VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Barbosa chama repórter de “palhaço” e manda-o “chafurdar no lixo”

05 de março de 2013 às 17h57

Mariana Oliveira
Do G1, em Brasília

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, mandou um repórter “chafurdar no lixo” nesta terça-feira (5). Depois divulgou nota em que pediu desculpas aos profissionais da imprensa e afirmou que respondeu de forma “ríspida” por estar tomado por “cansaço e fortes dores”.

Barbosa saía de reunião do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), do qual também é presidente, quando foi abordado pelo repórter Felipe Recondo, do jornal “O Estado de São Paulo“.

Recondo iniciou uma pergunta: “Presidente, como o senhor está vendo…”.

Barbosa interrompeu e, em tom alto, disse: “Não estou vendo nada”.

Depois, na presença de jornalistas de vários veículos, o presidente se voltou para o jornalista, aos gritos: “Me deixa em paz, rapaz. Me deixa em paz. Vá chafurdar no lixo como você faz sempre”. (aqui, áudio)

O repórter, então, diz: “O que é isso, ministro? O que houve?”.

Barbosa responde: “Estou pedindo, me deixe em paz. Já disse várias vezes ao senhor”.

O jornalista tentou mais uma vez conversar com o presidente do tribunal. “Eu tenho que fazer pergunta, é meu trabalho.” E Barbosa, gritando, novamente disse: “Eu não tenho nada a lhe dizer. Não quero nem saber do que o senhor está tratando.”

Depois, do elevador do prédio, Barbosa disse em tom alto: “Palhaço”.

Jornal não comenta

O diretor de redação do “Estado de S.Paulo” em São Paulo, Ricardo Gandour, disse que é um fato público e não vai comentar o episódio.

Nota oficial do STF

Em nota assinada pelo secretário de comunicação do Supremo, Barbosa pediu desculpas e afirmou que se trata de “episódio isolado que não condiz com o histórico de relacionamento do ministro com a imprensa”.

Diz a nota, em sua íntegra:

“Em nome do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Joaquim Barbosa, peço desculpas aos profissionais de imprensa pelo episódio ocorrido hoje, quando após uma longa sessão do Conselho Nacional de Justiça, o presidente, tomado pelo cansaço e por fortes dores, respondeu de forma ríspida à abordagem feita por um repórter. Trata-se de episódio isolado que não condiz com o histórico de relacionamento do Ministro com a imprensa.

O ministro Joaquim reafirma sua crença no importante papel desempenhado pela imprensa em uma democracia. Seu apego à liberdade de opinião está expresso em seu permanente diálogo com profissionais dos mais diversos veículos. Seu respeito pelos profissionais de imprensa traduz-se em iniciativas como o diálogo que iniciará no próximo dia 07 de março, quando receberá em audiência o Sr. Carlos Lauria, representante do Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ), ONG com sede em Nova Iorque.

Wellington Geraldo Silva,

Secretário de Comunicação Social – SCO

Supremo Tribunal Federal”

Leia também:

Juristas acham declarações de Barbosa açodadas e vulgares

 

75 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Paulo Filho

09/03/2013 - 09h40

Barbosa mandou o jornalista ir pesquisar o escândalos da compra de votos de parlamentares realizada por membros do governo.

Responder

leda maria soares cunha

08/03/2013 - 22h19

JB foi arrogante e desrespeitoso. Mais ainda se foi sua assessoria que se desculpou, e naõ ele. Assim como destratou em público o repórter, deve pedir desculpas pessoalmente em público.Dor não é desculpa para o que fez. É bom para aprendermos a não incensarmos pessoas apenas porque cumpriram o seu dever como homens públicos

Responder

Christiano Almeida

07/03/2013 - 21h05

Não, não Senhor! Que história é esta de aposentar o “herói do Brasil”? Nananina, Não! Deixe a fera lá. Quero ver o circo pegar fogo quando chegar o momento de julgar a privataria tucana (valerioduto, furnas, etc), operaçao satiagraha, operação castelo de areia e quetais. Tô lambendo uma rapadura, de camarote, para ver e ouvir essas sessões. Iahu!!!

