VIOMUNDO

Leitores: Delator trabalha na Petrobras desde 1978

08 de setembro de 2014 às 01h45

CPI - Petrobras - 2014 - CPIPETRO

Da Redação

Informação recebida de dois leitores, via Facebook. Um deles escreveu:

“Conversando com uma pessoa que trabalhou com Paulo Roberto Costa, tomei conhecimento de algo que ainda não foi noticiado. Gostaria de atentá-los para o fato de que Paulo Roberto se tornou diretor da Petrobras ainda no governo FHC. Ele foi diretor da Petrobras Gás S.A. – GASPETRO, de maio de 1997 a dezembro de 2000. Como já foi divulgado na grande mídia, Paulo Roberto é funcionário de carreira da empresa desde 1978.

Acho que é extremamente importante a divulgação dessa notícia, pois o noticiário da grande mídia leva a crer que foi o PT que levou Paulo Roberto para a empresa. O caso não é tratado como um servidor de carreira que cometeu deslizes”.

Captura de Tela 2014-09-07 às 23.45.06

 Leia também:

Escrevinhador relembra contratos da Globo com o delator

 

25 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Messias Franca de Macedo

11/09/2014 - 23h33

… O que a campanha do PT está esperando para divulgar, com detalhes didáticos, esta informação preciosa para o honesto povo trabalhador brasileiro?!…

Responder

    Messias Franca de Macedo

    14/09/2014 - 11h17

    … E informar ao povo brasileiro: foi, justamente, a presidente Dilma Rousseff quem demitiu o Paulo Roberto Costa – há quase dois anos!…

    Messias Franca de Macedo

    14/09/2014 - 12h06

    Globo descobre que Tijolaço publica… Fatos

    14 de setembro de 2014 | 11:14 Autor: Miguel do Rosário

    FONTE: http://tijolaco.com.br/blog/?p=21214&cpage=1#comment-106270

    Arnaldo Costa

    10/10/2014 - 16h38

    É impressionante. Agora a Rede Globo quer controlar conteúdo do Wikipedia. Inseriram essas informações de sua carreira no site e esses picaretas demotucanos fizeram reportagem em forma de denúncia. Só faltava essa.

    Aproveito para expor esse comentário também:

    Ex-diretor Paulo Costa é tucano, assumiu direção colocado por FHC, governo mais corrupto e aparelhado dos últimos tempos. Petrobras valia 6 vezes menos nessa época, quando aconteceram maiores escândalos. REPSOL, plataformas superfaturadas que afundavam,…Mais uma herança maldita dessa corja tucana. Ministério Público, tribunal de contas, imprensa suja e judiciário (principalmente de Minas) eu já sabia que trabalhava para essa máfia, o que me estranha é parte da PF ter entrado nessa armação também. Ou melhor, já não me estranha mais nada. Estamos mexendo com pessoas barra pesada. Coronel Aécio Falastrão só tem cupinchas picaretas com ele. O Brasil, a sociedade não merecem isso. #AecioQuebrouMinas

    OBS.: Grandes fortunas da corrupção política foram criadas nos governos tucanos e anteriores. Governo Aécio picareta não fez nada por Minas e foi também um festival de enriquecimento ilícito. Na falta de argumentos e números, apelam para factóides e mentiras.

    Marco Aurélio

    14/10/2014 - 18h09

    Informação preciosa?!! Que afirmação ridícula. O que é que tem de extraordinário um funcionário estar numa empresa desde 1978. Altamente falacioso deduzir desta premissa que este diretor vem cometendo irregularidades desde então. Apenas investigações sérias poderão confirmar se não foi apenas nos governos petistas que ocorreram desvios e corrupção na empresa! Até lá é melhor baixar a bola e conter o entusiamo com o risco de pagar mico!

Maria Thereza

08/09/2014 - 17h09

ele sempre foi um bom rapaz. só se tornou corrupto quando o PT assumiu a Presidência Más companhias são um problema, ainda mais para um ser em formação…(leitora do Prof. Hariovaldo)

Responder

    Mário SF Alves

    08/09/2014 - 19h06

    Um verdadeiro homem de benz. Vai pra equipe da transversalidade-trancendente marino-silvista.

    Mário SF Alves

    08/09/2014 - 19h09

    Digo, transvesalidade-transcendente-antidialética marino-silvista.

Helenita

08/09/2014 - 16h38

Porque os membros da CPMI da Petrobrás, aqueles que têm compromisso com a verdade e com os brasileiros, porque não requisitam da Petrobrás e TCU cópias dos contratos que aquelas mesmas empreiteiras firmaram com a Estatal, pelas mãos do onipresente Paulo Roberto Costa, desde que ele assumiu a primeira importante Chefia???

