VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Tarso: “RBS manipulou conteúdo de conferência que proferi no congresso do Ministério Público”

22 de outubro de 2011 às 22h31

Tarso rechaça editorial da RBS e diz que empresa manipulou conteúdo de conferência

Governador do RS rechaça editorial publicado pelo jornal Zero Hora que o acusa de querer “censurar o jornalismo investigativo” e “restringir a liberdade de imprensa. Em conferência realizada no MP gaúcho, Tarso criticou jornalismo que quer julgar e condenar, substituindo trabalho das instituições que têm essas atribuições. Governador acusa empresa de manipular conteúdo de sua conferência e de omitir o que ele disse sobre liberdade de imprensa.

por Marco Aurélio Weissheimer, em Carta Maior

O jornal Zero Hora publicou um editorial neste sábado (22) manifestando “estarrecimento” pelo que chama de “ataque desfechado pelo governador Tarso Genro ao jornalismo investigativo”. O editorial acusa o governador de sustentar uma posição que “tende a interessar mais aos corruptos do que aos cidadãos”. ZH acusa Tarso também de querer “restringir preventivamente a liberdade de imprensa” e o trabalho da “imprensa livre e independente”, no momento em que “o país passa por uma limpeza ética”.

Na quinta-feira (20), em meio a uma conferência proferida no Congresso do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Tarso Genro criticou as práticas jornalísticas que denunciam, julgam e condenam, pretendendo substituir as instituições republicanas que têm essas atribuições. A RBS reagiu no mesmo dia, acusando o governador gaúcho de querer “censurar o jornalismo investigativo”. (A íntegra da conferência de Tarso Genro está disponível aqui. A íntegra do editorial de ZH só está disponível para assinantes)

“A reação violenta da RBS”, declarou o governador Tarso Genro à Carta Maior, “parece querer interditar o debate e o faz através da manipulação da informação sobre a conferência que proferi no Congresso do Ministério Público”. “Essa conferência versa sobre um tema que vem sendo debatido em todo o mundo há mais de vinte anos e que aqui no Brasil ocorre no âmbito da academia e em setores da intelectualidade fora da academia: a superposição das instituições “de fato”, oriundas da força econômica do capital financeiro – agora em crise – sobre as instituições do Estado”. “Ela sequer versava”, acrescentou, “sobre alguma empresa de comunicação em particular ou sobre alguma investigação jornalística, ou, ainda, sobre a liberdade de informar. Tanto é que eu digo claramente na minha exposição:

(…) Não proponho, em absoluto, qualquer controle da informação por parte do Estado. Nem a sonegação de informações relevantes, para que os processos e as investigações tenham ampla publicidade pela mídia que, de resto, pode cumprir o papel político que quiser dentro da democracia. Nem se trata, também, de alegar a existência de uma “conspiração” dos meios de comunicação contra a democracia e o devido processo legal. Trata-se de compreender que já vivemos um período da sociedade da informação em que os poderes de fato, no capitalismo tardio, estão se sobrepondo aceleradamente ao poder das instituições formais do Estado. Isso não ocorre somente em relação à mídia, mas também em relação a outros poderes fáticos oriundos da força econômica dos grupos privados.

O governador acusou a RBS de querer interditar o debate manipulando o conteúdo de sua conferência ao “não publicar nem mencionar o trecho acima que dá sentido à toda a exposição”. “O que proponho – e isto está escrito também no texto da conferência – é uma união das instituições do Estado com os políticos sérios e honestos (que são a maioria em todos os partidos) para combater a corrupção, com mais condições técnicas para os inquéritos, reformas legais que acelerem os processos e os cumprimentos de pena”, afirmou Tarso. E acrescentou:

“O que faz reduzir a corrupção é a punição pelo Estado e não o justiçamento paralelo da mídia, nem as investigações dos repórteres, que obviamente podem ser feitos e devem ser feitos. Mas o produto destas investigações é matéria jornalística e é, portanto, mercadoria-notícia, não prova de crime”.

“Esta atitude da RBS, pretendendo interditar o debate com ameaças de campanhas difamatórias que estão subjacentes no mesmo editorial, marca o ápice da petulância e da arrogância que poucas empresas de comunicação têm a coragem de expor publicamente. Mentem, quando dizem que sou contra o jornalismo investigativo, quando o que sou contra é julgamento sumário de pessoas, independentemente de que sejam culpadas ou não. Mentem quando contrastam dois textos meus sobre assuntos diferentes, mesmo tendo, na Conferência, manifestação explícita da minha parte que confirma a minha posição de princípio a favor da total liberdade da imprensa e de respeito irrestrito ao trabalho dos jornalistas,” disse ainda o governador gaúcho.

