhecer. A mulher do Serra, em campanha, declara que o Bolsa Familia estimula a vagabundagem, Serra diz que não só vai manter como ainda aumentar o valor do Bolsa Familia e ainda vai dar décimo terceiro sobre o benefício. É muita contradição para ser explorada!

Responder

Bonifa

14/10/2010 - 17h42

Fantástico, mestre Azenha. É simplesmente tudo. Seu poder de síntese se aprimora a cada minuto. É isso aí. E se todos os brasileiros soubessem da virulência do ataque da direita ao Obama… Foi este ataque contra a Dilma multiplicado por mil, sem qualquer exagero! Inventaram profecias, não apenas uma. Com grande conhecimento de História, inventaram profecias sumérias, babilônicas, hebréias, e sobre elas fizeram vídeos carissimos, com depoimentos de historiadores e tudo o mais, com o fim último de provar que o Obama era de fato o Anticristo que se estava impondo à Humanidade para iniciar o reinado de Satã. Acompanhei atônito, na época, me exasperava,e um amigo meu americano sorria e dizia: "Calma, meu caro. O Partido Democrata sabe como se defender de tudo isso. Não tenha temor algum. Obama vai vencer."

Responder

malba tahan

14/10/2010 - 17h42

Parte 4:

a)- O retrocesso que esta pauta significa para o Brasil;

b)- a má-fé da campanha, possto que nem dilma e nem o PT fizeram outra coisa que não continuar a regulamantação da legislação de 1940 que foi o próprio SERRA a propor.

Já disse isso várias vezes aqui e em ouros blogs: é preciso mostrar que esta regulamentação foi um avanço, que FOI SERRA quem a fez, que FOI duramente criticado na época, PELOS MESMOS SETORES que agora se juntam à ele, ou seja, é preciso desmascara-lo como FALSO e OPORTUNISTA

Acredito que, com esta pressão conjugada, esta onda vira. O problema é que sob a metralha, alguns setores da campanha de Dilma parecem estar convencidos de que a melhor tática é "dançar um minueto".

Responder

paulobueno

14/10/2010 - 17h38

a unica forma de a DILMA ganhar será
1-igualar a proposta do SERRA em relação ao aumento do minimo
2-contratar 27 carros de som e colocar um em cada estado fazendo campanha p/DILMA
3-fazer comicios todos os dias
4-fazer uma carta aos evangelicos
5-LULA começar a segui-la em comicios e caminhadas e buzinaços
com carro de som nas principais cidades do BRASIL
ai meu a vitoria e certa.

Responder

    Guilherme

    15/10/2010 - 10h11

    1 – Concordo. A proposta do PT para o salário mínimo é superior. Talvez este seja um dos motivos da debandada da classe média para o Serra. Pela projeção de aumentos atrelados ao crescimento do PIB, em alguns anos não poderão pagar os empregados residenciais.

malba tahan

14/10/2010 - 17h37

Parte 3:

Este extremismo religioso não é bem visto por uma larga parcela do povo que, seguindo Chico Buarque, está acostumado ao "terço e patuá". Não é a toa que esta manobra começou quase clandestinamente, detonada apenas por aquela fala da Mônica serra em Nova Iguaçu – um município de grande proporção de evangélicos. O rastilho foi colocado com cuidado, porque a operação toda era arriscada. AINDA É. Por isso eu acho que está na hora de mobilizar esta opinião democrática, mobiizar mesmo, com campanhas decartas, manifestações de rua, debates, etc., denunciando:

Responder

mariazinha

14/10/2010 - 17h36

D. DILMA tem que provar que tanto o serra como sua mulher são mentirosos. Os depoimentos das alunas da dita cuja mylher de serra, não deixam dúvidas qto. à maneira dúbia de viver desses dois; eles pregam uma coisa e fazem outra. Tem que ir atrás do hospital ou clínica que fez o aborto dessa aí, mentirosa!

Responder

Guilherme Souto

14/10/2010 - 17h35

Não é hora de chorar, tudo estava às claras, e – quase – todos ligados que enfrentar o Serra, e o que ele representa, deveria ser a meta.

Deveria ser sacrificada a ideologia, dando alguns passos para trás, sim, para num futuro tentar de novo…

Mas não, o susto dado em Dilma revigorou a campanha do Serra. E agora bate o desespero. Não adianta
chorar sobre o leite derramado não, gente.

Veremos no que dá essa bagaça! Saco, quanta dificuldade tem essa terra para avançar …

Responder

malba tahan

14/10/2010 - 17h33

Parte 2:

E aí, ao meu ver, situa-se o ponto importante: esta opinião, mais difusa, mas numerosa, que é CONTRÁRIA à pauta medieval que nos é imposta. A meu ver , há dois caminhos a seguir, EM PARALELO: a descontrução de Serra com,o paladino da moralidade ( o que é relativamente fácil – vide o episódio Paulo Preto) e um outro mais político e mais de massas que é justamente a mobilização desta opinião difusa QU NÃO CONCORDA com esta pauta retrógrada. Esse, a meu ver, é o ponto central: tanto para desmontar o Falso-moralismo de SERRA, quanto para ENFRENTAR essa coalizão de extrema-direita que se articulou em torno dele

Responder

malba tahan

14/10/2010 - 17h29

Parte 1

Tenho conversado muito nos últimos dias e não só com pessoas politizadas, mas com pessoas mais comuns, no trabalho, na vizinhança, etc. Existe, sim, um clima anti-Dilma, mas existe também um clima IMPORTANTE, que é exatamente CONTRA este fundamentalismo religioso. Muitas pessoas percebem de onde esta onda veio. O tal guro é um bom palpite, mas agora este não é o ponto. A Análise fica pra dia 01 de novembro. O importante agora é REVERTER o quadro. Acho que é possível porque, na minha estatística. Os conservadores e direitistas aproveitaram-se disso, mas não são maioria. Há um efeito de maria -vai-com-as-: pessoas que votariam em Dilma pelo que o Governo representou nas suas vidas, mas que dela se afastam porcausa da pauta fascita que foi imposta à campanha.

Responder

Thiago

14/10/2010 - 17h26

Galera, temos que trazer esse tema para o debate e botar o Serra na parede!!!! O candidato tem que ser questionado sobre o caso Paulo Preto!!! Passem esse vídeo para frente!!!

