VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.

Apeoesp denuncia Globo por manipular número de salas fechadas por Alckmin: ” Vocês se limitam à condição de porta-vozes do Governo”

15 de fevereiro de 2016 às 19h42

Captura de Tela 2016-02-15 às 21.47.15

César Tralli, apresentador do SPTV 1ª edição, governador Geraldo Alckmin e José Renato Nalini, atual secretário da Educação

OFÍCIO ESPECIAL

São Paulo, 15 de fevereiro de 2016.

Senhor César Tralli,

Assisti à edição do jornal SPTV 1ª edição de hoje, 15/02, e fiquei indignada com a reportagem sobre a volta às aulas na rede estadual de ensino, sobretudo ao ouvir a repórter corroborar a posição da Secretaria Estadual da Educação de que estaria errado o levantamento feito pela APEOESP sobre o fechamento de classes que está ocorrendo em todo o estado de São Paulo e que, neste momento, chega a 1112 classes. E este número continua crescendo.

Vosso telejornal, sem ouvir a APEOESP, nos chama de mentirosos, de foram assertiva, inclusive com uma entonação de voz intencional da repórter ao dizer que a “apuração do sindicato está ERRADA”, induzindo desta forma a um juízo de valor por parte do telespectador.

Em seguida, a repórter passa a ouvir um dirigente regional de ensino e, finalmente, o Secretário Estadual da Educação para, novamente, reforçar a posição do Governo Estadual, como se nós, da APEOESP, fôssemos pessoas levianas e sem responsabilidade. O senhor qualificaria isto de jornalismo isento, correto, ético?

Vocês se limitam à condição de porta-vozes do Governo do Estado, acreditando a priori nas informações da Secretaria da Educação em detrimento das nossas.

A Rede Globo, como as demais, é uma concessão pública, mas não pratica jornalismo investigativo quando se trata de assunto que possa incomodar o Governo do Estado; não busca a verdade dos fatos.

A matéria de hoje presta um desserviço aos estudantes, às famílias, aos professores, à educação pública no estado de São Paulo.

Amanhã ou depois terão que se dobrar aos fatos, pois o número de classes fechadas não para de aumentar.

Não é a primeira vez que a Rede Globo de Televisão age desta forma contra a APEOESP e contra os professores.

Em 2015, vocês reproduziram as versões da Secretaria Estadual de Educação de que não havia greve na rede estadual de ensino, até que foram obrigados a reconhecer a realidade. Agora, fazem referência à “maior greve dos professores estaduais”, como se nunca tivessem agido de outra forma.

Também puseram em dúvida nossas informações sobre a reorganização da rede estadual de ensino, fazendo coro com o Governo Estadual quando dizia que estávamos exagerando ou inventando.

Novamente, tiveram que reconhecer a realidade concreta, quando o movimento iniciado pela APEOESP ganhou corpo e extrapolou a própria categoria, envolvendo estudantes, pais, comunidades e movimentos sociais, levando finalmente o Governador a recuar e a Justiça a determinar a suspensão do processo.

Novamente tentam desmoralizar a APEOESP perante a opinião pública, nos qualificando de mentirosos. Não vamos admitir.

Sequer nos deram a oportunidade de demonstrar nossos dados, que a TV Globo, assim como os demais meios de comunicação, recebe de forma detalhada, com os nomes das escolas, suas regiões e os números de classes fechadas.

Escolheram justamente uma escola que ganhou mais uma classe para, a partir daí, enfatizar uma avaliação enganosa da Secretaria da Educação.

Nosso levantamento é sério. Aliás, se o levantamento é de autoria da APEOESP, deveriam ter solicitado ao sindicato que indicasse as escolas a serem visitadas, como procedem quando lhes interessa.

Mas o propósito da Rede Globo neste caso não parece ser o de informar e sim de prestar um serviço ao Governo Estadual, cuja imagem está cada vez mais desgastada nas escolas e na sociedade.

Não aceitamos isto e não autorizamos mais a Rede Globo a citar nossos levantamentos nem utilizar o nome da APEOESP em seus telejornais, sob pena de processo judicial.

Não queremos ser desrespeitados. Somos o maior sindicato da América Latina e sabemos enfrentar os projetos do Governo Estadual que prejudicam os professores e a educação e também a Rede Globo, se for necessário.