Ainda segundo a avaliação do governador, “o sentido da avalanche de críticas que recebi está muito bem exposto no editorial de ZH desta manhã”. Mais precisamente, explicou, “está contido na expressão “limpeza ética”, de origem e marca bem conhecidos na história”. Recentemente na Europa Oriental se falava em “limpeza étnica”. Limpeza se faz num lugar sujo (a política e o país) e quem faz a “limpeza” é o virtuoso (a mídia), nós, humanos sujamos, por isso nem temos o direito de dizer que o processo judicial, o inquérito do Ministério Público e dos órgãos de controle, não podem ser superpostos por justiçamentos e linchamentos públicos, que transformam crimes comuns em crimes políticos e consequentes condenações políticas, sem direito de defesa com a mesma exposição e intensidade das acusações”.

“O editorial”, prosseguiu o governador, “chega a sugerir que estou tentando me proteger de futuras denúncias”. “É jogo sujo: eu poderia dizer, se fizesse o mesmo raciocínio, que quando eles atacam quem quer fortalecer o MP e o Judiciário, para evitar linchamentos públicos, eles estão protegendo corruptos que eles apoiam ou apoiaram. Mas, sinceramente não penso assim. Acho que eles não leram a integralidade da minha conferência e pensaram que ela era dedicada a eles”.

Por fim, Tarso Genro afirmou que não mudará um milímetro a relação que mantém com a RBS e nem com a imprensa em geral. “Essas controvérsias são boas para a democracia. Todos fulminaram sistematicamente Lula e o PT e a esquerda em geral, às vezes até com razão, e nós continuamos vivos e crescendo. Enfrentei seguidas manipulações da imprensa sobre as minhas posições quando Ministro da Justiça: caso da punição dos torturadores, caso Daniel Dantas, caso Battisti, caso Cacciola e nunca perdi a serenidade”. E concluiu:

“Na verdade o que temos com a grande mídia é uma divergência histórica de fundo: no ocaso do modelo neoliberal eles têm que substituir o alvo dos seus ataques, que era o “gigantismo” do Estado, agora é a corrupção e a política em abstrato, sem avaliar as suas origens e fundamentos, que, na verdade estão contidos na fraqueza das leis e das instituições, geradas pelo modelo econômico neoliberal, para combater o crime, a corrupção e o aparelhamento do Estado pelos grandes grupos econômico-financeiros, em detrimento da ampla maioria dos próprios empresários e sociedade em geral”.

Leia também:

Amilcar Brunazzo Filho: Vergonha!

 

64 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

marta

30/11/2011 - 20h22

Parece que resolveram detonar o Tarso. O governador está enfrentando a mídia, coisa que outros políticos de esquerda não tem coragem e assim mesmo, estão falando mal dele? Fez um ótimo governo em Porto Alegre quando foi prefeito, tanto na educação como na vida da cidade. Porto Alegre agora está um lixo, só se salva com esse governo que está aí em função da copa 2014, senão ía continuar a mesma. À época da gestão de tarso na prefeitura de POA a cidade era mais limpa e mais agradável, agora… Esperem, tenho certeza de que ele fará um bom governo no Estado do Rio Grandedo Sul. Estamos apenas no começo…

Responder

Fabio_Passos

23/10/2011 - 18h51

Este ataque raivoso contra o Tarso Genro era esperado.

As oligarquias midiáticas e seus cães de guarda vão atacar qualquer político que ousar defender a democratização dos meios de comunicação.

É a direita mais atrasada e vulgar lutando para manter as comunicações no Brasil como seu feudo.

Manipular e deturpar informação é a prática destas organizações corruptas da mídia.

RBS e zero hora falando em ética?
Só cola se for confissão dos crimes que cometeram contra o povo brasileiro.

Responder

Julio Silveira

23/10/2011 - 17h41

Lendo as participações dos companheiros acho que posso opinar sem medo da patrulha, rsrsrsrs. Por que pelo que ví, senão a maioria, boa parte pensa como eu em relação ao Tarso. Para mim um burgues que se passa por socialista, como muitos aliás. O grande cara do PT no RS, e olha que moro aqui, sempre foi o Olivio. Mas digasse de passagem a cara do PT que queriamos, de pessoas comuns, de muito trabalho, sem adoradores de holofote. Por isso o Tarso fez de tudo para se tornar a unica estrela do partido no RS. Ele por sinal é bem palatável para a velha e boa burguesia do estado, incluida a RBS. O Olivio foi demonizado com o a cumplicidade do silencio de muitos da ala Tarsista.

Responder

    rodrigo.aft

    24/10/2011 - 15h20

    Julio,

    participe SEMPRE sem medo de patrulha.