Façam isso, senhores parlamentares, e quem sabe os falsos indignados, bonecos da Veja, se curvem ao inegável; será que a presidenta Graça Foster ainda não preparou essa documentação? Lembremos que DENTRO do intocável TCU tem um arquivo vivo da era FHC, o tal ministro JOSÉ JORGE, aquele mesmo que era Ministro das Minas e Energia quando foi celebrado um desastroso negócio de compra de uma refinaria na Argentina, sucata, para “acudir” a petroleira americana Enron, de consequência, também ao presidente de plantão nos EEUU… Esse não foi o único, pois na mesma rodada de desastres contra a Estatal, foi feita uma “gambira”, uma permuta, também com petroleira estrangeira, onde a Petrobrás ENTREGOU limpinho uma rede de 750 postos de gasolina e mais uma refinaria sediada no Rio Grande do Sul, em troca de uma refinaria sucateada em outra província da Argentina.
Podia a CPMI aproveitar agora para deslindar esses obscuros negócios, começando por pedir informações para quem melhor conhece do assunto, o ministro JOSÉ JORGE do intocável TCU. Certamente, o Paulo Delator Roberto tem muito para contar dessas duas negociatas!

Responder

    Mário SF Alves

    08/09/2014 - 19h17

    “Porque os membros da CPMI da Petrobrás, aqueles que têm compromisso com a verdade e com os brasileiros, porque não requisitam da Petrobrás e TCU cópias dos contratos que aquelas mesmas empreiteiras firmaram com a Estatal, pelas mãos do onipresente Paulo Roberto Costa, desde que ele assumiu a primeira importante Chefia???”
    __________________________
    Ih, é bom redobrar os cuidados com riscos [claudicantes] de incêndio!

Sidnei Brito

08/09/2014 - 12h13

É o famoso republicanismo petista.

Em várias estatais e em órgãos importantes da administração pública, ouve-se, de tempos em tempos, que há figuras muito ligadas à oposição, alguns profissionais de carreira e outros que lá se posicionaram nos tempos de FHC e permanecem até agora.

Depois falam do famigerado aparelhamento petista.

Como se vê, o PT aparelha tanto, mas tanto, que até permite que as entranhas do governo sejam aparelhadas pela oposição.

Responder

    Luiz

    08/09/2014 - 19h03

    Absolutamente correto! O PT entrou e deixou lá todos os empregados de carreira que subiram na era FHC. Não houve aparelhamento algum. Fui empregado da empresa por 30 anos e posso atestar o fato.
    Jorge Luiz Zelada, por exemplo, foi meu colega de turma e entrou na Petrobras no mesmo ano que eu. Portanto, são todos crias da casa que, infelizmente, tomaram rumos obscuros na empresa.

    Mário SF Alves

    09/09/2014 - 12h42

    Disse tudo, Luiz. Desmontou uma das peças-chave do disccurso anti-modelo de inclusão social e de desenvolvimento adotado pelos governos do PT.

Urbano

08/09/2014 - 11h51

No geral, tanto há carreira antes, quanto depois… A tática varia com a situação.

Responder

José Carlos

08/09/2014 - 11h00

O cara é da cota do PP, homem indicado pelo Janene. isso já foi divulgado amplamente. Porque continuou na Petrobrás após o mensalão tem que ser perguntado pro Lula e pro Gabrieli.

Responder

    FrancoAtirador

    08/09/2014 - 14h40

    .
    .
    NO PARANÁ, O PP ESTÁ COLIGADO COM O PSDB

    A Coligação Tucana do Governador Richa:

    (PSDB/PROS/DEM/PSB/PSD/PTB/PP/PPS/PSC/PR/
    SDD/PSL/PSDC/PMN/PHS/PEN/PT do B)
    .
    .
    29/06/2014 | 15:16 |
    Gazeta do Povo

    Por Laura Beal Bordin, Especial para a Gazeta do Povo

    O PP decidiu na manhã deste domingo (29), em convenção, o apoio a candidatura do atual governador Beto Richa (PSDB) a reeleição.

    O partido decidiu, por unanimidade, apoiar a chapa de Richa nas eleições majoritárias e nas proporcionais para deputado federal, coligará com os partidos que apóiam o governador.
    Já na disputa para deputados estaduais, o partido sai com chapa pura – só com candidatos do partido.

    De acordo com o presidente estadual do PP, Nelson Meurer, a aliança com Richa vem desde a Prefeitura de Curitiba.

    Nelson Meurer ainda afirmou que esteve em reunião com Beto Richa na noite de sábado (28), e entendeu que deveria deixar o governador livre para escolher o seu candidato a vice-governador.

    “Julgamos que é importante dar condições
    para que o governador tome essa escolha,
    uma vez que é ele quem trabalhará com o vice.
    Com uma boa escolha, todos os partidos da coligação ganham”,
    afirmou o presidente do PP.
    .
    .

