VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Professor Miguel Nicolelis: A quem interessar possa

23 de fevereiro de 2011 às 15h00

por Conceição Lemes

No último domingo, 20 de fevereiro, a seção “Painel” da Folha de S. Paulo, publicou esta nota sobre o neurocientista Miguel Nicolelis, professor da Universidade Duke, nos EUA, e fundador do Instituto de Neurociências de Natal, no Rio Grande do Norte.

Quem conhece a trajetória e o caráter do professor Nicolelis ficou injuriado. A nota, além de faltar com a verdade, é caluniosa. A sua caixa postal  ficou entupida de mensagens de solidariedade a ele e de repúdio  à Folha, que não se deu ao trabalho de, por telefone ou e-mail, checar as informações para saber se procediam.

“Muito triste constatar que seus julgamentos morais são feitos a partir de critérios que imperam no varejo da política brasileira e ao seu redor”, escreveu Nicolelis à jornalista responsável pelo “Painel”. “Achar que eu mudaria minha opinião sobre qualquer coisa referente à ciência brasileira baseado numa nomeação para um serviço voluntário, à frente de uma comissão temporária, ou é muita ingenuidade, ou má fé. Sua insinuação maldosa e precária (não há fatos que a suportem) não só não procede, como é risível. Fica aqui o registro do meu protesto pela sua intenção maldosa de insinuar que minhas opiniões estão à venda. Fale pela senhora, não por mim! E se quiser expressar minhas opiniões na sua coluna social, me pergunte primeiro! Muito mais digno, honesto e profissional seria!”

A jornalista respondeu. Prontificou-se a publicar os esclarecimentos do professor a partir de um texto que ele enviou. Por ser grande para os padrões da seção, seria resumido, mas mantendo o espírito.

Na terça-feira, 22 de fevereiro, foi publicada então esta nota:

O “Painel” não assume o erro nem esclarece quase nada.

“Se a jornalista da Folha me conhecesse pessoalmente, saberia que há 9 anos desenvolvo um trabalho voluntário, não remunerado, em prol da educação científica e da ciência brasileira”, continua indignado  Nicolelis. “Na minha profissão, o único bem que nos cabe é a nossa reputação e idoneidade, portanto, considero vil, leviano, o que o jornal fez.”

Por isso, segue a íntegra do texto que o professor  enviou à Folha:

Em resposta à nota publicada no Painel de 20/02, gostaria de declarar que, em momento algum, alterei quaisquer das críticas feitas ao atual modelo de gestão da ciência brasileira em decorrência do recente convite, feito pelo senhor Ministro da Ciência e Tecnologia, para presidir a Comissão do Futuro, proposta por esse ministério. Quando disse, em entrevista ao Estado de S. Paulo, em dezembro passado, que o Ministério da Ciência e Tecnologia não podia ser considerado como um prêmio de consolação, não estava emitindo nenhum juízo de valor sobre a pessoa do senhor ministro Aloízio Mercadante, mas simplesmente reivindicando o reconhecimento do novo governo à importância fundamental da área de ciência e tecnologia para o desenvolvimento do Brasil. Da mesma forma, desde o convite e anúncio formal do mesmo, no último dia 13/02, não emiti nenhuma declaração ou qualquer avaliação da presente gestão do MCT. Dessa forma, estranha-me ler nesse jornal a insinuação que, um convite para presidir, de forma voluntária e não remunerado, uma comissão temporária, destinada a elaborar e disseminar ideias que possam contribuir para o futuro da ciência brasileira, tenha servido como forma de cercear minhas opiniões. Na realidade, o objetivo dessa comissão é levantar todas críticas ao modelo vigente e propor soluções eficazes para que a ciência brasileira possa contribuir decisivamente para o desenvolvimento social e econômico do país.
Sinceramente,
Miguel Nicolelis

A Folha mais uma vez briga com a verdade factual, aprontando outra  das suas.

Para começar, desde há muito, o professor Nicolelis faz críticas aos tucanos (clique aqui para ler).

A entrevista em que o professor Nicolelis critica o atual modelo de gestão da ciência brasileira está aqui.

Vale lembrar que é a mesma Folha que, em 2008, levou muita gente a se vacinar desnecessariamente contra a febre amarela (clique aqui), cometendo um crime contra a saúde pública brasileira. Depois, em 2009, previu que até 67 millhões de pessoas poderiam ser afetadas  pela gripe suína (clique aqui). Outra irresponsabilidade.

 

97 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nicolelis e a Comissão do Futuro do MCT « Blog da engenharia de superfícies

10/03/2011 - 10h56

[…] resposta acima pesquei no site Vi o mundo de Luiz Carlos Azenha num texto de Conceição Lemes, que recomendo, uma vez que o jornalão não publicou a […]

Responder

Ricardo Amaral

03/03/2011 - 23h24

Coitadinho do Nicolelis, sempre perseguido e boicotado pelos 'sem visão'.
Agora barre o comentário, Azenha, apenas porque ele não segue a orientação que você dá a seu blog. Talvez você tenha aprendido isso nos anos que trabalhou na Globo, não?