    NÓS somos o partido (qquer um deles)!!!
    (e não o CONTRÁRIO, como muitos da cúpula partidária pensam… q os militantes e eleitores são otários ávidos e prontos para serem manipulados)

    a cúpula não é dona da razão, eles APENAS representam os anseios méidios da base partidária e dos eleitores.
    Nós decidimos o q é melhor para nós, não eles… eles estão lá para fazer o q queiramos q façam.

    participe sempre a ajude a mudar seu próprio futuro!
    (e mande as patrulhas ideológicas pra PQP — Ponte Que Partiu, lógico! rsrs)

rodrigo.aft

23/10/2011 - 17h33

Azenha e colegas,

acho q precisamos perder a ingenuidade….

o "autor" do "artigo" Marco Aurélio WEISSHEIMER fala sobre Tarso "HERZ" Genro q é amigo de d.DANTAS,

TODOS MEMBROS DA MESMA CONFRARIA… "amigo" ajuda amigo, INCONDICIONALMENTE… e nós pensando q as coisas acontecem por acaso…

NÃO TEMOS MAIS O DIREITO DE SERMOS INGÊNUOS!!!

Responder

CESAR MURARI

23/10/2011 - 17h08

Ola Azenha, quando eu escutava a RBS sempre via o Lasier Martins dar seus pitecos e expor seu palpite sobre cada assunto, coisa que a população nao quer, ela só quer a noticia e não o posicionamento da emissora ou do locutor. Mas com a internet ha muito me libertei da RBS, ZH e outras midias.
Um abração

Cesar Murari
Jaguari/RS

Responder

Pancho Villa

23/10/2011 - 14h38

Como disse noutro lugar, a Direita brasileira, que tanto tenta mas não consegue uma limpeza ÉTNICA (porque, como o disse João Cabral de Melo Neto, a vida, ainda que severina, teimosamente continua a nascer), agora tirou o "N" e a disfarçou de limpeza ÉTICA.

Responder

beattrice

23/10/2011 - 14h20

Espero que o governador não vá a entrevistas, festins diabolicos ou jantares da RBS.

Responder

Rafael

23/10/2011 - 13h51

Vale lembrar que essa situação é difícil acontecer. Um governadr denunciando a mídia(PIG). Quando imaginaríamos que isso aconteceria?
Cada vez mais ocorre o confronto entre governo de esquerda e PIG. Isso será o combustível para a lei das telecomunicações.Parece uma questão de tempo para sair essa regulamentação.

Responder

Jamilton Lopes

23/10/2011 - 13h30

Já esta passando da hora Luiz Carlos Azenha do Governo implantar a Ley dos Medios já. Chega de reclamar, se a esquerda está no poder e todos percebem que a mídia joga sujo, a solução para isso é votar a ley dos medios. A globo é tão cínica que quase não fala dos jogos panamericanos, simplesmente por não ter a exclusividade da transmissão. É muito interesse próprio e pouco interesse coletivo.

Responder

Morvan

23/10/2011 - 13h19

Boa tarde.

"Por fim, Tarso Genro afirmou que não mudará um milímetro a relação que mantém com a RBS e nem com a imprensa em geral. “Essas controvérsias são boas para a democracia. Todos fulminaram sistematicamente Lula e o PT e a esquerda em geral, às vezes até com razão, e nós continuamos vivos e crescendo…".

E a Famíglia que imprime o coprolífero ZH não mudará também um milímetro de estratégia, qual seja, "derrubar a Dilma". Palavras do outro pigoso, o da famíglia Civita.

Não é à toa que o PIG manda e [de]forma opinião. Com estes ministrinhos e governadorezinhos do PT o PIG deita e rola.
Alguém aí, alguma surpresa na fala do "enquadrado"?

:-)

Usuário Linux #433640.

Responder

Antonio

23/10/2011 - 13h03

Os comensais da direita não sabem mais o que fazer para reverter o quadro de opacidade de suas notícias golpistas. Vão para 12 anos tentando derrubar o PT no Governo Federal e estão à míngua. As mamadas nas tetas dos governos estão acabando e eles, como não têm competência para se virar sózinhos, tentam fazer algazarra para agradar o conjunto da direita, para tentar conseguir alguma migalha para sobreviver, além de tentarem se manter como comensais. É de dar dó.

Responder

    beattrice

    23/10/2011 - 14h34

    Também é de dar dó a militancia e os eleitores de LULA e DILMA clamarem dia e noite pela LEY de Medios que está pronta e o senhor Bernardo evidentemente com o apoio da presidente não fazer rigorosamente NADA.

FARPA

23/10/2011 - 13h01

O que esperar de uma empresa como a RBS cujo presidente Nelson Sirotsky é RÈU em um processo criminal na Justiça Federal por envio e lavagem ilegal de dinheiro para as Ilhas Caymam. 90% DOS GAÚCHOS NÃO SABEM DISSO!!! Porque? Simplesmente NENHUM orgão de imprensa do RS divulgou nada, eu soube porque leio o Blog CLOACA, que divulgou até o número do processo, que não tem sigilo de justiça, mas estranhamente sumiu do site da Justiça Federal (Trf4).

Responder

Maria Libia

23/10/2011 - 12h56

Oh! pobre governador, não sabe que não é bem visto pelo PIG?

