VIOMUNDO

Rogério Correia: Só falta o Gurgel assinar a ficha do PSDB

16 de agosto de 2013 às 21h08

por Conceição Lemes

De uma coisa Roberto Gurgel não pode ser acusado: incoerência. Até o finalzinho do seu mandato como procurador-geral da República, ele foi fiel aos tucanos. A decisão a favor do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que será candidato à presidência da República em 2014, é mais uma prova inequívoca disso.

Depois de manter na gaveta o pedido de investigação contra Aécio e a irmã, Andrea Neves, por dois anos e quase dois meses, Gurgel mandou arquivá-lo em 23 de julho.

Em 31 de maio de 2011, os deputados estaduais de Minas Gerais Rogério Correia (PT) e os colegas Luiz Sávio de Souza Cruz e Antônio Júlio, ambos do PMDB, e entregaram pessoalmente a Gurgel  representação denunciando Aécio e Andrea,  por ocultação de patrimônio e sonegação fiscal (detalhes aqui ).

Em seu parecer determinando o arquivamento, Gurgel escreveu:

“Ao contrário, os documentos constantes dos autos comprovam que o representado declarou o seu patrimônio à Justiça Eleitoral. Tanto assim é verdade que a relação de bens apresentada pelos noticiantes foi extraída exatamente do site do Tribunal Superior Eleitoral. De acordo com esses mesmos documentos, o patrimônio foi constituído, em sua grande parte, antes que o noticiado assumisse o cargo de governador do Estado de Minas Gerais, não se podendo dizer que foi fruto de eventual beneficio havido no exercício do cargo.”

 

Rogério Correia lamenta a decisão.

“O Ministério Público, quando foi criado em 1988, gerou expectativa muito positiva em todos nós. Acreditávamos que o MP fosse atuar independentemente de partido político, fiscalizar e zelar pela Constituição”, observa Correia. “O procurador-geral da República, que representa o Ministério Público, fez exatamente o contrário.”

“Na sua saída, Gurgel abriu inquérito contra deus e o mundo, menos contra os tucanos, em especial o Aécio Neves. Foi um ato  político dele, partidário, mesmo”, denuncia Correia. “Enfim, o que temíamos aconteceu. Arquivou sem ao menos abrir inquérito para investigar. Agora só falta Gurgel assinar a ficha de filiação ao PSDB.”

[Gostou deste conteúdo? Ajude-nos a produzir mais, assinando o Viomundo]

Leia também:

Depois de dois anos de indecisão, Gurgel rejeita tentativa de investigar Land Rover de Aécio

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR
52 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Irineu

19/08/2013 - 23h37

Azenha e leitores, há uma comunidade do Aécio do Face,
Ai tem um texto escrito por ele que saiu na folha,
Segue abaixo.

Exemplos.

19 de agosto de 2013 às 08:22

Aécio Neves, Folha de S. Paulo, 19 de agosto de 2013

Nas últimas semanas, grande parte da atenção da opinião pública voltou-se para as questões que envolvem a nossa juventude, que ganharam inédita importância com as manifestações que sacudiram o país.

À juventude costuma-se sempre agregar a noção de futuro, do que ainda está por ser realizado. Mas a resignação em adiar projetos e soluções para um tempo que ainda virá não deixa de ser uma forma de transferirmos indefinidamente responsabilidades. E de perdoarmos a nós mesmos, enquanto sociedade, por tudo o que ainda não fomos capazes de fazer

Leia Mais: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/aecioneves/2013/08/1328424-exemplos.shtml
____________
POREM FIZ MEU COMENTARIO PARA OS LEITORES DELE E SEGUIDORES
SEGUE ABAIXO:
———–
Pessoal!
Vamos nos informar melhor, há meios alternativos de mídia(WWW.VIOMUNDO.COM.BR)
A Mídia joga com o poder, sempre jogou e sempre jogara, é a dança do conchavo e interesses.
Cuidado com os afagos dos lobos que se passam por boas ovelhas.
O importante é crermos no grande líder que existe em cada um de nós.
Só vamos crescer quando ramificarmos e politizarmos melhor.
Quando interagirmos nossas ideias de forma imparciais colocando tópicos importantes.
E num consenso crescermos juntos.
Há muitas informações ocultadas….o tapete esconde.
Disse Jesus ao curar um cego: “Há muitos que tem visão, porém são cegos”
Prestem atenção na parte dessa letra do Renato Russo.