Responder

Edivaldo

25/02/2011 - 11h05

"Fale pela senhora, não por mim!"

É a Renata Lo Prete.Espero que o professor não compre mais o jornal FSP.

Responder

    Luís Henrique - MG

    25/02/2011 - 14h04

    E que nem vá a sua festa de aniversário.

Pedro

25/02/2011 - 05h32

Pessoal a FALHA de São Paulo tem um manual que os jornalistas precisam seguir….

Quem não entender, é só ler o livro "Cães de Guarda" que vai ter a oportunidade de ver muitos jornalistas latindo.

Responder

SILOÉ

25/02/2011 - 00h36

A folha tem ojeriza à mentes privilegiadas.

Responder

Luisa Fernanda

24/02/2011 - 22h59

Olá Caríssimos,

Descobri mais uma faceta do PIG travestida de “juventude consciente”: uma tal de ANPG – Associação Nacional dos estudantes de Pós Graduação. Eles estão encaminhando um abaixo assinado que exige aumento de 37% das bolsas de doutorado e 39% para mestrado (http://www.peticaopublica.com.br/?pi=anpg).

O mais engraçado, é que NUNCA ouvi falar nessa Associação… Nunca ninguém foi no meu Instituto dizer “oi, somos a ANPG, estamos aqui para ajudar. Sempre que precisar contem conosco”. No site deles é uma reprodução daquele testículo do Estadão, que dizia que o Dr. Miguel Nicolelis recebeu o convite para compor a Comissão do Futuro após ter criticado o governo. No blog do “Limpinho e cheiroso” há a resposta do Dr. Nicolelis sobre o assunto, desmentindo o Estadão.

É um ABSURDO ISSO!!!! LEY DE MEDIOS JÁ!!!!! Gente despreparada desse nível envergonha a ciência…. assim como o SERRA envorgonha qualquer um a dizer que é brasileiro como ele…

Responder

Claudio Ribeiro

24/02/2011 - 22h51

Modus operandi de setores da imprensa, distorcer, se não der, mentir…

O que dizer das chamadas dos portais IG e UOL sobre a menor taxa de desemprego para o mes de janeiro?
http://palavras-diversas.blogspot.com/2011/02/men

Para eles era um sinal negativo, preocupante…negligenbciaram a principal informação ao leitor: o desemprego é baixíssimo para janeiro!

Responder

Marciliosp

24/02/2011 - 21h47

vai dando corda pra esta corja senhora dilma

[email protected]

Responder

Pardalzinho

24/02/2011 - 20h22

Um dos mais sérios problemas que ocorrem nos dias atuais é o verdadeiro salve-se-quem-puder que virou o noticiário sempre em busca de notícias ou fatos de impacto; de preferência que mostre o caos que vive o Brasil com o PT no comando. Somente como exemplo, o JN vai ao ar diariamente com 45 minutos de duração; chova ou faça sol, haja ou não notícia relevante pra encher aquele longo espaço; em 99% dos dias em que vai ao ar, não há…

Então essa gente, pra manter o emprego, fica caçando noticias e eventos importantes e a tentação de transformar em "polêmica" uma declaração corriqueira e objetiva, como essa do Prof. Nicolelis, é grande… Ademais a jornalista em questão sabe que, mesmo com desmentido posterior, o objetivo foi alcançado. A desinformação foi plantada e fará a alegria dos desocupados tucanos que tratarão de espalha-la internet afora… Eu havia recebido esta nota da Folha via um amigo tucano aposentado, super indignado com a "reação" do prof. Nicolelis que, para ele, era a prova final de que o PT no governo será sempre um desastre.

E assim, a repórter e seu chefe, cumpriram brilhante sua missão…

Responder

    Rafael

    25/02/2011 - 01h48

    No entanto não ganha mais eleição. Não importa, com esse governo o povo tem emprego.

Ponce de Leon

24/02/2011 - 20h05

Renata Lo Prete e Roberto Jefferson… Tudo à ver.

Responder

carmen silvia

24/02/2011 - 19h57

A alma humana nem sempre é um mistério.No caso dessa jornalistazinha que publicou essas imbeclidades,apenas traduz o seu jeito de ser.Por não acreditar em si mesma precisa puxar o saco de quem a emprega.O primeiro referêncial que temos pra avaliar as práticas alheias somos nos mesmos.Portanto é ela e não o professor que é capaz de ter essa atitude,simples assim.

Responder

Zeno José Otto

24/02/2011 - 19h23

Essa história toda me fez pensar numa fábula que ainda não foi escrita; O cupim e o Leonardo Da Vinci.

Responder

Glecio_Tavares

24/02/2011 - 18h15

A folha é nosso grande adversário, pois continua com dissimulação em excesso. Quem sabe se a folha durar até a próxima geração dos Frias as coisas não mudem? Eu continuo com a campanha: Folha nem para coco de gato!!! Tenha dó de seu animal!!!