Vídeo baseado em uma fala do candidato José Serra em seu programa eleitoral e em uma série de reportagens em ordem cronológica que levantam a seguinte questão:

Se José Serra defende Paulo Vieira de Souza (Vulgo Paulo Preto) e, portanto ratifica o processo por calúnia e difamação movido por Paulo contra Eduardo Jorge (Vice-presidente nacional do PSDB) e Evandro Losacco (Tesoureiro-adjunto do PSDB) que acusam Paulo de arrecadar dinheiro não declarado para a campanha política de 2010, ação conhecida como caixa 2, e de fugir com 4 milhões de reais por que não retira os caluniadores do núcleo de sua campanha ou ao menos os repreende publicamente??? Serra dará espaço para intrigas em uma eventual vitória no segundo turno por não ter o "pulso firme" para repreender os deslizes de seus aliados??? Serra por favor responda!!!!

[youtube _G6UEV-MJjc http://www.youtube.com/watch?v=_G6UEV-MJjc youtube]

Responder

Cristiana Castro

14/10/2010 - 17h25

Eu não sei se é razoável, acusar a campanha de Dilma qdo, todos nós aqui sabemos que a Imprensa inteira está fazendo campanha para o Serra, ou pior, contra a Dilma. Tb, nós estamos querendo fazer cortina de fumaça para não enxergar o óbvio. Qdo alguém resolve sair do script o MPE cai de pau em cima.

Responder

Hugo (comodín)

14/10/2010 - 17h22

SAIU NO DIÁRIO DE PERNAMBUCO 12 / 10 / 2010 (CADERNO DE POLÍTICA)

ISSO É PRA QUEM DÁ OUVIDOS A PADRES SEM SABER QUE OS MESMOS MUITAS VEZES SÃO TÃO RUINS QUANTO QUALQUER PESSOA…

O HISTÓRICO POLÊMICO E RETRÓGRADO DO ARCEBISPO DA PARAÍBA QUE VEM DETRATANDO DILMA NO YOUTUBE

Thaís Cirino ([email protected])

Dom Aldo de Cillo Pagotto tem um histórico à frente da Arquidiocese da Paraíba de muitas polêmicas. Ele assumiu o arcebispado em 5 de maio de 2004 e logo seguiu o caminho diverso dos seus antecessores, dom Marcelo Carvalheira e dom José Maria Pires, afastando-se das comunidades eclesiais de bases, que considera um modelo ultrapassado. O arcebispo logo entrou em confronto com a Comissão Pastoral da Terra (CTP).

Quando o ex-prefeito e atual senador Cícero Lucena (PSDB) foi preso em 2005 pela Polícia Federal na Operação Confraria, acusado de fraudes em licitações públicas, dom Aldo foi visitá-lo no 5º Batalhão da Polícia Militar, em João Pessoa, considerando a detenção um absurdo.

Dom Aldo também se posicionou em defesa do ex-governador Cássio Cunha Lima, cassado em fevereiro de 2009 pela Justiça Eleitoral. Primo do falecido arcebispo de São Paulo, Agnelo Rossi, o arcebispo da Paraíba também entrou em choque com o padre e deputado federal Luiz Couto (PT), chegando a suspender a ordem sacerdotal do religioso-político, após este defender durante uma entrevista a um jornal o uso de preservativos, opor-se à discriminação contra os homossexuais e ser favorável ao fim do celibato.

No último mês de setembro, dom Aldo Pagotto foi alvo de uma carta aberta pedindo sua substituição da Arquidiocese da Paraíba. O documento foi assinado por 50 pessoas, leigas e religiosas, integrantes de sindicatos e entidades ligadas à Igreja Católica, O texto, que apontava uma "longa sequência de atos deploráveis reiteradamente cometidos pelo arcebispo", acusando-o, inclusive, de ter preferência pelos riscos no lugar dos pobres, foi enviado à Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Responder

Rodrigo Carvalho

14/10/2010 - 17h17

Azenha eu fui um dos que citaram que estaria perdida, mas com certeza não fiz por maldade…minha indignação é com o amadorismo do PT, não consigo entender. Em Minas Gerais o Pimentel e seus seguidores entregaram a prefeitura de BH ao Aécio, o PT e a candidatura Dilma enfraqueceram aqui, obviamente pelos mesmos motivos de todo o país. O PT com PImentel jogou contra o PT.Agora essa inércia, inoperância, olha, pelo que tenho percebido muitos e muitos alertaram o PT, que continuou no marasmo. O pior é aguentar um governo tucano…mas de criar espanto é o fato da classe média em nada haver evoluído em termos de criticidade, de 1964 até hoje e depois ainda dizem que por tereme studo são críticos e entendem das coisas e que pobre não sabe votar. Já relatei o caso mais esquiisito, o pai professor de ciência política, com doutorado recomendou à filha o voto em Dilma e a filha retrucou dizendo que leu na Veja e na Folha sobre a Dilma e que não votaria nela. Não há como acreditar com uma clçasse média assim e um PT assim.

Responder

Thiago

14/10/2010 - 17h17

Quem vota em Dilma quer o Lula. Talvez seja a hora de anunciar um futuro ministério para Lula.

Com maioria no senado e na câmara, um ministério da articulação política, uma casa civil, para o Lula, cairia bem.

O povo quer o Lula, mas, os boatos conseguiram descolar Dilma dele.

O povo aprova o Lula, mas parece ter perdido um pouco da confiança de que Dilma vai continuar seu trabalho.

Responder

Jorge Araújo

14/10/2010 - 17h14

d) vídeo comparando os vice-presidentes, como uma campanha séria pode colocar um vice como o tal do Serra, nisso o da Dilma ganha pela larga experiência e formação; e) um video com o que ocorreria no Brasil com uma crise que tivemos com a política de arroxo do PSDB sem a Petrobrás e os bancos públicos para ajudar a economia e, por fim, um video conscientizando os eleitores para o que eles querem nos próximos 4 anos, um novo governo do psdb, com cheque em branco para privatizar o que ele quiser e cortar os programas sociais

Responder

Jorge Araújo

14/10/2010 - 17h14

Sugestões para a Campanha: a) retomar o Lula pesado na campanha falando como se ele próprio é que pudesse perder da eleição (por a perder todo o governo dele); b) fazer de forma urgente as inserções mostrando como o Serra trata os movimentos sociais (video mostrando o quebra pau dos professores em são paulo, video mostrando o FHC dizendo que o Serra foi maior entusiasta da privatização, video mostrando que não foi o Serra que criou os genéricos e nem o FHC o plano Real; c) fazer matéria especial mostrando a entrega do patrimonio nacional aos estrangeiros (pior do que privatizar é entregar aos estrangeiros (essa não podem perguntar ao palocci nem a cardozo);

Responder

Jorge Araújo

14/10/2010 - 17h13

O problema maior é que estamos perdendo a guerra da comunicação, isso porque: a) O PIG está atuando como nunca para eleger o candidato adversário ao governo; b) a baixaria corre solta na internet; c) a Campanha da Dilma ainda não encontrou um eixo central (continua insistindo só na comparação, não descontroi o Serra é do Bem; d) a Campanha engoliu a conversa dos "especialistas" de que seria preciso mostrar mais a Dilma e agora as pessoas estão desconectando a Dilma do Lula, o que tem sido péssimo para ela.

