VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Maria Frô: O dia que ameaçaram encher minha cabeça de bala

03 de setembro de 2015 às 12h07

facebook fro

O dia que ameaçaram encher minha cabeça de bala

por Maria Frô, em seu blog, setembro 3, 2015 07:48 

A foto no meu perfil do Facebook  (ao lado) traz a adesão a uma campanha: Democracia Sim, Golpe Não.

Qualquer um que tenha contas nas redes sociais pode aderir, basta acessar o link da campanha no twitbbon.

A foto já estava lá há um bom tempo e até dia 1 de setembro nada de novo havia ocorrido. Eis que na noite do dia primeiro recebo notificação de comentário na minha foto do Facebook e vou olhar. Surpreendo-me com uma mensagem agressiva de um perfil com a foto de um adolescente. Respondo o que responderia para muito de meus alunos que jamais se comportaram assim nem no mundo online nem no offline:  estude.

garoto não se deu por satisfeito com a primeira mensagem agressiva e por mim apagada e resolveu ser ainda mais explícito:

facebook fro-001

Como é possível ver no print da página, uma leitora que faz parte de minha rede, Andrea Meira, também se pronunciou educadamente e também foi alvo de repostas agressivas:

facebook fro 2

O que será que os pais de Thiago Igor F, seus professores e os adultos que o rodeiam pensam de seu comportamento na rede?

O que faz um adolescente que não nos conhece se sentir no direito de fazer ameaças explícitas de morte, num discurso confuso, mal escrito, repleto de palavrões? O que dá a esse jovem a sensação de liberdade para desqualificar e agredir nas redes sociais?

Além de advogados tucanos fazendo vídeos ameaçando de morte a presidenta, sem receber qualquer punição, atribuo o responsabilidade também ao Facebook, rede na qual os racistas, homofóbicos, transfóbicos, sexistas, neonazistas podem agir livremente sob tutela dessa empresa. Vejamos: alguém ameaça de morte duas pessoas, tem uma página onde só expõem barbáries preconceituosas e que ferem os direitos humanos e essas práticas não são consideradas pelo Facebook algo que firam os padrões da comunidade. A resposta abaixo foi enviada pelo Facebook diante da denúncia de Andrea.

Quanto a mim, printei as ameaças e fiz denúncias no MPF e na Polícia Federal, nem perco mais o meu tempo denunciando barbáries no Facebook, este só se incomoda com a exposição de seios, mesmo que seja uma foto histórica que registe uma mulher indígena numa página oficial do Ministério da Cultura. Neste caso o Facebook acha que os padrões da ‘comunidade’ foram feridos.

ATUALIZAÇÃO:

facebook -fro 1

 Leia também:

Tucano que prometeu “arrancar a cabeça de Dilma” terá de reafirmar ameaças à PF 

 

13 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Márcio Gaspar

04/09/2015 - 23h41

Quando não temos democracia nos meios de comunicação(os tradicionais que travam o Brasil) e que, diuturnamente, promovem seletivamente a quem fazer a critica, muitas vezes pesadas que chegam a incitar a violência, o resultado é a agressão as pessoas que tem opinião divergente de indivíduos mal formados que acreditam na opinião do jornal, rádio, tv, grandes portais de internet, que tem lado nos seus negócios escusos e não estão preocupados em medir as suas responsabilidades daquilo que escrevem e falam. Os agressores não debatem, eles xingam e parte para agressões físicas. O repórter do CQC da band é a mais nova vitima disso: http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/reporter-do-cqc-leva-soco-na-cara-esta-doendo-ate-agora-veja-video-9112

Responder

Airton

04/09/2015 - 16h17

Essa obsessão por democracia acaba turvando a mente das pessoas, em todos os níveis sociais. Que bom que possamos expressar nas redes sociais o que nos dá na telha. Mas a liberdade deve sempre ser acompanhada por responsabilidade. Todos devem ter o direito de dizer o que pensa mas deve ser responsável pelo que diz. Do contrário vira uma nação indigna e desrespeitada mundo afóra. Nesse quesito, vejo o Brasil caminhando para um abismo incontrolável num futuro não muito distante. A resposta do Facebook é bem sintomática. Pobre Brasil.

