VIOMUNDO

Moraes, da FUP: Por que a mídia esconde excelentes resultados da Petrobras?

05 de fevereiro de 2015 às 21h51

 Da Redação

João Antônio de Moraes é ex-coordenador nacional e atual diretor de Relações Internacionais da Federação Única dos Trabalhadores (FUP). É também diretor do Sindipetro-SP.

Confira a excelente entrevista que ele concedeu ao jornalista Heródoto Barbeiro, do Jornal da Record News.

Leia também:

Petroleiros: Punir corruptos, mas sem destruir a Petrobras

FUP quer movimentos sociais na campanha contra os leilões da franja do pré-sal

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR

 

28 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

FrancoAtirador

08/02/2015 - 23h30

.
.
A Hipocrisia da Organização Terrorista do Atlântico Norte (OTAN)

07/2/2015
Agence France-Presse (AFP)

QUEDA DOS PREÇOS DO PETRÓLEO LEVARÃO LÍBIA À FALÊNCIA

United States of America e Cinco dos seus Aliados Europeus
– Alemanha, Reino Unido, França, Espanha e Itália –
advertiram neste sábado (07/2) sobre o Risco de Bancarrota da Líbia
se os preços do Petróleo seguirem caindo no Mercado Internacional.

“Seguimos muito preocupados com o impacto econômico da crise
política e de segurança sobre a prosperidade futura da Líbia”,
escreveram os 6 países em um comunicado conjunto.

“Dada a produção de petróleo limitada e os preços,
a Líbia enfrenta um déficit orçamentário que poderia consumir
todo o seu rendimento financeiro, se a situação não se estabilizar”,
acrescentaram.

A Líbia está em crise desde a queda de Muammar Kaddafi em 2011.
.
.

Responder

Solange

06/02/2015 - 18h03

U R G E N T E, MAIOR PRODUTORA DO MUNDO!
Assistam! Vamos aprender a relacionar as coisas! Esta matéria tem tudo haver com o filme THRIVE, como a mídia manipula as pessoas, cria opniões e distorce fatos.
http://youtu.be/IMHG4HgopcY
A quem interessa a Petrobras?
Esse assunto está Relacionado com o que o filme aborda.

Responder

leandro

06/02/2015 - 17h34

Companhia brasileira está bem distante das “6 majors” do setor; é o caso da ExxonMobil, que com uma produção de 4,17 milhões de barris teve lucro de US$ 32,6 bilhões
SÃO PAULO – A Petrobras (PETR3; PETR4) é um gigante na indústria petrolífera, com produção de cerca de 2 milhões de barris por dia. Mesmo com um mercado cativo e monopolista no seu país de atuação, a empresa é a segunda “gigante” internacional que menos lucrou em 2013, quando posta em comparação com o grupo das “6 Majors”.

E sem falar que ė hoje a cia mais endividada do mundo.

Responder

    FrancoAtirador

    08/02/2015 - 00h24

    .
    .
    Lucro da ExxonMobil cai 27% em 2013

    NOVA YORK, 30 Jan 2014 (AFP) –
    O principal grupo de energia dos Estados Unidos,
    Exxonmobil, decepcionou nesta quinta-feira ao registrar
    uma forte queda de seu lucro (-27%) em 2013.

    O resultado, inferior às previsões,
    tem sua origem em uma política de cessões
    e uma queda da produção.

    Para o quarto trimestre, o lucro caiu 16%
    também inferior às previsões.

Bacellar

06/02/2015 - 16h55

É a geopolítica estúpido.

Responder

edna

06/02/2015 - 12h42

Excelente entrevista. Com facilidade colocou todos os pontos nos i. Parabéns.