Responder

Mário SF Alves

06/03/2013 - 16h53

“*Jornalista João Bosco Rabello afirma que “nada justifica” agressão verbal de presidente do Supremo ao repórter Felipe Recondo; “Foi muito ruim para a imprensa como um todo, que é uma instituição intermediária entre a sociedade a as autoridades”, disse o diretor do jornal O Estado de S. Paulo em Brasília ao 247; para Rabello, ministro Joaquim Barbosa, além das desculpas via assessoria de imprensa do STF, deveria “desagravar pessoalmente o repórter, para limpar o que fez.”

____________________________________
De qual imprensa se fala? É sempre assim [e como sempre] uma no cravo e outra na ferradura.

Responder

Narr

06/03/2013 - 11h16

A briga dos dois na lama tá legal, mas ainda prefiro quando são duas mulheres.

Responder

Marcelo de Matos

06/03/2013 - 09h00

– Presidente, como o senhor está vendo…
– Não estou vendo nada.
http://www.youtube.com/watch?v=hq4NKKt2Gfk&feature=player_detailpage

Responder

Jose Mario HRP

06/03/2013 - 08h59

O imbroglio está armado:
http://correiodobrasil.com.br/noticias/politica/barbosa-irritado-chama-jornalista-de-palhaco-e-o-manda-chafurdar-no-lixo/587861/

Não foi na net nem qualquer outro lugar que consegui a informação sobre a irritação agressiva em que anda JB!
No rádio!
Joaquim Barbosa, atual presidente do Supremo, soube que o jornalista do grupo “O Estado” colhe informações para publicar matéria bomba sobre os altissimos custo que tem a reforma total de todos os gabinetes dos senhores excelentissimos ministros do Supremo!
Tocou na ferida purulenta do JB(e de todos os outros “santos” do Supremo diga-se de passagem!)

Responder

    Mário SF Alves

    06/03/2013 - 09h57

    Então é isso? Triste e revoltado por se ver na iminência de ter de assumir publicamente o projeto de potencialização do luxo nababesco do Supremo. Tá. Então, tá.
    _________________________________________________________
    Vocação pra ditador é soda! Até fogo amigo tira do sério.
    ________________________________________________________________________
    Mas, afinal, por que exatamente o Estadão, logo, ele, tinha de futucar a onça?
    ________________________________________________________________________
    É como disse o Leandro: “Quem pariu Mateus que o embale…”

    Jose Mario HRP

    06/03/2013 - 10h06

    simples e claro assim…..KKKKKKKKK.

Paulo [email protected]

06/03/2013 - 08h50

Frases protocolares inócuas merecem o chavão certeiro: “em terra de cego quem tem um olho é rei”.

Responder

Messias Franca de Macedo

06/03/2013 - 08h32

… E POR FALAR EM ‘CHAFURDAR’!…

DIRETOR DO ESTADÃO AO 247: “BARBOSA DEVE LIMPAR O QUE FEZ”

… O mais espantoso do episódio é a reação tíbia e covarde do Estado de S. Paulo. Na edição desta quarta-feira, não há um mísero editorial sobre a agressão cometida por Joaquim Barbosa a seu profissional. O diretor de Redação, Ricardo Gandour, disse que não comentaria o caso. O único que falou foi o jornalista *João Bosco Rabello, que comanda a sucursal do Estadão em Brasília, em razão da boa relação que mantém com Marco Damiani, diretor de redação do 247
*Jornalista João Bosco Rabello afirma que “nada justifica” agressão verbal de presidente do Supremo ao repórter Felipe Recondo; “Foi muito ruim para a imprensa como um todo, que é uma instituição intermediária entre a sociedade a as autoridades”, disse o diretor do jornal O Estado de S. Paulo em Brasília ao 247; para Rabello, ministro Joaquim Barbosa, além das desculpas via assessoria de imprensa do STF, deveria “desagravar pessoalmente o repórter, para limpar o que fez”