Responder

Renato

14/10/2010 - 17h07

Olhem possíveis comentários do Ministro Celso Amorim e o Coordenador da campanha Marco Aurélio Garcia no twitter (me parecem que são usuários fakes).

MinCelsoAmorim
"Terminando a Era Lula Fase II, posso dizer que nosso ponto alto foi barrar o visto daquele jornalista delinquente do NYT, o Larry Rother"

Marcoagarcia_
"Acho q tivemos azar de Nao ter um brasileiro naquela mina chilena. Poderíamos ter levado a Dilma lá para faturar politicamente. Sorte do Evo"

Responder

    Terezinha

    14/10/2010 - 21h06

    Vc. acha?

Felipe Vizzoto

14/10/2010 - 17h06

Pô, Azenha, é verdade.
Agora que você disse, que eu fui notar, na maioria dos blogs (C. Af, Escrevinhador, etc) esse tipo de comentário está aparecendo.

Acho que o deve ficar bem claro é que fizemos quase 47% dos votos no primeiro turno.O serra fez só 32%.O caminho até a vitória é muito mais próximo para nós do que para eles.Acho que as pessoas que, de alguma forma, se desanimam na campanha esquecem disso.

Vai ser um segundo-turno muito difícil? Isso, sem dúvida será, mas só acho que todos tem de ter claro na cabeça que não estamos perdendo, nem nada do tipo, seguimos na frente e o trabalho de conscientização não pode parar.

Por fim, conseguimos checar a "eficácia" dessas instituições de pesquisa no primeiro turno.Alguns davam a vitória incontestável de Dilma no primeiro turno e outros davam quase 40% pro Serra e 14% pra Marina.Acho que devemos ter muita cautela com essas pesquisas.

Um grande abraço!

Responder

Marc

14/10/2010 - 17h05

Os boatos devem desmentidos de modo objetivo e direto (declarações) mas também de modo emocional subjetivo (depoimentos, cenas familiares, etc).

Tem um ponto que eu gostaria de destacar.
A realidade americana é muito assustadora para um americano, pois:
Renda – a renda vem caindo a décadas.
Desemprego – o desemprego e seu impacto são terríveis (sem renda, sem assistência médica, etc)
Guerra – Guerras em vários cantos do mundo
Terrorismo – as torres gêmeas e seu significado.

Isto vale para o México, Bolivia e outros lugares onde estes recursos foram usados.

Trazer estas técnicas para a realidade brasileira tem alcance limitado e acredito que o PT tem todas as condições para desmontar este discurso, pois a nossa realidade não espelha este clima de medo, o medo é artificial.

Para combater o medo temos de usar a verdade e o otimismo.

Obviamento não devemos esquecer de desconstruir a imagem do Serra.

Responder

D.O.P.

14/10/2010 - 17h03

Sei de alguns amigos e amigas negros que não votarão em Dilma. Conheço mulheres que não votarão nela. São dois grupos sociais que tem que ter que ser trazidos de qualquer maneira , em massa, pro lado dela. Semk cair no baixo nível e superficialidade quase fundamentalista deles, deveria se atender também esses dois grupos, no programa, de maneira simples, mostrando os resultados. Como por exemplo a recente matéria de Carta Capital sobre o efeito positivo das cotas nas universidades e a diminuição da violência doméstica. Fora outras coisas.

Responder

    Francisco

    14/10/2010 - 18h34

    Companheiro, o PT tá comendo mosca! O partido de apoio deles entrou com ação na justiça para proibir os negros de entrarem nas universidades! é ISSO AI, A ACUSAÇÃO TEM QUE SER ESSA. Ah, não foi bem assim que o DEMO falou? Então tá! Se o PT ficar com muita presepada de ser o certinho, ELES vão fazer a Lei de Mídias! Tem que botar no ar (há imagens, há documentos, é real, NÃO É INVENÇAÕ) e deixar o ônus de explicar para Serra e o PSDB!!!

    Tá muito mocinha, tá parecendo o Brasil na final da Copa da França!! Acorda ENQUANTO É TEMPO.

Eduardo

14/10/2010 - 16h59

Isso deve ser tudo ideia da soninha "adoro um carguinho" francine, chefe da campanha doserra na internet. Aquela que disse que o metrô parou porque o PT sabotou. Ela foi demitida da TV cultura pela turma do serra porque disse que fumou maconha. Muita gente boa a defendeu, mas bastou uma carguinho numa subprefeitura para ela debandar para o lado daquela gente que um dia a discriminou. Essa tem caráterrrr.

Responder

RST

14/10/2010 - 16h57

Alo Azenha: Li agora no blog doRovai:

Início
Newsletter

Lula inicia hoje à noite série de aparições no programa de TV
14 de outubro de 2010 às 15:50 2 Comentários

O marketing de Dilma vem trabalhando desde o dia do debate na Band para apresentá-la como uma pessoa decidida, corajosa e preparada para governar o país. Todos os programas foram centrados em diminuir a desconfiança em relação a ela. Essa desconfiança se iniciou 15 dias antes do primeiro turno e parece que atingiu seu limite. Foi estancada com tendência a inverter o sinal. A parcela mais influenciável do eleitorado já estaria reavaliando se de fato Dilma não estaria sendo atacada de forma mentirosa por conta dos interesses eleitorais.

A avaliação de dentro da campanha é que “com atropelos aqui e ali” a estratégia teria dado certo.

A onda azul, entendem, já chegou praticamente ao teto. Serra teria crescido muito cedo e isso permitiu que a militância petista e a organização dos aliados no Brasil inteiro acelerassem pra não deixar a peteca cair.

Mas como a campanha ganhou contornos imprevisíveis, mesmo isso tudo poderia não ser suficiente para garantir a vitória.

E por isso, Lula entra em campo a partir de hoje à noite. Seus depoimentos serão dedicados à faixa mais simples da população brasileira. O objetivo é mostrar que não se pode perder o que se conquistou nesses 8 anos.