Responder

Luiz

06/02/2015 - 11h33

O que a Direita e a Globo quer é uma bela recessão com doses de austeridades

Responder

Sidnei Brito

06/02/2015 - 11h29

Há uma coisa que a mim soa surpreendente.
Esse sujeito que atende pelo nome de Paulo Roberto Costa é um exemplo bem acabado daquilo que a imprensa, parte da oposição, economistas neoliberais e outros menos cotados dizem ser o ideal para ocupar cargos-chaves em estatais, empresas públicas e/ou de economia mista.
Contra o aparelhamento político-partidário, dizem eles, precisamos de uma gestão técnica, conduzida por gente especializada, com experiência, profissional, de preferência funcionário de carreira. O tal Costa era tudo isso dentro da Petrobras.
O homem era filiado ao PP, é bem verdade. Ora, isso daí pode ter até ajudado ele entrar – ou continuar – como “cota de partido”. Mas seja lá como for, ele era, antes, um “prata da casa” da nossa maior empresa – tanto que, salvo engano, já ocupara cargos importantes na petrolífera durante o governo FHC.
O caso de outros diretores envolvidos em falcatruas não parece ser muito diferente do dele.
Isso só prova que esse papo de “corpo técnico”, profissionalizado e outras “assepsias” é tudo blá blá blá.
Causa-me estranheza que essa singularidade desse imbróglio não tenha ainda sido motivo de reflexão por parte de praticamente ninguém.

Responder

Carlos M.

06/02/2015 - 10h24

Os preceitos neoliberais dizem que o Estado não deve intervir no mercado. Ou seja, criaram as PPP’s com a intenção de privatizar indiretamente as estatais, onde os parceiros (empresa terceirizada) sofre a mínima intervenção deste, exatamente como diz a cartilha neoliberal, ficando o Deus Mercado livre da fiscalização do Estado.
Vejo,portanto, pessoas de direita, que vangloriavam FHC e apoiaram Aécio falando mal do PT e de tudo o que está acontecendo na Petrobrás.
Mas é claro que com a política que apoiaram (a capitalisma, a de cuprimento de metas, do alto lucro a qualquer custo, do Estado mínimo), iria dar no que deu.
PS.: deixo registrado que a política de Lula logo quando eleito em 2002 foi completamente desvirtuada pela carta que teve que redigir para acalmar o Deus Mercado. Depois de se obrigar os preceitos neoliberais, o caminho não teve mais volta.

Responder

Lukas

06/02/2015 - 09h28

O melhor negócio do mundo é uma petroleira bem administrada; o segundo melhor, uma mal administrada.

Se os petistas tivessem conseguido que a Petrobras desse prejuízo, seria notícia no mundo inteiro.

Responder

Gerson Carneiro

06/02/2015 - 08h29

Dilma vai cair.

Não vai resistir à fúria da imprensa e à sabotagem do Juiz Sérgio Moro e da Polícia Federal. O golpe anda a passos largos. A reação do governo tem sido simplesmente ceder.

É uma questão de tempo. Pouco tempo.

Responder

    Elias

    06/02/2015 - 11h41

    Caro Gerson

    Não seria de bom tom apostar com você que Dilma não vai cair. Não se faz aposta desse naipe. Mas permita-me dizer, sem querer subestimar sua opinião, que você se precipita ao dizer tal coisa. Você que já foi ao Haiti e a Cuba, tem muito mais experiência do que eu que nunca saí de São Paulo. No entanto o que pude ver nesse seu comentário foi uma espécie de cansaço de ver todos os dias essas manchetes maçantes, e por consequência considerar que elas tem poder para derrubar Dilma. Não, companheiro. Dilma não cairá nem com o parecer de Ives Gandra, nem com o juiz Sérgio Moro. Eles não tem 53 milhões de votos. Já tentaram derrubar Lula. E irão continuar tentando derrubar Dilma. Só um porém, no Brasil de hoje não há espaço para golpe. Somos um dos BRICS. Estamos entre as maiores potências econômicas do mundo. Creia. Por mais que se fale em golpe, isso não acontecerá no Brasil do século 21. Saudações.

    Arthemisia

    06/02/2015 - 11h48

    Talvez só não caia porque Cunha não vai querer dar a Presidência de mão beijada para Temer. Requião deu uma boa entrevista sobre isso.

Almir

06/02/2015 - 08h11

Bom mesmo era no tempo de FHC. A taxa de desemprego era 3 vezes maior do que a atual, todas as obras todas paralisadas, a energia racionada, 60 milhões de pessoa sem ter o que comer, o roubo comendo solto e a imprensa não dava um pio.