“Cuidado com a coisa coisando por aí
A coisa, coisa sempre e também coisa por aqui
Sequestra o seu resgate, envenena a sua atenção
É verbo e substantivo/adjetivo e palavrão”
_____ mais ___
“E existem muitos formatos
Que só têm verniz e não tem invenção
E tudo aquilo contra o que sempre lutam
É exatamente tudo aquilo o que eles são”

Vamos acordar pessoal, tirem a venda da visão.
“Quem não tem visão, bate a cara contra o muro” Raul Seixas.

Abraços
Irineu-Sp

Responder

Julio Silveira

19/08/2013 - 18h35

Quem indicou? quem aceitou a indicação? quem fez o PT apoiar a indicação?
Será que são tão diferentes assim? será são tão adversários assim?
Desculpem eu sou um tolo.

Responder

henrique de oliveira

19/08/2013 - 16h11

se arquivou , que se desarquive , simples assim.

Responder

Eduardo

19/08/2013 - 11h35

Vejam só,o Procurador Geral Novo ( Novo?) é eleito pelos colegas! É festa no AP ! Vai rolar bundalêlê!

Responder

Rômulo Gondim – População reconhece que mídia representa os donos e os que tem mais dinheiro; 43% não se enxergam na TV

19/08/2013 - 10h36

[…] Rogério Correia: Só falta o Gurgel assinar a ficha do PSDB […]

Responder

adao silva

18/08/2013 - 18h38

Entrego nas mão de Deus a cabeça desse procurador, só ele sabe das coisas boas para o povo, a a Nossa Dilma seja feliz na sua escolha e chega de Globo Gurgel!!!!

Responder

abolicionista

18/08/2013 - 17h27

Não acredito mais na hipótese de que tenhamos um governo de esquerda e, para ser franco, cada vez me interesso menos por esse tipo de intriga palaciana. O Gurgel se vai, mas que a presidenta indicará? É só olhar para os seus ministros, Dilma já deixou a esquerda para trás há milênios, só não vê quem não quer.

Responder

Valente

18/08/2013 - 14h20

A coisa boa é a certeza do desmoronamento dessas pessoas más. E a necessidade de catar essas instituições na condição em que elas as deixaram.

Para catar a Justiça do lixo – nos estados também – necessitamos de um esforça enorme de toda a sociedade.

A direita nem se importa mais se o Brasil virar um Egito. A Veja cutuca pra cá nesta semana – na outra já cutuca pra lá. Não se tem mais respeito algum por nada. Esgoto puro.
A familia do garoto envolvido no crime contra os pais deveria pedir imediatamente uma enorme indenização, pela exposição de foto do mesmo garoto na capa, de hoje. Nâo tem o menor respeito pela família, como se todos tivessem morrido. Certamente há vivos.
O que importa é despejar o esgoto….

Responder

FrancoAtirador

17/08/2013 - 23h18

.
.
Entrementes, Dilma indica para substituir Gurgel

o candidato da Veja, da Globo, da Folha, do Estadão,

do Gilmar, do Aébrio, do Serra, do Alckmin, do Álvaro Dias…
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    18/08/2013 - 16h42

    .
    .
    “Na volta de viagem oficial ao Paraguai, na quinta, Dilma se reuniu com os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Luís Inácio Adams (Advocacia-Geral da União) no Palácio da Alvorada, mas não bateu o martelo.

    O desejo manifestado por Dilma de nomear uma mulher não foi suficiente para que ela decidisse desrespeitar a ordem da lista tríplice do MP justamente quando o Supremo Tribunal Federal retoma o julgamento do mensalão.

    O escolhido tem bom trânsito em partidos da base e da oposição, o que aumentou o lobby a seu favor.”

