VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Compadrio, boquinhas e mamatas: Aécio morava no Rio e “servia” em Brasília

15 de outubro de 2014 às 11h03

radio

Da Redação

A blogosfera noticiou antes que a grande mídia. Saiu, por exemplo, no Amigos do Presidente Lula e no Tijolaço.

Você pode conferir, aqui, no site da Câmara dos Deputados, os empregos de Aécio Neves.

Mesmo morando no Rio de Janeiro, ele foi “assessor” do pai, o deputado federal Aécio Ferreira da Cunha, apoiador da ditadura militar que, em uma de suas campanhas, pré-golpe de 1964, está na lista dos que receberam dinheiro da CIA.

Isso mesmo, Aécio morava no Rio e “trabalhava” em Brasília.

A admissão do agora candidato diz que ele tinha 19 anos de idade quando foi contratado.

Servia “remotamente”, diz hoje a Folha de S. Paulo, sem dizer que no período em tela, 1980, a internet não existia no Brasil.

Captura de Tela 2014-10-15 às 10.35.15

Mais tarde, como também admitiu o candidato tucano, ele foi indicado para uma diretoria da Caixa Econômica Federal, durante o governo Sarney. Tinha 25 anos de idade. À época o ministro da Fazenda era Francisco Dornelles, primo de Aécio.

Durante o debate da Band, Dilma Rousseff também mencionou — mas não conseguiu articular direito — o fato de que Aécio, governador de Minas, beneficiou empresas da própria família.

Trata-se da rádio Arco-Íris, cuja concessão Aécio recebeu durante o governo Sarney.

O Viomundo tratou disso, com exclusividade, aqui. E também aqui.

Trechos:

Ao apurar a estranha situação, o bloco Minas sem Censura [de oposição parlamentar a Aécio] e a própria imprensa descobriram que a rádio [dona do Land Rover que o agora candidato usava quando foi parado em blitz no Rio de Janeiro] pertencia a Aécio, à sua irmã Andréa Neves e à mãe Inês. Outros seis veículos de luxo também foram declarados em nome da empresa de comunicação da família Neves. Considerados estranhos os fatos, o bloco de oposição continuou a investigar a rádio Arco-Iris e descobriu, como já noticiado, que a empresa da família Neves recebeu somente em 2010 cerca de R$ 210 mil de publicidade dos cofres públicos mineiros, o que fundamenta improbidade administrativa.

O bloco quer informações também sobre o valor total de publicidade com a Arco-Iris durante todo o período do governo Aécio/Anastasia (2003/2011) e nas outras duas empresas de comunicação em nome da presidente do SERVAS [Serviço Voluntário de Assistência Social de Minas Gerais]: a rádio São João Del Rei S/A e Editora Gazeta de São João Del Rei Ltda. No caso concreto da rádio Arco-Íris, empresa de propriedade da família Neves há pelo menos 15 anos, constata-se, e o próprio governo admite, que houveram repasses financeiros do Estado àquela empresa, seja através de empresas estatais, seja através da administração direta estadual, a título de pagamento por publicidade.

É de conhecimento público e geral, que a Sra. Andreia Neves da Cunha exerceu, durante todo o mandato de seu irmão, Aécio Neves, a função de Coordenadora do Núcleo Gestor de Comunicação Social, responsável pela elaboração da política de comunicação não só da subsecretaria de Comunicação Social bem como de todas as demais secretarias, autarquias, empresas públicas e fundações estaduais. O pagamento de publicidade à empresa de propriedade da família Neves, com o inegável conhecimento de sua administradora, Sra. Andrea Neves, põe dos dois lados da relação comercial a mesma pessoa: quem determina o quanto, quando e como vai ser pago é a mesma pessoa que presta o serviço e que recebe o pagamento. Tal relação não seria promíscua e improba caso se tratasse de uma relação comercial entre particulares. Mas trata-se de recursos públicos pagos a uma empresa particular de propriedade do gestor daqueles recursos.