Responder

    Sidnei Brito

    06/02/2015 - 11h27

    Veja que interessante, Almir.
    A toda hora me deparo com gente repetindo bordões indignados contra o PT, sobretudo aqueles de verve indignada, do tipo neoudenista.
    Começo a mostrar fatos para elas, como, por exemplo, aquela lista do TSE em que DEM e PSDB tem treze vezes mais parlamentares cassados por corrupção do que o PT; ou esfrego na cara delas aquele ranking da ficha suja de 2012, com o PSDB na dianteira (generosa e magnanimamente sempre ressalvo que não simpatizo com a Lei da Ficha Limpa); não perco, também, a oportunidade de mostrar, sempre amparado em dados facilmente verificáveis, a superioridade inconteste dos anos petistas, no campo econômico-social, em relação ao período tucano.
    Sabe o que acontece?
    O cara desvia o foco do PT e começa a falar mal da política em geral: político nenhum presta, os partidos são todos iguais, uma cambada de ladrões etc.
    Quer dizer, antes o problema era só o PT. Dois minutos depois o cara já está falando que ninguém se salva.
    Está feia a coisa.

Hildermes José Medeiros

06/02/2015 - 05h16

A bruxa está solta. A oposição PERDEU a eleição e, agora tenta armar com o juiz tucano do Paraná e o Ministério Público do Estado e delegados da Polícia Federal inimigos do PT (divulgaram mensagens contra o partido e Lula e Dilma no Facebook), direcionando todos os malfeitos (crédito para Dilma), que há décadas existem, permeiam as atividades da Petrobras. Diga-se que a Polícia Federal só depois de 2003, na era Lula, passou a operar na maioria dos casos com isenção e que a Lei que enquadra os corruptores veio à luz com Dilma. Que petroleiro que esteve na empresa nos tempos áureos da ditadura e mais recentemente nos governos Collor e Fernando Henrique Cardoso não conhece a cara de pau de inúmeros corruptos que roubaram, enriqueceram, são proprietários de bens, que jamais nem a maior remuneração pagaria? Muitos mais cínicos dizem ter recebido herança, ganho na loteria, e por aí vai. Digo sem medo de errar que a Petrobras é a estatal mais aparelhada com quadros da oposição desde a ditadura. São aqueles que em uníssono batem na tecla de que o PT estaria invadindo os postos de comando da Companhia. Agora, esse escândalo que quase não tem um, unzinho, membro da oposição envolvido, que está sendo instrumentalizado para a inglória tentativa de mandar um impeachment para cima da Dilma, ver se conseguem o que no voto não foi possível, porque o povo os rejeitou nesses últimos doze anos. Perderam oito eleições. Dois turnos a cada quatro anos, É uma rejeição sem tamanho e merecida. Ainda bem que não entendo de economia, nem tenho as qualificações dos doutores que pululam na mídia (Sardenberg, Adriano, Myrian Leitão etc. e bota etcétera nisso) a dizer, transmitindo a maior segurança e cara de isenção e competência, usando gráficos (não incomum, marretados) para mostrar que a Petrobras esteja à beira de uma crise que só entregando o comando aos do mercado, aos neoliberais resolverá, por ter sido assaltada pela corja flagrada roubando, que só não se sabe a real extensão porque só o PT e aliados aparecem arrolados pelo impoluto juiz do Paraná. Quem nada entende de economia (meu caso) fica maravilhado em ver que a Petrobras é a única empresa em crise e para alguns destes mais afoitos possa estar até à beira da falência, mas mesmo assim continua grau de investimento. Não têm noção do ridículo. As empresas que medem essas questões de solvabilidade etc. são as mesmas que, como se sabe, previram a crise de 2008. Parece que não rima. E o valor de mercado? Não tarda e a Petrobras não valerá um tostão furado, mesmo essa avaliação estando baseada em problemas em menos de 30% das ações da Companhia, porque as ações em mãos do Governo, BNDES, PREVI, PETROS etc.nãoestão na especulação da BOVESPA e da NYSE. Quase 70% são de maroca: não se dá, não se vende não se troca. E os mercadistas nessa minoria querem dirigir a Petrobras. E o roubo (uma vergonha mesmo), mas um a mais na longa história da Petrobras, mas cujo montante (abrem a boca para dizer que chega a US$ 1 bilhão, individualmente é muito dinheiro mesmo, mas na realidade não se sabe o montante) não chega nem a fazer cócegas numa empresa que só no pré-sal dispõe de mais de US$ 1 trilhão e está investindo cerca de US$ 40 bilhões por ano. Serra que sabemos prometeu à Chevron abrir ao mercado o pré-sal, ontem mesmo desvelava o sentido de tudo: mudar a Lei do Petróleo do Lula e afastar (ou diminuir muito) a participação da Petrobras e o controle do Governo no óleo do pré-sal. Vão continuar a ficar querendo. Já, já o preço do petróleo volta a subir e mela essa parte do discurso desses canalhas.