Responder

marcio gaúcho

23/10/2011 - 12h16

Todos os veículos de comunicação – rádios, TVs, jornais, revistas, etc. estão no vermelho há anos. Devem para os fornecedores e, principalmente aos governos – impostos não pagos. Vivem momento de forte estresse, pois estão à beira da falência. Atacam o Estado para, quando vir a derrocada final, colocar a culpa no governo. Querem mamar deitado e atacar sempre, irresponsavelmente. Lei de Médios, agora!

Responder

rodrigo.aft

23/10/2011 - 11h51

Ô Azenha, pela mãe do guarda….

DUAS NOTÍCIAS DO TARSO NÃO DÁ UMA NOTA DE RODAPÉ!!!

esse cara tá fazendo um governo ainda insignifcante, e só depois de 4 anos é q pode-se tentar achar algo de útil q ele venha a fazer.

um comentário do Nassif resume bem esse cara (tarso), além das críticas bem fundamentadas do Jairo_Beraldo e de outros colegas comentaristas (ele q vá fazer divulgação vazia do seu nome em outras paragens!):

—————————————-
Tarso? comentou? algo?

ou seja, traduzindo: nada! nada! nada!

teve muito tempo qdo ministro da educação e da justiça e só fez uma administração protocolar… estava ministro (não ERA ministro).

é submisso ao lobby sionista (e nunca assume, como todo bom dissimulador; se não me engano, o d.dantas é do lobby sionista tbém… né?).

não fez absolutamente nada importante ou inovador como presidente do pt.
(qtas pessoas com desvio de conduta foram expulsos do pt na sua gestão? e não conseguiu diminuir a influência do "núcleo duro", conseguiu?)

e tem mané q acredita nele, e perde tempo fazendo odes de elogios gratuitos… qtas palavras vãs jogadas fora… qto desocupado no mundo…

o único período melhorzinho foi como advogado de sindicato, e sua ascenção se deve, principalmente, ser amigo do Lula. só!

talvez agora, como governador, possa ter algo de interessante para mostrar… fico torcendo para q seja bem sucedido… não pelo tarso em si, mas para o povo do rio grande do sul, q MERECE um bom governo depois da ("BLARGH!!!) yeda!

depois de 4 anos de governo, TALVEZ valha a pena tentar traçar um perfil mais realista q montes de palavras elogiosas vazias agora.
———————————————

outro comentário:

(sobre o tarso…)
Quer ele? pode levar… A bagunça que está instalada na Secretaria de Educação aqui do Estado, com professores (contrato emergencial) sem receber durante mais de 6 meses, e um salário de fome, o dito cujo coloca um banana como Secretário da Educação e outro como Chefe da Casa Civil… Votei nele, pois as outras 2 alternativas eram de longe muito piores (a cleptogovernadora e o Apagado e Indeciso ex-pref de Porto Alegre)… Espero que essa bagunça seja apenas no primeiro ano, porque senão… Adeus reeleição.

(Não que eu não concorde com ele nesse aspecto mafioso da mídia… Vamos ver se ele tem cojones e corta o patrocínio da Escola Rebessiana de Filosofia depois dessa.)

Aliás, está na hora de vir à tona a brincadeirinha desse senhores com o Sistema Guardião daqui do RS – com anuência da cleptogovernadora… É igualzim às estripulias que o Sr. Murdoch andou aprontando no Reino Unido…
————————————————–

ou seja, Azenha, pára de dar espaço para alguém q já pisou muito na bola E AINDA NÃO FEZ NADA DE CONSISTENTE para merecer qquer destaque aqui.

se é para falar GRATUITAMENTE de governadores, fale de TODOS DO bRAZIL regularmente, tipow… a cada semana, um governador.

esse tarso, como a marta, pode "enganar" os militontos engajados partidários, os famosos kamikazis políticos, os zumbis partidários, mas aqui não, mané!
aqui tem café no bule!!!
(e eu não preciso de cargos indicados, nem ascender no partido, nem verba de ong, nem vencer licitação de "empresa amiga", por isso não preciso ficar babando ovo em incompetentes, elogiando inúteis por imposição partidária)

Responder

    beattrice

    23/10/2011 - 14h32

    Um retrato verdadeiro do pai da Luciana sem dúvida.