    FrancoAtirador

    08/09/2014 - 14h47

    .
    .
    PP do Paraná anuncia apoio à reeleição

    de Beto Richa e Álvaro Dias (PSDB)

    29/06/14 às 13:34
    Bem Paraná com assessoria

    Da Redação

    O PP vai apoiar a candidatura à reeleição do governador Beto Richa (PSDB). O anúncio foi feito neste domingo (29) na convenção estadual da legenda realizada em Curitiba.

    De acordo com o presidente do PP, deputado federal Nelson Meurer, a decisão foi unânime.

    “Vamos apoiar a reeleição de Richa e a candidatura de Álvaro Dias ao Senado”, disse.

    A convenção reuniu mais de 200 lideranças da legenda entre elas
    o deputado federal Dilceu Sperafico, o deputado estadual Duílio Genari,
    o secretário de estado Horácio Monteschio
    e candidatos como Marcelo Belinati, José Carlos Schiavinato, Maria Victória, Cileninho, Antonio Carlos Belinati e Gessani.
    .
    .

Alemao

08/09/2014 - 06h55

A teoria do tucano infiltrado para corromper o PT vai se fortalecendo…

Responder

    FrancoAtirador

    08/09/2014 - 17h01

    .
    .
    Tucano Corruptor ou Corrupto?

    Nunca! Tucano é Administrador,

    Empreendedor ou Especialista.
    .
    .

    Mário SF Alves

    08/09/2014 - 19h29

    Ah, sem esquece que os pais da com-pe-tên-cia.

    Fila de 15.000 almas pra concurso da Comlurb-RJ foi só um detalhe;

    OUTRO DETALHE:

    Economia/PIB Preços Correntes em US$ (Final de período 2002/2014)

    PSDB do FHC/Aécio = 504 bilhões.
    Lula/Dilma = 2,27 TRILHÕES.

    ECDONOMIA/Taxa de Desemprego (Final de período 2002/2014)

    PSDB do FHC/Aécio = 12,6%
    Lula/Dilma = 5,4%
    __________________________________________
    E por aí vai… verdadeiro manancial de COMPETÊNCIAS do tucanato.

    Francisco

    08/09/2014 - 18h07

    Tese magnifica, mas NINGUÉM vai sequer ficar sabendo dela…

FrancoAtirador

08/09/2014 - 03h11

.
.
(http://abre.ai/alerj_prc_cidadao_fluminense)

CONSTA DOS REGISTROS NOS ANAIS DA ALERJ

QUE O ENGENHEIRO PAULO ROBERTO COSTA (PRC),

SUPOSTO DELATOR DA VEJA/ABRIL/NASPERS/FOX,

COMEÇOU A CARREIRA NA PETROBRAS EM 1977,

MAS SÓ INICIOU A GALGAR CARGOS EM 1995,

NO GOVERNO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO (PSDB):

Paulo Roberto Costa é natural do Paraná,
graduado pela Universidade Federal do Paraná
em Engenharia Mecânica.

Ingressou na Petrobrás em 1977, onde se graduou em Engenharia de Instalações do Mar, participando da instalação de plataformas e do desenvolvimento da produção na Bacia de Campos, no período de 1979 a 1994.

No ano de 1995 foi indicado Gerente Geral da E&P-Sul (Exploração e Produção do Sul), responsável pelas Bacias de Santos e Pelotas-RS.

Já no ano 1996 respondeu pela Gerência Geral de Logística da área de E&P.

No período de 1997 até Maio de 1999 respondeu pela Gerência de Gás,
área responsável pela comercialização do Gás Natural na Petrobras.

Exerceu a função de Conselheiro da TBG-Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia Brasil S.A., de dezembro de 1997 a abril de 2003.

Foi nomeado Diretor da Petrobras Gás S.A. – GASPETRO, com mandato de maio de 1999 a dezembro de 2000.

Entre janeiro de 2001 a abril de 2003 esteve como responsável pela Gerência Geral de Logística da Unidade de Negócios Gás Natural da Petrobras.

De abril de 2003 a maio de 2004 foi Diretor-Superintendente da TBG-Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia Brasil S.A.

Em 14 de maio de 2004, o engenheiro Paulo Roberto Costa

FOI NOMEADO DIRETOR DE ABASTECIMENTO DA PETROBRAS,

POR INDICAÇÃO DO PP DE FRANCISCO DORNELLES (RJ),

QUE INCLUSIVE É PRIMO DO CANDIDATO AÉCIO NEVES (PSDB).

ALIÁS, O MESMO PP DE ANA AMÉLIA LEMOS DA RBS/GLOBO.