Atenciosamente,

Maria Izabel Azevedo Noronha – Presidenta da APEOESP

C/c: Ali Kamel Diretor Geral de Jornalismo e Esportes da Rede Globo de Televisão

**************

FECHAMENTO DE CLASSES E TURNOS E TRANSFERÊNCIAS COMPULSÓRIAS
PARCIAL ATÉ 15/02/2016 (13h00)
1.112 classes fechadas/47 de 93 regiões
REGIÃO/SUBSEDE/DIRETORIA DE ENSINO OCORRÊNCIAS
 
D.E. CENTRO OESTE – CAPITAL
  EE Professor Architiclino Santos – turmas de ensino médio do período da tarde foram fechadas  assim como as do fundamental EJA noturno.
OESTE – CAPITAL
  EE Olinda Leite – fechamento de 1 classe de ensino fundamental e 1 de ensino médio.
  EE Gavião Peixoto – fechamento de 2 classes de manha e 3 no noturno.
  EE Augusto Ribeiro Carvalho – fechamento de 1 classes e EJA e 4 do ensino médio.
  EE Pio Telles – fechamento de 6 classes de EJA e ensino médio.
  EE João Copke – fechamento de 6 classes de EJA e 3 do ensino regular.
  EE Miss Browne – fechamento de 8 classes.
  EE Luiz de Britto – fechamento de 2 classes.
  EE Martin Egidio Damy – fechamento de  2 classes do ensino fundamental II.
  EE Brigadeiro Eduardo Gomes – fechamento de classes 3 da manhã; 12 à tarde; 2 no noturno.
VILA PRUDENTE
  E.E. Aroldo de Azevedo – classes da suplência serão fechadas no decorrer do ano.Os professores/as mesmo aqueles que têm prefeitura, estão sendo forçados a pegar aula pela manhã, e a diretora está argumentando que se eles/as não pegarem, correm o risco de perder aulas no decorrer do ano.
  E.E. Luiza Mendes – fechamento de 5 classes no noturno e transferência de alunos para outras escolas.
  E.E. Heitor Carusi – fechamento de 1 classe, no período da tarde – ensino fundamental II
  E.E. Borges Viera – fechamento de 4 classes do ensino fundamental
  E.E. Romeu Montoro – não foram abertas classes para 5º ano do ensino fundamental
  E.E. José Chediak – fechamento de 2 classes no noturno.
  E.E  Valdir Fernandes – fechamento de 2 classes no noturnas e 5 classes à tarde.
DE SUL – 3 (CAPITAL)
  EE Professora Vera Athaide Pereira – recusa-se a abrir matriculas para EJA, embora tenham sido encaminhadas manifestações de interesse .
  EE Afrânio de Oliveira – fechamento de 5 classes.
No cômputo geral a estimativa é de 250 classes fechadas na D.E. Sul 3
ZONA SUL – CAPITAL
  EE José Lins do Rego – fechamento de 6 classes.
  EE Vicente Leporace – fechamento de 10 classes.
  EE Eulália e Silva – fechamento de 3 classes.
  EE Alberto Conte – fechamento de 4 classes.
  EE Raul Poleto – fechamento de 7 classes.
  EE Herculano de Freitas – fechamento de 9 classes.
  EE Norberto “Mazza” – fechamento de 2 classes.
  EE Luís Magalhães – fechamento de 6 classes.
  EE Moraes Prado – fechamento de 5 classes.
  EE Levi Carneiro – fechamento de 10 classes.
  EE Republica do Panamá – fechamento de 2 classes.
  EE Wander Tafo – fechamento de 4 classes.
NORTE – CAPITAL
DE CENTRO E.E. Gonçalves Dias – fechamento de 2 classes: 1 da manhã e 1 da tarde
DE CENTRO E.E. Barão Homem de Melo – fechamento de 2 classes: 1 da manhã e 1 da tarde
DE CENTRO E.E. Capitão Pedro Monteiro do Amaral: fechamento de 4 classes
DE LESTE 5 E.E. Francisco Costa Guedes – fechamento de 1 classe no noturno
DE LESTE 5 E.E. Paulo Egidio – fechamento de 2 classes no noturno – projeto 8ª série de EJA
DE NORTE 2 E.E. Gabriela Mistral – recusam-se a matricular em EJA, mesmo com demanda.
DE NORTE 2 E.E. Gustavo Barroso – fechamento de 2 classes no noturno
DE NORTE 2 E.E. José Amaral Mello – fechamento de 1 classe
DE NORTE 2 E.E. Justino Cardoso – fechamento de 2 classes: 1 pela manhã e 1 à tarde.
DE NORTE 2 E.E. Marly Diva Bonfanti – fechamento de 1 classe.
Estudantes  das escolas municipais de ensino fundamental do Parque Edu Chaves estão sendo encaminhados pela DE para a EE Gutemberg, prejudicando a EE Gabriela Mistral.
Estudantes  da EMEF Marcilio Dias estão sendo encaminhados pela DE para a EE Rita Bicudo, distante 5 a 6 km, prejudicando a EE Castro Alves, que fica a 2 km de distância da EMEF.
LESTE 2 (CAPITAL)
EE Nello Lorenzon – fechamento de 9 classes.