Responder

Ana Maria

24/02/2011 - 18h04

Fofoca ou inverdades publicadas e espalhada pela imprensa golpista pode sim se transformar em uma verdade quando dita e repetida tantas vezes e espalhadas de boca em boca pelas feras lideradas pelo PSDBDEM e por seus amantes cegos e preconceituosos que estão soltos editando materias mentirosas e pregando a liberdade de imprensa.

Responder

O_Brasileiro

24/02/2011 - 17h45

Só quero saber uma coisa… uma coisaaaaa:
O GOVERNO FEDERAL DA DILMA VAI AUMENTAR A VERBA PUBLICITÁRIA PARA A FOLHA E PARA A GLOBO???
É tudo que eu quero saber!!!

Responder

Evaristo

24/02/2011 - 13h42

A mesma Folha que transportou presos políticos para serem torturados e mortos. Esperar o quê? Jornalista que trabalha nesse jornaleco precisa ser adepto da ideologia demotucana. E alugar o corpo do pescoço para cima para escrever o que o dono mandar. Não os levo mais a sério.

Responder

José Eduardo Camargo

24/02/2011 - 13h25

É a Folha de sempre se lambuzando na própria sujeira. E ainda não me conformo com a lamentável "rendição" do Governo da República (rendição é mesmo a palavra!) na festa dos 90 anos da Folha. Pois são 90 anos de traição ao país! 90 anos de antijornalismo! 90 anos de golpismo! Em uma democracia avançada esse jornaleco sequer existiria! Pronto, desabafei!

Responder

Julio Silveira

24/02/2011 - 12h39

O que esperar desse "Jornal" a não ser puxar saco de politico para barganhar verba publicitaria e continuar prolongando nossa insatisfação.

Responder

Emília

24/02/2011 - 12h08

Vocês ainda perdem tempo (precioso) lendo a Folha de São Paulo? Não me dou a esse desfrute, como dizia minha avó. Os jornais impressos atualmente são de péssima qualidade e não gosto de gastar meu dinheiro com porcaria.

Responder

Estácio Schneider

24/02/2011 - 11h51

Minha preocupação é só uma: o Painel da Folha é lugar de recados. Quando alguém quer queimar alguém, entrega a fofoca à editora da seção. Se for conveniente para a casa queimar alguém, ai tudo bem, publica-se. O que sai no Painel não precisa ter fundamento, pode ser um disse-me-disse qualquer.

De quem seria o interesse de queimar o nome de Nicolelis para essa comissão? A quem interessa conflitar ele com Mercadante? Estão procurando algum motivo para retirá-lo dessa comissão? De quem é a proposta dessa comissão?

Nada ali naquela sessão é por acaso. A editora não manda nada, apenas assina a sessão que serve para balões de ensaio.

Responder

    teresa b

    24/02/2011 - 13h35

    Se não me engano, a direita do USA já fez declarações contra Nicollelis. A foia é caixa de ressonãncia(latrina) dos gringos aqui por essas bandas…

Professor Miguel Nicolelis: A quem interessar possa » O Recôncavo

24/02/2011 - 11h30

[…] Professor Miguel Nicolelis: A quem interessar possa por Conceição Lemes no VI o mundo […]

Responder

Caracol

24/02/2011 - 08h14

Eu sou um cara antigo, sou do tempo em que jornalismo era uma profissão honrada. Não era mole você contestar caras como Gustavo Corção, Hélio Jaguaribe, Alceu de Amoroso Lima, Márcio Moreira Alves, Hermano Alves, Castelo Branco, Barbosa Lima Sobrinho e tantos outros. Hoje em dia está ao alcance de qualquer imbecil contestar jornalista babaca. Diante do que se transformou a profissão, é mole. E ainda falam mal dos puteiros…
Ainda bem que, como sempre, há exceções, mas essas são sempre "expelidas" pela imprensa tradicional, que se transformou em apenas mais um negócio de marginais.

Responder

    beattrice

    24/02/2011 - 14h07

    E vale a pena ressaltar que havia jornalistas dignos do nome em todo o espectro ideológico, na direita e na esquerda.

    leo

    25/02/2011 - 11h38

    Aí não entra o lacerda, herói do PIG.

    Altemar

    24/02/2011 - 22h39

    Aê Caracol !!!!

Carlos

24/02/2011 - 07h49

Aquele discurso será sempre um trunfo na festa da foia. Não se pode apagá-lo; ele ficará na história para sempre. Temos todo direito de ficar indignados. Afinal combatemos o famigerado pig, ao qual a foia está intimamente ligada. Tão ingênuos são aqueles que preferem "os fins justificam os meios" ou "as táticas usadas"( é o que vale). Mil vezes não. O que vale mesmo são os valores humanos. TAÍ MAIS UMA VÍTIMA. Chega de esquerdismo mórbido e insano, que defende o indefensável.