Responder

Eduardo

06/02/2015 - 01h37

O João Moraes antes de representante dos petroleiros é a afirmação do sentimento do povo brasileiro. Todos somos petroleiros! Nosso futuro! Poucos do povo conhecem a história da Petrobrás, que nasceu com sofrimento, mas mostrou a força dos verdadeiros cidadãos brasileiros. A Petrobrás é mais que uma empresa maior petrolífera do mundo após o pré-sal. A Petrobrás é parte do nosso grande sentimento de brasilidade! O povo não permitirá que a sórdida campanha movida politicos reacionários, pelos neoliberais entreguistas do PSDB liderados por grupos econômicos canibais nacionais e estrangeiros com interesses escusos e imorais e uma mídia golpista liderada pela Globo e fanáticos direitistas do poder executivo, do legislativo e especialmente do judiciário, mais agentes como multinacional de auditoria e agências inescrupulosas de ratting, destruam a Petrobrás. Se o problema for o SEC e a CVM , o povo brasileiro pode constituir Fundo e recomprar todas as ações em circulação nas mãos de investidores estrangeiros. O povo não vende, ao contrário,
compra as ações de quem não quer ser acionista da Petrobrás . É preciso mostrar ao povo quem são os atuais”Carlos Lacerda” os atuais apátridas.

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

06/02/2015 - 01h08

Moraes, da FUP: Que interesses que estão por trás de a mídia esconder os excelentes resultados operacionais da Petrobras?

Excelente Entrevista!

São os interesses das hienas que desejam esquartejar essa extraordinária empresa.

Observem que o discurso desses vendedores da nossa soberania não está focado na punição severa de todos aqueles que através da CORRUPÇÃO têm criado grandes prejuízos para as empresas envolvidas.

E a investigação deve ser ampla, incluindo anos anteriores, quando esses gestores aprenderam todas essas artimanhas e falcatruas. Questiono, também, a tentativa de privatizá-la!

Hoje, um ex diretor da ANP; deslavadamente, até parecia ser um representante estrangeiro; questionava: Por que a Petrobrás tem que controlar o Petróleo nacional? Por quê a Petrobrás tem que ser 100% nacional? Esquecendo-se de que eles mesmos já venderam grande parte das ações ao capital estrangeiro.

Mas se olvidou de questionar, que o país não pode continuar sendo mero exportador de soja, minério, café e outros produtos primários!

O que essa gente deseja é esquartejar nossa Petrobrás!

Eles nunca levantaram a bandeira pela estruturação da governança, por um controle da sociedade, com o objetivo de evitar esses desvios.

O comportamento dessa gente demonstra que são filhotes ou netos daqueles que perseguiram os verdadeiros brasileiros que, mesmo com toda perseguição e sangue, conseguiram criar essa gigante que conhecemos por PETROBRÁS.

Tentaram mudar o nome para Petrobrax. Primeiro tirando a brasilidade, para depois desnacionalizá-la.

Prisão para todos os corruptos, de qualquer partido! A investigação não pode e não deve ser seletiva!

A Petrobrás não pode parar!