5 DE MARÇO DE 2013 ÀS 18:49

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/95342/Diretor-do-Estad%C3%A3o-ao-247-%E2%80%9CBarbosa-deve-limpar-o-que-fez%E2%80%9D.htm

Responder

    Péricles

    06/03/2013 - 09h20

    Nenhuma novidade, mano. O tratamento é o mesmo que chefes de redação costumam dispensar a seus subordinados. Cês não vão querer que a elite brigue com o STF logo agora. Muito menos por causa de um reporter, quem sabe até petista. O repórter que se cuide.
    Agora que ninguém nos ouça: o que será que está deixando estressado nosso paladino da virtude?

Messias Franca de Macedo

06/03/2013 - 08h29

E QUEM BATEU NA MÍDIA FOI… NÃO O PT, MAS SEU HERÓI

(…)
Barbosa agrediu Felipe Recondo, repórter que cobre o Poder Judiciário com grande competência, porque não queria responder a uma questão absolutamente pertinente: como ele encara uma nota assinada por três associações de juízes, que criticam seu comportamento “superficial”, “preconceituoso” e, sobretudo, “desrespeitoso”. Barbosa foi alvo de críticas porque, numa entrevista, declarou que os juízes no Brasil têm mentalidade pró-impunidade – seriam, portanto, cúmplices do crime.
Até agora, Barbosa já emitiu uma nota pedindo desculpas de forma generalista à imprensa, mas a pergunta continua no ar, sem resposta. Procurada por nossa reportagem, a assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal não respondeu ao 247 o questionamento que seria feito por Recondo. Como, afinal, o ministro recebe as críticas feitas por três associações de magistrados?
O mais espantoso do episódio é a reação tíbia e covarde do Estado de S. Paulo. Na edição desta quarta-feira, não há um mísero editorial sobre a agressão cometida por Joaquim Barbosa a seu profissional. O diretor de Redação, Ricardo Gandour, disse que não comentaria o caso. O único que falou foi o jornalista João Bosco Rabello, que comanda a sucursal do Estadão em Brasília, em razão da boa relação que mantém com Marco Damiani, diretor de redação do 247 (leia mais aqui).
Barbosa acusou Recondo de “chafurdar no lixo”. Nos bastidores do Poder Judiciário, consta que o repórter vinha levantando despesas ordenadas pelo gabinete do ministro nos últimos anos. Daí a acusação de “chafurdar”. A questão, agora, é: Recondo irá prosseguir na sua apuração ou será calado e amordaçado depois da agressão cometida por Joaquim Barbosa?

FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/95378/E-quem-bateu-na-m%C3%ADdia-foi%E2%80%A6-n%C3%A3o-o-PT-mas-seu-her%C3%B3i.htm

Responder

RicardãoCarioca

06/03/2013 - 07h43

Até o Barbosa chama o PiG de PiG, ainda que sutilmente.

Com o fim da utilidade do Mentirão, vem o descarte do PiG. JB deveria saber que é assim.

Espero que demais juízes e políticos aprendam a peitar o PiG, ao invés de ficarem tentando alimentá-lo.

Em todo caso, bem feito para todos os envolvidos.

Responder

assalariado.

06/03/2013 - 07h14

ÉHHH!!

A lona do circo midiático é bem maior que o cérebro deste soldado escriba.

Responder

Marcelo Rodrigues

06/03/2013 - 01h49

O Barbosa não tem mais condições de trabalhar e deveria se aposentar, ou porque está maluco ou porque as costas o impedem.

Responder

denis dias ferreira

06/03/2013 - 00h31

Não é a primeira vez que o Joaquinzão perde o rebolado. O homem realmente gosta de armar barracos.