    Leonardo

    23/10/2011 - 15h38

    O comentário do meio aí é meu lol ;) eu ia postar ele por aqui também, pelo jeito nem precisa mais…

    rodrigo.aft

    23/10/2011 - 16h07

    fala aê!!!

    eu achei bom e copiei rapidinho…

    se quiser, complete com as referências bibliográficas! rsrs

    Fabiano

    23/10/2011 - 17h02

    Tarso Genro mudou significativamente a educação quando foi ministro. Se vc não sabe, foi ele quem criou o Prouni, o Reuni (que quase dobrou o numero de estudantes nas Un. Federais), ele também criou o Fundeb. Foi o responsável pelo plano que duplicou o numero de CEFETS no país. Deixou muita coisa pronta para o Haddad implementar.

    rodrigo.aft

    23/10/2011 - 18h26

    olá amiguinho, td bem?

    lembranças pro titio tarso!

    uma ótima tarde para vcs!

    joao

    23/10/2011 - 19h13

    Ue! Voce tinha uma oportunidade de votar na Yedinha!! Porque nao fez campanha pra Ela!!!!!

    rodrigo.aft

    23/10/2011 - 19h32

    joão, o q vc anda tomando/fumando?

    quem falou q gosto da yeda (blargh!) ou do psdb (BLARGH!)?

    o problema é q o pt acha q seus eleitores são todos militontos teleguiados e privados de senso crítico…
    está uma onde de culto ao personalismo político q é um porre!
    ou vc é com a gente ou é contra nós! QUANTA TOLICE!!! isso é coisa de criança birrenta!!!

    o tarso ganhou e não está acontecendo nada de significativo, e o nome dele só veio parar aqui pq um "compadre" seu fez um artiguinho pra levantar a bola dele, capisce?

    se eu tiver q elogiar o tarso (e tomara, para a sorte dos gaúchos) depois de um bom governo, elogiarei sem problemas…. por enquanto, o passado administrativo do tarso não o digna a muita coisa.

    de resto, parabéns! vc está assimilando bem o CULTO PERSONALISTA DA CASTA PARTIDÁRIA…
    continue sempre lambendo a sola e NUNCA criticando a cúpula partidária, mesmo qdo eles erram.

    obrigado pela sugestão de voto!

    lembraças pro titio tarso!

    uma ótima noite para vcs!

    plinio

    24/10/2011 - 15h33

    Concordo plenamente, Quando sinistro da justiça não segurou a onda do Protógenes e do paulo Lacerda. É um pulsilanime, um poltrão, Daniel Valente Dantas nadou de braçada, com sua bancada no judiciário e legislativo,à suas barbas.

luiz

23/10/2011 - 11h51

Enquanto isso, Bernardo dorme

Responder

César Sandri

23/10/2011 - 11h49

jÁ TÁ DANDO RAIVA VER A ESQUERDA RECLAMANDO DA MIDIA.. NÃO SÃO GOVERNO? IMPLANTEM A LEI DOS MÉDIOS!!!

Responder

Roberto Locatelli

23/10/2011 - 11h29

As coisas estão melhorando.

A Presidente Dilma NÃO crucificou o Ministro Orlando Silva, como o PIG exigia. Ela agiu diferente do que fez no caso Palocci, ao demitir o Ministro (1), mesmo ele não tendo feito nada ilegal.

O Governador Tarso Genro resolve peitar a furibunda RBS (2), diferentemente da atitude que teve na Operação Satyagraha, quando se submeteu ao "coroné" Gilmar.

O próximo passo é o Governo colocar na pauta a Ley de Medios.

____________________
(1) Não simpatizo com Palocci. Acho que ele é devoto fiel do deus-mercado. Mas demiti-lo foi seguir a agenda do PIG.

(2) RBS é aquela empresa de mídia que defendeu com unhas e dentes dona Yeda Detran Crucius, mesmo quando seu assessor, Marcelo Oliveira Cavalcante, resolveu repentinamente se suicidar no lago Paranoá, em Brasília, logo depois de decidir delatar à Polícia Federal toda a roubalheira.

Responder

O_Brasileiro

23/10/2011 - 11h28

Diante da inércia do PSDB/DEM como oposição, a mídia golpista assumiu de vez esse papel no país! Agora descaradamente, usando concessões públicas para defender seus interesses pessoais, se colocando acima da lei.
E como o judiciário já mostrou que também serve aos interesses dos empresários da mídia, só uma união contra a mídia golpista poderá salvar o país de mais um desastre, como aquele a que a mídia golpista levou em 1964.
Agora nós dependemos dos blogs "sujos" para salvar a democracia, mesmo estes tendo um poder econômico bem menor, tem no idealismo a sua força!

Responder

Roberto Locatelli

23/10/2011 - 11h14

As coisas estão melhorando.

A Presidenta Dilma NÃO crucificou o Ministro Orlando Silva. Ou seja, NÃO atendeu às exigências do PIG, como fez no caso do Palocci (mesmo o Procurador Geral dizendo que ele não cometera nenhum ilícito).

O Governador Tarso Genro, o mesmo que cedeu às exigências do "coroné" Gilmar no caso da Operação Satyagraha, agora resolve peitar a RBS.

Nesse ritmo de mudança, quem sabe o Governo põe a Ley de Medios para ser debatida pela sociedade?