LESTE 2 (CAPITAL)
EE República do Suriname – fechamento de 5 classes – está recusando novas matrículas.
EE Adolfo Pluskat  – fechamento de 2 classes – não voltou atrás na reorganização.
EE Francisco Pereira – está recusando novas matrículas.
EE Caetano Zamitti – fechamento de 1 classe.
EE Capitão Sérgio – fechamento de 7 classes.
EE Paulo Kobayashi  – fechamento de 5 classes.
EE Pedro Moreira – fechamento de 4 classes.
EE Elza Rachel – fechamento de 6 classes.
EE Maria Regina – fechamento de 5 classes.
EE Diogo de Faria – fechamento de 3 classes.
EE Carlos Gomes – fechamento de 3 classes.
EE Humberto Luis D´Urso – fechamento de 4 classes.
EE João Prado Margarido – fechamento de 2 classes.
EE Alberto  Schweiter – fechamento de 4 classes.
EE Charles de Gaulle – fechamento de 1 classe.
EE Aurélio Buarque de Holanda – fechamento de 4 classes.
EE Henrique Smith Bayma – fechamento de 3 classes.
SÃO MIGUEL PAULISTA (CAPITAL)
EE Yoshia Takaoca – fechamento do ensino médio noturno
EE Dirce Elias – fechamento de 1 classe (encerrou ensino noturno)
EE Malba Teresa – fechamento de 1 classe – há demanda – está prevista a abertura de mais 1 classe, mas a Diretoria de Ensino não permite.
EE Maria Luiza – fechamento de 6 classes à tarde.
EE Moabe Cury  – iria ser reorganizada – fechamento de 6 classes – 3 no ensino fundamental, 2 do ensino médio e 1 EJA.
SUDESTE-CENTRO (CAPITAL)
EE Angelo Mendes – fechamento de todas as classes do ensino fundamental, com exceção de 1 classe do 9º ano.
SUDOESTE (CAPITAL)
EE Godofredo Furtado – fechamento de 2 classes.
EE Martim Francisco – fechamento de 6 classes.
EE Daniel Pontes – fechamento de 2 classes.
SANTO ANDRÉ
EE Valdomiro Silveira – não houve matrículas para o 6º ano do ensino fundamental.
EE Antunes do Centro – não houve matrículas para o 6º ano do ensino fundamental
EE Maria de Lourdes – não houve matrículas para o 6º ano do ensino fundamental
EE Celso Augusto Daniel – fechamento do noturno
EE Luiz Lobo Neto – fechamento do noturno
EE Luiz Lobo Neto – fechamento do noturno
EE Clotilde Peluso – não está recebendo novas matrículas
CARAPICUIBA
EE Antonio de Oliveira Godinho – fechamento de 1 classe no ensino médio noturno
EE Benedito de Lima Tucunduva – fechamento de 2 classes no ensino médio fundamental e noturno
EE Celso Pacheco Bentin – fechamento de 7 classes no ensino médio noturno
EE Dervile Alegretti – fechamento de 8 classes no ensino médio noturno
EE Elisabeth Silva Araujo – fechamento de 2 classes no ensino médio noturno
EE Esmeralda Becker Freire de Carvalho – fechamento de 1 classe no ensino médio noturno
EE Hadla Feres – fechamento de 2 classes no ensino médio fundamental e nédio vespertino e 1 classe no ensino médio noturno
EE José Benício dos Santos – fechamento de 5 classes no EJA noturno
EE Luiz Pereira Sobrinho – fechamento de 3 classes no ensino médio noturno
EE Maria Helena Madergan – fechamento de 1 classe no ensino fundamental Vespertino e 1 classe no ensino médio vespertino
EE Maria Marques de Noronha – fechamento de 1 classe no ensino médio vespertino
EE Odete Algodoal Lanzara – fechamento de 1 classe no ensino médio vespertino
EE Salomão Jorge – fechamento de 1 classe ensino médio vespertino e 1 classe no ensino médio noturno
EE Toufic Joulian – fechamento de 2 classes ensino médio noturno.
EE Oscar Graciano – A ESCOLA FOI FECHADA
DIADEMA
EE Adonias Filho – fechamento de 2 classes
EE Anecondes A. Ferreira – fechamento de 11 classes.
EE Antônio Branco – fechamento de 2 classes.
EE Diadema – fechamento de 1 classe.
EE Evandro C. Esquivel – fechamento de 3 classes.
EE Homero Silva – fechamento de 3 classes.
EE João Carlos G. Cardim – fechamento de 2 classes.
EE João Ramalho – fechamento de 4 classes.
EE José Artigas – fechamento de 1 classe.
EE José Mauro de Vasconcelos – fechamento de 1 classe.
EE Maria Cartolina C. Cardim – fechamento de 3 classes.
EE Orígenes Lessa – fechamento de 4 classes.
EE Riolando Canno – fechamento de 2 classes.
EE Socialista – fechamento de 3 classes.
