VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Você escreve

Saul Leblon: Grécia, o banco ou a vida


20/10/2011 - 13h53

por Saul Leblon, em Carta Maior

Luta-se nas ruas da Grécia nesse momento. Mais de 120 mil pessoas protestam nessa 4ª feira, no 1º dia da nova greve geral contra o novo pacote de arrocho arquitetado pelo governo Papandreu em parceria ou sob as ordens da troika (FMI, Comissão Européia e BCE). Não importa mais saber quem é a mão e quem é o laço: é o pescoço da sociedade que está sob garrote implacável. Chegou-se a um ponto na Grécia em que as nuances do conflito não contam mais. Luta-se pela vida.

E contra ela, dispostos a tudo, estão os bancos credores que já deram e dão provas de seu empenho para reduzir ao mínimo as perdas com títulos de uma dívida de 300 bi de euros, cujo deságio (calote) o mercado já precifica em 50%. No papel de pescoço encontram-se 80% da população, sendo que 16% já em regime de desemprego aberto; os demais em uma espiral descendente aflitiva e devastadora.

O fato incontornável é que o ajuste imposto pelos credores, longe de afastar a sociedade grega da ruína, a cada dia empurra-a mais e mais para um sangradouro material e subjetivo que o instinto obriga a rejeitar.

Dados divulgados recentemente pela prestigiada revista da área médica, Lancet, são eloquentes: a) de 2007 a 2009, o número de suicídios saltou 17% na Grécia ; de acordo com o próprio governo, a tendência acentuou-se no primeiro semestre , quando essa taxa subiu mais de 40%; b) os homicídios e roubos quase duplicaram entre 2007 e 2009; c) o consumo de droga, heroína, em especial, disparou; d) a prostituição cresceu; e) o número de infecções de HIV decolou.

A crise do neoliberalismo atingiu na Grécia seu ponto de mutação. Deixou de ser apenas uma doença econômica para se transmudar em peste social. Por isso se luta nas ruas nesse momento.

Leia também:

Immanuel Wallerstein: “O capitalismo chegou ao fim da linha”

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Marcio H Silva

20 de outubro de 2011 às 21h37

É ruim d'eu me suicidar, ou me drogar, o matar um semelhante ferrado como eu. Antes disto liquido com uns dez neolibele e uns 20 banqueiros.

Responder

Regina Braga

20 de outubro de 2011 às 20h21

Peste Social um ótimo nome para o FMI,OTAN,ONU…Mas para o EUA é ótimo, venderam 400 tanques de guerra para os gregos…que estão lutando para sobreviver.

Responder

Fabio_Passos

20 de outubro de 2011 às 19h15

Peste social é uma boa definição para o neoliberalismo.

Responder

Pedro

20 de outubro de 2011 às 19h09

"Peste social", um ótimo nome para o capitalismo.

Responder

    Fabio_Passos

    20 de outubro de 2011 às 23h10

    <img src=http://www.rodrigovianna.com.br/wp-content/uploads/yapb_cache/marx1.7o5ctwmtov0g0sok4g4sgc8gk.csgp1y1l6pwg8c84ss84ks80s.th.jpeg>

Gilvan

20 de outubro de 2011 às 14h48

"…o número de suicídios saltou 17% na Grécia ; de acordo com o próprio governo, a tendência acentuou-se no primeiro semestre , quando essa taxa subiu mais de 40%; b) os homicídios e roubos quase duplicaram entre 2007 e 2009; c) o consumo de droga, heroína, em especial, disparou; d) a prostituição cresceu; e) o número de infecções de HIV decolou."

O neo-liberalismo não é uma mera ideolgia. É uma doença mesmo.

Responder

    Mário SF Alves

    21 de outubro de 2011 às 18h40

    É a máfia querendo assumir o controle do mundo.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.