Na avaliação deste blogueiro, a volta de Lula é algo importante. Ele é craque. Craque faz a a diferença. Mas não ganha jogo sozinho.

Por isso sugiro aos amigos que leiam o post aí debaixo e ajudem a construir a corrente a favor do Brasil.

Responder

Nelle

14/10/2010 - 16h56

Então Azenha,qual é a saida?Existe saida?

Responder

carlos costa

14/10/2010 - 16h55

não é simples como diz o celso silva; não existe conversa franca e aberta em debate, ainda mais com serra; o proprio formato dos debates inviabiliza isso; a situação esta muito complicada; o somatorio de um eleitorado fragil mais uma midia inescrupulosa torna o resultado completamente imprevisivel; a derrota da dilma nessas circunstancias sera uma desgraça colossal para o brasil; urge todos nos mobilizarmos para tentar evitar essa tragedia.

Responder

Renato Guimaraes

14/10/2010 - 16h52

Escrivi sobre isso no meu blog: Desconstruindo a campanha difamatória contra Dilma Rousseff – http://sustentanews.wordpress.com/2010/10/06/desc

Responder

Marcelo de Matos

14/10/2010 - 16h49

O pastor Silas Malafaia quebrou a cara. Com aquele discurso mais falso que nota de 600 reais, começa afirmando que admira o Presidente Lula, não gosta de política, como a generalidade de seus fiéis, etc. Depois critica o projeto da deputada Iara Bernardi, derrotada nas últimas eleições, em favor dos gays. Aí ele começa a falar mal do Lula e do PT. Quebrou a cara porque Serra e seu vice Índio acabam de se declarar a favor da união civil homossexual. Como diria aquele ministro do Lula: top, top, top.

Responder

    Paulo

    14/10/2010 - 18h20

    Marcelo,

    O problema aí é outro conforme o próprio texto do Azenha: o Serra surge como a solução inteligente e moderna, que defende a união civil gay e protege a igreja, enquanto a Dilma corre atrás de desfazer boatos e fica com cara de quem recua e diz e desdiz.

    Encontrei um blog gospel hoje enquanto navegava no jornal de minha cidade que dizia que Dilma VETARIA as bandeiras históricas do PT sobre aborto e união civil gay. VETARIA.

    Enquanto a campanha do Serra vai colocando a pauta, colhendo os votos do mal entendido provocado para, logo depois, apresentar a solução com a ajuda da repercussão da mídia de longo alcance, a campanha da Dilma vai sendo encurralada.

Orlando Bernardes

14/10/2010 - 16h49

A campanha da Dilma tem o horário eleitoral e os debates para colocar na agenda os temas que interessam e para desmascarar o que foi o governo deles – PSDB/DEM, nos oito anos que estavam no poder. Tem que prosseguir no que foi o debate na Band. É só comparar o governo deles com o do Lula. É até covardia! E reviver as promessas do coiso que não são cumpridas, vide o documento registrado em cartório e a promessa ao vivo com um deles, Casoy, que ficaria no cargo de prefeito de São Paulo até o final do mandato. Todos sabem o que aconteceu. É fácil desconstruir o coiso e sua canalhada.

Responder

anna

14/10/2010 - 16h48

Quase não comento ,mas leio todos. Também observei o aumento de desvios de assunto,tornando a leitura até um pouco dificil. É o metódo da alienação, com comando. Exemplo, as informações contidas no "Caminho da boataria,Tony Chastinet" esclarece coisas graves, não são coisas de amadores, fazem parte de um sistema perigoso. È de deixar o cabelo em pé. No entanto nos comentários, a cada com um dentro do assunto , vem pesquisa,boato , links, dona dos ocúlos vermelho ,desânimo. Fica tudo tão fragmentado, FAÇAMOS O EXERCÍCIO, DE NÃO SAIR DO FOCO. Estou lembrando do fime "LARANJA MECANICA" . Sobre o CAF ,não consegui acessar hoje a tarde.

Responder

francisco.latorre

14/10/2010 - 16h44

dilma vai ter que apelar pro bem contra o mal.

escancarar.

..

Responder

    Evanir Gonzaga

    14/10/2010 - 18h05

    AZENHA: Sinceramente estou lhe extranhando, pois do jeito que você comenta e mostra você está ao lado deste pessoal ai da direita. Pelo visto você está prestando é um desserviço a nossa causa. Voce está emparelhando é com o Josias da Folha,
    Qui que issso companheiro!
    Será que deram um golpe de Estado ai no seu blog?
    Aliás, ultimamente você tem me surpreendido com alguns comentários. Será que você está com vontade de voltar pra Globo?

miguel grazziotin

14/10/2010 - 16h44

Os marketeiros de Dilma a deixaram sangrar até o fim no primeiro turno, evitando o revide, o ataque. Tanto sangrou que foi ao segundo turno.
Agora alguns querem o enfrentamento, outros insistem na tatica "apanha quieto".
Para mim há 2 problemas:
1. Dilma nao é o Lula, com o passado e governo exitoso.

2. Faltam15 dias e como diz o ditado, quem cala consente.
Na minha opiniao, querem paralisar DIlma, para que nao revide. E se nao revidar, estará na sexta 29, atrás de Serra, e o pais entregue ao americanos…..

Responder

Sadi A. de O. Jr.

14/10/2010 - 16h43

De fato Azenha, estes boatos estão se proliferando mais e mais. Quando nos propomos a uma argumentação, algumas pessoas ficam até cansadas de tanto que já falamos a respeito! Mas não podemos desistir. A Dilma será nossa presidente!!! E não pela ação do custe o que custar que o outro partido usa, mas sim pela soberania de um povo que não aguenta mais essa corja de mentirosos e caras de pau. VAMOS À LUTA MILITÂNCIA, e como diz uma celebre frase de um tal de CHE, HASTA LA VITORIA, SIEMPRE!!!

Responder

Clovis

14/10/2010 - 16h42

É!! Mas se a imprensa brasileira não desse apoio, isso daria em água. A voz do povo é a voz de Deus, aqui no Brasil essa voz é burra. Vejo que a Igreja não tem um foco direcionado só para o criador tem também para o destruidor

Responder

vitor rocha

14/10/2010 - 16h40

eu acho incrível que ainda existam brasileiros a votarem no PSDB. Que fosse a Traíra pro segundo turno. Mas o jeito PSDB de governar…é demais!!!!!!! E pelo que parece eles podem ganhar a eleição. É triste, muito triste. Eles podem ganhar, não com meu voto. Não encontro explicação pra isso…..