ITAQUAQUECETUBA
E.E. Carmen Netto dos Santos – fechamento de 2 classes à tarde.
E.E. Vera Lucia Leite – fechamento de 6 classes, devido ao fim do noturno.
E.E. José Barbosa de Araújo – fechamento de 1 classe no ensino médio.
E.E. José Gama de Miranda – fechamento de 1 classe no ensino fundamental e 1 classe no ensino médio.
E.E. Kakunosuke Hasegawa encerrou o ciclo I do ensino fundamental (restam 3 classes).
MAUÁ E REGIÃO
Mauá Fechamento de 52 classes
Ribeirão Pires Fechamento de 15 classes
FRANCO DA ROCHA
EE. Profª Celestina Valente Lengenfelder – fechamento de 3 classes no noturno e 1 classe no diurno.
EE. Prefeito Pedro Lellis – fechamento de 4 classes no diurno.
EE. Albino Fiore – fechamento de 2 classes no diurno e 1 classe no noturno.
EE. Capitão Alberto Graf – fechamento de 1 classe no diurno e 1 classe no noturno.
EE. Profª Rituco Mitani – fechamento de 1 classe no noturno.
EE. Azevedo Soares – fechamento de 3 classes no noturno.
EE. Dr. José Roberto Melchior – fechamento de 1 classe no diurno.
EE. Chácara Camponesa – fechamento de 1 classe no noturno.
EE. Profª Lenita Correa Camargo – fechamento de 2 classes diurno.
EE. Prof. Rogério Levorin – fechamento de 2 classes no noturno.
EE. Profª Nide Zaim Cardoso – fechamento de 4 classes.
EE. Editor José de Barros Martins – fechamento de 2 classes no noturno.
EE. Jardim Alegria II – fechamento de 2 classes no noturno.
EE. Profª Iraci Sartori Vieira da Silva – fechamento de 2 classes no noturno.
EE. Armando Sestine – fechamento de 2 classes no noturno.
EE. Alfried Weiszflog – fechamento de 3 classes do noturno. (fechamento total do período noturno).
EE. Tenente Joaquim Marques da Silva Sobrinho – fechamento de 4 classes no noturno.
EE. Prof. Carlos Augusto de Pádua Fleury – fechamento de  1 classe no noturno.
EE. Profª Isaura de Miranda Botto – fechamento de 1 classe no noturno.
EE. Bairro Jundiaizinho – fechamento de 1 classe no noturno.
EE. Prof. Élcio José Pereira Cotrin – fechamento de2 classes no diurno.
EE. Prof. Benedito Aparecido Tavares – fechamento de 2 classes no noturno.
EE. Vereador Luiz Alexandre dos Santos – fechamento de 10 classes de Ciclo I (fechamento total do Ciclo I – municipalização)
EE Suzana Dias – fechamento de 2 classes.
GUARULHOS
EE Padre Bueno Ricco – fechamento do noturno – a escola seria fechada.
EE Conselheiro Crispiniano – está recusando novas matrículas.
EE Milton Cernachi – fechamento de 12 classes no noturno.
EE Maria Aparecida Ranzanni  – fechamento de 8 classes do ensino fundamental II – na prática, cumpriu a reorganização prevista.
EE Valdivino de Castro Pereira – fechamento do turno vespertino.
EE Maria Aparecida Rodrigues – fechamento de 2 classes no noturno – há mais de 35 estudantes nas classes do ensino fundamental; mais de 40 nas do ensino médio.Há lista de espera com mais de 60 estudantes.DE Guarulhos Sul não autoriza abertura de classes.
EE Padre Bruno Ricco – fechou noturno (ainda não há quantificação).
EE Alexandre Lopes – fechamento de classes no noturno (ainda não há quantificação).
OSASCO
EE Armando Gaban – fechamento de 4 classes da primeira série do ensino médio
EE Francisca Lisboa Peralta fechamento de 5 classes do ensino médio – transferência compulsória de 1 classe de EJA e 5 de ensino médio para EE professor Edson.Fechamento de 6 classes no matutino; 1 à tarde; 7 à noite.
EE São Paulo da Cruz – fechamento de classes (não quantificado) – filas de espera na EE Newton Espírito Santos Ayres.
EE Guilherme de Oliveira Gomes – fechamento de 1 classe de tempo e integral e 3 do ensino médio noturno – seria transformada em CEEJ
SUZANO
Fechamento de 9 classes do ensino médio na região.
OLÍMPIA E REGIÃO
EE Anita Costa – fechamento do noturno (ensino médio)
DRACENA E REGIÃO
Houve fechamento de 4 classes, sendo: 3 do ensino médio e 1 do ensino fundamental.
ITAPEVA E REGIÃO
EE Zulmira de Oliveira – estão sendo inviabilizadas matrículas no 6º ano do ensino fundamental.
EE Raul Venturelli – estão sendo inviabilizadas matrículas no 6º ano do ensino fundamental