O mesmo digo para as empresas privadas que estão envolvidas. Os diretores que participaram de corrupção têm que ser punidos!

Mas as empresas têm que continuar trabalhando!

Quem deseja parar o Brasil?

Bom brasileiro não deve ser!

Responder

Eduardo Oliveira

06/02/2015 - 00h38

O pano de fundo dessa patologia jurídica que mais incita a violência que restaurar a justiça, quando não remediada ou prevenida, almeja inicialmente a submissão, a exclusão, para posterior aniquilação e domínio do patrimônio nacional . As reportagens, em sincronia com a mídia vendida ao capital internacional, fundamentam mais a aparente legitimidade ao discurso do ódio que tem em sua gênese o preconceito e necessita as idéias odiosas para sua difusão. O povo brasileiro deve se unir contra a elite intolerante e apátrida, portanto sem endereço fixo. O resto são meros capitães do mato em busca de celebridades extemporâneas.

Responder

    Sidnei Brito

    06/02/2015 - 12h50

    Um amigo, frise-se que de pouca simpatia pelo petismo, definiu bem a questão: o problema não é a galera não conhecer muito de Direito e, consequentemente, aplaudir os abusos; o problema, diz ele, é o pessoal não conhecer a História!

FrancoAtirador

05/02/2015 - 23h57

.
.
A Verdade Escondida pela Mídia-Empresa Bandida

1) O LUCRO da Petrobrás, no terceiro trimestre de 2014,
foi de 3,1 BILHÕES DE REAIS, tão-somente 9% menor
que o lucro obtido no mesmo período do ano de 2013.

2) A Petrobras encerrará 2015 com fluxo de caixa auto-sustentável,
de US$ 8 bi (R$ 21,5 bilhões) a US$ 12 bi (R$ 32,2 bilhões),
o que evitará que a Petrolífera Nacional contraia novas dívidas.

3) O investimento previsto no plano de negócios da Petrobras
será de 42 bilhões de dólares (112,5 bilhões de reais) por ano.

4) Produção de Petróleo e de Gás Natural foi Recorde em Dezembro

Mais de 90% foi produzido em Campos Operados pela Petrobras

A produção total de petróleo no Brasil em dezembro de 2014
atingiu 2,497 milhões de barris diários
e de gás natural chegou a 95,1 milhões de metros cúbicos.

91,8% da produção de petróleo e gás natural
foi proveniente de campos operados pela Petrobras.

A informação foi divulgada pela ANP. De acordo com a agência,
a produção de petróleo aumentou 18,4%
na comparação com o mesmo período do ano anterior.

(http://www.ebc.com.br/noticias/economia/2015/02/producao-de-petroleo-e-de-gas-natural-foi-recorde-em-dezembro-diz-anp)
.
.
Leia também:

5) Refinarias da Petrobras bateram Recorde de Processamento em 2014
A carga refinada foi de 2,1 milhões de barris de petróleo por dia.

6) Petrobras é a Petrolífera que opera o Maior Número de Plataformas
Flutuantes de Produção de Petróleo em todo Planeta Terra

(http://www.petrobras.com.br/fatos-e-dados/home/categoria/atividades.htm)
.
.

Responder

Euler

05/02/2015 - 23h40

O que se sente é que há um vazio de poder, ou do poder real, que emana do povo. Dilma e o PT abrem mão do poder, como fez Lula também, quando a Globo impôs a saída do diretor da PF, que foi quem começou a aparelhar aquele órgão. Hoje, um juiz tucano, com o amparo de uma mídia golpista – que vergonhosamente mantém o monopólio da liberdade de expressão -, e com a assessoria de uma PF também tucana, arma-se esse circo que paralisa o país, praticamente.

O governo fica numa defensiva com cara de quem, por ser honesto, não teme. Burrice e fraqueza, essa é que é a verdade. Governo existe para agir, para não permitir que usurpem o poder que a população lhe conferiu. E ao invés de usar os instrumentos de que dispõe, o governo prefere fazer o jogo da direita, anunciando medidas neoliberais, ao mesmo tempo em que sofre derrotas na Câmara de Deputados, numa clara demonstração de inabilidade na articulação política.