Responder

trombeta

14/10/2010 - 16h38

Perfeita a sua análise Azenha, há muita coisa estranha no ar, aqui no RS, durante o governo Yeda ficou nítido esse poder invisível mas muito atuante que eu chamo de "maçonaria". O que se verifica em nível nacional é que a luta contra o conservadorismo não é só contra o PIG mas contra o próprio establischment, há uma organização e sincronia impressionantes como você bem acentua.
Pegue-se o caso emblemático da dra. cureau, só não vê quem não quer a sua atuação parcial, seu papel de constranger a pouca mídia independente que temos no país, ela trabalhou contra a carta capital e agora investe contra o combativo PHA, suas denúncias são sempre embasadas no quarteto golpista folha/globo/estadão e veja, se houver denúncia em outro veículo é como se não existisse.
A esquerda, ingênua como sempre, acha que vai ganhar a eleição com conversa de escoteiro, Dilma ainda tem boas chances mas precisa afastar algumas pessoas que fazem carreira na terra pra ir para o céu como Palocci e Cardozo, tem que trocar e botar gente boa de briga, barraqueira mesmo; no front internet precisa nessa duas últimas semanas aumentar por 10 a mobilização e o contra-ataque; o jurídico precisa pedir a suspeição e o afastamento da dra.cureau pelas razões que todos conhecemos.
Essa "guerra" não é convencional desafia uma nova estratégia, você tem razão.

Responder

    marcos de desterro

    14/10/2010 - 18h57

    Concordo, o Palloci tem mais é que ir pescar traíras em Maúa e Ribeirão Preto!

JOnas Buarque

14/10/2010 - 16h38

Caro Azenha,

vi o documentário há algum tempo e, realmente, é tudo o que a direitona está fazendo nessa eleição. Na verdade, o que eles querem é que nós, eleitores de Dilma, fiquemos envergonhados em declarar nosso apoio em público. Na campanha de 2006 tb ocorreu algo parecido, que só não vingou porque Lula sempre ditou os rumos do segundo turno e levou Alckmin às cordas no horário eleitoral.
Na verdade, quem vota em Dilma jamais pode esconder seu apoio. Tem de colocar adesivo no carro, agitar bandeiras e conversar sempre com os mais humildes para pedir apoio. Nesta sexta-feira (15), eu e um grupo de amigos vamos seguir uma sugestão do blog do Rovai: gravar uma série de depoimentos favoráveis à Dilma, com nome, sobrenome, profissão e postá-los num espaço que está sendo criado exclusivamente para essa ação. Que cada um faça sua parte, porque temos tudo (inclusive votos) para derrotar mais uma vez a direita. Vamos lá companheiros!!!

Responder

Cícero

14/10/2010 - 16h37

O Rodrigo Viana publicou hoje, em seu blog, uma matéria sobre a fonte dos emails caluniosos contra Dilma Rousseff. Emails que, segundo o jornalista Tony Chastinet, partem de um SITE MANTIDO PELA EXTREMA-DIREITA.

CLIQUE NO LINK E VEJA DE ONDE PARTEM OS EMAILS CONTRA DLMA:

http://www.rodrigovianna.com.br/plenos-poderes/bo

Responder

    Valter

    14/10/2010 - 18h24

    O Ciro ja falou sobre isto tambem.

Pedro

14/10/2010 - 16h30

É muito difícil enfrentar o submundo ideológico da direita. Ela apela para aquele fundo mental que cultivou durante séculos como substrato de sua dominação de classe. Goebbels forneceu os elementos básicos desse trabalho. A gente se surpreende com a eficácia de uma mentira. Seus autores não fazem nenhum esforço em mostrar que não estão mentindo. A diferença entre nós e eles é que nós temos que demonstrar que não estamos mentindo. Em princípio, todas as mentiras que eles propalam é verdade porque Goebbels lhes ensinou a construi-la ponto por ponto. A verdade deles é construída como um anúncio comercial. Quanto mais mentiroso, mais eficaz. Não se surpreendam se descobrirem que a parte mais convincente da campanha do Serra estiver sendo feita por convictos nazistas.

Responder

Tácio Nunes

14/10/2010 - 16h29

Rapaz, acabei de ler uma matéria na carta capita a respeito da independência da diplomacia brasileira, da superação do complexo de vira-lata dos antigos diplomatas, e você sabe que me deu uma tristeza da pêga de perder tudo isso, de voltar-mos a velha maxima de que se é bom pros EUA é bom pro Brasil, rapaz tudo isso vai por água abaixo? Meu Deus tomara que não, porque se Dilma perder essa eleição ja vi que o Brasil nasceu pra ser pequeno.

Responder

El Cid

14/10/2010 - 16h27

O pedido de Serra aos seus eleitores para conseguir de cada eleitor simpatizante pelo menos mais um voto parece estar produzindo efeitos entre aqueles que não têm escrúpulos em atemorizar empregados, eleitos pela elite como alvo preferencial e mais fácil para essa conquista.

Empregados, muitas vezes, se sentem obrigados a uma obediência cega aos patrões.

Tenho ouvido relatos revoltantes do uso disseminado dessa prática.

É importante para a campanha da Dilma esclarecer que ninguém deve obediência a ninguém na hora de votar.

Recomendo a todos que fiquem atentos, na sua vizinhança e entre os seus conhecidos, para ver se alguém está usando dessa tática de atemorização para procurar imediatamente desconstruí-la.

Embora não seja a nossa prática usar da atemorização para conseguir votos, nós também poderemos, e devemos, tentar conseguir, pelo convencimento, mais DOIS votos para a Dilma.

Responder

Claudio Machado

14/10/2010 - 16h26

Os sapientes políticos, intelectuais e marqueteiros da Dilma, do alto de sua infalível experiência acharam que bastaria termos feito um ótimo governo e transmitir esses feitos em programas televisivos impecáveis e pasteurizados (lindos, por sinal), que a disputa tava no papo. Isso teve efeito no começo, mas depois já não bastava. Essa campanha subterranea estava em andamento, fazendo seus estragos, se consolidando, se legitimando na midia e a campanha da Dilma continuava na mesma tocada. Não perceberam o que estava acontecendo, ou se perceberam, desdenharam. Tenho dito desde o início de setembro, que o jogo tem que ser jogado no campo disponível e com as regras impostas. Agora não é hora de altruismos e fórmulas mágicas, pois nos levaram para um campo esburacado e com regras que permitem chutar a cabeça do adversário. Então é isso que devemos fazer. Ou será que não temos imaginação e informações o suficiente para detonar esses corvos travestidos de tucaninhos inocentes? A estratégia para os últimos quinze dias tem que ser: Façamos o que é certo, mas façamos também o que é errado (moralmente), mas dá certo. Não tem outra forma. Sei que vamos ganhar, mas temos que abrir os peitos e quebrar o pau.