*****

“Como em dezembro de 2010 o Aécio se tornou dono da rádio Arco-Íris, cujo valor de mercado é de R$ 15 milhões, se o patrimônio total declarado dele é R$ 617.938,42?”, quer saber o deputado Sávio Souza Cruz (PMDB), vice-líder do bloco. “Também por que Aécio indicou para presidir a Codemig justamente o dono da empresa do jatinho que ele viaja para cima e para baixo?”

Considerando a construção dos aeroportos de Cláudio e Montezuma, cidades onde ficam terras da família materna e paterna de Aécio Neves — em Montezuma, Aécio herdou com a irmã cerca de 900 hectares do pai –, fica caracterizado um quadro de nepotismo e mamatas nas tetas de instituições públicas que dão bem um dimensão da hipocrisia do tucano quando fala em “meritocracia”.

O curioso é que, em recente entrevista à revista Época, Aécio prometeu acabar com… as “boquinhas” do PT.

Captura de Tela 2014-10-15 às 11.22.48

Leia também:

Cláudio: Sem acesso ao aeroporto, motoristas se benzem

Montezuma: Cidade tem aeroporto, mas não tem hospital

Montezuma: Veja o mini-doc exclusivo do Viomundo sobre o aecioporto

 

14 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

angela

16/10/2014 - 15h03

O problema e que essas noticias só aparecem nos blogs, a população em geral não tomam conhecimento e tudo que conta e o que a Globo diz

Responder

FrancoAtirador

15/10/2014 - 19h23

.
.
“O curioso é que, em recente entrevista
à revista Época [GLOBO], Aécio prometeu
acabar com… as ‘boquinhas’ do PT”

Vocês Não Entendem Mesmo o AérioNéco.

O Bonéco de Papelão do FHC (PSDB)

Falou que “vai cortar as boquinhas”,

Porque a Família dele em Minas Gerais

É Muito Grande, Por Todos os Lados:

Pelo Lado do Avô, da Avó e do Padrasto.

Assim, o Tucano Mineiro na Presidência

Vai Ter que Demitir Muita Gente Petralha

Para Abrir um Monte de Vagas aos Parentes.

(http://abre.ai/aerioneco_precisa_abrir_vagas_pra_parentalha)
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    15/10/2014 - 19h26

    .
    .
    Esclarecimento aos Funcionários Federais:

    AérioNéco (PSDB) Considera ‘Petralha’

    Todo Homem ou Mulher que Discorda Dele.
    .
    .

    ivone socorro silva

    17/10/2014 - 09h49

    Vamos Combinar: está VERGONHOSO, O CASO DE AÉCIO NUNCA RESPONDER SOBRE OS ESCÂNDALOS TANTO PESSOAIS E OS POLÍTICOS, PARA MIM, MINEIRA E QUE O CONHEÇO “MUITOOO” BEM, SEI QUE ELE MENTE E SEDUZ A CADA DIA E NOVO DEBATE…SEU PODER DE PERSUASÃO E DE ILUDIR AO ELEITOR- QUE O Vê COMO O TRANSFORMADOR, O PODEROSO E O NOVO(???) REI DA MUDANÇA POLÍTICA, O SALVADOR DA PÁTRIA=KKK! Ô… DÓOOOO! AÉCIO É “MANDADO” POR SUA IRMÃ ANDREIA, POIS ESTEVE FORA E NÃO CONSEGUE “PENSAR” SEM “RELAXAR” NAS NOITADAS CARIOCAS! ORA: NINGUÉM “TRABALHA” SEM RECEBER NADA! O SERVAS POSSUI UMA VERBA-SALÁRIO “ENORME”E ANDREA NEVES RECEBEU SIM…

dom severino

15/10/2014 - 18h36

Aécio Neves: “O santo do pau oco”. Nova pesquisa DataFolha feita antes do debate da Band, revela fortalecimento de Dilma.

