VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Marcelo Zero: Mídia tenta esconder corrupção do PMDB e PP no esquema da carne

18 de março de 2017 às 15h31

image (31)por Marcelo Zero, via e-mail

Não quero defender o indefensável, mas …O baque será grande.

Em 2016, as exportações de carnes só perderam para a soja e os minerais, nos grande grupos de commodities.

O Brasil detém 40% do mercado mundial da carne de frango, 20% do mercado mundial de carne bovina e 9% do de carne suína.

O crescimento das exportações estava compensando a queda do consumo interno.

Para quem irá esse mercado? É mais um setor estratégico que será fragilizado por nossos bravos juízes e procuradores.

Repararam que as notícias colocam ênfase nos aspectos sanitários do caso, e não na corrupção em si? Cui bono?

Leia também:

“Grande chefe”: PT quer Serraglio fora do Ministério da Justiça

 

6 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nelson

19/03/2017 - 22h46

Neste nosso mundo de moderno, em que o capitalismo exige lucros sempre crescentes, não deveria causar tanto espanto assim essa descoberta de que grandes empresas estão a vender carne podre aos brasileiros.

Na produção agropecuária e na avicultura, virou coisa corriqueira o “apodrecimento” da qualidade do produto como forma de garantir o retorno (lucro), sempre maior, no mais curto espaço de tempo possível.

Hormônios, anabolizantes, agrotóxicos e sementes transgênicas são utilizados aos borbotões, sem qualquer cuidado, mesmo que tragam efeitos altamente nocivos ao meio ambiente e a nossa saúde e a nossa qualidade de vida.

As pessoas se dizem escandalizadas com a carne podre, a soda e o formol no leite, etc, ao mesmo tempo em que se esquecem da brutal carga de produtos químicos e sintéticos que ingerem, diariamente, em cada copo de refrigerante ou de suco e cada prato de comida.

O alto nível de adoecimento provocado pela produção dita moderna de alimentos passa ao largo, com quase nenhuma divulgação e sem que a mídia hegemônica, que se diz defensora intransigente dos interesses do povo, promova qualquer debate para discutir esta grave questão.

Responder

FrancoAtirador

19/03/2017 - 00h50

.
Mais Um Espetáculo da OLJ (OrCrim=PPP)

Desta Feita Prá Inglês Ver, Literalmente:

https://pbs.twimg.com/media/C6WSIW2XQAAwmtD.jpg
https://pbs.twimg.com/media/C7HkWf-XQAIyYxh.jpg

https://t.co/qgJ61ja8D2
https://t.co/PWhtBkFNrb
https://t.co/78Mb5h1nAR

Responder

Nelson

18/03/2017 - 22h56

Há uma turma, que tomou o poder por meio de um golpe de Estado, que fede muito mais do que essa carne podre da Friboi e de outras grandes empresas. Empresas que sempre propagandeiam estarem zelando pela qualidade da alimentação do povo brasileiro.

E essa turma não é denunciada pela grande mídia.

Responder

Bel

18/03/2017 - 20h04

Se os corruptos e corruptores não se importam com o que vai à mesa dos brasileiros (eles comem caviar e petit gatoau…ops…gateau), imaginem tudo o que pode acontecer se privatizarem o SUS…!!!

Responder

Regina Maria de Souza

18/03/2017 - 16h22

Admito que, se fosse verdade que a nossa carne é prejudicial, deveríamos apoiar as medidas. NO ENTANTO, QUEM APUROU PROBLEMAS DE INTOXICAÇÕES NO PERÍODO em nível elevado, compatível com os números da operação ? Ou brasileiro não morre se comer carne podre ou adulterada? Já li de comentaristas que existe interesse financeiro na divulgação, pois a JBS (Friboi) começou a operar nos Estados Unidos, na bolsa de NY., este mês – alguém vai ganhar dinheiro.

Responder

Lukas

18/03/2017 - 15h53

O que você faria no lugar dos nossos bravos juízes e procuradores?

Responder

Deixe uma resposta