    (Folha de S.Paulo)
    .
    .
    NOTA DO PALÁCIO DO PLANALTO:

    Sábado, 17 de agosto de 2013 às 19:41
    Presidenta Dilma indica o novo procurador-geral da República

    A presidenta Dilma Rousseff indicou, neste sábado (17), Rodrigo Janot para o cargo de procurador-geral da República. Mais votado por seus pares na eleição da Associação Nacional dos Procuradores, Janot tem uma brilhante carreira no Ministério Público.

    Procurador da República desde 1984, Janot é mestre em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, com especialização em direito do consumidor e meio ambiente pela Escola Superior de Estudos Universitários de S. Anna, na Itália.

    A presidenta Dilma Rousseff considera que Janot reúne todos os requisitos para chefiar o Ministério Público com independência, transparência e apego à Constituição.

    (http://blog.planalto.gov.br/presidenta-dilma-indica-o-novo-procurador-geral-da-republica)
    .
    .

    Icaro

    19/08/2013 - 01h21

    Italia , Terra do Berluscone.
    Bem, preferia alguém que se especializou em Cingapura.

    FrancoAtirador

    19/08/2013 - 12h08

    .
    .
    Caro Icaro.

    Especialização em Máfia ele já tem.

    Vai operar a favor ou contra?

    La mafia mette le mani su Lucca, quarta in Toscana per beni confiscati.

    Secondo la relazione della Dia contenuta nella prima sintesi della Fondazione Caponnetto, nel primo semestre del 2012 in Toscana – seconda regione dopo la Sicilia per denunce per impieghi di denaro di provenienza illecita – ci sono state 842 operazioni sospette (l’8% di quelle totali in Italia) e 83 sono stati i beni confiscati alle mafie: al primo posto ci sono le province di Firenze e Pistoia (17) al terzo Massa (12) e al quarto Lucca (8).

    La provincia di Lucca è stata interessata da 44 operazioni delle forze dell’ordine e nel territorio lucchese operano in qualche modo 31 gruppi criminali mafiosi: 13 clan della camorra (per i casalesi sono presenti le famiglie Bidognetti, Russo, Schiavone e Iovine), 6 della criminalità organizzata siciliana, 11 della ‘ndrangheta e la banda della Magliana.

    Leggi anche:

    “Lucca è tra le province a maggiore infiltrazione mafiosa”

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Sant'Anna_(Stazzema)

    (http://www.loschermo.it/articoli/view/55155)

Mameladov

17/08/2013 - 21h04

Se for ter que assinar ficha de filiação partidária, o companheiro Lewandowski iria assinar alguma?

Responder

    Saulo

    18/08/2013 - 13h30

    Coxinha !!! O Ricardo eh um homem equilibrado e correto, mas o Jô Gurgel nem precisa se filiar a algum partido, pois ideologicamente já eh um militante demo-tucano !!!

    augusto2

    19/08/2013 - 09h45

    Ele ja se increveu, sr. Mar melado, no partido da coragem, personalidade, do nadar contra a maré mesmo sob perigo e ameaças. Isto concretamente, no voto e ás claras.
    Ja o mesmo nao se pode afirmar de outros, sejam latifundiarios em Mato grosso, ou proprietarios offshore em Miami.

População reconhece que mídia representa os donos e os que tem dinheiro - Viomundo - O que você não vê na mídia

17/08/2013 - 20h00

[…] Rogério Correia: Só falta o Gurgel assinar a ficha do PSDB […]

Responder

marco

17/08/2013 - 17h24

O aludido senhor é do PSDB,desde sua fundação.Mas é militante clandestino,ora pois!

Responder

H.92

17/08/2013 - 16h14

E ainda te pedem pra acreditar na justiça…

Se arquivou é porque tem coisa errada.

Responder

oziel f. albuquerque

17/08/2013 - 15h26

Vamos pagar com a mesma moeda. A presidente Dilma escolhe um procurador petistas, e ele pede a condenação de todos os tucanos que roubaram o Brasil.

Responder

    von Narr

    17/08/2013 - 18h45

    Você não entendeu o problema. Um “PGR petista” seria tão inaceitável quanto este tucano que se foi. Um “PGR petista” acusaria os tucanos simplesmente por acusar, por saber que político acusado de ser corrupto pelo PGR hoje em dia tem o suficiente para ser considerado corrupto. Então, este “PGR” não pegaria os tucanos ladrões, o alvo dele seria desqualificar os tucanos, quando na verdade o que se espera do PGR é uma atuação equilibrada e o máximo possível isenta. De qualquer modo, não se pode desvincular a ação do PGR tucano do PIG que é tucano em plumagem e sangue.