Responder

denis

04/09/2015 - 13h21

Agora é pau no facebook, gente. Vou questionar estes tais padrões da comunidade. deve ser algo relacionado á “zoeira”, “trolls”, produção(?) de memês e virais.

Responder

Fernando

04/09/2015 - 06h38

Me solidarizo contigo.
A juventude está realmente tomando largos goles do copo do ódio.
Ódio, ao contrário do que se imagina, não é antônimo de amor, e sim filho do medo. O medo sim, é antônimo de amor.
O medo é a ferramenta usada pelo sistema para controle social. Vide Michel Moore. Medo da violência, medo da crise, medo do aquecimento global, medo da falta de água, medo e mais medo.
Junte-se medo + ignorância e a coisa fica complica.
Vale muito a pena assistir https://www.youtube.com/watch?v=AC8jb3SP3YE e passar para seus alunos. Nesse video o pós-doc Rodrigo Silva discorre sobre a crise atual da cultura, notadamente entre os jovens.
No mais, registro minha opinião: Facetruc não é lugar confiável.

Responder

Fernando

03/09/2015 - 23h05

Acione o Facebook no judiciário.

Responder

Elias

03/09/2015 - 22h01

Nunca tive página no facebook. E ao ler a resposta que a empresa deu a Conceição Oliveira, chego à conclusão que o facebook assemelha-se a um daqueles filmes de faroeste onde o xerife se cumplicia com os bandidos.

Responder

Paulo Justino

03/09/2015 - 21h24

Acionar o judiciário? Qual o Internacional só se for. O Brasuca que tem o Gilmar Mendes no topo sem chances.

Responder

Julio Brasileiro

03/09/2015 - 19h19

O problema minha cara é que nem nas autoridades que você se socorreu está dando para confiar.
O Brasil está sendo carcomido por um bando de aleijados mentais que perderam a noção de compostura de estado, de país.
Perderam a noção de civilidade e isso é cultural. Para mim, parte é responsabilidade do estado de “republicanismo” adotado pelo governo, que tem preferido relegar situações em que medidas legais devem ser tomadas, tendendo ao próprio enfraquecimento e dos seus apoiadores.

Responder

Danilo Stinghen

03/09/2015 - 17h47

É por essas e outras que eu não perco meu tempo com feicebuque. Sim à liberdade de expressão, não ao trogloditismo protegido por coxinhas internacionais

Responder

Mau

03/09/2015 - 16h01

Faça como eu, não tenha conta no Facebook.

Responder

Sidnei Brito

03/09/2015 - 14h37

Sempre há quem fale desse tal de facebook como um espaço para cultivar, manter e até ampliar círculos de amizade.
Pois bem. Dia desses um amigo me conta que saiu do facebook.
Ora, por que sair do facebook, meu amigo?, perguntei-lhe eu.
É que em razão de discussões políticas, disse ele, estava perdendo muitas amizades.
Ué, mas essa porcaria não era para fazer e manter amizades?

Responder

FrancoAtirador

03/09/2015 - 13h33

.
.
Não resolve ficar esperando Justiça de uma Corporação TransNacional como a Facebook.
.
O que deve ser feito, nesse caso, é acionar o Ofensor e a Empresa no Judiciário Brasileiro.
.
.

Responder

Nascimento

03/09/2015 - 13h23

QUANDO ELES COMEÇAREM A SENTIR NO BOLSO, E EXPOR ESTES SOCIOPATAS, À LUZ, AÍ NEGO COSPE QUEM ESTÁ POR TRÁS DELES. NÃO ESQUECER DE ACIONAR, COM GOSTO, O FACEBOOK, POIS SE ELES ACHAM QUE ISSO NÃO VIOLA OS PADRÕES DA COMUNIDADE, ENTÃO ESTÃO ESPERANDO O QUÊ? QUE COMECEMOS A FAZER DOER NO BOLSO, PARA ELES ENTENDEREM.

Responder

Deixe uma resposta