Responder

Rodrigo Falcon

23/10/2011 - 11h04

A RBS manipulou, a Globo atacou, a Bandeirantes grilou, a Folha surrupiou, a Veja adulterou, a Época trapaceou, a IstoÉ ameaçou e tantas outras verborragias mais que admissíveis para estes veículos da retórica historicamente manipuladora e conservadora são nada perto da letargia consentida dum governo preso às amarras da pilhagem democrática em prol de uma tal governabilidade.
À estes senhores e senhoras de terno engomado meu desrespeito por não terem, com o perdão da palavra, os colhões de uma Cristina Kirchner para enfrentar o óbvio…sem Ley de Medios não há democracia! A verdadeira Democracia, a participativa, não essa delegativa que apodrece suas raízes em solo brasileiro.

Ley de Medios já! (e esse recado é pra nós mesmos, não para esse governo amigavelmente abraçado aos tentáculos do poder oligárquico, qual dele faz parte)

Responder

    beattrice

    23/10/2011 - 14h36

    Nos capítulos da LEY de MEDIOS e da condençaõ aos genocidas militares a ARGENTINA humilha o Brasil diariamente graças a Dilma.

    ricardo silveira

    23/10/2011 - 17h40

    Por que não concordar? É isso mesmo. Mas, minha única dúvida é, vendo o comportamento do judiciário (STF, STJ), da PF, da PGR, das Forças Armadas, do Congresso Nacional (a tal da base aliada) e das instituições de classe, como OAB, a posição de enfrentamento desse governo à elite escravocrata que sempre dirigiu o país encontrará respaldo na sociedade?

Jairo_Beraldo

23/10/2011 - 10h49

Acho que Tarso Genro, não tem muita moral para querer cobrar postura de alguém….não foi ele, quando ministro da justiça, que travou a Operação Satiagraha, desqualificou a PF colocando como superitendente um espancador de empregada doméstica, e também acabou com a reputação de delegados ilibados da PF ( Protógenes Queiroz e Paulo Lacerda)? E também não foi ele que ficou de joelhos frente ao poderoso doador de HC's cangurus, o "imaculado" ex-supremo presidente supremo do Supremo Tribunal Federal Gilmar Dantas, quanto a um grampo sem áudio? Que moral tem este capacho para querer cobrar alguma coisa de alguém?

Responder

    beattrice

    23/10/2011 - 14h29

    Ah… se a Satiagraha falasse…

Rafael

23/10/2011 - 10h22

Vale lembrar que o filho de um diretor da RBS estuprou uma garota de 16 anos e imaginem o que aconteceu, NADA, serviço comunitário por 15 dias e pronto cso encerrado, detalhe julgamento em tempo recorde. A RBS todos os seus veículos de comunicações nenhum citou uma palavra sequer. Inclusive um colunista famoso por aqui Paulo Sant'ana inderetamente defendeu o rapaz, não citou nomes mas de a entender que naquele caso o rapaz não era culpado.

Responder

Rafael

23/10/2011 - 10h18

Sou do RS e o Tarso Genro sabe muito bem como a RBS(afiliada da globo) trabalha. Na época que Olívio Dutra-PT foi governador se chovesse mais que o previsto era culpa do PT, acidente de trânsito era culpa do PT, é capaz desse vulcão do Chile dizerem que é culpa do PT. Sempre foi assim, e sempre será. A família Sirotsky odeia qualquer um que seja de esquerda, qualquer que seja representante do trablhador.
Na última eleição foi muito engraçado o comportamento da RBS, na disputa para senador os candidatos eram Ana Amélia Lemos pelo PP, funcionária da RBS até meados de 2010, Germano Riggoto pelo PMDB e Paulo Paim-PT, TODAS SIMPLESMENTE TODAS AS PESQUISAS davam Ana Amélia Lemos em primeiro lulgar e German Riggoto em segundo, acredito que somente em um pesquisa Paulo Paim ficou em segundo o restante ficava em terceiro e portanto fora do senado. interessante que o resultado final foi Paulo Paim em primeiro e Ana Amélia em segundo lugar, Paim ganhou com uma boa folga.Tenho certeza que tinha a mão da RBS nesses resultados, estavam influenciando o eleitor. Virou coisa comum funcionários da RBs se tornaram políticos com apoio da RBS. Yeda Crusius-PSDB que foi governadora e saiu humilhada por um governo HORRÍVEL que fez com casos de corrupção denunciados pela pr[opria base de apoio dela, por poíticos que sempre estiveram ao lado do PSDB, ou seja não era denúncia da oposição, mas a RBS blindou o governo Yeda.

Responder

Antônio

23/10/2011 - 09h42

Tá nervoso, tá? Que medo governador. Então vamos fazer o seguinte. Que tal o Senhor utilizar a sua ESTATURA MORAL COMO HOMEM PÚBLICO e JUNTAMENTE COM A BANCADA DO PT pressionar o QUERIDINHO DO PIG PAULO BERNARDO A DESENGAVETAR A LEI QUE REGULA A IMPRENSA, EM? Depois Nobre Governador, não adianta reclamar como uma criança que acabou de perder o doce.