Isso é ruim para o país. Estamos diante de uma crise que cresce em todas as direções. No congresso, os ventos conservadores apontam para a aprovação de medidas anti-povo, antidemocráticas e fundamentalistas.

Ao mesmo tempo, a mídia deita e rola no desgaste do governo e da Petrobras, a qual pretendem privatizar na primeira oportunidade. Estão pavimentando as condições para tal: primeiro, associam a empresa à corrupção generalizada, o que é falso, mas, para a plateia teleguiada pela mídia tucana é isso que aparece: a Petrobras, controlada pelo governo do PT, gera corrupção e desvios. Por isso precisa ser privatizada, e o governo do PT precisa acabar. É essa a mensagem clara que o esquema da Operação Lava Jato associada com a Globo e demais barões da mídia passa para a opinião pública. Praticamente sem reação do governo, do PT e das forças de esquerda, que não conseguem enxergar que não é apenas o PT que sai perdendo, mas toda a população de baixa renda, principalmente.

O contraponto a esse cenário seria o povo nas ruas, exigindo mudanças de acordo com as promessas de campanha da presidenta Dilma. Exigindo também o fim do monopólio das comunicações, este criminoso latifúndio da liberdade de expressão, dominado por meia dúzia de famílias golpistas. E uma reforma política que acabe com esse balcão de negociatas que se tornou o parlamento brasileiro.

O problema é que estamos cada vez mais sem lideranças com apoio popular, capazes de fazerem um chamamento ao povo brasileiro, denunciando o que está acontecendo e contribuindo para criar um forte movimento de enfrentamento político e ideológico ao atraso das forças conservadoras e fascistas que ganharam terreno nos últimos anos.

Eles detêm os meios de comunicação, os capitais, os juízes (quase todos), os promotores, o congresso (quase todo). As forças populares, embora tenham conseguido barrar a tomada da presidência da república pelo voto, estão desarticuladas. O governo federal, que poderia e deveria liderar um movimento nacional de resistência e mobilização em favor de reformas para o bem dos de baixo, ao contrário, faz o jogo da direita na economia, e desaparece na política e nas comunicações. Como é possível uma coisa dessa?

E com os riscos de apagões e a terrível falta de água adivinhem quem levará a culpa por tudo? Lógico que é o PT e o governo federal, que não conseguem, nem têm coragem para criar uma mídia alternativa para o contraponto à mídia golpista. Mas, no final das contas, todos nós, os de baixo, sairemos perdendo, e não apenas o PT e o governo federal, embora estes tenham a maior culpa pela situação criada. Pecam pela omissão, pela incapacidade de mobilizar as forças de esquerda e as vozes independentes e progressistas que poderiam fazer a diferença.

Quem está no poder, e com a responsabilidade que tem, presidenta Dilma, não pode se isolar, nem acreditar que o tempo resolverá tudo. É preciso se aproximar das lideranças, dos movimentos sociais, convocá-las para consultas, usar os instrumentos que dispõe para mobilizar a população – e o governo dispõe de muitos instrumentos capazes de fazer política, assim como a Globo e o juiz Moro e os tucanos na oposição e toda a mídia golpista usam dos instrumentos de que dispõem para fazer política o tempo todo: política de destruição do governo, da Petrobras, das conquistas sociais.

É hora de mobilizar o povo brasileiro para resistir ao golpismo em curso. Sem abrir mão de condenar corruptos, com o devido processo, mas sem permitir que esse falso moralismo tome conta do país e acabe azedando o ambiente de tal modo que não se consiga mais mobilizar ninguém para defender coisa alguma. É isso que a direita quer: uma população engessada, anestesiada, dividida, sem lideranças políticas com credibilidade para defender os interesses dos de baixo. Assim, eles, os de cima – internos e externos – poderão nadar de braçada e nos fazer voltar à condição de colônia, talvez até com escravidão formal e tudo mais. Não foi para isso que lutamos!

