VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Deputado moralista que tem pedido de prisão é o resumo do impeachment de Dilma

13 de dezembro de 2017 às 00h31

Da Redação

O deputado João Rodrigues (PSD-SC) é o retrato escarrado de tudo o que houve de errado no processo de impeachment de Dilma Rousseff.

Fez vários discursos em tom moralista, acusando Lula, o PT e a esquerda em geral por quebrar o Brasil com um mar de lama. Tentava, obviamente, faturar junto ao eleitorado.

Mentiu, usou meias verdades, sacou argumentos que não tinham nenhuma relação com o processo, dizendo até que as pedaladas fiscais configuravam crime de responsabilidade.

Em sua página no YouTube, chegou a publicar seus melhores momentos naquela campanha (editamos trechos de um dos discursos, acima, mais o flagrante que o SBT deu em Rodrigues, quando o parlamentar assistiu a um vídeo pornô em plenário tendo sobre sua mesa o convite para uma missa da CNBB).

Em uma de suas falas, mandou o PT calar a boca.

Acusou Lula de ter 30 bilhões de reais em sua conta bancária, proveniente de palestras — uma mentira descarada.

Disse que a crise econômica era resultado da “quebra” do BNDES, que registrou lucro anual durante os governos Lula e Dilma.

Denunciou investimento brasileiro no porto de Mariel, em Cuba.

Disse que seu partido, o PSD, era verde-amarelo, enquanto os “vermelhos” batiam palma para criminosos que ocupavam terras.

Reclamou do exorbitante preço dos combustíveis (!) e de deputados que supostamente venderiam votos contra o impeachment em troca de cargos públicos — justamente o que mais vem acontecendo agora, sob o governo que ele ajudou a instalar.

Ao longo de algumas semanas, durante a campanha do impeachment, João Rodrigues repetiu todos os bordões dos paneleiros desinformados.

É o mesmo parlamentar que, mais recentemente, fez um discurso inflamado contra uma exposição no MAM, em São Paulo, na qual uma criança acompanhada pela mãe tocou o corpo de um homem nu.

“Não consigo acreditar que tenha algum pilantra, algum vagabundo, dentro desta Casa, que aplauda isso. Porque, se tiver, tem que levar porrada, tem que levar cacete, para aprender. Bando de traidores da moral brasileira, tem que ir para a porrada. Nós não podemos mais aturar isso. Se você apoia patife, se você apoia tarado, é na tua cara que eu vou dar”, afirmou na Câmara.

Edmilson Rodrigues, do PSOL — que João Rodrigues dizia ser um ‘puxadinho’ do PT — sem citar o colega nominalmente relembrou o episódio de 2015, aquele do vídeo pornô. Quase saiu pancadaria.

Agora, é o Rodrigues do PSD quem corre o risco de ir para a cadeia.

Pelo conjunto da obra, merece figurar na nossa Galeria dos Hipócritas:

PGR dá parecer favorável à prisão do deputado federal por SC João Rodrigues

Defesa diz que vai pedir prazo de 48 horas para emitir parecer ao STF. Parlamentar foi condenado por irregularidades em licitação.

do G1

A Procuradoria Geral da República (PGR) remeteu ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira (11) um parecer favorável à prisão do deputado federal João Rodrigues (PSD-SC).

O ministro Luiz Fux fez na quarta-feira (6) um despacho à PGR pedindo que o órgão se manifestasse em até 48 horas sobre a condenação do parlamentar a 2009 de cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto por irregularidades em licitação.

“Requeiro a imediata expedição do mandado de prisão do deputado federal João Rodrigues”, concluiu a procuradora-geral da República, Raquel Elias Ferreira Dodge.

Para ela, as chances de defesa com relação ao caso, na visão da PGR, são baixas e a iminente prescrição da última condenação torna ainda mais importante o cumprimento da pena.

“No cenário retratado, é, portanto, remotíssima a possibilidade de serem acolhidas, no novo julgamento do recurso especial interposto, desta feita em ambiente presencial, as teses defensivas já apreciadas e devidamente afastadas inclusive pelo próprio STF — nos múltiplos recursos manejados pelo réu”, concluiu Raquel Dodge no parecer.