Responder

Aracy_

24/02/2011 - 07h04

A Folha deveria intitular as colunas não como "Painel" ou "Erramos" , mas como "Mentimos", "Caluniamos", "Difamos" ou "Fofocamos". Afinal , esse é o conteúdo do jornal.
A Folha murcha, Nicolelis segue bravamente adiante!

Responder

Scan

24/02/2011 - 00h16

E vale lembrar também que é a mesma Folha que, em 2011, levou a presidenta(e) como convidada à sua festinha de 90 anos…

Responder

    Daniel

    24/02/2011 - 11h32

    Pelo tom de despeito, não levu e nem convidou você.

    Scan

    24/02/2011 - 12h45

    Meu caro, se convidassem eu não iria. Eu me dou ao respeito e não privo com meus inimigos.
    Você iria? Tem sangue de barata também?
    Será que a Dilma vai no aniversário da CNBB também? E no aniversário do Malafaia?
    Voto e milito no PT há 30 anos. Se a dona Dilma acha que pode esquecer a militância e que a militância se sente bem com a provocação (legítima, diga-se passagem) dos blogs de direita que agora nos trata como imbecis, o azar é do Brasil.
    De minha parte, e até prova em contrário, acho que Dilma é uma lambe botas.
    Saudações.

    beattrice

    24/02/2011 - 14h09

    Excelente resposta.
    Vale também perguntar se ela vai à quermesse na igrejinha de Guarulhos em junho.

    Bonifa

    24/02/2011 - 17h03

    Será que a síndrome de Estocolmo atacou a Dilma?

Florival Scheroki

24/02/2011 - 00h05

Estou em estado de confusão. Alguém pode me ajudar. Recém cheguei de um planeta ainda não alcançado pelas lentes dos telescópios dos grandes centros de inteligência da Terra. Então, depois de estudar os idiomas desta Babilônia não consigo entender certos conceitos. Alguém pode me ajudar? Liberdade de expressão na democracia: eu conto uma mentira para um monte de gente que acredita em mim, prejudico uma pessoa. Depois, se quiser, peço desculpas ou lhe dou um espaço para falar ou escrever e desvirtuo novamente suas palavras. Depois tudo fica por isto mesmo. Não entendi. Faço propaganda de um serviço de banda larga ou tv à cabo, omito uma informação e depois,se alguém contestar, peço desculpas, dou uma indenização de R$ 2.000,00 e fica justo "justificado". Atropelo alguém em estado de embriaguês, pago um fiança, peço desculpas, e vou almoçar com minha família no dia do enterro do atropelado.
O que tem isto a ver com o que fizeram com a Dilma, Nicolelis e fazem com tantos outros?
Vamos desculpar a Folha nossa. Estão apenas fazendo o trabalho deles. Tá bom assim?

Responder

beattrice

23/02/2011 - 23h17

Não há nenhuma possibilidade de ser surpreendido pelo que a FSP venha a publicar, o que surpreende é que certas pessoas participem de convescotes & champanhotas com este panfleto mentiroso e apócrifo.

Responder

Armando do Prado

23/02/2011 - 22h56

Pois é, e a "presidenta" que elegemos foi lá elogiar quem a chamou de "vadia" e "terrorista" o tempo todo. Já diziam os espanhóis: quem abaixa muito mostra os fundos.

Responder

Bonifa

23/02/2011 - 20h46

A Folha está revigorada depois do beija-mãos de tantas autoridades civis, militares e religiosas pela passagem de seus 90 anos. Não lhe ocorre que a homenagem não implica em sinal de respeito ao que ela hoje diz, mas sim apenas em sinal de respeito por sua longevidade. Prestou, é certo, importantes serviços à sociedade em todos estes anos. Um ótimo horóscopo, palavras cruzadas no nível adequado da inteligência, o encarte Folhinha que fez a alegria de muitas crianças aos domingos. Anúncios populares que funcionaram. Teve seus defeitos, claro. A seção de política, de parcial e deletéria, tornou-se ilegível e por vezes pornográfica. Mas isto, evidentemente, não é tudo. Quanto ao professor Nicolelis, deu uma entrevista excelente ao Serginho Grossman em seu programa de sábado. Por essa entrevista se pôde ver claramente o tamanho, o alcance e a qualidade de seu magnífico trabalho em Natal.

Responder

LULA VESCOVI

23/02/2011 - 20h31

Tentar desqualificar o Nicolelis só mesmo num jornal abjeto,inqualificável pela sua indeçência.Esse "outro lado" não explica nada.Quando ele teve a postura engajada durante a campanha era questão de tempo para o PIG retaliar.Não veremos o Nicolélis na grande imprensa falando sobre o seu trabalho,ele que é um dos maiores cientistas da atualidade.Tomara que ganhe um Nobel,aí terão que engolí-lo.

Responder

Fernando

23/02/2011 - 20h05

Tiririca ao ser perguntado sobre o porquê de não ter se candidatado pelo estado do Ceará, que é onde nasceu ele emendou: "É que lá não tem tanto abestado assim". Abestados não são os que votam no Tiririca, são os leitores crédulos da FOLHA, pois estes sim é que representam o atraso. Nicolelis, lembre-se bem, e não assine nem leia este triste folhetim.