Responder

Francisco A de Lima

14/10/2010 - 16h21

venceremos mais o PT tem que fazer sua parte.

Responder

    Hugo (comodín)

    14/10/2010 - 18h10

    O problema, é desfazer a imagem horrível que Serra implantou sobre Dilma com apoio da Rede Globo e dos jornalões…

    A rede Globo junto com o PSDB agora está jogando de forma aberta e cínica contra Dilma e tá se lixando dos setores que a conhecem bem e falam a verdade sobre ela na internet… A força dessa emissora, infelizmente ainda é muito grande…

    Meu sonho é ver essa emissora no buraco, assim como a VEJA… Espero estar vivo quando esse dia chegar.

sergio

14/10/2010 - 16h18

Vamos convencer cada eleitor que a vitória é nossa, nada de desanimar ,Dilma está na frente e vai bater duro nos próximos debates.

Responder

Jane Medeiros

14/10/2010 - 16h17

Neste momento não adianta buscar culpados. É necessário buscar alternativas. Desde as inicativas mais simples, considerando que cada voto é super importante. Conversar com os porteiros do seu prédio, taxista, parentes, colegas de trabalho. São pessoas que não tem acesso aos blogs, nem cultura suficiente e que são facilmente manipuláveis. Não tem a menor idéia do que está acontecendo.
A cada hora Serra (e cia.) cria fatos novos que repercutem na midia. Agora mesmo começou a defender a união civil entre homossexuais, procurando votos entre este eleitorado. Tenta confundir Dilma.
É preciso articulação: que as lideranças de cada Estado, comprometidas com Lula, se mobilizem. Tem que correr atrás do prejuizo. Não é só Lula. Pelé era super importante, um gênio, mas para ganhar a copa precisou de uma seleção de 11. Cada pessoa que acredita em Dilma/Lula tem que fazer sua parte.

Responder

frederico

14/10/2010 - 16h17

Perfeit, Azenha. Será que ainda temos tempo??? Como a coordenação dela analisa a questão?

Responder

Hudson Luiz

14/10/2010 - 16h15

Azenha

Sejamos claros. Aguns fatores ajudaram a tornar o segundo turno uma incognita. Dentre esses fatores estão o salto alto do PT; a apatia da militância que também achava quea eleição já estava decidida; o fato de muitos pestistas da origem sentirem certo mal estar votando em Dilma, sendo ela neofita no PT, sendo que tinham as opções Marina e Plínio, ptistas históricos; o enorme erro estratégio que foi entregar a prefeiura de BH pro Aecinho e depois, pra piorar a sitaução, o PT nacional obrigou a seção mineira a apoiar Hélio Costa — quem cuidará da campanha em Minas agora???
Ainda dá vencer o segundo turno? É claro que dá. Pra isso é necesário botar os movimento sociais na rua, mostar a hipocrisia e contradição existente na sacrosassanta alinça PSDB/DEMO/PPS e focar a campanha em SP, MG, RS e RJ.

Responder

Flávio

14/10/2010 - 16h13

Dilma precisa abrir o jogo mesmo no próximo debate.

Responder

A. R. Carvalho

14/10/2010 - 16h07

Prezado Azenha,

"Esta campanha tem o dom de deslocar o debate das questões que realmente importam para o futuro do Brasil. Tem o dom de afastar o debate das questões econômicas e dos projetos de governo".

O que eu gostaria de saber é por que tudo isso não é explicado de forma didática, de preferência pelo presidente Lula, no horário eleitoral gratuito da TV. Ninguém explica que todos esses ataques a Dilma têm por finalidade desviar a atenção do eleitor do sucesso do governo, da popularidade do presidente Lula, da ausência de programa etc. Não entendo.

Responder

Armando do Prado

14/10/2010 - 16h07

Politizar, eis o remédio. Politizar e bater sem trégua no mentiroso e cínico do Serra Rubnei. Enquanto isso, uma perguntinha: o que faz o comando da campanha, principalmente o jurídico que até agora não processou dona Mônica Serra por calúnica e Merval por fazer propaganda na CBN travestido de comentário de pesquisa????

Responder

    Evanir Gonzaga

    14/10/2010 - 18h18

    Vocês já observaram que neste Blog é onde mais tem pessoas postando coma seguinte dica: Será que ainda dá? estou com Dilma, mas,! etc e etc. Parece que aqui tá cheio de Tucanos!
    Observem se não é isto!

Catatau

14/10/2010 - 16h05

Muito bom, bela análise.

O problema é: como conseguir colocar os idiotas (no sentido etimológico mesmo: aqueles que não se abrem ao debate) em discussão?

Responder

sergio figueiredo

14/10/2010 - 16h02

azenha

acho incrível como ate agora as veronicas serra e dantas e a decidir.com nao entraram na pauta das eleições

como pode a filha de um candidato a presidente ser socia, em miami de um banqueiro condenado a 10 anos de prisao por corrupção e ninguem querer falar nem esclarecer isso?

ajuda ai azenha, cobre e coloque em pauta a discussão desse tema

é nossa bala de canhão de prata

abs

Responder

sergio figueiredo

14/10/2010 - 16h00

azenha

acho incrível como ate agora as veronicas serra e dantas e a decidir.com nao entraram na pauta das eleições

como pode a filha de um candidato a presidente ser socia, em miami de um banqueiro condenado a 10 anos de prisao por corrupção e ninguem querem esclarecer e nem falar nisso?

ajuda ai azenha, cobre a discussão desse tema

é nossa bala de prata de canhão

abs

Responder

José Vitor

14/10/2010 - 16h00

Não se pode esquecer a contribuição de Marina Silva, linha auxiliar de Serra. Fez campanha para levar Serra ao 2º turno, e conseguiu. Com aquele discurso superficial e "genérico", foi o destino dos votos dos indecisos que foram influenciados pelo massacre midiático e pelas campanhas de difamação.

Aliás, coloque-se aí também os padres e pastores mais atrasados, com a conivência tácita de suas hierarquias.