Responder

Celso Carvalho

15/10/2014 - 15h55

Aécio é o MAIS DO MENOS.

Responder

foo

15/10/2014 - 15h32

> Servia “remotamente”, diz hoje a Folha de S. Paulo,
> sem dizer que no período em tela, 1980, a internet
> ainda engatinhava no Brasil.

Correção: em 1980 a internet ainda não existia no Brasil.

Somente em 1988 o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) e a FAPESP conseguiram se conectar à a Universidade de Maryland e ao Fermi National Accelerator Laboratory (Fermilab).

O acesso à internet continuou restrito a poucas instituições de pesquisa até meados da década de 90.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    15/10/2014 - 16h41

    Ops! Obrigado pela dica. Texto corrigido! abs

Francisco de Assis

15/10/2014 - 14h17

A ENCICLOPÉDIA BRITÂNICA E A ERA PÓS-MODERNA DO TRABALHO REMOTO

Segundo a Enciclopédia Britânica:

“O pioneiro Aécio Neves inaugurou a era pós-moderna do trabalho remoto em 1977, com apenas 17 anos, na praia do Leblon, Rio de Janeiro, tendo como ferramenta apenas uma prancha de surfe, com a qual controlava a agenda do seu pai, deputado federal em Brasília, a mais de 1000 quilometros de distância.

O fantástico mecanismo de comunicação aquática sem fio da prancha do jovem gênio mineiro jamais foi divulgado, especulando-se que foi vendido, com cláusula de confidencialidade new-policy, a Steve Jobs, da Apple, que o transformou, cerca de 20 anos após, na tecnologia central por trás do celular iPhone.”

Responder

Leandro_O

15/10/2014 - 12h58

Se alguém do PT fosse dono de rádio diriam, ainda nos dias de hoje, que seria usada para fazer propaganda comunista, e facilitar a invasão dos soviéticos.

Responder

José X.

15/10/2014 - 12h54

——-
Servia “remotamente”, diz hoje a Folha de S. Paulo, sem dizer que no período em tela, 1980, a internet ainda engatinhava no Brasil.
——-

Em 1980 não existia internet no Brasil. E nem mesmo nos Estados Unidos, como serviço comercial; nos EUA os serviços de internet começaram a ser oferecidos ao público em geral no final dos anos 80. No Brasil, em 1995, época do teste piloto ds Embratel (eu participei!).

Responder

    Eduardo

    16/10/2014 - 13h43

    Precisamos fazer um dicionário do “folhês”… pq são vários os verbetes que têm significados diferente do nosso idioma oficial.
    “Remotamente” = supostamente/hipoteticamente;
    “Criticar” = atacar;
    “Atacar” = criticar;

Urbano

15/10/2014 - 12h28

E pelo que é hoje, foi bem encaminhado na vida…

Responder

Isabela

15/10/2014 - 11h32

Poxa, mas é tão claro: esse cara representa o que há de mais politiqueiro, raso, a corja coronelista, o grande asco nacional!! O neto de um ex-presidente que morreu-morrido num dia de nacionalismo exacerbado (eu bem me lembro das primeiras lágrimas patrióticas-infantis ao ouvir o hino nacional na voz da Fafá de Belem pela tv: mas eu chorava por quem??) Esse Brasil que definha, quer voltar!! Que medo (síndrome da Regina em mim, tanto tempo em mim..rss…) É o PSDB que faz e desfaz da justiça: quem vai pra cadeia nesse país hoje? O propraganda eleitoral do PT deveria explorar mais a responsabilidade dos municípios ( no tema da construção das creches Dilma nocauteou Aécio…) E os prefeitos cumprimentam com chapéu alheio; aqui no PR Beto Richa fez isso muito bem: grana da União na compra de máquinas agrícolas e quem que ia entregar?? Explorem isso: a união dos poderes, o sentido da República!! PELO AMOR E NECESSIDADE DO PODER QUE ESTÃO EM SUAS MÃOS, PT!!!!

Responder

Deixe uma resposta