Responder

    Bonifa

    24/02/2011 - 17h09

    Atenção, Tiririca… Quando alguém chegar assim meio sorrateiro e lhe convidar para certas coisas e para ir a certas reuniões e homenagens, por favor diga: "Vou não, quero não, posso não, que mamãe não deixa não, posso não, quero não…"

francisco p. neto

23/02/2011 - 19h50

É por isso que a Folha está mimetizando, como os animais na natureza, um ritual de abordagem, só que neste caso de forma malandra, aproximação com a presidenta, para tentar constranger o governo a levar adiante a lei dos meios de comunicação.
Notas como essa, escrita por jornalistas subservientes, só vem reforçar essa suspeita.
Afinal de contas, qual foi o espaço cedido pelo jornal para o ofendido?
Sem "prejuízo" da idéia da resposta do Dr Nicolelis, a jornalista editou a sua resposta.
Nós só tomamos conhecimento da íntegra da resposta aquí neste blog sujo.
Estou muito preocupado que, com essa estratégia rasteira e amadora, acabe convencendo a presidenta Dilma.
Aliás, tem muita gente frequentadoras desses blogs sujos que estão descontentes e injuriados com a atitude da presidenta Dilma.

Responder

Rafael

23/02/2011 - 19h27

Isso é a folha.

Responder

Rodrigo Leme

23/02/2011 - 19h22

Peraí:

"Quando disse, em entrevista ao Estado de S. Paulo, em dezembro passado, que o Ministério da Ciência e Tecnologia não podia ser considerado como um prêmio de consolação, não estava emitindo nenhum juízo de valor sobre a pessoa do senhor ministro Aloízio Mercadante, mas simplesmente reivindicando o reconhecimento do novo governo à importância fundamental da área de ciência e tecnologia para o desenvolvimento do Brasil."

Como ele critica a atitude do governo sem fazer juízo de Aloisio Mercadante? Se o achasse capaz de assumir a pasta, não faria a crítica, e se a faz o considera incapaz. Prêmio de consolação só pode ser dado para aquele que foi incapaz de atingir o objetivo. É sim juízo de valor sobre Mercadante.

Isso posto, eu admiro muito o Nicolelis e acho que não deveria ter abrandado a critica: Mercadante já provou sua incompatência em mais de uma área, e não vai ser nessa que ele vai brilhar. Em um país sério, o titular da pasta seria o próprio Nicolelis.

Responder

    Silvio

    24/02/2011 - 00h48

    Rodrigo Leme:
    Miguel Nicolelis, e um gênio entre os cientistas. Ele nunca azeitaria ser ministro,.porque ele e um pesquisador nato,E um cientista em todo o sentido da palavra. Ademais quase com seguridade, não tem tempo para isso.

    Scan

    24/02/2011 - 10h58

    Silvio, foi feito o convite a Nicolellis?
    Se não, a questão é imponderável e qualquer coisa que se diga sobre o assunto é "achismo".
    Acredito que seria um excelente nome (caso aceitasse) e nesse ponto tenho que concordar com o Rodrigo (pela primeira vez).
    E o Mercadante é, sim, uma taipa.
    O Haddad, nas folgas do ministério, escreve artigos para revistas científicas. Um dos melhores, senão o melhor, ministro que temos.
    []'s

    beattrice

    24/02/2011 - 14h11

    Aliás, certos ministros do governo LULA eram "imexíveis", Haddad, Temporão, Amorim e outros.
    Mas a presidenta resolveu inovar.

    Silvio

    25/02/2011 - 13h48

    Scan:
    Eu imagino que sendo ministro não teria tempo para tocar seus projetos na Universidade nos EUA, assim como seu projeto no Brasil. Concordo contigo de que Haddad e o melhor ministro que temos.Agora não e o mesmo, desenvolver uma pesquisa que escrever um artigo, em uma revista.

    Rodrigo Leme

    24/02/2011 - 11h03

    Ok, que ele não aceitasse. Mas Mercadante pra que? Que o Mercadante não tem tempo pra ser pesquisador é um bom motivo, rs.

    MA_Jorge

    24/02/2011 - 06h35

    Rodrigo

    Se você realmente acredita que a posição de ministro nos diversos ministérios, devam ser ocupados por profissionais da área do ministério, explique para os amigos que acompanham o blog, as lógicas e qualificações dos ministros e ministérios do FHC.

    Participe do blog contribuindo com idéias, discorde até, é bom para o debate construtivo. Não venha porém, falar simplesmente sem conteúdo e ser agraciado apenas com o rótulo de troll.

    Rodrigo Leme

    24/02/2011 - 11h00

    Engraçado que toda a crítica ao presente, que é onde vivemos, tem que ser acompanhada de uma crítica ao passado, onde não vivemos mais.