Em 24 de maio de 2004 foi nomeado Presidente do Conselho da Refinaria Alberto Pasqualini S.A. – REFAP.
Em 21 de junho de 2004 foi nomeado Conselheiro da Petrobras Transporte S.A. – TRANSPETRO.
Em 02 de julho de 2004 foi nomeado Conselheiro da Petrobras Química S.A – PETROQUISA.
No ano de 2006 foi nomeado Conselheiro da Pasadena Refining System Inc. e Conselheiro da PRSI Trading Company LP.
No período de setembro de 2004 a abril de 2006, foi Diretor da Petrobras Energia S.A. – PESA e Diretor da Petrobras Energia Participações S.A. – PEPSA.
Entre dezembro de 2006 a janeiro de 2008 foi Conselheiro da Transportadora Associada de Gás – TAG.
Em 07 de março de 2008 foi nomeado Presidente do Conselho da Refinaria Abreu e Lima S.A. – RNEST.
Em 16 de junho de 2008 foi nomeado Conselheiro da Petrobras Biocombustíveis S.A.

Em 26/11/2008, aprovando o PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 700/2008,

A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (ALERJ)

CONCEDEU O TÍTULO DE CIDADÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

AO SR. PAULO ROBERTO COSTA, DIRETOR DE ABASTECIMENTO DA PETROBRÁS.

(http://abre.ai/alerj_prc_cidadao_fluminense)
.
.
Agora, verifique-se por quantos Presidentes da Petrobras,

em Governos de Partidos Distintos, PRC passou despercebido:

(http://www.coopetroleo.com.br/phpb.htm)

E qual deles – e em que Governo – promoveu a reestruturação da Petrobras,

CRIANDO AS ‘UNIDADES DE NEGÓCIOS’, MUITO FESTEJADAS PELOS ‘MERCADOS’:

1. Área Corporativa
2. Financeira
3. Gás e Energia
4. E&P (UPSTREAM)
5. Abastecimento (DOWNSTREAM)
6. Internacional
7. Serviços

(http://abre.ai/henri_philippe_reichstul_psdb_petrobrax_globo)
(http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u42530.shtml)
(http://pt.wikipedia.org/wiki/Henri_Philippe_Reichstul)
(https://www.inesul.edu.br/site/escola_negocios/documentos/casepetrobras.pdf)
(http://www.lexml.gov.br/urn/urn:lex:br:federal:lei:1997-08-06;9478)
.
.
As Subsidiárias da Petrobras sempre foram visadas.
E as da Área Internacional, bem mais problemáticas,
desde a InterBras e a BRASPETRO na Ditadura Militar.

O PP, o PMDB, o PTB e os TUCANOS INFILTRADOS

sempre puxaram o tapete do PT dentro das estatais.

Em 2008, Nestor Cerveró, indicado por Delcídio Amaral,
deixou a diretoria da área Internacional da Petrobrás
para dar lugar a Jorge Zelada, do PMDB de Minas Gerais,
indicação articulada, à época, por Walfrido Mares Guia.
.
.
Leia também:

OS ESCÂNDALOS DE ÚLTIMA HORA NAS ELEIÇÕES

(http://democraciapolitica.blogspot.com.br/2014/09/o-perigo-dos-escandalos-de-ultima-hora.html)

Carreira ‘Política’ de Costa Começou na Era Tucana

((http://tijolaco.com.br/blog/?p=20920))
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    08/09/2014 - 16h54

    .
    .
    PSDB/DEM/PPS, via COMETA G.A.F.E.*, tentam agora incriminar

    quem demitiu da Petrobrás os apaniguados políticos de PP/PMDB.

    Pelo menos um dos diretores da Petrobras que deixarão o cargo amanhã não foi informado previamente de sua substituição.

    Na verdade, tomou conhecimento de que perderia o cargo
    com as notícias publicadas ontem por esta coluna.
    Mais: desconhecem seus sucessores.

    Renato Duque, de Serviços,
    Jorge Zelada, da Área Internacional,
    e Paulo Roberto Costa, de Abastecimento,
    foram indicados por políticos.

    Duque deve o cargo ao grão-petista José Dirceu.

    Jorge Zelada às bancadas do PMDB de Minas Gerais e do Rio de Janeiro.

    Paulo Roberto Costa, a um condomínio formado pelo PP e PMDB.

    Acreditam que os nomes dos futuros ocupantes dos cargos

    está sendo mantido em sigilo para que não haja pressão política

    sobre a presidente da estatal, Maria das Graças Foster,

    e sobre a presidente Dilma Rousseff,

    que pretendem tirar a Petrobras da zona de influência dos partidos.

    (Felipe Patury, em 26/4/2012, na Revista Época/GLOBO)
    .
    .

Deixe uma resposta