O documento foi assinado pela Procuradora-geral em 7 de dezembro, mas com o feriado do Dia da Justiça na sexta-feira (8), protocolado nesta segunda e encaminhado para o relator do caso, ministro Luiz Fux.

O advogado de Rodrigues, Marlon Charles Bertol, disse que vai solicitar ao STF o mesmo prazo de 48 horas para manifestação.

“Para darmos um parecer sobre os oficios da Justiça de Chapecó e da procuradora-geral”, disse Bertol.

Condenação

O deputado federal foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) por crimes da Lei de Licitações e de responsabilidade.

O Ministério Público Federal acusa Rodrigues de, em 1999, quando era prefeito em exercício de Pinhalzinho, ter autorizado um processo licitatório para a compra de uma retroescavadeira no valor de R$ 60 mil.

Como parte do pagamento, foi entregue uma retroescavadeira usada no valor de R$ 23 mil, diz o MPF.

Conforme o MPF, a comissão que avaliaria o preço da máquina usada foi nomeada dois dias depois do edital de tomada de preços, onde já constavam os R$ 23 mil.

A licitação foi feita na modalidade de tomada de preços e houve somente uma concorrente, de São José, a 650 quilômetros de Pinhalzinho, considerada vencedora.

A empresa teria recebido R$ 95,2 mil mais a máquina usada.

Além disso, a máquina usada teria sido vendida a um terceiro pelo valor de R$ 35 mil.

Pedido da Justiça de Chapecó

A juíza substituta da 1ª Vara Federal de Chapecó, Priscilla Mielke Piva, fez uma petição em 28 de novembro ao STF pedindo o cumprimento da pena de Rodrigues.

“Considerando o risco de prescrição informado, bem como a iminência do advento do período de recesso forense no âmbito deste Supremo Tribunal Federal, dê-se vista dos autos à Procuradora-Geral da República para que, no prazo de 48 horas, se manifeste quanto ao alegado pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Chapecó”, disse o ministro Fux no despacho de quarta.

Outro lado

“Para a defesa, o fato de todos os atos terem sido realizados com base em pareceres jurídicos, não ter havido prejuízo ao patrimônio público, desvio de recursos ou enriquecimento ilícito, são circunstâncias que certamente levarão o STF ao reconhecimento da inocência, com julgamento em breve do recurso, uma vez que somente a circunstância de ter sido identificada irregularidades de ordem formal não é suficiente a configuração do crime licitatório”, disse a defesa em nota.

O advogado de Rodrigues disse ainda que a prisão foi feita como “condenação proferida em instância única, sem que até o presente momento os recursos da defesa tenham sido examinados por qualquer outro Tribunal”.

Leia também:

Defesa de Lula quer saber se processo do ex-presidente pulou a vez no TRF4

 

9 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Das Geraes

18/12/2017 - 10h52

Essa bobagem chamada maçonaria produz frutos desse tipo. São os guardiões da moral. Me engana que eu gosto! Conhecemos bem essa gente. Saiam de perto.

Responder

Luiz (o outro)

14/12/2017 - 11h41

O cara tem um QI menor que o de uma jabuticaba e a aparência dos vilões dos desenhos dos anos 80… só faltou ter nascido com a palavra “pilantra” escrita na testa…

Responder

Jader Oliver

14/12/2017 - 08h21

Esse ai não foge a regra, o típico político maçom : Treinado para mentir,dissimulado, canalha e hipócrita, é irmão de maçonaria de Temer.

Responder

marcosomag

13/12/2017 - 17h55

A camada média que tornou o Congresso Nacional em um assembléia de Dillingers, Billys The Kids e Jesses James não está incomodada com isso. Já conseguiram o que queria: que os pobres, “chutados” para longe dos bancos universitários e das poltronas das aeronaves fossem ameaças aos seus privilégios históricos de gerência da sociedade brasileira, e que, para manter tais privilégios dão como moeda de troca dão às elites sua fidelidade política. Tal camada média dever ser enfrentada de forma resoluta por um governo democrático e popular. Deve ser totalmente desarticulada como fração de classe altamente reacionária que é. A esquerda não deve admitir qualquer acordo com os “coxinhas”. A luta contra eles, cães de guarda da elite que são, deve ser implacável.