    Se vivermos no seu mundo Jorge, se FHC fez pior não pdoemos criticar Dilma. Ou seja, foda-se o presente pq o passado não foi melhor. Que racicínio ogro. Depois eu sou o troll…

    MA_Jorge

    24/02/2011 - 16h45

    Você pode até não concordar, direito seu, mas é justamente em cima da história passada que se constroí a sociedade. Se este é o meu mundo, também é o seu Sr. Rodrigo; também acabará sendo de muitos outros não realmente abertos ao debate.

    Pelos seus posts e comentários no ID, muitos poderão ver quem é o troll e do que.

    Rodrigo Leme

    25/02/2011 - 08h26

    Se a gente usa a história passada como desculpa para não se discutir os erros do presente, nada será construído.

    MA_Jorge

    25/02/2011 - 13h55

    Nunca deverá ser usada como desculpa, apenas uma peça a mais na base.

    Obrigado pela resposta.

    LuisCPPrudente

    24/02/2011 - 18h51

    Com certeza absoluta, sim!

    Um troll tentando se desvencilhar da característica natural de um troll. Oras seu troll!

    Rodrigo Leme

    25/02/2011 - 01h08

    Só pra entender: esse seu comentário não é de troll. Certo?

    El Cid

    24/02/2011 - 23h33

    eh "zoinho"… a alcunha "troll" pegou mesmo, hein ??/

    Rodrigo Leme

    25/02/2011 - 08h24

    Pegando pro gente como você, não preciso me preocupar com nada…

    El Cid

    25/02/2011 - 20h14

    "Pegando pro gente como você" ????

    nervoso ao digitar ?? relaxe, "trollzinho"…

    Rodrigo Leme

    26/02/2011 - 11h59

    Nervoso nunca, amigão. Apressado talvez. Eu diria que é pq não gosto de perder mto tempo com vc e essa homofobia que vc usa como humor nas tuas msgs pra mim, mas é que às vezes eu digito do trabalho, não dá tempo de revisar.

    Mas é aquela coisa: eu digito errado, mas tou sempre no assunto. Não é como se chegasse nos tópicos com medo de debater o assunto e perdesse tempo criticando as pessoas que discutem comigo (e ainda com o inuendo sexual, o que mostra uma certa insegurança). Eu não me acho assunto, mas se vc acha, manda ver.

    El Cid

    26/02/2011 - 14h13

    pera lá: troll = homofobia ??

    definitivamente, encerro por aqui.. tô perdendo tempo com você mesmo, troll…

    Rodrigo Leme

    26/02/2011 - 17h25

    Não finge que você não sabe do que tou falando, que é feio….no mínimo assume as coisas que você fala.

    Aliás, sobre o que você fala…você não vai encerrar comigo. Sabe por que? Você é daqueles que nunca adiciona nada à discussão, apenas fica buscando os comentaristas de quem você não gosta e fala sobre eles. Não se acha uma mensagem sua adicionando opiniões, fatos, etc. Só ódio por quem pensa diferente.

    Por isso você não vai largar de mim. Se você larga de mim são uns 10% de msg a menos pra vc. E essa é a definição de troll, broder: não adicionar nada à discussão e só ficar detonando o interlocutor.

    El Cid

    27/02/2011 - 09h42

    "a pior postura de um ser humano, é a postura de vítima"

    Rodrigo Leme

    27/02/2011 - 22h42

    Pior que a covardia de atacar o interlocutor por não ter conteúdo para debater o assunto? Duvido.

    El Cid

    28/02/2011 - 19h00

    fugindo da tangente, troll ??? kkkkkkkk

    desde aquela insinuação com o Eduardo Guimarães, sua moral é como uma barriga de uma cobra: arrastando no chão…

    voilá, troll !!!

    edwifeitoza

    25/02/2011 - 02h01

    Senhor Rodrigo. Esquece-se o senhor (prefiro acreditar que seja por desinformação que por canalhice) de todo o conjunto da crítica emitida por Nicolelis a respeito da gestão não só do MCT mas da ciência nacional como um todo. Ele disse sim que um cargo no MCT não pode ser resultado de prêmio de consolação para quem perde eleição. Como também disse, lembrando seu manifesto por uma ciência tropical, que a presença de Mercadante no poder do MCT poderia acelerar este processo, uma vez que como não é profissional da área Mercadante também não carrega os vícios daqueles que enxergam ciência como algo que só pode gerar resultados em décadas, ao invés de anos.
    Você tem todo o direito de criticar. Mas ao menos estude mais a respeito daquilo que é seu objeto de crítica.

MA_Jorge

23/02/2011 - 19h20

É ou não é um jorneleco, cada vez mais perdendo credibilidade. Não duvido até ter ela preparado todo o processo contra a Falha, como que a querer ficar mais em evidência.

Responder

brasil acima de tudo

23/02/2011 - 19h11

Não da nem para acreditar, é um balde de agua fria nos que lutaram contra a ditadura.