ITAPETININGA
EE Desembargador Bernardes Junior – fechamento de 3 classes do noturno (7º ano do ensino fundamental e 2º e 3º anos do ensino médio.
JAU
Fechamento de 10 classes.
PALMITAL (região de Assis)
Fechamento de 1 classe no Noturno na EE Profª Adalgisa Cavezzale de Campos
PRESIDENTE PRUDENTE E REGIÃO
20 classes e 4 períodos fechados
CLEMENTINA (região de PENÁPOLIS
EE Maria de Fátima Gomes Alves - não abriu classe para primeiro ano de ensino médio noturno. E não está aceitando matrículas para essa turma.
TUPÃ E REGIÃO
EE Professora Irene Resina Migliorucci – fechamento de 3 classes: 1 de 6º ano, 1 do 7º ano, 1 de 8º ano do ensino fundamental.
SUMARÉ E REGIÃO
  EE Luiz Campo Dall´Orto – não foram criadas 1 turma de 1º ano do ensino médio e 2 turmas de 6ºs anos do ensino fundamental.
MOGI MIRIM E REGIÃO
  EE Zenaide FF Melo – fechamento de 2 classes de Ensino Fundamental e 1 de Ensino MédioEE Antonio Caio – fechamento de 2 classes de Ensino Fundamental e 1 de EnsinoMédioEE Pedro F Cintra – fechamento de 2 classes de Ensino Médio.
JUNDIAÍ E REGIÃO
  Até o momento, constatado o fechamento de 20 classes.
ANDRADINA E REGIÃO
Fechamento de 14 classes.
VOTUPORANGA E REGIÃO
Fechamento de 14 classes do ensino médio e 07 classes do ensino fundamental.02 Escolas perderam o noturno.Em uma cidade houve remanejamento entre as duas escolas: uma passou a ser ensino fundamental e a outra ensino médio.
CATANDUVA E REGIÃO
Catanduva E.E Nicola Mastrocola – fechamento de 1 classe.
E.E Paulo De Lima Correa – fechamento de 1 classe.
E.E Barão Do Rio Branco – fechamento de 2 classes.
E.E Dinorah Silveira Borges – fechamento de 2 classes.
Candido Rodrigues E.E Rizieri Poletti  – fechamento de 5 classes.
Elisiario E.E Benedito Borges Da Silveira – fechamento de 1 classe.
Fernando prestes E.E Francisco Sales de Almeida Leite – fechamento de 1 classe.
Irapuã E.E Profª Desolina Betti Gregorin  – fechamento de 1 classe.
Novo horizonte E.E Shirley Camargo Von Zuben – fechamento de 1 classe.
Palmares E.E João Gomieri Sobrinho  – fechamento de 6 classes.
Pirangi E.E Maestro Villa Lobos  – fechamento de 2 classes.
Sales E.E Maria Cardoso Castilho  – fechamento de 1 classe.
Santa Adélia E.E Giuseppe Formigoni  – fechamento de 4 classes.
RIBEIRÃO PRETO
EE Otoniel Moura – fechamento de 128 classes – não aceita novas matriculas.
EE Djanira Velho – fechamento de 068 classes
EE Moura Lacerda – fechamento de 1classes
EE Francisco Cunha Junqueira – fechamento de 4 classes
EE José Pedreira de Freitas – fechamento de 1 classe
EE Helly Lopes – fechamento de 2 classes.
EE Jardim Paiva – fechamento de 6 classes.
EE Glete de Alcântara – fechamento de 4 classes.
EE Irene Dias – fechamento de 10 classes,.
EE Eugênia Vilhena – fechamento de 2 classes.
EE Dom Romeu – fechamento de 2 classes.
EE Amélia Santos Musa – fechamento de 10 classes.
EE Tomaz Alberto – fechamento de 8 classes.
EE Dom Alberto – fechamento de 4 classes.
Informações extraoficiais indicam que o número de classes fechadas na região de Ribeirão Preto pode chegar a 100.
ARAÇATUBA
Fechamento de 50 classes na região da subsede.
MARÍLIA E REGIÃO
EE Vereador Sebastião Mônaco – fechamento de 1 classe no ensino médio diurno e 1 classe no ensino médio noturno..
EE José Alfredo de Almeida – fechamento de 1 classe no ensino médio noturno..
EE Benito Martinelli – fechamento de 1 classe no vespertino e 3 classes no noturno.
EE Maria Izabel Sampaio Vidal – fechamento de 1 classe noturno.
Garça EE Nely Cabonieri – fechamento de 4 classe no noturno.
Garça EE Hilmar Machado de Oliveira – fechamento de 1 classe do ensino médio da manhã
Garça EE Alcyr Rosa Lima – fechamento de 1 classe do ensino médio da manhã
Echaporã EE Vereador Sebastião Mônaco – fechamento de 1 classe no ensino médio noturno.
BAURU E REGIÃO
  EE Anis Dabus fechou o noturno.
  No total, entre fechamentos e aberturas de salas, perdeu 3 classes no ensino fundamental e 10 no ensino médio.
PEREIRA BARRETO
Foram fechadas 4 classes na cidade

