VIOMUNDO

Diário da Resistência


Ministro da Educação confunde Kafka, o escritor, com cafta, prato árabe; veja o vídeo
Weintraub, o novo "conje"? Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado
Você escreve

Ministro da Educação confunde Kafka, o escritor, com cafta, prato árabe; veja o vídeo


07/05/2019 - 16h41

Kafka ou cafta? Ministro da Educação confunde escritor com prato árabe.

CartaCapital

Weintraub falava sobre as sanções administrativas que sofrera na Unifesp, onde dava aulas de Economia, quando fez a confusão

O ministro Abraham Weintraub, da Educação, cometeu um ato falho inusitado ao explicar aos Senado as prioridades da pasta sob seu comando. Ele participou, nesta terça, de uma sessão com os senadores membros da Comissão de Educação.

Weintraub falava sobre as sanções administrativas que sofrera na Unifesp, onde dava aulas de Economia, quando fez a confusão. “Eu sofri na pele um processo inquisitorial. E fui inocentado. Durante oito meses eu fui investigado, processado e julgado num processo inquisitorial e sigiloso. Que eu saiba, só a Gestapo fazia isso. Ou no livro do cafta ou na Gestapo”, disse, criticando a falta de acesso ao caso.

Na verdade, o ministro quis se referir ao livro O Processo, obra famosa do escritor tcheco Franz Kafka. E não ao churrasquinho árabe.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

marys

08 de maio de 2019 às 21h15

E ainda não chegamos ao fundo do poço!
Mas ele está perto.
É o apogeu da decadência de nossa sociedade judaico-cristã kafkaniana.
Ou melhor: kaftaniana!

Responder

Zé Maria

08 de maio de 2019 às 17h34

É nisso que dá botar olavéte economista analfabeto (dis)funcional no MEC

Responder

saulo

08 de maio de 2019 às 01h47

Nada de tirar sarro!
Você podem ser processados por “antissemitismo”.

Responder

Valdeci Elias

07 de maio de 2019 às 23h43

Deu vontade de ir na Habbib s, comer um prato Primavera . ;)

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.