Responder

/ Postado por Martins Andrade

23/10/2011 - 09h29

Quando materiais jornalisticos embasam processos, e servem como peças incriminatórias, é porque o judiciário começa a perder a função, uma vez que jornais são empresas privadas, cujas publicações interessam ao seu próprio dono ou a terceiros.
Só o inquérito bem conduzido pode subsidiar julgamentos. Deveria ser um preceito legal. Menos no Brasil onde, através da justiça, a elite se protege.

Responder

trombeta

23/10/2011 - 09h14

A RBS deflagrou a corrida eleitoral, sua candidata, a senadora pelo PP Ana Amélia Lemos é tratada como a jóia da coroa para a próxima eleição, assim como foram anteriormente Antonio Britto e Yeda Crusius governadores eleitos pelo partido da RBS/globo.
Sirotsky, assim como seus patrícios Frias e Civita praticam o jornalismo mais reacionário e explicitamente militante, sob o cobertor extenso da "liberdade de imprensa" se apropriam dos fatos e divulgam aquilo que serve aos seus interesses, o rumoroso caso do estupro cometido pelo herdeiro da RBS em Santa Catarina que a empresa escondeu e varreu pra debaixo do tapete é uma prova cabal do que digo.
O governador Tarso, político competente e corajoso, um dos melhores quadros do PT, está correto em sua estratégia, os fatos tem demonstrado vide países como Argentina, Peru, Equador e Venezuela que o confronto aberto com o PIG é melhor do que a luta velada, enfrentar a mídia e dizer que ela tem lado e representa o pensamento da elite atrasada que promoveu a maior concentração de renda do planeta no país e apoiou a ditadura é o melhor remédio para combater a arrogância do baronato midiático.

Responder

Zé Francisco

23/10/2011 - 09h08

O Bernardo dorme. Enquanto isso a Caixa Federal, BNDS, Banco do Brasil e Governo Federal enchem as páginas do PIG de propaganda. Assim não pode, assim não dá…

Responder

Roberto Ribeiro

23/10/2011 - 08h32

Folha de São Paulo (23/10/2011): "Corrupção: em 8 anos, desvios somam R$ 67 bilhões".
Por sorte desde 1995 até agora os tucanos de SP não desviaram um centavo. O PSDB é o único partido cujos membros jamais foram pegos roubando dinheiro público, por isso eles tem o apoio dos Frias.
Os Frias jamais apoiariam o PSDB caso esse partido fosse feito de uma corja de ladrões.
Vivam os Frias, viva o PSDB e vivam os jornalistas da Folha que jamais precisaram denunciar roubos tucanos, até porque, tucanos não roubam.

Responder

Professor Cirino

23/10/2011 - 07h42

Vamos ver se o Tarso consegue acordar esses políticos do PT. Tem que forçar o PIG a se explicar junto à população.

Responder

Diego Rafael - DF

23/10/2011 - 05h12

Lembrei do Brizola agora… O PIG não evoluiu nada, pelo contrário.

Responder

Helder

23/10/2011 - 04h55

Esperamos atitude semelhante do governo federal, sempre que os interesses deles, PIG, estão em risco é a mesma coisa, todo cuidado é pouco, o cheiro que paira no ar não é bom, cheira a 64… tomara que esteja errado.

A mérdia não dará trégua, Dilma deve usar o que a mais importante força que tem: o voto de confiança da maioria doa brasileiros e mostrar com firmeza que não tem brincadeira com o PIG, nisso a Argentina dá aula.

Responder

Sérgio

23/10/2011 - 03h52

Quem o jornaleco pensa que é?
Não só o governador como qualquer cidadão tem direito de criticar as safadezas da mídia partidária.
Acorda RBS, a ditadura que vocês tanto apoiaram já acabou.

Responder

Maria Carvalho

23/10/2011 - 02h46

Se for da conveniência do portal, publique: por que as autoridades do governo que são atingidas por denúncias "vazias", "infundadas" não ingressam contra quem os atacar, com ações nos juizados cíveis/criminais exigindo "provas das acusações", requerendo "indenizações" nos valores máximos permitidos pela lei, nesses juizados, os quais possuem ritos sumários e portanto de respostas rápidas? (Código Civil – Art. 186.Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito).

Responder

    beattrice

    23/10/2011 - 14h26

    Porque tem medo do PiG.
    Senão vejamos,
    depois de tudo o que de mais estarrecedor aconteceu nas eleições de 2010 em termos de retrocesso da pauta eleitoral graças às manipulações de Serra et caterva, devidamente trombeteadas pelo PiG, não se viu uma única atitude concreta judicial por parte do PT e de toda a coligação.
    Bem ao contrário, passada a ressaca da posse
    cuidadosamente trancaram a Ley de Medios projetada pelo Franklin numa gaveta e jogaram a chave fora.
    Precisam de um chaveiro?????

João-PR

23/10/2011 - 02h37

A RBS é aquela emissora cujo filho de um dos donos foi acusado, em Florianópolis, de ter abusado de uma menor de idade (detalhes no blog do mosquito, lá de Floripa).

