PATROCINE O VIOMUNDO

SOMOS 31.817 FAÇA PARTE !

Fantástico: Em destaque, a crise na infraestrutura

publicado em 23 de abril de 2013 às 14:31

Nota à imprensa sobre esta reportagem do Fantástico, da Globo (o programa escolheu 2013 para investigar os gargalos do Brasil):

Ferrovia Norte-Sul e Porto de Santos

Brasília, 22/04/2013 – A respeito da matéria “Deficiência estrutural nas ferrovias e portos faz Brasil desperdiçar bilhões”, exibida no programa Fantástico de 21/04/13, os Ministérios do Planejamento e Transportes, Secretaria de Portos e Valec Engenharia, Construções e Ferrovias SA esclarecem:

A ferrovia Norte-Sul, com 2.255 quilômetros de extensão, se encontra em três diferentes estágios:

Trecho Palmas/Açailândia: 719 quilômetros em operação

Trecho Palmas/Anápolis: 855 quilômetros em finalização de obras (90% de execução)

Trecho Anápolis/Estrela d’Oeste: 681 em obras (35% de execução)

A reportagem se concentrou no trecho entre as cidades de Palmas (TO) e Anápolis (GO) cujas obras estão sendo finalizadas e, de fato, não estão concluídas.

Quatro novos contratos, realizados pelo Regime Diferenciado de Contratação Pública (RDC), farão os serviços necessários para colocar o trecho entre Palmas (TO) e Anápolis (GO), em operação, tais como: taludes, brita para sustentação dos dormentes, desvios e pátios de manobra.

Esses contratos somam R$ 400 milhões: dois já estão com contratos assinados e dois em fase final de licitação.

Os 10% restantes de obras, entre o trecho entre Palmas (TO) e Anápolis (GO), serão realizados até o final de 2013 e o segmento entrará em operação em 2014.

Em relação ao trecho Anápolis/Estrela d’Oeste, não é verdadeira a informação de que não há projeto para pontes e passagens.

Todos os projetos executivos das 69 pontes ou passagens estão finalizados. 60 deles estão aprovados e os nove restantes, em fase final de análise.

A previsão de conclusão de obras nesse trecho é julho de 2014.

Não é verdadeira também a informação sobre a dragagem do Porto de Santos. Ao contrário do que diz a matéria, recentemente foi concluída a primeira fase da dragagem de aprofundamento do canal de acesso e bacias de evolução do Porto. Essa dragagem amplia o acesso de grandes navios e eleva a capacidade de transporte de carga. Também foi concluída a implosão das pedras de Itapema e Teffé, além da retirada do navio Ais Georgis, que contribui para melhorar a movimentação de grandes embarcações.

No Porto de Santos, de 2002 a 2012, a movimentação de cargas aumentou em 97% e a quantidade de navios atracados, em 40%.

A reportagem não aborda os benefícios já gerados pelos trechos em operação da Ferrovia Norte-Sul e omite parte de sua história:

De 1987 a 2002 foram realizados 215 quilômetros da Ferrovia Norte-Sul. A partir de 2003, foram concluídos 504 quilômetros entre Aguiarnópolis (TO) e Palmas (TO).

De 2008 até junho de 2012 já foram transportados quase 9 milhões de toneladas de grãos, minério de ferro e areia na Ferrovia Norte-Sul.

Em 2014, a Ferrovia Norte-Sul terá 2.255 quilômetro em operação: de Açailândia (MA) até Estrela D´Oeste (SP).

Em complemento, serão leiloados no segundo semestre de 2013 a concessão para construção e operação dos segmentos entre Açailândia (MA) e Vila do Conde (PA), fazendo a ligação da ferrovia ao norte para o Porto de Vila do Conde (PA); e entre Estrela D´Oeste (SP) – Panorama (SP) – Maracaju (MS) – Paranaguá (PR), complementando a ligação da ferrovia com portos do sul do país.

O PAC marca a retomada do modal ferroviário no transporte de cargas no Brasil, que manteve sua malha estagnada até meados de 1996.

O PAC representará uma ampliação da malha ferroviária de 5.050 quilômetros até 2016, muito superior aos 719 quilômetros de expansão da malha nos 20 anos que o antecederam. Além da Norte-Sul, destacam-se grandes obras como:

114 quilômetros em operação da Ferronorte, entre Alto Araguaia (MT) e Itiquira (MT).

146 quilômetros da Ferronorte, em fase final de obras: Itiquira (MT) e Rondonópolis (MT)

Ferrovia Transnordestina – 1.728 km

Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) – Ilhéus (BA) – Barreiras (BA) – 1.022 km

Além disso, o Governo Federal lançou em agosto de 2012 o Plano de Investimentos em Logística (PIL), que prevê a ampliação da malha ferroviária nacional em mais de 10 mil km. Os leilões de concessão desses novos segmentos ferroviários estão previstos para o 2º semestre de 2013.

O planejamento de expansão da malha ferroviária pelo Governo Federal, somando PAC e as concessões permitirão a sua ampliação em mais de 15 mil km, mais de 50% da malha hoje existente, 28.700.

