VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

Izaías Almada: O ódio disseminado por bolsões da direita infectou o Brasil

19 de janeiro de 2018 às 21h37

Guernica, de Pablo Picasso

OS SOCIOPATAS ESTÃO CHEGANDO…

por Izaías Almada, especial para o Viomundo

E aqui vamos nós, 2018 adentro, na expectativa de que – ao contrário de 1968 – o ano termine. E termine bem, se possível, pois no andar da carruagem golpista a que temos que suportar e ver passar existe sempre a possibilidade que o dia de amanhã seja pior que o dia de hoje.

Que o Brasil atual é governado por ladrões já não é novidade. Que muitos de seus membros já deveriam estar vendo o sol nascer quadrado já parece que se transformou numa vã ilusão.

Os coelhos que saem da cartola do neoliberalismo tupiniquim são todos doentes, empesteados, com febre amarela.

Não conhecemos sequer quem são os ministros de estado do governo golpista. Eles que, tudo leva a crer, pouco sabem do assunto de suas pastas.

Tome-se o caso da nova ministra do trabalho indicada e que tem dívidas com a justiça trabalhista.

A maioria dos juízes de direito não sabe direito o que é ser juiz. Ou melhor, não entendem essa coisa que se chama JUSTIÇA.

Alguns, talvez, até tenham comprado os seus diplomas, quem sabe? Afinal, ninguém é de ferro…

Bagunça total. E com várias raposas a tomar conta, o galinheiro está em polvorosa.

O Brasil da Casa Grande mostrou a cara para valer, o que não fazia desde a época colonial, ou melhor, desde 1964/68, agora com uma diferença: entre os senhores e os escravos tem uma coisa chamada classe média ascendente, que não pertence à Casa Grande e tem que mostrar que também não é escrava. Inveja aos senhores donos do dinheiro e despreza a negrada pobre do fundo de quintal.

Essa classe média, normalmente saída da pobreza, tem vergonha de pobre e quando fica melhorzinha de vida passa a ter ódio de pobre.

E muitas vezes, para ficar melhorzinha de vida, lança mão de algum tipo de corrupção, mas são os primeiros a apontar o dedo acusador para qualquer lado, com a perspectiva de chamar a atenção para a sua própria “honestidade”.

Qualquer psicanalista, incluindo aqueles que de alguma forma compraram o seu diploma, é capaz de matar essa charada.

O espetáculo jurídico/mediático programado para Porto Alegre na próxima semana que, por se tornar um espetáculo, já é uma aberração em termos de justiça (a discrição e a serenidade deveriam prevalecer), transformou-se em arena de um julgamento político.

A pantomima oferecida a cada um de nós, cidadãos brasileiros, além de ridícula é uma afronta à nossa inteligência, um deboche e uma perversidade com os mais desafortunados na escala social.

O ódio disseminado por alguns bolsões de direita no tecido social brasileiro, infectando-o, tornou-se um caso patológico. Sem trocadilhos.

Leia também:

Frente Brasil Popular começa a montar acampamento em Porto Alegre

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

4 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Luiz Carlos P. Oliveira

21/01/2018 - 08h51

Correção: Até porque um desembargador disse isso sem, ao menos, lê-la.
Faltou uma vírgula.

Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

21/01/2018 - 08h47

Até pouco tempo atrás, menos de um mes, para ser exato, eu acreditava na condenação do Lula pelo TRF4. Mas agora, depois de tudo que tenho lido, somado à fúria e a pressão que a mídia golpista vem fazendo, eu me pergunto: “Se a peça (bufa) condenatória do Moro é irretocável, por que a mídia está em polvorosa?”
O que ela sabe que nós, simples mortais, não sabemos? Qual a reviravolta que pode ter acontecido nas últimas semanas? Ataque de honestidade dos desembargadores do TRF4 vazou? Medo da repercussão internacional diante de um julgamemento com cartas marcadas? A “peça irretocável do Moro” não era o que o TRF4 esperava? Até porque um desembargador disse isso sem, ao menos lê-la. Será que o herói de Curitiba cometeu os mesmos erros que inocentou todos os ladrões do caso Banestado? Sei lá, mas alguma coisa aconteceu.

