VIOMUNDO

Ao livrar Aécio de inquérito, Janot desconheceu denúncia de promotora sobre Furnas

04 de março de 2015 às 22h53

Captura de Tela 2015-03-04 às 22.56.42

Jefferson confirmou que recebeu o valor atribuído a ele na Lista de Furnas; Nilton Monteiro confirmou que a Bauruense, citada pelo doleiro Yousseff, fazia parte do esquema; Airton Daré, sócio da Bauruense, teve mais de um milhão de reais em dinheiro vivo apreendidos em casa

por Luiz Carlos Azenha

Este é um assunto que acompanho de perto, entre outros motivos por interesse pessoal. Sou de Bauru e conheci tanto Airton Daré, dono da empresa Bauruense, quanto o filho dele, que foi piloto da Fórmula Indy num período em que eu era também repórter de automobilismo, vivendo nos Estados Unidos.

Comecemos, pois, pelo começo.

O Estadão de hoje, ao noticiar a decisão do procurador geral de Justiça, Rodrigo Janot, de não pedir abertura de inquérito contra Aécio Neves, revelou detalhes do depoimento em que o doleiro Alberto Youssef menciona o tucano.

De acordo com o jornal, o termo de delação número 20, do final do ano passado, teve como tema principal “Furnas e o recebimento de propina pelo Partido Progressista e pelo PSDB”.

Além de Aécio, também são citados o ex-deputado José Janene, morto em 2009, e o empresário Airton Daré, sócio da Bauruense, empresa fornecedora de Furnas.

Segue o Estadão:

Captura de Tela 2015-03-04 às 21.17.46

O doleiro pode estar certo ou não sobre a existência de um inquérito relativo à empresa de Bauru no Supremo Tribunal Federal.

O fato é que existe, sim, um inquérito envolvendo a Bauruense, que resultou em denúncia feita pela promotora Andréa Bayão Pereira, em 25 de janeiro de 2012 (íntegra no pé do post).

O juiz Roberto Dantes Schuman de Paula não acatou a denúncia por considerar que não era da competência da Justiça Federal e remeteu o caso à Justiça Estadual do Rio de Janeiro.

O inquérito corre hoje em segredo de Justiça.

A pergunta que não cala: será que Rodrigo Janot se deu ao trabalho de consultar os autos nos quais foi baseada a denúncia da promotora?

O caso remete à famosa Lista de Furnas, que os tucanos passaram anos tentando desacreditar como uma grosseira falsificação de adversários políticos.

A perícia da Polícia Federal, feita no original, atestou que as assinaturas do ex-diretor de Furnas Dimas Toledo na lista eram verdadeiras (o que não significa endosso ao conteúdo).

A lista teria tido origem na tentativa de Dimas Toledo de manter o cargo onde operava o esquema de corrupção. Indicado durante o governo FHC, ele queria ser mantido no governo Lula.

De posse da lista feita por Dimas, caberia ao lobista Nilton Monteiro pressionar políticos pela manutenção do diretor. O fato é que ele continuou em Furnas e só deixou a diretoria depois que estourou o escândalo do mensalão.

Segundo os dados da lista, os tucanos arrecadaram um total de R$ 39,9 milhões junto a fornecedores de Furnas no período em que a diretoria de Engenharia era ocupada por Dimas.

É a diretoria de Furnas aparentemente citada pelo doleiro Yousseff na delação.

O dinheiro teria sido usado nas eleições de 2002 (não confundir com o mensalão mineiro, que é anterior).

Aécio Neves era deputado federal e naquele ano foi eleito governador de Minas. Segundo a lista, ele teria recebido R$ 5,5 milhões para sua campanha. Teria autorizado outros R$ 350 mil para o então deputado e hoje senador Zezé Perrella, o do helicóptero apreendido pela Polícia Federal com cocaína.

Outra anotação da lista diz:

Captura de Tela 2015-03-04 às 21.43.52

Valor avulso repassado para Andréa Neves, irmã de Aécio Neves, para os comitês e prefeitos do interior do Estado – MG – Valor: R$ 695.000,00.

É outra informação consistente com a delação do doleiro Yousseff, que menciona uma irmã de Aécio como intermediária de pagamentos.

