VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

Rui Falcão alerta sobre manobra para desmoralizar Lula e o PT


29/05/2012 - 20h26

 

 





7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Carlos Alberto Barbosa

13 de junho de 2012 às 16h54

Collor quer que Gurgel seja investigado por interromper Vegas. Seria o caso do Caixa 2 de Rosalba?

Leio na Folha que o senador Fernando Collor (PTB-AL) entrou ontem com uma representação no Conselho Nacional do Ministério Público pedindo investigação contra o procurador-geral da República, Roberto Gurgel. No documento, Collor aponta “inércia” de Gurgel no caso da Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo de Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO). O procurador, ao receber o inquérito da PF na época, optou por não dar prosseguimento às investigações. Collor pede ainda que seja apurada a iniciativa de Gurgel de repassar o caso Vegas para a mulher dele, a subprocuradora Cláudia Sampaio.

Em maio publiquei aqui neste espaço um Editorial falando sobre os R$ 100 mil que Carlos Augusto Rosado, marido da atual governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini, mandou depositar na conta do deputado federal Betinho Rosado (DEM), na campanha de sua esposa ao Senado em 2006. Clique Aqui para conferir. O caso veio à tona após publicações de áudios pelo jornalista Daniel Dantas Lemos em seu blog De olho no discurso. Áudios esses, resultado de interceptações telefônicas realizadas pelo Ministério Público Estadual, com autorização judicial, que vieram a público somente agora.

Finalizo o meu comentário no citado Editorial colocando as coincidências no fato de tanto as investigações sobre a Operação Vegas quanto o Caixa 2 de Rosalba terem sido paralisadas. Os dois casos, há de salientar, com gravações de interceptações telefônicas. Na época, o Ministério Público Estadual enviou os áudios para a Procuradoria Geral Eleitoral. O caso foi parar sobre a mesa do procurador geral da República.

Em seu blog, Daniel Dantas Lemos postou a reclamação feita ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que protocolou junto ao Conselho Nacional do Ministério Público por falta de informações sobre o rumoroso caso, e esclarece os motivos por tal decisão:

– Incapacidade do procurador-geral da República e do órgão em responder o que foi feito das investigações sobre o #Caixa2doDEMnoRN. Solicitei as informações em 28 de maio. De lá para cá, ligo quase todos os dias. O que descobri é que as informações recebidas desde o Ministério Público do RN e o Ministério Público eleitoral no estado não foram cadastradas. E ninguém sabe o que aconteceu. O processo pode ter sido perdido, esquecido, engavetado. Sequer há informações se foi arquivado ou se a investigação prossegue ou prosseguiu em sigilo.

A jornalista Eliana Lima, em sua coluna no jornal Tribuna do Norte, questiona o fato do MP não ter publicizado o fato também na época, o que o procurador-geral de Justiça no RN, Manoel Onofre Neto responde:
– As gravações que chegaram recentemente ao conhecimento da mídia não eram objeto da investigação, apenas encontro fortuito da prova. Se houvesse revogação precoce do segredo de Justiça em 2006, prejudicaria a investigação para desbaratar um grupo criminoso que praticou várias mortes. Até hoje alguns dos investigados estão presos.

Onofre Neto explica ainda que a prova dessa investigação só foi concluída em 2008, possibilitando, então, revogar o segredo de justiça e enviar a denúncia em janeiro de 2009. Com o desfecho da investigação e o oferecimento da denúncia, Rosalba era senadora e por isso o Ministério Público requereu a remessa dos indícios obtidos fortuitamente na interceptação telefônica ao procurador-geral da República, o juiz deferiu e os áudios foram remetidos ao Ministério Público Federal para providências.

Responder

Moacir Moreira

31 de maio de 2012 às 07h06

Olá, Azenha e demais amigos leitores e comentaristas,

O PT não precisa do Gilmar Dantas para desmoralizá-lo, pois tem se encarregado ele próprio disso nos últimos anos, quando optou por não denunciar os crimes das gerências anteriores, preferiu contemporizar e talvez se beneficiar da situação, mas acabou se enrolando.

O PT engordou na gerência militar como nenhum outro partido da assim chamada “esquerda”.

A verdade começa a se espalhar pelo ar e ficamos sabendo só agora, assim como o companheiro Lula, que temos um Ministro do Supremo Tribunal Federal que é claramente desequilibrado e deveria estar internado em algum manicômio bem distante do convívio social, e NUNCA ocupando um dos mais importantes cargos que alguém pode ocupar na República, que é patrimônio do Povo.

Esperemos que a Presidenta Dilma seja digna da importante missão que lhe foi reservada pela História neste alvorecer do Novo Mundo.

Abraços

Responder

Jurandir Alecio

30 de maio de 2012 às 11h40

A memória de Gilmar Mendes acabará no LIXO e a de LULA nos corações do povo brasileiro

Responder

Jurandir Alecio

30 de maio de 2012 às 11h36

O destino da história de Gilmar Mendes será a

Responder

Rômulo Gondim – Ao povo brasileiro

30 de maio de 2012 às 08h26

[…] Rui Falcão alerta sobre manobra para desmoralizar Lula e o PT […]

Responder

Protógenes: “Desta vez a tentativa de blindar o crime organizado não deu certo” « Viomundo – O que você não vê na mídia

30 de maio de 2012 às 02h08

[…] Rui Falcão alerta sobre manobra para desmoralizar Lula e o PT […]

Responder

Alexandro Rodrigues

29 de maio de 2012 às 20h35

Cadê a UNE? Cadê o MST? Cadê a militância petista?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Blogs & Colunas
Mais conteúdo especial para leitura