VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Você escreve

João Brant: Programa da Folha diminui audiência da TV Cultura


10/04/2012 - 16h39

por João Brant, do Intervozes

Números do Ibope mostram que o programa TV Folha, produzido pela Folha de S. Paulo e veiculado aos domingos à noite na TV Cultura, diminuiu sensivelmente a audiência da emissora no horário.

Comparando as médias dos cinco domingos em que o TV Folha foi exibido (entre 11/3 e 8/4) e os cinco domingos anteriores (entre 5/2 e 4/3), em que era exibido o Cultura Documentários, houve uma diminuição de 22% no índice de audiência (de 0,64 para 0,5) e de 26% na participação entre os televisores ligados (de 1,14% para 0,84%).

Os números são ainda mais alarmantes se constatado que, nos últimos dois domingos, os resultados da TV Folha foram pífios, com índice de audiência médio no horário oscilando entre 0,1 e 0,2.

Leia também:

Dossiê Cultura/Fundação Padre Anchieta: Desmonte e privatização

Joaquim Palhares: TV Cultura, uma nova privataria em curso

Barão de Itararé solicita espaço na TV Cultura

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



50 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Chantástico(*) da Folha(**) derruba Ibope da TV Cultura | TV em Análise Críticas

19 de março de 2013 às 18h04

[…] Texto de João Brant, do coletivo Intervozes: […]

Responder

Regina Braga

11 de abril de 2012 às 22h44

Mas a folha derruba tudo…até tucano no centro oeste.Mas acredito que, a turma do Barão de Itararé vai ser chamada pela cultura.Depois do nocaute de Airton Soares contra o Villa,ou a cultura abre para o debate ou vai ficar mais isolada.

Responder

Luís

11 de abril de 2012 às 22h09

Pra curtura e pra foia só tenho uma coisa a dizer:

[youtube -mVAvSugg34 http://www.youtube.com/watch?v=-mVAvSugg34 youtube]

Responder

Folha derruba audiência da TV Cultura | Conversa Afiada

11 de abril de 2012 às 21h19

[…] Saiu no Viomundo: […]

Responder

Sérgio Ruiz

11 de abril de 2012 às 18h17

O Serra assiste todo domingo.

Responder

Sérgio Ruiz

11 de abril de 2012 às 18h14

A folha falhou.

Responder

Waterfall: Como ele ajudou a fortalecer a BBC | Viomundo - O que você não vê na mídia

11 de abril de 2012 às 14h18

[…] — agora se acha na condição de ocupante de espaço nobre na TV Cultura, sem licitação, tendo contribuído para derrubar a audiência já magra — em termos quantitativos — da emissora […]

Responder

Levy Santos

11 de abril de 2012 às 13h07

Nem mesmo o Dr. Who, recem contratado da tv Cultura conseguirá remediar isso.

Responder

Junior

11 de abril de 2012 às 12h58

Essa é a chance da Foia de ter maior voz doque apenas o jornaleco, nao pensem que vao desistir fácil. Quero ver se o PIG vai "queimar" a TV Cultura por falta de audiencia e mandar fechar assim como fez com a TV Brasil.

Responder

Jota

11 de abril de 2012 às 11h05

Viva a TV BRASIL!

Responder

Yarus

11 de abril de 2012 às 10h39

Tira Documentários pra botar Dementários

Responder

RicardãoCarioca

11 de abril de 2012 às 09h44

Um jornal que não serve sequer para embrulhar peixe e ser usado como papel higiênico, de tão tóxico que é, só poderia detonar a audiência da Cultura, cuja audiência é historicamente mais qualificada.

Responder

Yarus

11 de abril de 2012 às 08h25

Mais um PIG se Ferrando:

CPI de Cachoeira deverá convocar Roberto Civita

José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado, e Marco Maia (PT-RS), presidente da Câmara dos Deputados, acabaram de bater o martelo: até o fim desta semana esperam instalar a CPI Mista para investigar crimes cometidos pelo ex-bicheiro Carlinhos Cachoeira, sua turma e o senador Demóstenes Torres (GO).