Mas o fato mais significativo é que Yousseff afirma ter recebido dez vezes dinheiro da propina na sede da Bauruense, em Bauru.

Embora a promotora Andréa Bayão Pereira não tenha confirmado o conteúdo completo da lista de Furnas, ela correu atrás das empresas mencionadas nela, inclusive a Bauruense.

Quando noticiou a denúncia da promotora, o repórter Amaury Ribeiro Jr. destacou, em texto reproduzido pelo Viomundo:

Réus confessos


Os próprios executivos da Toshiba do Brasil – uma das empresas que financiavam o esquema – confirmaram a existência de um caixa dois que sustentava mesada de servidores e políticos. O superintendente Administrativo da empresa japonesa, José Csapo Talavera, afirmou, por exemplo, que os contratos de consultoria fictícios das empresas de fachada, até 2004 , eram esquentados por um esquema de “notas frias”.

A promotora conseguiu provas que considerou suficientemente sólidas para apresentar denúncia contra doze pessoas:

Captura de Tela 2015-03-04 às 21.51.22
Captura de Tela 2015-03-04 às 21.51.34
Captura de Tela 2015-03-04 às 21.51.52

Roberto Jefferson, o delator no caso do mensalão petista, foi denunciado por ter admitido, em depoimento no Rio de Janeiro, que recebeu mesmo a “doação” que aparece ao lado do nome dele na lista de Furnas (reprodução abaixo):

Captura de Tela 2015-03-04 às 21.55.47

Notaram quem também aparece na lista? Ele mesmo, Eduardo Cunha!

O deputado estadual mineiro Antonio Julio, do PMDB, também admitiu ter recebido R$ 150 mil reais do esquema e apresentou o comprovante de depósito.

Mas, vamos nos ater à Bauruense, mencionada por Yousseff no mesmo depoimento em que o doleiro citou Aécio Neves e a irmã.

Qual o papel da empresa no esquema, segundo a promotora?

Aqui, é muito importante que vocês leiam detidamente o que vem abaixo:

Captura de Tela 2015-03-04 às 22.01.36
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.01.45
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.02.00
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.02.10
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.02.18
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.02.28
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.02.37
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.02.47
Captura de Tela 2015-03-04 às 22.03.01

É isso mesmo que vocês leram: na casa do empresário Airton Daré, em Bauru, foram apreendidos R$ 1.027.850,00 e U$ 356.050,00 em dinheiro vivo!

Isso, mais uma vez, é consistente com a delação do doleiro Alberto Yousseff, de que ele recebia dinheiro do esquema de Furnas em Bauru.

Airton Daré morreu em junho de 2011, mas não sobrou nenhum executivo ou funcionário da Bauruense para ser ouvido em inquérito? A irmã de Aécio não poderia ser chamada a depor? Nilton Monteiro não poderia ser chamado a depor?

Sim, sim, os tucanos dizem que ele é um falsificador e bandido contumaz. Mas, se a delação premiada foi oferecida a Alberto Yousseff, por que não a Nilton Monteiro?

Em entrevista exclusiva ao Viomundo, ele se disse perseguido político e atribuiu sua prisão em Minas Gerais a Aécio Neves.

Outro que eventualmente poderia contribuir como testemunha num eventual inquérito aberto a pedido de Janot para investigar Aécio Neves seria o deputado estadual Rogério Correia, que explicou detalhadamente ao Viomundo como funcionou o esquema de Furnas.

Como leigos no assunto, não sabemos quais são os critérios utilizados pelo procurador para pedir ou não a abertura de um inquérito.

Pode ser que ele tenha razão, que os dados oferecidos pelo delator Alberto Yousseff em relação a Aécio Neves sejam mesmo pouco sólidos.

No entanto, por tudo o que acabamos de apresentar, nos parece que os indícios oferecidos por Yousseff se encaixam em um quadro geral que mereceria uma investigação mais aprofundada.

O ideal é que fosse em um inquérito, com o uso de todos os poderes à disposição do Estado, não?

Que agora haja, pelo menos, uma investigação jornalística.

Da Folha, do Estadão, do Globo e da Veja.