Leia também:

CartaCapital: O merendão se aproxima de Alckmin

 

8 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Aparecido Burian Celarino

17/02/2016 - 10h15

Globo
Vocês são a vergonha do Brasil. São paus mandados.

Responder

paulo

15/02/2016 - 23h22

a mídia de São paulo é um escarnio. Sempre recebo e-mails da Folha e do Estadão para assinar, coitados na última por esses dias me ofereceram 80% de desconto e a outra me dava um brinde ……vão morrer pelas palavras que publicam, é muita manipulação…não dá

Responder

Adriano

15/02/2016 - 21h53

A TV globo e sem dúvida alguma porta voz do psdb. E o estadao e a folha a mesma coisa. Os editoriais do estadao dão nojo. E outro grupo que logo logo vai falir.
Infelizmente o nosso jornalismo e ridículo pq poupa alguns. O FHC no governo dele cansou de se reunir pra almoçar e jantar com os donos da abril, estadao, folha e globo.
O jornalismo no Brasil e muito pró psdb. Assim fica difícil acreditar no noticiário político.

Responder

Roberto

15/02/2016 - 21h42

É que globo e veja estão em disputa acirrada.
Quem mentir mais, vai ganhar o troféu STEPHEN GLASS, algo grandioso para toda mídia marrom do planeta.
Eu não aposto em ninguém, não há favoritos, quem ganhar será por um detalhe sujo mínimo.

Responder

Julio Silveira

15/02/2016 - 21h36

Tão de saca, chamar a Globo de Porta-vozes. A Globo é a voz, os porta vozes são os governos tucanos.
Onde tem governo tucano tem a Globo no comando.

Responder

FrancoAtirador

15/02/2016 - 21h27

.
.
Diria o Ciro:
.
A Mentira Despudorada definitivamente tomou conta da Mídia Jabáculê do PPSDemB.
.
.

Responder

Mauricio Gomes

15/02/2016 - 21h05

E dá-lhe jabá do picolé de chuchu pra essa mídia porca e imunda….

Responder

Urbano

15/02/2016 - 20h37

Porta-vozes é uma aliviada e tanto…

Responder

Deixe uma resposta