Fernando Ferro, deputado federal pelo PT de Pernambuco, revelou que apresentará requerimento à CPI para que seja ouvido Roberto Civita, dono da Editora Abril, responsável pela publicação da revista VEJA. Cachoeira era informante da revista. Em uma con versa grampeada pela Polícia Federal, ele diz que ofereceu grandes furos à revista." http://advivo.com.br/blog/luisnassif/cpi-de-cacho

Responder

Bacurau

11 de abril de 2012 às 08h18

Não vejo a VEJA, não folheio a FOLHA… nem globalizo com a GLOBO.

Responder

Marat

11 de abril de 2012 às 08h07

Início auspicioso!!!

Responder

marcosomag

11 de abril de 2012 às 07h49

Os tucanos conseguiram inventar um novo índice de audiência para a televisão: o menos traço.

Responder

Paulo P.

11 de abril de 2012 às 06h23

Caro Azenha,

por aqui, a coisa está cada vez mais 'engraçada' ou desesperadora, veja esta…..
————————————————————–
Os caras de pau

Abril 11, 2012

Interessante, muito interessante.

O Vasco da Gama teve 5 (CINCO) jogadores expulsos na confusão que aconteceu no clássico do último sábado. Não poderia levá-los a campo na última partida da fase de grupos do returno (15/04), contra o Nova Iguaçu em Moça Bonita.

Na segunda-feira, entrei no site da FERJ para baixar a súmula e tomar nota dos expulsos.

Ontem, terça-feira, após o alarme soar eu quis comprovar. Fui lá no site novamente. Fiquei boquiaberto. Trocaram o arquivo, alteraram a súmula, passaram liquid paper… Ridículo. De dar nojo.

Impressionante é que o próprio vice jurídico do Vasco, Anibal Rouxinol, confirmou que os 5 jogadores cumprirão a suspensão, independente da garantia de que eles não foram expulsos. Por outro lado o Sr. Jorge Rabello, aquele mané que falou um monte de asneira quando o Fluminense foi roubado no clássico contra o Vasco, garantiu que os atletas poderão atuar por que o juiz Wagner dos Santos Rosa não chegou a expulsá-los. Isso porque o juiz não mostrou o cartão…

Engraçado, de entortar de tanto rir, é que o fato de o árbitro mostrar ou não o cartão é apenas uma simbolização do ato. Vale a súmula que diz:

“Cabe ainda ressaltar que não foi possível a exibição de cartão vermelho na conduta disciplinar dos referidos atletas citados nesse relatório anexo, sendo eles os atletas de número 04, Sr. Rodolfo Dantas Bispo, número 05, Sr. Eduardo Nascimento Costa, número 10, Sr. Diego de Souza Andrade, número 21, Sr. Fellipe Ramos Ignez Bastos, e número 23, Sr. Fagner Conserva Lemos, todos da equipe do C.R. Vasco da Gama, tendo em vista a situação desfavorável dessa aplicação e expulsão de fato de todos naquele momento, o que poderia gerar, na minha avaliação, um tumulto generalizado com consequências maiores.”

Pra piorar, o manual de súmulas e relatórios para árbitros da CBF pede que o corretor de texto seja evitado:

“Quando houver a necessidade de alterar aquilo que já foi relatado por erro ou esquecimento, apesar de todas as orientações contidas acima, evite usar corretor de texto (liquid paper) ou rasurar a súmula. Nos casos de erro, utilize o termo “digo” ou “(sem efeito)” e prossiga com seu relato normalmente. Para os casos de esquecimento, se a súmula permitir, utilize o termo “em tempo” e relate aquilo que foi esquecido. Caso não seja possível fazer essas correções por faltar espaço, prejudicar a clareza da redação ou já ter sido “fechada” a súmula, o árbitro deve utilizar o “Relatório Anexo”, informando tal fato no campo correspondente da súmula.”

É, meus amigos, a coisa está ficando descarada ao máximo. Eles têm a cara de madeira mesmo.