Pausa para gargalhar…

[São as assinaturas de leitores que nos mantém vivos para produzir conteúdo exclusivo como este]

Leia também:

 

35 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Menezes

08/03/2015 - 10h46

o que significa a palavra excelência no Brasil?
vossa excelência rouba o Brasil?
Vossa excelência pega propina?
Vossa excelência roubou a Petrobrás?
Vossa excelência faz caixa 2?
Vossa excelência é ladrão?
Eu é que não quero ser chamado de excelência!

Responder

Hélio J. Pereira

08/03/2015 - 09h05

A velha midia fez o possivel,mas não conseguiu impedir a derrota da oposição em 2014 !
Nas eleições de 2010 esta mesma oposição,(PSDB-PPS-DEM e PSB) conseguiu eleger 16 Governadores,já em 2014 com toda campanha covarde e mentirosa feita contra Dilma,conseguiu eleger apenas 8 Governadores,ou seja esta oposição que posa de “vitoriosa” em 2014,perdeu 50% dos Governos eleitos em 2010 !
Tudo indica que a atual campanha contra o Governo Federal vai abalar mais a oposição do que a Base Governista e que o Senador Aécio Neves não conseguira se safar deste “Rolo”,embora o PGR venha se esforçando pra tentar Provar que ele é um “Santo” !

Responder

ramon barros lopes

07/03/2015 - 13h50

Até o presemnte nenhuma crítica ao poder absoluto do PGR pedir arquivamento sem que ninguém e nada possa ser feito pra contestar esse poder que é incompatível com o fundamento constitucional dos freios e contrafreios que envolvem a harmonia entre os poderes. Esse poder absoluto do PGR para determinar e não pedir arquivamento foi o que protegeu FHC com a atuação do arquivador mor da República Brindeiro. É um quarto poder sem ingerência de quem quer que seja… Absurdo…tiranico…incompatível com os princípios e fundamentos que permitiram a criação do CNJ e do Conselho Nacional do MP. A criação desses conselhos permitiu a sociedade abrir a caixa preta da Justiça e do MP.. Permitiu a sociedade se imisguir no até então intocável poder dos magistrados e promotores de justiça. Criados com fundamento da teoria dos pesos e contrapesos que permite uma convivência harmônica e independente entre os poderes porém perto dos olhos da sociedade. Ministro do STF para legitimar o pedido de arquivamento do PGR deveria submeter o pedido ao CNMP na forma do art. 28 do CPP.. ABSURDO ENTENDER QUE EXISTE O PODER ABSOLUTO DO ARQUIVAMENTO PELO PGR APÓS A EMENDA CONSTITUCIONAL QUE CRIOU OS CONSELHOS NACIONAIS DA JUSTIÇA E DO MP.

Responder

carlos

06/03/2015 - 20h21

O sr. Janot é o mais novo engavetador geral do PSDB, ou seja nada x nada é a mesma coisa, e aind a se sente o dono do Brasil, acima de Deus, ele que se cuide porque o povo brasileiro está se cansando de tanta barberagem .

Responder

Rodrigo Leme

06/03/2015 - 19h12

Eu imaginei que o governismo cego ia dar mais atenção para o alívio da Dilma não estar na lista…

Responder

LUiz

06/03/2015 - 07h08

Vale tudo pra tirar AÉCIOPORTO da ROUBALHEIRA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

FrancoAtirador

05/03/2015 - 22h00

.
.
Patologia Psiquiátrica na Lava Jato oscila
entre a Megalomania e a Obsessão
.
Por J. Carlos de Assis, no Portal GGN
.
Há fortes indícios de que o Procurador Geral da República,
o pequeno grupo de promotores federais que o cerca,
o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato,
e vários outros juízes espalhados pelo Brasil
estejam sendo vítimas de uma patologia psiquiátrica
denominada megalomania, pela qual se sentem donos do mundo
e dos destinos pessoais de cada cidadão que lhes caia nas garras.
.
Não estou falando em termos metafóricos.
.
Estou dizendo que provavelmente são ou megalômanos
ou obsessivos patológicos, Casos de Internação.
.
(http://jornalggn.com.br/noticia/lava-jato-oscila-entre-a-megalomania-e-a-obsessao-por-j-carlos-de-assis)
.
.

Responder

Claudio

05/03/2015 - 19h50

É tudo especulação, ninguém sabe o que Janot enviou ao STF!