Saul Leblon: Quando o jornalismo promove assalto aos cofres públicos - Viomundo - O que você não vê na mídia

17/08/2013 - 14h42

[…] Rogério Correia: Depois de arquivar ação contra Aécio, só falta Gurgel assinar a ficha do PSDB […]

Responder

Karl

17/08/2013 - 14h21

Com toda certeza a Globo e seu empregado porta voz, o Alvaro Dias do PSDB, estão atentos ao GURGEL E A TUDO ISSO QUE ESTA AI. Eles não ficarão calados frente a TANTO BANDITISMO. Irão colocar suas BOCARRAS NO TRAMBONE. Temos certeza disso.
Ambos, GLOBO/ALVARO DIAS PSDB, querem PROCURADORES PADRÃO FIFA.
TUDO PACIFICAMENTE é claro.
Mesmo porque, SE ESTA ASSIM AGORA, IMAGINA NA COPA?

Responder

Urbano

17/08/2013 - 13h55

Nenhum tribunal pode se dar ao direito de condenar alguém, tão somente por ele ser uma besta fera, sem que ele tenha culpa naquela demanda.

Responder

    Urbano

    17/08/2013 - 18h33

    Para melhor expor a ideia, substituo “tão somente por ele ser uma besta fera” por “ainda que ele venha a ser uma besta fera”.

Julio De Bem

17/08/2013 - 12h52

Pra uma esquerda que se abraça em Zé Dirceu como o pessoal da blogosfera, não me espanta que peçam votos pra color e o considere um injustiçado. Perguntem ao Requião quem eh o Dirceu. E por favor evitem por na mesma frase Brizola e color. Respeitem o velho Brizola que já lutou tanto por você.

Responder

IstoÉ: Todos os homens do propinoduto paulista - Viomundo - O que você não vê na mídia

17/08/2013 - 12h28

[…] Rogério Correia: Só falta o Gurgel assinar a ficha do PSDB […]

Responder

Isidoro Guedes

17/08/2013 - 11h49

É claro que não haverá surpresa alguma se o sr. Roberto Gurgel enveredar pela carreira política e assinar a ficha de filiação ao PSDB. Cara-de-pau suficiente para isso ele tem (e o partido dos tucanos também)

Responder

Jairo

17/08/2013 - 11h39

Azenha,

Aqui em Minas o Novo Jornal denuncia diariamente os desmandos de Aécio e sua irmã Andrea. Você e seus colegas da blogosfera devem dar um apoio ao Novo Jornal republicando suas matérias e tornando mais conhecido este corajoso veículo mineiro.Pelo Bem do Brasil.Ajudem o Novo Jornal.

Responder

PEDRO SANCHES

17/08/2013 - 11h20

Como podem o Ministério Público e o STF tomarem partido de forma escancarada !! Depois dessa do Gurgel, o Mauricinho do Aécio se vê livre para se candidatar e mentir ao povo como mente em MG.Olha no que deu a PEC 37.

Responder

edir

17/08/2013 - 10h47

Aqui faz, aqui paga.

Responder

José X.

17/08/2013 - 10h28

Mais vergonhoso (e perigoso!) é que aparentemente não é possível fazer nada contra os ditadores que se instalam no MP e no Judiciário. São ungidos de Deus, devemos agradecer todos os atos que emanam de suas divinas pessoas. Isso é o que se depreende ao ver que os atos escabrosos dessas pessoas não geram absolutadamente nenhum tipo de consequência contra eles. São os faraós da república.

Responder

anac

17/08/2013 - 09h22

A vez de Collor de Mello, aquele que foi defenestrado do poder por causa de um FIAT ELBA, esta chegando. Comparem o FIAT ELBA com um dos crimes praticados pelos tucanos, o propinoduto, que verão como Collor não pode ser descartado. Se não em 2014, em 2018 Collor seria viável e teria a coragem que Brizola tinha. Avançaríamos.