Quem quiser conferir a “nova súmula” pode acessar nesse link:
http://186.202.17.33/campeonatos-documentos/sumul

Quem quiser dar sequência na votação para tirar o Rabellão do poder, manda brasa nesse link:
http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N20827

Vamos que vamos, nos encontramos logo mais, no Engenhão!

ST!

Por William Vianna

Responder

    RicardãoCarioca

    11 de abril de 2012 às 11h00

    Você não tem a súmula original, para podermos comparar?

Jonas Resende

11 de abril de 2012 às 03h43

A cada dia que passa, o povo fica mais sabido, mais esperto e mais atento. Desse jeito, o PiG não aguenta…

Responder

Tiago Tobias

11 de abril de 2012 às 03h35

Em qualidade e inteligência, o Zorra Total vence o programa da Folha.

Responder

beattrice

11 de abril de 2012 às 00h11

A TV Cultura tinha alcance nacional, ainda tem?
Quanto ao desmanche, além de lamentar, haveria alguma defesa possível do seu espaço do ponto de vista jurídico?

Responder

pensando

10 de abril de 2012 às 23h36

é só trocar o centro de pesquisa e contratar a DATAFolha, no lugar da Globope!

Responder

Marcio H Silva

10 de abril de 2012 às 23h19

o Ibope manipulou esta pesquisa. A audiência caiu muito mais, mas eles seguraram a onda…..

Responder

Paulo P.

10 de abril de 2012 às 22h19

caro amigo,

talvez queira saber de mais um capítulo da desmoralização do nosso futebol…

“Presidente da FERJ é acusado de “acertar” para Bangu não ser rebaixado no Campeonato Carioca”
http://blogdopaulinho.wordpress.com/2012/04/10/pr

Isso prejudicaria diretamente o Flu. Reproduzo um dos comentários do artigo:
“O maior prejudicado com tudo isso, seria o Fluminense, que estaria eliminado da Semi-final da Taça Rio.

Não é de hoje que os clubes pequenos são extremamente prejudicados caso nao rezem a cartilha da FERJ. Times do interior do Estado que nao tem muita visibilidade sao constantemente garfados nos jogos da série B.

Engraçado que após o Fluminense criticar a FERJ o Bangu se isolou na liderança e o Macaé time que estava bem, abriu as pernas.

Saudades da época que o futebol era esporte e não negócio.

Com isso, abre se caminho para a Emissora dona do campeonato forçar a final do carioca com vencendores distintos de turnos e ter a possibilidade de ver o “produto” dela, Ronaldinho Gaucho, podendo ser campeão carioca e sair pela porta da frente.

Responder

    Moacir Moreira

    11 de abril de 2012 às 03h05

    O futebol é dirigido pelo crime organizado e não é de hoje.

    No sistema capitalista, tudo se converte em mercadoria até nossas melhores esperanças.

Gerson Carneiro

10 de abril de 2012 às 22h01

Sou mais o VIOMUNDO.

Responder

Denise

10 de abril de 2012 às 21h36

Não entendo como a justiça ainda não barrou esse absurdo. Uma TV pública cedendo espaço para um grupo privado de comunicação… É mais um afago da tucanagem em ano eleitoral.

Responder

Laurindo

10 de abril de 2012 às 21h22

Tomara mesmo que essa empreitada da Folha fracasse, porque na verdade a jogada é dos tucanos. Usar diretamente a Cultura p/ fazer proselitismo político em prol do consórcio PSDB-DEM pegaria muito mal, além de, teoricamente, ser proibido, já, usando a Folha p/ isso, a cretinice ficaria mascarada. E como a Folha, digno representante dessa "imprensa", vem se prestando a isso há tanto tempo…

Responder

abolicionista

10 de abril de 2012 às 21h21

Ué, não eram eles que iam salvar a TV Cultura? rs

Responder

iza

10 de abril de 2012 às 21h05

Dá menos Ibope que a TV "Lula"?
Tem algo mais hilário do que isso?

kkkkkkkkkkkkkk

OBS:

A TV Brasil, pra quem ainda não conhece, tem uma excelente programação cultural.
Assisto diariamente.
É mil vezes melhor que qualquer LIXO comprado dos EUA e reproduzido pelas TVs abertas.
.