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
Ministério dos Transportes
Secretaria de Portos
Valec Engenharia, Construções e Ferrovias SA

Leia também:

Kotscho: Depois do tomate, é a crise na infraestrutura

 

21 Comentários para “Fantástico: Em destaque, a crise na infraestrutura”

  1. ter, 23/04/2013 - 22:43
    lulipe

    Mais uma empresa chinesa desiste de comprar soja do Brasil em virtude do descumprimento no prazo de entrega.

    http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,mais-uma-empresa-chinesa-desiste-da-soja-brasileira,151313,0.htm

  2. ter, 23/04/2013 - 21:20
    Julio Silveira

    Eu não vejo fantastico a anos, mas a Dilma deve sacar que somente mandar a gente usar o controle remoto não resolve. Informações distorcidas como essa pode até não me atingir, mas existe muita gente viciada nessas programações de baixa qualidade, com intuito de provocar um espirito oposicionista na sua clientela. Se pelo menos fizessem um reportagem que informassem fazendo as considerações, mas não, vendem parte pelo todo.

    • ter, 23/04/2013 - 21:22
      Julio Silveira

      E a proposito, não entendi a Record deixar a ultima palavra para o Aécio após pronunciamento da Dilma, tecendo uma clara critica ao governo dela e do PT, que mais pareceu ser opinião da empresa.

      • qua, 24/04/2013 - 10:04
        MariaC

        Já percebi que alguns religiosos sabem tirar proveito. Cristo apenas cumpria as regras do jogo.

      • sáb, 27/04/2013 - 0:22
        Alcides

        Nos últimos jornais da Record que assiti, notei uma tendência em falar mal do governo Dilma.

  3. ter, 23/04/2013 - 21:05
    anderson

    RASEC, CONCORDO CONTIGO,TEMOS QUE TER DISTANCIA DESTA IMPRENSA PODRE, ENQUANTO ISTO AQUI EM MINAS CENSURAM O NOVO JORNAL QUE DENUNCIA OS PODRES DO PSDB QUE ACABARAM COM O ESTADO,ABAIXO INFORMAÇOES SOBRE O NOVO ESCANDALO DE MINAS:
    http://www.novojornal.com/politica/noticia/refem-da-gangue-dos-castros-governo-monta-farsa-no-vale-do-aco-22-04-2013.html
    http://www.novojornal.com/politica/noticia/caso-espinhosa-gangue-dos-castros-articula-para-intimidar-tre-mg-17-04-2013.html
    http://www.novojornal.com/politica/noticia/espinosa-ii-advogado-confessa-anastasia-vai-convencer-tremg-18-04-2013.html
    http://www.novojornal.com/politica/noticia/caso-espinosa-iii-dinheiro-publico-viciou-a-eleicao-municipal-22-04-2013.html
    O PSDB ACABOU COM MINAS, CRISE NA SAUDE, EDUCAÇAO E FUNCIONALISMO PUBLICO.

  4. ter, 23/04/2013 - 20:59
    Francisco

    O que eu acho sensacional é o jornalismo com música e interpretação!

    Adoro aqueles olhos esgaziados que eles abrem ao fim da matéria, como se tivesse sido mostrado um campo de concentração ou coisa parecida!

  5. ter, 23/04/2013 - 20:42
    Abel

    Excepcionalmente, vi a tal reportagem do “Fantástico”, domingo passado. Mas fiz isso absolutamente tranquilo, pois antes já havia lido a “CartaCapital”, que havia abordado o mesmo tema (só que com mais isenção, naturalmente). O que me chamou a atenção na matéria da Globo foi terem colocado um vídeo do Sarney, na época em que o mesmo iniciou as obras da Norte-Sul: “nenhum presidente vai parar essa ferrovia”, disse ele (ou algo assim). Mas, continua a reportagem, a obra parou sim, e só foi ser retomada por… Lula. Mesmo por vias tortas, tiveram que reconhecer o trabalho do Luís Inácio ;)

  6. ter, 23/04/2013 - 20:28
    AlvaroTadeu

    Perfeito, enfiem 60% das verbas publicitárias na Rede Globo e recebam um merecido chute no traseiro de agradecimento. Sabem quantas pessoas vão ficar sabendo a verdade? umas 200 mil. Sabem quantas viram e acreditaram no Fantástico? Uns 30 milhões. Na hora de contar os votos no ano que vem, não adianta chorar.

  7. ter, 23/04/2013 - 20:01
    Mineirim

    A mim ficou parecendo que faltou um último parágrafo no nota divulgada pelos Ministérios: Mentira tem perna curta.

  8. ter, 23/04/2013 - 19:59
    Carlos Ribeiro

    Por que os Ministérios estão se explicando? O controle remoto não basta?

  9. ter, 23/04/2013 - 18:35
    ricardo

    A tevê já era. É uma mídia falida que se agarra a mentiras e apelações de todo tipo para continuar tendo uma sobrevida. Abaixo a televisão. Viva a Internet.

    • ter, 23/04/2013 - 21:52

      Correto! Televisão é boa prá diversão (filmes, novelas, comédias, esportes). Não serve prá informação e formação de opiniões. Acredito que a internet tomará o lugar da televisão.