Responder

JoApaS

13/12/2017 - 14h30

O DIA de RESGATE da REDENÇÃO do BRASIL

A CANOA VAI VIRAR e quando virar quero ser “o primeiro” para celebrar “o resgate”, pois que vejo por estes dias sombrios do GOLPE-2016 que por ora o Brasil não precisa de ELEIÇÕES, PLEBISCITOS ou REFERENDOS. O Brasil precisa de LUTA e BALA, muita BALA de FUZIL.

Começando pela “CAPITANIA de SÃO PAULO”, montando uma GIGANTESCA GUILHOTINA modelito LUÍS XVI, a obra mais esperada do BRASIL, que deve ser instalada defronte da FIESP na Av PAULISTA, de onde irá escorrer dia-e-noite uma massa púrpura que fluirá fartamente pelas ladeiras da Paulista indo alagar a Baixada do Glicério, daí inundando o Parque Dom Pedro, escoando pelo Tamanduateí até desaguar no Tietê tingindo-o e transbordando pelas Marginais num Mar de Sangue, até que o Tietê mude de nome para Rio Tinto.

Daí em diante, com os GOLPISTAS TRAIDORES da PÁTRIA eliminados um-a-um, o POVO de BEM do BRASIL fará deste PAÍS uma grande NAÇÃO, verdadeiramente LIVRE, INDEPENDENTE, SOBERANA, COESA, PLURAL e DEMOCRÁTICA para sempre !
QUEM VIVER VERÁ !
Quero muito estar lá naquele dia, o “DIA de RESGATE da REDENÇÃO do BRASIL”.

Responder

Gustavo Horta

13/12/2017 - 10h03

NÃO PODEMOS FICAR ASSIM QUIETOS E PERPLEXOS. PELO MENOS NÃO DEVERÍAMOS.
> https://gustavohorta.wordpress.com/2017/12/13/nao-podemos-ficar-assim-quietos-e-perplexos-pelo-menos-nao-deveriamos/

“…Nada disso importa. O que importa agora é que vão pegar o acusado de ter ocultado um triplex no Guarujá. Ele apresentou provas contrárias, mas contra cabeça de juiz não há evidências. Vão pegar e alardeiam que com isso a moralidade pátria estará salva. O TRF-4, de Porto Alegre, marcou o julgamento do acusado, líder isolado nas intenções de voto, para o dia 24 de janeiro. A base legal – ironia das ironias – é a Lei da Ficha Limpa, sancionada pelo próprio acusado há sete anos…”

Responder

Bel

13/12/2017 - 08h54

Premiado pelo SEBRAE, até recebeu o Prêmio Mario Covas do Sebrae Nacional, como destaque na categoria “Prefeito empreendedor”. O SEBRAE não sabia que ele não era supostamente um prefeito confiável? Agora sabe.
Era um cara da mídia, rádio, TV…deve ter sido com o apoio da imprensa que conseguiu se eleger e se reeleger. Só pode. Votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[. Esse deputado de duas caras votou contra o processo em que se pedia abertura de investigação do então presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.

Responder

Julio Silveira

13/12/2017 - 05h58

Não escapa um golpista. Do seu principal promotor o gangster Aécio, aos seus oportunistas seguidores, todos, alem de canalhas pelos maus habitos e ilegalidades que praticam dentro da politica, ignoradas pelo eleitor, por conta da rede de cobertura e camuflagem que recebem de seus beneficiarios corruptos. Que vai das grandes midias corporativas até os elementos menores das escolas de “militancias” oportunistas formadas por esses tipos. Também costumam receber a solidariedade do sistemas cumplices, que trocam beneficios e vantagens na construção desse tipo de poderosos, feito de gente que alicia os mais resistentes ao sistema tornando os proprios sistemas um antro de hipocrisia. Gente que trai o principio, trai o povo, desde o primeiro momento, que traem a Democracia, por que fariam melhor ou diferente para o país?

Responder

    Luiz (o outro)

    14/12/2017 - 11h44

    Essa gente toda que vc citou, se juntarmos todos e jogarmos no vaso sanitário, ao dar descarga o vaso cospe de volta pra fora… não está acostumado a tanta coisa nojenta…

Deixe uma resposta