Pensando melhor, a campanha difamatória não teria funcionado se não tivesse o apoio de setores externos ao PSDB: a máfia midiática, o MPE (que agora está atrás do PHA, mas nunca viu nada de errado no PIG!!!), os religiosos, a candidatura Marina, a ineficiência do TSE…

E tudo indica que vai recrudescer o massacre contra a Dilma…resta ver se a campanha da Dilma tem condições de reagir.

Responder

Monica

14/10/2010 - 15h59

E o terrorismo religioso,continua.
vejo que a Record pode fazer a diferença midiática,pq não vai aparecer/sair em outro meios de comunicação,
a constatação de que o boato religioso,levou a eleição p/ o 2º turno.
É uma arma que se bem utilizada, servirá de contraponto aos boatos.
Profissionais competentes,tem de sobra.

Responder

André Lux

14/10/2010 - 15h58

O que mais irrita é que todos nós da blogosfera vínhamos denunciando essa prática da direita desde o começo do ano e o PT nada fez. ..

Responder

Elton AD

14/10/2010 - 15h58

Azenha e a nova que saiu no Correio do Brasil sobre o aborto da Sra Serragio????
http://correiodobrasil.com.br/ex-alunas-de-monica

Quem é que mata criancinha agora???

Responder

    marcos de desterro

    14/10/2010 - 17h35

    Cheira isca. Melhor não morder e reepudiar veementemente: vida pessoal não é arma política… é bem o jogo deles: nivelar, apagar as diferenças! Acho que a tendência favorável a eles bateu no limite e que lentamente a Dilma está ganhando estatura entre o povo brasileiro…

    junior

    14/10/2010 - 18h03

    Isso é fake

marcio wilk

14/10/2010 - 15h58

A Band (que tem o DNA do jornalismo) ontem deu mais uma prova disso no programa BandEleiçõe, que vai ao ar lá pela meia noite. Convidaram o presidente do PSDB, Sergio Guerra, só ele, para discutir o debate e as pesquisas…..pode uma coisa dessas? não existem leis nesse pais? No final, com a benção do Serrista Panuzzio e de um MItre abobalhado decretaram que Serra venceu o debate e que , na verdade, as pesquisas sugerem um empate técnico!

Responder

Josnei Di Carlo

14/10/2010 - 15h56

Escrevi mais de uma vez no Vi o Mundo que mudei meu voto na última hora por causa da campanha subterrânea contra Dilma. Ia votar em Plínio, mas, ao notar que a campanha subterrânea estava minando Dilma aos poucos, revolvi votar nela. Devo ter sido um dos poucos de esquerda que fez o movimento do voto ideológico para o voto pragmático de vencer a direita antes que ela ganhasse mais força.

Estou preocupado com a possível derrota de Dilma. Acho que a liberdade de expressão correrá sérios riscos. Não só ela, claro. Com Serra na presidência, os blogs críticos a ele que se cuidem. Carta Capital, então, nem se fala. Enfim, só posso esperar o pior de um governo cujo núcleo ideológico será o obscurantismo.

Responder

    Evanir Gonzaga

    14/10/2010 - 18h22

    Veja ai, se isto não parece conversa de Tucano. Estou preocupado com a possibilidade da derrota etc e etc. Me desculpem masm isto é trololó de TucanoDemo e ninguém desconfia!

Jeferson Melo

14/10/2010 - 15h53

Nessa campanha pantanosa, a ação dos grupos religiosos merece atenção. Além do preconceito secular contra a mulher, as batinas temem perder um importante ativo econômico: os pobres. Se o combate à miséria segue no ritmo alcançado no Brasil, como ficam as campanhas de "ajuda humanitária" para os subdesenvolvidos daqui? Como convencer o europeu condoído a enfiar a mão no bolso a ajudar os pequenos miseráveis do Brasil? Quantas ONGs seriam inviabilizadas economicamente e teriam diretores – empreendedores sociais – desempregados? O butim é farto e a miséria é lucrativa.

Responder

marcos de desterro

14/10/2010 - 15h53

Concordo, eles estão muito articulados e muito sútis. Explorando todos os preconceitos disseminados pelo pais. E estão conseguindo exatamente esse efeito: gestar um clima de dessinteresse pela política. As pessoas estão amendrontadas. A campanha não ganha as ruas. As pessoas não declaram seu voto abertamente… Tá difícil conversar com as pessoas, estão meio histéricas, não analisam as informações que recebem.

Eleição difícil, mas muito mais difícil para eles. Como na F1, chegar perto é uma coisa e ultrapassar é outra…

Expressar confiança e ter controle das emoções – não fazer o jogo deles; bater sim, mas bater sem apelações – é o caminho que nos leva ao triunfo. Vamos em frente, eleger Dilma Rousseff!

Responder

Almeida Bispo

14/10/2010 - 15h49

No fim do império romano, várias tribos de assaltantes invadiram a Ibéria, dominando-a e estabelecendo pequenos e efêmeros estados: criou-se ali a nobreza associada ao nascente clero católico, dobradinha que atrasou o mundo até não mais poder. A nobreza se auto proclamou "de origem divina", tornando o parasitismo da escravidão e da servidão uma coisa "natural"; "Da vontade de Deus", como justificavam na época. Nos anos 700 os árabes atravessaram o Gilbraltar e se estabeleceram na península ibérica por mais 700 anos, empurrando "os nobres" para uma região paupérrima de recursos naturais, exceto o ferro de Bilbao. Foi com esse ferro, o ouro roubado dos judeus – que antes tentaram dar uma de espertos ficando do lado dos espanhóis – reconquista do território e reimplantação da servidão que Castela se tornou no maior império depois do fim do império romano. O maior aliado dos "nobres" de Castela? O diabo. Em permanente conflito com Deus, foi usado ad extremis para meter medo no povo e com isso tornar-lhes presa fácil. O mesmo que fizeram aos silvícolas brasileiros.
O medo sempre foi a arma dos covardes para impor suas maldades. Ou nos levantamos contra esses malditos ou vão transformar todas as conquistas da sociedade, possíveis apenas com a liberdade, em pó.
Eles estão sempre a postos para oferecer as porções mágicas. Esses miseráveis não tem limites, pouco importa se se apresentam como comentaristas de TV contratado pra dizer obviedades, pastores ladrões a roubar o dinheiro do povo em nome de Cristo, ou padres cheios de boas intenções, porém cheio até a goela de abrobrinhas e medo em cadeia a partir dos "centros de pensamento" do Opus Dei. Eles querem de volta os tempos de queimas das bruxas e dos autos de fé (as fogueiras da Inquisição).
E enciclopedistas revolucionários franceses e napoleões não aparecem todo dia.