Responder

FrancoAtirador

05/02/2015 - 23h22

.
.
A CORPORAÇÃO ECONÔMICA ANTIPATRIÓTICA

Destruir a Petrobrás, para se apropriar do Pré-Sal,

significa provocar a Ruína da Economia do Brasil.

E só quem defende Interesses Estrangeiros quer isso.
.
.
“Predadores Internos e Inimigos Externos”

“Temos muitos motivos para preservar e defender a Petrobras
de predadores internos e de seus inimigos externos”

Presidente Dilma Vana Roussef
República Federativa do BraSil
[Discurso de Posse em 1º/01/2015]

(http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2015/01/precisamos-defender-petrobras-de-predadores-internos-e-de-seus-inimigos-externos-diz-dilma-3356.html)
.
.
“Movimento Orquestrado”

“O massacre que a Petrobras vem sofrendo nos últimos tempos
não tem o objetivo de corrigir coisas possam estar erradas.
Os propósitos são outros… principalmente, o gigantesco
interesse econômico em torno do pré-sal.
[…]
Há um movimento orquestrado por interesses privados
nacionais e internacionais contra a Petrobras.
[…]
O raciocínio deles: desmoraliza-se a empresa,
para aí dizer que ela não pode explorar o pré-sal
e tem de se chamar Shell, Esso, Texaco.
Isto é, entregar para petroleiras estrangeiras
o nosso passaporte para o futuro.”

João Antonio de Moraes
Federação Única dos Petroleiros

[Entrevista à Jornalista Conceição Lemes,
em Setembro de 2014, no Viomundo]

http://www.viomundo.com.br/denuncias/petroleiro.html
.
.
(http://mercado-global.blogspot.com.br/2008/07/interesses-externos-sobre-o-petrleo.html)
(http://www.presal.org.br/artigos.php?id=146)
.
.

Responder

Luciano Herlon

05/02/2015 - 23h21

Muito boa essa entrevista, realmente temos que ficar atentos aos movimentos encobertos pela mídia sobre a Petrobras.Não é de hoje que o PSDB tenta destruir essa empresa para privatiza-la e hoje para completar o serviço, o agora senador Jose Serra voltou a defender o fim do regime de partilha, a diminuição da Petrobras como empresa presente em todos os poços e a abertura às empresas internacionais sobre o conteúdo local.Esse golpismo barato do PSDB, do PIG e de setores do judiciário não lograram exito, a Petrobras é muito grande e a força dos seus funcionários é maior ainda.

Responder

Vlad

05/02/2015 - 23h18

O problema não é esse, nem nunca foi.
Qual é a petroleira séria que não tem resultado operacional bom?

Tira a velhacada toda indicada pelos políticos e pronto.

Responder

MacCain

05/02/2015 - 23h03

O governo é pautado pela Globo………..Ganhamos o Planalto…Já a Globo levou a Fazenda(Levy) camâra (Cunha) e o judiciário(Moro)………….O Brasil só será soberano, desenvolvido e forte quando a Globo acabar e os 3 irmãos forem para a cadeia.

Responder

Brabcaleone

05/02/2015 - 23h00

Azenha:
Na boa cara, vou me limitar a ler o Viomundo – gosto de textos humorísticos – Comentários moderados (eufemismo de censurados) quase sempre acabam por desestimular. O fato de voce e quase todos aqui acreditarem na infalibilidade petista, na pureza política, ideológica e moral de todos os membros do PT e na quase santidade impoluta de Lula e Dilma ultrapassa o razoável. Concordo sim que o PT, o Lula e a Dilma fizeram e fazem acertos – mas também erram e erram feio – e quase sempre lucram com estes erros.
Um abraço.
Vou ser apenas leitor. Comentar não adianta.

Responder

paulo bueno

05/02/2015 - 21h58

porque a Petrobras não faz propaganda dos seus resultados?.
porque o PT deixa a mídia detonar o partido e não faz nada?
porque a DILMA se cala?
porque o LULA se cala ?
porque eles não usam a mídia em reportagem pagas para se defender?
.
porque o ministro da justiça dá tanta liberdade para a policia federal?

Responder

Deixe uma resposta