Responder

Jorge Portugal

06/03/2013 - 00h20

Tai a resposta para tantas perguntas. Porque Barbosa condenou José Dirceu sem provas? “pediu desculpas aos profissionais da imprensa e afirmou que respondeu de forma “ríspida” por estar tomado por “cansaço e fortes dores”.
Barbosa no julgamento do mensalão dormiu em plenário e julgava de pé, pois, sentia muita dores na coluna. Foi esse o motivo da condenação. Barbosa com sono e dores não sabe o que faz.

Responder

Eduardo Guimaraes

06/03/2013 - 00h18

Leitores, não entrem nisso. É briga no chiqueiro! Sobrou pro porquinho mais fraco!

Responder

Fim do Mundo

06/03/2013 - 00h00

Os jornalistas são paus mandados de seus editores chefes. Por isso estão cada dia mais afundados na lama. Faz anos que deixei de comprar estas porcarias.
A verdade dói. O negócio é ser hipócrita, incopetente, falso, omisso e corrupto, como a maioria dos juízes e desembargadores deste país.
Nossa justiça e nossa imprensa são verdadeiras merdas.

Responder

    renato

    06/03/2013 - 06h41

    É o fim do Mundo.
    Mas quem é o reporter, qual o nome dele.
    E o que ele ia perguntar mesmo.
    Alguém sabe, o que vinha de lá.

Messias Franca de Macedo

05/03/2013 - 23h59

… Não satisfeita com a morte do grande líder venezuelano, o estropício da [genocida confessa!] ‘veja’ tenta matar o chavismo! ENTENDA

Morre Hugo Chávez, 58 anos, e com ele o chavismo
Título em letras escuras e – óbvio – garrafais do portal eletrônico do folhetim golpista-terrorista!…

… República da [eterna] OPOSIÇÃO À HUMANIDADE, À CIVILIDADE… Indecorosa, traidora, despudorada, fascista, aloprada, alienada, histriônica, impunemente terrorista, MENTEcapta, néscia, golpista de meia-tigela, antinacionalista, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo!’ (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente escritor uruguaio Eduardo Galeano)
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Apavorado por Virus e Bacterias

05/03/2013 - 23h41

Descompôs-se a partir do mensalão-sua-invenção. Tornou-se o presidente e aí teve uma danada de uma desinteria mental, sentou e arrastou. Levantou no Supremo como Cérebro.

E lá do Alto, a partir do Supremo, Cérebro, juntamente com Pink, Serra e Gilmar vão dominar o mundo. Lá do Alto, a partir do Supremo.

E Cérebro já até deu uma entrevista a jornalistas internacionais, falando sobre isso e sobre o domínio de fato tropicaliente, o sumo da teoria reinventada na Terra das Bananas.

Responder

Apavorado por Virus e Bacterias

05/03/2013 - 23h31

É um despreparado para tratar com a imprensa. E é o PIG dele, de sua direita que ele espezinha, como se fosse político ao invés de jornalista ou com se fosse o PT. Também não tem preparo para utilizar teorias alemãs, nem está preparado para saber se um documento é verdadeiro ou falso. E se esse documento serve para gerar uma condenação mensalônica, partindo da presunção de culpa desde o início ao fim. É um supremo torpe. Distorceu tudo. Será que está descerebrando? É esclerose? Bebeu? É falta de senso de noção? É boca loca, descontrolada? Desconectada do cérebro? Principalmente com jornalistas estrangeiros? Que conhecem o domínio de fato melhor que o PIG? Cartada de mestrorongo essa, hein?

Responder

Edemilson

05/03/2013 - 23h18

Um ditado popular aplicável ao caso: dê poder a um homem e ele revelará quem realmente é.

Responder

Francisco

05/03/2013 - 23h07

Sempre que esquece de tomar o remédio dá nisso…

PS. Se fosse Lula que dissesse is… ah, vocês já sabem…

Responder

Fabio Passos

05/03/2013 - 23h00

joaquim barbosa pode ser virulento com repórteres… mas é manso com os donos do PiG.