A RBS é aquela que tinha um comentarista (Luiz Carlos Prates) que culpou o "governo espúrio" do Lula por ter permitido que pobre comprasse carro sem ter lido um livro – e o consequente aumento do número de acidentes nas rodovias catarinenses.

Enfim, a RBS tem credibilidade Zero! Mas, acreditem, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, eles de"formam a opinião".

Como diria o Paulo Henrique Amorim: Ley dos Medios já!

Responder

Ivo Milanez Gloeden

23/10/2011 - 02h34

Chamar os Sirostky de "famiglia" é desmerecer a máfia, que é muito bem organizada.Os Sirostky são uma gangue beneficiada na ditadura militar. Por incrível que pareça, em pleno século XXI, conseguem manipular as mentes de uma grande quantidade de débeis mentais gaúchos e catarinenses. Sou do RS e conheço muito bem esta gangue.

Responder

    Fabio_Passos

    23/10/2011 - 18h57

    E os bandidos da RBS falando em ética… estes oligarcas da mídia não prestam.

O_Brasileiro

23/10/2011 - 02h23

É lamentável os gaúchos e catarinenses terem que conviver com essa mídia corrupta que só se interessa em proteger os interesses dos patrões (mesmo quando são estupradores!)…

Responder

Huluky

23/10/2011 - 02h11

Ta bom, então a imprensa manipula, mente, juga e condena…Os coitadinhos dos nossos poderosos governantes, eles nao fazem nda? propaganda e mais propaganda de estatais e entrevistas exclusivas. Cansei dessa cantilena.

Responder

Nelson Menezes

23/10/2011 - 01h04

As esquerdas no Brasil vão sucumbir diante dos orgãos de imprença.

Responder

Lu_Witovisk

23/10/2011 - 00h23

Dorme Bernardo…. dorme…. zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Responder

Cleverton_Silva

23/10/2011 - 00h01

O pig é muito sonso com essa indignação seletiva. Basta ser da base aliada do atual governo federal e ter história na esquerda para acusarem de censura ao jornalismo podre que fazem. O RS sobreviveu a um turbilhão desgovernado chamado Yeda Crusius, com direito a desvios astronômicos de verbas, xiliques estéricos e até mortes de figuras do governo, e cadê o jornalixo investigativo do pig? A lição de jornalismo ficou por conta dos blogs sujos.

Responder

FrancoAtirador

22/10/2011 - 23h14

.
.
A RBS, da Famíglia Sirotski, mais que afiliada e afilhada, é sócia da Rede Globo.

Os métodos praticados por essa empresa de mídia oligárquica da Região Sul

sempre foram os mesmos da sócia-madrinha "Cabeça de Rede".

Portanto, nada a estranhar.

Agora, presumir, como presume a maioria dos governistas petistas, inclusive Tarso,

que essa máfia midiática, solta do jeito que está, não vai conseguir derrubar o governo,

mais do que presunção, é prepotência.

E quando se derem conta de que realmente há uma constante ameaça de golpe,

pode ser tarde demais.
.
.

Responder

    Fabio_Passos

    23/10/2011 - 18h55

    Não é incrível a pachorra desta máfia midiática falando sobre ética?

    Tivessem ética ou ao menos um pingo de vergonha na cara e os vigaristas da RBS cometeriam harakiri.

Nelson

22/10/2011 - 23h14

Esta é a RBS, que se arvora em paladina defensora da democracia. Este é o tipo de imprensa com que temos que conviver aqui no Estado mais meridional do Brasil. Para infelicidade dos catarinenses, a RBS também reina no Estado deles.

Responder

SILOÉ-RJ

22/10/2011 - 23h08

O problema dessa OBSOLETA MÍDIA DE MERDA, é que: Ela não só quer debater, esclarecer, informar ou entreter.
Ela quer MANDAR e DAR AS CARTAS como EMINÊNCIA PARDA que sempre foi, desde antes da ditadura até ao final do governo FHC.
PODER esse que lhe foi vetado por LULA e DILMA.
Daí o JOGO SUJO, o DESESPERO e o CHÔRÔRÔ.

Responder

    beattrice

    23/10/2011 - 14h21

    Vetado por Dilma?
    Quando e onde???

Leo V

22/10/2011 - 23h03

É um dos poucos nomes maiores que tem mantido coerência no PT.

Responder

flavio cunha

22/10/2011 - 22h58

Alguém tem que enfrentar esse lixo midiático chamado RBS, por isso o governador só aumenta a admiração que já tinha por ele. Ele enfatiza a sua principal virtude; responde sempre as agressões com a força correspondente a do agressor.

Responder

    Maria Libia

    23/10/2011 - 12h54

    Por que não vc. E não me venha perguntar como, pois é com o mesmo instrumento com que vc portou seu e-mail.

Deixe uma resposta