Responder

    J Souza

    17/08/2013 - 10h37

    O Collor foi impugnado porque contrariou muitos poderosos, incluindo grandes industriais que “produziam carroças” e grandes “investidores” (especuladores!). Queriam que ele acabasse com os marajás, mas só os do serviço público, para que sobrasse mais dinheiro para pagar JUROS…

    E o PT, não sei se por oportunidade ou oportunismo político, sem saber que seus governos iriam ser tão ou mais neoliberais do que o de Collor, não pensou duas vezes ao pedir a impugnação…

    E, como o mundo é uma “roda-gigante”, a “cara” da impugnação naqueles tempos, o José Dirceu (que eu admiro muito, diga-se de passagem! Acho que o PT não teria chegado ao poder sem o “pragmatismo” dele), está prestes a ir para a cadeia, e o Collor é senador, com cada vez mais prestígio!

anac

17/08/2013 - 09h06

Collor é o único com aquilo roxo para enfrentar o PiG a altura. Não votei em Collor de Mello quando candidato da direita midiática, aleás votei em Brizola e em Lula no segundo turno em 1989. Hoje votaria em Collor. Ele esta prontinho para dar a reviravolta que o Brasil precisa. E tem a enorme coragem para tal. Voto em Dilma, mas se não puder, voto sem pestanejar em COLLOR para presidente.

Responder

    anac

    17/08/2013 - 09h07

    errata: aliás votei sempre em Brizola quando candidato a presidente.

    Irineu

    17/08/2013 - 11h16

    Meu caro amigo,
    Sei que o Collor expressa muito bem, tem “coragem”
    Mas você sabia que ele possui uma rede de televisão no Alagoas afiliada a Rede Globo?

anac

17/08/2013 - 09h01

Collor deve ir em cima do Gurgel.

Responder

Ted Tarantula

17/08/2013 - 08h46

Enquanto isso na sala de (in)justiça…

“juiz da 5ª Vara da Justiça Federal do Maranhão, José Carlos do Vale Madeira, suspendeu ontem, liminarmente, o funcionamento do Centro de Estudos do Comunismo (CDC), da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), até o julgamento final de ação popular apresentada pelo advogado Pedro Leonel Pinto de Carvalho em agosto. De acordo com o juiz, a administração “não pode disponibilizar bens públicos para a difusão de doutrinas político-partidárias por mais relevantes que sejam historicamente”.

Responder

Maria Thereza

17/08/2013 - 08h22

Como é bom ter os amigos certos nos lugares certos… Espero que o gordinho sinistro seja pego logo, logo. Motivos não faltam. A excelentíssima consorte foi junto ou ainda vai ficar muito tempo na PGR? O danado é que esse tipo de gente deixa herdeiros e seguidores.

Responder

Irineu

17/08/2013 - 01h21

Azenha e leitores.

Vamos fazer uma manifestação organizada
Vamos levar as ruas tópicos abrangentes
É muita coisa, desde o dono do Banco Marka, D Dantas(B Santos) e por ai vai.

Abraços.
Irineu

Responder

Irineu

17/08/2013 - 01h16

Azenha, muito obrigado por esse espaço.

Aécio, sinto muito, já sonhei muito…..
Como diz o Belchior.

– Tenho vinte e cinco anos de sonho e
De sangue e de América do Sul.
Por força deste destino,
Um tango argentino
Me vai bem melhor que um blues.
Sei, que assim falando, pensas
Que esse desespero é moda em 73.
E eu quero é que esse canto torto,
Feito faca, corte a carne de vocês.