Agressivo com os fracos.
Obediente com os poderosos.

Responder

abolicionista

05/03/2013 - 22h44

O pitbull da elite retrógrada saiu de controle, coloquem uma focinheira…

Responder

Terezinha

05/03/2013 - 22h12

Será por conta da foto que p Estadão publicou no caderno 2, com a sua nova namorada? Enfim… quem pariu Mateus que o embale!

Responder

Ronaldo Silva

05/03/2013 - 22h12

Não possuo meios para questionar a ida de Barbosa para o STF, mas com certeza não possui a menor condição para presidir o STF, disso não tenho dúvida alguma.

Responder

Margo

05/03/2013 - 22h07

Todos nos temos o direito de se irritar, de surtar de vez em quando, e dai, tudo passa, ele é uma pessoa como qualquer outra, o homem sai cansado, com dor. Não queria ver ninguém. “Não estou vendo nada”. “me deixe em paz rapaz”. Se o jornalista fosse sensato e não tivesse a fim de irrita-lo, o visse como um sujeito passível de cansaços igual a ele, não insistiria, mas o repórter, quer vender noticia, a qualquer preço, não sei onde esta a ética nisto, E vcs reporteres de plantão, quando querem fazer a cama de fogo para qualquer um cair, sabem muito bem fazer

Responder

    renato

    06/03/2013 - 06h46

    Reporter é uma praga.
    Poderiam revolucionar o país, MAS
    trabalham para o dono do jornal.
    Precisam ganhar a vida.
    Raros são aqueles que se sobressaem.

Denise

05/03/2013 - 21h55

Um agente público jamais poderia perder as estribuiras neste nível. Um juiz, menos ainda,um Ministro….agora sabemos em que mãos estamos. A verdade tarda mas não falha. A máscara era só para a rede bobo.

Responder

Denise

05/03/2013 - 21h50

Cada um dá o que tem na sua dispensa!

Responder

Hélio Pereira

05/03/2013 - 21h44

Demorou mas o PSDB encontrou alguém com o mesmo perfil de José Serra no trato “educado” com a imprensa!
Aécio Neves que se cuide,pois “Joaquinzão” vem ai.

Responder

    Roberto Locatelli

    06/03/2013 - 00h05

    É mesmo, Hélio, é bem o jeito do Serra ao lidar com a imprensa. E olhe que é o pig, imprensa aliada.

Pafúncio Brasileiro

05/03/2013 - 21h38

Azenha,
Eis aí o verdadeiro Barbosão. Não adianta ele esconder e justificar os coices. Falta equilíbrio e serenidade a ele. O PIG deve estar colocando “as barbas de molho”.

Responder

Rose PE

05/03/2013 - 21h19

Agora, mídia,aguenta a cobra criada! Achei pouco a grosseria que ele fez para um de seus bajuladores.E o jornaleco ficou bem quietinho , sem um editorial sobre o caso.

Responder

Zé das Couves

05/03/2013 - 21h15

Se fosse o Lula a dizer isso, a imprensa já estaria exigindo a pena de morte.

Responder

Marat

05/03/2013 - 20h36

Briguinha entre aliados. Vai dar em nada não… Daqui a quinze dias tão tomando um chopinho no boteco ou na redação dos Mesquista.

Responder

Fabio Passos

05/03/2013 - 20h34

Estava “tomado por dores”.
O jagunco da casa-grande deve estar com dor na consciencia apos condenar cidadaos brasileiros sem provas na farsa do mentirao.

O servical da “elite” branca e rica assumiu o comportamento de seus amos… arrogante e prepotente como seus senhores.

Responder

Sr.Indignado

05/03/2013 - 20h32

É isso aí. O douto ministro não deve nada a ninguém. Nem ao povo, nem à democracia, nem à Dona Maria que pega 4 ônibus por dia e na sexta volta a pé para economizar o vale transporte, e é por isso que tem que haver voto direto para o supremo. Eu quero votar, a Dona Maria, o Zé da peixaria … todos!!!