Responder

    Vlad

    10 de abril de 2012 às 22h26

    Também acho…o conteúdo da TV Brasil é o que ainda me faz ligar a TV de vez em quando.

    Alexei_Alves

    10 de abril de 2012 às 23h29

    Sério mesmo… sem demagogia nenhuma.
    Para mim o melhor canal do Brasil, disparado, é a TV escola, do Ministério da educação.

Fabio SP

10 de abril de 2012 às 20h59

Que tal colocarmos a audiência da TV Brasil para podermos fazer um comparativo?

Responder

    abolicionista

    11 de abril de 2012 às 02h02

    Demóstenes, o senhor por aqui?

    J Fernando

    11 de abril de 2012 às 10h27

    Kkkkkk….
    Boa essa, abolicionista…

Vlad

10 de abril de 2012 às 19h52

Tirando os caras que estavam dormindo e babando no controle remoto foi do nada para o coisa nenhuma.

Responder

Albert

10 de abril de 2012 às 19h46

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

Francisco

10 de abril de 2012 às 19h26

Se a emissora fosse da Folha de São Paulo, esse programa já tinha saído do ar.

Iam dizer: "- Quem não tem competência, não se estabelece!", e botar na rua.

Felizmente (para a Folha) a emissora é pública. Qualquer porcaria pode passar…

Qualquer porcaria pode derrubar a audiência do resto da programação, desperdiçando o recurso público.

É público mesmo, né?

PS. Se fosse um programa da Carta Capital, já teria mais menos de duas CPIs?

Responder

Thelma Oliveira

10 de abril de 2012 às 19h03

É isso aí. Tem que terminar à mingua, sem ninguém assistir.

Responder

    Mr. Chance

    10 de abril de 2012 às 20h14

    Terminar à míngua? Thelminha… os caras estão dando traço. Acabou antes de começar…

    Marcio H Silva

    10 de abril de 2012 às 23h21

    já mingou. virou mingau……

Gustavo Pamplona

10 de abril de 2012 às 19h03

Ai… ai… quanta inveja… hahahahahah

E a "TV Barão de Itararé"? Sai ou não sai? hahahahaha

—-
Desde Jun/2007 invejando TV's no "Vi o Mundo"! ;-)

Responder

    mfs

    10 de abril de 2012 às 19h15

    Mas quem é que vai ter inveja de uma audiência ridícula dessas?

Helder

10 de abril de 2012 às 18h49

A versão imprensa nem para reciclagem serve, já a versão televisa deteriora o cérebro, além da audiência.

Responder

Paulo

10 de abril de 2012 às 18h30

Está ficando difícil tapear o povo hein? Que satisfação ver que a Folha está afundando sua própria empreitada.

Responder

Carlos

10 de abril de 2012 às 18h22

Quem compra Veja é alVejado; e quem compra a Folha é empalhado.

Responder

    Marat

    11 de abril de 2012 às 08h06

    Carlos, muitos qe lêem a folha (e gostam dela) também são é empalados…

João Ferreira Bastos

10 de abril de 2012 às 18h19

Como vivemos do e para o capitalismo, passou da hora da TV Cultura acabar com este programa deficitário

Responder

Cláudia M.

10 de abril de 2012 às 17h19

Queriam o quê? Se a versão impressa já é um ATENTADO VIOLENTO ao leitor, pensem no efeito catastrófico sobre os sentidos da audiência quando a imagem destes cangaceiros, vulgarmente chamados de "jornalistas", é escancarada na TV. Bichô, filme de terror é fichinha!!! Que morra à míngua…

Responder

Marcelo

10 de abril de 2012 às 16h53

Também, quem vai perder tempo vendo jornalismo de mentirinha.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.