Desde quando nasci em minas, era um sonhador na zona rural
Fui crescendo e vendo a vida dentro de uma realidade e não de uma ilusão.
Sei que é muito bom nos informarmos, mas os bastidores nos aborrece , nos torna enfadonhos e céticos como disse o Machado de Assis.
Aécio, independente de partido é importante o politico ter um compromisso com a nação.(povo) Pois é isso que constitui um País.
Mas há muita coisa acontecendo e você sabe muito bem.
CORRUPTOS(POLITICOS) E CORRUPTORES( EMPRESARIOS,EMPRESAS,MIDIAS ETC)
Um STF parcial, julga umas coisas , arquivam outras. Julgaram o mensalão.
MAS NAO JULGARAM A PRIVATARIA TUCANA.
Obs: Nos julgamentos além de citar os políticos é importante também citar as empresas, porque o politico não é corrupto se não tiver corruptor.
Aécio, é hora de andarmos de braços dados em prol do Pais, que articulem pelo bem e não pelo mal….
Aécio, você precisa vir a periferia e ver como é a vida das pessoas , ou seja da maioria da população.
Não é justo “políticos” e “empresas,empresários,Grandes veículos de comunicação etc”
Parasitarem o dinheiro público e a maioria da população na miséria.
Aécio, Leia isso com carinho.
Vamos caminhar juntos.
Também sou mineiro, brasileiro e ainda sonho
Vamos sonhar juntos acordados e com ação.

A sutileza permeia no vão das letras que compõem o texto
No balaio da corrupção covarde há uma dança com setores que ignoram o que esta explicito.
Uma dança contracenando com interesses é o mesmo tom a mesma nota.
O STF atua parcialmente.
Ai pergunto: Será que somos um país?
Azenha esse topo da pirâmide é complicado.

Responder

Leandro Fortes: Marconi Perillo usa a Justiça de Goiás para calar a verdade - Viomundo - O que você não vê na mídia

17/08/2013 - 00h50

[…] Rogério Correia: Depois de arquivar ação contra o Aécio, só falta o Gurgel assinar a ficha do P… […]

Responder

Rafael

17/08/2013 - 00h11

O pior de tudo é que foi um petista que colocou esse cara lá. Eu não entendo isso. O Lula colocar esse cara é de uma imbecilidade monumental. É não ter visão estratégica. Nunca na história da humanidade um presidente serviu tão bem a seu maior inimigo político como Lula. Vejam as nomeações para o STF e o Gurgel. Nem gostar de apanhar explica isso. É o tipo de coisa que não tem e nem terá explicação. Não venham com essa de republicanismo, porque nem americano faz isso. Em primeiro lugar assegurar a defesa do mandato. Lula colocou em risco a estratégia, colocou em risco o projeto do PT com essas nomeações estapafúrdias. Antes de ser “republicano”, antes de seguir uma lista para nomeação de um órgão extremamente importante tem que pelo menos verificar se o primeiro não será um inimigo, uma ameaça ao mandato.
Gurgel é exemplo clássico de politização desse cargo. Se seguir a lista do MPF seria um exemplo de não politizar esse cargo, foi um tior que saiu pela culatra.

Responder

    Walter

    19/08/2013 - 12h32

    Concordo contigo.

jõao

16/08/2013 - 23h43

cerra ?

Publicado em 16/08/2013
ISTOÉ: CERRA, ALCKMIN E
QUEM É QUEM NO TRENSALÃO
Bye, bye, Cerra. Bye bye, Alckmin. Padilha vem aí, de jaleco branco.

COMPARTILHE Vote: Avaliação NegativaAvaliação Positiva (+30) | Imprimir Imprimir

O Conversa Afiada reproduz mais uma reportagem da Revista IstoÉ:

TODOS OS HOMENS DO PROPINODUTO TUCANO

Quem são e como operam as autoridades ligadas aos tucanos investigadas pela participação no esquema que trafegou por governos do PSDB em São Paulo

Alan Rodrigues, Pedro Marcondes de Moura e Sérgio Pardellas

Na última semana, as investigações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e do Ministério Público mostraram a abrangência nacional do cartel na área de transporte sobre trilhos. A tramoia, concluíram as apurações, reproduziu em diversas regiões do País a sistemática observada em São Paulo, de conluio nas licitações, combinação de preços superfaturados e subcontratação de empresas derrotadas. As fraudes que atravessaram incólumes 20 anos de governos do PSDB em São Paulo carregam, no entanto, peculiaridades que as diferem substancialmente das demais que estão sendo investigadas pelas autoridades. O esquema paulista distingue-se pelo pioneirismo (começou a funcionar em 1998, em meio ao governo do tucano Mário Covas), duração, tamanho e valores envolvidos – quase meio bilhão de reais drenados durante as administrações tucanas. Porém, ainda mais importante, o escândalo do Metrô em São Paulo já tem identificada a participação de agentes públicos ligados ao partido instalado no poder. Em troca do aval para deixar as falcatruas correrem soltas e multiplicarem os lucros do cartel, quadros importantes do PSDB levaram propina e azeitaram um propinoduto que desviou recursos públicos para alimentar campanhas eleitorais.