Responder

    Sr.Indignado

    05/03/2013 - 20h33

    … e tem mais. Tomado pelo cansaço, ou pelo dia enfadonho, ou por vontades contrariadas como fica seu poder de decisão????????????

adriana m carvalho

05/03/2013 - 20h25

O velho e conhecido…VOCÊ SABE COM QUEM ESTÁ FALANDO?!…..lamentável!.

Responder

Wanderson Brum

05/03/2013 - 19h57

Chegou a hora de fritar o ministro, afinal ele já desempenhou o seu papel na ópera-bufa, agora é hora dele se recolher na coxia se não quiser ser massacrado pelos mesmos que o endeusaram…

Bem, eu avisei seu Joaquim! Essa branquelada da casa-grande tá te usando “pá fazê justicia” contro os inimigos dela, mas vamos lá que nasceu pra Henrique Dias nunca vai se Zumbi dos Palmares…

Responder

    Antonio

    05/03/2013 - 22h49

    É isso aí: ele já se prestou ao papel que a PIG esperava dele. Agora começa o processo de desconstrução do ícone. Tenho refletido se, no final das contas, a questão crucial para os nossos magnatas da mídia é constituir-se no único “poder” confiável. Nada presta, nada é confiável, nada é sério, exceto a imprensa. Eu diria para o pavão II: toma distraído!

BACAMARTE

05/03/2013 - 19h56

Esqueceram de avisar ao Ministro que o repórter era de um veiculo aliado.

Responder

MTHEREZA

05/03/2013 - 19h44

E os jornalistas vão se queixar pra quem? Não cumpriram todas atarefas direitinho, elogiaram o jb até não poder mais, descobriram e divulgaram nobres qualidades e virtudes no homem? Seus chefes é que não vão defende-los da ira santa do supremo miliciano do judiciário.
Vai ser uma briga boa: pigx jb (será?)

Responder

Luís Carlos

05/03/2013 - 19h37

Barbosa e Estadão se merecem. Tem muito lixo para eles chafurdarem juntos. Lixo criado por eles mesmos.

Responder

josé maria de souza

05/03/2013 - 19h06

1. O ministro não pediu desculpas.
2. É claro que ele sabia onde estava mandando o repórter chafurdar: na lama do Estadão.
josé maria

Responder

    Fabio Passos

    05/03/2013 - 20h36

    No estadao ou no stf o que nao falta e lama para PiG chafurdar.

andre i souza

05/03/2013 - 19h04

Mais uma vez. A cada dia que passa tenho mais aversão por esse homem. Independente do viés ao qual o repórter se prende, antes de tudo ele é um trabalhador e o sujeito que também paga o salário do JB.

Um pouco mais de consideração e respeito, ministro!

Responder

Gerson Carneiro

05/03/2013 - 18h53

Como dizia minha vózinha: “quem pariu Matheus que balance”.

Responder

Fabio Passos

05/03/2013 - 18h48

Chafurdar no lixo? Coitado do “palhaco”. Ja nao bastava trabalhar… agora vai ter de ler o PiG? rsrs

Responder

Gerson Carneiro

05/03/2013 - 18h48

O diretor de redação do “Estado de S.Paulo” vê seu subordinado levar patada do Joaquim Barbosa e se cala. Imaginem, em uma hipótese muito estabanada, se fosse o Lula tratando assim o repórter do Estadão.