Responder

Moacir Moreira

23/02/2011 - 19h03

A Dilma acha que a Folha é um jornal exemplar, portanto o Dr. Nicolau está errado em pretender caluniar um órgão de imprensa nonagenário com tantos serviços de relevância prestados ao Brasil.

Responder

sergio mario

23/02/2011 - 19h02

Quantas pessoas lêem a Falha? Quantas pessoas lêem o Pig todo? E quantos são os brasileiros? A questão não está aí. O Pig vende para quem acredita no que escrevem portanto temos é que criar o anti-pig, sem papel para poupar arvores, virtual, como aqui.

Responder

    augustus

    25/02/2011 - 04h40

    A D.Dilma le a folha todos os dias. O discurso é prova disso..Infelizmente

Pedro Frineda

23/02/2011 - 18h58

Pois é! E a PresidentE DILMA, segundo ela mesma, prestigiou a comemoração de 90 anos desse panfleto. LAMENTÁVEL. Quanto à baixaria, é apenas mais uma…

Responder

Hans Bintje

23/02/2011 - 18h46

Conceição Lemes:

Eu já elogiei várias vezes e em diversos lugares seus "Boletins Nicolelis". Continuo com a mesma opinião, peço que continue com esse ótimo trabalho, que tem sido algumas das melhores leituras da internet.

Pena que a gente tenha se reencontrado com nosso amigo Nicolelis num momento tão triste.

Mas a vida continua, o Gerson Carneiro descreveu muito bem nosso sentimento por aqui.

A proposta da "Ciência Tropical" é fascinante e quem sabe a gente consiga participar de uma maneira mais efetiva nesse movimento.

Por favor, avise o Nicolelis que tem uns malucos nesse site que lêem com entusiasmo os boletins do Centro Kluyver – http://www.kluyvercentre.nl/ – então pode mandar uns textos mais complicados que a gente vai "rachar a cuca" para tentar entender.

E talvez, até consigamos ;-D

Responder

Leider_Lincoln

23/02/2011 - 18h03

Não sei o que foi mais asqueroso, se a nota ou o "esclarecimento". Repulsivo!

Responder

Gerson Carneiro

23/02/2011 - 17h34

Desabafo I

Só tenho que parabenizar todo o pessoal da Folha de S. Paulo pela competência (ainda que tal competência seja para o mal). É o que a mim resta. Conseguiram levar na lábia até a ex-nossa Presidenta e sua equipe de Ministros.

Incompetente é o PT, e mais ainda a própria Dilma que depois de insultada pela Folha de S. Paulo… bem, sabemos.

E a Folha de S. Paulo segue sua trajetória de sucesso, de "exemplo de jornalismo diferenciado", vilipendiando e deixando um rastro de vítimas abatidas para trás.

E a cada sucessivo caso nós, agora órfãos, vamos tomando ciência de nossas caras de tacho, de babacas, acreditando que teremos Ley de Medios. Não se iludam. Não teremos. Dilma agora deverá retribuir a champanhe caríssima que ela provou, oferecida pelo Otavinho.

Responder

Gerson Carneiro

23/02/2011 - 17h33

Desabafo II

Agora Ministro Paulo Bernardo: regulamentação da mídia, nem com pressão.

Em tempo: Reinaldo Azevedo declara que gostou do discurso da Dilma na Folha e pergunta, "E agora Petralhas?". Até ele debocha de nós, a quem ele chama de "Petralhas".

Apenas para registro declaro que escrevo esse comentário em um momento de amargura, fica em aberto a possibilidade da Presidenta Dilma provar que eu esteja equivocado.

Responder

    betinho2

    23/02/2011 - 18h35

    Então o guri ai é leitor do Abestalhado?..rsrs

    Gerson Carneiro

    23/02/2011 - 19h02

    De forma alguma. Li o anúncio público no twitter. Publicado pelo grande Eduardo Guimarães, de quem sim, também sou leitor assíduo.

Pedro Luiz Paredes

23/02/2011 - 17h04

Ta na hora de começar ignorar esse PIG.
Esse blog tem mais views que os assinantes deles.
Se as pessoas de personalidade ficarem debatendo; além de elevarmos a importância deles, logo encaixam uma retórica para se justificar.
Poderíamos dar a chance de se aprofundarem em seus pensamentos superficiais para assim perderem mais adeptos e mais rapidamente.
Não precisamos evidenciar toda e qualquer bobagem que eles falam, basta uma versão diferente dos fatos, pois o povo e a internet já estão fazendo a seleção natural das coisas.
Vejo em grupos que sempre foram ortodoxos, críticas consistentes a esses meios de comunicação, isso por terem em seus quadros pessoas ávidas a conteúdo. Falo de médicos, engenheiros, advogados…
O senso crítico tende a beneficiar no mínimo pensamentos progressistas.
Não quero ser dono da razão mas é que a tendência já esta muito evidente.
Outro dia estava numa mesa de aspirantes (pessoas de tendência mas sem capacidade) e um deles (o mais velho) disse:
"Pode falar o que for, mas a globo é uma grande televisão".
Um apoiador do Serra respondeu de imediato(satirizando):
"Ainda mais em casa que a TV é de 42 polegadas"!
Eu ganhei o dia!
Concordei com tudo que disseram depois disso, rsrsrs

Responder

waleria

23/02/2011 - 16h41

As folhas passam, e caem com o outono.