Ao contrário do que afirmaram o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o ex-governador José Serra na quinta-feira 15, servidores de primeiro e segundo escalões da administração paulista envolvidos no escândalo são ligados aos principais líderes tucanos no Estado. Isso já está claro nas investigações. Usando a velha e surrada tática política de despiste, Serra e FHC afirmaram que o esquema não contou com a participação de servidores do Estado nem beneficiou governos comandados pelo PSDB. Não é o que mostram as apurações do Ministério Público e do Cade. Pelo menos cinco autoridades envolvidas na engrenagem criminosa, hoje sob investigação por terem firmado contratos irregulares ou intermediado o recebimento de suborno, atuaram sob o comando de dois homens de confiança de José Serra e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin: seus secretários de Transportes Metropolitanos. José Luiz Portella, secretário de Serra, e Jurandir Fernandes, secretário de Alckmin, chefiaram de perto e coordenaram as atividades dos altos executivos enrolados na investigação. O grupo é composto pelos técnicos Décio Tambelli, ex-diretor de operação do Metrô e atualmente coordenador da Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões da Secretaria de Transportes Metropolitanos, José Luiz Lavorente, diretor de Operação e Manutenção da CPTM, Ademir Venâncio, ex- diretor de engenharia da estatal de trens, e os ex-presidentes do metrô e da CPTM, José Jorge Fagali e Sérgio Avelleda.

Segundo documentos em poder do CADE e Ministério Público, estes cinco personagens, afamados como bons quadros tucanos, se valeram de seus cargos nas estatais paulistas para atender, ao mesmo tempo, aos interesses das empresas do cartel na área de transporte sobre trilhos e às conveniências políticas de seus chefes. Em troca de benefícios para si ou para os governos tucanos, forneciam informações privilegiadas, direcionavam licitações ou faziam vista grossa para prejuízos milionários ao erário paulista em contratos superfaturados firmados pelo metrô. As investigações mostram que estes técnicos do Metrô e da CPTM transitaram pelos governos de Serra e Alckmin operando em maior ou menor grau, mas sempre a favor do esquema.

Responder

Fabio Passos

16/08/2013 - 22h40

Apoiado pelo PiG e condecorado pelo psdb.

O prevaricador perseguiu e difamou representantes dos trabalhadores… enquanto protegeu os cupinchas da “elite” branca e rica.

E eles ainda acham que ninguém percebe. rsrs

Responder

leonardo brito

16/08/2013 - 22h33

Em 31 de maio de 2011, os deputados estaduais de Minas Gerais Rogério Correia (PT) e os colegas Luiz Sávio de Souza Cruz e Antônio Júlio, ambos do PMDB, e entregaram pessoalmente a Gurgel representação denunciando Aécio e Andrea, por ocultação de patrimônio e sonegação fiscal. Está fácil de resolver esta questão. Estes mesmos deputados entram novamente com a mesma ação contra o Aécio e sua irmã.

Responder

    Saulo

    18/08/2013 - 13h32

    KKKKKK !!!! Será q existe um procurador petista no Planeta Terra ???

Marcos AC Lopes

16/08/2013 - 22h13

Uma vergonha nacional esse Roberto Gurgel! E onde anda a malta que vai às ruas berrar contra a corrupção? Ninguém para denunciar essa justiça corrupta e conivente com a bandidagem?

Responder

Marat

16/08/2013 - 21h51

Esperemos que o PT seja menos menos incompetente e coloque no lugar do Gurgel alguém decente e apartidário. Ah, e que o Gurgel seja pego pelo Collor. Seria o máximo!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

José Fernandes

16/08/2013 - 21h48

esse maldito,que vá……..e não volte nunca mais…fez muito mal pra povo e pra este País

Responder

Deixe uma resposta