Responder

    MTHEREZA

    05/03/2013 - 19h48

    o mundo tinha desabado e o sumido do botox (onde andará?) já tinha entrado com uma representação…

    Marat

    05/03/2013 - 20h38

    Lula seria chamado de ignorante, estúpido, grosseiro, despreparado etc., etc., etc… Mas Barbosão é um dos heróis do PIG…

Elizete

05/03/2013 - 18h45

Xiiii… O jornaleco agora vai chamá-lo de ingrato, quantas coberturas e aconhegos realizaram com fins de justificar os ataques desse senhor em contra o Jenoino e Dirceu. Mas Deus é pai que se cumpra a profecia”meus inimigos sejam confundidos ridicularizados!!!. Essa nata maligna da sociedade irão destruir-se entre si.

Responder

Urbano

05/03/2013 - 18h37

Por acaso, o jornalista foi assessor de algum dos cinco cavaleiros do apocalipse, quando das pantomimas do julgamento do mensalão?

Responder

Elizete

05/03/2013 - 18h36

Bem feito! O jornal prova do próprio veneno, pois foi este que mais deu respaldo as sandices desse senhor em relação aos ataques contra o Dirceu e jenoino.Mas… acredito que o senhor Joaquim se confudiu pensou que fosse algum reporter de esquerda, porém ao percerber o erro se comportou da mesma forma subserviente em relação aos representantes da elite dos meis de comunicação.

Responder

J Souza

05/03/2013 - 18h32

Barbosa para presidente!
Esse ai vai renunciar antes do Zé Dirceu entrar com os recursos/embargos…
Quem mandou o Estadão se meter com ele???
Vai ver ele só gosta dos jornalistas da Globo News… Global… Plim, plim!

Responder

Fabio Passos

05/03/2013 - 18h29

Chafurdar no lixo?
Entao o”palhaco” vai ter de ler os votos do joaquim barbosa no julgamento do mentirao? rsrs

O poder subiu a cabeca do pau-mandado da casa-grande…

Responder

Gerson Carneiro

05/03/2013 - 18h29

Cuspindo no prato que come.

Responder

Julio Silveira

05/03/2013 - 18h29

Achei essa uma meia informação, para ser completa seria necessário sabermos quem é o reporter. Por que dependendo de quem seja pode ser até que o Ministro tenha razão ao encaminhá-lo ao endereço citado. Com todo meu respeito aos bons profissionais, mas existem alguns que realmente alimentam suas redações com lixo, que por sua vez parece se nutrir dele, e não é segredo para ninguem.
O Ministro pode ter sido sómente sincero em excesso e hipocrisia é uma “virtude” hoje muito necessária nos altos escalões de nossa republica.

Responder

    Gerson Carneiro

    05/03/2013 - 18h36

    A informação que o senhor sentiu falta está no segundo parágrafo do post.

    Julio Silveira

    06/03/2013 - 09h34

    é verdade passei batido pelo nome do cidadão. E como não o conheço profissionalmente, sequer pessoalmente, não tenho como fazer consideração sobre a situação. Então na duvida dou voto de confiança a ambos, pode ter sido grosseria ou não.

    Svibra

    05/03/2013 - 18h52

    Oito anos de governo Lula e dois da Dilma, sofrendo toda sorte de ataques da mídia, envolvidos como sempre estiveram em questões cruciais para o país, com todas as desculpas paletáveis para mandar um jornalista ir a M… e não aconteceu!!!

    Cem dias de presidência do poder judiciário pelo Joaquizão, já acumulou críticas pesadas de colegas, das associações classistas jurídicas, além de ter conduzido o pior espetáculo judicial nunca dantes visto.

    Dá para ver onde estão os estadistas e onde ficam os deslumbrados.

    Julio Silveira

    06/03/2013 - 09h38

    É verdade, pessoas são diversas, inclusive em personalidades. Mas é verdade também que não é necessário ser um estadista para estar na Presidência do Supremo, o que se pede é um bom analista legal. Por outro lado como seria bom para o Brasil se cada um de seus Presidentes (no executivo) fossem estadistas. O Lula, eu concordo, tem essa inspiração.

lauro c. l. oliveira

05/03/2013 - 18h11

Então tá!