    • ter, 23/04/2013 - 22:25
      Jorge Portugal

      Mídia falida!!!! Enquanto existir mamãe Dilma e Papai Bernardo e com um faturamento de quase 6 bilhões só no governo Lula, é muito difícil falir. Falido estavam na época de FHC! Eu sei que na época a Globo tentou um empréstimo de 6 bilhões no BNDES, mas não conseguiu. Mamãe Dilma Papai Bernardo e vovô Lula lhe deram de presente.

    • ter, 23/04/2013 - 22:41
      lulipe

      Se souber onte tem uma Tv desta “falida” me avisa, Ricardo, tô precisando de alguns bilhões para fazer minha feira no fim do mês.É cada um que aparece!!!

  10. ter, 23/04/2013 - 17:07
    claudio

    Ueh?!. Que programa é este tal de Fantástico. Não conheço nenhum programa com este nome. Será que vivo em outro mundo ou são os outros que vivem? Porque assistir e repercutir um programa destes?

  11. .
    .
    Então ficamos assim:

    Todos os cidadãos que recolhem impostos federais,
    principalmente nós que votamos no PT para Presidente,

    pagam à Rede Globo, através do Governo Federal,
    mais de meio bilhão de reais por ano, em anúncios,

    para que o Jornal Nacional, o Jornal da Globo,
    o Bom Dia Brasil, o Jornal Hoje e o Fantástico,
    sem falar nos noticiosos ‘elitistas’ da Globo News,

    mintam diuturnamente, desinformando a população,
    com o propósito de destruir esse mesmo Governo do PT.

    Depois que a Mentira é espalhada para o mundo inteiro,
    o mesmo Governo do PT publica uma notinha de desmentido.

    E fica o dito pelo não dito, e a Globo com nosso dinheiro.
    .
    .
    E AÍ, EU PERGUNTO, CADÊ O DIREITO DE RESPOSTA DO BRIZOLA?
    .
    .
    Paulo Henrique Amorim publicou no blog Conversa Afiada

    essa inócua notinha-resposta do Governo Federal, do PT,

    com as seguintes observações, absolutamente procedentes:

    Em tempo: o Governo Federal de Cristina K entraria na Justiça para, com a mesma duração, desmentir, domingo que vem, o que Fantástico fez.

    Em tempo2: sobre o tema “quem paga é voce”, quem paga, em boa parte é o Governo Federal, que enche a pança da Globo.
    A Petrobras, inclusive, patrocina a F-1, evento esportivo em que atletas brasileiros não vencem. (Às vezes, por contrato …)

    Em tempo3: quando a SECOM vai buscar na Globo o BV das inserções do Governo e das estatais? Por causa dele, o BV, o Pizzolatto vai em cana ..

    Em tempo4: o Farol de Alexandria cedeu a Ferrovia do Nordeste a Benjamin Steinbruch por um abatimento no Imposto de Renda.
    Viva o Brasil! Até hoje, o grande empreendedor Steinbruch não concluiu a obra e vive a pedir “aditivos”…

    (http://www.conversaafiada.com.br/pig/2013/04/22/norte-sul-fantastico-mente-desbragadamente)
    .
    .

  12. ter, 23/04/2013 - 15:29
    Rasec

    Não assistam, boicotem. E a mesma repórter que aparece doce no começo do programa falando da Antártica e dos pinguins, Sonia Bridi, vem com a reportagem batendo terror e mentindo sobre a situação caótica! Cria credibilidade e simpatia na primeira reportagem pra depois destruir o Governo Dilma.

    • ter, 23/04/2013 - 17:11
      Cibele

      Excelente, Rasec, bem notado. É o joguinho psicológico que ainda afeta muita gente. Boicote, boicote e boicote, tudo o que venho fazendo há muitos anos. Só de ler o nome dessa coisa que chamam de programa, já me vem um mal-estar. Sinto constrangimento. Horrível que ainda tenha audiência, precisamos de uma ação direta de conscientização do povo. Tenho dito.

      • ter, 23/04/2013 - 19:14
        Rasec

        Cibele: haja estômago para a Tv no domingo. O Programa da Record de onde se esperava algo diferente é muito pior quanto aos temas escolhidos. O Fantástico, como revista, é menos ruim, mas quando vem algo desse tipo damos nova boicotada. Quando apelam pro denuncismo mentiroso eles perdem audiência. Já estou na campanha: desliguem a Rede Globo!

      • ter, 23/04/2013 - 22:37
        Cibele

        Rasec, eu já sou mais radical. Não gosto nem de um nem de outro. Simplesmente há tanta coisa melhor para se assistir na TV a cabo ou na internet, que nem me lembro que tudo isso existe. Entende? É passado! Apelo a todos que façam o mesmo: deixem todo esse lixo para trás, no passado!!! Já era… Quando for necessário, então damos uma olhada, só para saber o que fazer. Não o contrário, certo? Eles só vão cair mesmo dessa forma, não se iludam. Depende exclusivamente de nós.

Comentar