Responder

Sidnei Brito

05/03/2015 - 18h23

Só uma curiosidade: ninguém procurou os “delegados aecistas do facebook” para saber o que eles achavam da menção ao nome do Aécio pelo Youssef?
Não estou nem falando de culpa nem nada. Estou falando da simples menção.
Afinal, dependendo de quem Youssef delata, a palavra dele é tomada de um valor fora de série.

Responder

Nilson

05/03/2015 - 16h53

Eu como Bauruense nunca vi um comantário a favor do PT. Bauru está em outro planeta.

Esta delação de o o Daré eu nunca fiquei sabendo. Dá nojo da impressa de Bauru. Eu não preciso citar o veículo de comunicação. AQui impera o monopólio e oli.ólio que a Constitição condena. Eu tenho nojo da imprensa da minha cidade. REpito, nojo.

Responder

Francisco

05/03/2015 - 15h44

Os partidos têm prazo de validade. É da vida.

A validade do PT aproxima-se do paroxismo. Aproxima-se o ponto onde deixa de ser parte da solução e passa a ser parte do problema.

Em breve outro partido de esquerda surgirá, dez, vinte anos (sou historiador, tenho paciência…), o dia chegará.

Nesse dia, a memória do PT irá para a mesma lata de lixo que a do PSDB.

Motivo? Simples: ao blindar Aécio, o PT passa a ser parte da sua quadrilha.

E passa a ser suspeito, como Aécio, de tráfico de cocaína, de construir aeroportos privados com recursos públicos, da lista de Furnas, de proprietário ilegal (ora veja você) de mídia sob concessão.

Pior de tudo, passa atestado de abestado: não acusa Aécio na esperança ridícula de que os tucanos cavalheiros elegantes, não inventem acusações descabidas contra Dilma e outras pessoas inocentes.

Esquecem que se o PSDB fosse composto por “cavalheiros” (e não donos de engenho), ainda estaríamos nos “cem primeiros dias” de Dilma. Período que o PT, besta, respeitou nos dois mandatos federais tucanos…

Responder

carlos

05/03/2015 - 15h19

Esse Janot deveria criar a CPI da máfia dos juizes do MP, porque entra juiz e sai juiz, e a coisa continua mesma, é o que dá um judiciario corporativista e conservador. um é cópia do outro, qual a diferença de Roberto Gurgel e esse Janot nenhuma.

Responder

Sidnei Brito

05/03/2015 - 11h20

O Janot claramente deu uma amarelada. Mas tentemos ver pelo lado positivo.
A inclusão de um tucano da envergadura de Aécio na lista de Janot só serviria para avalizar um processo que está claramente cheio de vícios e abusos. Imagine lá na frente, depois de destruir o Brasil e, quem sabe, pegar Lula e Dilma sem provas, poder vir a turma do mata e esfola dizer: “A prova de nossa isenção foi ter implicado o Aécio, um tucano gordo, nesse imbróglio todo; ou seja, é claro que não foi um processo político, partidarizado”.
E por que justo o Aécio?
Bem, se tem uma coisa que o Edward Snowden me ensinou é nunca afastar, de pronto, uma teoriazinha da conspiração!
Ora, a destruição de Aécio serviria ao tucanato paulista.
Pouca gente comentou, até em razão de cada momento histórico ter sua peculiaridade. Mas deve doer muito os corações (se é que eles têm) dos paulistas Serra e Alckmin saber que o mineiro esteve mais próximo de alijar o PT da presidência do que os dois queridinhos da mídia e da plutocracia. E justo o Aécio, tão cheio de telhados de vidro, pô!
Sei que o que estou falando aqui é do mais absoluto cinismo, pois, conforme bem demonstrado no relato do Azenha, Aécio devia, sim, estar na lista do PGR.
Mas não tenho a menor dúvida que sua inclusão só faria aumentar a fertilidade da imaginação de delatores “heróis” e a busca, por parte do juiz e de procuradores, de fatos em busca de um dominador.

Responder

sergio m pinto

05/03/2015 - 11h07

Jornalismo investigativo é isso. Não aquela porcaria do ICIJ, que recebe uma lista pronta de contas bancárias estranhas, sem investigar polla nenhuma e entrega em mãos incompatíveis. E ainda fica batendo o pezinho, impedindo que outros tenham acesso à mesma,

Responder

FrancoAtirador

05/03/2015 - 10h49

.
.
Jose Janene é o Fantasma que assombra o PSDB
.
(http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u13171.shtml)
.
.