Responder

JOSE ANTONIO BATATA

05/03/2013 - 18h06

Eles está nervoso porque sua Fábrica de MÁSCARAS faliu. Fizeram MILHÔES de máscaras e não venderam nenhuma.

Responder

    Maria Izabel L Silva

    05/03/2013 - 21h56

    Eu passei todo o carnaval no Rio de Janeiro, e não vi uma unica mascara de Joaquim Barbosa. Umazinha sequer… Foi um fiasco apesar de toda campanha feita pela Globo.

Messias Franca de Macedo

05/03/2013 - 18h06

… A máscara que não saiu no carnaval (sic) começa a cair! São os primeiros efeitos do MENTIRÃO, estúpido!…

[“NUMDISSE” QUE O PIG IRIA DESTRONAR O JOAQUIM “INCLEMENTE” BARBOSA?! SÃO SÓ OS PRIMÓRDIOS DO LAMAÇÃO(!)]

… República da [eterna] OPOSIÇÃO AO BRASIL… Traidora, despudorada, fascista, aloprada, alienada, histriônica, impunemente terrorista, MENTEcapta, néscia, golpista de meia-tigela, antinacionalista, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo!’ (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente escritor uruguaio Eduardo Galeano)
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

    Messias Franca de Macedo

    05/03/2013 - 21h28

    errata: … LAMAÇAL… (ao invés de … ‘LAMAÇÃO’…)

    … República da [eterna] OPOSIÇÃO AO BRASIL… Traidora, despudorada, fascista, aloprada, alienada, histriônica, impunemente terrorista, MENTEcapta, néscia, golpista de meia-tigela, antinacionalista, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo!’ (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente escritor uruguaio Eduardo Galeano)
    Bahia, Feira de Santana
    Messias Franca de Macedo

FrancoAtirador

05/03/2013 - 18h05

.
.
A Mídia Tucanalha

criou o ‘Monstro’.

Agora, que o ature.
.
.

Responder

Messias Franca de Macedo

05/03/2013 - 18h02

“ESCUTA ESSA”! (“O CALDO ESTÁ ENTORNANDO”!)
“NUMDISSE” QUE O PIG IRIA DESTRONAR O JOAQUIM “INCLEMENTE” BARBOSA?! ENTENDA OS PRIMÓRDIOS!

##########################

Joaquim Barbosa manda jornalista ‘chafurdar no lixo’
Terça, 05 de Março de 2013 – 17:15

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, discutiu com o repórter Felipe Recondo, do jornal O Estado de S.Paulo no início da tarde desta terça-feira (5). De acordo com o Valor Econômico, o jornalista se aproximou de Barbosa no fim da sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para fazer uma pergunta.“Ministro, como o senhor está vendo…?”, iniciou o jornalista. “Eu não estou vendo nada”, respondeu Barbosa, irritado, ao interromper a indagação. “Me deixe em paz, rapaz. Me deixe em paz. Vá chafurdar no lixo como você faz sempre”, acusou. Ainda de acordo com o Valor, o repórter insistiu, mas não conseguiu fazer o questionamento ao ministro. “Eu não quero nem saber o que o senhor está tratando”, completou Barbosa. Jornalistas esperavam por Joaquim Barbosa na saída do CNJ para indagá-lo sobre a nota divulgada no sábado por entidades representativas de magistrados, que reclamaram de suas declarações sobre os juízes brasileiros.

CACHOEIRA – perdão, ato falho -, FONTE: http://www.bahianoticias.com.br/

… República da [eterna] OPOSIÇÃO AO BRASIL… Traidora, despudorada, fascista, aloprada, alienada, histriônica, impunemente terrorista, MENTEcapta, néscia, golpista de meia-tigela, antinacionalista, corrupta… ‘O cheiro dos cavalos ao do povo!’ (“elite estúpida que despreza as próprias ignorâncias”, lembrando o enunciado lapidar do eminente escritor uruguaio Eduardo Galeano)

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Deixe uma resposta