O Prof. Nicolelis fica.

Responder

    JotaCe

    24/02/2011 - 15h33

    Folha ao vento…

    Gostei da tua mensagem, Waleria, de beleza que faz lembrar o poema de Verlaine. Precisamos acelerar a Ley dos Medios, a ação dos ventos no outono, levando até a lembrança da folha para o espaço sideral. Que fiquem na nossa memória trabalhos como o do grande cientista Nicolelis! Abraços,

    JotaCe

Luiz Henrique

23/02/2011 - 16h25

Professor Miguel Nicolelis tem todo meu apoio.
Folha: acho que tá na hora de rever seus conceitos.
Fora Folha, fora globo, fora o pig todo!

Responder

Pedro Germano Leal

23/02/2011 - 16h24

Caros colegas,

Os problemas ligados ao reingresso de Recém-Doutores, ex-bolsistas da CAPES, são um dos gargalos da Educação Superior brasileira. Anualmente, dezenas de novos pesquisadores, provenientes de instituições de excelência no mundo inteiro são obrigados a retornar ao país e retribuir o investimento público em sua formação. Todavia, não são criados os meios para tanto – muitos se veem impedidos até mesmo impedidos de atuar nas Universidades Federais. Nisso, deixa-se de aproveitar o imediato estabelecimento de novas áreas de pesquisa – uma boa oportunidade para a inovação científica no país: uma mão de obra que custou caro aos cofres públicos deixa de ser revertida para o bem da comunidade acadêmica, e além.

Peço a todos que leiam com atenção, assinem, contribuam, e passem adiante. É importante que esta proposta seja discutida, e que tenha o apoio do maior número de pessoas possível.

A proposta pode ser lida e assinada no seguinte endereço (ao fim desta mensagem também tem uma cópia dela):
http://www.ipetitions.com/petition/pnadr/

É rápido, prático e pode ser de grande ajuda.

Por favor divulguem!

Responder

mello

23/02/2011 - 16h11

Toda a solidariedade ao brilhante Professor Nicolelis e o total repúdio á inqualificável falha de São Paulo.

Responder

Orlando Bernardes

23/02/2011 - 15h46

E a Dilma na festa da Foia! Muito preocupante.

Responder

    augustus

    25/02/2011 - 04h45

    Talvez D.Dilma tenha resolvida conhecer uma festa dos barões da imprensa golpista. Tudo bem. Quero saber quem foi o idiota que teve força nem argumento para evitar esse vexame Estou mais indignado porque estou sendo chamado de otario por um monte de gente.

ANA

23/02/2011 - 15h37

A Folha já está condenada pela qualidade de seus 'profissionais', por reinventar a realidade de maneira pífia e nítida e sobretudo, por não ter conseguido esconder o seu próprio passado.

Quem lê essa M… diariamente?

Responder

Go Oliveria

23/02/2011 - 15h33

Dilma agora é quem deve esperar outro regabofe para convencer a Foia que a escolha foi certa!

Responder

David R. da Silva

23/02/2011 - 15h19

Apoio IRRESTRITO ao Prof.Miguel Nicolelis, e meu REPÚDIO ao PIG Folha e sua militante paga. de Belo Horizonte.

Responder

NaMariaNews

23/02/2011 - 15h09

"O outro lado" é o lado da Folha, da que inventa, distorce. Não é o lado do Prof. Nicolelis ou de quem sabe ler e interpretar textos. Outra falha dessa senhora do Painel é ter dito que Prof. Nicolelis afirmou "ainda não ter elementos para avaliar o desempenho do Ministro". Onde está isso no texto do Professor? O que a distinta senhora insinua nisso também? Haja pensamento gelatinoso nesse "periódico".
Fez bem em publicar aqui a resposta na íntegra, é a única forma de lidar com esse tipo de gente.
Avanti, Nicolelis!

Responder

aurica_sp

23/02/2011 - 14h57

A Folha é uma M….! Salve o Nicolelis aqui em casa não entra Folha nem para limpar a M…. do meu cachorro!!!

Responder

    marcio ramos

    25/02/2011 - 12h24

    .. mandou bem!

    joao uirapuru

    10/10/2011 - 04h51

    A FILHA DA… SÃO PAULO continua sendo um Jornal administrado à imagem e semelhança do Galinheiro do Grande Otávio Frias, eminente Criador de Galinhas das Década de 60. Se atrapalham com tudo o que um galinheiro tem…. poleiro de jornalista, ovos podres nos ninhos, indezes sujos, cacarejos rosnentos, ciscação do chão, piolhos de galinha, poeira sujenta, cheiro de bosta e bosta de galinha.

Deixe uma resposta