Responder

abolicionista

05/03/2015 - 10h37

Tucano está acima da lei. Ou melhor, os tucanos são a própria lei. Mandam e desmandam. Sempre roubaram e vão continuar roubando. O erro do PT foi achar que poderia fazer o mesmo….

Responder

Lukas

05/03/2015 - 09h57

Será que esta pizza não tem outros ingredientes à esquerda escondidos?

Responder

cacau

05/03/2015 - 09h26

Com tudo isso fico me perguntando….. Não tem nenhum advogado no PT? Ninguém vai falar nada, ou tem todos síndrome de abajour…. Ficar quietinho no canto fazendo de conta que nada está acontecendo!

Responder

Éder

05/03/2015 - 09h25

Oh Minas Gerais, quem conhece Aécio!!!!!!

Responder

Romanelli

05/03/2015 - 08h12

UAI, qual é a surpresa ? ..tucano tb é gente, sabia ?
.
Então ..como eu dizia, o BRASIL (hoje sim um país CÍNICO, racista e sexista) acabou de aprovar uma lei aonde pune com mais rigor o “feminilicídio” (o crime praticado contra a mulher por companheiro ou ex).
.
Mas, vem cá ?! e se o crime for cometido pela companheirA contra a companheira, ou contra um companheiro, de um parceirO contro o outro, tem diferença ? Segundo os legisladores, teria.
.
Não é uma maravilha ?
.
O BRASIL continua a ser o país que MAIS MATA ..mata no tiro, no soco, na facada, paulada ou martelada (IDIOTAS ainda acreditam tanta barbárie à miséria e ao capitalismo) ..com ou sem arma de fogo, latinha, capacete ou cinto ..são 60 mil casos por ANO ..a maioria dos POUCOS que são condenados, são soltos depois de cumprirem penas simbólicas, enquanto suas vítimas jazem esquecidas em estatísticas. (agorinha mesmo vi um cara que matou 3, e saiu solto em 10 anos pra voltar a MATAR)
.
e olha que eu nem falei do DE MENOR que arrasa, acaba, extermina com a vida dum DE MAIOR
.
Lembro do tempo do crime contra a VIDA, contra a VIDA, por motivo torpe, sem chance de defesa, com requintes de crueldade, premeditado, se feito em ato covarde, tinha do passional ao material, tudo isso Já tinha agravante.. mas TODOS pegavam (ou fingiam pegar) de CHICO a MARIA, do “sandrão a pricila”.
.
e agora é isso, ao invés de tratarmos a EPIDEMIA de forma indistinta, uma doença GRAVÍSSIMA – ela que nos ajuda a arrebentar com as famílias, com o emocional da sociedade, com a previdência, o sistema de saúde, a Justiça, a própria economia (por ceifar precocemente a vida de seus cidadãos) enfim, agora parece que o BRASIL resolveu (talvez se inspirando na Índia ou em algum país árabe recém saído do islamismo – assim como fez com as cotas racistas copiados de países SEGREGACIONISTAS) resolveu priorizar o crime somente contra a VIDA, a vida da mulherrrrrrrr.
.
Mas ai me perguntam, o que que isso tem a ver com o texto ?
.
Bem, Janot, tb interpretando o que ele chama de lei, resolveu liberar a DILMA, uma ex ministra da energia, da Casa Civil, membro e presidente do Conselho da Petrobrás quando do tempo da aprovação e EXECUÇÃO de Okinawa, Passadina, Abreu e Lima, Comperj, da expropriação da Bolívia, dos Gasodutos e associações, da abertura de firmas FRIAS, Janot acabou de liberar a donzela pq disse que uma presidente não pode ser responsabilizada por atos cometidos fora do seu mandato.
.
E olha, coincidência, ontem mesmo, enquanto a turma do Marcos Valério e do Banco Rural cumprem mais do que 10 anos, ontem mesmo tivemos a liberação do Genoíno ..e provavelmente a contagem de mais um dia pro tucanato sair livre por decurso de prazo.
.
nota – em tempo – e estes mesmo legisladores estão prometem endurecer com a aposentadoria ..claro, primeiro, preservando os abusos dos funcionários públicos, e depois ..depois dizendo que a mulher poderá se aposentar com o fator 85, mas o homem ( este que morre precoce, que tem menos tempo de vida, que é mais preso, viciado, drogado, desempregado, analfabeto, desassistido e MARGINALIZADO) este só com o fator 95 (soma da idade com tempo de trabalho) qual seja, NUNCA.
.
BRASIL, um país de TOLOS