Responder

edupedrasse

14/10/2010 - 15h49

Azenha, não tem esse documentário legendado para portugês?

Responder

Augusto

14/10/2010 - 15h47

A coisa desandou de vez. Na página da Dilma, eles já estão comemorando o fato de que "ela ainda segue na frente"… Aí, ai, não é fácil, não..
Agora você vê, a oposição entra na justiça contra a Record. E o PT faz o que com a Globo???

Responder

    Almeida Bispo

    14/10/2010 - 20h28

    Se bem conheço o PT dos aloprados, deve estar havendo uma briga dos diabos, mesmo que surda, entre os petistas "tucanos" (os que adoram aparecer no PIG) de São Paulo, o Mr. Cardozo e Mr. Palocci e o restante da equipe comandada pelo sergipano-carioca Eduardo Dultra. Aí é complicado! Com o inimigo dentro de casa é complicado.

antijosias

14/10/2010 - 15h45

Também notei que em posts aqui no Viomundo e em outros blogs, há pessoas postando coisas como "Já desisti, melhor pedir para a Dilma reuniciar em favor da Marina", ou outras afirmações com clara intenção de atacar a moral dos eleitores pró-Dilma disfarçadamente. Não é só uma campanha sórdida e canalha, é também planejada e orquestrada centralmente. Isso não é por acaso, tem gente empregada para fazer isso, com toda certeza.

Responder

Otimista

14/10/2010 - 15h44

Deus é brasileiro e Dilminha vai ganhar. Ainda tem mais debates e quanto mais calúnias eles inventarem mais ficará claro o quanto são sujos. A vitória será nossa.

Responder

PAULO ANGELO(MG)

14/10/2010 - 15h43

Ok, Azenha o diagnóstico está feito!
Existe defesa? Contra-ponto?

Responder

    Cícero

    14/10/2010 - 18h06

    Existe sim: ATITUDE.

    Evanir Gonzaga

    14/10/2010 - 18h24

    Outro Tucano Demos disfarçado!

abrantes

14/10/2010 - 15h42

O poder que eu menos tenho confiança( apesar de termos que cumprir suas sentenças) é o poder judiciario e esta senhoura só vem a confirmar esse conceito que eu tenho.

Responder

Regina

14/10/2010 - 15h33

Mas com tudo isso, o Serra continua mais rejeitado que a Dilma. Por que será? Isso tem alguma influência? Ninguém está analizando este dado. A rejeição dele continua perto dos 40%. Caiu, mas quase nada. Como ele pode crescer muito mais com essa rejeição?

Responder

Jairo_Beraldo

14/10/2010 - 15h28

E quer queiram quer não, outra coisa que atrapalhou a eleição de Dilma no primeiro turno, foi a velha guarda xiita do PT, que pareciam mais preocupados em brigar e deslocar os neopetistas, para recuperar o espaço perdido, que pregar a união e eleger a sucessora de Lula.

Responder

    Nivaldo Rizzi

    14/10/2010 - 17h21

    Azenha.
    Mas para mim está cada vez mais nítido o acordo do "quarto poder" (midia escrita e televisiva) com o PSDB/DEM. A imprensa escrita escreve e denuncia (principalmente, FOLHA, VEJA, ÉPOCA e ESTADÃO) e a televisiva (JN da Globo, pricipalmente) com todas suas repetidoras nacionais. disseminam a notícia, lógico sempre "casadas". Na realidade os Jornais Regionais (como por exemplo a Gazeta do Povo aqui no Paraná) nada mais fazem do que reproduzir o que se escreve no nacional. A confusão produzida na cabeça do leitor, passa pela "ênfase" dos ancoras dos jornais na TV, naquelas notícias que interessam, até mesmo a manipulação das manchetes pois são elas que produzem a "informação dinâmica" sem muita leitura. Acho que a campanha da DILMA não se deu conta da preparação ideológicas das elites brasileiras nesta eleção.

Celso Silva

14/10/2010 - 15h28

Simples. A Dilma tem que levar todas essas acusações para os debates e mostrar para o eleitor que é tudo boato. Tem que haver uma conversa franca e aberta. Só assim aquele conservador que acreditou nos boatos pode passar a ter confiança nela, do contrário vai ser a mesma coisa que conversar com uma parede.

Responder

    Eridan

    14/10/2010 - 16h01

    Concordo contigo, Celso Silva. Essa história de ficar apanhando não cola. O povão não tem acesso às informações que temos. Se tem que baixar o nível, tem que baixar o nível.

    joe

    14/10/2010 - 16h05

    Não acredito mais no debate franco, não há espaço para razão com argumentos da 5ª série. Tem que ""bombar"" a imagem de mentiroso e mil caras. Mostrar o papel assinado em cartório na TV(aquele da prefeitura de SP).
    Mostrar que ele é é tudo de mal, isso sim.
    Agora a Dilma, não está acostumada a esse tipo de discussão(5ª série). No debate, uma hora o Zé Alagão falou algo como "… até as mulheres…" era a deixa para taxar de porco machista. Em outra hora o "Projeto Puxadinho", essa
    gritei no sofá… Como perder uma oportunidade dessas??????
    E a mídia??? É será que só a Record(que cá entre nós, demorô para descer do muro) resolve????

    Anita

    14/10/2010 - 18h04

    Eu lembro muito bem disso! Foi quando ele falou da polícia! Pensei, agora é a hora de revidar! Mas não aconteceu nada!

    Ananda

    14/10/2010 - 16h12

    Sou da mesma opinião. O modus operandi de campanha do Serra tem que ser desmascarado em horário eleitoral, com depoimentos e talvez até comparação com casos semelhantes mundo afora.

    Yglesias

    14/10/2010 - 16h30

    Concordo inteiramente. Foi quando ela levou o tal Paulo Preto, e Monica Serra, para o debate ele balançou. E essa história do tal Paulo Preto tem que ser investigada.

    edineuza

    14/10/2010 - 16h52

    Eu penso que esse debate não vcai lçevar a nada, Acredito que o eixo é um programa de mostre com clareza a diferença entre os projetos de Brasil. Penso que os programas eleitorais precisam ser mais ousados e devem colocar no ar as pessoas que falam com convicção do /ue representa LULA e o que representou o PSDB e o PFL para Brasil. menos efeitos tecnologicos e mais vida, sentimento.

Deixe uma resposta