Responder

Alexandre

20/01/2018 - 07h25

TODOS ÀS BANCAS PARA COMPRAR A REVISTA CARTA CAPITAL

O Golpe nasceu em Atlanta, Geórgia

Barrocal: cabeça de Lula é a joia da coroa​

Publicado em 19/01/2018 no Conversa Afiada

O magnifico repórter André Barrocal é autor de memoráveis reportagens na Carta Capital – como a que demonstra de forma inequívoca que o ladrão presidente tomou uma grana no porto de Santos, no convés da Rodrimar e com R$ 500 mil em grana viva, na mala do Loures.

Na edição da Carta que chegou aos assinantes nessa sexta-feira 19/I, ele demonstra o papel decisivo das conspirações nascidas em Washington para gerar o Judge Murrow e o Golpe dos canalhas e canalhas:

Atlanta foi palco de uma reunião sinistra no fim de 2012. Certos ex-presidentes de centro ou direitistas de países latino-americanos sentaram em um quarto de hotel para discutir como derrotar adversários progressistas. Derrotar na base da artimanha, não nas urnas, pois “não podemos ganhar desses comunistas pela via eleitoral”, comentou um dos presentes, o uruguaio Luis Alberto Lacalle.

A estratégia seria desmoralizar os adversários perante a opinião pública, com campanhas baseadas em corrupção e vida pessoal. A mídia seria um aliado. O passe seguinte era transformar os escândalos em processos judiciais. Inclusive com apoio de juízes.

Uma estranha testemunha da reunião, pois é progressista, Manolo Pichardo, político da República Dominicana que hoje comanda a Conferência Permanente de Partidos Políticos da América Latina (Copppal), diz que Lula é a “joia da coroa” da estratégia, batizada por ele de “Plano Atlanta”.

Na lista dos presidentes latino-americanos conspiradores, há gente de Uruguai, Paraguai, Guatemala, Bolívia e Equador. Parte deles esteve com Michel Temer em 2011, quando ela ainda era apenas um vice “decorativo”.

Por trás dos ex-líderes latino-americanos, a contribuir com ideias ou grana, estão alguns think tanks direitistas, inclusive dos EUA, e um ricaço coreano ultraliberal e casamenteiro, Hyu Jin Moon, filho do fanático reverendo Moon.

Os destinos de Fernando Lugo (Paraguai), Dilma Rousseff, Cristina Kirchner (Argentina), Rafael Correa (Equador) exibem o vigor e o sucesso da confabulação de Atlanta. O de Lula também.

Responder

Cláudio

20/01/2018 - 04h13

:
: * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra♥♥S♥♥il e postando:

“A Frente Brasil Popular está organizando um grande encontro de solidariedade ao presidente Lula nos dias 23 e 24 de janeiro em Porto Alegre. Lá reuniremos movimentos sociais e populares, juristas, intelectuais, artistas, partidos de esquerda, e nomes internacionais em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato. Para garantir as condições de infraestrutura e receber as Caravanas que virão de diferentes locais do Brasil, estamos realizando uma vakinha virtual.”…

Caso seja de sua livre e espontânea vontade e disponibilidade financeira, acesse o “site” Vakinha e, lá, na busca interna, procure por EM DEFESA DA DEMOCRACIA E DE LULA SER CANDIDATO FBP/RS, de Misiara Oliveira] e saiba como contribuir [o valor mínimo de contribuição é igual a 20 reais], “vamos todos às ruas em defesa da democracia!”, diz a frente.

.:.

O Partido da Causa Operária (PCO) também está contribuindo para apoiar Lula em Porto Alegre, dia 24, através de outra vakinha :

Não pode ir à Porto Alegre mas gostaria de contribuir na vaquinha?

Que tal acessar o “site” Vakinha e, lá, na busca interna, procure por “24 de janeiro: ocupar Porto Alegre contra a condenação de Lula” e contribua também.

.:.
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
* * * * * * * * * * * * *
* * * *
Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) ! ! ! ! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem contemporizações indevidas) 2018 neles/as (que já PERDERAM, tomaram DE QUATRO nas 4 mais recentes eleições presidenciais no BraSil) ! ! ! ! !
* * * *
* * * * * * * * * * * * *
♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Responder

Deixe uma resposta