Responder

    Romanelli

    05/03/2015 - 08h14

    e já isa me esquecendo ..se quiser imprime e recorte o texto abaixo pra LIMPAR A BUNDA

    Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

    I – homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

Fabio SP

05/03/2015 - 07h50

Mas, peraí, o nome do Aécio não aparece em qualquer dos documentos apresentados… Aparece o nome da tesoureira dele, sua irmã.

Então, em vez do Vacarezza, vamos indiciar direto o Lula e a Dilma?

Responder

    abolicionista

    05/03/2015 - 10h36

    Ué, o Zé Dirceu e o Genoíno também não aparecem. Curioso, né?

Heleno Barroso Silva

05/03/2015 - 07h43

Pois é, a casa do Janot foi invadida e ele recebeu ameaças que levaram o governo a dispensar-lhe maior segurança pessoal. Quem tem fiofó tem medo.

Responder

Julio Silveira

05/03/2015 - 07h41

Isso da justiça estar sempre livrando os tucanos de processos, fazendo vista grossa, ja tá ficando nogento. Parece que a justiça foi aparelhada mesmo, e está tomada por um lado depois vem uma corriola forçando afirmando que é a mão do PT que esta aparelhando às instituições. Falem sérios. A justiça brasileira sempre foi pró burguesia, mas agora está ficando preconceituosa.

Responder

Carlos

05/03/2015 - 04h15

Resta a CPI. A CPI foi criada para investigar.

Responder

Luilli

05/03/2015 - 03h24

Até agora: São 10 do PP, 8 do PT, 7 do PMDB, 1 do PSDB e 1 do PSB.

Não era o PT o partido da ÉTICA?

Responder

    francisco

    05/03/2015 - 10h06

    não Marat, o partido da ética é o PSDB, o PT é o câncer do Brasil.kkkkkkassim diz a direita…kkkkkk

    Marcelo

    05/03/2015 - 14h00

    Isso porque não incluiram os tempos do FHC. Se tem tucano nessa lista é porque eles roubam até quando o governo está nas mãos dos adversários. Agora, imagina uma investigação dessas na Copasa, Cemig, Sabesp, etc. Só ia dar tucano.

Lauri Guerra

05/03/2015 - 03h23

Espero que o juiz Teori Zavaski não só rejeite o pedido de arquivamento da denúncia contra Aécio, pelos motivos expostos na matéria, como incorpore a lista de Furnas à corrente investigação pois, alem do próprio Aécio, ali aparece tambem Eduardo Cunha como beneficiário daquele esquema de corrupção.

Responder

S Rod

04/03/2015 - 23h58

Sera que foi isto que Janot foi fazer no USA? Escutar o Tio Sam para o plano do entreguismo?

Responder

Marat

04/03/2015 - 23h21

GOLPISTAS… são todos golpistas… Amam de paixão o psdb (sejam eles carecas, narigudos ou barba-ralas). VERGONHA… Transformaram o Brasil numa sucursal da veja, ou seja, uma MERDA!!!
Que fiquem de quatro para o Tio Sam e o capitali$$$mo internacional, mas aguentem as consequências!!!

Responder

Gerson Carneiro

04/03/2015 - 23h15

Ficou indignadinho com o governo da Indonésia?

O que tem a dizer sobre a vista grossa do Janot em relação ao Aécio Neves?

Precisa decidir se quer ficar indignado com a punidade ou a falte de.

Responder

Gerson Carneiro

04/03/2015 - 23h07

45 tons de CORRUPÇÃO.

Responder

Marat

04/03/2015 - 22h56

… com isso, creio que o golpe esteja já em estado avançado… Não restará aos homens de bem pegar em armas, se necessário for!

Responder

Deixe uma resposta